Your SlideShare is downloading. ×
  • Like
Potencial dos REA e Ed Aberta na Educação Superior Particular Brasileira
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Now you can save presentations on your phone or tablet

Available for both IPhone and Android

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Potencial dos REA e Ed Aberta na Educação Superior Particular Brasileira

  • 3,858 views
Published

Apresentação no VI Congresso de Educação Superior Particular, Foz do Iguaçu - 7 de junho de 2013, por Andreia Inamorato

Apresentação no VI Congresso de Educação Superior Particular, Foz do Iguaçu - 7 de junho de 2013, por Andreia Inamorato

Published in Education
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
3,858
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3

Actions

Shares
Downloads
3
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. ensinoaprendizagem& tecnologias naEDUCAÇÃOSUPERIORPARTICULARBRASILEIRAinovação a partir deincertezas
  • 2. Andreia Inamorato#forumrea@aisantos
  • 3. O futuro não é um lugar paraonde você está indo, mas umlugar que você pode criar
  • 4. tecnologiasaprendizagemensinolegislaçãocapacitaçãomaterialconteúdonegóciodidático
  • 5. Your Logo
  • 6. “É importanteentender omomento parase posicionar”1
  • 7. educação abertacontemporânea
  • 8. REA são materiais de ensino, aprendizagem epesquisa, em qualquer formato ou mídia, queestão em domínio público ou são licenciados deforma aberta, permitindo seu uso e adaptaçãopor terceiros”.UNESCO, 2002 e COL, 2011
  • 9. Licenças Creative Commons
  • 10. Adaptado de Hilton, J. eWiley, D., 2010REUSO, REVISÃO,REMIX EREDISTRIBUIÇÃOREUSO EREDISTRIBUIÇÃOREUSO E REDISTRIBUIÇÃONÃO-COMERCIALaumentodeabertura
  • 11. ALASKA (USA)CANADAUNITED STATES AMERICAMEXICOGREENLAND(DENMARK)ICELANDFARCA ISLANDS UNITEDKINGDOMFRANCEVENEZUELACE N T RALAFRICANRE P U BLICDEMOCRATICREPUBLICOF CONGOALGERIALIBYA EGYPTNIGERMALICHADSUDANERITREASOMALIAT U N ISIAMAURITANIAWESTERNSAHARAS E N E GALG U IN EALIBE RIAN AM IBIAZ IM BABWEANGOLAZAMBIABO T S WANASOUTHAFRICAUGANDAKENYATANZANIACONOGOCABONCAMEROONNIGERIABURKINAFASOSAUDIARABIAYEMENOMANIRAQ IRANSYRIATURKEYPAKISTANAFGHANISTANINDIATURKMENISTANU Z BE KIS TANKAZAKHSTANC H I N AMONGOLIAI N D O N E S I AA U S T R A L I ABHUTANBANGLADESHMYANMARSRI LANKACOLOMBIAGUYANAS U RINAM EFRENCHGUIANAECUADORPERUBOLIVIABRAZILPARAGUAYARGENTINACHILEURUGUAYBELIZEAHONDURASNICARAGUAGUATEMALASALVADORCOSTA RLCAPANAMAJAM.HAITIDOM.CUBUBAHAMASG.B.SIERRA L. LVORYCOASTTOGOBENIONLES.SWA.MADAGASCARMOZAMBIQUEMALAWIRW.BU .JORDANLSRAELCYP.GREECELTALYA.M.BUL.S .BOS.ROMANIAHUN.AUS.SWI.SLO.M.UKRAINEPOLANDBELARUSGARMANYBEL.HOL.LIT.LAT.EST.FINLANDSWEDENNORWAYDENMARKRUSSIAN.KOREAS.KOREAJAPANTAIWANLOASTHAILANDCAMB.VIETNAMMALAYSIABR.PAPUANEW-GUINEANEW-ZEALANDKUWAITETHIOPIAQATERUAEMOROCCOPORTUGAL SPAIN
  • 12. Mapa de repositórios REAoer quality project
  • 13. líder
  • 14. “Aberta àspessoas, lugares, métodos eideias”.
  • 15. • Início em 2008• 43 cursos, 16 milhões de visitas;• 6 milhões de usuários registrados;• 1.5 milhões de declarações impressas;• 4 mil estudantes no exterior• Mais de 21 milhões de visitas• Média de 400.000 visitantes porum mês;• 11.000 horas de materiais deaprendizagem;• 631 unidades + material de apoiomultimídia
  • 16. • Missão da instituição• Visão para a iniciativa• Nivel: institucional , regional ou global• Público alvoIdentificação de propósito• Estratégia: a curto e longo prazos• Fomento / investimento• Tipo de conteúdo/tecnologia• Necessidades de capacitação/ formação continuadaPlanejamento• Interoperabilidade/padrões• Tipo de plataforma: acesso aberto ou comercial• Formatos de publicação• Web 1.0/2.0/3.0Tecnologia• Retorno direto/benefício indireto (matrículas)• Provisão de serviços: tutoria, avaliação, certificação• Certificação automatizada / controle de qualidade• Avaliação da iniciativaModelo de negócioRota REA - roadmap
  • 17. planejamentoimplementaçãoavaliaçãoplanejamentoimplementação
  • 18. Adaptado de MacAndrew, P., Santos, A. et al 2009 p. 56 – Open Learn Research Report• Alocação derecursoshumanos• Capacitaçãode docentes• Elaboração doroadmap• Identificaçãodo propóstio• Divulgação• Avaliação• Atividadesextrainstitucionais• Implementação12345678910• Plano decolaboração• MentoriaFluxo de institucionalização dos REA
  • 19. Barreiras para a institucionalização de REA• Há falta de clareza sobre „com quem reside osdireitos autorais‟ (universidade, faculdade, indivíduo)– Bell e Rothery, 2006 e Rolfe, 2012;• Falta de tempo e habilidades (OpenLearn 2006 eCERI e OECD 2007);• Falta de um sistema de recompensa (CERI e OECD2007)• Falta de confiança para revisar e criar conteúdos(OpenLearn 2007, OLnet 2010)
  • 20. MOOC
  • 21. REAMOOC só ése estiver comlicença de uso livre
  • 22. xMOOC1 2 3MOOC≠REAcMOOC
  • 23. xMOOC – de um para muitosConteúdoempacotadoProfessor show
  • 24. cMOOC
  • 25. Dimensão Grau de evidência IntensidadeAbertura alto O curso é montado com ferramentaslivres e participantes compartilhamsuas produçõesMassivo baixo O curso é desenhado para aformação continuada de médicos,pela autoridade localUso de multimídia alto O curso é multimidiático e apresentagrande variedade de REA sobremedicinaGrau de comunicação médio Os participantes são encorajados acontribuir em número de debates nofórum de discussão assim comofazer posts em seus blogs pessoaispara reflexão.Grau de colaboração baixo O curso é desenhado paraprofissionais muito ocupadosTrilha de aprendizagem médio Há duas trilhas estruturadas: umaavançada e uma inicialQualidade alto O curso passou por revisão porpares antes de sua ofertaQuantidade de reflexão alto A reflexão é solicitadaconstantemente e os blogs sãoimportantesCertificação médio Participantes podem obter selos aocompletarem atividades e certificadode participaçãoAprendizagem formal baixo O curso é informal e opcionalAutonomia alto Espera-se que participantestrabalhem individualmente econtrolem sua aprendizagem, O tutornão tem papel centralDiversidade baixo O curso é especializado paramédicos do Reino UnidoTraduzido eadaptado de„A NewClassificationfor MOOCs‟ –ProfessorGrainneConole,University ofLeicester ,EFQUELJunho, 2013
  • 26. aprendizagem informal
  • 27. 2“Tendência:Conteúdo é oprincípio mas não oobjetivo exclusivodos cursos”
  • 28. Pedagogia e aprendizagem
  • 29. Agregador defeedsBlogLMSBookmarkingsocialTwitter emídiassociaisDIARIAMENTE:• comentáriosdo educador• Blogs• LMS• Micro-blogging• alertasecossistemadecomentáriosAdaptado de G. Siemens, 2012
  • 30. conteúdoA curadoria dotorna-se importante
  • 31. O professor não é o centro, mas ainda assimessencial
  • 32. “Inove apartir dasincertezas”3Imagem por kkalyan, flickr (cc)
  • 33. ainamorato@gmail.comwww.andreiainamorato.comhttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/br/Créditos: As fotos são do website istockphoto.com e imagens de slideteam.com. Podem ter alguns direitos reservados. A autora autoriza aadaptação e remix do conteúdo textual dessa apresentação, mas não das fotos, imagens e vetores, a menos que já licenciados sob CC.