Jornal do Sertão Edição 90 Agosto 2013
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Jornal do Sertão Edição 90 Agosto 2013

on

  • 1,012 views

Esta é mais uma edição para deleite dos nossos leitores. Trazemos uma pauta diversificada ligada à conquistas, realizações e também precauções. Iniciamos com a conquista do primeiro curso ...

Esta é mais uma edição para deleite dos nossos leitores. Trazemos uma pauta diversificada ligada à conquistas, realizações e também precauções. Iniciamos com a conquista do primeiro curso de medicina do Sertão, oferecido pela UPE; fruto de uma incansável batalha que se tornou realidade, demonstrando o poder da unificação de forças. O governador do estado esteve presente na aula magna e interagiu com os alunos. Serra Talhada se prepara para realizar mais uma “festa de Setembro”, evento tradicional na cidade, que se realiza desde o ano 1790 em comemoração a sua padroeira, Nossa Senhora da Penha, a festa terá a duração de 11 dias. Em contrapartida, a seca continua assolando a região com a diminuição de água em suas barragens e equipamentos essenciais para o abastecimento de milhares de sertanejos. Os reservatórios de Brotas, em afogados da Ingazeira PE e, o de Entremontes em Parnamirim PE é muito preocupante. Ações vêm sendo implementadas pelo governo do estado visando minimizar os danos causados com a estiagem, mas, várias cidades vêm sofrendo com o racionamento à espera de iniciativas públicas capaz de reduzir a escassez d’água. Diante desse panorama controverso, uma boa notícia renova as esperanças. Uma iniciativa da Prefeitura de Serra Talhada, visa levar a região a resgatar a produção de algodão da qual já foi uma grande produtora na década de 80. Segundo o prefeito Luciano Duque PT, o projeto piloto para a retomada da cultura do algodão em Serra Talhada, envolve 200 famílias do distrito de Santa Rita, tendo assistência técnica e apoio na comercialização do produto. Os campos já estão floridos e, o Projeto Aroeira, como foi batizado, enche de esperanças uma região com potencialidade de ser muito mais.
Antônio José Bezerra de Melo
Diretor de Marketing

Statistics

Views

Total Views
1,012
Views on SlideShare
1,012
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
0
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Jornal do Sertão Edição 90 Agosto 2013 Jornal do Sertão Edição 90 Agosto 2013 Document Transcript

  • E-mail: jornaldosertaope@jornaldosertaope.com.brSertão de Pernambuco - Agosto / 2013 - Ano VII - Número 90 Seca continua atormentando o sertanejo Reservatóriosestãoacaminhodocolapso,deixandoapopulaçãosertaneja preocupada, já que a chuva ainda não chegou de fato à região. Pág. 4 Serra Talhada retoma cultura do algodão Pág. 5 Curso de Medicina chega ao Sertão Pág. 12 Agricultura Educação Pólo Gesseiro assina termo de proteção ambientalPág. 7 Super Mix fomenta negócios da pequena e média empresa  Pág. 7 Serra Talhada se prepara para Festa da Padroeira  Pág. 26 Petrolina paga parcela do Garantia Safra  Pág. 28 Meio Ambiente Negócios Cultura Agricultura Importância do Jegue é exaltada em evento Pág. 22 Cultura Salgueiro Shopping avança  Pág. 21 Negócios Divulgação Divulgação Divulgação
  • Acidentes Programados 2 O mais antigo noticiário so- bre as desgraças do dia a dia em Pernambuco é o Bandeira Dois - que sempre propagou notícias sanguino- lentas. Não confundir com a também célebre novela da Rede Globo que nos trou- xe um dos maiores tipos da teledramaturgia: o bichei- ro Tucão, que transformou Paulo Gracindo em gran- de astro da televisão. Hoje, toda a imprensa se curva à avalanche de desastres diá- rios, ao ponto de pensarmos desde 2006 Ano VII Nº 90 Agosto de 2013 Antônio Bezerra de Melo Diretor Geral Fique por dentro Jornal do Sertão - Agosto de 2013 / Edição 90 E sta é mais uma edição para de- leite dos nossos leitores. Tra- zemos uma pauta diversifica- da ligada à conquistas, reali- zações e também precauções. Iniciamos com a conquista do primeiro curso de medici- na do Sertão, oferecido pela UPE; fruto de uma incansável batalha que se tornou reali- dade, demonstrando o poder da unificação de forças. O governador do estado esteve presente na aula magna e in- teragiu com os alunos. Serra Talhada se prepara para rea- lizar mais uma “festa de Se- tembro”, evento tradicional na cidade, que se realiza desde o ano 1790 em comemoração a sua padroeira, Nossa Senhora da Penha, a festa terá a dura- ção de 11 dias. Em contrapar- tida, a seca continua assolan- do a região com a diminuição de água em suas barragens e equipamentos essenciais para o abastecimento de milhares de sertanejos. Os reservatórios de Brotas, em Afogados da In- gazeira PE e, o de Entremon- tes em Parnamirim PE é muito preocupante. Ações vêm sendo implementadas pelo governo do estado visando minimizar os danos causados com a estia- gem, mas, várias cidades vêm sofrendo com o racionamento à espera de iniciativas públi- cas capaz de reduzir a escassez d’água. Diante desse pano- rama controverso, uma boa notícia renova as esperanças. Uma iniciativa da Prefeitura de Serra Talhada, visa levar a região a resgatar a produção de algodão da qual já foi uma grande produtora na déca- da de 80. Segundo o prefeito Luciano Duque PT, o projeto piloto para a retomada da cul- tura do algodão em Serra Ta- lhada, envolve 200 famílias do distrito de Santa Rita, tendo assistência técnica e apoio na comercialização do produto. Os campos já estão floridos e, o Projeto Aroeira, como foi batizado, enche de esperanças uma região com potencialida- de de ser muito mais. Serra Talhada solicita Delegacia da Mulher Concurso para o INSS com inscrições abertas Missa do Vaqueiro de Caraibeiras integrará calendário oficial de PE Errata que torcendo alguns jornais, escorrerá sangue. Um edi- tor inglês afirmou: The bad news is good news, ou seja, a má notícia é a boa notícia, pois ela é a que vende jor- nais. Se assim é, que assim seja. O trânsito caótico com milhares de automóveis che- gando diariamente emba- lados pelos financiamentos a perder de vista, é um dos maiores responsáveis por mandar muita gente desta para melhor. As autoridades não têm demonstrado gran- de competência em proteger o cidadão dos assassinos do trânsito. As punições previs- tas só servem para alimentar conversa de bar. Pergunto: se a velocidade é a grande vilã da história, porque se produzem carros que alcan- çam 100 Km/h? E ainda se faz publicidade elogiando essa imensa capacidade de se ir de “0 a 100” em poucos segundos, insinuando que o condutor passará a ser ado- rado pelas mulheres mais belas – pela potência do car- ro, não pela dele. Porque não limitar essa velocidade a 80 José Artur Paes Vieira de Melo japvm@jornaldosertaope.com.br Observatório JS Distribuidor: Mourinha Representações. Fone (087) 3831.7053 - Serra Talhada-PE Impressão: Plural Indústria Gráfica Fone (81) 3311-3201 - Suape - PE Tiragem: 10.000 exemplares Formato: 25 x 28,5 cm | 32 páginas Circulação: Sertão de Pernambuco | Arcoverde, Sertâ- nia, Custódia, Serra Talhada, São José do