Leandro: Florianópolis - Gerando Soluções Tecnológicas Inovadoras para a Sociedade
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Leandro: Florianópolis - Gerando Soluções Tecnológicas Inovadoras para a Sociedade

on

  • 1,676 views

 

Statistics

Views

Total Views
1,676
Views on SlideShare
1,329
Embed Views
347

Actions

Likes
0
Downloads
20
Comments
0

6 Embeds 347

http://mj89sp3sau2k7lj1eg3k40hkeppguj6j-a-sites-opensocial.googleusercontent.com 221
http://igovsp.net 117
http://metanave.blogspot.com 4
http://www.slideshare.net 2
http://metanave.blogspot.com.br 2
http://www.metanave.blogspot.com.br 1

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Leandro: Florianópolis - Gerando Soluções Tecnológicas Inovadoras para a Sociedade Leandro: Florianópolis - Gerando Soluções Tecnológicas Inovadoras para a Sociedade Presentation Transcript

  • Florianópolis- Gerando Soluções Tecnológicas Inovadoras para a Sociedade Centro de Empreendedorismo Inovador Fundação CERTI São Paulo, 27 de Maio de 2011© COPYRIGHT 2010 - Fundação CERTI 1
  • 1. Florianópolis Uma Cidade Encantadora e Inovadora Uma Ilha que se transformou em uma referências em Turismo e Tecnologia© COPYRIGHT 2010 - Fundação CERTI 2
  • Florianópolis do Turismo Ponte Hercílio Luz© COPYRIGHT 2010 - Fundação CERTI 3
  • Florianópolis do Turismo© COPYRIGHT 2010 - Fundação CERTI 4
  • Florianópolis do Turismo© COPYRIGHT 2010 - Fundação CERTI 5
  • Uma das 10 Cidades Mais Dinâmicas 1. Las Vegas - EUA 2. Fukuoka – Japão 3. Munique – Alemanha 4. Londres – Inglaterra 5. Toulouse – França 6. Nanchang – China 7. Moscow – Russia 8. Ghaziabad, India 9. Goyang, South Korea 10. Florianópolis, Brazil O Segredo de Florianópolis foi banir a Indústria Pesada e incentivar a Indústria do Conhecimento e de Base Tecnológica© COPYRIGHT 2010 - Fundação CERTI 6
  • Florianópolis da Tecnologia • 550 Empresas de tecnologia • 9 Incubadoras de empresas, sendo o CELTA uma das maiores e mais rentável da América Latina • 3 Parques Tecnológicos, sendo o Sapiens Parque um dos maiores do Brasil. • Desde 2007 a atividade tecnológica em Florianópolis superou a de turismo, hoje representa 34% no PIB da Capital • Em 2010 já foram criadas mais de 65 empresas inovadoras • De 2000 a 2010, foram gerados 9 860 empregos no setor de tecnologia na cidade (RAIS/MTE) • Cada vez mais empresas de outras regiões buscam Florianópolis para implantar suas bases e aproveitar os seus talentos. Imersão© COPYRIGHT 2010 - Fundação CERTI 7
  • 2. A Estratégia A experiência de Florianópolis como mecanismo de transformação da Economia da Ilha da Santa Catarina© COPYRIGHT 2010 - Fundação CERTI 8
  • Políticas Públicas de C&T&I Política Pública Federal de I + C&T $ Política Pública Estadual $ de I + C&T Política Pública $ Municipal de I + C&T Empresa Inovadora “O futuro depende do comprometimento $ dos líderes do País com a inovação” (MEI – Movimento Empresarial para a Inovação da CNI) Inovação Produto/Processo© COPYRIGHT 2010 - Fundação CERTI 9
