LIGAÇÃO QUÍMICA
COMO OS ÁTOMOS COMBINAM-SE PARA FORMAR
MOLÉCULAS OU COMPOSTOS ?
PORQUE OS ÁTOMOS FORMAM LIGAÇÕES ?
SE MOLÉ...
LIGAÇÃO QUÍMICA OCORRE QUANDO O
COMPOSTO FINAL TEM
NÍVEL ENERGÉTICO MAIS BAIXO
QUE OS ÁTOMOS DE FORMA ISOLADA
GASES NOBRES...



eletronsdeamentocompartilh
eletronsdedoação
elementos





recebem)ou(doamcasododepende
tivoseletronega
voselet...
3 TIPOS DE LIGAÇÃO
 tivoeletronegativoeletroposi 
covalente  tivoeletronegativoeletronega 
metálica  tivoeletropositi...
O QUE É SER ELETROPOSITIVO
OU ELETRONEGATIVO?
POTENCIAL DE IONIZAÇÃO
TRANSFERÊNCIA TOTAL DE ELÉTRON (S)
DE UMA ESPÉCIE PARA A OUTRA
LIGAÇÃO IÔNICA
ELETROPOSITIVO + ELETRONEGATIVO ???
ÍON = ÁT...
L
I
G
A
Ç
Ã
O
I
Ô
N
I
C
A
Na (11) pot. ion. 5,139
Cl (17) pot. ion. 12,967
ENERGIA FORNECIDA
CsCl2
CaF2
CARACTERÍSTICAS
Alto ponto de fusão
São sólidos a temperatura ambiente
Não conduzem eletricidade
Alto ponto de ebulição
Su...
NaCl (Cloreto de sódio)
• Sal de cozinha
• Produção de NaOH
Usos
CaCO3 (Carbonato de cálcio) • Giz
TiO2 (dióxido de titâni...
Ligação Covalente
Compartilhamento de elétrons
Elétrons ficam em orbitais
Orbitais são descritos por funções de onda
Afunção de onda Y é uma função complexa que descreve completamente
o estado de uma partícula e não tem significado físico ...
dz
2
Ligquiaula1
Ligquiaula1
Ligquiaula1
Ligquiaula1
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Ligquiaula1

1,296 views
1,249 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
1,296
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
65
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Ligquiaula1

  1. 1. LIGAÇÃO QUÍMICA COMO OS ÁTOMOS COMBINAM-SE PARA FORMAR MOLÉCULAS OU COMPOSTOS ? PORQUE OS ÁTOMOS FORMAM LIGAÇÕES ? SE MOLÉCULAS EXISTEM É PORQUE SÃO MAIS ESTÁVEIS QUE OS ÁTOMOS ISOLADOS PROCESSO ENERGÉTICO  MÍNIMO DE ENERGIA
  2. 2. LIGAÇÃO QUÍMICA OCORRE QUANDO O COMPOSTO FINAL TEM NÍVEL ENERGÉTICO MAIS BAIXO QUE OS ÁTOMOS DE FORMA ISOLADA GASES NOBRES            cos estávelãoconfiguraç reativosnão monoatômi
  3. 3.    eletronsdeamentocompartilh eletronsdedoação elementos      recebem)ou(doamcasododepende tivoseletronega voseletroposi TIPOS DE LIGAÇÃO
  4. 4. 3 TIPOS DE LIGAÇÃO  tivoeletronegativoeletroposi  covalente  tivoeletronegativoeletronega  metálica  tivoeletropositivoeletroposi  iônica COMBINAÇÃO DE 2 TIPOS ( 2 A 2)  
  5. 5. O QUE É SER ELETROPOSITIVO OU ELETRONEGATIVO? POTENCIAL DE IONIZAÇÃO
  6. 6. TRANSFERÊNCIA TOTAL DE ELÉTRON (S) DE UMA ESPÉCIE PARA A OUTRA LIGAÇÃO IÔNICA ELETROPOSITIVO + ELETRONEGATIVO ??? ÍON = ÁTOMO (ou conjunto) CARREGADO espécie carregada (com carga) CÁTION = ÍON POSITIVO ÂNION = ÍON NEGATIVO e os compostos iônicos tipo CaSO4?
  7. 7. L I G A Ç Ã O I Ô N I C A
  8. 8. Na (11) pot. ion. 5,139 Cl (17) pot. ion. 12,967 ENERGIA FORNECIDA
  9. 9. CsCl2 CaF2
  10. 10. CARACTERÍSTICAS Alto ponto de fusão São sólidos a temperatura ambiente Não conduzem eletricidade Alto ponto de ebulição Substâncias duras, porém quebradiças: Duros: Interações fortes Quebradiços Ao se tentar deslocar uma camada em relação a outra, íons de mesma carga ficam juntos e repelem-se fortemente, levando a ruptura do retículo
  11. 11. NaCl (Cloreto de sódio) • Sal de cozinha • Produção de NaOH Usos CaCO3 (Carbonato de cálcio) • Giz TiO2 (dióxido de titânio) • Pigmentos de tintas e esmaltes HgCl2 (Cloreto de mercúrio II) • Pesticida KCl (Cloreto de potássio) • Fertilizantes NaF ( Fluoreto de sódio) • Cremes dentais
  12. 12. Ligação Covalente Compartilhamento de elétrons Elétrons ficam em orbitais Orbitais são descritos por funções de onda
  13. 13. Afunção de onda Y é uma função complexa que descreve completamente o estado de uma partícula e não tem significado físico direto. Probabilidade da partícula ser encontrada numa região de comprimento infinitesimal dx em torno de x. O conjugado complexo de um número complexo é obtido pela troca de sinal da parte imaginária. Função de onda O seu módulo ao quadrado é a densidade de probabilidade, ou seja Y = A eiq Y* é o complexo conjugado de Y Y* = A e-iq Y Y* = A2 e+iqe-iq 1
  14. 14. dz 2

×