0
Isabel Mendinhos – Formação novos PB 2011-2012
Conceitos subjacentes   VALOR – Que benefícios retiram os alunos, os    professores e a escola em geral da existência da ...
Organização do modelo   Domínios e subdomínios    O   modelo está dividido em quatro domínios     Cada    domínio refer...
Domínio AApoio ao desenvolvimento CurricularA.1 Articulação curricular da BE com as estruturas de  coordenação e supervisã...
Domínio BLeitura e Literacia                      Isabel Mendinhos – Formação novos PB 2011-2012
Domínio CProjectos, parcerias e actividades lLivres  e de abertura à comunidadeC.1. Apoio a actividades livres, extra-curr...
Domínio DGestão da Biblioteca EscolarD.1. Articulação da BE com a Escola.    Acesso a serviços prestados pela BED.2 Condiç...
Organização dentro de cada domínio                       •1                       •   ...                       •2        ...
Organização dentro de cada domínio                       Indicador                                                       P...
Organização dentro de cada domínio      Fontes e    instrumentos     de recolha              Apenas exemplos.          de ...
Organização dentro de cada domínio      Fatores               Exemplos (não                        exaustivos)de situações...
Organização dentro de cada domínio      Ações              Sugestões de ações a                        implementar, caso s...
Organização dentro de cada domínio    Perfis de desempenho    - Enunciados para cada subdomínio    - Quatro níveis    - Pe...
Período de aplicação do modelo   O modelo deve ser aplicado em 4 anos,    seleccionando-se, em cada ano, um domínio para ...
Etapas da aplicação   Escolha do domínio a avaliar – proposta    fundamentada do coordenador da BE ao CP   Planificação ...
Etapas da aplicação   Planificação da recolha das evidências por aplicação    de instrumentos do modelo       Análise do...
Etapas da aplicação•   Escolha das amostras    •   20% do número total de professores    •   10% do número de alunos em ca...
Etapas da aplicação•   Calendarização do processo•   Recolha de evidências                            Isabel Mendinhos – F...
Formas de recolha   Aplicação dos instrumentos via aplicação    informática – tratamento automático   Aplicação em papel...
Tratamento e interpretação dosdados obtidos  Tratamento   dos dados dos questionários (a aplicação   faz).  Elaboração  ...
Relatório final   Apresentação ao Conselho Pedagógico   Elaboração, pelo Conselho Pedagógico, das    recomendações que e...
Envolvimento dos intervenientes   A avaliação da BE deve ser do conhecimento de toda a    escola   Antes:       Apresen...
BibliografiaGabinete da Rede de Bibliotecas Escolares. Modelo de Avaliação das Bibliotecas  Escolares (2011). Acedido em 2...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Apresentação MABE

706

Published on

Published in: Education
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
706
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
10
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Transcript of "Apresentação MABE"

