Your SlideShare is downloading. ×
0
[IFMG][ENGENHARIA DE SOFTWARE] - SCRUM
[IFMG][ENGENHARIA DE SOFTWARE] - SCRUM
[IFMG][ENGENHARIA DE SOFTWARE] - SCRUM
[IFMG][ENGENHARIA DE SOFTWARE] - SCRUM
[IFMG][ENGENHARIA DE SOFTWARE] - SCRUM
[IFMG][ENGENHARIA DE SOFTWARE] - SCRUM
[IFMG][ENGENHARIA DE SOFTWARE] - SCRUM
[IFMG][ENGENHARIA DE SOFTWARE] - SCRUM
[IFMG][ENGENHARIA DE SOFTWARE] - SCRUM
[IFMG][ENGENHARIA DE SOFTWARE] - SCRUM
[IFMG][ENGENHARIA DE SOFTWARE] - SCRUM
[IFMG][ENGENHARIA DE SOFTWARE] - SCRUM
[IFMG][ENGENHARIA DE SOFTWARE] - SCRUM
[IFMG][ENGENHARIA DE SOFTWARE] - SCRUM
[IFMG][ENGENHARIA DE SOFTWARE] - SCRUM
[IFMG][ENGENHARIA DE SOFTWARE] - SCRUM
[IFMG][ENGENHARIA DE SOFTWARE] - SCRUM
[IFMG][ENGENHARIA DE SOFTWARE] - SCRUM
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

[IFMG][ENGENHARIA DE SOFTWARE] - SCRUM

200

Published on

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
200
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
8
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Engenharia de Software Herbert Rausch Fernandes
  • 2. Scrum • Não é uma metodologia que fará você desenvolver produtos melhores; • Não te dá as respostas e não é uma bala de prata; • Scrum é simplesmente um framework; • É uma ferramenta que você pode utilizar para descobrir o que você precisa fazer para construir softwares com qualidade e com um melhor retorno do investimento;
  • 3. Scrum • O nome é derivado de uma atividade que acontece em um jogo de Rugby • É um framework de processo dentro do qual podem ser empregados processos e técnicas variadas • É possível adicionar papeis, artefatos, atividades e “cerimônias” de acordo com a sua necessidade • Scrum pode ser aplicado em qualquer contexto no qual um grupo de pessoas trabalhe junto para atingir algum objetivo
  • 4. Características • As equipes se auto-organizam para maximizar a comunicação e diminuir a supervisão; • O produto evolui em uma série de “sprints”; • Os requisitos (funcionalidades) são listados em um “product backlog” • Scrum é um processo essencialmente gerencial
  • 5. Scrum
  • 6. Artefatos Product Backlog • Uma lista ordenada de tudo o que é necessário no produto; • Idealmente, cada item deve ter seu peso (prioridade) de acordo com a vontade do cliente • É replanejado (repriorizado) no início de cada Sprint
  • 7. Artefatos Product Backlog • O Product Owner é responsável pela priorização e por ter certeza que os requisitos estão bem formatados; • É regularmente atualizado pelo Product Owner para refletir as mudanças e necessidades do cliente, mudanças estratégicas ou tecnológicas, ideias novas, mudanças em geral;
  • 8. Artefatos
  • 9. Artefatos Sprint Backlog • Uma lista de tarefas a ser completada dentro de uma Sprint • Os itens são derivados a partir do Product Backlog • São considerados – A prioridade que o cliente deu aos itens – O tempo e esforço estimados pela equipe para completar os vários itens
  • 10. Artefatos
  • 11. Artefatos
  • 12. Papéis Product Owner • Define as funcionalidades do produto • Decide as datas de lançamento e conteúdo • Prioriza as funcionalidades de acordo com o valor • Aceita ou rejeita os resultados dos trabalhos
  • 13. Papéis Scrum Master • Responsável pela aplicação dos valores e práticas Scrum • Remover barreiras entre o desenvolvimento e o cliente; • Garante a produtividade do time; • Blindar o time contra interferências externas;
  • 14. Papéis Scrum Master • Garantir que o time não assuma mais coisas do que eles conseguem em uma sprint; • Melhorar o dia-a-dia dos membros do time;
  • 15. Papéis Scrum Master Obstáculos a serem removidos “O meu ___ quebrou e eu preciso de um novo” “Eu preciso para debugar um problema no ___” “Eu preciso de ajuda para aprender ___” “O cliente ___ não teve tempo de se reunir conosco no planejamento e por isto estou parado” – “O presidente da empresa pediu para eu resolver um problema para ele em outro projeto, por um dia ou dois…” – – – –
  • 16. Papéis Team • Tipicamente entre 5 e 9 pessoas • Multi-funcional • Dedicação integral (com exceções) • Auto-organizável (sem títulos) • Trocas só na mudança de Sprints
  • 17. Eventos Planejamento da Sprint • Selecionam-se itens do Product Backlog, e as tarefas são identificadas e estimadas – De forma colaborativa, não apenas feito pelo Scrum Master – Duas etapas: 1. 2. O que será feito? Como será feito? Reuniões Diárias (Daily Scrums) • Apenas os membros da equipe (Team Development), todos os dias, em pé, durante 15 minutos : – O que eu fiz? – O que vou fazer? – Quais são meus obstáculos?
  • 18. Eventos Revisão do Sprint • Apresentação dos resultados obtidos (incremento do produto potencialmente utilizável e funcional) • Uma demonstração (ocorre navegação do sistema) • Todo o time participa (time, scrum master e PO) • Evento informal Retrospectiva da Sprint • Ocorre após a revisão da sprint e antes da próxima reunião de planejamento • Inspeciona como foi a última Sprint em termos de: – Pessoas e Relações – Processos e Ferramentas • Enquanto a revisão da sprint analisa o produto, a retrospectiva analisa o processo

×