Normas Contábeis
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Normas Contábeis

on

  • 812 views

 

Statistics

Views

Total Views
812
Views on SlideShare
812
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
8
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Normas Contábeis Normas Contábeis Document Transcript

  • O Balanço Geral e os Impactos da Implementação Inicial do Novo Marco de Normas Contábeis 4º Congresso Brasileiro de Normas Contábeis para Empresas de Energia Aprenda por meio de Estudos de Caso e Prepare-se para os Novos Desafios: CPC’s, Contabilidade Regulatória, Concessões e Indenizações, Customização do Sistema de Gestão, Exigências e Mudanças Tributárias 10 e 11 de Maio de 2011 • Hotel Golden Tulip Park Plaza • São Paulo • SP PARTICIPAÇÕES CONFIRMADAS: Workshops Simultâneos Pós-conferência ADVOCACIA WALTENBERG 11 de Maio de 2011 APSIS Contabilidade Regulatória e BDO AUDITORES INDEPENDENTES CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE1 Societária: Suas Divergências e Como Lidar com Elas CORPORATE REPORTING CONSULTORIA – IFRS.COM.BR EDP ENERGIAS DO BRASIL Contabilidade Ambiental: ELETROBRAS2 Identificação e Mensuração ENERGIMP S/A dos Passivos Ambientais ERNST & YOUNG TERCO FREITAS PENTEADO SOCIEDADE DE ADVOGADOS Realização: KPMG AUDITORES INDEPENDENTES LIGHT S.E.S.A. MAX PARTNER CONSULTING PRICEWATERHOUSECOOPERS Apoio: RECEITA FEDERAL DO BRASIL SCA SYSTEMA CONSULTORES ASSOCIADOS THE MEDIA GROUP TRANSMISSORAS BRASILEIRAS DE ENERGIA
  • Terça-Feira, 10 de Maio de 201108h30 Recepção dos Participantes e Credenciamento 13h00 Almoço08h50 Abertura da Conferência pelo Presidente de Mesa PAINEL Nelson Mitimaza, Vice-Presidente Técnico CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE Outros Reflexos da Conversão Contábil nos Negócios e Relatórios Financeiros09h00 O Balanço da Primeira Implementação das CPC’s e os Próximos Passos das Normativas Contábeis 14h30 O Impacto das Novas Normas Contábeis no • Retrospectiva das normas contábeis Valuation das Empresas • Principais avanços e impactos • Metodologias de avaliação • As questões em tratamento no IASB: Quais são as • Vida útil econômica x vida útil técnica perspectivas para o futuro próximo? • Apresentação de Cases Kieran John McManus, Sócio Luiz Paulo César Silveira, Diretor PRICEWATERHOUSECOOPERS APSIS10h00 Coffee Break e Networking 15h00 O Impacto da Integração da Contabilidade ESTUDOS / Sustentabilidade nas Relações com DE CASO os Investidores PAINEL ICPC 01 • Principais mudanças qualitativas e quantitativas nasExperiências Práticas para Maximizar Conhecimentos informações: a volatilidade dos resultados, alterações nos conceitos e aumento do nível de divulgação requerida10h30 O Aprendizado das Distribuidoras e Transmissoras • Repercussões nos balanços como instrumentos de tomada com a Aplicação Inicial das Novas Normas de decisão Aprenda como as grandes empresas superaram os desafios da • As informações socioambientais nas Demonstrações Contábeis implementação das novas CPC’s e as soluções que adotaram, • Notas explicativas: seu novo papel com foco em: • Até que ponto as novas demonstrações contábeis são • Questões operacionais capazes de refletir a realidade socioeconômica e financeira • Reavaliação/Revisão do ativo imobilizado das empresas? • Margem de construção Roberto Sousa Gonzalez, Diretor • Aplicação da Retroatividade THE MEDIA GROUP • Amortização • Demonstrações contábeis • Retificações por erro espontâneo 15h30 Normas Contábeis sobre