3ª Conferência

Evite a Bitributação e Planeje a Redução Legal da Carga Tributária
Através do Tratamento Adequado dos



 ...
Coordenadora de Planejamento Tributário
CONSTRUTORA NORBERTO ODEBRECHT

Piraci Oliveira
Advogado
PIRACI OLIVEIRA SOCIEDADE...
▪ O que define um consórcio e quais as responsabilidades dos envolvidos

▪ Quais os impactos da nova instrução normativa: ...
08h20 Recepção dos Participantes e Entrega das Credenciais


08h50 Abertura do 2º dia do Encontro pelo Presidente de Mesa
...
WORKSHOP I

                       PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO DE UMA OBRA

        Avaliando as Variáveis Críticas que Podem ...
IMPLANTAÇÃO E OPERACIONALIZAÇÃO DO SPED FISCAL NAS
                    EMPRESAS DE CONSTRUÇÃO

OBJETIVO

Proporcionar aos ...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Tributos Em Obras

1,467 views
1,351 views

Published on

Evite a Bitributação e Planeje a Redução Legal da Carga Tributária Através do Tratamento Adequado dos


TRIBUTOS EM OBRAS

Considere as Responsabilidades Tributárias dos Envolvidos em uma Obra e Atenda às Normas Federais, Estaduais e Municipais

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
1,467
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Tributos Em Obras

