Métodos de exame, anatomia normal e achados

1,369 views
1,208 views

Published on

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
1,369
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
27
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Métodos de exame, anatomia normal e achados

  1. 1. Métodos de exame, anatomianormal e achados radiográficos das doenças torácicas. Santiago Miró e S. Klein por Lucas Teodoro
  2. 2. ANATOMIA PULMONAR NORMAL # ÁRVORE TRAQUEOBRONQUICA TRAQUÉIA : É UM CILINDRO FORMADO POR ANEIS EM FORMA DE FERRADURA, APRESENTA APROXIMADAMENTE 12 cm. DE COMPRIMENTO E 25/ 21 mm. DE DIÂMETRO VARIANDO ENTRE HOMENS E MULHERES. UMA RAZÃO CORONAL/SAGITAL < 0,6 É DESIGNADO COMO TRAQUÉIA EM BAINHA DE SABRE , QUE É VISTA EM PACIENTES DPOC. NO RX É VISTA COMO UMA TRANSPARÊNCIA CILÍNDRICA, ESTENDENDO-SE DA CARTILAGEM CRICÓIDE AOS BRONQUIOS PRINCIPAIS. APRESENTA A LINHA PARATRAQUEAL D. ( LISA E COM 4mm ), NO PERFIL SE OBSERVA A LINHA TRAQUEOESOFÁGICA ( >5mm )
  3. 3. SISTEMA BRONQUICO APRESENTA PADRÃO DE RAMIFICAÇÃO ASSIMÉTRICA A PARTIR DO BRÔNQUIO FONTE, OS BRONQUIOS PRINCIPAIS SE ORIGINAM NA CARINA, SENDO QUE O BPD ( 2,2 cm ). APRESENTA UMA ANGULAÇÃO MAIS AGUDA E É MAIS CURTO QUE O BPE.( 5 cm ). PASSAM POR 12-15 RAMIFICAÇÕES E A PARTIR DAÍ SE CHAMAM DE BRONQUÍOLOS.
  4. 4. PADRÃO PREVALENTE DOS BRÔNQUIOS SEGMENTARES
  5. 5. A . Linha paratraqueal direitaB. Setas superiores mostrando parede anterior e posterior datraquéia.A seta inferior mostra a parede posterior do brônquiointermédio.
  6. 6. FISSURAS OS PULMÕES SÃO DIVIDIDOS PELAS FISSURAS INTERLOBARES. PEQUENA FISSURA : SEPARA O LOBO MÉDIO DO SUPERIOR FISSURA OBLÍQUA : SEPARA O LOBO INFERIOR DO SUPERIOR ( SUP. ) E DO LOBO MÉDIO ( INF . ) FISSURA OBLÍQUA ESQUERDA : SEPARA O LOBO SUP. DO INF.
  7. 7. RUL  LOBO SUPERIOR DIREITOLUL LOBO SUPERIOR ESQUERDORML LOBO MÉDIORLL LOBO INFERIOR DIREITOULs LOBOS SUPERIORESLLs LOBOS INFERIORES
  8. 8. LIGAMENTOSPULMONAR INFERIOR : LIGA O LOBO INFERIOR AO MEDIASTINO, PASSANDO AO LONGO E AO LADO DO ESÔFAGO.SEPTO SUBLOBAR: SE LOCALIZA PRÓXIMO AO LIGAMENTO PULMONAR INFERIOR, ESTEDENDO- SE DA PLEURA MEDIASTINAL PARA O PULMÃO.LIGAMENTO PERICARDIOFRÊNICO :SE ESTENDE DE UM PONTO IMEDIATAMENTE LATERAL ATÉ A CAVA INF. , CONTÉM RAMOS DO NERVO FRÊNICO E VASOS PERICARDIOFRÊNICOS.
