3º Workshop Robtec MG - Digitalizacao aplicada a Manufatura Virtual

824 views

Published on

Aplicação de Técnicas de Medição Óptica em VME

Published in: Business, Technology
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
824
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
17
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

3º Workshop Robtec MG - Digitalizacao aplicada a Manufatura Virtual

  1. 1. Digitalização aplicada a Manufatura Virtual Aplicação de Técnicas de Medição Óptica em VME
  2. 2. 2-Frame Setup / Frame 22-Frame Setup / Frame 1 VME - Definições 3-Frame Setup / Frame 1 3-Frame Setup / Frame 2 3-Frame Setup / Frame 3 Page 2 Digitalização aplicada a Manufatura Virtual
  3. 3. 2-Frame Setup / Frame 22-Frame Setup / Frame 1 Atividades a Serem Cobertas por VME 3-Frame Setup / Frame 1 3-Frame Setup / Frame 2 3-Frame Setup / Frame 3 Page 3 Digitalização aplicada a Manufatura Virtual
  4. 4. 2-Frame Setup / Frame 22-Frame Setup / Frame 1 VME – Virtual Manufacturing Engineering 3-Frame Setup / Frame 1 3-Frame Setup / Frame 2 3-Frame Setup / Frame 3 Page 4 Digitalização aplicada a Manufatura Virtual
  5. 5. 2-Frame Setup / Frame 22-Frame Setup / Frame 1 Apresentacao Case VME - FORD Digitalização aplicada a Manufatura Virtual 3-Frame Setup / Frame 1 3-Frame Setup / Frame 2 3-Frame Setup / Frame 3 Page 5 Digitalização aplicada a Manufatura Virtual Daniel Mourão Blanck – Engenharia de Manufatura Virtual
  6. 6. 2-Frame Setup / Frame 22-Frame Setup / Frame 1 Conteúdo 1) Introdução 2) Escopo do Trabalho 3) Processo de Digitalização 4) Amostra dos Arquivos 3D 5) Aplicação Prática 6) Benefícios Gerados 7) Fechamento 3-Frame Setup / Frame 1 3-Frame Setup / Frame 2 3-Frame Setup / Frame 3 Page 6 Digitalização aplicada a Manufatura Virtual 6
  7. 7. 2-Frame Setup / Frame 22-Frame Setup / Frame 1 Introdução A Ford Motor Company visando um processo de desenvolvimento do produto com maior qualidade e velocidade dos lançamentos, está investindo fortemente em ferramentas virtuais para validações de produto e processos. Nesse contexto foi criado o departamento de Engenharia de Manufatura Virtual, que tem o objetivo de simular virtualmente a montagem de seus futuros produtos, antes mesmo da existência de peças físicas. Para viabilizar uma montagem virtual é necessário que se tenha além das peças, também os equipamentos e dispositivos inseridos no ambiente virtual, ou seja, arquivos 3D. Como a 3-Frame Setup / Frame 1 3-Frame Setup / Frame 2 3-Frame Setup / Frame 3 Page 7 Digitalização aplicada a Manufatura Virtual 7 grande maioria de equipamentos na Planta de Caminhões da Ford de SBC não possui arquivos tridimensionais, surgiu a necessidade de criá-los iniciando o trabalho de digitalização .
  8. 8. 2-Frame Setup / Frame 22-Frame Setup / Frame 1 Escopo do Trabalho Iniciou-se então os contatos entre Ford e Robtec no intuito de buscar uma solução para criação da biblioteca 3D de equipamentos e dispositivos. 3-Frame Setup / Frame 1 3-Frame Setup / Frame 2 3-Frame Setup / Frame 3 Page 8 Digitalização aplicada a Manufatura Virtual 8 Elevador de Cabines – Linha Cargo
