Revolução Francesa
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Like this? Share it with your network

Share

Revolução Francesa

  • 2,764 views
Uploaded on

 

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
No Downloads

Views

Total Views
2,764
On Slideshare
2,764
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
71
Comments
0
Likes
2

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. REVOLUÇÃO FRANCESA
  • 2. A FRANÇA ANTES DA REVOLUÇÃO: O Absolutismo Monárquico (Antigo Regime)  Derrota na Guerra dos sete anos  Participação na Colônias Inglesas  Crise Independência financeira  Reforma tributária (1787) das
  • 3. ESTADOS-GERAIS E O COMEÇO DA REVOLUÇÃO Primeiro Estado: Clero (1%)  Segundo Estado: Nobreza (2%)  Terceiro Estado: Burguesia, trabalhadores urbanos, servos (97%)  Louis Charles-Auguste Couder, 1839.
  • 4. ASSEMBLEIA NACIONAL CONSTITUINTE (1789 - 1791) O povo vai às ruas  Apoio popular à Burguesia  Fim dos privilégios feudais: caça, isenção de impostos, monopólio dos cargos públicos.  Abolição da corveia  Ocorria uma divisão espacial dos estados na Assembleia.
  • 5. QUEDA DA BASTILHA (14 DE JULHO DE 1789)  Revolta ou Revolução? O Grande Medo: Levante popular contra o Absolutismo
  • 6. DECLARAÇÃO DOS DIREITOS DO HOMEM E DO CIDADÃO (26 DE AGOSTO DE 1789)  Liberdade pessoal, de pensamento, expressão e credo.  Protesto de Mulheres: Uma economia moral  Adesões Populares: Homens em marcha  O Rei Luís XVI reconhece a Declaração
  • 7. UMA CONSTITUIÇÃO PARA A FRANÇA (1791)  Igualdade perante a lei  Voto censitário (cidadãos ativos e passivos)  Governo Parlamentar  Liberdade econômica  Fim do dízimo obrigatório  Confisco das terras da Igreja
  • 8. BURGUESES NO CONTROLE (CONVENÇÃO NACIONAL) Girondinos Alta Burguesia Jacobinos Pequena e média Burguesia Defendiam posições moderadas Apoiavam mudanças radicais na política e na economia
  • 9. O TERROR JACOBINO Em Defesa da França: Guerra contra a Prússia e a Áustria(1792)  Marselhesa: A população armada  Abolição da Monarquia  Proclamação da República  Guilhotina  Máquina recomendada pelo médico Joseph Ignace Guillotin.
  • 10. SUJEITOS COLETIVOS DA REVOLUÇÃO Girondinos Jacobinos SansCulottes Camponeses Monarquia Constitucional, Liberdade econômica, Reforma Tributária e Política sem participação popular. Principal líder: Jacques Pierre Brissot República, Sufrágio masculino, Igualdade perante a lei, Fim dos privilégios da nobreza e do clero. Principal líder: Maximilien Robespierre Trabalhadores urbanos, pequenos comerciantes, Artesãos. Desejavam mudanças radicais na França: Liberdade, Igualdade, Fraternidade. Fim da servidão, Divisão das terras da Nobreza exilada.
  • 11. A REPÚBLICA FRANCESA: DISPUTAS 1. Convenção Girondina (1792-1793)  Guerra civil, crise econômica, bloqueio dos portos, avanço estrangeiro. 2. Convenção Jacobina (1793-1794)  Comitês de Salvação Pública  Tribunal Revolucionário  Nova Constituição (sufrágio masculino, calendário)  Controle dos preços  Aumento dos salários  Fim da escravidão nas colônias  Alistamento militar (18 a 25 anos)
  • 12. EXPLODE O RADICALISMO  Combate ao inimigo interno  Lei dos Suspeitos  Prisão e morte de Robespierre (1794) Maximilien Robespierre, líder Jacobino da Revolução Francesa
  • 13. GIRONDINOS DE VOLTA AO PODER Fim do controle dos preços  Desarmamento dos sans-culottes  Volta do voto censitário  Criação do Diretório  Conspiração dos Iguais (Graco Babeuf)  Golpe de 18 Brumário (1799)  General Bonaparte assume o poder na França e inicia uma Ditadura.