GESTÃO PARA A SUSTENTABILIDADE DO TERCEIRO SETOR : Um estudo de caso comparativo entre duas organizações do Terceiro Setor...
Constituição do Estado Rodrigo Félix 1º Setor Governo   2º Setor Mercado 3º Setor Sociedade Civil Organizada ESTADO
“ Art. 44. São pessoas jurídicas de direito privado: <ul><li>I – as associações; </li></ul><ul><li>II – as sociedades; * <...
PROBLEMA <ul><li>Como desenvolver a gestão para a sustentabilidade das organizações do terceiro setor na cidade de Itabiri...
METODOLOGIA <ul><li>Pesquisas bibliográficas; </li></ul><ul><li>Pesquisa de campo; </li></ul><ul><li>Pesquisa descritiva; ...
Amostragem não probabilística intencional <ul><li>UNIVERSO: 60 Organizações </li></ul><ul><li>ESTRATIFICAÇÃO: 13 Organizaç...
PRIMEIRA HIPÓTESE   <ul><li>Os Gestores das organizações do terceiro setor devem gerir as Organizações de forma sistêmica,...
<ul><li>Planejamento Estratégico; </li></ul><ul><li>Gestão de Pessoas; </li></ul><ul><li>Gestão de Recursos; </li></ul><ul...
PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO <ul><li>Visão – Missão; </li></ul><ul><li>Análise de Ambiente; </li></ul><ul><li>Objetivos Estrat...
Gestão de Pessoas <ul><li>Políticas e Práticas; </li></ul><ul><li>Treinamentos e Reciclagem; </li></ul><ul><li>Remuneração...
FUNDAMENTAÇÃO Tiago Carvalho PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO – OLIVEIRA (2005) GESTÃO DE PESSOAS – CARVALHO (2005) VISÃO SISTÊMIC...
OBJETIVOS   Tiago Carvalho <ul><li>Analisar o impacto das ações de gestão nas estruturas existentes; </li></ul><ul><li>Ide...
SEGUNDA HIPÓTESE   <ul><li>Para que uma organização do Terceiro Setor seja sustentável é necessário que os seus gestores, ...
<ul><li>Planejamento Estratégico; </li></ul><ul><li>Gestão de Pessoas; </li></ul><ul><li>Gestão de Recursos; </li></ul><ul...
Resultados <ul><li>Gestão de Recursos </li></ul><ul><li>Fontes de Recursos: </li></ul><ul><li>- Próprios; </li></ul><ul><l...
Gestão da Imagem Pública <ul><li>Contatos com meios de comunicação; </li></ul><ul><li>Análise da mídia da Organização fren...
Gestão de Parcerias <ul><li>Alianças intersetoriais; </li></ul><ul><li>Pontos de adesão; </li></ul><ul><li>Resultados fren...
FUNDAMENTAÇÃO Iber Pancrácio GESTÃO DE RECURSOS VALARELLI (2009) GESTÃO DE PARCERIAS – BARREIRA (2009) e LEWIS (1992) GEST...
OBJETIVOS   Iber Pancrácio <ul><li>Analisar as estratégias de captação de recursos utilizadas; </li></ul><ul><li>Identific...
TERCEIRA HIPÓTESE <ul><li>Os Gestores, idealizadores ou diretores devem administrar as organizações do terceiro setor conf...
DIMENSÕES DA SUSTENTABILIDADE Rodrigo Félix PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO GESTÃO DE PESSOAS GESTÃO DE RECURSOS IMAGEM  PÚBLICA ...
Capacidade de  Accountability <ul><li>Transparências na Gestão; </li></ul><ul><li>Comunicação com os  Stakeholders ; </li>...
Capacidade de  Advocacy <ul><li>- Formuladores de Políticas Públicas; </li></ul><ul><li>- Benefícios com a utilização dos ...
Sistema Legal <ul><li>- Legislações; </li></ul><ul><li>- Ações prejudiciais; </li></ul><ul><li>- Profissionais qualificado...
FUNDAMENTAÇÃO Rodrigo Félix CAPACIDADE DE  ACCOUNTABILITY  – EDWARDS (1995) CAPACIDADE DE  ADVOCACY  – RISLEY (2004) e ZEP...
OBJETIVOS  Rodrigo Félix <ul><li>Comparar os dois modelos de gestão utilizados;   </li></ul><ul><li>Sugerir melhorias na g...
RECOMENDAÇÕES <ul><li>A importância dos profissionais de administração para as organizações do Terceiro Setor. </li></ul><...