  • Políticas Públicas de C&T&I Resultados Retorno Baixa “Geração de Riquezas” Baixo Investimento Em C&T&I Tempo Investimentos Inovação Tecnologia Ciência© COPYRIGHT 2010 - Fundação CERTI 10
  • Políticas Públicas de C&T&I Resultados Retorno Baixo Investimento em Inovação = Retorno Incerto ? Tempo Investimentos Inovação Tecnologia Ciência© COPYRIGHT 2010 - Fundação CERTI 11
  • Políticas Públicas de C&T&IResultados Retorno Investimento Significativo Elevada em C&T&I ”Geração de Riquezas” Tempo Inovação Investimentos Tecnologia Ciência© COPYRIGHT 2010 - Fundação CERTI 12
  • Inovação para Sociedade Conhecimento Sociedade Centros de Instituto de Centro de Parque de Custer de Pólo de Conhecimento Tecnologia Inovação Inovação Inovação Inovação Projetos Estratégios Integrando Universidade x Governo x Empresa© COPYRIGHT 2010 - Fundação CERTI 13
  • 3. Os Atores e seus papéis Inovação é um processo cooperado, integrado e sistêmico.© COPYRIGHT 2010 - Fundação CERTI 14
  • Primeiro Ator:Governo Articulador Programa Catarinense de Mobilização em Prol da Inovação para Competitividade Ações: 1- Pró-Cultura da Inovação 2- NITs nas 8 Mesorregiões 3- Inovação na MPE 4- Agentes de Inovação 5- Gerentes de Inovação 6- Incubação de Empreendimentos Inovadores 7- Pós-Graduação na Inovação© COPYRIGHT 2010 - Fundação CERTI 15
  • Conscientização e Orientação dosEmpresários para serem inovadores Exposição de Entidades Executoras Almoço Painel Palestra Sobre de Gestão Cooperação Financiamento Motivadora Demandas idéias Quadro de Convidados Quadro de Participantes MESOREGIÃO Total de Total de Total de EMPRESAS INSTITUIÇÕES Gestores Empresas Instituições 135 67 Litoral Norte Catarinense 134 36 18 180 68 Sul Catarinense 107 37 18 130 40 Oeste Catarinense 54 16 19 154 30 Meio Oeste Catarinense 38 12 15 168 43 Alto Vale 71 29 19 141 26 Norte Catarinense 81 20 19 67 40 Serrana 106 34 30 252 49 Grande Florianópolis 50 13 9 1227 363 TOTAL GERAL 641 197 147© COPYRIGHT 2010 - Fundação CERTI 16
  • Segundo Ator - UniversidadesEmpreendedoras© COPYRIGHT 2010 - Fundação CERTI 17
  • Universidades Empreendedoras • Alta Qualificação técnica / científica em Florianópolis • 16 universidades sendo 5 atuando diretamente em tecnologia mais 20 programas focados em engenharia • UFSC é uma das 5 universidades Top em tecnologia e engenharia no Brasil • 2.000 Ph.D’s na UFSC sendo 1.000 em Engenharia / tecnologia / Ciência • 1.200 em alunos em graduação em engenharia na UFSC • 800 alunos graduados por ano em engenharia em Santa Catarina • 450 Tecnólogos por ano nas áreas de Tecnologia da informação e Comunicação© COPYRIGHT 2010 - Fundação CERTI 18
  • Preparação deProfissionais/Pesquisadores Exemplos de Apoio à Inovação pelo EMC/UFSC Programa: DECAM Empresas: ALTONA, EMBRACO, Programa: NEO METROPAR, MEGAFLEX,LABelectron, Empresas: WEG, EMBRACO, CERTI Irmãos Zen, SAMAE, CELESC e FURNAS Programa: Parcerias com Empresas Empresas: Embraco, Lupatech Programa: Mestrado Profissionalizante Empresas: WEG, Fiat, Brasquem© COPYRIGHT 2010 - Fundação CERTI 19
