Portfólio formação Massagem Terapêutica e Desportiva

15,219 views
14,721 views

Published on

Portfólio de Formação - Massagem Terapêutica e Desportiva

Formador - Hugo Pedrosa

Published in: Education

Portfólio formação Massagem Terapêutica e Desportiva

  1. 1. Portfólio de formação Massagem Terapêutica e Desportiva halexandre29@hotmail.com Próxima formação: Previsão: Lisboa, 26 de Abril de 2010 (segundas das 19h às 23h) Duração – 100 horas de formação CEFAD - Escola certificada pela DGERT Contactos: 213 616 169
  2. 2. Conteúdos programáticos em resumo: O documento não pretende abordar todos os temas propostos ao longo da formação, mas aqueles que considero mais importantes para avaliar a proficiência dos formados no final do curso.
  3. 3. Massagem Terapêutica e Desportiva Conteúdos programáticos em resumo: Optimização das técnicas base de massagem Exemplo: Amassamento Hugo Pedrosa 2009
  4. 4. Massagem Terapêutica e Desportiva Conteúdos programáticos em resumo: Introdução de novas formas de manipulação dos tecidos moles Exemplo: Técnicas avançadas de fricção / libertação Hugo Pedrosa 2009
  5. 5. Massagem Terapêutica e Desportiva Conteúdos programáticos em resumo: Introdução de novas formas de manipulação dos tecidos moles Exemplo: Técnicas activas-assistidas Hugo Pedrosa 2009
  6. 6. Massagem Terapêutica e Desportiva Conteúdos programáticos em resumo: Sequência da reacção dos tecidos moles à tensão: Quando o sistema musculoesquelético é colocado em esforço excessivo, sucedem-se diversos eventos fisiológicos que podem ser resumidos da seguinte forma: - Tónus elevado; - Retenção dos detritos metabólicos; - Falta de oxigenação; - Edema; -… -… -… Hugo Pedrosa 2009
  7. 7. Massagem Terapêutica e Desportiva Conteúdos programáticos em resumo: Processo de cicatrização: - Fases e enquadramento da massagem; - Caracterização; - Estratégias terapêuticas adequadas; Hugo Pedrosa 2009
  8. 8. Massagem Terapêutica e Desportiva Conteúdos programáticos em resumo: Que formas de manipulação teremos de conjugar, para a concretização dos nossos objectivos: 1 Técnicas base de massagem 2 Técnicas miofasciais 3 Técnicas neuromusculares 4 Técnicas de facilitação linfática Hugo Pedrosa 2009
  9. 9. Massagem Terapêutica e Desportiva Conteúdos programáticos em resumo: 2 Técnicas miofasciais Hugo Pedrosa 2009
  10. 10. Massagem Terapêutica e Desportiva Conteúdos programáticos em resumo: 3 Técnicas neuromusculares Pontos-gatilho (trigger –points) Hugo Pedrosa 2009
  11. 11. Massagem Terapêutica e Desportiva Conteúdos programáticos em resumo: 4 Técnicas de facilitação linfática Qual a sua potencial importância na fase aguda de uma lesão? Hugo Pedrosa 2009
  12. 12. Massagem Terapêutica e Desportiva Conteúdos programáticos em resumo: Alertam-se os formandos para as condições de risco associadas à realização de manobras de massagem: Exemplo: Artrite reumatóide Livro de apoio: Patologias – indicações para massoterapeutas Hugo Pedrosa 2009
  13. 13. Massagem Terapêutica e Desportiva Conteúdos programáticos em resumo: Fricção transversa profunda (FTP) Potenciam-se competências técnicas e teóricas nesta modalidade terapêutica, que assume extrema importância ao longo do processo de cicatrização. Hugo Pedrosa 2009
  14. 14. Massagem Terapêutica e Desportiva Conteúdos programáticos em resumo: Lesões (exemplo: ruptura muscular) Definem-se as principais lesões segmentares. Distinguem-se as lesões musculares traumáticas e funcionais. Enumeram-se as lesões articulares, ligamentares e tendinosas. Causas, sintomas, sinais, locais e tratamento recomendado. Hugo Pedrosa 2009
  15. 15. Massagem Terapêutica e Desportiva Conteúdos programáticos em resumo: Outras modalidades terapêuticas estudadas: Crioterapia Estuda-se em rigor uma das formas de aplicação de frio mais comum: massagem com gelo Discutem-se indicações e contra-indicações, timings, duração e formas de aplicação. Hugo Pedrosa 2009
  16. 16. Massagem Terapêutica e Desportiva Conteúdos programáticos em resumo: Outras modalidades terapêuticas estudadas: Termoterapia Estuda-se em rigor uma das formas de aplicação de calor mais comuns: hydrocollator Discutem-se indicações e contra-indicações, timings, duração e formas de aplicação. Hugo Pedrosa 2009
  17. 17. Massagem Terapêutica e Desportiva Conteúdos programáticos em resumo: Ligaduras funcionais A Ligadura Funcional apoia e protege de forma selectiva, estruturas funcionais, lesionadas ou submetidas a esforços específicos limitando ou controlando gestos susceptíveis de originar ou agravar uma lesão. A definição mostra a importância desta modalidade terapêutica ao longo do processo de reabilitação de uma lesão. Hugo Pedrosa 2009
  18. 18. Massagem Terapêutica e Desportiva Conteúdos programáticos em resumo: Electroterapia A electroterapia nas suas diversas modalidades é largamente utilizada no tratamento de várias lesões. Nos últimos anos houve uma grande evolução no conhecimento dos efeitos fisiológicos dos agentes físicos nos tecidos. Hugo Pedrosa 2009
  19. 19. Massagem Terapêutica e Desportiva Conteúdos programáticos em resumo: Massagem Desportiva Definição. Que categorias existem. Como estruturar a massagem? Que variáveis condicionam a aplicação de determinadas técnicas? Quais os mitos associados? Hugo Pedrosa 2009
  20. 20. Massagem Terapêutica e Desportiva Conteúdos programáticos em resumo: Caracterizam-se as categorias de Massagem Desportiva: Massagem de Evento Massagem de Manutenção Massagem de Reabilitação Hugo Pedrosa 2009
  21. 21. Massagem Terapêutica e Desportiva Conteúdos programáticos em resumo: Avaliação da formação Ao longo do curso são aferidas as competências dos formandos em todas as matérias propostas, através de múltiplas ferramentas pedagógicas: - Actividades e fichas de trabalho ; - Avaliação modular teórica e prática; - Trabalhos individuais e de grupo; Hugo Pedrosa 2009
  22. 22. Massagem Terapêutica e Desportiva …deixo-vos com a leitura de um texto que considero ser de grande pertinência. A superfície táctil da pele é a interface não apenas entre o corpo e o mundo externo, mas também entre os processos intelectuais da mente e a nossa existência física. Através dela podemos induzir alterações incríveis no paciente, graças à plasticidade surpreendente do sistema nervoso central e do cérebro. Do ponto de vista embrionário, a pele e o sistema nervoso são formados a partir da ectoderme. Se analisarmos a conexão entre mente e o corpo, poderemos perguntar se a pele é a superfície externa do cérebro, ou se o cérebro é a camada mais profunda da pele. Hugo Pedrosa 2009
  23. 23. Peça informações se pretende realizar formação nesta ferramenta única para angariação de clientes… … esgotado mas não para todos! halexandre29@hotmail.com

×