• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Apresentação ieTIC2012
 

Apresentação ieTIC2012

on

  • 341 views

Apresentação da conferência ieTIC 2012 do artigo "As Redes Sociais na Internet: uma ferramenta de integração cultural no ensino"

Apresentação da conferência ieTIC 2012 do artigo "As Redes Sociais na Internet: uma ferramenta de integração cultural no ensino"

Statistics

Views

Total Views
341
Views on SlideShare
341
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
3
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment
  • Projeto de integração de alunos estrangeiros na escola:aulas de reforço de Portuguêsparaosalunosrecém-chegados com dificuldades no idioma
  • Fase Reflexiva:Pressupõe uma revisão bibliográfica sobre os principais tópicos da investigação, que deu lugar ao marco teórico do trabalho, no qual foram abordados vários tópicosFase de Desenho:Planificação da actuação perante a investigação. Definição da estratégia da investigação de acordo com a formação e experiência do investigador, o objecto de estudo, metodologia e técnicas de recolha e análise de dados, e desde a perspectiva a partir das quais foram elaboradas as conclusões da investigação.Análise do contexto: tomou contacto com a realidade da escola, os alunos estrangeiros que poderiam vir a ser implicados no estudo e os professores envolvidos.TRABALHO DE CAMPOFase Analítica: análise de toda a informação recolhida através de vários processos, como categorização, classificação, ...Fase Informativa: Após a análise com os professores orientadores, foi feita novamente a triangulação de toda a informação, após a qual se estabeleceram as conclusões ou propostas de melhoria mais significativas obtidas a partir do estudo.
  • as medidas mais evidentes de integração esgotam-se no apoio linguístico.nos alunos a utilização do computador na escola, é deixada para segundo plano, em detrimento da sua utilização em casa
  • Redessocisutilizadastambémpara a integração, através de conhecerpessoasdesde 43 amigos atémais 1000 amigosTanto o professor comoosalunosestãoconscientes das questões de segurançaque as redesimplicam
  • Redessocisutilizadastambémpara a integração, através de conhecerpessoasdesde 43 amigos atémais 1000 amigosTanto o professor comoosalunosestãoconscientes das questões de segurançaque as redesimplicam
  • 1Todos os alunos tem computador e InternetMuitasactividadesrecorremàs TICUtilizam com elevadafrequência as redessociais2Elevadonúmero de amigos, mas valorizam o contactopessoalEncaradas com seriedade e com precauções de segurançaReconhecem as suaspotencialidades no ensino, apesar de nãoteremaindaideiasconcretas de como as utilizar
  • 1Vivemosnumaépocaemconstantemudança, emquetudo se sabe e sabe-se rápidamente2Exige-se dos cidadãosquedominem as TIC, correndoestes o risco de seremexlcuídos da sociedade se não o fizerem.3Cadavezmais as instituições de ensinoapresentam um pluralismoculturalAs instituiões de ensinodevemmobilizarrecursos. As redessociaispodemser um destesrecursos.Asredespermitemestenderoscontextos de sociabilização dos cidadãos
  • As Redes Sociais na Internet proporcionam uma nova forma de partilhar conhecimento e por sua vez de promoverem a integração. Não aproveitarmos esta oportunidade será porventura, um dos maiores erros que deixaremos às gerações futuras e o virar costas, ao que de melhor a tecnologia nos tem para oferecer. É urgente sensibilizar os professores para este fenómeno e para as consequências da sua utilização.Só com uma reflexão profunda sobre este fenómeno é que se poderão desenhar metodologias concretas que utilizem as redes sociais em prol do ensino e em particular dos alunos estrangeiros em fase de integração.Este estudo é um primeiro passo. Resta-nos abraçar o futuro com o espírito aberto e de uma forma inovadora, pois ainda há muito para investigar neste campo.