  • Pesquisa Avançada paraEmpresas Exemplos de Apoio à Inovação pelo EMC/UFSC Tema: Formação de Gelo em Perfis de de Aeronaves Tema: Lubrificação Sólida Usuários Potenciais: EMBRAER Usuários Potenciais: EMBRACO Tema: Usinagem de Ultraprecisão Tema : Metalurgia do Pó (injeção/ Usuários Potenciais: Rank-Zanini, compactação) Photonita e fabricantes de componentes Usuários Potenciais: EMBRACO, ópticos Lupatech© COPYRIGHT 2010 - Fundação CERTI 20
  • Parcerias de Longo Prazo Centro Tecnológico da UFSC com Empresas Catarinenses • Formação de RH • Pesquisa e desenvolvimento tecnológico • Serviços Tecnológicos • Desenvolvimento de produtos© COPYRIGHT 2010 - Fundação CERTI 21
  • Sinapse da Inovação Desenvolvimento e Qualificação de Novas Idéias© COPYRIGHT 2010 - Fundação CERTI 22
  • Processo Sinapse da Inovação Empresas Inovações - soluções Competitivas Idéia + Projeto + Empresa Conhecimento Potencial SINAPSE DA Empreendedor Nascente EBT de Sucesso Laboratório e INOVAÇÃO Grupos de P&D Pré-incubação Incubação Parques Tecnológicos Universidades e Institutos Incubadoras e Empresariais© COPYRIGHT 2010 - Fundação CERTI 23
  • Resultados Sinapse daInovação 4 Meses de Competição 1.632 Empreendedores (cientistas / pesquisadores) cadastrados 1.174 Idéias (surpreendendo o objetivo inicial de se obter 1.000), - 200 ideias foram selecionadas - 53 ideias foram desenvolvidas para a temática da TIC; - 37 para a temática Energia e Meio Ambiente; - 28 idéias para Eletro-Metal-Mecânico; - 17 para Biotecnologia e Nanotecnologia; - 16 para Tecnologia de Alimentos e Agronegócios; - 11 para Mídia e Design; - 8 para Plástico e Cerâmico; -7 para Químicos e Fármacos; - 6 na área Têxtil e de Móveis; - 17 caracterizados como Outros.. - 60 idéias receberam R$ 50 mil reais (U$ 30 mil) 5.557 visitantes cadastrados que podiam acompanhar e votar nas ídeias mais inovadoras, totalizando 9.432 votos. 57.481 Acessos únicos ao site.© COPYRIGHT 2010 - Fundação CERTI 24
  • Terceiro Ator: Centros deInovação Centro de Centro de Centro de Centro de Dispositivos Empreendedorismo Sistemas Produtivos Soluções de Mecaoptoeletrônicos Inovador Cooperativos Convergência Digital Centro de Centro de Incubadora Empreendedorismo Metrologia e CELTA Instrumentação© COPYRIGHT 2010 - Fundação CERTI 25
  • Centros de Inovação Centro de Inovação Incubadora de Empresas Universidade Centros de Pesquisa EBTs Parque Centros Tecnológicos Tecnológico Centros de Referência Parque de Inovação em Inovação Tecnológica MERCADO Regional, Nacional e Mundial© COPYRIGHT 2010 - Fundação CERTI 26
  • Conceito de Centro de Referênciaem Tecnologia Inovadora Exemplo: os CRITs da Fundação CERTI Centro de Referência em UNIVERSIDADE Inovação Tecnológica Empresas (Plataforma – Especialidade Grandes Tecnológica) • Instituição Privada (sfl) Centro • Gestores Empreendedores • Agilidade executiva Equipe Serviços de Depto. Própria Terceiros Empresas PROJETO Médias Lab. Curso Empresas Colaboradores Professores Pequenas Consultores Alunos Estagiários Pesquisadores© COPYRIGHT 2010 - Fundação CERTI 27
  • Exemplo de Produtos Inovadoresdesenvolvidos junto com Empresas© COPYRIGHT 2010 - Fundação CERTI 28
