Informe Rural - 24/04/14
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Informe Rural - 24/04/14

on

  • 95 views

 

Statistics

Views

Total Views
95
Views on SlideShare
94
Embed Views
1

Actions

Likes
0
Downloads
0
Comments
0

1 Embed 1

http://www.slideee.com 1

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Informe Rural - 24/04/14 Informe Rural - 24/04/14 Document Transcript

  • Um produto genuinamente brasiliense: o queijo candango, lançado pela Emater-DF no ano passado, aos poucos vai caindo no gosto local. Para reforçar o incentivo à fabricação e ao consumo do alimento, a empresa vai realizar, durante a próxima AgroBrasília, o 2º Concurso do Queijo Candango, envolvendo vários laticínios do Distrito Federal. De acordo com o laticinista da Emater-DF, José Roberto de Oliveira, a feira dará mais visibilidade ao produto. “Já que mais de 60 mil pessoas passam pela AgroBrasília durante cinco dias, será uma ótima oportunidade para mostrarmos o valor do queijo candango”, destaca José Roberto, que desenvolveu a fórmula do alimento no ano passado. Em 2013, durante o aniversário de 35 anos da Emater-DF, foi realizada a primeira edição do concurso, que contou com a participação de sete laticínios e premiou as agroindústrias Kapra (na categoria lete de cabra) e São Lucas (leite de Informativo do Sistema Público da Agricultura - Ano II - Edição n° 70 - Brasília, 24 de abril de 2014. Secretaria de Agricultura e Desenvolvimento Rural Produto tipicamente brasiliense vaca). Agora, mais empresas dispostas a fabricar o queijo devem participar. O candango é um queijo meia-cura, consistente por fora e cremoso por dentro, que só pode ser fabricado no Distrito Federal, por laticínios registrados na Divisão de Inspeção de Produtos de Origem Vegetal e Animal (Dipova) da Secretaria de Agricultura. Segundo José Roberto, a Emater-DF está providenciando o registro de identidade do queijo, para que o consumidor tenha mais segurança sobre a procedência. A AgroBrasília vai ocorrer entre os dias 13 e 17 de maio, no Parque Tecnológico Ivaldo Cenci (BR-251, km 5, núcleo rural PAD-DF), sempre de 8h às 18h, com entrada franca. Durante a feira, a Emater-DF — em conjunto com a Secretaria de Agricultura e a Ceasa-DF — apresentará o Espaço de Valorização da Agricultura Familiar (Evaf), onde será realizado o concurso do queijo candango.
  • Câmara Setorial do Leite tem novo presidente Em reunião da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva do Leite e Derivados do Distrito Federal (CSL-DF), realizada dia 15, foi eleito o novo presidente, Lúcio Pereira da Silva, que também é vice-presidente da Cooperativa Agropecuária de São Sebastião (Copas), que beneficia o leite produzido por pequenos pecuaristas da região. Para Silva, a Câmara Setorial do Leite é estratégica para fortalecer a cadeia produtiva. “A Câmara tem o poder de propor e construir soluções, além de orientar os produtores. Conjuntamente com a Secretaria de Agricultura, queremos ajudar a construir melhores condições de produção”, disse. Além da eleição do novo presidente, durante a reunião houve a apresentação do concurso do Queijo Candango, da estrutura das Câmaras Setoriais do setor agropecuário do DF, dos canais de comunicação com as Câmaras Setoriais do Ministério da Agricultura e de pesquisa com diagnóstico da cadeia produtiva do leite. Qualificação profissional Beneficiários do Programa Nacional de Habitação Rural (PNHR) no núcleo rural Taquara (região administrativa de Planaltina) participaram, na última quarta-feira (16), de um curso de desossa de frango. A atividade fez parte do acompanhamento social do projeto, uma exigência da Caixa Econômica Federal — financiadora das moradias — e que a Emater-DF aperfeiçoou. Foram capacitados 30 moradores da Taquara, que além de ter uma casa nova nos próximos meses, poderão obter renda com o conhecimento adquirido. O curso, ministrado pela extensionista Sandra Cristina, ocorreu no Centro de Capacitação Tecnológica e Desenvolvimento Rural (Centrer) da Emater- DF, em Planaltina. De acordo com Sandra, a atividade é importante, pois não existe nenhum tipo de equipamento capaz de desossar um frango ou outros animais como codornas e porcos. “Esse trabalho só pode ser feito de forma manual, por isso é bastante valorizado por agroindústrias e abatedouros”, explicou. Os beneficiários do PNHR poderão participar, posteriormente, de outros cursos, como panificação e higiene e limpeza de arredores.
