Your SlideShare is downloading. ×
E2E - Entenda os modelos de negócio End To End (E2E)
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

E2E - Entenda os modelos de negócio End To End (E2E)

495

Published on

Com a evolução dos mercados, surge um modelo de negócio que não é bem descrito pela dicotomia entre B2C e B2B, mas sim como o conceito proposto de E2E: End to End.

Com a evolução dos mercados, surge um modelo de negócio que não é bem descrito pela dicotomia entre B2C e B2B, mas sim como o conceito proposto de E2E: End to End.

Published in: Business
0 Comments
3 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
495
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
3
Comments
0
Likes
3
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Ibrahim Cesar Co-Fundador www.BLUMPA.com
  • 2. Palavras Importam
  • 3. Exemplo: “Viral”
  • 4. B2C ou B2B? Eis a questão!
  • 5. B2C ou B2B? Eis a questão!
  • 6. B2C ou B2B foram cunhados e adotados com o advento da web.
  • 7. Com os novos modelos de negócios emergindo essa dictomia não é capaz de descrever com precisão negócios como Uber, Airbnb, Blumpa…
  • 8. Eis que entra…
  • 9. James Slavet
  • 10. TWO-SIDED MARKETPLACES
  • 11. Possuem um modelo de inventório compartilhado e dois stakeholders (basicamente vendedores e compradores)
  • 12. 1
  • 13. “Her”, Spike Jonze
  • 14. Miguel Nicolelis
  • 15. MUDANÇA PARA O MÓVEL
  • 16. O TREND MOBILE-FIRST NÃO É APENAS PARA APPS E PARA SITES, É PARA A PRÓPRIA SOCIEDADE E O SELF
  • 17. GRANDES EXPECTATIVAS TRAZEM GRANDES RESPONSABILIDADES
  • 18. 2
  • 19. O QUE…
  • 20. Elon Musk
  • 21. Jeff Bezos
  • 22. Steve Jobs
  • 23. …têm em comum?
  • 24. Eles construiram muito mais do que sites ou apps.
  • 25. Eles combinaram software e pessoas para fazer grandes experiências.
  • 26. Eles tocaram seus consumidores no mundo real.
  • 27. 3
  • 28. Henry Jenkins
  • 29. “Se não Espalha, Está Morto!”
  • 30. Emoções e sentimentos viajam na velocidade da luz, ignorando geografia, linguas…
  • 31. E2E
  • 32. Negócios E2E possuem algumas particularidades, desafios e oportunidades únicas.
  • 33. Precisam atrair tanto vendedores como compradores.
  • 34. Etsy, Uber, Amazon encontraram formas de endereçar este dilema, mas todas elas se resumem a uma coisa: Foque-se em quem tem o dinheiro.
  • 35. No princípio, um E2E pode crescer seu inventário na unha, usando abordagens low-tech. Faça coisas que não escalam.
  • 36. No princípio, um E2E pode crescer seu inventário na unha, usando abordagens low-tech. Faça coisas que não escalam.
  • 37. Cobrar por listagem ou por transação do que por comissão funciona muito bem.
  • 38. Se você consegue atenção do comprador, será fácil convencer os vendedores a se juntarem a você, onde o dinheiro está.
  • 39. Um site estático, com curadoria manual é o suficiente para provar a viabilidade de um grande marketplace.
  • 40. Métricas E2E Crescimento dos vendedores e compradores Crescimento de Inventário Efetividade da busca Funeis de conversão Classificações e sinais de fraude Métricas de preço
  • 41. No final, volume de vendas, e o lucro resultante, é a única métrica que importa.
  • 42. OBRIGADO!

×