Instrumentos Moderador: Financeiros: Classificação e Mensuração Aderbal Alfonso Hoppe, Diretor Executivo • As mudanças relacionadas aos instrumentos financeiros ERNST & YOUNG TERCO • CPC 20 – Custo de empréstimos Panelistas: • CPC 08 – Custo de transação • CPC 38 – Instrumentos financeiros: Reconhecimento Sergio Martins, Gestor Executivo Consolidação e Contabilidade e mensuração Daniela Alberto Mendes, Analista Contábil Sênior • CPC 39 – Instrumentos financeiros: Apresentação EDP ENERGIAS DO BRASIL • CPC 40 – Evidenciação Everaldo Camargo, Controller Corporativo & CIO • As alterações do IASB sobre passivos financeiros no IFRS 9 e TRANSMISSORAS BRASILEIRAS DE ENERGIA seus impactos Rodrigo Vilella Ruiz, Chefe da Divisão de Elaboração das João José dos Santos, Sócio-Diretor Demonstrações Financeiras e de Custos CORPORATE REPORTING CONSULTORIA | IFRS.COM.BR ELETROBRAS Suzanne Lloyd Gasparini, Gerente de Contabilidade 17h00 Uma Introdução sobre a Aplicação das IFRS aos Luciana Maximino Maia, Superintendente de Controladoria Novos Negócios LIGHT S.E.S.A • Como adequar os investimentos às normas brasileiras e internacionais de contabilidade?12h15 A Experiência das Geradoras Frente à Aplicação • Análise das normas contábeis nas aquisições: IFRS 3 e IAS 38 da Controversa ICPC 01 • Como mensurar contabilmente os custos dos contratos de • A OCPC O5 construção de ativos de infraestrutura – IAS 11? • Análise dos contratos para determinar seu enquadramento • Custos operacionais e pré-operacionais dos • Fora do escopo: O que deve ser ajustado e processado ativos em construção PREPARE-SE PARA retroativamente? Paulo Ricardo Pinto Alaniz, Sócio-Diretor A RENOVAÇÃO • Dentro do escopo: Um caso de aplicação da norma para Robinson Meira, Gerente Senior DAS CONCESSÕES contratos de concessão de geração de energia BDO AUDITORES INDEPENDENTES Daniella Coutinho Magalhães, Supervisora de Administração e Finanças 18h00 Encerramento do primeiro dia de Conferência, Coffee Break Maria Simony Correia Dias, Analista Financeira e Networking ENERGIMP S/A INFORM
  • Quarta-Feira, 11 de Maio de 2011 08h30 Recepção dos Participantes 11h30 O Impacto Tributário da Nova Contabilidade • A posição da Receita Federal: haverá homologação da nova 08h45 Abertura do 2º Dia da Conferência pelo Presidente de Mesa norma com os tributos? José Luiz Ribeiro de Carvalho, Sócio • O Regime Tributário Transitório (RTT) e as perspectivas da KPMG Auditores Independentes Receita Federal • Efeitos tributários na implementação das IFRS 09h00 A Visão do Órgão Regulador sobre as • Implicações na apuração dos impostos Contabilidades Regulatória e Societária • EFD-PIS/Cofins • Principais diferenças entre as duas contabilidades • Crédito indevido • As perspectivas de convergência Celso Marini, Gestor Contábil, Fiscal e Tributário Fique atento às atualizações no site. Acesse MAX PARTNER CONSULTING www.informagroup.com.br/energia Jonathan José F. de Oliveira, Auditor-Fiscal Supervisor da Escrituração Contábil Digital do PIS/Pasep e da Cofins 10h00 Um Caso de Adaptação do Sistema de Gestão RECEITA FEDERAL DO BRASIL às Contabilidades Regulatória e Societária • Principais desafios da coexistência das contabilidades 12h30 Reversões e Indenizações ao Final dos Prazos regulatória e societária no ERP das Concessões • Como reconciliar as duas contabilidades dentro do sistema? • Panorama atual sobre a Renovação das Concessões e • Alternativas de solução: sistemas de gestão e implicações contábeis sistemas especializados • Quem