As 5 Distorções Cognitivas das Pessoas Que Fazem Acontecer

835 views

Published on

Um conjunto de cinco distorções cognitivas de pessoas que fazem acontecer. Se tratam de distorções com benefícios assim como desafios mortais, que são o calcanhar de aquiles. Para fazer acontecer precisamos saber jogar com nosso toolkit cognitivo, tirar seu maior benefício e se esquivar dos problemas

Published in: Business
0 Comments
4 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
835
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
91
Actions
Shares
0
Downloads
13
Comments
0
Likes
4
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

As 5 Distorções Cognitivas das Pessoas Que Fazem Acontecer

  1. 1. Do que se trata? Alguns padrões comuns de pensamento automático entre aqueles que fazem muitas coisas acontecerem / criam muito valor.
  2. 2. Do que se trata? Padrões potentes de pensamento automático são distroções cognitivas.
  3. 3. Do que se trata? Distorções cognitivas são filtros ou lentes que influenciam o pensamento, moldam a interpretação da realidade, baseia-se ações.
  4. 4. As Cinco Mais Observadas 1.  Excepcionalismo pessoal 2.  Pensamento dicotômico 3.  Sobregeneralização correta 4.  Pensamento da tela em branco 5.  Schumpeterianismo
  5. 5. Excepcionalismo Pessoal “Eu sou especial”
  6. 6. Excepcionalismo Pessoal Definição: Um sentido macro que você está no topo de seu grupo, seu trabalho é especial, ou que é destinado a ter experiências bem distantes da fronteira do “normal”; não confundir com arrogância ou elevada auto-estima.
  7. 7. Excepcionalismo Pessoal Benefício: Resiliência, carisma, vigor.
  8. 8. Excepcionalismo Pessoal Benefício: Resiliência, carisma, vigor. Risco mortal: Assumir que o macro-excepcionalismo significa micro-excepcionalismo, fragilidade
  9. 9. Pensamento Dicotômico “X é uma mer*a. Y é genial”
  10. 10. Pensamento Dicotômico Definição: Ser extremamente julgador de pessoas, experiências, coisas; altamente opinado nos extremos; vê tudo no petro e branco, pouco cinza.
  11. 11. Pensamento Dicotômico Benefício: Atinge excelência frequentemente
  12. 12. Pensamento Dicotômico Benefício: Atinge excelência frequentemente Risco mortal: Perfeccionismo
  13. 13. Sobregeneralização Correta “Eu vejo dois pontos e desenho uma linha reta”
  14. 14. Sobregeneralização Correta Definição: Fazer julgamentos universais de observações limitadas e estar correto muitas vezes
  15. 15. Sobregeneralização Correta Benefício: Poupa tempo
  16. 16. Sobregeneralização Correta Benefício: Poupa tempo Risco mortal: Vício no instinto e indiferença à dados
  17. 17. Pensamento da tela em branco “Pintar por números não é arte. E eu quero fazer arte”
  18. 18. Pensamento da tela em branco Definição: Enxerga a própria vida como uma tela em branco, que não deve ser seguida por números
  19. 19. Pensamento da tela em branco Benefício: Nenhum senso de coloração fora das linhas, cria surpresas
  20. 20. Pensamento da tela em branco Benefício: Nenhum senso de coloração fora das linhas, cria surpresas Risco mortal: “Ars gratia artis”, falha em lançar, falha em escalar
  21. 21. Schumpeterianismo “Eu sou uma máquina de destruição criativa”
  22. 22. Schumpeterianismo Definição: Enxerga a destruição criativa como natural, necessária e sua vocação
  23. 23. Joseph Schumpeter •  Capitalismo é importante: é o motor da produtividade e da criação de riqueza; •  Destruição criativa move o capitalismo; •  Destruição criativa = mudança fundamental, ou como Clay Christensen chamaria, inovação disruptiva.
  24. 24. Schumpeterianismo Benefício: Destemido, tolerância para destruição e dor
  25. 25. Schumpeterianismo Benefício: Destemido, tolerância para destruição e dor Risco mortal: Ambição sem coração, alienação
  26. 26. Recaptulando… 1.  Excepcionalismo pessoal 2.  Pensamento dicotômico 3.  Sobregeneralização correta 4.  Pensamento da tela em branco 5.  Schumpeterianismo
  27. 27. Obrigado! email@ibrahimcesar.com

×