Comunicação

4,429 views
4,204 views

Published on

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
4,429
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
36
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Comunicação

  1. 1. COMUNICAÇÃO É IMPOSSÍVEL NÃO SE COMUNICAR: ATIVIDADE OU INATIVIDADE, PALAVRAS OU SILÊNCIO, TUDO POSSUI UM VALOR DE MENSAGEM. Paul Watzlawizk O EXISTIR DO HOMEM SÓ É POSSÍVEL POR MEIO DA COMUNICAÇÃO. NO DECORRER DA VIDA, O DESENVOLVIMENTO DA COMUNICAÇÃO ADQUIRE MAIOR COMPLEXIDADE PELA PRÓPRIA NECESSIDADE DE DOMÍNIO DA LINGUAGEM, LEITURA, PROCESSO DE RACIOCÍNIO, ANÁLISE DO MUNDO E DE SI PRÓPRIO.
  2. 2. A COMUNICAÇÃO EM NOSSA PROFISSÃO É FUNDAMENTAL
  3. 3. O JEITO COMO FALAMOS: PARALINGUAGEM OU PARAVERBAL Compreendo a fúria em suas palavras, mas não são palavras (William Shakespeare – Otelo, ato IV) PARALINGUAGEM É QUALQUER SOM PRODUZIDO PELO APARELHO FONADOR, USADO NO PROCESSO COMUNICATIVO, QUE NÃO FAÇA PARTE DO SISTEMA SONORO DA LÍNGUA USADA. Faça um teste: Abstenha-se de escutar o conteúdo da comunicação por um Minuto e somente escute o tom de voz; a seguir verifique quais Informações você obtém da outra pessoa que não tenham relação com o conteúdo.
  4. 4. OBSERVE TAMBÉM QUE, AO ACENTUAR DETERMINADAS PALAVRAS, INTERPRETAMOS DE MANEIRA DIFERENTE AS MENSAGES: O doutor me prescreveu isto. O doutor me prescreveu isto O doutor me prescreveu isto . OUTRO CASO : Eu estou tranquila Eu estou tranquila .
  5. 5. COMUNICAÇÃO É PROCESSO DE TRANSMITIR E RECEBER MENSAGENS POR MEIO DE SIGNOS SEJAM ELES SÍMBOLOS OU SINAIS. SIGNOS – SÃO ESTÍMULOS QUE TRANSMITER MENSAGEM. SÍMBOLOS – SÃO SIGNOS QUE TÊM UMA ÚNICA DECODIFICAÇÃO POSSÍVEL SINAIS – SÃO SIGNOS QUE TÊM MAIS DE UMA SIGNIFICAÇÃO
  6. 6. ELEMENTOS DA COMUNICAÇÃO A REALIDADE OU SITUAÇÃO – É O CONTEXTO NO QUAL ESTÁ OCORRENDO A INTERAÇÃO. OS INTERLOCUTORES - EMISSOR E RECEPTOR A MENSAGEM – SÃO INFORMAÇÕES OU EMOÇÕES QUE QUEREMOS PASSAR. OS SIGNOS – SÃO OS SINAIS OU SÍMBOLOS UTILIZADOS NA EMISSÃO DA MENSAGEM 5. OS MEIOS – SÃO VEÍCULOS QUE UTILIZAMOS PARA PASSAR A INFORMAÇÃO: OS GESTOS, PALAVRAS, EXPRESSÕES FACIAIS, DISTÂNCIAS MANTIDAS, OBJETOS, ADORNOS, ETC..
  7. 7. TIPOS DE COMUNICAÇÃO VERBAL – REFERE-SE ÀS PALAVRAS EXPRESSAS POR MEIO DA FALA OU ESCRITA NÃO-VERBAL – OCORRE POR MEIO DE GESTOS, SILÊNCIOS, EXPRESSÕES FACIAIS, POSTURA CORPORAL, ETC... VOCAL VERBAL – AS PALAVRAS VOCAL NÃO VERBAL – SINAIS PARALINGUÍSTICOS NÃO-VOCAL VERBAL – PALAVRAS ESCRITAS NÃO VOCAL NÂO-VERBAL – EXPRESSÕES FACIAIS, ETC..
