Your SlideShare is downloading. ×
Gestão Ambiental Hidro E Barragens
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Introducing the official SlideShare app

Stunning, full-screen experience for iPhone and Android

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Gestão Ambiental Hidro E Barragens

609
views

Published on


0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
609
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
7
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Gestão Ambiental em ConferênciaEmpreendimentosHidrelétricos+ Seminário EspecialBarragens28, 29 e 30de JunhoPark Plaza HotelSão Paulo – SPEncontre Soluções para Viabilizar Empreendimentos com o Objetivode Minimizar um dos Maiores Gargalos do Setor• Entraves no Licenciamento Participações Confirmadas:• Custos Ambientais e Viabilidade dos Empreendimentos AES BRASIL• Impactos de Usinas Fio d’Água x Reservatórios de ANDRADE & CANELLAS Acumulação ANDRIOLO ITO ENGENHARIA• Aprendendo com os Desafios Enfrentados pelas das CERB – COMPANHIA DE ENGENHARIA Novas Usinas na Região Norte AMBIENTAL / GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA CEMIG• Compensação Ambiental CESP COPEL DÉCIO FREIRE E ASSOCIADOSProgramação pós-conferência DUKE ENERGY EPE – EMPRESA DE PESQUISA ENERGÉTICA29 de Junho - Workshop: GALVÃO ENERGIA SAMelhores Práticas na Compensação Ambiental das Hidrelétricas IBAMA ITAIPU Binacional30 de Junho - Seminário Especial: LACTEC – Instituto de Tecnologia para o DesenvolvimentoBarragens MILARÉ ADVOGADOS• Saiba mais sobre a adequação à Política Nacional de Segurança PINHEIRO NETO ADVOGADOS de Barragens (lei nº 12334/2010) REDE ENERGIA• Confira o Exclusivo Painel PAE: Duke Energy, CESP e Lactec SIQUEIRA CASTRO ADVOGADOS relatam experiências práticas sobre a elaboração do Plano de Ação EmergencialE mais:• Riscos e seguros• Licenciamento Ambiental Realização:• Projetos, instrumentação, Hidrologia e Geotecnia
  • 2. Terça-feira, 28 de Junho de 201108h20 Recepção e Credenciamento dos Participantes e saiba como administrar crises de imagem e com possíveis manifestações sociais. Acompanhe:08h50 Abertura da Conferência pelo Presidente de Mesa • Discussão sobre o impacto das usinas nos rios Xingu, Madeira e Tapajós • Critérios socioambientais e climáticos: gargalos para a obtenção de09h00 Impacto das Exigências Sócioambientais na Viabilidade financiamentos dos Projetos: Como Gerir os Custos Elevados Provenientes • Harmonização de empreendimentos hidrelétricos e suas áreas de impacto dos Entraves Ambientais • Usinas tipo “Plataforma”: quais os benefícios ambientais e operacionais? Os custos totais do licenciamento ambiental em empreendimentos • A real necessidade das usinas da região Norte para atendimento da hidrelétricos podem chegar a 19% do valor do projeto. Por isso, nessa crescente demanda por energia no país apresentação, você poderá encontrar soluções para: Dr. Werner Grau • Gerir prazos diante das exigências do licenciamento ambiental Sócio • Obter uma visão clara dos agentes envolvidos no processo de licenciamento PINHEIRO NETO ADVOGADOS • Adotar mecanismos de gestão de conflitos para o processo de licenciamento • Entender o custo da gestão ambiental de um empreendimento 14h40 Áreas de Preservação Permanente em Torno dos Amilcar Guerreiro Reservatórios: Desafios Impostos pelo Código Florestal Diretor de Estudos Econômico-Energéticos e Ambientais • Como as mudanças do Código Florestal irão impactar empreendimentos EPE – EMPRESA DE PESQUISA ENERGÉTICA hidrelétricos novos e já instalados09h50 Principais • Regras para o processo de licenciamento e renovação de licenças Exigências do Órgão Ambiental no Licenciamento de Novos Projetos em Usinas já Existentes • Processo de desapropriação em APP’s • Papel do órgão no processo de aprovação de novas obras • Custos envolvidos no processo de adequação ao código • Aspectos analisados e falhas que podem prejudicar prazos estabelecidos • Mecanismos para recuperação de áreas e compensação • Principais exigências impostas a novos empreendimentos na obtenção da Visão Jurídica: licença prévia Ana Paula Chagas Gerente do Departamento de Direito Ambiental • Exigências para empreendimentos já instalados Gerente do Departamento de Direito Ambiental • Perspectiva para aumentar a agilidade nas aprovações de novos projetos Visão Técnica da Aplicação dos Preceitos Legais: A Experiência de Visão do Órgão Ambiental: ITAIPU Binacional na Implantação e Gestão de APP Thomaz Toledo João Antonio Cordoni Coordenador de Licenciamento de Hidrelétricas Gerente do Departamento de Reservatórios e Áreas Protegidas IBAMA ITAIPU BINACIONAL Visão do Empreendedor: Regina Maria Bueno Bacellar 15h50 Intervalo para café e relacionamento Advogada Consultora e Assistente da Diretoria Jurídica, Professora da disciplina de Direito Ambiental em cursos de Graduação e Pós Graduação COPEL 16h20 Impactos do Decreto nº 7.342/2010, que Institui o UNICURITIBA / UNIFAE / UNIBRASIL / PUC/PR Cadastro Socioeconômico da População Atingida por Empreendimentos Hidrelétricos11h10 Intervalo para café e relacionamento • De que forma os empreendimentos devem se adequar ao decreto • Quais são as principais exigências e seus impactos financeiros no11h30 Processode Licenciamento Ambiental em Hidrelétricas: empreendimento Como Administrar os Entraves Característicos desse Setor que Podem Atrasar o Andamento dos Empreendimentos • Responsabilidades do concessionário frente ao cadastro socioeconômico • Desafios na elaboração de EIA/RIMA Priscila Artigas Sócia • Atendimento às exigências do órgão licenciador MILARÉ ADVOGADOS • Quais erros e falhas podem inviabilizar a concessão da licença prévia Decio Michellis Jr. 17h10 Encerramento do Primeiro dia da Conferência Assessor Especial de Meio Ambiente da Vice Presidência de Distribuição REDE ENERGIA Simone Paschoal Nogueira Sócia Setor Ambiental São Paulo SIQUEIRA CASTRO ADVOGADOS12h30 Almoço e relacionamento Alteração da Programação: O compromisso da IBC é fornecer a discussão e o estudo de temas e casos de interesse por13h50 Aprendendo com os Novos Empreendimentos na Região palestrantes habilitados. Eventuais alterações no programa serão decorrentes de caso fortuito Norte: Como Lidar com as Controvérsias como as ou força maior. Caso algum palestrante não possa comparecer, a IBC, empenhará maiores Enfrentadas por esses Empreendimentos esforços possíveis para substituir o palestrante ausente por outro apto a promover a discussão Entenda, através desta apresentação, as propostas para aproveitamento do do tema, conforme programado. Contudo, tal empenho não implica em garantia da potencial hidrelétrico da região visando o menor impacto ambiental possível substituição.
  • 3. Quarta-feira, 29 de Junho de 201108h20 Recepção dos Participantes Workshop pós-conferência08h50 Abertura do 2º dia da Conferência pelo Presidente de Mesa Melhores Práticas na Compensação Ambiental09h00 As Vantagens e Desvantagens da Construção de Usinas Fio d’Água das Hidrelétricas As usinas Fio d’Água são consideradas menos impactantes do ponto de Estabelecer um plano de compensação ambiental que atenda às exigências vista ambiental, porém, oferecem risco de queda na geração, podendo exigir do órgão licenciador tem sido um desafio nos empreendimentos complementação através de termelétricas. Acompanhe nesta apresentação: hidrelétricos. Em Jirau, por exemplo, os investimentos em compensação • Fatores determinantes para tendência de aprovação de empreendimento podem chegar aos R$ 939 milhões, compreendendo convênios com fio d’água em detrimento dos com reservatório de acumulação governos estaduais e municipais, remanejamento de população, • Reais impactos de cada uma das modalidades de empreendimento compensação social e ambiental. Diante dos custos e dos desafios, discutir • Os reservatórios vão deixar de existir? boas práticas e alternativas viáveis para compensação nos • Alternativas possíveis para compensar a queda na geração empreendimentos é necessário. Eduardo Kohn Gerente de Desenvolvimento de Negócios GALVÃO ENERGIA SA Nesse workshop você poderá discutir: • Quais as compensações possíveis para áreas alagadas09h50 Intervalo para café e relacionamento • Aplicação dos valores destinados aos programas de compensação ambiental • Cálculo da compensação com base na lei do SNUC PAINEL DE