Tributos Em Obras
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Tributos Em Obras

on

  • 1,746 views

Evite a Bitributação e Planeje a Redução Legal da Carga Tributária Através do Tratamento Adequado dos ...

Evite a Bitributação e Planeje a Redução Legal da Carga Tributária Através do Tratamento Adequado dos


TRIBUTOS EM OBRAS

Considere as Responsabilidades Tributárias dos Envolvidos em uma Obra e Atenda às Normas Federais, Estaduais e Municipais

Statistics

Views

Total Views
1,746
Views on SlideShare
1,746
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
0
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft Word

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Tributos Em Obras Tributos Em Obras Document Transcript

  • 3ª Conferência Evite a Bitributação e Planeje a Redução Legal da Carga Tributária Através do Tratamento Adequado dos TRIBUTOS EM OBRAS Considere as Responsabilidades Tributárias dos Envolvidos em uma Obra e Atenda às Normas Federais, Estaduais e Municipais 15 e 16 de Setembro de 2009 – Quality Moema São Paulo / SP MANHÃ TARDE 15 DE SETEMBRO CONFERÊNCIA CONFERÊNCIA 16 DE SETEMBRO CONFERÊNCIA WORKSHOP 1 ou 2 TERÇA-FEIRA, 15 DE SETEMBRO DE 2009 08h20 Recepção dos Participantes e Entrega das Credenciais 08h50 Abertura do 1º dia da Conferência pelo Presidente de Mesa Piraci Oliveira Advogado PIRACI OLIVEIRA SOCIEDADE DE ADVOGADOS 09h00 Tratamento Adequado de ICMS e PIS/COFINS – Qual o Cenário Atual e Perspectivas de Mudanças ▪ Como administrar o ICMS quando a construtora é ou não inscrita no Estado da obra ▪ A inscrição estadual provisória de ICMS é necessária? ▪ Qual é a base de cálculo para PIS/COFINS? Existe valor mínimo para aplicar a retenção? ▪ Adaptações necessárias ao modelo não-cumulativo de cobranças de PIS/COFINS previsto para 2010 ▪ Como identificar todos os créditos de PIS/COFINS não-cumulativos ▪ Reflexo na adoção do lucro presumido Karina Sarkis Novis Direitos Reservados ao Informa Group – Proibida a Reprodução
  • Coordenadora de Planejamento Tributário CONSTRUTORA NORBERTO ODEBRECHT Piraci Oliveira Advogado PIRACI OLIVEIRA SOCIEDADE DE ADVOGADOS 10h00 Coffee break e Networking 10h30 Procedimentos para o Recolhimento de ISS Frente aos Diferentes Critérios Adotados pelos Municípios ▪ Onde recolher o ISS quando a obra envolve mais de um município ▪ Como são as regras de dedução de materiais de acordo com a Lei 116 ▪ De que forma as construtoras devem proceder quando a prefeitura não autoriza a dedução de materiais ▪ Município pode decidir a alíquota? ▪ Particularidades do recolhimento de ISS das empresas optantes pelo Simples ▪ Retenção de ISS pelas construtoras: como proceder junto às prestadoras de serviços optantes pelo Simples, que estão sujeitas a retenção? Luís Fernando Xavier Soares de Mello Diretor SOARES DE MELLO E GUTIERREZ ADVOGADOS ASSOCIADOS Consultor SINDICATO DA INDÚSTRIA DE CONSTRUÇÃO PESADA DO ESTADO DE SÃO PAULO Marcos Ortiz Sócio TRANCHESI ORTIZ & ANDRADE ADVOCACIA 11h30 Deveres Fiscais e Tributários na Relação Contratante / Contratado / Subcontratado ▪ Definição de responsabilidades e fiscalização segundo a legislação vigente ▪ Solidariedade sobre a fiscalização: como controlar a situação tributária de todos os envolvidos na obra, principalmente na relação com pequenas e micro-empresas ▪ Referências legais necessárias e como formular contratos que atendam às normas fiscais Martelene Carvalhaes Pereira e Souza Sócia MLF CONSULTORIA TRIBUTÁRIA – Auditores Contadores Advogados ESPECIALIZADA NA CONSTRUÇÃO CIVIL 12h30 Almoço 14h30 Como a Instrução Normativa 917 (IN. 917) Altera e Afeta o Tratamento Tributário em Consórcios Direitos Reservados ao Informa Group – Proibida a Reprodução