  8. 8. COMUNICAÇÃO VERBAL EXPRESSÃO: PERMANECER EM SILÊNCIO – É BOM OUVIR OS OUTROS VERBALIZAR ACEITAÇÃO – DAR INDICAÇÕES- Eu entendo ou ainda: Posso imaginar como se sente; REPETIR AS ÚLTIMAS PALAVRAS DITAS PELA PESSOA OUVIR REFLEXIVAMENTE VERBALIZAR INTERESSE
  9. 9. CLARIFICAÇÃO -ESTIMULAR COMPARAÇÕES -DEVOLVER PERGUNTAS FEITAS -SOLICTAR ESCLARECIMENTOS DE TERMOS INCOMUNS E DE DÚVIDAS VALIDAÇÃO: REPETIR A MENSAGEM DITA PEDIR À PESSOA PARA REPETIR O QUE FOI DITO
  10. 10. DICAS PARA SER CONVINCENTE VERBALMENTE SEJA ESPECÍFICO REVELE ALGUNS DE SEUS ASPECTOS NEGATIVOS OUÇA COM ATENÇÃO E PEÇA OPINIÃO NÃO CAMUFLE OPINIÕES SEJA INFORMAL Se é bom, simples; Se é simples, é bom; Se não é simples, não é bom. Se não é bom, não é simples. (Provérbio chinês)
  11. 11. FORMAS AMBÍGUAS DE COMUNCAÇÃO VERBAL Para evitar ambiguidade devemos estar atentos a alguns Detalhes: A ORDEM A AMEAÇA A LIÇÃO DE MORAL A SUGESTÃO A NEGAÇÃO DA PERCEPÇÃO O FALSO APOIO A FUGA DO PROBLEMA A CRITICA ELOGIO E MANIPULAÇÃO . Tentação Preocupação Intimidação;
  12. 12. 10. AS PERGUNTAS 11. AS MENSAGENS CONTRADITÓRIAS: É comum a mensagem verbal ser diferente da linguagem Não-verbal Você diz que está tudo bem, mas sua expressão facial demonstra o contrário. Não saber ouvir Uso de linguagem inacessível
  13. 13. COMUNICAÇÃO ESCRITA O PRONTUÁRIO DO PACIENTE REPRESENTA UM MECANISMO DE TROCA DE INFORMAÇÕES ENTRE OS MEMBROS DA EQUIPE E, QUANDO BEM UDADO, POSSIBILITA O CUIDADO CONTÍNUO, A AVALIAÇÃO E A QUALIFICAÇÃO DA ASSISTÊNCIA, ALÉM DO SEU VALOR LEGAL. PRECISAMOS DE MUITA COERÊNCIA ENTRE NOSSOS CONCEITOS E NOSSOS ATOS.
  14. 14. APRESENTAÇÃO ORAL ALGUMAS DICAS: ORGANIZE SUA APRESENTAÇÃO POR ESCRITO REALIZE UM TREINO. É PREFERÍVEL UMA LEITURA PAUSADA E EXPRESSIVA DO TEXTO A FICAR PERDIDO BUSCANDO INFORMAÇÕES
  15. 15. APRESENTAÇÃO ORAL: O TOM DE VOZ DEVE ADEQUADO PRONUNCIE AS PALAVRAS DE MANEIRA CLARA MANTENHA UMA POSTURA RELAXADA - A linguagem deve ser adequada ao contexto: Em eventos profissionais, linguagem mais técnica Evite gírias e palavrões Evite cacoetes de linguagem, como né, tá certo. Simplicidade e clareza facilitam a transmissão de linguagem.
  16. 16. COMUNICAÇÃO NÃO-VERBAL De certa forma, foi uma liberação para mim perceber o Quanto as minhas emoções sempre estiveram à mostra. Saber que as pessoas haviam me compreendido muito al~em Daquilo que eu fora capaz de lhes dizer, em palavras. (Flora Davis)
  17. 17. FONTES DE COMPORTAMENTO NÃO-VERBAL PROGRAMAS NEUROLÕGICOS HERDADOS – São próprios da espécie humana. 2. EXPERIÊNCIAS COMUNS A TODOS OS MEMBROS DA ESPÉCIE 3. EXPERIÊNCIAS DE A CORDO COM A CULTURA, A CLASSE SOCIAL, A FAMÍLIA E INDIVÍDUO

×