Egito, Afogados da Ingazeira, Floresta, Petrolândia, Sal-guei­ro, Ara- raripina, Petrolina, Triunfo, Sta. Cruz da Baixa Verde Recife | Governo do Estado - Assembléia Legislativa Secretarias de Estado | Brasília-DF | Ministério da Integração Nacional Distribuição gratuita Produtor Gráfico diagramação@jornaldosertaope.com.br Daniel Sigal Depto. Financeiro financeiro@jornaldosertaope.com.br José Bezerra Colaboradores: Alberto Ursulino, Helena Conserva, Dárcio Rabêlo, Antônio Faria, Francys Maya, José Artur Paes Vieira de Melo E-mail: jornaldosertaope@ jornaldosertaope.com.br www.facebook.com/Jornaldosertao O Jornal do Sertão é uma publicação mensal da Edicom Editora Comunicação Ltda. Av. João Gomes de Lucena, 4105 - Centro - Serra Talhada-PE Sucursal: Av. Caxangá, 205 sl. 903/904 - Fone (081) 3052.2719 Recife - Pernambuco Os textos, fotos ou ilustrações nos espa- ços das colunas são de inteira responsa- bilidade dos respectivos colaboradores. Editor Antonio@jornaldosertaope.com.br Antônio Jose Bezerra de Melo Redação redacao@jornaldosertaope.com.br Dayane Albuquerque Cinara Marques - DRT/PB1070 Depto. de Marketing marketing@jornaldosertaope.com.br Hélida Enes Contato Publicitário contato@jornaldosertaope.com.br Anderson Santos Km/h, ou menos? Assim, por mais que o cara metido a Ru- binho Barriquelo enfiasse o pé, o carro não responderia. Vai viajar para longe? Saia mais cedo. Restaria policiar a má educação dos condu- tores. Sei que é complicado, mas a exemplo do que se vê em outros países, acredito que seja possível no Brasil, embora aqui exista “Trei- namento para Habilitados”. Ora, é ou não é. A secretária da Mulher de Serra Talhada, Tatiana Duarte, pediu ao secretário de Defesa Social do Estado, Wilson Da- mázio, a instalação de uma Delegacia da Mulher em Serra Talha- da. O motivo da solicitação, conforme a secretária, seria o número de casos de violência contra a mulher, que tem crescido na cidade. De acordo com Tatiana, com a Delegacia, este tipo de crime sofreria redução considerada no número de casos. A secretária conta em seu pleito com o apoio de todas as lideranças políticas da cidade, entre elas o prefeito do município, Luciano Duque (PT). S eguem abertas até 13 de setembro as inscrições para o concurso que o Institu- to Nacional do Seguro Social (INSS) lançou com 300 vagas para analista. Há vagas para graduados em Administração, Ciências Contábeis, Direito, Engenharia Civil, Engenharia Mecânica, Engenharia Elétri- ca, Engenharia de Telecomu- nicações, Engenharia com es- pecialização em Segurança do Trabalho, Estatística, Arqui- tetura, Tecnologia da Infor- mação, Terapia Ocupacional, Pedagogia, Psicologia, Comu- nicação Social (Jornalismo, Publicidade e Propaganda), Fisioterapia e Letras (Língua Portuguesa). De acordo com o edital, as vagas contemplarão as su- perintendências regionais do INSS, sendo 44 para a Re- gional Norte, Centro-Oeste (Acre, Amazonas, Amapá, Distrito Federal, Goiás, Mato A tradicional Missa do Va- queiro de Caraibeiras, distrito de Tacaratu, no Sertão, passou a fazer parte do calendá- rio oficial de eventos do Estado. O projeto de lei de autoria do deputado estadual Rodrigo No- vaes (PSD) foi aprovado neste mês de agosto na Assembleia Legislativa de Pernambuco. O evento tradicional costuma reu- nir no mês de abril uma média de 800 vaqueiros e um público que supera cinco mil pessoas. O Jornal do Sertão, na sua edição anterior, co- meçou a ser impresso pela Plural Indústria Gráfica, mas, por engano, o expediente con- tinuou com o nome da antiga gráfica. Então, as nossas sin- ceras desculpas a nossa nova parceira, a Plural Indústria Gráfica. Grosso do Sul, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantis), 45 para o Nordeste (Pernambuco, Alagoas, Bahia, Ceará, Paraíba, Rio Grande do Norte, Sergipe, Maranhão e Piauí), 44 no Sudeste I (São Paulo), 45 para Sudeste II (Minas Gerais, Espírito Santo e Rio de Janeiro), 45 para a Sul (Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul) e 77 para Administração Central, em Brasília. As inscrições podem ser feitas a partir das 9h de segun- da (12) pelo site da FunRio. A taxa de inscrição será de R$ 67,21. A carga de trabalho será de 40 horas semanais e os contratos serão regidos pelo regime estatutário. A remu- neração será de R$7.147,12. O processo seletivo constará de prova objetiva, que ocorrerá em 13 de outubro em todas as capitais e diversas outras cidades.
  • Divulgação 3Jornal do Sertão - Agosto de 2013 / Edição 90 Cidadania O Governo de Pernambu- co inicia nesse mês de agosto uma campanha com o objetivo de combater a explo- ração sexual infantil. Mais de 30 municípios receberão ações de prevenção à exploração se- xual de crianças e adolescente, atividades de sensibilização e profissionais ligados ao tu- rismo serão capacitados para lidar com a problemática. O programa “Turismo Protetor, Pernambuco contra a violên- cia sexual” está sendo reali- zado através de uma parceria entre a Secretaria de Turismo de Pernambuco (Setur-PE) e o Centro de Prevenção de De- pendências. Cursos para pessoas que trabalham diretamente com o turismo, como taxistas, funcionários de hotéis e estu- dantes, estão entre as ações do programa. Instituições de ensino que possuem os cursos de turismo, hotelaria e gastro- nomia e entidades públicas e privadas ligadas à atividade turística também estão parti- cipando para prevenir a vio- lência sexual. As primeiras aulas já acon- teceram no município de Pe- trolina, no Sertão de Pernam- buco. Em Recife, capital do Estado, as aulas têm início no fim do mês de agosto. Além das duas cidades, serão con- templados os municípios de Afogados da Ingazeira, Ara- ripina, Arcoverde, Bezerros, Bonito, Buíque, Cabo de Santo Agostinho, Camaragibe, Car- pina, Caruaru, Distrito Esta- dual de Fernando de Noronha, Garanhuns, Goiana, Gravatá, Igarassu, Ilha de Itamaracá, Ipojuca, Jaboatão dos Guara- rapes, Nazaré da Mata, Olinda, Pesqueira, Petrolândia, Santa Pernambuco na guerra contra o abuso sexual de menores Combate a exploração de menores reforçada no estado Cruz do Capibaribe, São Bene- dito do Sul, São José da Coroa Grande, Serra Talhada, Ta- mandaré, Toritama e Triunfo. As ações também aconte- cerão no Aeroporto Interna- cional do Recife/Guararapes - Gilberto Freyre. Etiquetas de bagagens em combate à ex- ploração sexual de crianças e adolescentes estão sendo dis- tribuídas para os passageiros em trânsito. Para se inscrever gratui- tamente, é preciso ligar para o telefone (81) 3182.8205. A quantidade de vagas é limita- da por município. Estatísticas A exploração sexual, mui- tas vezes, está associada ao consumo de drogas. De acor- do com os dados de uma pes- quisa de 2012, do Ministério do Turismo e da Secretaria de Direitos Humanos, o Nordeste é a região do país onde mais acontecem casos de explora- ção sexual com menores. Foram 7.701 casos no NE e em segundo lugar ficou a região Sudeste, com 5.669 casos. O telefone nacional para denunciar qualquer tipo de abuso e exploração de crianças e adolescentes é o Disque 100.