EXPERIÊNCIAS PRÁTICAS • Estimativa e levantamento de custos envolvidos na compensação Entenda Como as Empresas de Geração Hidrelétrica Estão Liderado por: Implementando e Estabelecendo Ações Ambientais e de Lorétti Portofé de Melo Sustentabilidade em seus Projetos Objetivando uma Gerente do Núcleo de Sustentabilidade e Eficiência Energética Política Ambiental Consolidada ANDRADE & CANELLAS Nesse painel prático você vai conhecer a experiência de diferentes empresas em suas práticas de gestão ambiental. Discuta como estão sendo Agenda do Workshop: desenvolvidos planos de ações ambientais que visam mitigar, prevenir ou 13h30 | Credenciamento 14h00 | Início do Workshop compensar impactos no momento adequado, levando em conta a 17h00 | Encerramento integridade da imagem do empreendedor e custos associados. Haverá intervalo para café e relacionamento10h20 Visão 1: Práticas Sustentáveis da AES Brasil Fabio Carmo Diretor de Segurança do Trabalho e Meio Ambiente AES BRASIL11h10 Visão 2: Passivo Ambiental - Comportamento Proativo das Empresas na Gestão Ambiental Informações e Inscrições: José Aparecido Lira (11) 3017-6888 Gerente da Divisão Jurídica de Meio Ambiente www.informagroup.com.br/energia CESP energia@ibcbrasil.com.br12h00 Encerramento da Conferência Oportunidade de Patrocínio A questão ambiental é cada vez mais relevante nos empreendimentos hidrelétricos, gerando impacto nos custos, imagem e estratégia das empresas de geração. Se você quer estar próximo do público envolvido nessas questões, conheça opções diferenciadas de participação neste evento. Sua empresa estará em evidência entre um público extremamente selecionado e qualificado, possibilitando a realização de excelentes negócios. Solicite uma proposta e conheça nossas opções. Entre em contato com Kelly Naomi Tamaribuchi (11) 3017-6843 ou escreva para kelly.tamaribuchi@ibcbrasil.com.br
  • 4. Sexta-feira, 30 de Junho de 2011 Seminário Barragens Política Nacional de Segurança de Barragens: Adequação à Lei 12.334/2010 Criação do Plano de Ação Emergencial Licenciamento Ambiental Riscos e Seguros08h20 Recepção dos Participantes 11h00 Estudo de Caso 2: Caminhos Percorridos pela CEMIG na Elaboração de Seu Plano e Adequação à Lei Diego Antonio Fonseca Babi08h50 Abertura do Seminário pelo Presidente de Mesa Gerência de Segurança de Barragens e Planejamento da Manutenção Civil Carlos Henrique Medeiros CEMIG Coordenador do Grupo de Segurança de Barragens CERB – COMPANHIA DE ENGENHARIA AMBIENTAL / GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA 11h40 Estudode Caso 3: A Experiência do LACTEC na Criação de UNIVERSIDADE ESTADUAL DE FEIRA DE SANTANA - UEFS Planos de Ação Emergencial Andre Luiz Tonso Fabiani Pesquisador e professor09h00 Política Nacional de Segurança de Barragens: Caminhos LACTEC – INSTITUTO DE TECNOLOGIA PARA O DESENVOLVIMENTO para Adequação à Lei 12334/2010 UFPR – UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ • Aspectos exigidos pela lei para segurança na construção e operação da 12h20 Debate e Considerações finais sobre o PAE barragem • De que forma a lei poderá garantir maior segurança, diminuindo riscos de 12h30 Almoço e relacionamento acidentes nas barragens • Como será feito o controle das barragens pelo poder público 14h00 Experiência Prática: Processos de Engenharia com Foco Carlos Henrique Medeiros na Segurança de Barragens Coordenador do Grupo de Segurança de Barragens CERB – COMPANHIA DE ENGENHARIA AMBIENTAL / GOVERNO DO Nesta apresentação especial, você conhecerá a experiência do grupo de profissionais ESTADO DA BAHIA que já inspecionou mais de 70 barragens e projetos de barragens no Brasil e no UNIVERSIDADE ESTADUAL DE FEIRA DE SANTANA - UEFS exterior. Através deste depoimento, você obterá um panorama envolvendo os seguintes aspectos relacionados à segurança de barragens:09h50 Intervalo para café e relacionamento • Melhores práticas em instrumentação • Meio ambiente • Gerenciamento de empreendimentos • Materiais e concretos • Geotecnia • Projetos e planejamento de PAINEL PAE • Hidrologia construção • Hidráulica • Inspeção Painel de Casos Práticos: Como Desenvolver um Plano de Francisco Andriolo Diretor Ação