Like this? Share it with your network

Share
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
2,707
On Slideshare
2,695
From Embeds
12
Number of Embeds
1

Actions

Shares
Downloads
27
Comments
0
Likes
0

Embeds 12

http://www.isj.org.br 12

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Processos de formação de rochas
  • 2. O que é uma rocha?Rochas são agregados naturais demineraisAs rochas costumam ser analisadas eclassificadas segundo o critério genético(isto é, de origem), que por sua vez estárelacionado aos diferentes ambientes deformação.
  • 3. As rochas são aglomerados formadospor vários minerais, ou apenas um, e são encontrados em seu estado natural na crosta terrestre.
  • 4. As rochas podem ser formadas por processosENDÓGENOS ( condições subcrustais) ouEXÓGENOS (condições superficiais):ígneas (ou magmáticas): intrusivas (plutônicas) extrusivas (vulcânicas) metamórficas (resultam de transformaçãode outras rochas, em profundidade,envolvendo > P e T) sedimentares (resultam de materiaisprovenien-tes de outras rochas, depositados econsolidados em sub-superfície)
  • 5. Rochas Magmáticas, Eruptivas ou Ígneas São aquelas resultantes da consolidação do magma (material ígneo que está no interior do globo terrestre). Quando a consolidação do magma ocorre em subsuperfície formam-se rochas plutônicas. Ex.: Granito. Quando ocorre em superfície (lava vulcânica) formam-se rochas magmáticas extrusivas. Ex.: Basalto.
  • 6. As rochas magmáticas são formadas a partir da solidificação do magma no interior da crosta, ou então pelasolidificação de lavas que extravasampara a superfície terrestre através de erupções vulcânicas.
  • 7. O basalto é uma rocha magmática, de cor escura, muito empregada na pavimentação de calçadas, ruas eestradas rurais e também como brita na construção civil. PEDRA-GRANITO POME
  • 8. Para reconhecer uma rocha intrusiva ouextrusiva é necessário avaliar a sua textura. Oresfriamento dos magmas intrusivos é lento,dando tempo para que os minerais em formaçãocresçam o suficiente para serem facilmentevisíveis. Já nos magmas extrusivos, oresfriamento é muito mais rápido e não hátempo suficiente para os cristais cresceremmuito.As rochas ígneas escuras são mais ricas emminerais contendo magnésio e ferro (daí o nomemáfico), enquanto que as rochas ígneas clarassão mais ricas em silício e alumínio.
  • 9. Rochas Sedimentares - Resultam da deposição de detritos de outras rochas (magmáticas ou metamórficas), ou do acúmulo de detritos orgânicos ou ainda, da precipitação química. Ex.: Arenito, Calcário, etc. Quando a rocha sedimentar é constituída de partículas preexistentes, pode ser classificada como clástica.
  • 10. O processo geológico que une aspartículas é denominado litificação oudiagênese, e compreende umacombinação entre os processos decompactação e cimentação.As rochas sedimentares clásticas sãoclassificadas de acordo com o tamanhode suas partículas, sendo facilmentereconhecidas pela seqüência decamadas horizontais em espessurasvariáveis.
  • 11. As rochas sedimentares originam-se nas partes mais baixas do relevo, a partir do acúmulo de sedimentos desagregados, ou seja, partículas fragmentadas de outras rochas ou de matéria orgânica que podem sertransportadas pelo vento ou pela água e depositadas em diferentes locais. Após milhares de anos os sedimentos mais profundos unem-se uns aos outros, devido a grande pressão exercida pelos sedimentos depositados nas camadas superiores,dando origem as rochas sedimentares.
  • 12. ARGILA ARENITOCALCÁRIO
  • 13. Rochas Metamórficas - Resultam da transformação de outras rochas preexistentes, agora, sob novas condições de temperatura e pressão. Ex.: Mármore, Gnaisse, etc. O metamorfismo regional ocorre em grandes extensões da superfície do globo terrestre, em conseqüência de eventos geológicos de grande porte como, por exemplo, na edificação de cadeias de montanhas.
  • 14. Muitas rochas metamórficas são reconhecidas graças à sua estrutura (foliação), ou seja, orientaçãopreferencial dos minerais placóides, bem como à sua estrutura de camadas dobradas, estas, devido a deformações que acompanham o metamorfismo regional. O metamorfismo local restringe-se a domínios de terrenos que variam entre centímetros e dezenas de metros de extensão.
  • 15. As rochas metamórficas são formadas a partir datransformação de outros tipos de rochas, sejam magmáticas ou sedimentares. Quando essas rochas são expostas a níveis elevados de temperatura e pressão, elas perdem suas características originais , transformando-se em rochas metamórficas.
  • 16. MÁRMORE ARDÓSIA GNAISSE
  • 17. Distribuição e abundância Em extensão, as rochas 80 sedimentares 70 predominam, 60 ígneas mas em volume 50 sedime são as rochas 40 ntares 30 ígneas e 20 metamó rficas metamórficas as 10 mais 0 abundantes.