Sustentabilidade

3,350 views

Published on

Módulo apresentado para o Tutorial Gestão da Inovação e Conectividade ministrado durante a V CONEGOV, novembro de 2009 em Florianópolis,SC.

Published in: Technology
0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
3,350
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
112
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Sustentabilidade

  1. 1.  Cenário da sustentabilidade  O que é Sustentabilidade?  Sete aspectos principais da Sustentabilidade  Desenvolvimento sustentável: considerações  Estágios do processo de busca da Sustentabilidade
  2. 2.  Desafio do milênio  Novo conceito econômico  Transformação e influência ecológica nos negócios  Vantagens competitivas= decisões estratégicas integradas a questão ambiental e ecológica  Também pode significar redução de custos e incremento nos lucros a médio e longo prazo
  3. 3.  é um conceito sistêmico; relacionado com a continuidade dos aspectos econômicos, sociais, culturais e ambientais da sociedade humana.  representa promover a exploração de áreas ou o uso de recursos planetários (naturais ou não) de forma a prejudicar o menos possível o equilíbrio entre o meio ambiente e as comunidades humanas e toda a biosfera que dele dependem para existir.
  4. 4.  Sustentabilidade Social - melhoria da qualidade de vida da população, eqüidade na distribuição de renda e de diminuição das diferenças sociais, com participação e organização popular;  Sustentabilidade Econômica - públicos e privados, regularização do fluxo desses investimentos, compatibilidade entre padrões de produção e consumo, equilíbrio de balanço de pagamento, acesso à ciência e tecnologia;  Sustentabilidade Ecológica - o uso dos recursos naturais deve minimizar danos aos sistemas de sustentação da vida: redução dos resíduos tóxicos e da poluição, reciclagem de materiais e energia, conservação, tecnologias limpas e de maior eficiência e regras para uma adequada proteção ambiental;  Sustentabilidade Cultural - respeito aos diferentes valores entre os povos e incentivo a processos de mudança que acolham as especificidades locais;
  5. 5.  Sustentabilidade Espacial - equilíbrio entre o rural e o urbano, equilíbrio de migrações, desconcentração das metrópoles, adoção de práticas agrícolas mais inteligentes e não agressivas à saúde e ao ambiente, manejo sustentado das florestas e industrialização descentralizada;  Sustentabilidade Política - no caso do Brasil, a evolução da democracia representativa para sistemas descentralizados e participativos, construção de espaços públicos comunitários, maior autonomia dos governos locais e descentralização da gestão de recursos;  Sustentabilidade Ambiental - conservação geográfica, equilíbrio de ecossistemas, erradicação da pobreza e da exclusão, respeito aos direitos humanos e integração social. Abarca todas as dimensões anteriores através de processos complexos.
  6. 6.  Relatório da Comissão Mundial do Meio Ambiente e Desenvolvimento, o famoso “Relatório Brundtland”, usou a mesma definição para apresentar a noção de desenvolvimento sustentável: a humanidade tem a capacidade de alcançar o desenvolvimento sustentável – de atender as necessidades presentes sem comprometer a capacidade das gerações futuras de atenderem suas próprias necessidades
  7. 7.  Desenvolvimento Sustentável constitui uma união entre as atividades econômicas e a conservação dos recursos ambientais. Essa união implica numa parceria entre o Meio Ambiente e a economia, cujo elemento chave é o legado dos recursos naturais das gerações atuais para as gerações futuras de forma a não diminuí-la de forma imprópria OCDE (Organização e Cooperação para o Desenvolvimento Econômico),
  8. 8.  Sustentabilidade é um novo jeito de fazer negócios  Na prática está abrindo portas para a INOVAÇÃO. Por isso, pode-se dizer que a sustentabilidade é um vetor de Inovação.  A inovação relacionada à sustentabilidade está diretamente ligada a melhorias na gestão. Não se trata de apenas criar um novo produto verde, mas sim, de rever o que está sendo feito.
  9. 9.  Sendo uma Organização flexível, não fragmentada facilitadora do diálogo, tolerante à diferença (diversidade), não hierárquica e controladora, aberta às colaborações dos públicos de interesse.  as organizações começarem a enxergar o meio ambiente como seu principal desafio e como oportunidade competitiva, maior será a chance de que sobrevivam.
  10. 10.  Primeiro estágio: Encarar respeito a normas como oportunidade. Legislação. Exemplos  Segundo estágio: Tornar a cadeia de valor sustentável  Terceiro estágio: Criar produtos e serviços sustentáveis  Quarto estagio: Criar novos modelos de negócios  Quinto estágio: Criar plataformas de “próximas práticas Fonte: Harvard Business Review – edição setembro de 2009, p. 27 a 34. Quadro a seguir de acordo com estudos de Ram Nidumolu , C.K. Prahalad e M.R. Rangaswami
