Your SlideShare is downloading. ×
0
AULA classificação facetada
AULA classificação facetada
AULA classificação facetada
AULA classificação facetada
AULA classificação facetada
AULA classificação facetada
AULA classificação facetada
AULA classificação facetada
AULA classificação facetada
AULA classificação facetada
AULA classificação facetada
AULA classificação facetada
AULA classificação facetada
AULA classificação facetada
AULA classificação facetada
AULA classificação facetada
AULA classificação facetada
AULA classificação facetada
AULA classificação facetada
AULA classificação facetada
AULA classificação facetada
AULA classificação facetada
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

AULA classificação facetada

3,312

Published on

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
3,312
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
57
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Classificação facetada Aula 3 Linguagens documentárias II Marilda L. G . de Lara 200 7
  • 2. Classificação <ul><li>reunião de elementos por semelhança </li></ul><ul><li>Classificar </li></ul><ul><li>- reunir por semelhança </li></ul><ul><ul><ul><ul><li>agrupamento de entidades por características sucessivas </li></ul></ul></ul></ul><ul><li>- separar diferenças </li></ul><ul><li>Representação gráfica  árvore  classificação aristotélica </li></ul><ul><ul><ul><li>nós  características para agrupamento </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Privilégio das relações gênero/espécie </li></ul></ul></ul></ul>
  • 3. Regras básicas de classificação <ul><li> Cada característica de divisão dá origem a pelo menos 2 classes </li></ul><ul><li> Classes mutuamente exclusivas – uso de apenas um princípio de divisão </li></ul>
  • 4. Tipos de classificação <ul><li>Classificação taxionômica </li></ul><ul><li>- objetivo: identificar as entidades (tipos ‘naturais’) </li></ul><ul><ul><li> uma única hierarquia </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Relação principal: gênero/espécie </li></ul></ul></ul><ul><li>Classificação documentária </li></ul><ul><ul><li>objetivo: classificar o que se escreve sobre os objetos </li></ul></ul><ul><ul><li> várias hierarquias  facetas </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Vários tipos de relação entre os termos das hierarquias e entre as hierarquias </li></ul></ul></ul>
  • 5. Exemplo de classificação taxionômica <ul><li>Classificação de mamíferos / Hábitos de alimentação </li></ul><ul><ul><li>carnívoros </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>dedos unidos </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>pequenos aurículos auditivos – leões marinhos </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>sem aurículos auditivos </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><ul><li>pés de corça dianteiros – morsa </li></ul></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><ul><li>sem pés - foca </li></ul></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>dedos separados </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>pés com apenas 4 dedos - gato </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>pés dom 5 dedos – urso </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>four functional - cão </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><li>herbívoros </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>com chifres (cornos) </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>chifres com galhos – cervídeos </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>chifres sem galhos </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><ul><li>chifres peludos – girafa </li></ul></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><ul><li>chifres sem pelo – gado </li></ul></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>sem chifres (cornos) </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>dedo simples – cavalo </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>eventoed </li></ul></ul></ul><ul><li>- quatro dedos – porco </li></ul><ul><li>- dois dedos – camelo </li></ul>
  • 6. Objetivos e aplicações da classificação facetada <ul><li>Objetivos: </li></ul><ul><li>Contemplar a complexidade dos assuntos </li></ul><ul><li>Contemplar pontos de vista específicos de cada unidade de informação </li></ul><ul><li>Conferir flexibilidade às combinações entre termos </li></ul><ul><li>Aplicações: </li></ul><ul><li>Década de 50 – classificações especializadas </li></ul><ul><li>- Década de 70-80 – tesauros facetados </li></ul><ul><li>Atualmente: uso dos princípios de organização por facetas em diversos universos </li></ul>
  • 7. Organização em categorias e facetas <ul><li>Categoria: conceito de alta generalização </li></ul><ul><li>Faceta: manifestação das categorias nos domínios focalizados </li></ul>
  • 8. Classificação facetada <ul><li>Princípios: </li></ul><ul><ul><li>Agrupamento de termos em domínios homogêneos (seleção de um domínio) </li></ul></ul><ul><ul><li>Divisão dos termos em categorias, grupos ou facetas </li></ul></ul><ul><ul><li>Classificação hierárquica dos termos no interior das facetas </li></ul></ul><ul><ul><li>Sintaxe para combinação </li></ul></ul>
  • 9. Identificação das áreas ou domínios <ul><li>Classificação tradicional – classes principais => disciplinas convencionais </li></ul><ul><li>Classificação facetada - limita-se, geralmente, a um domínio sob determinados aspectos </li></ul><ul><li>- facetas específicas </li></ul><ul><ul><ul><ul><li>(Aeronáutica: aeronave, suas partes, comportamento aerodinâmico etc.) </li></ul></ul></ul></ul><ul><li>- facetas subsidiárias </li></ul><ul><ul><ul><ul><li>(matérias para a estruturar da aeronave, instrumentos matemáticos auxiliares) </li></ul></ul></ul></ul><ul><li>- faceta principal ou secundária – depende dos objetivos da classificação </li></ul><ul><li> impossibilidade de uma única classificação geral </li></ul>
  • 10. Classificações facetadas <ul><li>Origem: princípios de classificação de Ranganathan </li></ul><ul><li>Primeiras aplicações: classificações especializadas feitas pelos integrantes do Classification Research Group – CRG </li></ul><ul><li>- Classificação em Ciência do Solo (Vickery) </li></ul><ul><li>- Aeronáutica (Farradane e Vickery) </li></ul><ul><li>- Astronomia (Vickery) </li></ul><ul><li>- Classificação de embalagens (Foskett) </li></ul><ul><li>- Biblioteconomia e Ciência da Informação (LISA) </li></ul><ul><li>- Classificação para a Higiene e Segurança do Trabalho (CII Securité et d'Hygiène du Travail de Génève) </li></ul><ul><li>- Tecnologia de Diamantes ( Farradane) </li></ul><ul><li>- Classificaçåo de Música (Coates) </li></ul><ul><li>- Classificaçåo das Ciências Sociais (Barbara Kyle, UNESCO) </li></ul>
  • 11. Classificação do Solo Vickery <ul><li>TIPOS DE SOLO </li></ul><ul><li>ESTRUTURA </li></ul><ul><li>CONSTITUINTES (químicos e biológicos) </li></ul><ul><li>PROPRIEDADES (físicas, fisico-químicas, biológicas) </li></ul><ul><li>PROCESSOS NO SOLO (formação, troca de íons, erosão </li></ul><ul><li>OPERAÇÕES NO SOLO (drenagem, cultivo, melhoria) </li></ul><ul><li>TÉCNICAS DE LABORATÓRIO </li></ul><ul><li>1 GERAL </li></ul>
  • 12. Astronomia <ul><li>Corpos celestiais (estrela, cometa, planeta) </li></ul><ul><li>Suas partes (eixos, cauda, superfície) </li></ul><ul><li>Sistemas de corpos (galáxia, constelação) </li></ul><ul><li>Propriedades dos corpos (tamanho, temperatura) </li></ul><ul><li>Movimento dos corpos (órbita, rotação) </li></ul><ul><li>Relações ente os corpos (paralaxe, eclipse) </li></ul><ul><li>Interações entre os corpos (perturbação, captura) </li></ul><ul><li>Operações (observação espectroscópica) </li></ul><ul><li>Ferramentas (telescópio) </li></ul>
  • 13. Desenho de um esquema facetado <ul><li>1. Delimitação da área </li></ul><ul><li>- especificação das entidades ou coisas </li></ul><ul><li>2. Coleta de termos  fontes de referência; especialistas </li></ul><ul><li>3. Agrupamento de termos em categorias provisórias  garantia literária </li></ul><ul><li>4. Agrupamento de termos em facetas e subfacetas </li></ul><ul><li>- critérios </li></ul><ul><li>5. Ordenação dentro da categoria (ordem de citação) </li></ul><ul><li>6. Codificação (hoje não é essencial) </li></ul><ul><li>7. Índice (ou formas de acesso) </li></ul>
