Your SlideShare is downloading. ×
Alexandre herculano na banda desenhada
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Introducing the official SlideShare app

Stunning, full-screen experience for iPhone and Android

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Alexandre herculano na banda desenhada

203
views

Published on

Published in: Education

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
203
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
1
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Escola Básica dos 2º e 3º Ciclos Infante D. Henrique Exposição “Alexandre Herculano na Banda Desenhada” 19 a 23 de março Atividade promovida pela equipa da Biblioteca Escolar em parceria com o grupode Artes Visuais e com os professores de Língua Portuguesa.
  • 2. No ano de 2010 assinalou-se o segundo centenário do nascimento deAlexandre Herculano. Alexandre Herculano de Carvalho e Araújo nasceu emLisboa a 28 de março de 1810 e faleceu em Vale de Lobos a 13 de setembrode 1877. Está sepultado no Mosteiro dos Jerónimos. Numa parceria entre o Gicav (Viseu) e a Câmara Municipal de Mouraresultou uma exposição que relembra este gigante da cultura portuguesa. Estaexposição foi já apresentada em Viseu, na Feira de S. Mateus 2011, aquandodo 17º. Salão de Banda Desenhada de Viseu. Também a nossa Escola tem o privilégio de poder mostrar a referidaexposição que estará patente no átrio da Escola de 19 a 23 de março. Foram vários os textos de Alexandre Herculano adaptados à nona arte,a banda desenhada: - A Abóboda, por Fernando Bento, José Batista e Victor Mesquita; - O Bobo, por José Ruy; - A morte do Lidador, por Eduardo Teixeira Coelho; - Eurico, o Presbítero, por José Garcês; - Nuno Gonçalves, por José Antunes; - O último combate, por Baptista Mendes; - A morte do Lidador, numa versão de José Pires publicada no Tintinbelga; - O Monge de Cister, pelo brasileiro Eduardo Barbosa; - A Dama Pé-de-Cabra, por José Garcês e Augusto Trigo, entre outrostítulos.