  9. 9. SETAS MAIORES  LIGAMENTOS PERICÁRDIOFRÊNICOSSETA PEQUENA  LIGAMENTO PULMONAR
  10. 10. SISTEMA CIRCULATÓRIO PULMONARARTÉRIAS PULMONARES : SE ORIGINA DO VENTRÍCULO Dir. E DESCREVE UMA ROTAÇÃO DA Dir. PARA Esq. JUNTAMENTE COM A AORTA ASCENDENTE. O SEU RAMO ESQUERDO É UMA CONTINUAÇÃO DAS A.P.P., PASSANDO SUPERIORMENTE AO B.P.D., PONTO EM QUE SE DIVIDE NAS ARTÉRIAS DO LOBO Sup. E Inf.. A ARTÉRIA Dir. SE RAMIFICA ABAIXO DA CARINA E PASSA LATERAL E ANTERIOR AO B.P. E SE DIVIDE, NO PERICÁRDIO, EM TRONCO Ant. E ARTÉRIAS INTERLOBARES. AO CONTRÁRIO DO LADO Esq., A ARTÉRIA INTERLOBAR Dir. É INFERIOR AO BRÔNQUIO.ARTÉRIAS BRÔNQUICAS : SÃO OS VASOS NUTRIENTES PRIMÁRIOS DO PULMÃO , SUPRINDO O TERÇO MÉDIO DO ESÔFAGO, A PLEURA VISCERAL, OS LINFONODOS MEDIASTINAIS, O NERVO VAGO, O PERICÁRDIO E O TIMO.TEM SUA ORIGEM NA Ao. TORÁCICA DESCENDENTE PROXIMAL A CARINA FORMANDO UMA ARTÉRIA DO LADO Dir. E DUAS DO LADO Esq.. A A.B.D. SE ORIGINA DA PAREDE POSTERO-LATERAL DA Ao. E AS ESQUERDAS SE ORIGINAM DA Ao. ÂNTERO-LATERAL.AS VEIAS PULMONARES : ORIGINAM-SE NOS SEPTOS INTERLOBARES DOS CAPILARES DOS ALVÉOLOS E PLEURA VISCERAL. PODEM SER EM NÚMERO DE 3 A 8 E DRENAM PARA O ÁTRIO Esq.
  11. 11. A.Artérias pulmonares em tomada Post.(A2) e Ant.(A1)B. Artéria pulmonar direito Post. (B2 ) e Ant. ( B1 )C.Artéria pulmonar esquerda Post. (C2) e Ant. (C1)D.Átrio esquerdo e retorno venoso Post. (D2) e Ant. (D1)
  12. 12. VASOS LINFÁTICOS PULMONARES VASOS LINFÁTICOS : SÃO VASOS QUE AJUDAM A RETIRAR LÍQUIDO E MATERIAL PARTICULADO DO INTERSTÍCIO PULMONAR. SÃO FORMADOS POR DUAS VIAS PRINCIPAIS, SENDO ELAS OS CANAIS PERIVENOSOS E OS BRONCOARTERIAIS E ESTES SE COMUNICAM ATRAVÉS DOS VASOS LINFÁTICOS OBLIQUAMENTE ORIENTADOS, LOCALIZADOS NAS REGIÕES CENTRAIS DO PULMÃO. QUANDO DISTENDIDOS POR LÍQUIDO FORMAM AS LINHAS A DE KERLEY
  13. 13. O INTERSTÍCIO PULMONARINTERSTÍCIO PULMONAR : ELE COMEÇA NO HILO, ESTENDENDO-SE PERIFERICAMENTE ATÉ A PLEURA VISCERAL. É O ARCABOUÇO DO PULMÃO DANDO SUSTENTAÇÃO ÀS VIAS RESPIRÁTORIAS E AOS VASOS SANGUÍNEOS. DO PONTO DE VISTA RADIOGRÁFICO, O EDEMA DO INTERSTÍCIO PERIFÉRICO E SUBPLEURAL É RESPONSÁVEL PELAS LINHAS B DE KERLEY E POR FISSURAS “ESPESSADAS “ NAS RADIOGRAFIAS DE TÓRAX.
  14. 14. Radiografias de tórax em (PA) Tecidos moles Interface pulmão –pulmão Interfaces pulmão-mediastino Os pulmões Diafragma Abdome superior
