Actividades de compreensão e expressão oral

11,721 views

Published on

Published in: Travel, Entertainment & Humor
0 Comments
3 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
11,721
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
12
Actions
Shares
0
Downloads
345
Comments
0
Likes
3
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Actividades de compreensão e expressão oral

  1. 1. qwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuio pasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjk lçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbn mqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyu Actividades de Compreensão e Expressão Oral iopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfgh 7 de Abril de 2010 jklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvb nmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwerty uiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfg hjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcv bnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwert yuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdf ghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxc vbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwe rtyuiopasdfghjklçzxcvbnmrtyuiopasdfgh
  2. 2. Instituto Politécnico de Setúbal Escola Superior de Educação In s t i t u t o Polit é c n i c o de Setú b al Es c o l a Sup e ri o r d e Ed u c a ç ã o Título: Actividades de Compreensão e Expressão Oral Unidade Curricular: Introdução à Didáctica do Português Docentes: Fernanda Botelho Curso: Licenciatura em Educação Básica Turma: A Ano: 3.º Semestre: 2.º Elaborado por: Ana Andreia Carvalho, nº 070142056 Cátia Patrícia Dias, 070142044 Inês Tavares, n.º 070142067 07 de Abril de 2010 Introdução à Didáctica do Português Página 2
  3. 3. Instituto Politécnico de Setúbal Escola Superior de Educação Ín d i c e Fundamentação Teórica...............................................................................................................4 Actividades de Compreensão e Expressão Oral............................................................................5 Bibliografia.................................................................................................................................13 Introdução à Didáctica do Português Página 3
  4. 4. Instituto Politécnico de Setúbal Escola Superior de Educação Fun d a m e n t a ç ã o Te ó ri c a A expressão e compreensão oral constituem duas faces inseparáveis de um mesmo fenómeno, pois não existe linguagem expressiva sem compreensão. A compreensão oral passa pela descriminação auditiva e fonética, as actividades que apresentamos possibilitam à criança o aumento do léxico ou vocabulário, estabelecendo relações significativas entre as palavras, contribuindo para o desenvolvimento da sua inteligência e da evolução da linguagem. A expressão oral compreende um conjunto de recursos orais da própria língua, para comunicar, expressar e organizar determinadas experiências. Assim sendo, as actividades propostas, pretendem envolver as crianças em sessões de treino específicas da compreensão e expressão oral, partindo da realidade e do interesse das mesmas. Introdução à Didáctica do Português Página 4
  5. 5. Instituto Politécnico de Setúbal Escola Superior de Educação Activi d a d e s de Com p r e e n s ã o e Ex p r e s s ã o Or a l Objectos que contam histórias Objectivos: • Compreender e realizar tarefas simples de acordo com as instruções verbais dadas, desenvolvendo a componente de compreensão e expressão oral; • Exercitação linguística; • Desenvolver e estruturar o pensamento, mobilizando conhecimentos do conhecimento do mundo. Destinatários: • Pré-Escolar Materiais: • Objectos ou brinquedos de varias dimensões e texturas; • Uma cesta. Descrição das actividades: • Preparar uma cesta com uma serie de objectos ou brinquedos. • Com as crianças colocadas em círculo, solicitar a cada criança que tire um objecto sem olhar. • O educador apresentará uma série de modelos linguísticos decorrentes desta situação, por exemplo: - O Pedro tem um automóvel grande. - A Maria tirou uma caixa cheia de materiais de pintura. - À Filipa calhou-lhe um lápis azul. • Findada esta fase as crianças devem voltar a colocar os objectos na cesta. • O educador deve agora pedir às crianças que retirem da cesta um Introdução à Didáctica do Português Página 5
  6. 6. Instituto Politécnico de Setúbal Escola Superior de Educação objecto com determinadas características, por exemplo: - Francisco escolhe um objecto que seja redondo. - Ana retira um brinquedo de madeira que seja azul. • A criança deve retirar um objecto à sua escolha dentro das condições propostas. • De seguida, quando todas as crianças tiverem um objecto, o educador deve incentivar a criança a criar uma pequena história à volta do objecto que têm na sua posse. É da responsabilidade do educador auxiliar a criança com questões que lhe permitam desenvolver uma narrativa, por exemplo: - O que podes fazer com esse objecto? - Tens esse objecto em casa? E algum parecido? - Costumas brincar com ele? - Onde é que podemos encontra-lo? Introdução à Didáctica do Português Página 6
  7. 7. Instituto Politécnico de Setúbal Escola Superior de Educação Quem manda aqui é rei Objectivos: • Desenvolver a compreensão e expressão oral das crianças ao nível do desenvolvimento da linguagem; • Exercitar a linguística. Destinatários: • 1.º Ciclo do Ensino Básico Materiais: • Caixa de madeira. Descrição das actividades: • O professor explica às crianças as regras do jogo que irá realizar-se: - Um dos alunos é eleito rei ou rainha; - O rei ou a rainha tem poder sobre os seus servos e todos os seus desejos devem ser realizados. Deste modo, todas as ordens dadas pelo rei ou pela rainha devem ser respeitadas de imediato; - As ordens têm de ser dadas da seguinte forma: “O(a) rei(rainha) manda…” (exemplo: “O rei manda saltar”ou “A rainha manda correr”); - Após três ordens o(a) rei(rainha) deve ceder o seu lugar a outro aluno. • Após a explicitação das regras os alunos devem dispor-se pela sala e aguardar pelas ordens do rei, que deverá estar num local que permita observar as acções dos restantes alunos. Deste modo, o rei pode posicionar-se numa superfície elevada que não seja quebrável, como por exemplo uma caixa de madeira. • Posteriormente o professor solicita a formação de pares para que se possa proceder a um novo jogo, em que por cada par, existe um rei e um bobo. • O rei deve produzir uma frase livremente. • A função do bobo é contrariar o rei, para tal tem produzir a mesma frase, atribuindo-lhe o significado oposto. Exemplo: Introdução à Didáctica do Português Página 7