Apresentação ieTIC2012 Apresentação ieTIC2012 Presentation Transcript

  • As Redes Sociais na Internet: uma ferramenta de integração cultural no ensino Social Networks on the Internet: a tool for cultural integration in education
  • Agenda• Objectivos• Mapa conceptual• Metodologia• Contexto do estudo• Análise de resultados• Conclusões• Reflexão H u g o M á r t i r e s |
  • Objectivos | Mapa conceptual | Metodologia | Contexto do Estudo | Análise de Resultados | Conclusões | Reflexão • Geral – Perceber qual o contributo que as redes sociais na Internet podem dar ao ensino e aos agentes educativos, na integração de alunos estrangeiros • Específicos 1. Identificar os obstáculos e apoios que os alunos têm na utilização das novas tecnologias 2. Deduzir se as redes sociais podem contribuir para a integração dos alunos H u g o M á r t i r e s |
  • Objectivos | Mapa conceptual | Metodologia | Contexto do Estudo | Análise de Resultados | Conclusões | Reflexão Cultura de origem Redes Alunos Sociais estrangeiros Integração Cultura de Social Escolar acolhimento Professores H u g o M á r t i r e s |
  • Objectivos | Mapa conceptual | Metodologia | Contexto do Estudo | Análise de Resultados | Conclusões | Reflexão • Estudo qualitativo – Campo de trabalho: • Escola Secundária Drª Laura Ayres • Quarteira, Algarve • Estudo de caso – Projeto de integração de alunos estrangeiros na escola H u g o M á r t i r e s |
  • Objectivos | Mapa conceptual | Metodologia | Contexto do Estudo | Análise de Resultados | Conclusões | Reflexão Fase de reflexão----- Fase de desenho Análise do contexto Observação participante Estudo de Caso Entrevistas Entrevista alunos professor Fase Analítica--- Fase Informativa H u g o M á r t i r e s |
  • Objectivos | Mapa conceptual | Metodologia | Contexto do Estudo | Análise de Resultados | Conclusões | Reflexão • Escola Secundária Dr.ª Laura Ayres – Cidade de Quarteira • raízes numa comunidade agropiscatória • significativo crescimento demográfico fruto de diferentes movimentos migratórios – População escolar • pluralidade de naturalidades, nacionalidades e culturas • 22 nacionalidades diferentes Ano lectivo 2009/10 Escola Secundária Dr.ª Laura Ayres Nº de Professores 101 Nº de Alunos 1163 100% Nº de Alunos estrangeiros 236 20,3% Média de alunos estrangeiros das escolas do Algarve* 10,4% *último relatório da Direção Regional de Educação do Algarve (2009) • Nota: muitos alunos portugueses de famílias de origem estrangeira H u g o M á r t i r e s |
  • Objectivos | Mapa conceptual | Metodologia | Contexto do Estudo | Análise de Resultados | Conclusões | Reflexão Alunos revelam dificuldades linguísticas As TIC são parte fundamental nas atividades de integração • Formação do professor na área das TIC • Professor promove a utilização das TIC nas suas catividades na escola e em casa • Plataforma moodle é a base do projeto • Utilização de diversos recursos e metodologias (Fichas, páginas na Internet, jogos, ...) • Traduções no Google • Alunos revelam destreza na utilização da Internet • Acesso às TIC facilitado pelo programa e-escolas H u g o M á r t i r e s |
  • Objectivos | Mapa conceptual | Metodologia | Contexto do Estudo | Análise de Resultados | Conclusões | Reflexão Redes • Alunos - Utilização “massiva” e frequente Sociais • Elevado nº de amigos • Preferem o contacto pessoal • Conhecer pessoas ajuda na integração • Professor – conhece mas ainda é uma novidade • Recebe convites dos alunos • Visita as redes com os alunos para fazer a ponte cultural • Reconhece vantagens • Partilha de conhecimento, escola universal H u g o M á r t i r e s |
  • Objectivos | Mapa conceptual | Metodologia | Contexto do Estudo | Análise de Resultados | Conclusões | Reflexão Segurança nas redes levada em conta • Alunos – conscientes dos perigos • “Quem está do outro lado?” • Conhecem histórias de amigos • Protegem de alguma forma os seus dados • Professor • Supervisão dos pais • Sensibilização dos professores para a partilha de dados H u g o M á r t i r e s |
  • Objectivos | Mapa conceptual | Metodologia | Contexto do Estudo | Análise de Resultados | Conclusões | Reflexão • Forte apoio no acesso às TIC – Todos os alunos têm acesso a computadores e Internet – Atividades com recurso às TIC (dentro e fora do espaço escolar) – Redes sociais: Taxa de utilização elevada Objetivo 1 Identificar os obstáculos e apoios que os alunos têm na utilização das novas tecnologias • Redes de contacto estabelecidas nas redes sociais – Valorizado o contacto pessoal – Precauções de segurança – Reconhecimento de potencialidades a explorar Objetivo 2 Deduzir se as redes sociais podem contribuir para a integração dos alunos H u g o M á r t i r e s |
  • Objectivos | Mapa conceptual | Metodologia | Contexto do Estudo | Análise de Resultados | Conclusões | Reflexão • Sociedade atual – Globalização – Sociedade do Conhecimento e da Informação • Competência Digital – As TIC como agregadoras de Meios de Comunicação – Integração Social (eInclusão / Digital divide) • Interculturalidade – Temática emergente e fundamental no trabalho docente – Mobilização de recursos tecnológicos para a integração – Novos espaços de sociabilização e aculturação H u g o M á r t i r e s |
  • Obrigado pela atenção! “Facebook was not originally created to be a company. It was built to accomplish a social mission - to make the world more open and connected.” Mark Zuckerberg 01 de fevereiro de 2012 http://hmartires.blogspot.com/ hmartires@sapo.pt H u g o M á r t i r e s |