Your SlideShare is downloading. ×

Guia do Ciclista de Madri

1,359
views

Published on

Você está planejando viajar a Madrid e gostaria de saber tudo sobre ciclismo na capital española? …

Você está planejando viajar a Madrid e gostaria de saber tudo sobre ciclismo na capital española?

Esta traducción de la Guía Ciclista de Madrid ha sido realizada por Jaqueline D’Hipolito y forma parte del Proyecto “Embajadores” de mueveteenbicipormadrid.com que cuenta con el permiso del Ayuntamiento de Madrid.

Published in: Education

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
1,359
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
7
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Guia do Ciclista de Madri Guia do Ciclista de Madri O Guia do Ciclista de Madri facilita a mobilidade em bicicleta pelas ruas da cidade. Está pensada para ajudar a escolher o trajeto mais amigável e seguro, visualizando as ruas com um nível baixo de tráfico e outros trajetos que podem ser percorridos pelo ciclista. É também uma forma de apoio, visando o conhecimento da sinalização, das normas de transito e alguns conselhos de grande utilidade. Com o Plano Diretor de Mobilidade Ciclista houve um avanço numa nova cultura da mobilidade, que hoje recupera a bicicleta como um meio de transporte, e contribui para o desenvolvimentos sustentável, prevenindo as emissões de gases que causam efeito estufa. Vá de bike Ir de bike ao trabalho ou ao colégio é acessível e também é uma forma econômica, eficiente, ecológica e, ainda, benéfica pra saúde. Ajuda a resolver problemas como o congestionamento diário, a contaminação e o sedentarismo. É muito eficaz também para quem quer controlar o peso.
  • 2. Guia do Ciclista de Madri Ir de bike é… Saudável Pedalar é um bom exercício pra saúde, previne doenças relacionadas com o sedentarismo (cardiovasculares, câncer, diabetes, hipertensão...), melhora a qualidade de vida, combate o stress, ajuda a melhorar o físico, a auto-estima, ajuda a combater os sintomas de ansiedade e permite compartilhar essa atividade com família e amigos. Divertido Você vai descobrir e desfrutar da cidade de uma forma diferente. A velocidade alcançada na bicicleta permite que o ciclista perceba o entorno e suas singularidades. Barato É economicamente acessível. As bicicletas são relativamente baratas, tanto a compra como a manutenção. Proporciona qualidade de vida aos cidadãos. O uso em massa da bike na cidade reduz o número de veículos e recupera o espaço público para a convivência. A cidade mostra um espirito mais solidário. A presença da bike nas ruas implica: - Redução dos congestionamentos - Diminuição nos níveis de contaminação atmosférica e sonora. - Recuperação do espaço público para todos. - Redução do risco de acidente para motoristas e pedestres.
  • 3. Guia do Ciclista de Madri DICAS para andar de bike na cidade Pedalar na cidade não é perigoso, desde que você siga umas regrinhas básicas: - Pedale em linha reta e seja previsível, indicando as manobras que vai fazer com os braços. - Pedale numa velocidade adequada e escolha ruas tranquilas. Quando você pedalar numa zona em que a prioridade é do pedestre, faça numa velocidade semelhante a deles, tendo sempre em conta a sua prioridade. Se nessa zona tem muitos pedestres, desça da sua bike e leve-a do teu lado. - Mesmo que não seja obrigatório, recomenda-se o uso do capacete. A verdadeira segurança está quando se toma constantemente certas medidas: modere a velocidade, atenção ao pedalar nas ruas; antecipe o movimento dos veículos e os teus próprios, sinalize suas manobras, pratique direção defensiva... -Utilize objetos que refletem na bike, para que as pessoas vejam você, inclusive de dia. -Coloque um espelho retrovisor. É um objeto a mais que aumenta a sua segurança. -Com a chuva aumenta-se as precauções. O que era fácil se torna difícil e arriscado. -Protege a sua bike com um bom cadeado, como aqueles que tem forma de U. - Mantenha uma distancia prudente do veículo que vai à sua frente já que ele pode frear de repente.
