Your SlideShare is downloading. ×
0
Virus informáticos
Virus informáticos
Virus informáticos
Virus informáticos
Virus informáticos
Virus informáticos
Virus informáticos
Virus informáticos
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Virus informáticos

948

Published on

Virus Informaticos | Equipa:Grupo Onofrios …

Virus Informaticos | Equipa:Grupo Onofrios

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
948
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
19
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Vírus informáticos<br />
  • 2. História<br />Em 1983, Len Eidelmen demonstrou em um seminário sobre segurança computacional, um programa auto-replicante em um sistema VAX11/750. Um ano depois, na 7th Annual Information Security Conference, o termo vírus de computador foi definido como um programa que infecta outros programas. O primeiro vírus para PC nasceu em 1986 e chamava-se Brain, era da classe dos Vírus de Boot, ou seja, danificava o sector de inicialização do disco rígido. <br />
  • 3. Evolução dos vírus informáticos<br />1983–Criador:FredCohen Criou: o termo"Vírus de Computador".<br />1987–Criadores: Basit e AmjadCriou:OVírus Brain<br />1989– Aparece o DarkAvenger.<br />1992 – Aparece o Michelangelo.<br />1994 – Criador: ScotlandYardCriou:Pathogen<br />1995 – Aparece o Concept<br />1999 – Aparece o Chernobyl<br />2000 – Aparece o LoveLetter<br />
  • 4. Tipos de vírus<br />Crackers e hackers<br />Há quem diga que cracker e hacker são a mesma coisa, mas tecnicamente há uma diferença. Hackers são os que quebram senhas, códigos e sistemas de segurança por puro prazer em achar tais falhas. Já o Cracker é o criminoso virtual, que extorque pessoas usando seus conhecimentos, usando as mais variadas estratégias.<br />Vírus de Boot<br />Um dos primeiros tipos de vírus conhecido, o vírus de boot infecta a partição de inicialização do sistema operacional. Assim, ele é activado quando o disco rígido é ligado e o sistema operacional é carregado.<br />
  • 5. Minhocas, worm ou verm<br />Como o interesse de fazer um vírus é ele se espalhar da forma mais abrangente possível.<br />Desta forma, os seus autores visam a tornar suas criações mais conhecidas na Internet. Este tipo de vírus passou a ser chamada de verme ou worm.<br />Vírus no Orkut<br />Em torno de 2006 e 2007 houve muitas <br />ocorrências de vírus no Orkut que é capaz <br />de enviar scraps (recados) automaticamente <br />para todos os contactos da vítima na rede <br />social, além de roubar senhas e contas <br />Bancárias.<br />
  • 6. Trojans ou cavalos de Tróia<br />Certos vírus trazem em seu bojo um código a parte, que permite a um <br />estranho acessar o micro infectado ou colectar dados e enviá-los pela Internet .<br />Estes códigos são denominados de Trojans ou cavalos de Tróia.<br />Inicialmente, os cavalos de Tróia permitiam que o micro infectado pudesse<br /> receber comandos externos, sem o conhecimento do usuário. Desta forma<br /> o invasor poderia ler, copiar, apagar e alterar dados do sistema. <br />Estado Zumbi<br />O estado zumbi em um computador ocorre quando é infectado e está sendo controlado por terceiros. Podem usá-lo para disseminar, vírus, keyloggers, e procedimentos invasivos em geral.<br />TimeBomb<br />Os vírus do tipo "bomba-relógio" são programados para se activarem em determinados momentos, definidos pelo seu criador. <br />Hijackers<br />Hijackers são programas ou scripts que "sequestram" navegadores de Internet. Quando isso ocorre, o hijacker altera a página inicial do browser.<br />
  • 7. Como os combater ?<br />Os antivírus possuem uma base de dados contendo as assinaturas dos vírus de que podem eliminar. Desta forma, somente após a actualização de seu banco de dados, os vírus recém-descobertos podem ser detectados.<br />Os principais são:<br /><ul><li>Avast! Home Edition
  • 8. Avira
  • 9. AVG Anti-VirusFree
  • 10. KasperskyAnti-Virus
  • 11. McafeeViruscan
  • 12. Norton Anti-Virus</li></li></ul><li>Realizado por:<br /><ul><li>Daniel Morais
  • 13. Tiago Costa
  • 14. Diogo Gomes</li>

×