  9. 9. 2-Frame Setup / Frame 22-Frame Setup / Frame 1 Escopo do Trabalho A necessidade era a exata reprodução dos equipamentos selecionados, tanto em relação a superfície, quanto aos movimentos de cada um. 3-Frame Setup / Frame 1 3-Frame Setup / Frame 2 3-Frame Setup / Frame 3 Page 9 Digitalização aplicada a Manufatura Virtual 9 Mesa de Transferência Linha Cargo
  10. 10. 2-Frame Setup / Frame 22-Frame Setup / Frame 1 Escopo do Trabalho Surgia então as primeiras definições em relação as características que os arquivos 3D deveriam apresentar. 3-Frame Setup / Frame 1 3-Frame Setup / Frame 2 3-Frame Setup / Frame 3 Page 10 Digitalização aplicada a Manufatura Virtual 10 Dispositivo de montagem do silencioso Linha Cargo
  11. 11. 2-Frame Setup / Frame 22-Frame Setup / Frame 1 Escopo do Trabalho As superfícies que fazem a interface com o produto precisavam ser reconstruídas para poderem servir de ponto de referência para seu posicionamento em relação ao produto. Apoio da longarina 3-Frame Setup / Frame 1 3-Frame Setup / Frame 2 3-Frame Setup / Frame 3 Page 11 Digitalização aplicada a Manufatura Virtual 11 Transportador de Chassis Linha Cargo
  12. 12. 2-Frame Setup / Frame 22-Frame Setup / Frame 1 Escopo do Trabalho Os componentes que possuem movimento relativo de operação precisavam ser definidos como elementos independentes dentro do conjunto do equipamento. Giro vertical Referência p/ Giro Movimento vertical 3-Frame Setup / Frame 1 3-Frame Setup / Frame 2 3-Frame Setup / Frame 3 Page 12 Digitalização aplicada a Manufatura Virtual 12 Giro horizontal Referência p/ Giro Referência p/ Movimento
  13. 13. 2-Frame Setup / Frame 22-Frame Setup / Frame 1 Processo de Digitalização Os equipamentos deveriam ser digitalizados no local de funcionamento. Não era possível a desmontagem dos equipamentos A digitalização de equipamentos necessariamente precisava ser realizada fora do horário de produção. 3-Frame Setup / Frame 1 3-Frame Setup / Frame 2 3-Frame Setup / Frame 3 Page 13 Digitalização aplicada a Manufatura Virtual 13
  14. 14. 2-Frame Setup / Frame 22-Frame Setup / Frame 1 Obtenção da nuvem de pontos: - Média de 3 horas por equipamento - Dimensões dos equipamentos: de 0,5 até 10 metros de extensão Processo de Digitalização 3-Frame Setup / Frame 1 3-Frame Setup / Frame 2 3-Frame Setup / Frame 3 Page 14 Digitalização aplicada a Manufatura Virtual 14 Nuvem de pontosFoto do Equipamento Modelo Final Processamento e reconstrução da nuvem de pontos
  15. 15. 2-Frame Setup / Frame 22-Frame Setup / Frame 1 Relatório dimensional: Processo de Digitalização 3-Frame Setup / Frame 1 3-Frame Setup / Frame 2 3-Frame Setup / Frame 3 Page 15 Digitalização aplicada a Manufatura Virtual 15 Permite avaliar onde estão os desvios gerados durante o processamento e reconstrução da nuvem de pontos.
  16. 16. 2-Frame Setup / Frame 22-Frame Setup / Frame 1 Transportador de Motores Mesa de montagem do quadro de chassi Amostra dos Arquivos 3D 3-Frame Setup / Frame 1 3-Frame Setup / Frame 2 3-Frame Setup / Frame 3 Page 16 Digitalização aplicada a Manufatura Virtual 16 Gancho de transferência de chassi Gravador de número de chassi
  17. 17. 2-Frame Setup / Frame 22-Frame Setup / Frame 1 Amostra dos Arquivos 3D Transportador de Chassis Manipulador de Bateria 3-Frame Setup / Frame 1 3-Frame Setup / Frame 2 3-Frame Setup / Frame 3 Page 17 Digitalização aplicada a Manufatura Virtual 17 Elevador de Cabine e Caçamba Transportador de Cabines (Asa Delta)