CONSIDERAÇÕES FINAIS “ Feliz o homem que encontra a sabedoria... porque melhor é o lucro que ela dá  do que o da prata, me...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Rit consultoria

1,040

Published on

Published in: Education, Technology, Travel
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
1,040
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
4
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Transcript of "Rit consultoria"

  1. 1. GESTÃO PARA A SUSTENTABILIDADE DO TERCEIRO SETOR : Um estudo de caso comparativo entre duas organizações do Terceiro Setor da cidade de Itabirito - MG Autores: Iber de Souza Pancrácio dos Santos Rodrigo Gonçalves de Almeida Félix Tiago Davi Lage Carvalho Orientadores (as): Prof. ª Mestra Denise Capuchinho Nonato. Prof. Mestre Tarcísio Cláudio Teles Passos. Fundação José Bonifácio Lafayette de Andrada- FUNJOB Faculdade de Administração de Itabirito - FAI
  2. 2. Constituição do Estado Rodrigo Félix 1º Setor Governo 2º Setor Mercado 3º Setor Sociedade Civil Organizada ESTADO
  3. 3. “ Art. 44. São pessoas jurídicas de direito privado: <ul><li>I – as associações; </li></ul><ul><li>II – as sociedades; * </li></ul><ul><li>III – as fundações; </li></ul><ul><li>IV – as organizações religiosas; </li></ul><ul><li>V – os partidos políticos.” </li></ul><ul><li>* Foram regulamentadas na parte especial do CC. Art. 981 e segs. </li></ul>Rodrigo Félix
  4. 4. PROBLEMA <ul><li>Como desenvolver a gestão para a sustentabilidade das organizações do terceiro setor na cidade de Itabirito - MG? </li></ul>Rodrigo Félix
  5. 5. METODOLOGIA <ul><li>Pesquisas bibliográficas; </li></ul><ul><li>Pesquisa de campo; </li></ul><ul><li>Pesquisa descritiva; </li></ul><ul><li>Pesquisa qualitativa; </li></ul><ul><li>Método não estruturado não disfarçado. </li></ul>Rodrigo Félix
  6. 6. Amostragem não probabilística intencional <ul><li>UNIVERSO: 60 Organizações </li></ul><ul><li>ESTRATIFICAÇÃO: 13 Organizações </li></ul><ul><li>AMOSTRA: 2 Organizações </li></ul><ul><li>NOMES DAS ORGANIZAÇÕES: </li></ul><ul><li>Associação O Adolescer para a Vida – A.A.V. </li></ul><ul><li>Fanfarra da Paz de Itabirito – FANPAZ </li></ul>Rodrigo Félix
  7. 7. PRIMEIRA HIPÓTESE <ul><li>Os Gestores das organizações do terceiro setor devem gerir as Organizações de forma sistêmica, integrando pessoas e processos; desenvolvendo lideres, motivando equipes, propiciando ambientes para inovação, para que todos consigam atingir os desafios traçados para as áreas. </li></ul>Tiago Carvalho
  8. 8. <ul><li>Planejamento Estratégico; </li></ul><ul><li>Gestão de Pessoas; </li></ul><ul><li>Gestão de Recursos; </li></ul><ul><li>Gestão da Imagem Pública; </li></ul><ul><li>Capacidade de Accountability ; </li></ul><ul><li>Capacidade de Advocacy ; </li></ul><ul><li>Gestão de Parcerias; </li></ul><ul><li>Sistema Legal. </li></ul>Tiago Carvalho GESTÃO DE PESSOAS PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DIMENSÕES
  9. 9. PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO <ul><li>Visão – Missão; </li></ul><ul><li>Análise de Ambiente; </li></ul><ul><li>Objetivos Estratégicos; </li></ul><ul><li>Indicadores de Desempenho; </li></ul>Tiago Carvalho
  10. 10. Gestão de Pessoas <ul><li>Políticas e Práticas; </li></ul><ul><li>Treinamentos e Reciclagem; </li></ul><ul><li>Remuneração e Avaliação de Desempenho; </li></ul><ul><li>Recrutamento e Seleção; </li></ul>Tiago Carvalho
  11. 11. FUNDAMENTAÇÃO Tiago Carvalho PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO – OLIVEIRA (2005) GESTÃO DE PESSOAS – CARVALHO (2005) VISÃO SISTÊMICA – CARVALHO (2005)
  12. 12. OBJETIVOS Tiago Carvalho <ul><li>Analisar o impacto das ações de gestão nas estruturas existentes; </li></ul><ul><li>Identificar os pontos fortes e fracos da gestão das duas organizações. </li></ul>
