Your SlideShare is downloading. ×
Presentation of a Responsibility Report
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Saving this for later?

Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime - even offline.

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Presentation of a Responsibility Report

1,103
views

Published on

João José Fernandes (OIKOS - Cooperação e Desenvolvimento, Lisbon) …

João José Fernandes (OIKOS - Cooperação e Desenvolvimento, Lisbon)
Series of Internacional Conferences
Civil Society Organizations
Transparency and Responsibility
2nd Conference "Ethics, Transparency and Responsability"
Held at the Goeth Institut Lissabon
Organized by Humaneasy Consulting and Friedrich Ebert Stiftung Portugal
More at http://www.humaneasy.com/conf/

Published in: Business, Economy & Finance

1 Comment
4 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total Views
1,103
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
1
Likes
4
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. oikos Relatório de responsabilidade gestão da mudança responsabilidade perante os stakeholders João José Fernandes director geral executivo Lisboa, 05 Maio 2009 jjfernandes@oikos.pt oikos – relatório de responsabilidade e gestão da mudança | Lisboa | 05 .Maio 2009 | João José Fernandes jjfernandes@oikos.pt
  • 2. oikos desafio de profissionalização de uma ONG gestão da mudança responsabilidade perante os stakeholders índice 1 desafios, oportunidades e riscos 2 oikos, quem somos 3 gestão da mudança 4 relatório de responsabilidade oikos - ano zero 5 linha-base de performance oikos 6 exemplo prático - família oikos 7 arquitectura de informação 8 conclusão oikos – relatório de responsabilidade e gestão da mudança | Lisboa | 05 .Maio 2009 | João José Fernandes jjfernandes@oikos.pt
  • 3. 1 desafios dimensão ética responsabilidades globais | ODM má governação | corrupção | APD dimensão institucional sociedade relacional | mundialização just in time, just in place dimensão económica globalização | TIC reorganização cadeias produtivas | acesso aos mercados dimensão ecológica gestão recursos naturais | consequências intergeracionais alterações climáticas dimensão social e cultural diversidade | 4º mundo inclusão | insegurança e coesão social oikos – relatório de responsabilidade e gestão da mudança | Lisboa | 05 .Maio 2009 | João José Fernandes jjfernandes@oikos.pt
  • 4. legitimidade governação participativa | detenção dos valores éticos desafios às ONGD → códigos de conduta, envolvimento e satisfação dos stakeholders estratégica | “ad hoc” prestação contas relatórios TBL segmentados por stakeholders, accountability financiamento investimento | “culpa” gestão de risco face a resultados estatuto insiders | “outsiders” melhorar o sistema por dentro soluções | problemas foco participação activa no redesenho do sistema visão 3D | visão 1D visão complexidade de intervenção multidimensional profissionalização | voluntariado militante factor humano captação e retenção de talentos, competitividade mercado trabalho oikos – relatório de responsabilidade e gestão da mudança | Lisboa | 05 .Maio 2009 | João José Fernandes jjfernandes@oikos.pt
  • 5. 2 oikos, quem somos somos cidadãos solidários com consciência clara do papel da cidadania global para a promoção da equidade na erradicação da pobreza extrema e na redução das assimetrias económicas e do conhecimento através da nossa acção, com os diferentes actores sociais, partilhamos esforços e responsabilidades e facilitamos soluções para garantir que todas as pessoas exerçam o direito a uma vida digna 139 colaboradores 101 voluntários regulares e 549 voluntários pontuais Portugal, Bolívia, Peru, Guatemala, Honduras, Nicarágua, Cuba, El Salvador, Angola, Moçambique e Indonésia 25 organizações locais que reúnem uma força de trabalho superior a 15 mil pessoas oikos – relatório de responsabilidade e gestão da mudança | Lisboa | 05 .Maio 2009 | João José Fernandes jjfernandes@oikos.pt