  1. 1. 3ª Conferência Evite a Bitributação e Planeje a Redução Legal da Carga Tributária Através do Tratamento Adequado dos TRIBUTOS EM OBRAS Considere as Responsabilidades Tributárias dos Envolvidos em uma Obra e Atenda às Normas Federais, Estaduais e Municipais 15 e 16 de Setembro de 2009 – Quality Moema São Paulo / SP MANHÃ TARDE 15 DE SETEMBRO CONFERÊNCIA CONFERÊNCIA 16 DE SETEMBRO CONFERÊNCIA WORKSHOP 1 ou 2 TERÇA-FEIRA, 15 DE SETEMBRO DE 2009 08h20 Recepção dos Participantes e Entrega das Credenciais 08h50 Abertura do 1º dia da Conferência pelo Presidente de Mesa Piraci Oliveira Advogado PIRACI OLIVEIRA SOCIEDADE DE ADVOGADOS 09h00 Tratamento Adequado de ICMS e PIS/COFINS – Qual o Cenário Atual e Perspectivas de Mudanças ▪ Como administrar o ICMS quando a construtora é ou não inscrita no Estado da obra ▪ A inscrição estadual provisória de ICMS é necessária? ▪ Qual é a base de cálculo para PIS/COFINS? Existe valor mínimo para aplicar a retenção? ▪ Adaptações necessárias ao modelo não-cumulativo de cobranças de PIS/COFINS previsto para 2010 ▪ Como identificar todos os créditos de PIS/COFINS não-cumulativos ▪ Reflexo na adoção do lucro presumido Karina Sarkis Novis Direitos Reservados ao Informa Group – Proibida a Reprodução
  2. 2. Coordenadora de Planejamento Tributário CONSTRUTORA NORBERTO ODEBRECHT Piraci Oliveira Advogado PIRACI OLIVEIRA SOCIEDADE DE ADVOGADOS 10h00 Coffee break e Networking 10h30 Procedimentos para o Recolhimento de ISS Frente aos Diferentes Critérios Adotados pelos Municípios ▪ Onde recolher o ISS quando a obra envolve mais de um município ▪ Como são as regras de dedução de materiais de acordo com a Lei 116 ▪ De que forma as construtoras devem proceder quando a prefeitura não autoriza a dedução de materiais ▪ Município pode decidir a alíquota? ▪ Particularidades do recolhimento de ISS das empresas optantes pelo Simples ▪ Retenção de ISS pelas construtoras: como proceder junto às prestadoras de serviços optantes pelo Simples, que estão sujeitas a retenção? Luís Fernando Xavier Soares de Mello Diretor SOARES DE MELLO E GUTIERREZ ADVOGADOS ASSOCIADOS Consultor SINDICATO DA INDÚSTRIA DE CONSTRUÇÃO PESADA DO ESTADO DE SÃO PAULO Marcos Ortiz Sócio TRANCHESI ORTIZ & ANDRADE ADVOCACIA 11h30 Deveres Fiscais e Tributários na Relação Contratante / Contratado / Subcontratado ▪ Definição de responsabilidades e fiscalização segundo a legislação vigente ▪ Solidariedade sobre a fiscalização: como controlar a situação tributária de todos os envolvidos na obra, principalmente na relação com pequenas e micro-empresas ▪ Referências legais necessárias e como formular contratos que atendam às normas fiscais Martelene Carvalhaes Pereira e Souza Sócia MLF CONSULTORIA TRIBUTÁRIA – Auditores Contadores Advogados ESPECIALIZADA NA CONSTRUÇÃO CIVIL 12h30 Almoço 14h30 Como a Instrução Normativa 917 (IN. 917) Altera e Afeta o Tratamento Tributário em Consórcios Direitos Reservados ao Informa Group – Proibida a Reprodução
  3. 3. ▪ O que define um consórcio e quais as responsabilidades dos envolvidos ▪ Quais os impactos da nova instrução normativa: as atualizações na apuração e contabilização dos resultados dos consórcios ▪ Como tratar o recolhimento dos tributos nas questões de faturamento e contratação de pessoal com a expedição da IN ▪ As obrigações acessórias nas Consorciadas e nos Consórcios Antonio Carlos Salla Sócio MACHADO ASSOCIADOS 15h30 Coffee break e Networking 16h00 Definição das Responsabilidades Fiscais e Tributárias de Empresas Envolvidas em SPE (Sociedade de Propósito Específico) ▪ Qual o modelo de tributação incidente ▪ Variação de tributação de acordo com as formas de contratação e organização ▪ Tributação referente ao Patrimônio de Afetação ▪ Análise comparativa dos diferenciais tributários entre SPE e SCP Mauro Berenholc Sócio PINHEIRO NETO ADVOGADOS 17h00 Como o Mercado de Construção Civil está se Beneficiando com os Incentivos Tributários Concedidos pelo Governo Federal em Virtude da Crise Mundial ▪ A desoneração da cadeia de construção civil com a redução de IPI ▪ Quais são os requerimentos necessários e os benefícios do RET – Regime Especial de Tributação para as empresas que fazem parte do programa “Minha Casa, Minha Vida” ▪ Vantagens tributárias geradas pela inovação tecnológica – o que pode ser considerado inovação? Como o processo deve ser administrado? Eurico dos Reis Rodrigues Froes Gerente Contábil FIDENS ENGENHARIA SA 18h00 Encerramento do 1º dia da Conferência QUARTA-FEIRA, 16 DE SETEMBRO DE 2009 Direitos Reservados ao Informa Group – Proibida a Reprodução