  • 4 Barragens em situação de colapso no Sertão Água em pó pode acabar com a seca H á quase dez anos as bar- ragens existentes no Sertão de Pernambuco não en- chem. O quadro é de colapso nesses reservatórios, a maio- ria responsável pelo abaste- cimento médio de cinco a dez municípios. Seja no Sertão do São Francisco, do Araripe ou do Pajeú, o quadro é desani- mador por conta da estiagem que persiste. A situação em barragens como Brotas, em Afogados da Ingazeira (Pajeú); no Açude Saco Dois, em Lagoa Grande (São Francisco); ou na barra- gem de Entremontes, em Par- namirim (Araripe), a segunda maior de Pernambuco, é de muita preocupação. Em Bro- tas, a capacidade da barragem é de 19 milhões de metros cú- bicos de água. Construída há 40 anos, hoje vários pontos estão com- P esquisadores estão de- senvolvendo uma série de ideias para fazer render mais a água utilizada na agricultura e estão empolgados com um pro- duto que afirmam ter potencial para superar o desafio global de se cultivar em condições áridas. Denominado “Chuva Sóli- da”, é um pó capaz de absorver enormes quantidades de água e ir liberando o líquido aos poucos, para que as plantas sobrevivam na seca. Um litro de água pode ser absorvido por apenas 10 g do material, que é um tipo de polímero ab- sorvente orginalmente criado pelo Departamento de Agri- cultura dos Estados Unidos (USDA, na sigla em inglês). O engenheiro químico me- xicano chamado Sérgio Jesus Rico Velasco vem vendendo a “Chuva Sólida” no México há cerca de 10 anos. O produto funciona encapsulando água e pode durar 8 a 10 anos no solo. O recomendado é usar cer- ca de 50 quilos do produto por hectare, que custa cerca de US$ 1.500 (o equivalente a R$ 3.500). Maior barragem do Pajeú, Brotas, caminha assoreada e com risco de colapso total Divulgação pletamente secos e sua capa- cidade atual é de apenas 10%. Assoreada, a Barragem de Brotas hoje simboliza tristeza para a população sertaneja. Cerca de 60 mil moradores, dos municípios de Afogados da Ingazeira e Tabira, depen- dem do abastecimento feito a partir de Brotas e as duas cidades já enfrentam raciona- mento. Dezoito das 32 barragens situadas no Sertão do Estado estão quase vazias. O gover- nador Eduardo Campos re- velou recentemente que o go- verno está atento à situação. O problema da barragem de Brotas é um dos exemplos do trabalho que o governo esta- dual vem realizando, visando adotar medidas que evitem o colapso total nas regiões atin- gidas pela escassez de água nesses reservatórios. Jornal do Sertão - Agosto de 2013 / Edição 90 Seca “Brotas é estratégica para Afogados e região. Estamos concluindo a segunda etapa da Adutora do Pajeú e em 60 dias vamos trabalhar na recupera- ção da barragem. São quase 40 anos sem que tenha feito ma- nutenção. Vamos ligar a adu- tora do Pajéu e só então fazer o serviço em Brotas. Agora não podemos fazer para não deixar a população sem abastecimen- to e não piorar o que já está ruim”, disse Eduardo. Em Entremontes, são 340 milhões de metros cúbicos, mas hoje a barragem em Par- namirim não tem capacidade nem para a criação de peixes. Já o Açude Saco Dois, na zona rural de Lagoa Grande, dos 123 milhões do total de metros cú- bicos, o reservatório se resumiu a uma pequena poça d’água e o abastecimento da comunidade só através de carro pipa. A Agência Pernambucana de água e Clima (Apac), criada para monitorar a situação das barragens e outros mananciais do estado, anda preocupada, pois a chuva não deu sinal que virá de fato e isso pode piorar o problema nas barragens, en- tretanto algumas medidas vêm sendo desenvolvidas pelo órgão prevendo uma diminuição ain- da maior desses reservatórios. Segundo Gonzalez, a “Chu- va Sólida” é natural e não pre- judica o solo, mesmo após ser usada por vários anos. O pro- duto não é tóxico e, ao se de- sintegrar, o pó se torna parte das plantas. Fonte: BBC Brasil
  • 5 Serra Talhada vai retomar a cultura do algodão Patrulha mecanizada vai recuperar estradas em Serra Talhada S erra Talhada, no Sertão do Pajeú, se prepara para re- aquecer a economia do algodão no município, prejudicada na década de 1980 pela praga do bicudo. A retomada da cultura algodoeira chega através de um projeto da Secretaria de Agri- cultura Familiar, que começa a trabalhar para que o muni- cípio volte a ocupar o ranking de maior cidade produtora de algodão de Pernambuco. O objetivo da prefeitura é distribuir as sementes de algo- dão entre todos os agriculto- res. Serão cerca de 200 famí- lias beneficiadas. Até o início do próximo ano, a expectativa é de produzir até 2 toneladas para ser divida entre os produ- tores rurais serratalhadenses, que receberão assistência téc- nica do governo para o cultivo e apoio para os escoamento da produção. A Prefeitura Municipal co- memorou nesse mês de agosto a aquisição de uma mo- toniveladora, uma retroesca- vadeira e um trator de esteira, que chegaram à cidade através do PAC 2 (Programa de Ace- leração do Crescimento), por meio da Codevasf, ligado ao Ministério da Integração Na- cional. As máquinas irão dar cara nova as estradas do inte- rior do município. Retomada do algodão em Serra já muda a paisagem da caatinga no município Duque comemora chegada de patrulha mecanizada destinada ao município pelo meio do Governo Federal Máquinas chegam para facilitar o trabalho do homem do campo DivulgaçãoDivulgação Divulgação Agricultura Urbanismo Jornal do Sertão - Agosto de 2013 / Edição 90 Mais de 30 quilos de se- mentes já estão florando na fazenda Três Passagens, em Santa Rita, lugar com solo apropriado e onde os agriculto- res se mostraram interessados em contribuir com a iniciativa. Segundo o prefeito do municí- pio, Luciano Duque (PT), esse é um trabalho piloto que deve crescer aos poucos. “Com o tempo, a demanda irá crescer também, junto com o comércio incentivado pela retomada dessa cultura impor- tantíssima para a região. Va- mos resgatar a nossa pujança algodoeira perdida diante da guerra contra a praga do bicu- do há décadas atrás”, comen- tou o prefeito, com otimismo. Dos anos de 1950 até o iní- cio de 1980, Serra Talhada fi- gurava como um dos maiores produtores de algodão aroeira do Estado. A cultura algodoei- Os equipamentos irão fortalecer as ações do go- verno municipal durante os trabalhos de recuperação de estradas vicinais da zona rural. “Serão 7 mil km de estradas vicinais recupera- dos”, revelou o prefeito de Serra, Luciano Duque (PT). O secretário de Agricultura do município, José Pereira, também comemorou a che- gada das máquinas. ra movimentava a economia da região e colocou a cidade em posição de destaque. “A partir de meados de 1980 a praga do bicudo devastou boa parte da plantação de algodão do Nor- deste dando um abalo signifi- cativo na economia local e das famílias de agricultores que ti- nham na atividade seu susten- to”, relembrou o secretário de Agricultura Familiar e também agricultor, José Pereira. Ele foi uma das vítimas do bicudo na época e lança o Projeto Aro- eira acreditando de novo na potenciali- dade da região para o cultivo. O Projeto Aroeira conta com a parceria dos agricultores de Santa Rita, que dis- ponibilizaram parte de suas terras para que a prefeitura pu- desse dar início aos primeiros plantios. “Nesse acordo, o governo terá a res- ponsabilidade de descaroçar todo o algodão que flores- cer e de fornecer as- sistência ao dono da propriedade para manutenção do plantio. Sendo que a planta ficará para o agricultor”, deta- lhou o secretário José Pereira. Quem visitar o distrito de Santa Rita, na zona rural do município, encontrará milha- res de botões de algodão cor- tando a densa caatinga serta- neja. São sementes já dando vida à roça do Projeto Aroei- ra, lançado pela prefeitura há mais de um mês.
  • 6 Governo do Estado vai revitalizar rio Ipojuca Mais água para o semiárido Amupe colabora com os municípios para a agilização dos projetos Universidade assumiu a gestão do antigo Hospital de Urgência e Traumas neste mês de agosto Meio Ambiente SaúdeSeca Jornal do Sertão - Agosto de 2013 / Edição 90 senvolvimento (BID), Daniela Carrera Marquis. A iniciativa prevê a limpeza do con- junto de cursos-d’água da região e a instalação de sistemas de esgotamento sanitário nas 12 cidades às margens do rio, Poção, Belo Jardim, Sanharó, Ta- caimbó, São Caetano, Caruaru, Bezer- ros, Gravatá, Chã Grande, Primavera, Escada e Ipojuca. A previsão é que as obras tenham início ainda este mês, com prazo de conclusão de seis anos. A revitalização vai contar com investimentos da ordem de 330 milhões de dólares, sendo 200 milhões do BID - a serem pagos em 20 anos pelo estado - e US$ 130 em con- trapartida do cofre estadual. O projeto será coordenado pela Secretaria de Re- cursos Hídricos e Energéticos (SRHE). “O Ipojuca é um dos principais rios de Pernambuco. Ele nasce na porta do Sertão, em Arcoverde, e corta todo o Agreste. É um dos rios mais poluídos do Brasil. Vamos tra- balhar no sentido de estruturar um projeto de resgate dessa água, em uma área onde temos o pior balan- ço hídrico do País”, afirmou o go- vernador. Divulgação Divulgação C om o objetivo de revitalizar o Rio Ipojuca, que tem nascente em Arcoverde, no Sertão de Pernam- buco, o governador Eduardo Campos assinou nesse mês de agosto o con- trato de empréstimo do Programa de Saneamento Ambiental da bacia do rio Ipojuca (PSA-Ipojuca). O termo foi assinado juntamente com a represen- tante do Banco Interamericano de De- O Comitê Estadual do Programa Água para Todos, coordenado pelo secretário de Agricultura e Reforma Agrária, Aldo Santos, definiu neste mês de agosto os critérios técnicos para a se- leção dos 42 municípios do Semiárido que serão contemplados com 126 siste- mas de abastecimento d’água simplifica- dos. Serão 14 no Agreste e 28 o Sertão. O maior percentual de concentra- ção populacional na zona rural será o principal parâmetro a ser utilizado para a escolha das cidades. O Programa Água para Todos vai atender, somente nesta primeira etapa, 300 municípios do Nordeste com investimentos da or- dem de R$ 134 milhões, sendo R$ 16,3 milhões para Pernambuco. O sistema de abastecimento d’água simplificado vai captar água de um poço ou de uma barragem para o for- necimento de água por meio de um pequeno sistema adutor até as resi- dências de moradores em comunida- des com até 50 famílias. Os municípios ainda poderão ser contemplados de duas até seis unidades de acordo com o número de pessoas atendidas. O Comitê também informou que as prefeituras que fizerem adequações nos valores dos projetos, a exemplo de am- pliações, deverão arcar com os custos excedentes ao destinado a cada sistema. Ao apresentar os critérios aos partici- pantes da reunião do Comitê, Aldo San- tos salientou que o Programa Água para Todos não é uma ação emergencial e que a ideia surgiu antes mesmo da estiagem. O presidente da Amupe (Associação Municipalista de Pernambuco), o pre- feito de Afogados da Ingazeira, José Pa- triota, chamou a atenção dos municípios para o prazo de entrega da documenta- ção. A Associação enviará comunicado indicando os documentos necessários e a data a ser cumprida. A previsão é que, em setembro, os convênios com Code- vasf, Dnocs e Sudene, sejam assinados pelas prefeituras, seguindo-se pelo re- passe dos recursos, R$ 130 mil por sis- tema, e a execução da obra. Entre os órgãos que estão represen- tados no Comitê Estadual do Progra- ma Água para Todos estão as Secreta- rias de Agricultura e Reforma Agrária (SARA), Recursos Hídricos e Energé- ticos, Saúde, Desenvolvimento Social e Humano, o Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), a Agência de Água e Clima (Apac) e a Compesa. Univasf vai incentivar projetos lúdicos em hospital A Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) está com inscrições abertas para propostas de projetos lúdicos a serem desenvol- vidos no agora Hospital de Ensino do Vale do São Francisco, antigo Hospital de Urgência e Traumas de Petrolina (HUT). O objetivo do programa ‘Práti- cas Terapêuticas’, que está em fase de implantação, é criar um ambiente de alegria e lazer com atividades recrea- tivas, jogos, apresentações artísticas e shows musicais. Os interessados podem enviar suas propostas para o e-mail proex@univasf. edu.br, até o dia 30 de agosto. De acor- do com a Pró-reitora de Extensão, Lúcia Marisy, o programa visa amenizar a dor de pacientes e acompanhantes que se encontram no ambiente hospitalar. “A ação é uma estratégia para me- lhorar o atendimento do paciente, den- tro de uma visão humanista que vai além do corpo físico, buscando atender suas necessidades físicas, psíquicas e sociais”, explicou. O programa pretende ainda aproxi- mar a academia da comunidade exter- na, aliando pesquisa, ensino e extensão como proposta de intervenção educati- va, através de diversos tipos de lingua- gens pedagógicas. Os projetos selecio- nados serão registrados e as atividades estão previstas para começar a partir do mês de outubro. Mais informações pelo telefone (87) 2101-6768.
  • 7 Divulgação U m passo importante para o desenvolvimento sus- tentável das empresas do polo gesseiro da região do Araripe foi dado durante a 5ª Exposi- ção e Feira Internacional das Indústrias de Gesso – Expo- gesso - realizada no final de julho, em Trindade. A assina- tura de Termo de Compromis- so Ambiental entre o Sindus- gesso e o Ministério Público de Pernambuco (MPPE), prevê a elaboração de plano de geren- ciamento de resíduos sólidos coletivo, foi realizada na aber- tura oficial do evento. “O Termo de Compromis- so Ambiental foi resultado de reuniões e seminário com em- presários da região, e do Mi- nistério Público, que propõe a redução de resíduos sólidos. Consideramos esse um ponto importante para trabalharmos a questão ambiental com an- tecedência”, explicou o presi- dente do Sindusgesso, Ariston Pereira. Ariston destacou também a importância da região do polo gesseiro que concentra mais de 750 empresas do segmen- to e é responsável por 97% da produção de gesso para todo o País e geração de 82 mil em- pregos diretos. O presidente do Sindugesso lembrou ainda da parceria de entidades como Sebrae e Fiepe como funda- mentais na realização da Ex- pogesso. “A feira aumenta a cada ano, com a introdução de tecnologias e de máquinas”, acrescentou. O Sebrae em Pernambu- co foi representado no evento pelo diretor técnico, Aloísio Ferraz, que destacou a impor- tância da assinatura do termo ambiental para a região. “Rea- firmamos aqui vários compro- missos para a ampliação dos nossos trabalhos no APL do gesso. Essa região tem poten- cial econômico muito grande e há mais de 15 anos atua no polo gesseiro, juntando forças com o Sindusgesso e outros parceiros, como a Fiepe. Esse termo trata de um tema que interessa não só à região, mas a Pernambuco e ao mundo”, completou. O promotor de justiça do MPPE André Felipe lembrou depois da assinatura do termo ambiental, o sentimento agora é sobre a expectativa do de- senvolvimento de uma cons- ciência ambiental necessária no polo produtor do gesso. “O estado parte na frente dan- do exemplo ao setor privado, com um plano para gerenciar o resíduo sólido que se produz nessa região. A diminuição da geração das perdas nas suas Região maior produtora de gesso do País pretende unir desenvolvimento com o meio ambiente Indústrias do gesso assinam termo de proteção ao meio ambiente Meio Ambiente Jornal do Sertão - Agosto de 2013 / Edição 90 atividades significa que todos os empreendedores firmaram o compromisso de poluir me- nos nas atividades que eles desenvolvem”, avaliou o pro- motor. O prefeito de Trindade, Everton Costa, destacou a im- portância do termo de com- promisso assinado e anunciou a criação de uma secretaria para acompanhar esse traba- lho de sustentabilidade. “Va- mos criar a Secretaria de Meio Ambiente, para que busque soluções concretas, não ape- nas no papel. Buscaremos as fontes energéticas necessárias para que as fábricas não sejam paradas”, enfatizou.
  • 8 Antonio Faria de Freitas Neto Advogado (antoniofaria@antoniofaria.com.br) Fone: (81) 3423-3695 | 3423-4976 Coluna Jurídica Com o aumento da informação em todos os ramos e níveis do nosso país, advindo muitas vezes pelo exercício natural da Democracia ou mesmo pelos efeitos da globalização, hodier- namente vem sendo questionado junto à Justiça Laboral acer- ca do assédio moral nas relações trabalhistas. Primeiramente, faz-se imperioso definir, mesmo que bre- vemente, o significado do termo assédio moral, que constitui atos praticados de abuso à psique do empregado, de forma repetitiva e prolongada, no decorrer da jornada de trabalho ou no exercício da função, capaz de ferir a dignidade da pes- soa humana, de maneira humilhante e vexatória, com o esco- po de corromper o ambiente de trabalho ou excluir a posição do empregado vitimado, sendo também denominado como mobbing, bullying ou harcèlement moral. Mas não é qualquer chateação, ou as divergências cotidia- nas, – muitas vezes salutares – havidas no ambiente de traba- lho, entre os empregados, ou mesmo com o empregador, que enseja um assédio à moral, mas tão somente aqueles abusos que trazem ao empregado lesionado forte sentimento de hu- milhação, de inferiorização da sua auto-estima, se apresen- tando como um terror mental, uma tortura psicológica, de grave extensão intelectual. Ademais, a conduta do ofensor tem de, necessariamente, ser prolongada e repetitiva – além de humilhante e ofensiva – já que se a lesão for eventual, não há como causar lesões psi- cológicas, pois somente a perseguição, a discriminação, o ve- xame efetivado em longo espaço de tempo, tem condição de causar um impacto real na saúde psicológica do empregado. Alguns especialistas em psicologia arrematam que “uma dificuldade relacional se torna assédio quando é praticada com uma freqüência mínima de uma vez por semana, em um período superior a 6 meses”. Já alguns doutrinadores enten- dem que o assédio moral somente se configura no prazo de 01 (um) a 03 (três) anos. Em nosso entendimento, nenhum desses prazos servem eficazmente como parâmetro para aferição do assédio moral, já que a instalação do dano psicológico no empregado pode se acarretar em período superior ou inferior, a depender de cada caso concreto, bem como da reação pessoal de cada in- divíduo. Para que seja objeto de reparação pela Justiça do Traba- lho, faz-se imperioso a comprovação da existência da doença psíquico-emocional do empregado, que poderá ser aferida do ponto de vista técnico, através de especialista na área psi- cológica ou de médico psiquiatra, o qual elaborará um laudo específico suficientemente a demonstrar o dano psicológico havido e o nexo de causalidade com o ambiente do trabalho do empregado. Acontece que nossos pretórios muitas vezes têm conde- nado empresas ao pagamento de indenização a título de as- sédio moral apenas pela exposição dos fatos, sem a análise técnica psicológica, fato este objeto de nossa completa repul- sa, por ser completamente temerário e prejudicial aos empre- gadores. O ASSÉDIO MORAL NAS RELAÇÕES JURÍDICO-TRABALHISTAS E studo inédito realizado pelo Sebrae aponta que em 2011 cerca de 700 mil jo- vens com graduação universi- tária eram donos de seu pró- prio negócio. Atento a essa re- alidade, a instituição começou a disponibilizar nesse mês de agosto a todos os universitá- rios brasileiros uma ferramen- ta que integra as diferentes soluções da instituição para desenvolver as capacidades empreendedoras de quem está se preparando para entrar no mercado de trabalho. São jogos gratuitos na in- ternet, cursos – muitos deles sem custos –, disciplina que ensina conceitos de empreen- dedorismo dentro da Universi- dade e bate-papo com especia- listas, que irão passar noções de marketing, fluxo de caixa, recursos humanos e liderança. “O número de jovens bra- sileiros com curso superior que optam por criar sua pró- pria empresa evidencia a im- portância, cada vez maior, de incorporar o ensino empre- endedor à formação dos bra- sileiros. Um médico, dentista, advogado ou arquiteto, por exemplo, sai da faculdade e monta seu próprio consultório ou escritório, mas não tem ne- nhuma noção de administra- ção. Se aprender sobre gestão, as chances de sucesso serão maiores”, explica o presidente do Sebrae, Luiz Barretto. Estruturado em forma de competição, a ferramen- ta conta com um site onde os estudantes se cadastram gra- tuitamente, aprimoram seus conhecimentos com os dez jogos virtuais disponíveis e registram as outras atividades realizadas paralelamente ao longo do ano. Cada uma des- sas ações tem uma pontuação específica e quem acumular mais pontos será o vencedor. Com os jogos, é possível acumular um milhão de pon- tos – cada jogo contribui com até 100 mil pontos. Já o cur- so de empreendedorismo na própria universidade rende outros 100 mil. Com o Papo de Negócios, uma conferência com especialistas transmitida pela internet, o aluno pode acumular 20 mil pontos em cada evento – são feitos dois por ano, voltados para o De- safio Universitário Empreen- dedor. Os jovens interessados em participar do Desafio Univer- sitário Empreendedor podem se inscrever em qualquer perí- odo do ano, desde que decla- rem estar matriculados regu- larmente em qualquer curso de graduação de instituição de ensino credenciada pelo Mi- nistério da Educação. A inscri- ção é gratuita e pode ser feita pelo site http://desafiouniver- sitarioempreendedor.sebrae. com.br Prêmios Os três primeiros coloca- dos de cada unidade da fe- deração receberão um smar- tphone, um kit estudante e um troféu. A final nacional será disputada presencialmente pelos primeiros colocados de cada estado, ou seja, 81 fina- listas (três por estado). Os es- tudantes participarão de ativi- dades em que terão que lidar com situações de convivência, administração do tempo para cumprir os prazos e tomar de- cisões gerenciais que definirão o sucesso da empresa. Os prêmios para os três primeiros lugares nacionais são um tablet, uma viagem internacional de até dez dias a um centro de referência mun- dial em empreendedorismo e um troféu. Os vencedores conhecerão universidades, instituições de fomento e em- preendimentos locais. O local da final nacional e da via- gem-prêmio serão revelados durante a disputa. Na final nacional, a competição será realizada em equipe, formada pelos três finalistas de cada estado. Sebrae estimula empreendedorismo entre universitários Empreendedorismo Jornal do Sertão - Agosto de 2013 / Edição 90
  • 9 Divulgação I tacuruba, cidade do Sertão de Ita- parica, distante 480 quilômetros de Recife, possui um observatório as- tronômico com o segundo maior teles- cópio no Brasil – o primeiro está em Minas Gerais. É o OASI – sigla para Observatório Astronômico do Sertão de Itaparica. Construído pelo Observatório Na- cional (ON) do Rio de Janeiro e em operação desde 2011, o OASI foi cre- denciado em fevereiro pelo Centro de Corpos Menores da União Astronômi- ca Internacional (IAU, na sigla em in- glês) sob o código Y28 OASI. Com isso, passou a integrar a listagem oficial dos observatórios astronômicos reconheci- dos pela entidade máxima da astrono- mia mundial. “O OASI recebeu essa designação [Y28.] porque observamos por meio dele objetos menores descobertos por outros monitoramentos astronômicos internacionais e enviamos as coorde- nadas deles para o IAU para o aprimo- ramento de suas órbitas”, disse Daniela Lazzaro, pesquisadora do Observatório Nacional. De acordo com Lazzaro, o Obser- vatório Astronômico de Itacuruba foi concebido para atender ao projeto Iniciativa de mapeamento e pesquisa de asteroides nas cercanias da Terra no Observatório Nacional (Impacton). Desenvolvido em colaboração com ins- tituições de pesquisa em astronomia do exterior dedicadas ao tema, o proje- to faz parte de uma rede de programas internacionais de busca e seguimento de pequenos corpos do Sistema Solar – como asteroides e cometas – em risco de colisão com a Terra. O Sertão de Itaparica foi escolhido para receber o OASI porque, além de ter muitas noites abertas e secas – sem nuvem –, conta com baixa turbulência atmosférica, luminosidade e poluição e está longe do mar. Além disso, o mu- nicípio de Itacuruba se mobilizou para atrair o observatório. Município se mobilizou para receber o OASI Jornal do Sertão - Agosto de 2013 / Edição 90 Ciência Itacuruba tem segundo maior observatório do País
  • 10 Sociais Divulgação Divulgação CIRCULANDO O casal de médicos Augusto Cé- sar e Mabel, distribuindo simpatia no evento da Unicred Arcoverde AndersonLima/Divulgação AndersonLima/Divulgação AndersonLima/Divulgação PARABÉNS ao casal Natelson Moura e Estefânia Moura que estão comemorando 30 anos de casados UNICRED A gerente Cecilia Inácio ladeada pelo Presidente da Unicred Centro Pernambucana Dr. Aníbal Cantarelli, Dr. Rosan- dro Aranhas, Robson Luna, Alcindo Bezerra e Antoniver Car- valho, celebrando as novas instalações do banco em Arcoverde EXPOSERRA Graça Melo e Camila Dantas parti- ciparam de palestra na feira POR AÍ Hileana Oliveira e o noivo, Wagner Freitas, em total sintonia Jornal do Sertão - Agosto de 2013 / Edição 90 Divulgação PE CONTRA O CRACK O Procurador-geral de Justiça, Aguinaldo Fenelon e o promotor de Jus- tiça Carlos Eduardo Seabra recebendo troféu de primeiro lugar do Prêmio do CNMP, na categoria Indução de políticas públicas em Brasília-DF.
  • 11 Dárcio Rabélo darciorabelo@hotmail.com 87 9159.3661 “Não é o mais forte que sobrevive, nem o mais inteligente, mas o que melhor se adapta às mudanças”. Charles Darwin UNICRED ARCOVERDE O coquetel de reinauguração das novas instalações do banco Unicred/ Arcoverde foi o evento mais prestigia- do e alinhado deste segundo semestre na cidade. O evento contou com a pre- sença de cooperados, colaboradores, conselheiros e diretoria da Unicred Norte/Nordeste e foi marcado pelo dis- curso do presidente da Unicred Cen- tro Pernambucana Dr. Aníbal Canta- relli. Muitos cooperados prestigiaram o evento e tiveram a oportunidade de conhecer o novo ambiente, mais aces- sível e dinâmico além de saborear um delicioso coquetel e confraternizar com outros cooperados. FASHION DAY A empresária Adriana Brasil será anfitriã, dia 14 de setembro, nas de- pendências do Hotel Olho D’ Água dos Bredos de um evento babado. Ela lança Jornal do Sertão - Agosto de 2013 / Edição 90 a Coleção de Verão 2014 Arbítrio, que chega repleta de cores e estilo. As finas vão se esbaldar com música ao vivo, os kitutes do Chef Elsinho Simões e mos- trar a coleção a partir das 17 horas. Vai ser parada obrigatória das fashionistas! LÍVIO VALENÇA A Prefeitura de Pesqueira homena- geará o médico e político Lívio Valença (falecido em 2003), dia 23, às 20h, no Hotel Estação Cruzeiro. Será lançada a segunda edição do livro Histórias que meu pai contou, revista e acrescida de mais 21 historinhas, de autoria de sua filha, advogada Lívia Valença. NOVO DIRETOR O IFPE - Campus Afogados da In- gazeira tem novo Diretor Geral. Foi publicado no DOU de 06/08/2013 a Portaria nº 935, nomeando o servidor Márcio Flávio Tenório Costa para exer- cer o cargo de Diretor Geral do Campus Afogados da Ingazeira. Márcio Tenório é arcoverdense, graduado em ciências contábeis e es- pecialista em contabilidade pública e responsabilidade fiscal. FESTÃO COM CHOCOLATE Festeiro do jeito que é, o vereador Warley Amaral já está entregando o convite da festa de 1 aninho do filho Joaquim. A festa “Fábrica de Joaquim” será dia 24 de agosto no SESC Arco- verde reunindo grupo de amigos da sociedade. Pela beleza e criatividade do convite todos aguardam. SHOW PARA CANCÃO Poesia e música se unem na nova turnê do cantor e compositor Tonino Arcoverde. Ele prepara temporada de shows de lançamento de seu mais re- cente disco “Depois da Chuva”, com entrada gratuita, a partir do dia 22 de agosto, com patrocínio do Funcultura/ Governo do Estado. O cantor priorizou municípios de Pernambuco para fazer uma homenagem ao poeta Cancão, que em 2012 faria 100 anos. ANTENADO Jussara Pereira, presidente da FA- CEP - Federação das Associações Co- merciais de Pernambuco, está conhe- cendo de perto a realidade de muitas associações comerciais do interior do estado e convidando para o 23º Con- gresso da Confederação das Associa- ções Comerciais e Empresariais do Brasil (CACB), que acontecerá em Porto de Galinhas (PE), nos dias 12 e 13 de setembro, no hotel Summervil- le Beach Resort, conjuntamente com o 14º Congresso das Associações Co- merciais e Empresariais de Pernam- buco. Vende-se: 1 máquina de costura reta de 1 agulha - Sunstar. 1 máquina de costura reta de 2 agulhas - Lanmax. Tratar: (81) 3273-1649 / 9965-9093
  • 12 Por Francys Maya - E-mail francysmaya@hotmail.com Sertão Esportivo Eduardo vai à aula magna do curso de medicina de Serra Talhada Desfile Calçados: tradição e qualidade A aula magna do curso de medicina pela UPE (Uni- versidade de Pernambuco) em Serra Talhada, no Sertão do Estado, aconteceu no dia 14 de agosto e este grande dia contou com a presença do go- vernador do estado, Eduardo Campos, deputados estaduais, secretários de governo e lide- ranças locais. Descontração foi a palavra que definiu a abertura das au- las do novo curso no municí- pio. O governador conversou com os alunos para saber a ori- gem de cada um. “Muitos dos profissionais que irão se for- mar aqui ficarão na terra onde nasceram e cresceram. Mesmo diante das dificuldades que virão vocês precisam se unir, se apoiar uns nos outros, pe- lejem, pois cada um aqui ven- ceu uma concorrência de 51 U ma tradicional loja de calçados em Serra Ta- lhada, a mais antiga do muni- cípio, tendo sido fundada em 1967 pelo empresário Gregório Ferraz, a Desfile Calçados tra- balha com as melhores marcas sempre pensando no conforto e bem estar dos seus clientes. Com três lojas na Capital do Xaxado e uma em Arari- Amigos com a taça da Copa A Prefeitura de Serra Talhada, através da Secretaria de Esportes, premiou as equipes campeãs da Copa Nô Velho de Futsal Aberto. O campeonato reuniu 13 equipes de todos os bairros da cidade, somando 195 atletas e surpreendeu pelo engajamento da população. O torneio, que foi lançado para incentivar o esporte amador, premiou as equipes vencedoras com troféus e medalhas e incentivo financeiro de R$ 700 (1º lugar) e R$ 200 (2º lugar). Numa final emocionante, o time dos “Amigos da Rua” consagrou-se campeão derrotando o time da “Natal”. Após o empate em 1 x 1 no tempo regulamen- tar, o jogo foi decidido nos pênaltis. Apesar do forte acirra- mento, os “Amigos da Rua” se destacaram pela raça com que jogaram vencendo com menos um atleta em quadra, que rece- beu expulsão. O time terceiro colocado foi o Cursinho Logos. O torneio prestou homenagem ao esportista serratalhadense Marcelino Lopes da Silva (Nô Velho) pelos relevantes serviços prestados por ele em favor do desporto da Capital do Xaxado. “Nô Velho” faleceu no ano passado, aos 53 anos. Handebol mirim feminino de Carnaíba em alta A Equipe de Handebol Mirim Feminino da Escola Estadual João Gomes dos Reis, da cidade de Carnaíba, foi a grande cam- peã dos Jogos Escolares Fase Estadual que aconteceram desde o dia 14 na cidade de Arcoverde. Depois de ótimos resultados vencendo os Jogos Escolares Fase Municipal em Carnaíba e resultados positivos nos Jogos, a equipe de Handebol Mirim Feminino da Escola Estadual João Gomes dos Reis chegou à final dos Jogos. A equipe enfrentou uma escola de Jaboatão dos Guararapes, região metropolitana do Recife, consagran- do-se a grande campeã. (Colaborou Cauê Rodrigues) Começa certame de Belmonte A prefeitura de São José do Belmonte deu início ao Cam- peonato Municipal de Futebol 2013. O torneio conta com dez times e é organizado pela Secretaria Municipal de Esporte e Lazer e Liga Desportiva Belmontense. Ao todo serão 25 jogos realizados sempre aos finais de semana, a partir das 16h, no Estádio “O Carvalhão”. Desportivo Campeão Em jogo eletrizante com desfecho dramático, o Desporti- vo conquistou o título da Copa DAMOL de Futebol Amador - 2013 ao derrotar o Internacional nos pênaltis, no Estádio Cordeirão, na cidade de Tabira, após ter empatado em 2 a 2 no tempo normal. A Copa DAMOL é incentivada pelo empre- sário tabirense José de Arimatéia, um colaborador do esporte No Pajeú. (Colaborou Itamar França). Seleção afogadense no topo Voltando a jogar no Vianão, a Seleção de Afogados da Ingazeira fez o dever de casa, vencer o Sertânia por 3 a 1. A equipe conquistou a 3ª vitória em três jogos. Os gols foram anotados por Willian, Charles e Gene (contra) para a Seleção de Afogados da Ingazeira e Anderson para Sertânia, de pênal- ti. Com o triunfo, Afogados chegou a nove pontos e pratica- mente garantiu a classificação para a próxima fase. São sete gols marcados, contra apenas um tomado. No outro jogo do grupo, Arcoverde e Pesqueira empataram em 2 a 2. A segunda vaga do grupo está embolada, com pequena vantagem para os arcoverdenses. (Colaborou Nill Junior). Governador conversou com alunos e afirmou que prédio próprio da universidade será entregue logo Alunos emocionados com o início do curso candidatos por vaga. Temos dificuldades, mas tomamos a decisão de ex- pandir a UPE para fazer dela, de fato, de Per- nambuco”, dis- se Eduardo. Tanto Edu- ardo Campos como o reitor da UPE, Carlos Calado, agradeceram a par- ceria da Prefeitura de Serra Talhada por acolher e apoiar o curso na cidade. “Estamos começando o curso na Autar- quia Municipal e queremos agradecer a parceria do pre- feito Luciano Duque”, disse Campos, anunciando que o prédio da UPE no município será bancado com recursos estaduais e ficará pronto em breve. “A UPE quer criar raízes no in- terior e, por isso, contaremos com a parceria de todos. Fomos muito bem acolhidos pela Au- tarquia de Serra Talhada e pelo atu- al governo. É assim que tem que ser, é assim que a socieda- pina, a Desfile trabalha com marcas nacionalmente conhe- cidas de calçados femininos, masculinos, adulto e infantil como a Confortflex, Piccadilly, Dakota, Grendene, Azaléia e Olympikus. Aberta de segunda-feira à sexta-feira, das 7h30 às 18h, e aos sábado, das 7h30 às 13h, a loja aceita como forma de pa- Jornal do Sertão - Agosto de 2013 / Edição 90 Educação Informe Divulgação Divulgação gamento o crediário, cheques e todos os cartões. Em Serra Talhada as lo- jas estão nos endereços: Rua Agostinho Nunes Magalhães, nº 201, Centro; Rua Enoke Ig- nácio, nº 500, Centro; e Rua Enoke Ignácio, nº 701, Centro. Em Araripina, na Rua José Barreto de Souza Sombra, 137, Centro. de espera”, ponderou, por sua vez, o reitor Carlos Calado. Representando o prefeito Luciano Duque no evento, que se encontrava em Brasília, a vice-prefeita Tatiana Duarte desejou boas vindas aos estu- dantes. “É uma grande con- quista não só de vocês, mas para o município, que tem orgulho em acolher a todos. Para os que vêm de fora, sin- tam-se em casa, cuidaremos de vocês como filhos da terra”, disse, agradecendo ao gover- nador Eduardo Campos pela iniciativa. No curso de medicina pela UPE em Serra, quatro estu- dantes são de Serra Talhada, tendo ainda alunos de Pe- trolina, Custódia, Araripina, São José do Belmonte, e dos estados de Sergipe, Bahia e Ceará.
  • 13 Negócios Jornal do Sertão - Agosto de 2013 / Edição 90 Petrolina sedia Feira de Noivas e Decorações M&M Créditos facilita empréstimos N oivas do Sertão do São Francisco que estão com dúvidas sobre que vestido escolher, o tipo de maquiagem ou a decoração do seu casamento terão uma ajudinha. É que Petrolina estará sediando uma Feira de Noivas, entre 25 e 28 de setembro. No evento, serão mostradas as últimas novidades nos segmentos de moda, beleza, gastrono- mia e decoração. A Feira, que será promovida pelo Sindilojas, Acep e Nelbe Assessoria, vai ocupar uma área de 5 mil metros qua- drados no Centro de Convenções Sena- dor Nilo Coelho. Segundo a coordena- dora do evento, Nelbe Freire, a Feira será composta por quatro espaços. “No Salão dos Eventos Sociais, os expositores vão ter oportunidade de apresentar ao público produtos e ser- viços na área de cerimoniais, casamen- tos, batizados, formaturas, aniversários de 15 anos. Já no Salão de Moda e Be- leza, os visitantes poderão conferir os últimos lançamentos em confecções e adereços, beleza e estética”, comentou. Ainda de acordo com Nelbe, have- rá mais dois outros espaços para com- pletar a estrutura do evento. “Teremos os salões de Gastronomia e de Móveis e Decoração e áreas estrategicamente montadas para a realização de bons ne- gócios”, ressaltou. Divulgação A expectativa é que a Feira de Noivas e Decorações do Vale do São Francisco reúna 80 expositores e um público visitante de aproximadamente 14 mil pessoas durante os quatro dias. Informações sobre o evento através dos números (87) 3862-1892 / 3862-2708. U ma empresa criada há oito anos no município de Serra Talhada, com filial em Floresta, a M&M Crédi- tos oferece empréstimo consignado e facilita a cada dia as condições de negociação e pagamento para o seu público-alvo. Agora, além de trabalhar com os bancos que oferecem os juros mais baixos, a empresa dá um mês de carência ao cliente. Para quem recebe um salário mínimo o valor liberado é de até R$ 7 mil. Outra vantagem que o banco oferece é tranquilidade no que se refere a não descontar uma parcela no recebimento do décimo terceiro. A empresa tem uma linha de em- préstimos para aposentados e pensio- nistas do INSS, funcionários públicos estadual e federal e das Forças Arma- das. O interessado deve se dirigir ao banco entre 7h30 e 16h, de segunda- -feira à sexta-feira, portando CPF, Identidade, Comprovante de Residên- cia e número da conta na qual deve ser depositado o empréstimo.
