Your SlideShare is downloading. ×
0
Arte moderna
Arte moderna
Arte moderna
Arte moderna
Arte moderna
Arte moderna
Arte moderna
Arte moderna
Arte moderna
Arte moderna
Arte moderna
Arte moderna
Arte moderna
Arte moderna
Arte moderna
Arte moderna
Arte moderna
Arte moderna
Arte moderna
Arte moderna
Arte moderna
Arte moderna
Arte moderna
Arte moderna
Arte moderna
Arte moderna
Arte moderna
Arte moderna
Arte moderna
Arte moderna
Arte moderna
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Arte moderna

1,924

Published on

Published in: Education
0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
1,924
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
61
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. A Semana da Arte Moderna
  • 2.
    • LEITOR:
    • ESTÁ FUNDADO O DESVAIRISMO.
    • (Mário de Andrade)
    • Poética
    • Estou farto do lirismo comedido
    • Do lirismo bem comportado
    • Do lirismo funcionário público com livro de ponto
    • [expediente protocolo e manifestações
    • [de apreço ao Sr. diretor.
    • Estou farto do lirismo que pára e vai averiguar no
    • [dicionário o cunho vernáculo* de um vocábulo.
    • Abaixo os puristas*
    • Todas as palavras sobretudo os barbarismos* universais
    • Todas as construções sobretudo as sintaxes de exceção
    • Todos os ritmos sobretudo as inumeráveis”
    Mário de Andrade
  • 3. “ O Modernismo”
    • Embora as primeiras manifestações modernistas já viessem surgindo em São Paulo desde 1911, é somente na década de 1920, principalmente a partir da Semana de Arte Moderna (1922). Que o Modernismo se difunde e se solidifica em nosso país .
  • 4. A Semana da Arte Moderna
  • 5.
    • O Modernismo início com a Sem ana da Arte Moderna.
    • Foi realizado no Teatro Municipal de São Paulo.
  • 6. Realizado nos dias: 13, 15 e 17 de Fevereiro de 1922. Seu objetivo pretendia colocar a cultura brasileira a par das correntes de vanguarda do pensamento Europeu. Pregava a tomada de consciência.
  • 7. Influência sobre a Sociedade
    • A Semana da Arte Moderna deve ser vista não só como um movimento artístico, mas também como um movimento político e social.
    • O movimento modernista foi o prenunciador o preparador por muitas vezes o criador de um estado de espírito nacional .
  • 8.
    • Os senhores rurais voltam ao poder
    • fortalecidos pela economia do café que girava em torno
    • de São Paulo e Minas Gerais.
    • A partir do governo de Campos Sales foi instituída “política dos governadores”, beneficiando
    • grandes propriedades rurais que
    • revezavam no poder,
    • a Política do Café com Leite.
  • 9. A Sociedade na Época
    • A Primeira Guerra Mundial foi a responsável pelo surto de industrialização e conseqüente urbanização, causando o surgimento da burguesia industrial forte mas marginalizada.
    • Aumento do número de imigrantes Europeus
  • 10. A Sociedade na Época
    • Era um Brasil divido entre o rural e o urbano.
    • Nesta época em São Paulo encontrava-se todos os tipos de pessoas com diferentes profissões.
    • “ paulicéia desvairada”, palco ideal para a realização de um evento que mostrou uma arte inovadora, a romper com velhas estruturas
  • 11.
    • A Semana de Arte Moderna apresentou uma lado político de ataque à aristocracia à burguesia.
  • 12.  
  • 13. Antecedentes da Semana
    • 1912- Oswald de Andrade introduz a novidades futurísticas;
    • 1913- exposição do pintor Lasar Sagall;
    • 1914- Anita Malfatti exibi pintura expressionista;
    • 1915- marco inicial do Modernismo em Portugal;
    • 1916- primeira Redação de Memórias sentimentais de João Miramar, Oswald de Andrade;
    • 1917- Oswald de Andrade fica amigo de Mario de Andrade;
  • 14. Antecedentes da Semana
    • 1918 – Guilherme de Almeida publica Missidor e Manuel Bandeira publica Carnaval;
    • 1920 – o grupo de modernistas descobre Victor Brecheret.
  • 15. A Realização do Evento
    • As primeiras informações da Semana da Arte Moderna foram divulgados pela imprensa paulista em 29 de janeiro de 1922.
    • O Correio Paulistano relaciona todos os participantes do evento.
    • Mario Brito diz :”... A Semana de Arte Moderna representa as mais modernas correntes artísticas ...”