  11. 11.  Sustentabilidade é um novo jeito de fazer negócios  Na prática está abrindo portas para a INOVAÇÃO. Por isso, pode-se dizer que a sustentabilidade é um vetor de Inovação.  A inovação relacionada à sustentabilidade está diretamente ligada a melhorias na gestão. Não se trata de apenas criar um novo produto verde, mas sim, de rever o que está sendo feito.
  12. 12. DESAFIOS, COMPETÊNCIAS E OPORTUNIDADES DA SUSTENTABILIDADE 1º Estágio 2º Estágio 3º Estágio 4º Estágio 5º Estágio Encarar respeito a normas como oportunidade Tornar a cadeia de valor sustentável Criar produtos e serviços sustentáveis Criar novos modelos de negócios Criar plataformas de “próximas práticas” Principal desafio Principal desafio Principal desafio Principal desafio Principal desafio Garantir que conformidade com normas vire oportunidade para inovação. Aumentar a eficiência de toda a cadeia de valor. Criar produtos e serviços sustentáveis ou reformular linha existente para não agredir o meio ambiente. Achar novas maneiras de gerar e obter valor, mudando com isso a base de competição. Questionar, pela lente da sustentabilidade, lógica hoje reinante na atividade empresarial. Quadro baseado nos estudos de Ram Nidumolu , C.K. Prahalad e M.R. Rangaswami, consultado na revista Harvard Business Review – edição setembro de 2009, p. 27 a 34.
  13. 13. Competências necessárias Competências necessárias Competências necessárias Competências necessárias Competências necessárias -Capacidade de prever e influenciar regulamentação . - Capacidade de trabalhar com outras empresas, incluindo rivais, para implementar soluções criativas. -Domínio de técnicas como gestão de carbono e avaliação do ciclo de vida. -Capacidade de reformular operações para usar menos energia e água, poluir menos e gerar menos detritos. - Capacidade de garantir que fornecedores e varejistas também se tornem ecologicamente corretos. -Capacidade de entender que produtos ou serviços mais agridem o meio ambiente. -Capacidade de conquistar o apoio do público real com produtos sustentáveis. - Know-how gerencial para aumentar a escala do suprimento de matéria-prima verde e da manufatura de produtos. -Capacidade de entender o que o consumidor quer e achar maneiras distintas de satisfazer essas necessidades. - Capacidade de entender como um parceiro pode aumentar o valor do produto ou serviço. -Capacidade de entender como recursos renováveis e não renováveis afetam ecossistemas de negócios e setores. - Tarimba para sintetizar modelos de negócios, tecnologias e regulamentação em distintos setores.
  14. 14. Oportunidades de Inovação Oportunidades de Inovação Oportunidades de Inovação Oportunidades de Inovação Oportunidades de Inovação - Usar capacidade de convencimento para levar empresa e parceiras a provar tecnologias, materiais e processos sustentáveis. -Desenvolver fontes sustentáveis de matéria-prima e componentes. -Aumentar o uso de fontes de energia limpa como solar e eólica. - Achar usos inovadores para produtos descartados. -Usar técnicas como a da biomimética no desenvolvimento de produtos. - Criar embalagens compactas e ambientalmente corretas. -Criar novas tecnologias de fornecimento para mudar consideravelment e relações de cadeia de valor. -Criar modelos de monetização fundados em serviços, não em produtos. - Criar modelos de negócios que combinem infraestruturas digitais e físicas. - Criar plataformas de negócios que permitam a clientes e fornecedores gerenciar energia de modo radicalmente distinto. - Criar produtos que nãoutilizem água em categorias onde seu emprego é normal, como em produtos de limpeza. - Inventar tecnologias que permitam a indústrias usar energia gerada como subproduto.
  15. 15. Sustentabilidade pessoal 4 pilares estratégicos: • Corpo físico • Desenvolvimento pessoal • Desenvolvimento socioambiental • Interações pessoais 3 movimentos que sustentam a vida • Horizontal: eu com o mundo • Vertical: eu comigo mesmo • Essencial : eu com minha essência
  16. 16. “Todo o viver humano consiste na convivência em conversações e redes de conversações, que resultam do entrelaçamento entre o linguagear e o emocionar, no qual acontecem todas as atividades humanas.” (MATURANA, 2001)
  17. 17. Conexão emocional com o futuro
  18. 18.  http://www.atitudessustentaveis.com.br/sustentabilidade/sustentabilidade/, acesso em 06-10-09  http://www.catalisa.org.br/site/index.php?option=com_content&view=article&id=30&Itemid=59, acesso em 30-09-09  http://portalmoveleiro.com.br/noticia.php?cdNoticia=18137, acesso em: 06-10-09.  http://mercadoetico.terra.com.br/arquivo/indices-socioambientais-ganham-importancia-para- acionistas-e-empresas/  http://www.fatorambiental.com.br/portal/index.php/2009/05/27/sustentabilidade-ganha-mais- visibilidade/  Fonte: Harvard Business Review, setembro 2009.

×