tem direito a ser ressarcido pelo valor residual dos bens • É possível superar o risco das planilhas? reversíveis vinculados à concessão ao término das concessões? • Como otimizar as informações que estão sendo geradas? • Quais investimentos são passíveis de indenização? • Abordagem de implementação: metodologia, estratégias • Como será efetivada a indenização? Qual é o critério para e etapas apuração do valor residual a ser considerado para tanto? • Principais mudanças, impactos e benefícios David Waltenberg, Sócio • Conclusões e pontos de aprendizado André Edelstein, Sócio Antonio Coló, Presidente ADVOCACIA WALTENBERG SCA SYSTEMA CONSULTORES ASSOCIADOS 13h15 Encerramento da Conferência 11h00 Coffee Break e Networking 12 ÓTIMOS MOTIVOS PARA PARTICIPAR DESTE EVENTO Conheça as perspectivas de mudança no IASB e os impactos Saiba quais foram os ajustes que as geradoras 1 na contabilidade das empresas de energia brasileiras 7 precisaram adotar Fique por dentro do balanço da aplicação inicial das novas Conheça as perspectivas para o RTT e entenda as questões 2 CPCs em distribuidoras e transmissoras e aprenda com as 8 chave do EFD-PIS/Cofins soluções adotadas Garanta a adequação das IFRS e do Manual de Contabilidade Avalie os efeitos da conversão para as IFRS no valuation 9 ao sistema de gestão da sua empresa 3 das empresas Entenda como a nova forma de divulgar os resultados afeta a 10 Antecipe-se ao que sucederá no final do prazo dos contratos de concessão 4 qualidade das informações e a relação com os investidores Discuta como adequar novos investimentos à 11 Mensure asediferenças entre as contabilidades societária e regulatória prepare-se para lidar com seus requerimentos 5 nova contabilidade Encontre soluções para viabilizar e aperfeiçoar a contabilidade 6 Classifique e mensure corretamente seus instrumentos 12 ambiental na sua empresa, identificando e mensurando financeiros de acordo com as CPCs adequadamente os passivos ambientaisMAÇÕES E INSCRIÇÕES: Telefone (11) 3017.6888 l E-mail: energia@ibcbrasil.com.br l www.informagroup.com.br/
  • WORKSHOPS PÓS-CONFERÊNCIA Quarta-feira, 11 de Maio de 2011 1 2 Contabilidade Regulatória e Contabilidade Ambiental: Societária: Suas Divergências Identificação e Mensuração e Como Lidar com Elas dos Passivos Ambientais Tópicos A globalização da economia e a conscientização da sociedade • Contabilidade societária antes e depois das alterações da Lei estão forçando, atualmente, as empresas a adotarem uma postura 11.638 e 11.941 responsável perante o meio ambiente, isto é, um desenvolvimento sustentável. Para isto, as empresas estão implantando um Sistema • Contabilidade regulatória de Gestão Ambiental de acordo com as normas da série ISO 14000. • Principais diferenças e conceitos conflitantes entre as duas contabilidades Fazer este gerenciamento exige a aplicação de um considerável • Contabilidades diferentes, resultados diferentes: Quais são as montante de recursos financeiros, devendo-se ter constante repercussões no mercado e como lidar com elas? preocupação em controlá-los. A contabilidade é considerada uma • Conta de Compensação da Parcela A: O problema dos ativos e das principais ferramentas de gestão de negócios ao contribuir nesse passivos regulatórios no balanço societário processo de gestão ambiental. • O tratamento do ativo imobilizado na contabilidade regulatória Dentro da contabilidade ambiental, a questão do cálculo do • Estudo de caso: A implantação da Contabilidade Regulatória - passivo ambiental