InterCon 2010 - Transmídia, igreja e relacionamentos

1,055 views
1,014 views

Published on

Palestra do Ruy

Published in: Technology
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
1,055
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
49
Actions
Shares
0
Downloads
30
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

InterCon 2010 - Transmídia, igreja e relacionamentos

  1. 1. Não sou pastor! Não represento oficialmente nenhuma igreja Sou autodidata e apaixonado por estórias, especialmente narrativas bíblicas
  2. 2. QUAL A SUA HISTÓRIA? Transmídia, igreja e relacionamentos.
  3. 3. Rizoma (Deleuze e Guattari) Informação Rizômica Multiplas entradas e saídas não hierárquicas Dimensões, não unidades Desmontável - conectável - reversível - multiplicável Fluxo transmídia Combina múltiplas plataformas de mídia Cada mídia revela uma faceta única de um mesmo objeto
  4. 4. As tubulações estão prontas - no entanto Muitas conexões, mas poucos relacionamentos; A maior parte é transacional, não social. A seiva é a trama Como se conta uma estória?
  5. 5. Os gregos e a mímese Platão A verdade é externa Formas são perfeitas = Ser Imitação das formas são imperfeitas = Vir a ser Arte = imitação da imitação Aristóteles A verdade é interna Nossos anseios são perfeitos = Ser O mundo fora de nós é imperfeito = Vir a ser Arte = perfeição
  6. 6. A trama reflete nossos anseios Veracidade Universalidade Necessariedade (causa e efeito)
  7. 7. A vida do rei Édipo 1.Destino/identidade 2.Cumprimento 3.Praga e advertência 4.Peripécia e reconhecimento 5.Desfecho
  8. 8. Édipo Rei, por Sófocles 3.Praga e advertência 2.Cumprimento 4.Peripécia e reconhecimento 1.Destino/identidade 5.Desfecho Emoção estética - experiência emocional significativa
  9. 9. Tipologia Bíblica Arquétipos, eventos e símbolos Que se repetem em diferentes narrativas, que vão tendo o seu significado original aprofundado e ampliado.
  10. 10. Arquétipos de descendência Abraão Eu farei de ti um grande povo (...) Por ti serão benditos todos os clãs da terra. Gênesis 12,2-3 Sansão Tu és estéril e não tiveste filhos, mas conceberás e darás à luz um filho. (...) Ele começará a salvar a Israel das mãos dos filisteus. Juízes 13,3-5
  11. 11. Isaías Pois sabei que o Senhor mesmo vos dará um sinal: Eis que a jovem (almah) está grávida e dará à luz um filho. Isaías 7,14
  12. 12. Páscoa (Pesah) Rito O cordeiro será macho, sem defeito e de um ano.(...) A comunidade de Israel o imolará ao crepúsculo. Tomarão do seu sangue e pô-lo-ão sobre os dois marcos e a travessa da porta, (...) E naquela noite eu passarei pela terra do Egito e ferirei na terra do Egito todos os primogênitos. Êxodo 12,5-12 Libertação Levantai-vos e saí do meio do meu povo, vós e os israelitas: ide, servi a Iahweh, como tendes dito. Êxodo 12,31
  13. 13. Ampliação do significado da Páscoa Cordeiro Eis o cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo. João 1,29 Data Era o dia da preparação da Páscoa, perto da sexta hora. João 19,14
  14. 14. Sinais e símbolos Transformar água em vinho João 2 Sinal de Jonas Mateus 12,38-40; Jonas 2 Andar sobre as águas Mateus 14,22-33 Pescadores de homens Marcos 1,17
  15. 15. Narrativas bíblicas Fragmentação A narrativa é baseada em um ambiente complexo que sustenta vários personagens interligados e suas tramas. Múltiplos emissores e receptores. Esmaecimento dos limites entre autor e público. Indeterminação Conflitos não resolvidos e pistas não desenvolvidas. A trama não se fecha. Novas informações mudam o rumo da estória. Incentivo à elaboração mental dos elementos velados.
  16. 16. Interpretação Não existe interpretação definitiva ou final. Diferentes dimensões de envolvimento e conhecimento. A experiência é individual e personalizada, permitindo múltiplos pontos de vista. Dinâmica social O indivíduo não consegue dispor de todas as informações necessárias para a compreensão do universo bíblico. Produção e troca de conhecimento é um processo profundamente social. Estímulo para unir a sua história de vida à metanarrativa.
  17. 17. A igreja é um modelo de transmídia Fragmentação, indeterminação, interpretação e dinâmica social. Conduz as pessoas através de diferentes canais a uma experiência compartilhada, permite o desenvolvimento de comunidades e relacionamentos significativos. É baseada em uma narrativa forte. Que gera envolvimento e tem sobrevivido a múltiplas interferências e interpretações.
  18. 18. Narrativas transmídia Objetivos Envolver os membros da audiência individualmente; Validar o seu envolvimento; Reforçar positivamente a sua participação na narrativa; Criar um universo digno de devoção, acessível e interativo, que permita a imersão. Resultados Lealdade intensa; Comprometimento de longo prazo; Crescimento de uma comunidade relacionada; Desejo de compartilhar a experiência.
  19. 19. E o impasse na barbearia?
  20. 20. Transmídia, igreja e relacionamentos. @ruyreis ruy@tatarana.com.br www.novasemente.org

×