Your SlideShare is downloading. ×
Demonstrativo de taxas e custos urban office e hotel curitiba
Demonstrativo de taxas e custos urban office e hotel curitiba
Demonstrativo de taxas e custos urban office e hotel curitiba
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Demonstrativo de taxas e custos urban office e hotel curitiba

802

Published on

Informações & Vendas: Martins & Novak Corretores Associados …

Informações & Vendas: Martins & Novak Corretores Associados

Marileide Novak
(41)9175-4334
contato@ocorretordeimoveis.com
http://www.ocorretordeimoveis.com

JB Martins
(41)9175-4334
contato@comoinvestiremimoveis.com
http://www.comoinvestiremimoveis.com

indique para um amigo compartilhe e ganhe! acesse http://www.indiqueumamigo.net

Não encontrou o imóvel que procurava? Então fale com o Corretor VIP, ele encontra para você
acesse:
http://bit.ly/corretorvip

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
802
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
15
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. RESUMO DAS TAXAS E CUSTOS INCIDENTES NA IMPLEMENTAÇÃO E NA OPERAÇÃO DO EMPREENDIMENTO IMOBILIÁRIO DENOMINADO URBAN OFFICE & HOTEL CURITIBAA) URBAN HOTEL CURITIBA: A.1) NO PERÍODO DE CONSTRUÇÃO DO EMPREENDIMENTO E DA MONTAGEM DA OPERAÇÃO HOTELEIRA (UNIDADES HOTELEIRAS): - Valores e forma de pagamento ajustados em cada Compromisso de Compra e Venda relativos à aquisição da unidade autônoma hoteleira, não incluídos neste valor os custos referentes à aquisição da mobília / equipagem do hotel (FF&E – unidades autônomas hoteleiras e áreas comuns) e de capital de giro / despesas pré-operacionais. 1 - Valor estimado em nov/dez/2012 de R$ 35.400,00 para a aquisição da mobília / equipagem do hotel (FF&E – unidades autônomas hoteleiras e áreas comuns), devendo dito valor ser pago em até 18 parcelas (12 antes do habite-se e 6 após o habite-se), corrigido pelo IGP-M/FGV a partir do registro da incorporação imobiliária. - Valor estimado em nov/dez/2012 de R$ 5.000,00 para capital de giro / despesas pré- operacionais, devendo dito valor ser pago em até 12 parcelas antes do habite-se, corrigido pelo IGP-M/FGV a partir do registro da incorporação imobiliária. OBS: para a loja que será destinada como restaurante do hotel, os valores estimados são os que seguem adiante e serão pagos nas mesmas condições acima estipuladas, a saber: R$ 495.500,00 para a aquisição da mobília / equipagem do hotel (FF&E – unidades autônomas hoteleiras e áreas comuns); e, R$ 70.000,00 para capital de giro / despesas pré-operacionais A.2) NO PERÍODO DE OPERAÇÃO DO EMPREENDIMENTO HOTELEIRO (MENSALMENTE): A.2.1) PARA A INTERCITY ADMINISTRAÇÃO HOTELEIRA: 2 - 2,5% do valor total das receitas líquidas mensais a título de taxa de administração; e, 3 - 11% sobre o resultado operacional a título de honorário contratual de incentivo.1 Neste valor já encontra-se incluída a taxa de 10% de administração cabível à INTERCITY, para gestão da cobrança dos valores eaquisição e montagem da mobília e equipagem do hotel.2 Para os fins do presente considera-se Receita Líquida a Receita Bruta menos: (i) quaisquer gratificações ou encargos de serviçosincluídos na fatura do cliente; (ii) quaisquer créditos ou reembolsos efetuados a clientes, hóspedes ou patrocinadores; (iii) quaisquerquantias e créditos (que não aqueles já excluídos da Receita Bruta) recebidos pela SCP referente a bens extraviados ou danificados;(iv) quaisquer tributos ou encargos sobre turismo e encargos semelhantes exigidos por lei, para serem cobrados de patrocinadores ouhóspedes ou como parte do preço de venda referente a produtos, serviços ou entretenimento, que devam ser remetidos às