é uma das mais complexas, gerando muitos Empresa Exemplo de uma Concessionária de Distribuição questionamentos aos executivos de empresas. • Aprenda como identificar os custos ambientais da sua empresa Liderado por: e como levantar o passivo ambiental efetivo Luiz Leite, Gerente Senior • Saiba como identificar os danos provocados pela empresa em KPMG AUDITORES INDEPENDENTES seus ativos próprios Gerente de Risk & Compliance da KPMG - especializado em Auditoria Interna, Riscos, • Conheça como as empresas do setor estão lidando com Regulatório e Compliance. Graduado em Ciências Econômicas. Cursando Pós-graduação o assunto no IBEP - DF em - Controladoria, Auditoria e Perícia Contábil. Atua no ramo de consultoria e auditoria, em trabalhos de avaliação econômico-financeira, viabilidade de projetos econômico-financeiros, diagnóstico de atividades da auditoria interna, diagnóstico de Tópicos riscos, due diligence, análise e modelagem de custos, diagnóstico de ações regulatórias e avaliação de controles internos. Ministra cursos abertos e graduação nas cadeiras • O grau de desenvolvimento da Contabilidade Ambiental de orçamentos empresarial, análise e avaliação de empresas, matemática financeira e nas empresas brasileiras de energia e as tendências para os finanças. Participou de vários estudos e projetos de avaliação e viabilidade econômico- próximos anos. financeira na década de 1990, em decorrência das privatizações no Setor Elétrico . Desde 2005 é o gerente que atua junto a ANEEL em Brasília prestando apoio a área Fiscalização • Custos ambientais do setor elétrico. Econômica e Financeira ANEEL, nos trabalhos de RTE, CVA, IF, Anuência, Monitoramento • Qual é a legislação existente sobre o assunto? Econômico e Financeiro e Fiscalização Econômica e Financeira. • A contabilidade ambiental e as CPC’s • Principais conceitos da contabilidade ambiental • Contabilidade e a Responsabilidade Ambiental (Jurídica) • Formas de identificação e mensuração dos passivos ambientais, inclusive os judiciais • Auditorias Ambientais • Contabilidade Ambiental e Emissões de Gases de Efeito Estufa. DESCONTO PARA GRUPOS Tendências nacionais e internacionais A IBC tem uma política diferenciada • Estudo de caso de descontos para grupos. Venha com a sua equipe participar deste Liderado por: evento e usufrua de uma condição especial Luis Fernando de Freitas Penteado, Sócio de pagamento. Consulte-nos! FREITAS PENTEADO SOCIEDADE DE ADVOGADOS Bacharelado em Direito e Mestre pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Cursou MBA oferecido pela FIA-USP em Gestão Empresarial de Negócios. Auditor Ambiental de ISO 14.001 certificado pela Fundação Vanzolini (USP). Professor nos cursos de pós-graduação lato sensu em Direito Ambiental das Universidades FGV, PUC-SP/COGEAE e FAAP. Sócio-Fundador do escritório Freitas Penteado Sociedade de Advogados (www.freitaspenteado.com.br) e da empresa PRANA Assessoria e Gestão Ambiental Ltda. (www.ambienteprana.com.br). Membro do CJE-FIESP. Assessor Jurídico Agenda dos Worshops da Fundação Agencia da Bacia Hidrográfica do Alto-Tiete, Estado de São Paulo. Participou na organização do evento CARBON FINANCE, realizado pela PUC-SP, em parceria com 14h00 Início dos Workshops a Centre for Environment University of Toronto, do Canadá. Advogado prestador de 16h00 Coffee Break serviços ao BID, sobre assuntos jurídicos relacionados a Mudanças Climáticas, através do Escritório Freitas Penteado Sociedade de Advogados. 17h30 Encerramento do Workshopsenergia