Emergencial, uma das Principais Exigências da ANDRIOLO ITO ENGENHARIA Nova Lei A criação do Plano de Ação Emergencial, a principal exigência da Lei 15h10 Intervalo para café e relacionamento 12334/2010, é um dos maiores desafios enfrentados pelo setor. Através de experiências práticas você saberá mais sobre os seguintes tópicos 15h40 Licenciamento e Avaliação do Impacto Ambiental das Barragens relacionados ao desenvolvimento do Plano: • Levantamentos necessários para elaboração de EIA/RIMA antes das obras • Principais aspectos observados • Gestão dos principais impactos ambientais inerentes a uma barragem • Avaliação de riscos • Exigências para operação e renovação de licenças das barragens • Qual deverá ser o consenso para a criação de um modelo padrão para o Plano Simone Paschoal Nogueira • Documentação exigida no escopo do Plano Sócia Setor Ambiental São Paulo SIQUEIRA CASTRO ADVOGADOS • Estudos necessários para elaboração do Plano • Interface com a Defesa Civil 16h30 Gestãode Riscos e Segurança de Barragens a Partir da • Estabelecimento de formas de acionamento da população Visão das Seguradoras • Perspectivas para adequação do plano desenvolvido à Lei 12334 • Exigências da seguradora para um empreendimento • Itens de segurança que podem impactar na formação de preços dos seguros10h20 Estudo de Caso 1: Plano de Ação Emergencial • Análise da sinistralidade em empreendimentos de barragens Desenvolvido pela Duke Energy Estamos buscando a opção para apresentar este tema. Se sua empresa possui expertise no assunto escreva para juliana.montez@ibcbrasil.com.br Pedro Nunes Pereira Confira programação atualizada em www.informagroup.com.br/energia Gerência de Engenharia Civil e Segurança de Barragens DUKE ENERGY 17h10 Encerramento do Seminário
  • 5. Por que você deve participar do deste evento:• Obtenha um panorama do impacto das exigências socioambientais na viabilidade dos projetos e do aumento doscustos ambientais com Amilcar Guerreiro, Diretor da EPE• Compreenda e saiba como gerir as principais exigências dos órgãos ambientais em novos projetos atráves da visãodo IBAMA, com o coordenador de licenciamento em Hidroelétrica Thomaz Toledo e obtenha a visão de empreendedorcom a advogada Regina Maria Bueno Bacellar,da COPEL.• Entenda os detalhes sobre o processo de licenciamento característico do setor hidrelétrico através da experiência deDécio Michellis Jr., Assessor Especial de Meio Ambiente da Vice Presidência da Rede Energia e de Simone PaschoalNogueira, Sócia do Setor Ambiental do Siqueira Castro Advogados• Aprenda com os empreendimentos da região Norte através da visão de Werner Grau, sócio da Pinheiro NetoAdvogados e experiência junto aos novos projetos hidrelétricos na região• Conheça a experiência da ITAIPU Binacional na gestão de suas APPs através da apresentação de João AntonioCordoni, Gerente do Departamento de Reservatórios e Áreas Protegidas• Discuta as vantagens e desvantagens das usinas fio d’água com Eduardo Kohn, Gerente de Desenvolvimento deNegócios da Galvão Energia• Conheça as práticas ambientais e de sustentabilidade que estão fazendo a diferença na AES Brasil, com Fábio Carmo,Diretor de Segurança do Trabalho e Meio Ambiente e na CESP, com o gerente de divisão jurídica de meio ambiente JoséAparecido Lira• Obtenha uma visão aprofundada sobre a lei que estabelece a Política Nacional de Segurança de Barragens e conheçade perto a experiência da Duke Energy, da CEMIG e da LACTEC no desenvolvimento do Plano de Ação Emergencial, oPAE.• Compartilhe informações com personalidades do setor e aprofunde a discussão sobre novos projetos de hidrelétricasno país Oportunidade - DESCONTO de 50% para participantes desse evento Renergy FNP 2010 - Anuário de Energias Renováveis Ligue para (11) 4504-1414 ou envie e-mail para contato@informaecon-fnp.com, informe o código 234 e adquira o seu. Mais informações: www.informaecon-fnp.com Apoio:
  • 6. FICHA DE INSCRIÇÃO - GESTÃO AMBIENTAL EM EMPREENDIMENTOS HIDRELÉTRICOS - EG0902211Nome: Cargo: 9912247475-DR/SPMCPF: Depto.: E-mail: IIRSup. Imediato: Cargo:Razão Social:Nome Fantasia da Empresa: Ramo de Atividade:CCM: CNPJ: Insc. Estadual:Endereço Comercial: FORMAS DE PAGAMENTOCEP: Cidade: Estado: Emissão de boleto restrita até 3 dias antes do evento. Após esta data, favor contatar a Central de Atendimento pelo telefone 11 3017 6888 ou e-mail customer.service@ibcbrasil.com.br. ATelefone: ( ) Celular: ( ) Fax: ( ) participação do inscrito estará condicionada à efetiva comprovação de pagamentoNome p/ contato: Área: da inscrição antes da realização do evento.Nº de Funcionários: [ ] 01 - 99 [ ] 100 - 199 [ ] 200 - 499 [ ] 500 - 999 [ ] 1.000 - 1.999 [ ] 2.000 - 4.999 [ ]acima de 5.000 [ ] Boleto Bancário [ ] AMEX [ ] VISA [ ] MASTERCARD [ ] DINERS Autorizo o envio de informações da empresa por todos os canais de comunicação. Caso não queira receber informações, favor enviar e-mail para cadastro@ibcbrasil.com.br Nº | _ | _ | _ | _ | _ | _ | _ | _ | _ | _ | _ | _ | _ | _ | _ | _ | Valid.:............. / ............... CONDIÇÕES GERAIS DE INSCRIÇÃO ............................................................................................................................... Assinatura:Data:Conferência: Gestão Ambiental Valor especial para Valor especial para Valor para inscrições28 e 29 de Junho de 2011 Economize inscrições até 27/05/11* Economize em Hidrelétricas inscrições até 29/04/11* após 27/05/11Workshop: DADOS SOBRE COBRANÇA29 de Junho de 2011Seminário: Conferência R$ 3.095,00 R$ 500 R$ 3.395,00 R$ 200 R$ 3.595,00 Nome do contato:30 de Junho de 2011 Cargo: Conferência R$ 3.695,00 R$ 600 R$ 4.045,00 R$ 200 R$ 4.295,00 + Workshop Endereço:Local:Park Plaza Hotel São Paulo Seminário Barragens R$ 1.895,00 R$ 400 R$ 2.095,00 R$ 200 R$ 2.295,00Alameda Lorena, 360 Tel.: Fax:São Paulo - SP Conferência + Seminário R$ 4.250,00 R$ 800 R$ 4.650,00 R$ 400 R$ 5.050,00 E-mail p/ envio de NF-e: Conferência Cidade: + Worksjop + Seminário R$ 4.750,00 R$ 800 R$ 5.150,00 R$ 400 R$ 5.550,00 Estado: CEP: *Desconto não cumulativo, válido somente para inscrição e pagamento antecipados. (1) ATENÇÃO: OsO Informa Group plc está presente no Brasil e na America Latina pelas marcas IBC e IIR. valores incluem os impostos que devem ser recolhidos pela fonte pagadora em conformidade com a legislação vigente (LeiPlanejamento e Organização dos eventos no Brasil: IIR Informa Seminários Ltda. 116/2003, art. 5º da Lei 10.925/04 e art. 647 do RIR). Pedimos a gentileza de contatar nossa central de atendimento para obter detalhes sobre o valor a ser pago, antes de efetuar o pagamento da inscrição. A inscrição será confirmada após a Organizadora receber esta ficha preenchida, assinada e carimbada. CANCELAMENTOS E SUBSTITUIÇÕES: Os cancelamentos podem ser feitos sem ônus ou encargos até 10 dias A B C D E F G H I J K L M N antes do evento. Após esta data, as substituições podem ser feitas sem ônus, mas os cancelamentos terão uma taxa administrativa de R$ 500,00. Em todos os casos, solicitamos informar a Organizadora sobre qualquer alteração 4 MANEIRAS RÁPIDAS DE até às 12h da véspera do evento. Os inscritos que não cancelarem sua participação segundo as condições acima descritas, e não comparecerem ao evento, serão cobrados no valor integral acordado. Todas as notificações devem ENTRAR EM CONTATO CONOSCO ser feitas por escrito pelo fax, e-mail ou endereço indicados nesta ficha. ALTERAÇÃO DE PROGRAMA: O nosso compromisso é fornecer a discussão e o estudo de temas e casos relevantes por palestrantes habilitados. Eventuais alterações no programa serão decorrentes de caso fortuito ou força maior. Na eventualidade de algum palestrante não comparecer, envidaremos maiores esforços possíveis para TELEFONE: 55 11 3017-6888 substituir o executivo ausente por outro apto a promover a discussão do tema conforme programado. Contudo, tal empenho não implica em garantia da substituição. Ao assinar este documento, concordo com os termos acima FAX: 0800 11 4664 pactuados. O Informa Group não se responsabiliza pelos objetos pessoais dos participantes durante o evento. E-MAIL: energia@ibcbrasil.com.br Local e Data Insira no campo abaixo o código que se encontra na etiqueta de endereçamento Código da etiqueta SITE: www.informagroup.com.br/energiaCódigo Lado superior direito Assinatura e Carimbo da Empresa Cargo: