Your SlideShare is downloading. ×
Capacitacao Primeiros Socorros
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Capacitacao Primeiros Socorros

7,030

Published on

Published in: Technology
1 Comment
2 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total Views
7,030
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
6
Actions
Shares
0
Downloads
90
Comments
1
Likes
2
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. PROJETO EDUCANDO PARA UM TRÂNSITO EDUCADO Pelo fim dos atropelamentos de nossos alunos! Que haja uma mudança cultural e um entendimento de que a consciência social é o caminho que promove mudanças através da educação! Prof. Mauro de Oliveira Organizador
  • 2. PROJETO EDUCANDO PARA UM TRÂNSITO EDUCADO Módulo Primeiros Socorros! Prof. Mauro de Oliveira Organizador
  • 3. Primeiros Socorros! Objetivo Geral Dar suporte básico para a vida evitando maiores danos e protegendo a vítima até a chegada de um profissional especializado.
  • 4. Primeiros Socorros! Objetivos específicos:  Treinar os alunos a prevenir acidentes e prestar cuidados de emergência;  Tornar os alunos aptos a se protegerem fazendo uso de barreiras;  Desenvolver um ambiente de aprendizagem em emergências médicas de baixíssimo stress e repleto de atividades práticas.
  • 5. Primeiros Socorros! Regras de transito  A cada dia que passa as leis de transito estão sendo mais rígidas, pois como sabemos o índice de mortalidade de pessoas é muito grande. Assim para evitar que isso não aconteça, novos procedimentos estão sendo tomados.  Todo mundo sabe quais são as regras, mas a maioria deles, insiste em violar...  Uma das leis que já esta em rigor e que em 2009 pode diminuir o número de acidentes de transito é a lei “Seca”...
  • 6. Primeiros Socorros! Primeiros socorros no trânsito  Por mais que não queremos que acidentes aconteçam perto da gente, muitas vezes é inevitável. Porém não podemos ficar só olhando enquanto poderíamos estar fazendo alguma coisa, o aconselhável aos acidentes de transito é manter a vitima imóvel para que as pessoas especializadas saibam como cuidar dos mesmos....
  • 7. Primeiros Socorros! Características de quem vai prestar socorro a alguém  Ter conhecimentos básicos sobre primeiros socorros;  Ter iniciativa, autocontrole, calma, autoconfiança, senso de observação: se você estiver nervoso ou inseguro, dificilmente conseguirá prestar o socorro adequadamente;  Ter habilidade manual em grande parte das situações, você terá que improvisar, então ajuda ser habilidoso;
  • 8. Primeiros Socorros! Características de quem vai prestar socorro a alguém  Saber o que deve ser feito, como fazê-lo e principalmente o que não deve ser feito: também será discutido aqui, pois muitas vezes na ânsia de ajudar, acaba-se aumentando a lesão e os danos ao acidentado;  Conhecer as próprias limitações e fazer prevalecer o bom senso: se você é do tipo que não pode ver sangue ou alguém machucado/desmaiado, nem chegue perto do acidente! Você verá aqui que há muitas formas de ajudar sem precisar se envolver com a vítima.
  • 9. Primeiros Socorros! Tenha sempre em mente: • Inspire Confiança - ao abordar a vítima, fale sempre com segurança, observando seu estado de consciência; • Não faça nada mais do que o rigorosamente o essencial para controlar a situação até a chegada do socorro qualificado; • Se a vítima estiver consciente, perguntar seguidamente: NOME, DIA, ENDEREÇO, etc.; • Caso comece a trocar idéias ou não se lembrar, observar e removê-la o mais rápido possível para socorro especializado; • Caso a vítima tenha sede, não oferecer líquidos para beber, apenas molhe a boca com gaze úmida. Nunca dê bebida alcoólica.
  • 10. Primeiros Socorros! Seja qual for o tipo de acidente, você deve:  Evitar o pânico: É normal que as pessoas se desesperarem ao ver um acidente ou algo sair do controle. Isso acontece devido ao medo e à nossa sensação de impotência. Você deve se manter tranqüilo e dizer às pessoas que está tudo bem. Sua própria postura vai tranqüilizar a maior parte delas.  Examine o local do acidente: para identificar quantas são e onde estão às vítimas. A importância desse procedimento é evidente, pois algumas vidas podem estar em grave risco. Identifique a possibilidade de perigos iminentes. Após o acidente, a vítima pode às vezes ser encontrada em local de perigo, como próxima de cabos eletrificados, de vazamento de produtos químicos, etc. Nesses casos, é preciso afastar o perigo de um novo acidente imediatamente.
  • 11. Primeiros Socorros! ... ao assumir a situação você deve:  Obter a colaboração de outras pessoas: Isso é fundamental, pois sozinhos não conseguimos fazer quase nada. No meio dos ‘curiosos’ sempre haverá gente disposta a ajudar, então diga em voz alta: “Preciso de ajuda aqui!” ou “Quem pode me ajudar?” Caso ninguém se ofereça, chame mesmo: “hei você, você e você! Venham me ajudar aqui”  Deixe-se liderar por quem tiver maior conhecimento e experiência. Quem for escolhido para liderar solicita a ajuda dos demais, com calma e firmeza, e demonstra rapidamente a cada um o que deve ser feito.  Dar ordens claras e objetivas: Lembre-se, essa é uma situação de stress. Vai haver barulho, pessoas chorando, confusão. É importante que você seja objetivo e impositivo: faça isso aqui! Faça isso ali!
  • 12. Primeiros Socorros! ... ao assumir a situação você deve:  Solicitar ajuda qualificada: Se possível chame o serviço de ambulância. Se estiverem em local de difícil acesso ou não houver ambulância, entre em contato com o serviço de bombeiros (193) ou SAMU da região (192) e combinem um local para a remoção da vítima.  Quanto antes for acionado o socorro especializado, antes serão atendidas as vítimas. Deve-se fornecer ao serviço de emergência o maior número possível de informações que possam facilitar o acesso às vítimas. Informações, tais como, o local exato e o tipo de acidente, uma descrição das vitimas (idade, sexo), se há vítimas inconscientes, qual a gravidade dos ferimentos das vítimas mais atingidas.
  • 13. Primeiros Socorros! ... ao assumir a situação você deve:  Manter curiosos afastados: Peça para quem estiver te ajudando afastar todo mundo. Você precisará de espaço e tranqüilidade para trabalhar, a vítima precisa de ar e principalmente, preservar ao máximo o corpo da vítima de situações constrangedoras! Quanto menos gente olhando, melhor!  Isolar, sinalizar e proteger o local: Às vezes, preocupado em socorrer logo a vítima, o socorrista se esquece de preservar a segurança externa do local. Analise a situação: se você estiver num local de risco (deslizamento, tombamento, incêndio, etc.) a vítima terá que ser removida (utilizando a técnica correta, e não de ‘qualquer jeito’). Se estiver na estrada, muita atenção à sinalização... já há uma vida em risco, então NÃO COLOQUE A SUA TAMBÉM.
  • 14. Primeiros Socorros! ... ao assumir a situação você deve:  Até o socorro chegar ao local do acidente, o socorrista deve ter como prioridade o suporte básico de vida (garantia de manutenção da respiração e circulação da vítima). Em outras palavras o socorrista deve manter a vítima respirando e com o coração proporcionando o bombeamento do sangue para os diversos sistemas do corpo humano.  Nada de heroísmo: Essas dicas de primeiros socorros são desenvolvidas para a realidade do local da ocorrência que antecede a entrega da vítima no ambiente hospitalar. Contudo, é bom lembrar que o socorrista não é herói, deve ter bom senso e não ultrapassar os seus limites técnicos e físicos.

×