  • IBC Tel.: +55 11 3017 6800 Fax: +55 11 3017 6802 www.informagroup.com.brPrezado(a) Executivo(a),Embora a agenda de normas para os balanços 2010 esteja concluída e os prazos para a harmonização e divulgação dasinformações finalizados, ainda há muitas dúvidas sobre a atuação do profissional contábil das empresas de energia nomarco das IFRS.Também existem incertezas em torno das repercussões que a adequação às normativas internacionais terá nos negócios, nosrelatórios financeiros e nos sistemas de gestão, além da sua integração com as contabilidades fiscal e regulatória.O intuito desta 4ª Edição será discutir os impactos da implantação inicial do novo arcabouço de Normas Contábeis comum foco marcadamente prático. As distribuidoras, as geradoras que aplicaram as CPCs/IFRS e as transmissoras exporão asdificuldades concretas que tiveram de enfrentar e as soluções que adotaram.Além do balanço da implantação inicial, serão abordadas as questões contábeis mais relevantes enfatizando os reflexosque nelas tiveram às mudanças atuais: a posição da agência reguladora e do fisco, RTT e EFD-PIS/COFINS, a renovação dasconcessões, a aquisição de novos negócios e a mensuração de instrumentos financeiros, entre outras.Para esse fim, como em todas as edições, reunimos alguns dos mais iminentes profissionais das áreas contábil, financeirae afins, de empresas de geração, transmissão, distribuição, cooperativas elétricas, empresas de auditoria, informática eadvocacia, além de universidades e agentes reguladores e de fiscalização.Como fechamento do Congresso, teremos dois workshops simultâneos. No primeiro, você poderá entender as diferençasentre as contabilidades regulatória e societária e aprender a lidar com elas. No segundo, desvendaremos a questão dacontabilidade ambiental nas empresas de energia e revelaremos como identificar e mensurar os passivos ambientais.Aproveite esta oportunidade!Até maio!María H. Mistrorigo Benintende, Gerente de ProjetosInforma Group Latin Americamaria.benintende@ibcbrasil.com.br Depoimentos dos participantes das edições anteriores: “Um conteúdo muito extensoeque poderá regras para consulta para servir desenvolver o trabalho cumprir as exigidas. ” G.A.C. – Contador – ELETROACRE “Trouxe temasabordagense para o tratoao momentono momento dapolêmicas e suas correntes relevantes a ser dado com questões implantação/adequação às normas CPC/IFRS e contabilidade regulatória. C.A.S.X. – Contador Analista de Gestão – CELG ” “Foi de grande valia o aprendizado em diversas áreas que abrangem o setor contábil.” J.B.A. – Técnico em Contabilidade – ELETROACRE “Boa estrutura e excelentes palestrantes.” F. S. B. – Programador – SULGIPE
  • FICHA DE INSCRIÇÃO – 4º CONGRESSO BRASILEIRO DE NORMAS CONTÁBEIS PARA EMPRESAS DE ENERGIA – EG0901911Nome: Cargo: 9912247475-DR/SPMCPF: Depto.: E-mail: IIRSup. Imediato: Cargo:Razão Social:Nome Fantasia da Empresa: Ramo de Atividade:CCM: CNPJ: Insc. Estadual: FORMAS DE PAGAMENTOEndereço Comercial: Emissão de boleto restrita até 3 dias antes do evento. Após esta data, favor contatarCEP: Cidade: Estado: a Central de Atendimento pelo telefone 11 3017 6888 ou e-mail customer.service@Telefone: ( ) Celular: ( ) Fax: ( ) ibcbrasil.com.br. A participação do inscrito estará condicionada à efetiva comprovação de pagamento da inscrição antes da realização do evento.Nome p/ contato: Área:Nº de Funcionários: [ ] 01 - 99 [ ] 100 - 199 [ ] 200 - 499 [ ] 500 - 999 [ ] 1.000 - 1.999 [ ] 2.000 - 4.999 [ ] acima de 5.000 [ ] Boleto