  8. 8. Instituto Politécnico de Setúbal Escola Superior de Educação - Rei: “Eu gosto de bananas”; - Bobo: “Eu detesto bananas”. A detecção de erros Objectivos: • Tomar consciência do campo semântico de algumas palavras; • Desenvolver a compreensão oral ao nível do desenvolvimento linguístico. Destinatários: • 1.º Ciclo do Ensino Básico Materiais: • Caixas com imagens. Descrição das actividades: • Nesta actividade o professor deve apresentar oralmente às crianças expressões linguísticas que apresentem situações impossíveis, acções equívocas ou descrições erradas. Por exemplo: - Os gatos têm asas. - O João bebe leite pelo sapato. - Eu vi um cão com pernas. - As motas têm duas portas. • Estas expressões devem ser misturadas, num discurso fluente, com outras que sejam ajustadas à realidade. Ao utilizar este discurso o educador não só pretende assegurar que as crianças estão devidamente atentas à actividade em si, como também pretende desenvolver a compreensão oral dos alunos. • Os alunos devem interromper o discurso do professor a fim de indicarem os erros detectados. • Posteriormente, o professor deve formar grupos de quatro elementos e, fornecer aos grupos uma caixa com doze imagens. Os grupos devem formar séries de três palavras, em que duas pertencem à mesma classe ou categoria, sendo a terceira palavra o intruso. Por exemplo: - Uma imagem de um sapato/uma imagem de uma faca/uma imagem Introdução à Didáctica do Português Página 8
  9. 9. Instituto Politécnico de Setúbal Escola Superior de Educação de uma colher; • Finalmente, cada grupo deve explicitar verbalmente, à turma, quais são as imagens da mesma categoria e qual é o intruso, justificando as suas escolhas. Por exemplo: - “O intruso, neste conjunto, é o sapato, pois a faca e a colher são instrumentos que usamos para comer”. • Todos os conjuntos de imagens formados, por cada grupo, devem ser objecto de análise por parte da turma e do professor. Introdução à Didáctica do Português Página 9
  10. 10. Instituto Politécnico de Setúbal Escola Superior de Educação MyEbook – Livro online Objectivos: • Compreender as relações semânticas que existem entre as palavras; • Discriminação auditiva e fonética; • Aumento do léxico ou vocabulário; • Desenvolver a compreensão oral ao nível do desenvolvimento linguístico; • Evolução da linguagem Destinatários: • 1.º Ciclo do Ensino Básico Materiais: • Computador com acesso à Internet; • Scanner; • Material para desenhar; • Folhas brancas Descrição das actividades: • O professor começará por dar um tema aos alunos para que estes se debrucem na construção de um enredo criativo para uma história; • A partir da construção da história efectuada, as crianças deverão ilustrar a narrativa com um ou mais desenhos; • O professor, após reunir todos os desenhos dos alunos, ficará encarregue de os digitalizar para o computador, de forma a poder inserir todas as ilustrações no website myebook (www.myebook.com); • Após todas as histórias estarem organizadas, cada aluno ficará responsável por redigir a sua história para o computador, de forma a criar um livro online que possa ser lido em qualquer computador que tenha acesso à internet; • Desta forma, os encarregados de educação poderão tomar conhecimento do trabalho desenvolvido pelos seus filhos, bem como por toda a turma, e ler as suas criações. o Para o pré-escolar, podem basear-se apenas na criação de uma frase relacionada com a temática proposta, como por exemplo, este livro criado pelas três alunas no âmbito de outra unidade Introdução à Didáctica do Português Página 10
  11. 11. Instituto Politécnico de Setúbal Escola Superior de Educação curricular: http://www.myebook.com/ebook_viewer.php?ebookId=23828 Introdução à Didáctica do Português Página 11
  12. 12. Instituto Politécnico de Setúbal Escola Superior de Educação O que se segue? Objectivos: • Discriminação auditiva e fonética; • Aumento do léxico ou vocabulário; • Desenvolver a compreensão oral ao nível do desenvolvimento linguístico; • Reconhecimento e valorização da linguagem oral como instrumento de comunicação; • Exprimir oralmente factos, ideias, sentimentos e vivências, através de narrações Destinatários: • Pré-Escolar Materiais: • Livro de histórias; • Cartões ilustrados com vários episódios da história. Descrição das actividades: • A educadora começará por ler a história escolhida para esta actividade, tendo sempre atenção à entoação que utiliza ao ler, bem como a rapidez com que decorre a leitura; • Após o fim da leitura da história, irá pedir ordeiramente a cada um dos alunos que resuma um pouco do que ouviu ser contado, dando espaço para as crianças recordarem o que ouviram e construírem esse reconto na sua cabeça, exprimindo-o para toda a sala ouvir; • Quando a história tiver toda resumida, apresentará vários cartões ilustrados com vários episódios da história, mas que não estejam organizados correctamente. Em conjunto, os alunos terão de reorganizar os cartões e as situações que neles estão retratadas, enquanto fazem novamente o reconto baseado na audição da história contada pela educadora. Introdução à Didáctica do Português Página 12
  13. 13. Instituto Politécnico de Setúbal Escola Superior de Educação Bi b li o g r a f i a • CEREZO, Sérgio Sánchez (1997). Enciclopédia de Educação Infantil – Recursos par o desenvolvimento do currículo escolar. Rio de Mouro: Editora Nova Presença. ISBN: 972-8193-13-0. Introdução à Didáctica do Português Página 13

×