  • Quinto Ator: Habitats de Inovação A Incubadora de Empresas da Fundação CERTI (ref. 2008) Indicadores de Desempenho 38 empresas em incubação faturam 41 MR$/ano; 700 pessoas (75% nível superior) Prêmio ANPROTEC – Incubadora do Ano 4,5 MR$/ano de impostos pagos; em 1997 e em 2006 20 Empresas exportando; Parceiros: 51 empresas graduadas faturando 1Bi R$/ano; 93% - Taxa de Sobrevivência.© COPYRIGHT 2010 - Fundação CERTI 29
  • Gradientes do “produto”Incubadora 5 Orientação a Gestão da Inovação Orientação ao Desenvolvimento 4 Agregação de Valor Empresarial 3 Serviço de Suporte Tecnológico Serviços de Suporte Operacional 2 1 Espaço Privilegiado© COPYRIGHT 2010 - Fundação CERTI 30
  • Processo de Incubação Matéria Prima A Incubadora Resultado EBT (Graduada) Consolidada e CompetitivaPlanos de NegóciosEmpreendedores© COPYRIGHT 2010 - Fundação CERTI 31
  • Parque Tecnológico Alfa Status e Desempenho 2008: • Empresas de Base Tecnológica: 67 • Empresas de Serviços: 12 • Faturamento Global: 200 MR$/ano • Postos de Trabalho: cerca de 3.000 dos quais 75% de nível superior Empreendimentos do Parque A Incubadora da Tecnológico Fundação CERTI ALFA© COPYRIGHT 2010 - Fundação CERTI 32
  • Sapiens Parque • Conceito original de Parque de Inovação para promoção do Desenvolvimento Sustentável Econômico, Social e Ambiental integrado; • Ambiente com 4,5 milhões de m2 para abrigar empreendimentos e projetos inovadores nos setores de tecnologia, turismo, serviços e meio ambiente; • Foco no Ser Humano & Conhecimento & Sustentabilidade & Inovação.© COPYRIGHT 2010 - Fundação CERTI 33
  • Localização do Sapiens Parque:Norte da Ilha de Santa Catarina© COPYRIGHT 2010 - Fundação CERTI 34
  • Empreendimentos deInteração e Convívio© COPYRIGHT 2010 - Fundação CERTI 35
  • Uma Rede Integrada para Promoção da Inovação EI I PI T I I E EI I PI I I PI EI T T EI I EI PI I I T EI EI PIT Parque de Inovação Tecnológica PI EI Escritório de Promoção da Inovação I T I Incubadoras© COPYRIGHT 2010 - Fundação CERTI 36
  • Cluster de Inovação Cluster de Inovação como propulsor da “Consolidação de Parque Tecnológico”© COPYRIGHT 2010 - Fundação CERTI 37
  • Sexto Ator: Empresas Inovadoras A Incubadora de Empresas da Fundação CERTI Exemplos PRODUTOS/EMPRESAS Bafômetros Controladores Registrador multifunção Sistema Endovascular- Corte e Gravação à Software de Endoprótese Laser Engenharia© COPYRIGHT 2010 - Fundação CERTI 38
  • But the Orcar Goes to....© COPYRIGHT 2010 - Fundação CERTI 39
  • O Agente de Inovação • Conceitos Fundamentais de C&T&I • Políticas Públicas de C&T&I • Marco Legal da Inovação • Fontes de Financiamento à C&T&I • Planejamento e Gestão da Inovação • Elaboração, Acompanhamento e Avaliação de Projetos • Mecanismos e Ambientes de Inovação • Desenvolvimento Empresarial Pessoa que tenha as competências (conhecimento, habilidades e atitudes) para apoiar o processo de inovação integrando (convencendo) todos os atores.© COPYRIGHT 2010 - Fundação CERTI 40
  • Elementos-chave noProcesso de Inovação© COPYRIGHT 2010 - Fundação CERTI 41
  • Muito Obrigado© COPYRIGHT 2010 - Fundação CERTI 42