  • 6. 3 gestão da mudança • planificação estratégica do envolvimento global dos colaboradores e dos stakeholders vitais; • diagnóstico “realista” e “frio” das conjunturas; desenho e aprovação do modelo de governance oikos; • • definição e aprovação da estratégia global; • planificação “pragmática” do processo de mudança: • identidade e comunicação são ferramentas do processo de governance; • desenho e planificação da implementação do sistema integrado de gestão oikos - sigo:Q’08; • requalificação sistemática do factor humano da oikos. oikos – relatório de responsabilidade e gestão da mudança | Lisboa | 05 .Maio 2009 | João José Fernandes jjfernandes@oikos.pt
  • 7. ✔ desafios globais ✔ desafios às ONGD reposicionamento estratégico→ ✔ análise SWOT - oikos ✔ visão, missão, ambição e valores oikos ✔ revisão código conduta ética oikos ✔ princípios desenvolvimento actividade - PDA oikos política de fundraising ético - oikos política de gestão da informação - oikos política de parcerias - oikos política de fornecimento responsável - oikos política de gestão de recursos humanos - oikos ✔ temáticas centrais de impacto - oikos ✔ política oikos competências estratégicas reestruturação organizacional ✔ Balance scorecard - oikos oikos – relatório de responsabilidade e gestão da mudança | Lisboa | 05 .Maio 2009 | João José Fernandes jjfernandes@oikos.pt
  • 8. Objectivo: (Re)criar a II. redefinição dos princípios estratégicos - visão, missão e ambição identidade “oikos”, como “Facilitador de Soluções” visão um mundo sem pobreza e injustiça onde o desenvolvimento humano seja equitativo e sustentável à escala local e global. missão erradicar a pobreza e reduzir as assimetrias económicas e de conhecimento, através do envolvimento e corresponsabilização dos actores sociais e no desenvolvimento de soluções sustentáveis, para que todas as pessoas exerçam o direito a uma vida digna. ambição ser reconhecida como uma organização internacional líder no desenvolvimento de soluções sustentáveis para a erradicação da pobreza. oikos – relatório de responsabilidade e gestão da mudança | Lisboa | 05 .Maio 2009 | João José Fernandes jjfernandes@oikos.pt
  • 9. análise SWOT oikos → oikos – relatório de responsabilidade e gestão da mudança | Lisboa | 05 .Maio 2009 | João José Fernandes jjfernandes@oikos.pt
  • 10. análise SWOT oikos → oikos – relatório de responsabilidade e gestão da mudança | Lisboa | 05 .Maio 2009 | João José Fernandes jjfernandes@oikos.pt
  • 11. política oikos → organigrama funcional → envolvimento dos stakeholders → modelo das cinco etapas de envolvimento dos stakeholders “manual para a prática de relações com os grupos de interesse – das palavras à acção, o compromisso com os stakeholders – AccountAbility, United Nations Environment Programme, Stakeholders Research Associates Canada Inc.” oikos – relatório de responsabilidade e gestão da mudança | Lisboa | 05 .Maio 2009 | João José Fernandes jjfernandes@oikos.pt
  • 12. oikos – relatório de responsabilidade e gestão da mudança | Lisboa | 05 .Maio 2009 | João José Fernandes jjfernandes@oikos.pt
  • 13. III. reposicionamento estratégico – Assinaturas Temáticas oikos – relatório de responsabilidade e gestão da mudança | Lisboa | 05 .Maio 2009 | João José Fernandes jjfernandes@oikos.pt
  • 14. Competências crítica de sucesso → gestão de conhecimento partilhado; • • sistema transversal de aprendizagem; atracção e retenção de talentos (colaboradores e voluntários); • gestão da rede de parcerias; • cultura de inovação e melhoria contínua; gestão transversal de fundraising; • • gestão transversal da comunicação; cultura de reporte e accountability, integrando a dimensão • financeira, ética, social e ambiental. oikos – relatório de responsabilidade e gestão da mudança | Lisboa | 05 .Maio 2009 | João José Fernandes jjfernandes@oikos.pt