autoridadesgovernamentais, incluindo, mas não se limitando a, ISS, ICMS, PIS E COFINS; (v) qualquer produto da venda ou outra alienação debens feita pela SCP, incluindo FF&E (mobiliário, equipamentos e utensílios); (vi) qualquer juro pago com relação ao Fundo deReposição de Ativos e sobre aplicação financeira; (vii) qualquer produto de cobertura de seguro contra incêndio e estendida ou outrosprodutos de seguro pagáveis com relação a qualquer dano material devido a acidente; (viii) quaisquer decisões condenatórias judiciaisou arbitrais; e (ix) qualquer produto de financiamento ou refinanciamento feito pela SCP, mas somente na medida em que tais itenstenham sido previamente incluídos na Receita Bruta.3 Para os fins de cálculo do honorário contratual de incentivo, entende-se por Receita Líquida, o conjunto de receitas advindas comhospedagem, aluguéis de salas, lavanderia, telecomunicações, locação de equipamentos, serviço de transfer, estacionamento,telefonia, alimentos e frigobar, dentre outros, advindas da exploração hoteleira, deduzidos os tributos incidentes, tais como PIS,COFINS, ICMS e ISS). O percentual indicado incidirá sobre o Resultado Operacional oriundo da Receita Líquida, subtraídas asseguintes despesas operacionais:(a) Taxas e comissões devidas a terceiros decorrentes do agenciamento comercial relativo à geração da receita, bem assim a empresas de cartão de crédito e de débito;(b) Taxa de administração da INTERCITY calculada com base em percentual de 2,5% (dois e meio por cento) do valor total das Receitas Líquidas mensais desta SCP;
  • 2. A.2.2) PARA A JONES LANG LASSALE HOTELS S/A: - 0,5% da receita líquida mensal²; e, - 2% do lucro operacional líquido mensal³. A.2.3) PARA O FUNDO DE REPOSIÇÃO DE ATIVOS DO HOTEL (FRA): - 2% sobre a receita líquida mensal². A.2.4) PARA CAPITAL DE GIRO: 4 - 0,2% sobre a receita total bruta .B) URBAN OFFICE CURITIBA (CONJUNTOS COMERCIAIS E LOJAS): B.1) NO PERÍODO DE CONSTRUÇÃO DO EMPREENDIMENTO COMERCIAL: - Valores e forma de pagamento ajustados em cada Compromisso de Compra e Venda relativos à aquisição da unidade autônoma conjunto comercial ou loja. B.2) NO PERÍODO DE OPERAÇÃO DO EMPREENDIMENTO COMERCIAL: - R$ 70,00 mensais por cada unidade autônoma (conjunto comercial ou loja) a titulo de taxa de administração do condomínio geral e do subcondomínio comercial.(c) Taxas condominiais ordinárias mensais, relativas a cobertura das despesas necessárias ao seu funcionamento do Hotel, conforme Convenção do Condomínio;(d) Salários e encargos trabalhistas, previdenciários e fiscais relativos aos empregados do Condomínio;(e) Passivos trabalhistas devidos em acordo extrajudicial ou exigidos ou acordados em Juízo, ainda que decorrentes de demandas propostas por empregados do Condomínio contra a INTERCITY;(f) Prêmios de seguros contratados pela ou em nome da SCP, tais como, prêmios de seguro de caráter patrimonial (contra riscos de incêndio da edificação e de seus bens, de roubo, furto, quebra definitiva, destruição ou perdas de bens, instalações e equipamentos, tanto das unidades autônomas, como de áreas comuns), de caráter pessoal (contra riscos de acidentes, roubos ou furtos envolvendo, de maneira geral, os hóspedes e usuários do Hotel) mesmo que contratados em nome do Condomínio, de seguro de lucros cessantes e outros que a INTERCITY entenda como pertinente a sua contratação;(g) Honorários ou remunerações decorrentes de contratos de prestação de serviços, de natureza legal ou contábil (escritórios ou profissionais autônomos de advocacia, contabilidade, auditoria ou de computação e outros que existirem); de vigilância, limpeza, manutenção e conservação de bens, equipamentos e instalações das unidades autônomas e áreas comuns;(h) Gastos com a compra ou reposição de materiais, livros, impressos, programas e equipamentos de computação e demais bens e utensílios necessários aos serviços de escritório e de administração da SCP;(i) Gastos com conserto e manutenção rotineira de mobiliário e elementos de decoração das unidades autônomas e áreas comuns de uso;(j) Gastos com manutenção dos elementos e partes construtivas componentes do Hotel, incluindo suas unidades autônomas;(k) Gastos com a compra ou reposição de insumos e materiais, de maneira geral, necessários à limpeza, conservação e manutenção de áreas, instalações, bens e equipamentos das unidades autônomas, nestes incluídos os bens de higiene pessoal à disposição dos hóspedes (amenities);(l) Contas de telefone, taxas de água, esgoto, energia elétrica, IPTU relativas às unidades autônomas e áreas comuns;(m) Gastos com publicidade e marketing, de maneira geral, específicos à promoção da operação da SCP, inclusive aqueles rateados entre outros empreendimentos sob administração da INTERCITY, tais como, a participação em feiras, eventos e promoções com divulgação dos serviços da SCP;(n) Reembolso à INTERCITY dos gastos com salários, benefícios e encargos sociais e fiscais de seus empregados que eventualmente estejam alocados em tempo integral ou parcial à estrutura administrativa e operacional do Hotel para trabalho exclusivo em benefício da SCP;(o) Gastos com reciclagem e aperfeiçoamento técnico de interesse da SCP do quadro de empregados;(p) Serviços Centralizados prestados pela INTERCITY;(q) Todas as demais despesas operacionais necessárias, ainda que aqui não elencadas, mas que sejam necessárias ao funcionamento do Hotel e a operação da SCP, inclusive despesas de eventuais locações realizadas, necessárias à operação do Hotel.Obs.: Para efeito do cálculo do honorário contratual de incentivo não serão consideradas as receitas financeiras, receitas nãooperacionais e outras receitas não relacionadas ao objeto da contratação.4 Para os fins do presente considera-se Receita Bruta aquela resultante das receitas advindas com hospedagem, aluguéis de salas,lavanderia, telecomunicações, locação de equipamentos, serviço de transfer, estacionamento, telefonia, alimentos e frigobar, dentreoutros, advinda da exploração hoteleira feita pela INTERCITY nas unidades autônomas e em eventuais áreas e equipamentos comuns.
  • 3. QUADRO RESUMO DAS TAXAS E CUSTOS INCIDENTES NA IMPLEMENTAÇÃO E NA OPERAÇÃO DO EMPREENDIMENTO IMOBILIÁRIO DENOMINADO URBAN OFFICE & HOTEL CURITIBA URBAN HOTEL CURITIBA URBAN OFFICE CURITIBAA) Período de construção emontagem do empreendimento: preço e condições de pagamento preço e condições de pagamentoaquisição da unidade autônoma ajustados em cada Compromisso de ajustados em cada Compromisso de Compra e Venda Compra e Venda R$ 35.400,00 (apartamento) *valor estimado R$495.500,00 (loja/restaurante) *valorequipagem e mobília (FF&E) estimado (em até 18 parcelas: 12 antes do habite-se e 6 após, corrigidos pelo IGP- M/FGV) R$ 5.000,00 (apartamento) *valor estimadocapital de giro e despesas pré- R$70.000,00 (loja/restaurante) *valoroperacionais estimado (em 12 parcelas antes do habite-se, corrigidos pelo IGP-M/FGV)B) Período de operação:INTERCITY R$70,00 de taxa de administraçãotaxa de administração 2,5% das receitas líquidas mensais condominialhonorário contratual de incentivo 11% sobre o resultado operacionalJONES LANG LASSALE HOTELS S/Ataxa de administração 0,5% da receita líquida mensalhonorário contratual de incentivo 2% do lucro operacional líquido mensalFUNDO DE REPOSIÇÃO DE ATIVOSDO HOTEL (FRA) 2% sobre a receita líquida mensalCAPITAL DE GIRO 0,2% sobre a receita total bruta

×