  • 16. A Realização do Evento
    • Muitas notícias criam um clima de expectativa.
    • Várias pinturas esculturas são espalhadas pela região do Teatro, e provocaram reações de espanto e repúdio.
    • Os trabalhos de Victor Brecheret e Anita Malfatti eram os mais usados .
  • 17. A Realização do Evento
    • A emoção Epitética na Arte Moderna acompanhada da música de Ernoni Braga e da poesia de Ronald de Carvalho e de Guilherme de Almeida foi o primeiro espetáculo de 13 de fevereiro.
    • Pintura e Escultura de Ronald de Carvalho, solos de piano de Ernoni Braga e três danças africanas de Villa Lobos.
    • No segundo espetáculo do dia 15 de fevereiro anunciava,
  • 18. A Realização do Evento
    • a atração foi uma conferência de Menotti Del Picchia sobre arte e estética.
    • Leitura de textos de Oswald de Andrade,Mário de Andrade e Plínio Salgado.
    • Durante o intervalo, Mário de Andrade lê das escadas do teatro,trechos de “ A escrava que não é Isaura ”.
  • 19. A Realização do Evento
    • Em 17 de fevereiro realizou-se o terceiro ultimo grande festival da SAM.
    • Apresentação de músicas de Villa Lobos.
    • O maestro Villa Lobos entra em cena de casaca e chinelos...
    • O público interpretou a atitude como futurista e vaiou.
  • 20. Documentação
    • A SAM foi documentada em muitos jornais e telejornais da época:
    • - A Gazeta (SP)
    • - Folha do Norte (SP)
    • -O Estado de São Paulo (SP)
    • -Correio Paulistano (SP)
  • 21. Organizadores
    • Os organizadores foram:
    • Manuel Bandeira;
    • Mário de Andrade;
    • Guilherme de Almeida;
    • Paulo Prado;
    • Gofredo Silva Telles;
    • Oswald de Andrade.
  • 22.
    • “ A semana foi ganhando aos poucos grande importância histórica, representou a confluência das várias tendências de renovação que vinham ocorrendo na arte e na cultura brasileira. o Modernismo no Brasil foi como uma ruptura, foi um abandono de princípios e técnicas conseqüentes, foi uma revolta contra o que era a Inteligência nacional”.
  • 23. Curiosidades
  • 24.
    • Mário de Andrade, com suas conferências, leituras de poemas e publicações em jornais foi uma das personalidades mais ativas da Semana.
    •   Oswald de Andrade talvez fosse um dos artistas que melhor representavam o clima de ruptura que o evento procurava criar.
    • Manuel Bandeira, mesmo distante, provocou inúmeras reações de agrado e de ódio devido a seu poema "Os Sapos", que fazia uma sátira do Parnasianismo, esse poema que foi lido durante o evento
  • 25.
    • Anunciava "coleções de disparates" como "aquele Gênio supliciado, aquele homem amarelo, aquele carnaval alucinante, aquela paisagem invertida" são temas da exposição plástica da semana.
    • - "uma poesia liberta, uma música extravagante, mas transcendente" que iriam "revoltar aqueles que reagem movidos pelas forças do Passado.“
    • A música estava representada por autores consagrados, como Villa-Lobos, Guiomar Novais, Ernani Braga e Frutuoso Viana.
  • 26.
    • São Paulo dos anos 20 era a cidade que melhor apresentava condições para a realização de tal evento.
    • Era uma próspera cidade, que recebia grande número de imigrantes europeus e modernizava-se rapidamente.
    • Era,uma cidade favorável a ser transformada num centro cultural da época, abrigando vários jovens artistas. 
  • 27.
    • Logo após a realização da Semana, alguns artistas fundamentais que dela participaram acabam voltando para a Europa dificultando a continuidade do processo que se iniciara.
    • Por outro lado, outros artistas igualmente importantes chegavam após estudos no continente, como Tarsila do Amaral, um dos grandes pilares do Modernismo Brasileiro.
  • 28. Programação da Semana
  • 29. 1. Sonata II de violoncelo e piano - (1916) 2. Trio Segundo : violino, violoncelo e piano - (1916) 3. Solos de piano: Ernani Braga 4 Otteto - ( Três danças africanas ): 5. Solos de piano: Guiomar Novaes: 6. Canto e piano 7. Quarteto Terceiro (cordas 1916) 8. Trio Terceiro - violino, violoncelo e piano - (1918) 9. Canto e piano: Mario Emma e Lucília Villa Lobos. 10. Sonata Segunda - violino e piano - (1914) 11. Quarteto Simbólico - Impressões da vida mundana) - flauta,1 saxofônico, celesta e harpa ou piano
  • 30.  
  • 31.  

×