A Semana da Arte Moderna
<ul><li>LEITOR:  </li></ul><ul><li>ESTÁ FUNDADO O DESVAIRISMO. </li></ul><ul><li>(Mário de Andrade) </li></ul><ul><li>Poét...
“ O Modernismo” <ul><li>Embora as primeiras manifestações modernistas já viessem surgindo em São Paulo desde 1911, é somen...
A Semana da Arte Moderna
<ul><li>O Modernismo início com a  Sem ana da Arte Moderna.  </li></ul><ul><li>Foi realizado no Teatro Municipal de São Pa...
Realizado nos dias: 13, 15 e 17 de Fevereiro de 1922. Seu objetivo pretendia colocar a cultura brasileira a par das corren...
Influência sobre a Sociedade <ul><li>A Semana da Arte Moderna deve ser vista não só como um movimento artístico, mas també...
<ul><li>Os senhores rurais voltam ao poder  </li></ul><ul><li>fortalecidos pela economia do café que girava em torno </li>...
A Sociedade na Época <ul><li>A Primeira Guerra Mundial foi a responsável pelo surto de industrialização e conseqüente urba...
A Sociedade na Época <ul><li>Era um Brasil divido entre o rural e o urbano. </li></ul><ul><li>Nesta época em São Paulo enc...
<ul><li>A Semana de Arte Moderna apresentou uma lado político de ataque à aristocracia à burguesia. </li></ul>
 
Antecedentes da Semana <ul><li>1912- Oswald de Andrade introduz a novidades futurísticas; </li></ul><ul><li>1913- exposiçã...
Antecedentes da Semana <ul><li>1918 – Guilherme de Almeida publica Missidor e Manuel Bandeira publica Carnaval; </li></ul>...
A Realização do Evento <ul><li>As primeiras informações da Semana da Arte Moderna foram divulgados pela imprensa paulista ...
A Realização do Evento <ul><li>Muitas notícias criam um clima de expectativa. </li></ul><ul><li>Várias pinturas esculturas...
A Realização do Evento <ul><li>A emoção Epitética na Arte Moderna acompanhada da música de Ernoni Braga e da poesia de Ron...
A Realização do Evento <ul><li>a atração foi uma conferência de Menotti Del Picchia sobre arte e estética. </li></ul><ul><...
A Realização do Evento <ul><li>Em 17 de fevereiro realizou-se o terceiro ultimo grande festival da SAM. </li></ul><ul><li>...
Documentação <ul><li>A SAM foi documentada em muitos jornais e telejornais da época: </li></ul><ul><li>- A Gazeta (SP) </l...
Organizadores <ul><li>Os organizadores foram: </li></ul><ul><li>Manuel Bandeira; </li></ul><ul><li>Mário de Andrade; </li>...
<ul><li>“ A semana foi ganhando aos poucos grande importância histórica, representou a confluência das várias tendências d...
Curiosidades
<ul><li>Mário de Andrade, com suas conferências, leituras de poemas e publicações em jornais foi uma das personalidades ma...
<ul><li>Anunciava &quot;coleções de disparates&quot; como &quot;aquele Gênio supliciado, aquele homem amarelo, aquele carn...
<ul><li>São Paulo dos anos 20 era a cidade que melhor apresentava condições para a realização de tal evento.  </li></ul><u...
<ul><li>Logo após a realização da Semana, alguns artistas fundamentais que dela participaram acabam voltando para a Europa...
Programação da Semana
1. Sonata II  de violoncelo e piano - (1916) 2.  Trio Segundo : violino, violoncelo e piano - (1916) 3. Solos de piano: Er...
 
 
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Arte moderna

1,932

Published on

Published in: Education
0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
1,932
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
62
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Arte moderna

  1. 1. A Semana da Arte Moderna
  2. 2. <ul><li>LEITOR: </li></ul><ul><li>ESTÁ FUNDADO O DESVAIRISMO. </li></ul><ul><li>(Mário de Andrade) </li></ul><ul><li>Poética </li></ul><ul><li>Estou farto do lirismo comedido </li></ul><ul><li>Do lirismo bem comportado </li></ul><ul><li>Do lirismo funcionário público com livro de ponto </li></ul><ul><li>[expediente protocolo e manifestações </li></ul><ul><li>[de apreço ao Sr. diretor. </li></ul><ul><li>Estou farto do lirismo que pára e vai averiguar no </li></ul><ul><li>[dicionário o cunho vernáculo* de um vocábulo. </li></ul><ul><li>Abaixo os puristas* </li></ul><ul><li>Todas as palavras sobretudo os barbarismos* universais </li></ul><ul><li>Todas as construções sobretudo as sintaxes de exceção </li></ul><ul><li>Todos os ritmos sobretudo as inumeráveis” </li></ul>Mário de Andrade
  3. 3. “ O Modernismo” <ul><li>Embora as primeiras manifestações modernistas já viessem surgindo em São Paulo desde 1911, é somente na década de 1920, principalmente a partir da Semana de Arte Moderna (1922). Que o Modernismo se difunde e se solidifica em nosso país . </li></ul>
  4. 4. A Semana da Arte Moderna
  5. 5. <ul><li>O Modernismo início com a Sem ana da Arte Moderna. </li></ul><ul><li>Foi realizado no Teatro Municipal de São Paulo. </li></ul>
  6. 6. Realizado nos dias: 13, 15 e 17 de Fevereiro de 1922. Seu objetivo pretendia colocar a cultura brasileira a par das correntes de vanguarda do pensamento Europeu. Pregava a tomada de consciência.
  7. 7. Influência sobre a Sociedade <ul><li>A Semana da Arte Moderna deve ser vista não só como um movimento artístico, mas também como um movimento político e social. </li></ul><ul><li>O movimento modernista foi o prenunciador o preparador por muitas vezes o criador de um estado de espírito nacional . </li></ul>
  8. 8. <ul><li>Os senhores rurais voltam ao poder </li></ul><ul><li>fortalecidos pela economia do café que girava em torno </li></ul><ul><li>de São Paulo e Minas Gerais. </li></ul><ul><li>A partir do governo de Campos Sales foi instituída “política dos governadores”, beneficiando </li></ul><ul><li>grandes propriedades rurais que </li></ul><ul><li>revezavam no poder, </li></ul><ul><li>a Política do Café com Leite. </li></ul>
  9. 9. A Sociedade na Época <ul><li>A Primeira Guerra Mundial foi a responsável pelo surto de industrialização e conseqüente urbanização, causando o surgimento da burguesia industrial forte mas marginalizada. </li></ul><ul><li>Aumento do número de imigrantes Europeus </li></ul>
  10. 10. A Sociedade na Época <ul><li>Era um Brasil divido entre o rural e o urbano. </li></ul><ul><li>Nesta época em São Paulo encontrava-se todos os tipos de pessoas com diferentes profissões. </li></ul><ul><li>“ paulicéia desvairada”, palco ideal para a realização de um evento que mostrou uma arte inovadora, a romper com velhas estruturas </li></ul>
  11. 11. <ul><li>A Semana de Arte Moderna apresentou uma lado político de ataque à aristocracia à burguesia. </li></ul>
  12. 13. Antecedentes da Semana <ul><li>1912- Oswald de Andrade introduz a novidades futurísticas; </li></ul><ul><li>1913- exposição do pintor Lasar Sagall; </li></ul><ul><li>1914- Anita Malfatti exibi pintura expressionista; </li></ul><ul><li>1915- marco inicial do Modernismo em Portugal; </li></ul><ul><li>1916- primeira Redação de Memórias sentimentais de João Miramar, Oswald de Andrade; </li></ul><ul><li>1917- Oswald de Andrade fica amigo de Mario de Andrade; </li></ul>
  13. 14. Antecedentes da Semana <ul><li>1918 – Guilherme de Almeida publica Missidor e Manuel Bandeira publica Carnaval; </li></ul><ul><li>1920 – o grupo de modernistas descobre Victor Brecheret. </li></ul>
  14. 15. A Realização do Evento <ul><li>As primeiras informações da Semana da Arte Moderna foram divulgados pela imprensa paulista em 29 de janeiro de 1922. </li></ul><ul><li>O Correio Paulistano relaciona todos os participantes do evento. </li></ul><ul><li>Mario Brito diz :”... A Semana de Arte Moderna representa as mais modernas correntes artísticas ...” </li></ul>
  15. 16. A Realização do Evento <ul><li>Muitas notícias criam um clima de expectativa. </li></ul><ul><li>Várias pinturas esculturas são espalhadas pela região do Teatro, e provocaram reações de espanto e repúdio. </li></ul><ul><li>Os trabalhos de Victor Brecheret e Anita Malfatti eram os mais usados . </li></ul>
  16. 17. A Realização do Evento <ul><li>A emoção Epitética na Arte Moderna acompanhada da música de Ernoni Braga e da poesia de Ronald de Carvalho e de Guilherme de Almeida foi o primeiro espetáculo de 13 de fevereiro. </li></ul><ul><li>Pintura e Escultura de Ronald de Carvalho, solos de piano de Ernoni Braga e três danças africanas de Villa Lobos. </li></ul><ul><li>No segundo espetáculo do dia 15 de fevereiro anunciava, </li></ul>
  17. 18. A Realização do Evento <ul><li>a atração foi uma conferência de Menotti Del Picchia sobre arte e estética. </li></ul><ul><li>Leitura de textos de Oswald de Andrade,Mário de Andrade e Plínio Salgado. </li></ul><ul><li>Durante o intervalo, Mário de Andrade lê das escadas do teatro,trechos de “ A escrava que não é Isaura ”. </li></ul>
  18. 19. A Realização do Evento <ul><li>Em 17 de fevereiro realizou-se o terceiro ultimo grande festival da SAM. </li></ul><ul><li>Apresentação de músicas de Villa Lobos. </li></ul><ul><li>O maestro Villa Lobos entra em cena de casaca e chinelos... </li></ul><ul><li>O público interpretou a atitude como futurista e vaiou. </li></ul>
  19. 20. Documentação <ul><li>A SAM foi documentada em muitos jornais e telejornais da época: </li></ul><ul><li>- A Gazeta (SP) </li></ul><ul><li>- Folha do Norte (SP) </li></ul><ul><li>-O Estado de São Paulo (SP) </li></ul><ul><li>-Correio Paulistano (SP) </li></ul>
  20. 21. Organizadores <ul><li>Os organizadores foram: </li></ul><ul><li>Manuel Bandeira; </li></ul><ul><li>Mário de Andrade; </li></ul><ul><li>Guilherme de Almeida; </li></ul><ul><li>Paulo Prado; </li></ul><ul><li>Gofredo Silva Telles; </li></ul><ul><li>Oswald de Andrade. </li></ul>
  21. 22. <ul><li>“ A semana foi ganhando aos poucos grande importância histórica, representou a confluência das várias tendências de renovação que vinham ocorrendo na arte e na cultura brasileira. o Modernismo no Brasil foi como uma ruptura, foi um abandono de princípios e técnicas conseqüentes, foi uma revolta contra o que era a Inteligência nacional”. </li></ul>
  22. 23. Curiosidades
  23. 24. <ul><li>Mário de Andrade, com suas conferências, leituras de poemas e publicações em jornais foi uma das personalidades mais ativas da Semana. </li></ul><ul><li>  Oswald de Andrade talvez fosse um dos artistas que melhor representavam o clima de ruptura que o evento procurava criar. </li></ul><ul><li>Manuel Bandeira, mesmo distante, provocou inúmeras reações de agrado e de ódio devido a seu poema &quot;Os Sapos&quot;, que fazia uma sátira do Parnasianismo, esse poema que foi lido durante o evento </li></ul>
  24. 25. <ul><li>Anunciava &quot;coleções de disparates&quot; como &quot;aquele Gênio supliciado, aquele homem amarelo, aquele carnaval alucinante, aquela paisagem invertida&quot; são temas da exposição plástica da semana. </li></ul><ul><li>- &quot;uma poesia liberta, uma música extravagante, mas transcendente&quot; que iriam &quot;revoltar aqueles que reagem movidos pelas forças do Passado.“ </li></ul><ul><li>A música estava representada por autores consagrados, como Villa-Lobos, Guiomar Novais, Ernani Braga e Frutuoso Viana. </li></ul>
  25. 26. <ul><li>São Paulo dos anos 20 era a cidade que melhor apresentava condições para a realização de tal evento. </li></ul><ul><li>Era uma próspera cidade, que recebia grande número de imigrantes europeus e modernizava-se rapidamente. </li></ul><ul><li>Era,uma cidade favorável a ser transformada num centro cultural da época, abrigando vários jovens artistas.  </li></ul>
  26. 27. <ul><li>Logo após a realização da Semana, alguns artistas fundamentais que dela participaram acabam voltando para a Europa dificultando a continuidade do processo que se iniciara. </li></ul><ul><li>Por outro lado, outros artistas igualmente importantes chegavam após estudos no continente, como Tarsila do Amaral, um dos grandes pilares do Modernismo Brasileiro. </li></ul>
  27. 28. Programação da Semana
  28. 29. 1. Sonata II de violoncelo e piano - (1916) 2. Trio Segundo : violino, violoncelo e piano - (1916) 3. Solos de piano: Ernani Braga 4 Otteto - ( Três danças africanas ): 5. Solos de piano: Guiomar Novaes: 6. Canto e piano 7. Quarteto Terceiro (cordas 1916) 8. Trio Terceiro - violino, violoncelo e piano - (1918) 9. Canto e piano: Mario Emma e Lucília Villa Lobos. 10. Sonata Segunda - violino e piano - (1914) 11. Quarteto Simbólico - Impressões da vida mundana) - flauta,1 saxofônico, celesta e harpa ou piano
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×