Your SlideShare is downloading. ×

Organizacao Corpo Humano 1

34,936
views

Published on

Posição anatómica descritiva e relação entre planos e eixos corporais. …

Posição anatómica descritiva e relação entre planos e eixos corporais.

Documento de apoio aos cursos base de massagem (módulo de anatomia)


2 Comments
20 Likes
Statistics
Notes
  • professora do ensino primario
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
  • ALIVIE SUAS DORES
    http://www.slideshare.net/AdriBernardes/massoterapia-alivie-suas-dores

    Adriano Bernardes
    Contate-me: adribernardes@gmail.com
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
No Downloads
Views
Total Views
34,936
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
2
Likes
20
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Organização do corpo humano Hugo Pedrosa
  • 2. Posição anatómica descritiva
    • É a posição assumida quando a pessoa
    • está erecta, virada para a frente, com os membros
    • superiores pendentes ao lado do corpo, as palmas
    • das mãos viradas para a frente e os dedos e polegares
    • em extensão.
    • Esta posição é utilizada como posição de referência
    • para identificar e relacionar as estruturas do corpo
    • humano.
    Hugo Pedrosa
  • 3. vista lateral Anterior – significa mais afastado para a frente Posterior – Significa mais afastado para trás Sinónimos Anterior / ventral Posterior / dorsal O esterno é anterior à coluna vertebral; de forma inversa, a coluna vertebral é posterior ao esterno. A rótula é anterior ao fémur; de forma inversa o fémur é posterior à rótula. Termos posicionais Hugo Pedrosa
  • 4. Medial – significa mais perto de uma linha imaginária que divide o corpo em metades esquerda e direita. Lateral – significa mais longe de uma linha imaginária que divide o corpo em metades esquerda e direita. Sinónimos Medial / interno Lateral / externo O esterno é medial ao úmero; de forma inversa, o úmero é lateral ao esterno. O quinto dedo (mínimo) é medial ao polegar; de forma inversa, o polegar é lateral ao quinto dedo (mínimo). Termos posicionais vista anterior Hugo Pedrosa
  • 5. Superior – significa por cima. Inferior – significa por baixo Termos normalmente utilizados para o esqueleto apendicular - Superior / proximal - Inferior/ distal A cabeça é superior ao tronco. O umbigo é inferior ao esterno. O braço é proximal ao antebraço. A perna é distal à coxa. Termos posicionais vista anterior Hugo Pedrosa
  • 6. Superficial – significa mais perto da superfície do corpo. Profundo – Significa mais longe da superfície do corpo. Estes dois termos podem ser aplicados a todo o corpo, axial e apendicular. O músculo grande recto do abdómen é superficial aos intestinos. O músculo bícipete braquial é superficial ao úmero; inversamente, o úmero é profundo em relação ao músculo bícipete braquial. Termos posicionais vista anterior Hugo Pedrosa
  • 7. Termos direccionais de localização, relativamente à posição anatómica. Hugo Pedrosa
  • 8. - Como sabemos, o espaço é tridimensional. Para “mapear” o espaço, necessitamos de descrever estas três dimensões do espaço.
    • Definimos cada uma destas dimensões com um plano; como existem três dimensões,
    • existem três (quatro) planos.
    1 - Sagital 2 - Frontal 3 - Transverso 4 - Oblíquo Planos anatómicos Hugo Pedrosa
  • 9. Uma parte do corpo pode mover-se de uma posição anterior para uma posterior (ou de posterior para anterior). Esta direcção descreve o Plano Sagital . Planos anatómicos Hugo Pedrosa
  • 10. Uma parte do corpo pode mover-se da esquerda para a direita (ou da direita para a esquerda); isto também pode ser descrito como uma direcção de movimento medial para lateral. Esta direcção descreve o Plano frontal . Planos anatómicos Hugo Pedrosa
  • 11. Uma parte do corpo pode permanecer no lugar e virar interna ou externamente (isto é, rodar). Esta direcção descreve o Plano transverso . Planos anatómicos Hugo Pedrosa
  • 12. Qualquer plano que não seja exclusivamente sagital, frontal ou transversal (ou seja, que tem componentes de dois ou três dos planos cardinais) é denominado Plano oblíquo . Planos anatómicos Hugo Pedrosa
  • 13. Movimento / planos Flexão / extensão Plano sagital. Hugo Pedrosa
  • 14. Movimento / planos Abdução / adução Plano frontal. Hugo Pedrosa
  • 15. Movimento / planos Rotação interna / externa Plano transverso. Hugo Pedrosa
  • 16. Movimento / planos Flexão / adução Plano oblíquo Hugo Pedrosa
  • 17. Eixo corporal - Um eixo é uma linha imaginária à volta da qual ocorre o movimento. - O movimento à volta do eixo é denominado movimento axial.
    • Uma parte do corpo move-se à volta de um eixo de modo circular.
    • Por este motivo, um movimento que acontece à volta de um eixo é
    • também denominado movimento circular.
    Relação de perpendicularidade entre eixos e planos corporais. A – Eixo médio-lateral B – Eixo antero-posterior C – Eixo vertical D – Eixo oblíquo Hugo Pedrosa
  • 18. - É uma linha que corre da direcção anterior para a posterior (ou o contrário).
    • Os movimentos efectuados neste eixo
    • ocorrem no plano frontal.
    • Este eixo também é conhecido como
    • eixo antero-posterior , porque corre
    • Horizontalmente e está localizado num plano
    • sagital.
    Eixo sagital Hugo Pedrosa
  • 19.
    • É uma linha que corre da direcção medial
    • para a lateral (ou seja da direita para a
    • esquerda).
    • Os movimentos efectuados neste eixo
    • ocorrem no plano sagital.
    • O eixo médio-lateral também é conhecido
    • como eixo frontal-horizontal, porque corre
    • horizontalmente e é localizado num plano
    • frontal.
    Eixo transverso Hugo Pedrosa
  • 20.
    • É uma linha que corre da direcção superior
    • para a inferior.
    • Os movimentos efectuados neste eixo
    • ocorrem no plano transverso.
    Eixo vertical Hugo Pedrosa
  • 21. Analogia visual “pino da ventoinha” Quando sopramos uma ventoinha, o seu pino roda num plano; o pino é o eixo à volta do qual a ventoinha roda. Orientando o movimento da ventoinha em qualquer um dos três planos cardinais a orientação do pino irá definir o eixo do movimento desse plano. Hugo Pedrosa
  • 22. Hugo Pedrosa Aprender é como remar contra a corrente, é só parar e anda-se para trás... [email_address] ver também http://www.slideshare.net/hugopedrosa31/artrologia-presentation