  • 15. Perspectiva do Impacto Social Envolvimento, Participação, Empowerment e Satisfação dos Beneficiários Direito à vida e à segurança | Direito aos serviços sociais básicos | Direito a meios de vida sustentáveis | Direito à identidade própria | Direito à participação Resultados Áreas de Acção Humanitária Vida Sustentável Bem Comum Educação C. Global Influência Pública Intervenção Perspectiva da Base Social Envolver e Alargar Fidelizar Alargar e Fidelizar Cidadãos Solidários Redes Solidárias Doadores Perspectiva dos Captar Novos Captar Novos Financiadores Financiadores Privados Financiadores Inst. Fidelizar Financiadores Inst. Perspectiva Aumentar a Financeira Autonomia Financeira Melhorar a Eficiência Financeira Eficiência Optimização dos Fundraising Custos de Estrutura Perspectiva Gestão Transversal Envolvimento e Satisfação Melhoria de Soluções e Parcerias Interna De Fundraising dos Stakeholders Desenvolvimento de “Novas Soluções” S. Privado Potenciar uma Redes Cultura de Reporte estratégicas Parcerias Código Ético accountability S. Público Gestão Transversal Conduta Parcerias Comunicação Melhoria 3º Sector Continua Certificação de Implementar um Gestão da rede Reforçar a Análise e Qualidade IS0 9000 Sistema Integrado de parcerias Liderança Oportunidade I&D SA 8000 Gestão Inovação e melhoria Parcerias Governação e Liderança Gestão Estratégica Perspectiva da Criar a Cultura de Preparar o Captar e Reter Aprendizagem e “Facilitador Soluções” crescimento Talentos Crescimento Criar um Sistema Transversal Criar um sistema de Avaliação Envolver, capacitar e qualificar de Aprendizagem de Competências e Desempenho Colaboradores e Voluntários Criar um Sistema de Criar um Sistema de Gestão do Gestão da Informação Potenciar a Conhecimento Cultura e Identidade OIKOS oikos – relatório de responsabilidade e gestão da mudança | Lisboa | 05 .Maio 2009 | João José Fernandes jjfernandes@oikos.pt
  • 16. VII. Gestão da qualidade oikos – relatório de responsabilidade e gestão da mudança | Lisboa | 05 .Maio 2009 | João José Fernandes jjfernandes@oikos.pt
  • 17. 4 relatório de responsabilidade oikos - ano zero legitimidade social licença para operar avaliação e o reporte da actividade desenvolvida perante os stakeholders identificados processo de governação transparente procedimentos de prestação de contas e accountability objectivo específico estruturar o processo de profissionalização da organização, através da definição e reporte de uma linha-base de performance oikos, segundo os pilares de sustentabilidade: governance, cadeia de valor responsável, responsabilidade ambiental e responsabilidade social. resultados esperados ▸ processo interno de aprendizagem e melhoria contínua ▸ criação de valor partilhado com os stakeholders identificados ▸ reposicionamento estratégico, liderança social, reputação institucional ▸ modelo de fortalecimento e profissionalização do terceiro sector oikos – relatório de responsabilidade e gestão da mudança | Lisboa | 05 .Maio 2009 | João José Fernandes jjfernandes@oikos.pt
  • 18. ▸ relatório e contas 2006 da oikos - verificado e auditado por: verificação de contas → Ana Isabel Calado da Silva Pinto ROC. no 1103 Rua Fernando Lopes Graça, 18 A – 1600-067 Lisboa Telefone +351 21 754 0300 · fax +351 21 754 0298 anacalado.pinto@netcabo.pt ▸ relatório de sustentabilidade / responsabilidade oikos - ano zero verificação externa do relatório → verificado e auditado segundo as directrizes da GRI de 2006 (G3), pela entidade independente: SGS ICS – Serviços Internacionais de Certificação, Lda. Pólo Tecnológico de Lisboa, Lote 6, Pisos 0 e 1 – 1600-546 Lisboa telefone: +351 21 710 4200 · fax: +351 21 715 7520 www.pt.sgs.com auto-declaração → oikos – relatório de responsabilidade e gestão da mudança | Lisboa | 05 .Maio 2009 | João José Fernandes jjfernandes@oikos.pt
