Desenvolvimento de jogos: Elaboração dirigida: criação de estórias

  • 454 views
Uploaded on

Franco lo prestti seminério, linguagens código, imaginário, representação, vocabulário, lógica, canal viso-motor, canal áudio-fonético, áudio-mental, processo-tarefa, semiótica, charles piercing, …

Franco lo prestti seminério, linguagens código, imaginário, representação, vocabulário, lógica, canal viso-motor, canal áudio-fonético, áudio-mental, processo-tarefa, semiótica, charles piercing, cognição, metacognição, aceleração cognitiva, análise espectral das variáveis, jogo, reabilitação coginitiva, assinatua cognitiva, desenvolvimento de linguagem, crivo paradigmático, crivo geral, crivo sintagmático, fio condutor, elaboração dirigida

More in: Education , Technology
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
454
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
7
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Universidade Federal do Rio de Janeiro Programa de Pós-Graduação em Informática Departamento de Ciência da Computação do Instituto de Matemática Neuropedagogia e Informática - Mestrado Prof. Carla Verônica M. Marques Elaboração Dirigida Jogo: criação de estórias Luiz Francisco Dias Pereira (Luizdias@cp2.g12.br) Outubro de 2007
  • 2. Objetivo: Trabalhar Lógica de Programação – Estruturas de Decisão, Condições. Fazendo uso da estória da Branca de Neve Material: Usar Tabuleiro e Personagens Imantados. Regras: Contar uma estória com a branca de neve, saindo da mina de carvão dos anões até chegar ao castelo d príncipe. Considerar que existe um rio cortando o caminho. Versão 2 – De acordo com a estória contada, fazer perguntas que levem ao entendimento da formulação de estruturas de decisão e condições Fazer perguntas provocativas do tipo: Por que pensou assim? Por que agiu de forma? Versão 3 – Pedir para recontar a estória, mas agora a branca de neve deve sair de sua casa em direção a mina dos anões. O Rio continua cruzando o caminho. Permitir pedidos de ajuda Fazer perguntas provocativas do tipo: Por que pensou assim? Por que agiu de forma? Versão 4 - Questionar o jogador em direção a aquisição do conhecimento desejado. Se o rio fosse raso? O que você fez ao tentar passar pelo rio? Que respostas pode haver para esta pergunta?