  • 4. Guia do Ciclista de Madri -Na rotatória, ande como se fosse qualquer outro veículo, se faça visível e não vá pelo canto. -Faça um seguro. Um seguro de responsabilidade civil não é obrigatório, mas cobre qualquer dano que possa causar a terceiros. -Respeite as normas de trânsito. -Mantenha a sua bicicleta em bom estado, cheque o freios, as marchas, os pneus e as luzes. Você ganha em segurança. -Tenha um cuidado especial na sua faixa em um cruzamento. Muitos motoristas não sinalizam a manobra e acabam cortando o ciclista, colocando vocês numa situação de risco. -Não confie nas manobras dos carros até o último instante e tenha os freios sempre a posto especialmente se você pedalar lado a lado. - Mesmo que você tenha a razão, num acidente entre um carro e uma bike quem sai perdendo é sempre a bike. - Não pedale muito perto dos carros estacionados. Os carros que estão a sua esquerda não podem prever se você vai precisar de mais espaço se um carro que se encontra a sua direita abre a porta.
  • 5. Guia do Ciclista de Madri COMBINE a bike e o transporte público Combinando a bike com o transporte público você pode fazer longas distancias reduzindo a emissão dos gases que causam o efeito estufa, sendo mais eficiente do ponto de vista energético e desfrutando de outras vantagens, já que: - Você ganha tempo. - É um meio de transporte de porta a porta, já que a bike chega no destino e é mais fácil estacioná-la. - É a combinação mais ecológica e eficiente, especialmente quando combinamos a bike e o trem. Utilizando uma bicicleta dobrável Utilizando uma bike normal Sempre Sempre, exceto na hora do “rush” Sempre Dias úteis: das 10 as 12:30 e das 21h aofechamento. Fim de semana e feriados: a qualquer hora. Sempre Dias úteis: das 10 as 12:30 e das 21h ao fechamento. Fim de semana e feriados: a qualquer hora. Sempre que o ônibus não vá cheio Só nas linhas com suporte exterior (Linha 33) Apenas embaladas da loja. Mas fica a critério do motorista. Apenas embaladas da loja. Mas fica a critério do motorista.
  • 6. Guia do Ciclista de Madri TIPOS de vias Ciclovia (Carril - bici) Ciclovia marcada na rua, em um ou ambos sentidos. São consideradas protegidas quando estão separadas do resto da rua por um meio fio ou muretas. Algumas ciclovias são combinadas podendo ser compartilhadas com os ônibus. Curb-bike ou ciclovia (Acera-bici) Ciclovias marcadas nas calçadas, separadas dos veículos motorizados e integradas nas calçadas juntas aos pedestres devidamente sinalizada para mostrar qual é o lugar do ciclista e qual é o lugar do pedestre. Track-bike ou ciclovia (Pista- bici) Ciclovias que não se encontram nem na rua nem na calçada, mas com um caminho independente separado de ambos. Ciclovia (Pista-bici) Espaços para pedestres e veículos não-motorizados, separados dos veículos motorizados, que percorrem os espaços abertos, parques, jardins, etc. Pode haver algum tipo de sinalização separando pedestres e ciclistas. Ciclo- street, ciclo-track ou ciclovia. (Ciclo-calle o Ciclo-carril) Ciclovias especialmente condicionadas, que priorizam as bikes e onde os veículos motorizados não podem exceder uma velocidade de 30 Km/h, ou inferior se for devidamente especificado.
  • 7. Guia do Ciclista de Madri REGULAMENTO SEJA VISÍVEL - Lembre-se sempre que deve usar objetos que refletem na sua bike. - Coloque uma campainha nela. Serve para chamar a atenção das pessoas e dizer que você está ali. - Se andar de noite ou em condições meteorológicas que diminuem a sua visibilidade, você deve dispor de luzes tanto na frente como na parte de trás da bike. Você também pode colocar nos pedais e nos aros das rodas. CIRCULE CORRETAMENTE - Pedale sempre no meio da pista, e nas ruas que tem mais de uma faixa utilize sempre afaixa da direita, desconsiderando a faixa de ônibus a não ser que tenha uma sinalização que permite circular ali. -Só utilize a faixa da esquerda unicamente se você quiser virar à esquerda. -Não ande em paralelo com outros ciclistas. - Pela sua segurança e dos demais, ao pedalar na rua lembre-se que você é um veículo a mais, e por isso deve respeitar as normas e a mesma sinalização que os outros veículos, tanto os verticais como os horizontais e, claro, os semáforos. - Na rua, nunca se segure em nenhum veículo para ser levado. - Não use fones de ouvido conectados a Mp3 ou qualquer outro aparelho de música nem utilize o celular enquanto ande de bicicleta.
