• Like
Asas Da Humanidade
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Asas Da Humanidade

  • 1,607 views
Uploaded on

 

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
1,607
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1

Actions

Shares
Downloads
11
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1.  
  • 2. Mulheres?
  • 3.   - Por cada mulher forte cansada de aparentar debilidade, há um homem fraco cansado de parecer forte.
  • 4. - Por cada mulher cansada de ter que actuar como uma tonta, há um homem desesperado por ter que aparentar saber de tudo.
  • 5.
    • Por cada mulher cansada de ser qualificada como “fêmea emocional", há um homem a quem se negou o direito a chorar e a ser “delicado ” .
  • 6. -Por cada mulher catalogada como pouco feminina quando em competição, há um homem obrigado a competir para que não se duvide da sua masculinida de .
  • 7.   -P or cada mulher cansada de ser um objecto sexual ,         há um homem preocupado com a sua virilidade.  
  • 8.
    • Por cada mulher que não teve acesso ao trabalho ou a um salário satisfatório, há um homem que deve assumir a responsabilidade económica de outro ser humano.
  • 9.
    • Por cada mulher que desconhece os m ecanismos do automóvel, há um homem que não aprendeu os secredos da arte de cozinhar.
  • 10. - Por cada mulher que dá um passo para a sua própria libertação, há um homem que redescobre o caminho para a liberdade .
  • 11. A Humanidade tem duas asas: uma é a Mulher, a outra o Homem. Até que as duas asas estejam igualmente desenvolvidas, A HUMANIDADE NÃO PODERÁ VOAR
  • 12. NECESSITAMOS DUMA NOVA HUMANIDADE Precisamos de VOAR
  • 13. - Agora mais do que nunca, a causa da mulher é a causa de toda a HUMANIDADE. . B. Boutros Ghali.