  • Informativo produzido pelas assessorias de comunicação social: Secretaria de Agricultura e Desenvolvimento Rural (Seagri-DF) - 3051-6347 Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater-DF) - 3340-3002 Centrais de Abastecimento do Distrito Federal (Ceasa-DF) - 3363-1024 Siga o Sistema Agricultura nas redes sociais: facebook.com/SeagriDF facebook.com/ematerdistritofederal facebook.com/ceasa-df twitter.com/ematerdf Seminário de responsabilidade técnica do Distrito Federal A Secretaria de Agricultura e Desenvolvimento Rural (Seagri), em parceria com o Conselho Regional de Medicina Veterinária (CRMV-DF), e o apoio do Ministério da Agricultura (Mapa), realizou, nos dias 9, 10 e 11 de abril, no auditório do Sebrae, o primeiro seminário para Responsável Técnico (RT) atuante no Distrito Federal. O objetivo, entre outros, foi a divulgação do manual de RT, lançado esse ano, aprovado pelo CRMV para orientar e esclarecer dúvidas dos profissionais, nas rotinas de trabalho, junto aos estabelecimentos devidamente registrados no conselho. O evento contou com a participação de empresários do setor e profissionais da área. Houve esclarecimentos acerca da importância do trabalho dos Responsáveis Técnicos, visando a valorização profissional. Para Simone Bandeira, presidente do CRMV-DF, “a intenção é que este curso de capacitação seja pré-requisito para habilitação de RT”. Os profissionais que já atuam na área serão convidados no momento de renovação da responsabilidade técnica para realizarem o treinamento. Já para Cristyanne Barbosa, diretora de Inspeção de Produtos de Origem Animal e Vegetal (Dipova), “o relacionamento entre o serviço de inspeção e os Responsáveis Técnicos deve ser sempre aprimorado, pois o objetivo é comum, qualidade dos produtos e a segurança dos alimentos”. A Seagri trabalha diretamente com responsáveis técnicos que atuam em agroindústrias, em granjas de aves e de suínos, em propriedades rurais monitoradas, em estabelecimentos comerciais e em eventos pecuários. O lançamento do manual de responsável técnico funciona como instrumento de integração entre os órgãos da Seagri, CRMV- DF, Mapa e profissionais da iniciativa privada e será mais um instrumento na busca constante de levar à mesa do consumidor um alimento melhor. Pipiripau é campeão da Copa Rural O time do Pipiripau foi o campeão do 1º Campeonato Rural de Futebol de Campo Amador no PAD-DF, após vitória sobre o time Progresso por 2x1. A final aconteceu nesse domingo (20) no campo da Associação Recreativo Esportiva Cultural dos Funcionários e Associados da Coopa-DF (Arco-DF). Com duração de quatro meses, o torneio contou com 12 times inscritos e foi uma realização da Secretaria de Agricultura e Desenvolvimento Rural (Seagri) com o apoio do deputado distrital Joe Valle, que contribuiu com emenda parlamentar para que fosse possível a realização do evento esportivo. Para o deputado, deve-se fazer um novo torneio, “vou apresentar nova emenda para outro torneio, onde vamos agregar mais times de outras comunidades”, disse Joe Valle. O secretário, Lúcio Valadão, destacou a importância de eventos para a comunidade rural, “O esporte também é um elemento importante para construirmos o desenvolvimento rural de forma efetiva”, disse. Para a servidora da Seagri, Lidia Siqueira, organizadora do campeonato, "É importante que haja esses eventos para integração entre as comunidades locais". A ação tem como objetivo, entre outros, oferecer ao homem do campo e sua família uma opção de lazer. O futebol é o nosso esporte maior e agrega jogadores e torcida. Houve premiação com medalhas para os torcedores mais assíduos, goleiro menos vazado, atleta revelação e artilheiro, além de troféus e medalhas para os times campeão e vice-campeão. O secretário Lúcio Valadão e o deputado distrital Joe Valle realizaram a entrega das premiações. Para o jogador do Progresso, o camisa 20, Leandro, “o campeonato foi bom demais e bem organizado”. A alegria da torcida foi contagiante. Tudo num clima de confraternização e de jogo limpo.