  4. 4. 08h20 Recepção dos Participantes e Entrega das Credenciais 08h50 Abertura do 2º dia do Encontro pelo Presidente de Mesa Luís Fernando Xavier Soares de Mello Diretor SOARES DE MELLO E GUTIERREZ ADVOGADOS ASSOCIADOS Consultor SINDICATO DA INDÚSTRIA DE CONSTRUÇÃO PESADA DO ESTADO DE SÃO PAULO 09h00 SPED nos Processos Fiscais e Tributários: Quais os Reflexos do Serviço Público de Escrituração Digital nas Empresas de Construção Civil? ▪ Benefícios e efeitos da Escrituração Fiscal Digital ▪ A fiscalização eletrônica como ferramenta de planejamento tributário ▪ A diminuição de contingência e a eliminação de livros e arquivos com a obrigatoriedade do SPED ▪ Desenvolvimento de mecanismos de controles das NF-e Tânia Gurgel Presidente TAF CONSULTORIA EMPRESARIAL 10h00 Coffee break e Networking 10h30 A Legislação Previdenciária Aplicada à Construção Civil ▪ Regularização de obra e obtenção de CND. Alterações introduzidas pela Instrução Normativa n. 910/09 ▪ O consórcio na legislação previdenciária ▪ O impacto dos conceitos previdenciários no segmento da construção civil Maria da Graça Nogueira Consultora Responsável GRAÇA NOGUEIRA ASSESSORIA ESPECIALIZADA Ex-auditora do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) 12h30 Encerramento da Conferência e Entrega dos Certificados WORKSHOPS SIMULTÂNEOS Direitos Reservados ao Informa Group – Proibida a Reprodução
  5. 5. WORKSHOP I PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO DE UMA OBRA Avaliando as Variáveis Críticas que Podem Reduzir Legalmente a Carga Tributária OBJETIVO Exemplificar o tema apresentando modelos de planejamentos tributários e propor aos executivos uma atividade prática, reforçando quais variáveis devem ser consideradas para que possa haver redução legal da carga tributária de uma obra. PRINCIPAIS TÓPICOS • Definição de planejamento tributário e sua abrangência • Os pontos que devem ser avaliados na estruturação do planejamento tributário • Adequar o planejamento tributário à realidade da empresa (riscos versus custos) • As apurações dos tributos visando melhorar a competitividade • Como a empresa pode maximizar os procedimentos fiscais • Opção pelo Lucro real ou presumido - ferramentas para o planejamento tributário • Planejamento tributário por meio do contencioso judicial e administrativo • Utilização de incentivos fiscais e sua aplicação • O parcelamento da Lei nº 11.945/09 PÚBLICO-ALVO Profissionais das áreas administrativo-financeira e controladoria e demais envolvidos no pagamento de tributos de construtoras e empresas que tenham interesse em saber como desenvolver um planejamento tributário focado na otimização da carga tributária. LIDERADO POR: Sérgio Presta Sócio AZEVEDO RIOS, CAMARGO, SERAGINI E PRESTA - ADVOGADOS E CONSULTORES Formado em Direito pela PUC – Pontifícia Universidade Católica de Pernambuco. Pós Graduado em Direito Empresarial pela PUC – Pontifícia Universidade Católica de Pernambuco e em Tributação pela EDESP da FGV Fundação Getúlio Vargas. Possui ainda graduação pelo Programa de Capacitação Docente da Fundação Getúlio Vargas (GVlaw). É membro do Conselho Científico da Academia Brasileira de Direito Tributário e da Academia Brasileira de Direito Tributário da Câmara Americana de Comércio – AMCHAM – Comitê de Legislação. Foi representante do Brasil no “The Americas Project” no curso realizado pelo James A. Baker III Institute for Policy of Rice University – Houston – Texas – EUA, de 1998 e 2007. É também colaborador da Revista Tributária e de Finanças Públicas editada pela Academia Brasileira de Direito Tributário, São Paulo-SP e dos sites Tributário.net, São Paulo – SP e Resenha de Notícias Fiscais, São Paulo – SP. É Ex-Diretor da Associação dos Advogados de Empresa de Pernambuco e Ex-Diretor Jurídico da Câmara Brasil Portugal de Comércio, Indústria e Turismo. Atualmente é sócio da Azevedo Rios, Camargo, Seragini e Presta - Advogados e Consultores. WORKSHOP 2 Direitos Reservados ao Informa Group – Proibida a Reprodução
  6. 6. IMPLANTAÇÃO E OPERACIONALIZAÇÃO DO SPED FISCAL NAS EMPRESAS DE CONSTRUÇÃO OBJETIVO Proporcionar aos participantes técnicas aplicáveis de implantação e operacionalização do SPED Fiscal, através da abordagem as particularidades do sistema nas empresas de construção civil. PRINCIPAIS TÓPICOS • Desafios e vantagens da implantação • Considerações sobre as funcionalidades do sistema e obrigatoriedade • Benefícios da integração das informações fiscais da empresa PÚBLICO-ALVO Profissionais envolvidos em tributação e implantação de SPED Fiscal nas empresas de construção civil. LIDERADO POR: Estamos buscando a melhor opção do mercado para apresentar este tema. Para programa atualizado acesse o site: www.informagroup.com.br/construcao Agenda dos Workshops I e 2: 13h40: Recepção e Credenciamento 14h00: Início do Workshop 18h00: Encerramento e Entrega dos Certificados Direitos Reservados ao Informa Group – Proibida a Reprodução

×