Bancário [ ] AMEX [ ] VISA [ ] MASTERCARD [ ] DINERS3 Autorizo o envio de informações da empresa por todos os canais de comunicação. Caso não queira receber informações, favor enviar e-mail para cadastro@ibcbrasil.com.br Nº x _ x _ x _ x _ x _ x _ x _ x _ x _ x _ x _ x _ x _ x _ x _ x _ x Valid.:............. / ............... Assinatura: ........................................................................................................................................ CONDIÇÕES GERAIS DE INSCRIÇÃO DADOS SOBRE COBRANÇADatas:Congresso: Nome do contato: Valor Especial para Valor Especial para Valor para inscrições10 e 11 de Maio de 2011 Desconto especial para inscrições até 11/03/11* inscrições até 08/04/11* após 08/04/11 Cargo:Workshop 1 e 2 Grupos. Consulte-nos! Endereço: Investimento Total (1) Investimento Total (1) Investimento Total (1)11 de Maio de 2011 ECONOMIZE ECONOMIZE q Conferência R$ 3.095,00 R$ 3.295,00 R$ 3.495,00Local: R$ 400,00 R$ 200,00 Tel.: Fax:Hotel Golden Tulip Park Plaza q Conf. + Workshop 1 R$ 3.895,00 R$ 4.095,00 R$ 4.295,00 E-mail p/ envio de NF-e:Al. Lorena, 360 – JardinsSão Paulo/SP q Conf. + Workshop 2 R$ 3.895,00 R$ 4.095,00 R$ 4.295,00 Cidade: *Desconto não cumulativo, válido somente para inscrição e pagamento antecipados. Estado: CEP: (1) ATENÇÃO: Os valores incluem os impostos que devem ser recolhidos pela fonte pagadora em conformidade com a legislaçãoO Informa Group plc está presente no Brasil e na America Latina vigente (Lei 116/2003, art. 5º da Lei 10.925/04 e art. 647 do RIR). Pedimos a gentileza de contatar nossa central depelas marcas IBC e IIR. Planejamento e Organização dos eventosno Brasil: IIR Informa Seminários Ltda. atendimento para obter detalhes sobre o valor a ser pago, antes de efetuar o pagamento da inscrição.A B C D E F G H I J K L M N A inscrição será confirmada após a Organizadora receber esta ficha preenchida, assinada e carimbada. 4 MANEIRAS RÁPIDAS DE CANCELAMENTOS E SUBSTITUIÇÕES: Os cancelamentos podem ser feitos sem ônus ou encargos até 10 dias antes do evento. Após esta data, as substituições podem ser feitas sem ônus, mas os cancelamentos ENTRAR EM CONTATO CONOSCO terão uma taxa administrativa de R$500,00. Em todos os casos, solicitamos informar a Organizadora sobre qualquer alteração até às 12h da véspera do evento. Os inscritos que não cancelarem sua participação segundo as condições acima descritas, e não comparecerem ao evento, serão cobrados no valor integral acordado. Todas TELEFONE: 55 11 3017-6888 as notificações devem ser feitas por escrito pelo fax, e-mail ou endereço indicados nesta ficha. ALTERAÇÃO DE PROGRAMA: O nosso compromisso é fornecer a discussão e o estudo de temas e casos relevantes por palestrantes habilitados. Eventuais alterações no programa serão decorrentes de caso fortuito ou força maior. Na eventualidade de algum palestrante não comparecer, envidaremos maiores esforços possíveis para substituir o executivo ausente por outro apto a promover a discussão do tema conforme programado. Contudo, tal empenho FAX TOLL FREE: 0800 11 4664 não implica em garantia da substituição. Ao assinar este documento, concordo com os termos acima pactuados. O Informa Group não se responsabiliza por objetos pessoais no dia do evento. E-MAIL energia@ibcbrasil.com.br Local e Data Insira no campo abaixo o código que se encontra na etiqueta de endereçamento SITE Código Código da etiqueta www.informagroup.com.br/energia Assinatura e Carimbo da Empresa Lado superior direito Cargo: