Your SlideShare is downloading. ×
0
InterAct 2010 - Acessibilidade e Inovação
InterAct 2010 - Acessibilidade e Inovação
InterAct 2010 - Acessibilidade e Inovação
InterAct 2010 - Acessibilidade e Inovação
InterAct 2010 - Acessibilidade e Inovação
InterAct 2010 - Acessibilidade e Inovação
InterAct 2010 - Acessibilidade e Inovação
InterAct 2010 - Acessibilidade e Inovação
InterAct 2010 - Acessibilidade e Inovação
InterAct 2010 - Acessibilidade e Inovação
InterAct 2010 - Acessibilidade e Inovação
InterAct 2010 - Acessibilidade e Inovação
InterAct 2010 - Acessibilidade e Inovação
InterAct 2010 - Acessibilidade e Inovação
InterAct 2010 - Acessibilidade e Inovação
InterAct 2010 - Acessibilidade e Inovação
InterAct 2010 - Acessibilidade e Inovação
InterAct 2010 - Acessibilidade e Inovação
InterAct 2010 - Acessibilidade e Inovação
InterAct 2010 - Acessibilidade e Inovação
InterAct 2010 - Acessibilidade e Inovação
InterAct 2010 - Acessibilidade e Inovação
InterAct 2010 - Acessibilidade e Inovação
InterAct 2010 - Acessibilidade e Inovação
InterAct 2010 - Acessibilidade e Inovação
InterAct 2010 - Acessibilidade e Inovação
InterAct 2010 - Acessibilidade e Inovação
InterAct 2010 - Acessibilidade e Inovação
InterAct 2010 - Acessibilidade e Inovação
InterAct 2010 - Acessibilidade e Inovação
InterAct 2010 - Acessibilidade e Inovação
InterAct 2010 - Acessibilidade e Inovação
InterAct 2010 - Acessibilidade e Inovação
InterAct 2010 - Acessibilidade e Inovação
InterAct 2010 - Acessibilidade e Inovação
InterAct 2010 - Acessibilidade e Inovação
InterAct 2010 - Acessibilidade e Inovação
InterAct 2010 - Acessibilidade e Inovação
InterAct 2010 - Acessibilidade e Inovação
InterAct 2010 - Acessibilidade e Inovação
InterAct 2010 - Acessibilidade e Inovação
InterAct 2010 - Acessibilidade e Inovação
InterAct 2010 - Acessibilidade e Inovação
InterAct 2010 - Acessibilidade e Inovação
InterAct 2010 - Acessibilidade e Inovação
InterAct 2010 - Acessibilidade e Inovação
InterAct 2010 - Acessibilidade e Inovação
InterAct 2010 - Acessibilidade e Inovação
InterAct 2010 - Acessibilidade e Inovação
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

InterAct 2010 - Acessibilidade e Inovação

1,374

Published on

0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
1,374
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
32
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide
  • Five groups of people for whom Web accessibility can be challenging: People with disabilities, challenged associated with aging, reading languages that don’t work well on the Web, with low literacy, and/or with little experience with technology. Text in graphic for languages says: “ This article contains Ethiopic text . Without proper rendering support , you may see question marks, boxes, or other symbols instead of Ethiopic characters.” – from Wikipedia.
  • É garantir que a informação esteja disponível e acessível a qualquer hora, local, ambiente, dispositivo de acesso e por qualquer tipo de visitante/usuário, independente de sua capacidade motora, visual, auditiva, mental, computacional, cultural ou social.
  • Transcript

    1. Acessibilid ade e inovação Horácio Soares horacio.soares@acessodigital.net 55 (21) 9925-5404 @ horaciosoares Julho 2010
    2. O que é acessibilidade na Web?
    3. Acessi bilidade para quem?
    4. Todos nós...
    5. Quem m ais sofre com a falta de acessib ilidade?
    6. The Web is not fully accessible to perhaps 2 billion, including people with … Copyright © 2009. World Wide Web Foundation. All rights reserved Disabilities Low literacy Literate in poorly-supported languages Little experience with technology Challenges due to aging Five groups of people for whom Web accessibility can be challenging:
    7. Mas o que todos os clientes/usuários buscam?
    8. Felicidade…
    9. O que as empresas buscam
    10. Aumentar a satisfação dos usuários para obter mais lucro
    11. Mas como
    12. Com qualidade...
    13. Acertando o tiro certo no alvo certo
    14. Saber responder a pergunta: Para onde vamos? http://voluntariadomococa.files.wordpress.com/2009/09/tarifas-taxi.jpg
    15. Na busca de soluções para os problemas, o que maioria faz?
    16. Copia e cola quase tudo...
    17. Código de barras
    18.  
    19. CAPTCHA c a P T c H a Imagem: http://www.slideshare.net/jared_w_smith/web-accessibility-gone-wild-now-even-more-wilder
    20. Captcha (solução inacessível e insegura) ( http://www.webvisum.com/en/main/download )
    21. Menu DropDown
    22.  
    23. Usamos o flash como se todos tivessem acesso a ele...
    24.  
    25. Clique aqui!
    26. “ Clique aqui”, “Saiba mais”, “veja Mais”… 41.700.000 respostas para “ clique aqui ” no Google.
    27. Site da Itautec http://www.itautec.com.br (acesso em setembro 2009)
    28. Mas por que? Porque não temos tempo, porque somos reativos e dá muito trabalho…
    29. Divida o quadrado em 4 partes iguais !!! Dinâmica Livro: O Tiro e o Alvo
    30. Os participantes do teste, em sua maioria, vão chegar facilmente às 4 respostas seguintes: Dinâmica Do livro “O Tiro e o Alvo” Na Livraria da Travessa - http://migre.me/105T7 Editora http://www.caispharoux.com.br/
    31. A partir destas, passam a ter dificuldades para encontrar outras formas de dividir o quadrado. Alguns chegam a afirmar não haver mais soluções possíveis e desistem. Dinâmica Do livro “O Tiro e o Alvo” Na Livraria da Travessa - http://migre.me/105T7 Editora http://www.caispharoux.com.br/
    32. Poder-se-ia ainda dividir o quadrado com retas quebradas, como são os casos [i], [j], [k] e [l] Dinâmica Do livro “O Tiro e o Alvo” Na Livraria da Travessa - http://migre.me/105T7 Editora http://www.caispharoux.com.br/
    33. No pensamento lateral vai-se quebrando barreiras autoimpostas e descobrindo alternativas que jamais seriam consideradas no pensamento vertical. O pensamento lateral é a base da técnica de “brain storming” para geração de idéias. Dinâmica Do livro “O Tiro e o Alvo” Na Livraria da Travessa - http://migre.me/105T7 Editora http://www.caispharoux.com.br/
    34. Na busca por novas opções podemos encontrar saídas criativas, inovadoras e mais acessíveis…
    35. A Sliding Alternative to CAPTCHA http://www.lukew.com/ff/entry.asp?1138
    36. iPhone, iPad, and iPod touch: Getting started with VoiceOver for accessibility
    37. Ou rever antigos processos na busca no melhores resultados…
    38. Desktop first! http://arquiteturadeinformacao.com/2010/06/04/mobile-first/
    39. Mobile First! http://arquiteturadeinformacao.com/2010/06/04/mobile-first/
    40. Less is more...
    41. Design de Epicentro Comece do núcleo da página e construa para fora. http://gettingreal.37signals.com/ch09_Epicenter_Design.php Design de epicentro foca na verdadeira essência da página — o epicentro — e então constrói para fora. Isso significa que, no começo, você ignora as extremidades: a navegação/menus, rodapé, cores, barra lateral, logotipo, etc. Em vez disso, você começa o epicentro e faz o design das peças de conteúdo mais importantes primeiro.
    42. Encontrar novas tecnologias que começam a solucionar antigos e novos problemas
    43. http://www.abilitynet.org.uk/accessibility2/wp-content/uploads/2009/09/HTML5_Accessibility_faulkner.ppt HTML 5 - the Future <ul><li>It’s the next version of HTML </li></ul><ul><li>Many new features are not yet implemented or decided upon. </li></ul><ul><li>Many new features that will make it easier for developers to provide accessible and inaccessible content </li></ul><ul><li>Its huge! 808 pages </li></ul>
    44. Future Potential <ul><li>Semantic elements </li></ul><ul><ul><li><nav> <article> <footer> etc. </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Will provide semantic structure </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Not implemented in browsers </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Not supported by AT </li></ul></ul></ul>http://www.abilitynet.org.uk/accessibility2/wp-content/uploads/2009/09/HTML5_Accessibility_faulkner.ppt
    45. Future Potential Old Way HTML 4 New Way HTML5 http://www.abilitynet.org.uk/accessibility2/wp-content/uploads/2009/09/HTML5_Accessibility_faulkner.ppt
    46. A ccessible R ich I nternet A pplications ARIA NOW HTML 4 + ARIA HTML5 + ARIA http://www.abilitynet.org.uk/accessibility2/wp-content/uploads/2009/09/HTML5_Accessibility_faulkner.ppt
    47. ARIA & HTML 5 Potential <ul><li>Integration of ARIA started </li></ul><ul><li>Integration is about defining what bits of ARIA can be used with what bits of HTML </li></ul><ul><li>ARIA is a separate spec – not dependent </li></ul><ul><li>Does not really matter </li></ul><ul><ul><li>Validation checking is available </li></ul></ul><ul><ul><li>Support in AT and Browsers is good </li></ul></ul>http://www.abilitynet.org.uk/accessibility2/wp-content/uploads/2009/09/HTML5_Accessibility_faulkner.ppt
    48. Mas é bom nunca esquecer que uma boa interface, é uma interface bem testada… Vídeo http://www.youtube.com/watch?v=xDnNrBPh1KU
    49. Obrigado! Horácio Soares h oracio.soares@acessodigital.net 55 (21) 9925-5404 @ horaciosoares Video Acessibilidade na Web: Custo ou Benefício? http://videolog.uol.com.br/video.php?id=230205

    ×