  1. 1. Isabel Mendinhos – Formação novos PB 2011-2012
  2. 2. Conceitos subjacentes VALOR – Que benefícios retiram os alunos, os professores e a escola em geral da existência da BE? EVIDÊNCIA – Afirmação sustentada em dados recolhidos que permite ponderar o valor da BE em cada aspeto da sua ação REGULAÇÃO – O processo de avaliação permite ajustar, alterar, melhorar, aferir INTEGRAÇÃO – A avaliação da BE inclui-se na da escola. Muitos fatores a influenciam. Isabel Mendinhos – Formação novos PB 2011-2012
  3. 3. Organização do modelo Domínios e subdomínios O modelo está dividido em quatro domínios  Cada domínio refere-se a uma das áreas do trabalho da BE  Três dos domínios estão divididos em subdomínios Isabel Mendinhos – Formação novos PB 2011-2012
  4. 4. Domínio AApoio ao desenvolvimento CurricularA.1 Articulação curricular da BE com as estruturas de coordenação e supervisão pedagógica e com os docentesA.2 Promoção das literacias da informação, tecnológica e digital Isabel Mendinhos – Formação novos PB 2011-2012
  5. 5. Domínio BLeitura e Literacia Isabel Mendinhos – Formação novos PB 2011-2012
  6. 6. Domínio CProjectos, parcerias e actividades lLivres e de abertura à comunidadeC.1. Apoio a actividades livres, extra-curriculares e de enriquecimento curricularC.2 Projectos e Parcerias Isabel Mendinhos – Formação novos PB 2011-2012
  7. 7. Domínio DGestão da Biblioteca EscolarD.1. Articulação da BE com a Escola. Acesso a serviços prestados pela BED.2 Condições humanas e materiais para a prestação dos serviçosD.3 Gestão da colecção/da informação Isabel Mendinhos – Formação novos PB 2011-2012
  8. 8. Organização dentro de cada domínio •1 • ... •2 Fontes e Ações Fatores • ... • ...Indicador •3 instrumentos para a críticos de recolha de de •4 dados/ • ... melhoria/ • ... sucesso •5 informações • ... exemplos • ... • ... Isabel Mendinhos – Formação novos PB 2011-2012
  9. 9. Organização dentro de cada domínio Indicador Permite a aplicação dePode ser de processo Aponta para uma zona elementos de medição ou de impacto nuclear de intervenção que conduzem a uma da BEdentro do domínio apreciação sobre a qualidade da BE Isabel Mendinhos – Formação novos PB 2011-2012
  10. 10. Organização dentro de cada domínio Fontes e instrumentos de recolha Apenas exemplos. de Podemos ter outros. dados/infor- mação Isabel Mendinhos – Formação novos PB 2011-2012
  11. 11. Organização dentro de cada domínio Fatores Exemplos (não exaustivos)de situações, críticos de ocorrências e ações que sucesso operacionalizam o indicador Isabel Mendinhos – Formação novos PB 2011-2012
  12. 12. Organização dentro de cada domínio Ações Sugestões de ações a implementar, caso seja para a necessário melhorar o melhoria desempenho da BE Isabel Mendinhos – Formação novos PB 2011-2012
  13. 13. Organização dentro de cada domínio Perfis de desempenho - Enunciados para cada subdomínio - Quatro níveis - Permitem à BE situar a sua ação em cada domínio - Dentro do mesmo domínio, a BE pode situar- se no nível 3, relativamente a um indicador e no 2, relativamente a outro, por exemplo. - Nível 4 – perfil ideal (consequentemente difícil de atingir na íntegra) Isabel Mendinhos – Formação novos PB 2011-2012
  14. 14. Período de aplicação do modelo O modelo deve ser aplicado em 4 anos, seleccionando-se, em cada ano, um domínio para avaliar com maior detalhe. A ordem de aplicação pode não ser ABCD Nos agrupamentos, as BE em avaliação devem aplicar o mesmo domínio Isabel Mendinhos – Formação novos PB 2011-2012
  15. 15. Etapas da aplicação Escolha do domínio a avaliar – proposta fundamentada do coordenador da BE ao CP Planificação da recolha das evidências documentais  Que evidências recolher?  Como?  Que registos já existem/ que registos teremos de implementar? (atenção à simplicidade e exequibilidade dos mesmos!) Isabel Mendinhos – Formação novos PB 2011-2012
  16. 16. Etapas da aplicação Planificação da recolha das evidências por aplicação de instrumentos do modelo  Análise dos questionários a aplicar  Há adaptações a fazer?  Análise dos registos de observação a aplicar  Elaboração de uma estratégia para a sua aplicação  Análise das checklists  Há adaptações a fazer? Isabel Mendinhos – Formação novos PB 2011-2012
  17. 17. Etapas da aplicação• Escolha das amostras • 20% do número total de professores • 10% do número de alunos em cada nível de escolaridade  Discussãodas formas de selecção das amostras de forma a contemplar a diversidade de alunos e professores existente Isabel Mendinhos – Formação novos PB 2011-2012
  18. 18. Etapas da aplicação• Calendarização do processo• Recolha de evidências Isabel Mendinhos – Formação novos PB 2011-2012
  19. 19. Formas de recolha Aplicação dos instrumentos via aplicação informática – tratamento automático Aplicação em papel – registo de dados agrupados Isabel Mendinhos – Formação novos PB 2011-2012
  20. 20. Tratamento e interpretação dosdados obtidos  Tratamento dos dados dos questionários (a aplicação faz).  Elaboração de sínteses dos registos de observação  Organização e interpretação das evidências recolhidas por indicador (enunciados sempre que possível quantificados avaliativos)  Identificação dos pontos fortes e fracos  Posicionamento num nível  Identificação de ações para a melhoria concretas e adequadas à BE que temos Isabel Mendinhos – Formação novos PB 2011-2012
  21. 21. Relatório final Apresentação ao Conselho Pedagógico Elaboração, pelo Conselho Pedagógico, das recomendações que entender fazer Elaboração de um texto-síntese relativo à BE a constar no relatório de avaliação da escola/agrupamento Isabel Mendinhos – Formação novos PB 2011-2012
  22. 22. Envolvimento dos intervenientes A avaliação da BE deve ser do conhecimento de toda a escola Antes:  Apresentação do modelo ao Conselho Pegagógico e aos Departamentos  Divulgação• Durante  Professores, alunos, EE - questionários, registos de observação, entrevistas• Depois  Análise do relatório em Conselho Pedagógico; recomendações  Divulgação dos resultados Isabel Mendinhos – Formação novos PB 2011-2012
  23. 23. BibliografiaGabinete da Rede de Bibliotecas Escolares. Modelo de Avaliação das Bibliotecas Escolares (2011). Acedido em 20 de Janeiro de 2012 em http://rbe.min- edu.pt/np4/file/83/mabe.pdfTodd, Ross (2008) The Evidence-Based Manifesto for School Librarians. School Library Journal. Acedido em 20de Janeiro de 2012, em http://www.schoollibraryjournal.com/article/CA6545434.html#Multiple%20types% 20of%20evidenceTodd, Ross (2008) O que queremos para o futuro das bibliotecas escolares. (Biblioteca RBE). Acedido em 20 de Janeiro de 2012 em http://rbe.min- edu.pt/np4/file/396/01_bibliotecarbe.pdf Isabel Mendinhos – Formação novos PB 2011-2012
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×