  • ▪ O que define um consórcio e quais as responsabilidades dos envolvidos ▪ Quais os impactos da nova instrução normativa: as atualizações na apuração e contabilização dos resultados dos consórcios ▪ Como tratar o recolhimento dos tributos nas questões de faturamento e contratação de pessoal com a expedição da IN ▪ As obrigações acessórias nas Consorciadas e nos Consórcios Antonio Carlos Salla Sócio MACHADO ASSOCIADOS 15h30 Coffee break e Networking 16h00 Definição das Responsabilidades Fiscais e Tributárias de Empresas Envolvidas em SPE (Sociedade de Propósito Específico) ▪ Qual o modelo de tributação incidente ▪ Variação de tributação de acordo com as formas de contratação e organização ▪ Tributação referente ao Patrimônio de Afetação ▪ Análise comparativa dos diferenciais tributários entre SPE e SCP Mauro Berenholc Sócio PINHEIRO NETO ADVOGADOS 17h00 Como o Mercado de Construção Civil está se Beneficiando com os Incentivos Tributários Concedidos pelo Governo Federal em Virtude da Crise Mundial ▪ A desoneração da cadeia de construção civil com a redução de IPI ▪ Quais são os requerimentos necessários e os benefícios do RET – Regime Especial de Tributação para as empresas que fazem parte do programa “Minha Casa, Minha Vida” ▪ Vantagens tributárias geradas pela inovação tecnológica – o que pode ser considerado inovação? Como o processo deve ser administrado? Eurico dos Reis Rodrigues Froes Gerente Contábil FIDENS ENGENHARIA SA 18h00 Encerramento do 1º dia da Conferência QUARTA-FEIRA, 16 DE SETEMBRO DE 2009 Direitos Reservados ao Informa Group – Proibida a Reprodução
  • 08h20 Recepção dos Participantes e Entrega das Credenciais 08h50 Abertura do 2º dia do Encontro pelo Presidente de Mesa Luís Fernando Xavier Soares de Mello Diretor SOARES DE MELLO E GUTIERREZ ADVOGADOS ASSOCIADOS Consultor SINDICATO DA INDÚSTRIA DE CONSTRUÇÃO PESADA DO ESTADO DE SÃO PAULO 09h00 SPED nos Processos Fiscais e Tributários: Quais os Reflexos do Serviço Público de Escrituração Digital nas Empresas de Construção Civil? ▪ Benefícios e efeitos da Escrituração Fiscal Digital ▪ A fiscalização eletrônica como ferramenta de planejamento tributário ▪ A diminuição de contingência e a eliminação de livros e arquivos com a obrigatoriedade do SPED ▪ Desenvolvimento de mecanismos de controles das NF-e Tânia Gurgel Presidente TAF CONSULTORIA EMPRESARIAL 10h00 Coffee break e Networking 10h30 A Legislação Previdenciária Aplicada à Construção Civil ▪ Regularização de obra e obtenção de CND. Alterações introduzidas pela Instrução Normativa n. 910/09 ▪ O consórcio na legislação previdenciária ▪ O impacto dos conceitos previdenciários no segmento da construção civil Maria da Graça Nogueira Consultora Responsável GRAÇA NOGUEIRA ASSESSORIA ESPECIALIZADA Ex-auditora do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) 12h30 Encerramento da Conferência e Entrega dos Certificados WORKSHOPS SIMULTÂNEOS Direitos Reservados ao Informa Group – Proibida a Reprodução
  • WORKSHOP I PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO DE UMA OBRA Avaliando as Variáveis Críticas que Podem Reduzir Legalmente a Carga Tributária OBJETIVO Exemplificar o tema apresentando modelos de planejamentos tributários e propor aos executivos uma atividade prática, reforçando quais variáveis devem ser consideradas para que possa haver redução legal da carga tributária de uma obra. PRINCIPAIS TÓPICOS • Definição de planejamento tributário e sua abrangência • Os pontos que devem ser avaliados na estruturação do planejamento tributário • Adequar o planejamento tributário à realidade da empresa (riscos versus custos) • As apurações dos tributos visando melhorar a competitividade • Como a empresa pode maximizar os procedimentos fiscais • Opção pelo Lucro real ou presumido - ferramentas para o planejamento tributário • Planejamento tributário por meio do contencioso judicial e administrativo • Utilização de incentivos fiscais e sua aplicação • O parcelamento da Lei nº 11.945/09 PÚBLICO-ALVO Profissionais das áreas administrativo-financeira e controladoria e demais envolvidos no pagamento de tributos de construtoras e empresas que tenham interesse em saber como desenvolver um planejamento tributário focado na otimização da carga tributária. LIDERADO POR: Sérgio Presta Sócio AZEVEDO RIOS, CAMARGO, SERAGINI E PRESTA - ADVOGADOS E CONSULTORES Formado em Direito pela PUC – Pontifícia Universidade Católica de Pernambuco. Pós Graduado em Direito Empresarial pela PUC – Pontifícia Universidade Católica de Pernambuco e em Tributação pela EDESP da FGV Fundação Getúlio Vargas. Possui ainda graduação pelo Programa de Capacitação Docente da Fundação Getúlio Vargas (GVlaw). É membro do Conselho Científico da Academia Brasileira de Direito Tributário e da Academia Brasileira de Direito Tributário da Câmara Americana de Comércio – AMCHAM – Comitê de Legislação. Foi representante do Brasil no “The Americas Project” no curso realizado pelo James A. Baker III Institute for Policy of Rice University – Houston – Texas – EUA, de 1998 e 2007. É também colaborador da Revista Tributária e de Finanças Públicas editada pela Academia Brasileira de Direito Tributário, São Paulo-SP e dos sites Tributário.net, São Paulo – SP e Resenha de Notícias Fiscais, São Paulo – SP. É Ex-Diretor da Associação dos Advogados de Empresa de Pernambuco e Ex-Diretor Jurídico da Câmara Brasil Portugal de Comércio, Indústria e Turismo. Atualmente é sócio da Azevedo Rios, Camargo, Seragini e Presta - Advogados e Consultores. WORKSHOP 2 Direitos Reservados ao Informa Group – Proibida a Reprodução
  • IMPLANTAÇÃO E OPERACIONALIZAÇÃO DO SPED FISCAL NAS EMPRESAS DE CONSTRUÇÃO OBJETIVO Proporcionar aos participantes técnicas aplicáveis de implantação e operacionalização do SPED Fiscal, através da abordagem as particularidades do sistema nas empresas de construção civil. PRINCIPAIS TÓPICOS • Desafios e vantagens da implantação • Considerações sobre as funcionalidades do sistema e obrigatoriedade • Benefícios da integração das informações fiscais da empresa PÚBLICO-ALVO Profissionais envolvidos em tributação e implantação de SPED Fiscal nas empresas de construção civil. LIDERADO POR: Estamos buscando a melhor opção do mercado para apresentar este tema. Para programa atualizado acesse o site: www.informagroup.com.br/construcao Agenda dos Workshops I e 2: 13h40: Recepção e Credenciamento 14h00: Início do Workshop 18h00: Encerramento e Entrega dos Certificados Direitos Reservados ao Informa Group – Proibida a Reprodução