  • 14. 1. Delimitação da área <ul><li>Objetivos do sistema  amplitude </li></ul><ul><li>Ex.: Atividades de uma empresa; Culinária ; Biblioteconomia; Tecnologia alimentar </li></ul><ul><ul><li>Ex.: Tecnologia alimentar – Legumes </li></ul></ul><ul><ul><li>Tecnologia alimentar – Doces </li></ul></ul><ul><li>Relações pertinentes – variam conforme o domínio </li></ul><ul><li>Ex.: propriedades, procedimentos, operações, comportamento, atividades </li></ul><ul><li>Amplitude (domínios homogêneos) </li></ul><ul><li>Domínio nuclear, domínios periféricos </li></ul>
  • 15. 2. Coleta de termos <ul><li>Atividade interdisciplinar </li></ul><ul><li>Especialistas, documentalistas, terminólogos </li></ul><ul><li>Base para a coleta e organização : literatura do domínio </li></ul><ul><ul><li>Manuais, glossários, apresentações sistêmicas, obras da área </li></ul></ul><ul><li> Hoje: Trabalho terminológico  dupla função: </li></ul><ul><li>- coleta de termos e delimitação do domínio (nuclear e periférico ou marginal) </li></ul><ul><li>- seleção das categorias mais adequadas </li></ul><ul><li>- Coleta: </li></ul><ul><li>- seleção de fontes </li></ul><ul><li>- registro em fichas de coleta terminológica </li></ul><ul><li>- cotejamento de fichas </li></ul><ul><li>- elaboração de ficha-síntese com definição </li></ul><ul><li>- Identificação das relações entre os termos </li></ul>
  • 16. 3. Agrupamento de termos em categorias provisórias <ul><li>Distribuição dos termos nas categorias genéricas com base na garantia literária (ou no trabalho terminológico) </li></ul>
  • 17. 4. Ordenação dos termos no interior das facetas – critérios gerais <ul><li>Agrupamento dos termos em uma única árvore ou em mais de uma árvore (facetas e subfacetas) </li></ul><ul><li>Aplicação de características de divisão (aspectos, atributos) </li></ul><ul><ul><ul><li>Formação de cadeias e de séries </li></ul></ul></ul><ul><li>Obs.: evitar localização múltipla </li></ul>
  • 18. Ordenação dentro das hierarquias <ul><li>Embora hoje o critério seja funcional, é bom conhecer as várias propostas de ordenação encontradas na literatura: </li></ul><ul><li>Proposta geral de Vickery </li></ul><ul><li>- Encadeamento hierárquico: </li></ul><ul><ul><ul><li>maior extensão  maior intensão </li></ul></ul></ul><ul><li>Classes mutuamente exclusivas: </li></ul><ul><ul><li>uma característica de divisão a cada vez </li></ul></ul><ul><li>- Cada série forma uma classe de termos coordenados </li></ul>
  • 19. Proposta de seqüência útil: Richardson <ul><li>a) Lógica – do mais complexo ao mais simples </li></ul><ul><li>b) Geométrica – segundo a posição das coisas no espaço </li></ul><ul><li>c) Cronológica – segundo a posição no tempo </li></ul><ul><li>d) Genética – segundo a semelhança de origem </li></ul><ul><li>e) Histórica – combinação de características precedentes </li></ul><ul><li>f) Evolucionária – do simples ao complexo </li></ul><ul><li>g) Dinâmica – ordem de força </li></ul><ul><li>h) Alfabética </li></ul><ul><li>i) Matemática – ordem de notação </li></ul>
  • 20. Proposta de Ranganathan <ul><li>  ordem canônica </li></ul><ul><li>- Geométrica </li></ul><ul><li>- Cronológica </li></ul><ul><li>- Evolucionária </li></ul><ul><li>- Matemática </li></ul><ul><li> outros </li></ul><ul><li>- Extensão decrescente </li></ul><ul><li>- Concretividade crescente </li></ul>
  • 21. Ordem de citação <ul><li>Vickery (Ciências do Solo): </li></ul><ul><li>a) coisa-parte-constituinte-propriedade; ou </li></ul><ul><li>b) coisa-processo; ou </li></ul><ul><li>c) coisa-operação-agente, conforme o caso </li></ul><ul><li>Ranganathan (CC) </li></ul><ul><li>PMEST </li></ul><ul><li>Hoje: </li></ul><ul><li>- Automação atenua os problemas da combinação prévia </li></ul>
  • 22. Exemplos <ul><li>http://www. cnae .ibge.gov. br / </li></ul><ul><li>http://www40.statcan.ca/z01/cs0002_e.htm </li></ul><ul><li>http://ww5.williams-sonoma.com/ </li></ul>

×