  • 8. Guia do Ciclista de Madri COMO ANDAR PELA CALÇADA? - Se você tiver que utilizar em algum caso a calçada ou outra área de pedestres, desce da bike e caminhe como o pedestre, empurrando a sua bike. -Você conhece as áreas prioritárias ao pedestre? São os calçadões, ruas em que circulam tanto os pedestres como os carros; só que nessas áreas a prioridade é do pedestre. Se você não pode manter ao menos um metro de distancia entre a sua bike e o pedestre, você deve descer dela e ir caminhando. CADA UM COM A SUA PRIORIDADE - Nas ciclovias que estão localizadas junto à calçada, os pedestres têm prioridade sobre os ciclistas, e são estes últimos que devem dar o passo e se adaptar a velocidade dos pedestres. - Na ciclovia, a prioridade é da bike e os pedestres devem atravessar utilizando os lugares adequados e se fazem fora dele não devem atrapalhar os ciclistas. -Nos lugares específicos para ciclistas sem semáforo, os ciclistas têm prioridade sobre os outros veículos, sempre com precaução e velocidade moderada. POSSO LEVAR ALGUÉM NA BIKE? Se você tem que levar alguém na sua bike só se pode fazer se essa pessoa é maior de idade ou um menor de até 7 anos, sendo que este último deve sempre ser transportado utilizando um assento extra aprovado para transportar pessoas. Em qualquer caso, o menor de idade deverá usar sempre o capacete. A BIKE BEM ESTACIONADA - Utilize os lugares reservados para estacionar a sua bike. - Não utilize os espaços reservados a outros veículos, como os lugares para motos ou para pessoas portadoras de necessidades especiais. - Se não tem espaço no estacionamento para bicicleta, você pode deixá-la na calçada, quando essa tiver mais de 3 metro de largura, paralela ao meio fio, sem atar ela nas árvores e sempre sem impedir a parada de ônibus ou o passo dos pedestres.
  • 9. Guia do Ciclista de Madri Estacionamento para as bikes APARCABICI Madrid põe a disposição os chamados aparca-bici, especialmente equipados para que você possa estacionar a sua bike. Para que você se situe, os estacionamentos geralmente estão perto das escolas, dos parques, dos centros culturais e das instalações esportivas, lugares escolhidos de acordo com o diagnóstico realizado e incluído no Plano Diretor de Mobilidade Ciclista, além das sugestões dos cidadãos sobre os pontos apropriados pela freqüência de uso. A cidade, a partir de abril de 2011, dispõe de 1167 aparca-bici localizados nas vias públicas. Para mais informações, consulte o “Aparca-bici” dentro do site “Oficina de la Bici”.
  • 10. Guia do Ciclista de Madri LINKS de interesse MADRID.ES Web da prefeitura de Madrid. www.madrid.es MUEVETE EN BICI POR MADRID Blog de noticias e promoção da bike em Madrid. www.mueveteenbicipormadrid.com OFICINA DE LA BICI DE MADRID Toda informação sobre bicicleta na cidade de Madrid. www.madrid.es/oficinadelabici EN BICI POR MADRID Blog de noticias e promoção da bike em Madrid. www.enbicipormadrid.es DESCUBRE MADRID MADRIDCYCLECHIC Programa de visitas guiadas do Conselho de Turismo da www.madridcyclechic.com prefeitura de Madrid. www.esmadrid.com/descubremadrid CONBICI Coordenadora de defesa da bike. ANILLO VERDE CICLISTA www.conbici.org Web dedicada especialmente a esta ciclovia. www.anilloverde.es CONSORCIO DE TRANSPORTES DE MADRID www.ctm-madrid.es PEDALIBRE Associação ciclo-turista de usuários da bike. CERCANÍAS DE MADRID: www.renfe.com MADRIDPROBICI www.madridprobici.org METRO DE MADRID: www.metromadrid.es EMT MADRID: www.emtmadrid.es Esta traducción ha sido realizada por Jaqueline D’Hipolito y forma parte del Proyecto “Embajadores” de mueveteenbicipormadrid.com que cuenta con el permiso del Ayuntamiento de Madrid. 2013.