Sofistas

13,737 views
13,578 views

Published on

Published in: Education
0 Comments
3 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
13,737
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
8,440
Actions
Shares
0
Downloads
256
Comments
0
Likes
3
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Sofistas

  1. 1. SOFISTAS  POSSUIAM A CAPACIDADE PROFESSORES ITINERANTES QUE INSTRUÍAMPERSUADIR DE TÉCNICA DE OS JOVENS NAS TÉCNICAS DA ORATÓRIA EM ACORDO COM TROCA DE DINHEIRO. DETERMINADOS FINS.
  2. 2. O APARECIMENTO DOS SOFISTAS ESTÁ RELACIONADO A CONQUISTA DO PODER PASSA A EXIGIR OCOM O SISTEMA POLÍTICO DEMOCRÁTICO QUE DOMÍNIO DA PERSUASÃO.VIGORAVA EM DIVERSAS CIDADES-ESTADO GREGAS.
  3. 3. AS ASSEMBLEIAS ERAM REUNIÕES PÚBLICAS ELIVRES, ONDE OS CIDADÃOS PODIAM DECIDIR TODO OTIPO DE QUESTÕES. COMO? PARTICIPANDO EVOTANDO. LOGO, OS QUE MELHOR FALAVAM ERAM OSMAIS INFLUENTES.
  4. 4. A Democracia Ateniense  A democracia ateniense (EclésiA) era una democracia de assembleia directa;  A principal instituição era a Assembleia que detinha o poder legislativo, executivo e judicial;  Todos os cidadãos (demos) varões maiores de 18 anos eram membros da Assembleia;  A Assembleia era completamente soberana;
  5. 5. A Democracia Ateniense Mulheres, metecos e escravos não tinham direitos políticos.
  6. 6. DEMOCRACIA IMPLICAÇÕES• A Democracia implica o debate, o que torna necessário a preparação de oradores capazes de elaborar discursos persuasivos em defesa de uma tese;• Os tribunais eram públicos e cada cidadão podia defender a sua própria causa. Como? Argumentando de modo persuasivo.
  7. 7. DOUTRINAEnsinavam a retórica e a “aretê”política (virtude política);Visavam a formação política doscidadãos;Interessavam-se por todos os ramos dosaber:gramática, matemática, antropologia, evolução do homem e da sociedade, etc;
  8. 8. DOUTRINAPretendiam ser capazes de DISCURSARsobre todos os assuntos e de respondera qualquer pergunta que lhes fizessem.Adoptavam um ponto de vistafenomenista, relativista e CÉPTICO;
  9. 9. DOUTRINADefendiam uma perspectiva empirista(problema da origem do conhecimento) eCÉPTICA (problema da possibilidade doconhecimento) com base em doisargumentos: 1) na imperfeição das nossascapacidades e 2) na inexistência de umarealidade estável que pudesse ser objectode conhecimento.
  10. 10. Não existe uma verdade objectiva e universal (cepticismo)Nada é em si mesmo verdadeiro nem falso, tudo é e não é, bom e mau, justo e injusto, dependendo de cada um (relativismo) Os nossos Cada indivÍduo conhecimentos tem uma dependem OPINIÃO das sensações O estado das Situação faculdades Afectos sensoriais Experiências mudaPROTÁGORAS “O HOMEM É A MEDIDA DE TODAS AS COISAS, DAS QUE SÃO ENQUANTO SÃO E DAS QUE NÃO SÃO ENQUANTO NÃO SÃO”
  11. 11. QUE GOVERNAM AVIDA DOS HOMENS EMSOCIEDADE; PARA CADAINDIVÍDUO BEM E MALPOSSUEM SIGNIFICAÇÕESDISTINTAS;
  12. 12. É IMPOSSÍVEL DEFINIR OSCONCEITOS DE MODO AULTRAPASSAR A DIVERGÊNCIADAS OPINIÕES ACERCA DO SEUSIGNIFICADO.
  13. 13. A VERDADE ÉA DOUTRINA DOS RELATIVA CONHECIMENTO E PARTICULAR SOFISTAS (muda consoante o É Sujeito que OPINIÃO (Dôxa). conhece o objecto) .
  14. 14. “O HOMEM É A MEDIDA DE TODAS AS COISAS, DAS QUE SÃO ENQUANTO SÃO E DAS QUE NÃO SÃO ENQUANTO NÃO SÃO” - Protágoras Existem apenas opiniões, ou seja, a A verdade é “verdade” é a experiência relativa e não de cada homem. absoluta (válida para todos). O Homem é a medida da verdade.
  15. 15. - Górgias Se alguma coisa existe é Nada existe (a incognoscível. Ex: a vista realidade é múltipla e está em não pode julgar a verdade constante devir). do ouvido, etc. Se alguma coisa écognoscível, então é incomunicável.
  16. 16. - Górgias A retórica permite ao A retórica é a arte de persuadir pela orador ter domínio sobre palavra. o auditório (outros).
  17. 17. SOFISTAS VS PLATÃO
  18. 18. RETÓRICA DOS SOFISTAS - PLATÃO O orador manipula o A retórica não é uma auditório (meio) com o arte, mas uma forma objectivo de atingir os de manipulação. seus interesses pessoais (fim).
  19. 19. Sofistas VS Platão O SÓCRATES DE PLATÂO SOFISTAS PLATÃO• Protágoras (c. 490 – c, 420 a. C.); • Platão (c. 429 – 347 a. C.); • Filósofo ateniense;• Górgias (c. 483 – 376 a. C.); • Criticou o ensino da retórica (uso• Eram principalmente estrangeiros; manipulador), contrapondo-o à actividade filosófica;• Professores que ensinavam as • A verdade é objectiva e universal e é técnicas da retórica; conhecida pela razão;• A verdade é relativa e particular; • O objectivo do filósofo é distinto do objectivo do sofista, pois visa descobrir a• Preparavam os seus alunos para a verdade enquanto que o do sofista é o de vida política. conquistar o poder pela manipulação.
  20. 20. SÓCRATES, DE ROBERTO ROSSELLINI
  21. 21. 1. Quem são os 3. principais teses dos Sofistas? sofistas.2.Relação entre o 4.Significado da sentença de Protágoras:APARECimento dos “O HOMEM É A MEDIDASofistas E A DE TODAS ASDEMOCRACIA. COISAS”.
  22. 22. CONSULTAS Rodrigues, Luís, Filosofia, 11º Ano, Plátano Editora. Severino, Emmanuel, A Filosofia Antiga, Edições 70.
  23. 23. REALIZADO POR:Isabel Moura Duarte

×