Your SlideShare is downloading. ×
A Independência do Brasil
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Introducing the official SlideShare app

Stunning, full-screen experience for iPhone and Android

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

A Independência do Brasil

54
views

Published on


0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
54
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
2
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1.  A transferência da Família Real para o Brasil  Elevação de Brasil à categoria do Reino Unido a Portugal e Algarves  A Revolta Liberal do Porto/Constitucionalista
  • 2.  O retorno de D. JoãoVI  A articulação da elite brasileira Objetivos: manutenção das estruturas latifundiárias, escravocrata e exclusão política das camadas populares
  • 3.  O “arranjo político”: ala conservadora (grandes proprietários, burocratas e membros do exército)  O “partido brasileiro”  Dia do Fico
  • 4.  A emancipação política do Brasil  Analisando a Independência  O reconhecimento da independência
  • 5. A Independência não foi, portanto, uma vitória incruenta, nem se limitou à guerra da Bahia, pois havia que contar com as forças estacionadas no Sul, especialmente em Montevidéu; todas, exceto as do Maranhão, foram pagas e sustentadas com as rendas do Rio de Janeiro. A Independência é o fruto de uma guerra não é dádiva de Portugal, nem um presente da Casa de Bragança”. José Honório Rodrigues
  • 6. “(...) pânico de uma revolta escrava incontrolável, as profundas disparidades entre os vários setores da população, homens livres e escravos, homens de ascendência europeia, outros de origem africana e indígena, levaram os proprietários rurais a protegerem- se sob o manto de um Estado capaz de manter o controle através da força, garantindo a dominação da elite branca. Elite que se espelhava nas sociedades europeias e sonhava em criar um país à sua imagem e semelhança, a despeito da sociedade escravocrata e mestiça”. Maria Odila Dias
  • 7. Debret, Cerimônia de coroação como imperador do Brasil
  • 8. Independência ou Morte!, de Pedro Américo (óleo sobre tela, 1888).
  • 9. Pedro I do Brasil retratado por Simplício Rodrigues de Sá
  • 10. José Bonifácio de Andrada e Silva, o Patriarca da Independência.
  • 11. Independência do Brasil: óleo sobre tela por François-René Moreaux (Museu Imperial de Petrópolis). Foi executado em 1844, a pedido do Senado Imperial.
  • 12. Bandeira do Império do Brasil durante o Primeiro Reinado.