Your SlideShare is downloading. ×
0
Renascimento
Renascimento
Renascimento
Renascimento
Renascimento
Renascimento
Renascimento
Renascimento
Renascimento
Renascimento
Renascimento
Renascimento
Renascimento
Renascimento
Renascimento
Renascimento
Renascimento
Renascimento
Renascimento
Renascimento
Renascimento
Renascimento
Renascimento
Renascimento
Renascimento
Renascimento
Renascimento
Renascimento
Renascimento
Renascimento
Renascimento
Renascimento
Renascimento
Renascimento
Renascimento
Renascimento
Renascimento
Renascimento
Renascimento
Renascimento
Renascimento
Renascimento
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Renascimento

16,576

Published on

RENASCIMENTO CULTURAL

RENASCIMENTO CULTURAL

Published in: Education, Travel
2 Comments
9 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total Views
16,576
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
565
Comments
2
Likes
9
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. RENASCIMENTO CULTURAL XIV e XVI<br />Itália<br /> berço do <br /> Renascimento<br />
  • 2. O RenascimentoAntropocentrismoRacionalismoHumanismo individualismo<br />
  • 3. RENASCIMENTO CULTURAL E CIENTÍFICO<br />Movimento científico-cultural ocorrido na Europa durante a transição entre as idades Média e Moderna e que representou as aspirações da burguesia.<br />FATORES:<br /><ul><li>A expansão marítima e o renascimento comercial;
  • 4. Influência da civilização bizantina;
  • 5. A retomada dos estudos das civilizações clássicas (greco-romana), graças à preservação pelos mosteiros medievais;
  • 6. A ascensão sócio-econômica da burguesia;
  • 7. A invenção da imprensa etc.</li></li></ul><li>CARACTERÍSTICAS:<br /><ul><li>Humanismo: forma mais terrena, concreta, de pensar a ciência, a moral, a religião etc.
  • 8. Antropocentrismo: o homem passa a ser visto como o centro do Universo, negando o Teocentrismo Medieval.
  • 9. Individualismo: valorização da capacidade de criação e o espírito de competição.
  • 10. Racionalismo: sobreposição da ciência (experimentalismo) sobre a fé (dogmas).
  • 11. Naturalismo: preocupação em retratar fielmente os homens e animais nas artes(detalhes anatômicos).
  • 12. Heliocentrismo: o sol visto como centro do Universo, contrariando a concepção geocêntrica de Ptolomeu.
  • 13. Hedonismo: valorização dos prazeres do corpo e do espírito etc.</li></li></ul><li>Em oposição à cultura feudal, o Renascimento foi um movimento cultural que expressou a mentalidade burguesa.Ocorreu na Europa durante os séculos XIV, XV, XVI. <br />
  • 14. FLORENÇA: capital das artes<br />Cidade do renascimento. Depois da &quot;longa noite de trevas&quot; que foi a idade média, a humanidade renasceu para a cultura. Esse renascimento começou em Florença, quando poetas, pintores, escultores e arquitetos criaram entre os séculos XIII e XV uma quantidade infinita de obras de arte.<br />
  • 15. MECENATO...<br />Mecenas: burguesia,princípes e até Papas financiaravam e protegiam as artes e os artistas<br />Entre as famílias mais ricas de Florença contavam-se os Médicis, que acabaram por controlar o governo da cidade e tornar-se mecenas generosos. <br />Lourenço de Médici<br />
  • 16. Os seus fundamentos são: <br />antropocentrismo, <br />racionalismo <br />individualismo em oposição ao teocentrismo e às concepções da filosofia escolástica. A ciência ocupou o seu lugar. Esta nova concepção se expressou nas Artes Plásticas e na Literatura e fez desenvolver o estudo da Medicina, da Física, entre outras<br />
  • 17. Humanismo: volta aos valores da Antiguidade Clássica<br />O Nascimento de Vênus<br />
  • 18. Descobrir o Mundo...Descobrir o Homem<br />“O homem é a medida de todas as coisas”<br />Tratava-se na verdade de valorizar as pessoas em si, encontrar nelas as qualidades e as virtudes negadas pelo pensamento católico medieval. <br />
  • 19. O ideal de universalidade: <br />Os renascentistas acreditavam que uma pessoa poderia vir a aprender e saber tudo o que se conhece. <br />
  • 20. MIGUEL ANGELO<br />O grandioso esquema compositivo para o teto da capela Sistina estabelece uma narrativa do velho testamento, desde o Gênesis ao Dilúvio, a que se juntou, na parede do altar, uma enorme composição plena de dramatismo, interpretando o Julgamento Final (1536-1541).<br />
  • 21.
  • 22. FASES DO RENASCIMENTO: TRECENTO<br />No século XIV manifesta-se predominantemente na Itália, mais especificamente na cidade de Florença, pólo político, econômico e cultural da região. <br />Giotto, Boccaccio e Petrarca estão entre seus representantes.<br />Nascimento de Jesus -Giotto<br />
  • 23. Quatrocentos<br />(século XV) o Renascimento espalha-se pela península itálica, atingindo seu auge. Neste período atuam <br />Botticelli <br />Leonardo da Vinci <br />Rafael <br />Michelangelo (que já prenuncia certos ideais anti-clássicos utilizando-se da linguagem clássica, o que caracteriza o Maneirismo, a etapa final do Renascimento, considerados os três últimos o &quot;trio sagrado&quot; da Renascença.<br />Auto-retrato de Leonardo da Vinci<br />
  • 24. O Renascimento torna-se no século XVI um movimento universal europeu, tendo, no entanto, iniciado sua decadência. Ocorrem as primeiras manifestações Maneiristas e a Contra Reforma instaura o Barroco como estilo oficial da Igreja Católica. <br />CINQÜECENTO:<br />Estilo Barroco<br />
  • 25. Na literatura atuaram Ludovico Ariosto Torquato Tasso e Nicolau Maquiavel, já na pintura eram Rafael e Michelangelo.<br />O Renascimento marcou o declínio das bibliotecas de tipo monástico: as primeiras coleções particulares dos humanistas podem ser consideradas como o ponto de partida das bibliotecas modernas<br />Biblioteca do Vaticano<br />
  • 26. Michelangelo: <br />Capela Sistina particular do Juízo Final<br />
  • 27. Nicolau Maquiavel<br />&quot;O homem prudente deve seguir <br />sempre as vias traçadas pelos <br />grandes personagens…&quot;.<br />
  • 28. ARQUITETURA<br />Avanços arquitetônicos possibilitaram o desenvolvimento do estilo gótico.<br />
  • 29. Leonardo da Vinci<br />Foi um dos mais notáveis pintores do Renascimento e possivelmente seu maior gênio, por ser também anatomista, engenheiro, matemático músico, naturalista, arquiteto e escultor.<br />
  • 30.
  • 31. Revela tridimensionalidade, presença, individualidade e profundidade psicológica não encontradas em obras anteriores.<br />O casamento de Arnolfini, pintado em óleo sobre madeira por Jan van Eyck em 1434<br />
  • 32. A Escola de Atenas, de Rafael Sanzio é uma obra exemplar da relação do Renascimento com o Humanismo e o Classicismo<br />
  • 33. Cúpula da Santa Maria delFiore, em Florença, Itália.<br />
  • 34. Cidadão do mundo, em constante desejo de enriquecimento pessoal, científico, literário e humano, o humanista encontra nas cartas um meio privilegiado de saciar a sua sempre viva sede de conhecimento.<br />
  • 35. O físico e astrônomo italiano Galileu afirmava que a Terra girava ao redor do Sol, contra as crenças da Igreja Católica, segundo a qual a Terra era o centro do Universo. Negou-se a retratar-se, apesar das ordens de Roma, e foi sentenciado à prisão perpétua.<br />
  • 36. Heliocentrismo é a teoria que o Sol está estacionário no centro do universo. <br />Heliocentrismo<br />
  • 37. Teoria que se baseia na hipótese de que a Terra estaria parada no centro do Universo com os corpos celestes, inclusive o Sol, girando ao seu redor. <br />Geocentrismo<br />
  • 38. Diferenças entre o pensamento <br />medieval e o renascentista:<br />
  • 39.
  • 40. QUATROCENTO (séc XV):<br />família Médici (mecenas);<br />Florença (principal centro);<br />pintura com maior destaque (técnica da pintura a óleo);<br />Masaccio – geometria em perspectiva. “A Expulsão de Adão e Eva do Paraíso”, “Tributo”, Distribuição de esmolas por São Pedro”;<br />Botticelli – figuras leves, delicadeza, inocência. “Nascimento de Vênus”, “Alegoria da Primavera”<br />Da Vinci – maior nome do renascimento. Pintor, escultor, urbanista, engenheiro, músico, físico, botânico... “Gioconda” (Mona Lisa), “Santa Ceia”, Virgens das Rochas”.<br />
  • 41. ANALOGIA ENTRE O HOMEM MEDIEVAL E O RENASCENTISTA: <br />(MODERNO)<br /><ul><li>Enquanto o homem medieval era temente a Deus, envolvido na cristandade e acomodado às restrições/obrigações servis, o homem moderno tornou-se crítico, individualista, envolvido no espírito de competição capitalista.</li></li></ul><li>A ARTE DE SANDRO BOTTICELLI<br />NASCIMENTO DE VÊNUS<br />
  • 42. ALEGORIA DAPRIMAVERA<br />
  • 43. A OBRA DE LEONARDO DA VINCI<br />
  • 44.
  • 45. A ARTE DE RAFAEL SANZIO<br />O CASAMENTO DA VIRGEM<br />
  • 46.
  • 47. A ARTE DE MICHELANGELO<br />A CRIAÇÃO DE ADÃO<br />MOISÉS<br />DAVI<br />PIETÁ<br />
  • 48. O RENASCIMENTO FORA DA ITÁLIA<br />HIERONYMUS BOSCH<br />PIETER BRUGHEL<br />BANQUETE DE NÚPCIAS<br />JARDINS DAS DELÍCIAS CARROÇA DE FENO<br />
  • 49. O RENASCIMENTO FORA DA ITÁLIA<br />EL GRECO<br />ALBRECHT<br />DÜRER<br />AUTO-RETRATO<br />O ENTERRO DO<br />CONDE ORGAZ<br />VISTA DE TOLEDO SOB A TEMPESTADE<br />

×