  15. 15. OS TECIDOS MOLES E OSSOS OS TECIDOS MOLES SÃO OS TECIDOS OBSERVADOS NA PAREDE TORÁCICA COMO PELE, TECIDO ADIPOSO SUBCUTÂNEO E MÚSCULOS. OS OSSOS QUE DEVEM SER VISUALIZADOS SÃO A COLUNA TORÁCICA, AS COSTELAS (12), AS CARTILAGENS COSTAIS, AS CLAVÍCULAS E AS ESCÁPULAS. 2 % DAS PESSOAS APRESENTAM COSTELAS CERVICAIS E ESTAS PODEM ESTAR ASSOCIADAS A SÍNDROME DO DESFILADEIRO TORÁCICO.
  16. 16. INTERFACES PULMÃO PULMÃO SÃO FORMADAS POR 3 REGIÕES :ESPAÇO RETROESTERNAL O QUAL É DELIMITADO ANTERIORMENTE PELA MARGEM POSTERIOR DO ESTERNO E POSTERIORMENTE PELO CORAÇÃO E PELA AORTA ASCENDENTE. O TRIÂNGULO RETROTRAQUEAL É FORMADO, ANTERIORMENTE, PELA PREDE POSTERIOR DA TRAQUÉIA, COLUNA VERTEBRAL POSTERIORMENTE E PELO ARCO AÓRTICO INFERIORMENTE.O ESPAÇO RETROCARDÍACO É DELIMITADO ANTERIORMENTE PELA MARGEM CARDÍACA POSTERIOR E VEIA CAVA INFERIOR.
  17. 17. LINHAS DE JUNÇÃO ANTERIOR E POSTERIORLINHAS DE JUNÇÃO ANTERIOR SÃO MOSTRADAS PELAS SETAS SÓLIDAS E AS POSTERIORES PELAS SETAS ABERTAS.
  18. 18. INTERFACES PULMÃO-MEDIASTINO  ARTÉRIA SUBCLÁVIA ESQUERDA  BOTÃO AÓRTICO  JANELA AORTOPULMONAR  ARTÉRIA PULMONAR PRINCIPAL  ANEXO ATRIAL ESQUERDO  VENTRÍCULO ESQUERDO
  19. 19. MAMILO AÓRTICOÉ UMA DENSIDADE CONSTITUÍDA PELA VEIA INTERCOSTAL SUPERIOR AO ARQUEAR-SE ANTERIORMENTE EM TORNO DO ARCO AÓRTICO, GERALMENTE É > 5 mm. E PODE SE DILATAR DEVIDO A ELEVAÇÃO DA PRESSÃO NO ÁTRIO DIREITO OU POR UMA OBSTRUÇÃO DO RETORNO VENOSO AO CORAÇÃO.
  20. 20. OS PULMÕES RADOGRAFICAMENTE SUA OPACIDAQDE É ATRIBUÍDA A PRESENÇA DE VASCULATURA PULMONAR E DAS ESTRUTURAS INTERSTICIAIS. A OPACIDADE CINZA ESCURO DOS CAMPOS PULMONARES SUPERIORES AUMENTA INFERIORMENTE SEJA PELA PRESENÇA DAS MAMAS NAS MULHERES OU DO PEITORAL EM HOMENS. ESSA OPACIDADE PODE SER AUMENTADA ( CONSOLIDAÇÃO ) OU DIMINUÍDA ( DPOC ).
  21. 21. DIAFRAGMA OS HEMIDIAFRAGMAS APRESENTAM UMA APARÊNCIA EM CONCHA. SENDO O HEMIDIAFRAGMA DIREITO VISUALIZADO NAS RADIOGRAFIAS DE TÓRAX EM INSPIRAÇÃO PROFUNDA AO NÍVEL DA SEXTA COSTELA ANTERIOR, ESTE É MAIS ALTO MEIO ESPAÇO INTERCOSTAL QUANDO COMPARADO COM ESQUERDO.
  22. 22. ABDOME SUPERIOR PARTES DO FÍGADO , BAÇO, E DO FUNDO GÁSTRICO SÃO VISUALIZADAS ROTINEIRAMENTE NAS RADIOGRAFIAS DE TÓRAX. ANORMALIDADES DE POSIÇÃO DESTES ORGÃOS PODE NOS LEVAR A PENSAR EM PATOLOGIAS NESTES ORGÃOS.

×