• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Relatório 1º periodo
 

Relatório 1º periodo

on

  • 3,852 views

Relatório de avaliação do PCT (1º Período)

Relatório de avaliação do PCT (1º Período)

Statistics

Views

Total Views
3,852
Views on SlideShare
3,852
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
59
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Relatório 1º periodo Relatório 1º periodo Document Transcript

    • Agrupamento de Escolas Armando Lucena Malveira JI+EB1 S. Miguel – Enxara do Bispo Relatório de Atividades da Sala Amarela 1º Período letivo Ano Letivo 2011/2012 Data: 22.12.2011Com base na proposta pedagógica apresentada no Projeto Curricular de Turma, bem como noespaço de Contextualização e Caracterização da Turma, que por sua vez levaram à organização doPlaneamento de Atividades e Estratégias educativas, apresenta-se de seguida o relatório trimestralde avaliação do Projeto Curricular, referente ao primeiro trimestre do ano letivo em cursoNo âmbito da atividade docente desenvolvida deve fazer-se uma distinção entre as atividadesdidático-pedagógicas e as atividades não letivas, onde figuram as atividades desenvolvidas no espaçoda intervenção em reuniões, planeamento e avaliação, bem como em outros espaços de intervençãodocente. Nesse sentido, apresenta-se o relatório referente à Atividade docente e o relatório daAtividade Pedagógica. Far-se-á ainda uma reflexão sobre os espaços de articulação desenvolvidos noâmbito de Atividades de Apoio às Famílias, Componente de Apoio à Família, desenvolvida emcolaboração com a Câmara Municipal de Mafra.Atividade docente.Em complemento do desenvolvimento de apoio à atividade letiva, é fundamental referir aparticipação do docente em reuniões de organização, planeamento e avaliação (Departamento deEducação Pré-Escolar), em reuniões de análise colaborativa e apoio educativo (Ensino Especial –Unidade de Apoio Educativo, APERCIM, Terapia da Fala, Psicologia Escolar) e em reuniões decoordenação e articulação pedagógica (Estabelecimento, Associação de Pais, parceiros,) e ainda todoo espaço de atendimento e avaliação dos processos educativos e curriculares com famílias(Encarregados de educação) e comunidade, designadamente na preparação de atividades(Associação de Pais e Encarregados de Educação) com vista à execução de atividades designadas noProjeto Curricular e também no Plano Anual de Atividades.É também de referir o espaço de reflexão e execução de atividades e estratégias no âmbito dacooperação educativa no Agrupamento de Escolas, de onde se destacam as reuniões e Atividades doProjeto de Educação para a Saúde, no âmbito da dinamização do Plano PTE, nomeadamente nainstalação de equipamento, adequação e elaboração de propostas de funcionamento e ainda naorganização de atividades de formação interna.De salientar ainda as atividades desenvolvidas no âmbito da Comunidade Educativa e da ReflexãoDidático-Pedagógica e Formação, de onde se destaca a participação em diversos Seminárioseducativos, no Instituto de Educação da Universidade de Lisboa.Por último, de referir também a colaboração bi-mensal com a Revista “Educação de Infância”,através da edição de artigos científicos sobre a Educação Pré-escolar.Atividade Pedagógica.A temática central do Plano Anual de Atividades do Estabelecimento, que definiu a orgânica de todasas ações realizadas no âmbito da articulação educativa da EB1/JI de S. Miguel, na Enxara do Bispo, é“Poupar é que está a dar” e pretende constituir-se como um projeto de educação financeira, onde seabordarão as questões relativas ao desenvolvimento de uma consciência coletiva de economia social, 1
    • solidariedade, reciclagem, reaproveitamento, educação para o consumo e outros aspetos nos quais aescola pode contribuir para uma formação baseada nos valores da partilha, do conhecimentoeconómico e financeiro e do desenvolvimento de competências cívicas baseadas nas relações einterdependências monetárias e aquisitivas. Ao longo do ano letivo estruturar-se-á um conjunto deestratégias educativas que promovam um efetivo desenvolvimento social, cultural e de articulaçãopedagógica com temas mais globais de educação para o consumo, educação financeira e educaçãomonetária.Na Sala Amarela, promoveu-se, ao longo do primeiro período letivo, o desenvolvimento deatividades e estratégias que potenciaram a apropriação da valores fundamentais, nos quais a efetivaintegração dos grupos, a promoção de atendimento individualizado, o aumento dos espaços dedisponibilidade para as famílias e o assegurar das competências básicas ao desenvolvimento dascrianças, foram consideradas como permanentes no âmbito da definição de estratégias letivas.A Projeto Curricular orientou a sua ação para a dinamização de atividades congruentes com aespecificidade quer do nível etário dos alunos quer da estrutura da sala.Os seus objetivos globais, independentemente dos que venham a ser definidos para a abordagem acada área do conhecimento, tiveram como parâmetros orientadores: Estimular a criança aconhecer‐se melhor, no seu todo, e conhecer o mundo em que vive, aprendendo a respeitá‐lo;Despertar na criança a importância do Outro, das relações e das interdependências sociais eculturais; Promover novas aprendizagens de forma a proporcionar à criança a tomada de consciênciade que pertencemos a uma comunidade com igualdades e diferenças e com direitos e deveres.O objetivo da definição destes parâmetros orientadores é o de explorar e promover novasaprendizagens, encontrando‐se a expressão de interrogação e de tomada de consciência, decompreensão e de responsabilização, bem como as de pesquisa e certificação, como necessárias parauma cabal compreensão das realidades vividas que fundamentam a pertença a um grupo e às suasregras.Nesse sentido, e após reflexão participada, na qual tiveram papel preponderante as famílias e aComunidade Escolar, de forma interventiva e colaborante, procurou‐se definir um conjunto deobjetivos a partilhar e desenvolver por todos os intervenientes.As estratégias escolhidas, pressupuseram um amplo conhecimento da história individual de cadacriança, de cada família e cada elemento comunitário. A meta foi construir uma proposta abrangentemas suficientemente aberta.Foi objetivo deste projeto de trabalho, valorizar um tema que consideramos de extrema importância– A Literacia e a Educação Financeira –, numa perspetiva de educação para a cidadania e para osvalores, constituindo um referencial orientador a formação pessoal e social, como fundamentado eapresentado em sede legislativa – Orientações Curriculares para a Educação Pré-escolar (Despachonº 5220/97 de 4 de agosto) –.Foram desenvolvidas atividades que potenciaram a exploração dos conteúdos e modelos didáticosque, com base na premissa da necessidade de criar situações que possibilitem e desenvolvam alinguagem oral, o pensamento lógico-matemático, e as expressões (plástica, musical, dramática, emotora) bem como reconhecem e utilizassem tecnologias novas e inovadoras, e todos osinstrumentos tecnológicos adequados à idade dos alunos.A página web do jardim de infância, desenvolvida, dinamizada e atualizada pelos alunos (emhttp://salamarela-enxara.blogspot.com) e onde é possível observar a descrição das atividadesrealizadas, serviu também como espaço comunicacional e de relação com famílias e colegas e quefunciona também numa dinâmica de “port-fólio” da turma que, utilizando as tecnologias àdisposição, contribui para a promoção de dinâmicas pedagógicas.É importante referir e valorizar a dinâmica de participação das famílias e dos encarregados deeducação, numa perspetiva de colaboração ativa e ainda a excelente relação com os outros agenteseducativos da Escola, bem como os processos de efetiva articulação pedagógica com as turmas do 1ºCiclo, no qual são de destacar os projetos de ação e reflexão conjunta, designadamente os inseridosno Plano Anual de Atividades. 2
    • Também a participação conjunta em atividades de divulgação/informação, bem como naapresentação/mostra de produtos educativos se potencia com um espaço efetivo de articulaçãopedagógica, sendo de destacar, a contribuição no desenvolvimento de uma página de internet daEscola (http://jieb1smiguel.grouply.com).Nas reuniões ordinárias com os Encarregados de Educação (18 de outubro e 16 de dezembro) foramapresentas propostas de colaboração ativa na dinâmica letiva, que se saldaram por uma elevadaparticipação destes nas atividades e estratégias didático-pedagógicas e na sua avaliação. Nasatividades de Escola Aberta (23 de dezembro) foram apresentadas, além das considerações globaissobre o desenvolvimento individual e coletivo dos alunos e das suas aprendizagens, as fichas deavaliação, baseadas num modelo de desenvolvimento de competências e a que está em uso noagrupamento, nas quais é organizada a informação, individual, de cada aluno, e refletidas, emconjunto, as propostas pedagógicas e estratégias educativas a desenvolver.Atividades de Enriquecimento Curricular (Componente de Apoio à Família e Atividades deEnriquecimento Curricular)No caso do jardim de infância, o início do ano decorreu com normalidade possível, tendo havidoreuniões de preparação e coordenação (com Assistentes Operacionais e Coordenadora CAF), deforma a aumentar a qualidade de resposta, sobretudo no âmbito do serviço de refeições.Serve ainda como espaço de informação complementar o Relatório de Atividades do Estabelecimento – 1ºPeríodo, onde se dá notícia de outras atividades e estratégias que corporizaram a execução dos planospropostos.Enxara do Bispo,Aos vinte e um dias do mês de dezembro de dois mil e onze,O Educador de InfânciaHenrique Santos 3