  18. 18. 2-Frame Setup / Frame 22-Frame Setup / Frame 1 Manipulador de IP Manipulador de Banco Virador de Chassis Amostra dos Arquivos 3D 3-Frame Setup / Frame 1 3-Frame Setup / Frame 2 3-Frame Setup / Frame 3 Page 18 Digitalização aplicada a Manufatura Virtual 18 Dispositivo de Montagem do Silencioso Transportador de Cabines - Tapeçaria
  19. 19. 2-Frame Setup / Frame 22-Frame Setup / Frame 1 Aplicação Prática Avaliação de compatibilidade de cabines com o elevador e mesa de transferência 3-Frame Setup / Frame 1 3-Frame Setup / Frame 2 3-Frame Setup / Frame 3 Page 19 Digitalização aplicada a Manufatura Virtual 19
  20. 20. 2-Frame Setup / Frame 22-Frame Setup / Frame 1 Benefícios Gerados Interferência entre dispositivo e veículo – Ex. Passagem dos bancos pelo vão da porta Manipulador de bancos 3-Frame Setup / Frame 1 3-Frame Setup / Frame 2 3-Frame Setup / Frame 3 Page 20 Digitalização aplicada a Manufatura Virtual 20
  21. 21. 2-Frame Setup / Frame 22-Frame Setup / Frame 1 Benefícios Gerados Compatibilidade entre dispositivo e produto – apoios do transportador com o cárter e volante do motor. 3-Frame Setup / Frame 1 3-Frame Setup / Frame 2 3-Frame Setup / Frame 3 Page 21 Digitalização aplicada a Manufatura Virtual 21
  22. 22. 2-Frame Setup / Frame 22-Frame Setup / Frame 1 Benefícios Gerados Avaliação de acesso – avaliação do acesso do operador e do equipamento até a posição de montagem 3-Frame Setup / Frame 1 3-Frame Setup / Frame 2 3-Frame Setup / Frame 3 Page 22 Digitalização aplicada a Manufatura Virtual 22
  23. 23. 2-Frame Setup / Frame 22-Frame Setup / Frame 1 Benefícios Gerados Avaliação de ergonômica – posição do operador em relação ao produto posicionado no transportador 3-Frame Setup / Frame 1 3-Frame Setup / Frame 2 3-Frame Setup / Frame 3 Page 23 Digitalização aplicada a Manufatura Virtual 23
  24. 24. 2-Frame Setup / Frame 22-Frame Setup / Frame 1 Fechamento Todo o período de relacionamento entre o departamento de Manufatura Virtual da Ford e a Robtec, desde os primeiros contatos para entendimento da tecnologia até a entrega dos arquivos 3D foi muito rico e de grande aprendizado para ambos os lados. As expectativas ficaram claramente alinhadas entre as empresas e o sucesso atingido durante o desenvolvimento do serviço, leva a crer que haja uma continuidade da filosofia de trabalho para demais Plantas da Ford na América do Sul. Abrem-se portanto novas oportunidades para que esta parceria se renove 3-Frame Setup / Frame 1 3-Frame Setup / Frame 2 3-Frame Setup / Frame 3 Page 24 Digitalização aplicada a Manufatura Virtual 24 Sul. Abrem-se portanto novas oportunidades para que esta parceria se renove num futuro próximo.
  25. 25. 2-Frame Setup / Frame 22-Frame Setup / Frame 1 Trabalhos Futuros 3-Frame Setup / Frame 1 3-Frame Setup / Frame 2 3-Frame Setup / Frame 3 Page 25 Digitalização aplicada a Manufatura Virtual
  26. 26. 2-Frame Setup / Frame 22-Frame Setup / Frame 1 Trabalhos Futuros 3-Frame Setup / Frame 1 3-Frame Setup / Frame 2 3-Frame Setup / Frame 3 Page 26 Digitalização aplicada a Manufatura Virtual
  27. 27. Grato por sua Atenção vmassaroti@robtec.com ROBTEC S.A.

×