  13. 13. SEGUNDA HIPÓTESE <ul><li>Para que uma organização do Terceiro Setor seja sustentável é necessário que os seus gestores, idealizadores ou diretores estruturem uma boa equipe de profissionais capacitados para atuarem nas diversas áreas administrativas: </li></ul>Iber Pancrácio
  14. 14. <ul><li>Planejamento Estratégico; </li></ul><ul><li>Gestão de Pessoas; </li></ul><ul><li>Gestão de Recursos; </li></ul><ul><li>Gestão da Imagem Pública; </li></ul><ul><li>Capacidade de Accountability ; </li></ul><ul><li>Capacidade de Advocacy ; </li></ul><ul><li>Gestão de Parcerias; </li></ul><ul><li>Sistema Legal. </li></ul>Iber Pancrácio IMAGEM PÚBLICA PARCERIAS RECURSOS DIMENSÕES
  15. 15. Resultados <ul><li>Gestão de Recursos </li></ul><ul><li>Fontes de Recursos: </li></ul><ul><li>- Próprios; </li></ul><ul><li>- Mapeamento das Potencialidades; </li></ul><ul><li>- Atividades de Captação de Recursos. </li></ul>Iber Pancrácio
  16. 16. Gestão da Imagem Pública <ul><li>Contatos com meios de comunicação; </li></ul><ul><li>Análise da mídia da Organização frente a sociedade; </li></ul><ul><li>Percepção do poder público, privado e local frente a Organização. </li></ul>Iber Pancrácio
  17. 17. Gestão de Parcerias <ul><li>Alianças intersetoriais; </li></ul><ul><li>Pontos de adesão; </li></ul><ul><li>Resultados frente as parcerias. </li></ul>Iber Pancrácio
  18. 18. FUNDAMENTAÇÃO Iber Pancrácio GESTÃO DE RECURSOS VALARELLI (2009) GESTÃO DE PARCERIAS – BARREIRA (2009) e LEWIS (1992) GESTÃO DA IMAGEM PÚBLICA – CENTURIÃO (2006) e USAID (2002)
  19. 19. OBJETIVOS Iber Pancrácio <ul><li>Analisar as estratégias de captação de recursos utilizadas; </li></ul><ul><li>Identificar as ferramentas de planejamento utilizadas . </li></ul>
  20. 20. TERCEIRA HIPÓTESE <ul><li>Os Gestores, idealizadores ou diretores devem administrar as organizações do terceiro setor conforme uma empresa social, com equipes de profissionais capacitados para atuarem nas diversas áreas e departamentos da entidade. </li></ul>Rodrigo Félix
  21. 21. DIMENSÕES DA SUSTENTABILIDADE Rodrigo Félix PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO GESTÃO DE PESSOAS GESTÃO DE RECURSOS IMAGEM PÚBLICA GESTÃO DE PARCERIAS ACCOUNTABILITY SISTEMA LEGAL ADVOCACY DIMENSÕES
  22. 22. Capacidade de Accountability <ul><li>Transparências na Gestão; </li></ul><ul><li>Comunicação com os Stakeholders ; </li></ul><ul><li>Gestão das Críticas e Sugestões dos Stakeholders . </li></ul>Rodrigo Félix
  23. 23. Capacidade de Advocacy <ul><li>- Formuladores de Políticas Públicas; </li></ul><ul><li>- Benefícios com a utilização dos canais de comunicação; </li></ul><ul><li>- Formulação de Políticas Públicas; </li></ul><ul><li>- Lideranças frente a problemas públicos; </li></ul><ul><li>- Defende posições particulares; </li></ul><ul><li>- Reforma do Sistema Legal. </li></ul>Rodrigo Félix
  24. 24. Sistema Legal <ul><li>- Legislações; </li></ul><ul><li>- Ações prejudiciais; </li></ul><ul><li>- Profissionais qualificados; </li></ul><ul><li>- Benefícios fiscais; </li></ul>Rodrigo Félix
  25. 25. FUNDAMENTAÇÃO Rodrigo Félix CAPACIDADE DE ACCOUNTABILITY – EDWARDS (1995) CAPACIDADE DE ADVOCACY – RISLEY (2004) e ZEPPELINI (2009) SISTEMA LEGAL – RESENDE (2006)
  26. 26. OBJETIVOS Rodrigo Félix <ul><li>Comparar os dois modelos de gestão utilizados; </li></ul><ul><li>Sugerir melhorias na gestão através de benchmarking . </li></ul>
  27. 27. RECOMENDAÇÕES <ul><li>A importância dos profissionais de administração para as organizações do Terceiro Setor. </li></ul><ul><li>Diagnóstico do Terceiro Setor do Município de Itabirito/MG. </li></ul><ul><li>Diagnóstico do Terceiro Setor no Estado de Minas Gerais. </li></ul><ul><li>Sistema legal do Terceiro Setor: pontos fortes e pontos fracos. </li></ul>Tiago Carvalho
  28. 28. CONSIDERAÇÕES FINAIS “ Feliz o homem que encontra a sabedoria... porque melhor é o lucro que ela dá do que o da prata, melhor a sua renda do que o ouro mais fino” (Provérbio 3:13-14 - Rei Salomão)
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×