  • 19. fundraising subsídios à exploração 2004, 2005, 2006 → responsabilidade e proveniência dos proveitos - 2006 → financiamento público financiamento privado → oikos – relatório de responsabilidade e gestão da mudança | Lisboa | 05 .Maio 2009 | João José Fernandes jjfernandes@oikos.pt
  • 20. total de custos e perdas 2004, 2005, 2006 → aplicação recursos por país 2006 → aplicação recursos por área de intervenção → aplicação dos recursos acção humanitária 21,14% Europa 6,24% vida sustentável 56,14% África 33,44% cidadania Global América Latina 37,45% 6,24% Ásia 6,40% estrutura e angariação de fundos 13,14% oikos – relatório de responsabilidade e gestão da mudança | Lisboa | 05 .Maio 2009 | João José Fernandes jjfernandes@oikos.pt
  • 21. 5 Linha base de performance oikos lógica de intervenção estruturada para a promoção dos direitos económicos, ambientais, sociais e culturais DEASC actuação em continuum definição da linha-base de performance oikos 22 projectos total do valor financeiro contratado € 12.489.514,51 oikos – relatório de responsabilidade e gestão da mudança | Lisboa | 05 .Maio 2009 | João José Fernandes jjfernandes@oikos.pt
  • 22. linha-base de performance oikos→ oikos – relatório de responsabilidade e gestão da mudança | Lisboa | 05 .Maio 2009 | João José Fernandes jjfernandes@oikos.pt
  • 23. execução financeira → peso financeiro recursos humanos locais → peso financeiro recursos humanos expatriados → avaliação dos resultados atingidos ponderados pelo valor executado → oikos – relatório de responsabilidade e gestão da mudança | Lisboa | 05 .Maio 2009 | João José Fernandes jjfernandes@oikos.pt
  • 24. nº médio anual de beneficiários / dia → avaliação dos resultados atingidos ponderados pelo nº beneficiários / dia atingidos→ custo médio de beneficiário / dia em acção humanitária→ oikos – relatório de responsabilidade e gestão da mudança | Lisboa | 05 .Maio 2009 | João José Fernandes jjfernandes@oikos.pt
  • 25. execução financeira → peso financeiro recursos humanos locais → peso financeiro recursos humanos expatriados → avaliação dos resultados atingidos ponderados pelo valor executado → oikos – relatório de responsabilidade e gestão da mudança | Lisboa | 05 .Maio 2009 | João José Fernandes jjfernandes@oikos.pt
  • 26. nº médio anual de beneficiários / dia → avaliação dos resultados atingidos ponderados pelo nº beneficiários / dia atingidos→ custo médio de beneficiário / dia em acção humanitária→ oikos – relatório de responsabilidade e gestão da mudança | Lisboa | 05 .Maio 2009 | João José Fernandes jjfernandes@oikos.pt
  • 27. 6 exemplo prático - família oikos 93 € permitem obter os recursos necessários para a redução da vulnerabilidade e capacitação de uma família durante um ano oikos – relatório de responsabilidade e gestão da mudança | Lisboa | 05 .Maio 2009 | João José Fernandes jjfernandes@oikos.pt
  • 28. 7Onde estamos? – Arquitectura SI oikos – relatório de responsabilidade e gestão da mudança | Lisboa | 05 .Maio 2009 | João José Fernandes jjfernandes@oikos.pt
  • 29. 8 conclusão onde está hoje a “razão de ser ONGD”? na “atitude” de “militância” das causas? no foco da “luta” dos actores? fortalecimento dos actores sociais através de tecnologias sociais partilhadas onde está o “real valor de ser ONGD”? não chega ser não basta parecer assumimos o risco de inovar e apresentar o primeiro relatório de sustentabilidade de uma ONGD, disponibilizando a todos e, em especial, às organizações do terceiro sector, o conhecimento construído e o modelo de reporte obtido temos de demonstrar e são as partes interessadas que o validam oikos – relatório de responsabilidade e gestão da mudança | Lisboa | 05 .Maio 2009 | João José Fernandes jjfernandes@oikos.pt
  • 30. muito obrigado João José Fernandes director geral executivo jjfernandes@oikos.pt Lisboa, Maio de 2009 oikos – relatório de responsabilidade e gestão da mudança | Lisboa | 05 .Maio 2009 | João José Fernandes jjfernandes@oikos.pt