  • 14 * Helena Conserva é Professora e Jornalista Por Helena Conserva E-mail hconserva@gd.com.br blog: http://escrevehelena.blogspot.com Dominguinhos Livro: D. Gritos - do sonho à tragédia. A sua leitura nos conduz a história de uma banda de rock. No contexto o lirismo e a humanidade se fundem de forma indissociável. Estamos então, diante de um escritor forte. Diante de uma literatura/biográfica escrita no rastro da história, traduzia pelo elemento linguagem, que por sua vez, traduz a tragé- dia. Um tema para muitos esgotado, porém, o autor mostra que para a literatura, não e o espaço que importa, mas antes a linguagem que a reveste. (orelha por essa autora) Certificação credencia quem quiser ampliar o conhecimento fora do País IF Sertão divulga datas do teste de proficiência em inglês Q uem precisa realizar exame de certificação em língua inglesa, para com- provar proficiência no idioma e fazer intercâmbio, uma gra- duação, pós-graduação, mes- trado e doutorado, já pode se agendar. Foram confirmadas novas datas do Teste de In- glês como Língua Estrangeira (Test Of English as Foreign Language - TOEFL) até o mês de novembro de 2013, no cen- tro de aplicação do IF Sertão- -PE, em Petrolina. O Laboratório de Língua e Cultura Global (GCLab) do campus Petrolina dispõe de 15 computadores e se tornou, ano passado, o primeiro do interior do Nordeste a rea- lizar o TOEFL. Para fazer o Divulgação educação Jornal do Sertão - Agosto de 2013 / Edição 90 exame, é necessário entrar no site http://www.ets.org/ toefl, se cadastrar e escolher Petrolina como local de rea- lização. A taxa é de US$ 210 (duzentos e dez dólares ame- ricanos). De acordo com o coorde- nador do centro, Alexandre Correia, estudantes de diver- sas instituições de ensino su- perior do Brasil tem recorrido ao IF Sertão-PE para realizar o TOEFL. “Os interessados têm prazos para entregar o resulta- do do teste e os centros próxi- mos ou ficam sem vaga ou sem data. Tomara que o exemplo deles contagie os estudantes daqui”, afirma ele. O teste TOEFL avalia a ca- pacidade do aluno de usar e compreender o inglês no nível universitário e de combinar as habilidades de compreensão oral, leitura, expressão oral e escrita para realizar tarefas acadêmicas. É reconhecido por mais de 8.500 instituições de ensino superior, universi- dades e agências em mais de 130 países, entre Austrália, Canadá, Reino Unido e Esta- dos Unidos. Para mais infor- mações sobre o TOEFL, aces- se http://toefl.ifsertao-pe. edu.br/. Datas de realização das provas: Setembro: 07, 13, 27 e 28 Outubro: 05, 11, 19 e 24 Novembro: 09, 16 e 22
  • Divulgação 15 Certificação credencia quem quiser ampliar o conhecimento fora do País a identificação de áreas favoráveis ao manejo da Caatinga visando à explora- ção de forma ordenada, racional e sus- tentável desse recurso natural. “Também a meta é a identificação de áreas degradadas e implantação de projetos para sua recuperação, além da U ma parceria entre a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) e o governo de Pernambuco – por meio da Secretaria de Agricultura e Reforma Agrária (SARA), criou o Programa de Desenvolvimento Florestal Sustentável do Araripe, que tem como objetivos a preservação, a exploração sustentável e a revitalização do bioma Caatinga na região do semiárido pernambucano. O investimento previsto é de R$ 6,4 mi- lhões até 2014. O foco principal do programa – implantado sob a responsabilidade do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), vinculado à SARA – é subsidiar o planejamento territorial da região do Araripe por meio da reunião de dados e elaboração de um zoneamento agro- ecológico que permitirá caracterizar, identificar e espacializar áreas com potencialidades para preservação, con- servação, recuperação e produção flo- restal na região. A primeira etapa do zoneamento já foi concluída. Agora será feito o levan- tamento pedológico, que consiste na Caatinga em Pernambuco recebe investimentos avaliação das características do solo e que, aliado a outras infor- mações, possibilitará a identifi- cação das aptidões da região no que tange ao desenvolvimento de base florestal. “Essa primeira etapa (a car- tografia) é a base para o levan- tamento pedológico e para a elaboração do zoneamento agro- ecológico da área”, destaca o en- genheiro cartógrafo da Codevasf, Kauem Simões. Nas outras etapas serão ela- borados projetos-piloto de re- cuperação de áreas degradadas, planos demonstrativos de mane- jo florestal e capacitações – estas últimas em áreas como produção de mudas, técnicas de manejo de florestas nativas e plantadas, téc- nicas de plantio de florestas nativas e/ ou de rápido crescimento, fomento flo- restal, noções de prevenção e combate a incêndios florestais, recuperação e controle de processos erosivos, educa- ção ambiental e comunicação social. Um dos objetivos do programa é identificação de áreas aptas ao plantio de florestas de rápido crescimento vi- sando à produção de energia, de modo a reduzir a pressão sobre a vegetação nativa”, explica o engenheiro flores- tal da Codevasf, Antônio José da Silva Neto. Meio Ambiente Jornal do Sertão - Agosto de 2013 / Edição 90
  • 18 Sesi oferece oficinas gratuitas de informática CDL de Salgueiro capacita associados para aquecer vendas Seguros e emplacamentos em geral Caminhões, Ônibus, Carros, Motos, Imóveis e etc F: (87) 3831.7053 / 9902.6999 / 9940.2941 A gosto de novidade nas bibliote- cas do projeto Sesi Indústria do Conhecimento em Pernambuco. Nesse mês, os centros multimídias começa- ram a oferecer aulas e oficinas de infor- mática gratuitas à população, através do projeto de inclusão digital da enti- dade. Para participar, basta ser cadas- trado como usuário da biblioteca, além de saber ler e escrever. Os interessados devem procurar a unidade mais próxima para se infor- mar sobre as próximas turmas disponí- As aulas são realizadas através do projeto de inclusão social da instituição Presidente da CDL Salgueiro, João Gomes Santos enfatiza a importância de investir em capacitações A Câmara de Dirigentes Lojistas de Salgueiro (CDL), no Sertão Central, está incluída num progra- ma de parceria com o Sebrae-PE para capacitar, treinar e reciclar os associados e colaboradores da en- tidade tendo como objetivo enca- rar os desafios que a região deverá enfrentar e até já está vivenciando com a transformação do município no principal centro do Polo Logísti- co e Centro de Distribuição devido a implantação do modal da ferrovia Transnordestina. Com a chegada de novas empresas no município de Salgueiro, mais de 500 empregos serão gerados, a econo- mia local será alavancada e o comér- cio da cidade deve estar preparado para os novos desafios nesse mercado aquecido. Neste mês já aconteceram alguns cursos como o de Habilidades Gerenciais e outros já estão confirma- dos para setembro e outubro. De acordo com o presidente da CDL Salgueiro, João Gomes dos Santos, a expectativa em relação às empresas que aportam no municí- pio é de muito otimismo e por isso é preciso investir em capacitação. “Com a economia aquecida, vis- lumbramos novas oportunidades tanto por parte da iniciativa pri- vada quanto por parte do governo. Citamos como exemplo o Salgueiro Shopping, a Plataforma Multimo- dal, o Aeroporto, a Transposição, a Transnordestina, UTIs, SAMU, IML”, comenta João Gomes. Inscrições e informações podem ser obtidas na CDL de Salgueiro pelo telefone (87) 3871.0322/1373. Lista de cursos para Setembro e Outubro ATENDIMENTO A CLIENTES Data: 16 a 20 de setembro Horário: 18h30 às 22h30 Investimento: R$ 50 ORIENTAÇÃO PARA O CRÉDITO Data: 04 de setembro Horário: 19h às 21h Investimento: R$ 10 A EFICÁCIA DA LIDERANÇA Data: 14 à 17 de outubro Horário: 18h30 às 22h30 Investimento: R$ 50 PLANO DE MARKETING Data: 02 de outubro Horário: 18h às 22h Investimento: R$ 10 DivulgaçãoDivulgação veis e confirmar inscrição. Os endere- ços estão disponíveis em www.pe.sesi. org.br (seção Projetos Especiais/Pro- jeto SESI Indústria do conhecimento/ Unidades). São 15 centros multimídia, insta- lados do Litoral ao Sertão do Estado, com aulas e oficinas digitais direcio- nadas aos trabalhadores da indús- tria e comunidades. Turmas e aulas são diárias (segunda à sexta), nos turnos manhã, tarde e noite, com 1h30min de duração. Monitores e Jornal do Sertão - Agosto de 2013 / Edição 90 Capacitação alunos terão 19 encontros ao lon- go de 30 dias. A coordenadora estadual do projeto Sesi Indústria do Conheci- mento, Bruna Santos, explica que o Inclusão Sócio-Digital é voltado a pessoas que têm pouca ou nenhu- ma habilidade com o computador. “O objetivo é ensiná-las a utilizar as ferramentas básicas que a máquina oferece”, conta, acrescentando que as aulas serão baseadas no Pacote Office da Microsoft.
  • Divulgação 19 E m agosto, as micro e pequenas empresas e microempreende- dores individuais de Serra Talhada e da região começaram a receber apoio nas compras governamen- tais. O programa Governo Cliente, coordenado pelo governo estadual, foi lançado no município para es- truturar processos de compras de forma regionalizada e a elevação do nível de participação das peque- nas atividades nas compras gover- namentais, além de garantir a apli- cação dos instrumentos da política pelos servidores públicos. Para o prefeito Luciano Duque, o programa chega para contribuir com o fortalecimento de Serra no momen- to em que a cidade respira desenvolvi- mento. “Recebemos um programa que irá fortalecer os pequenos empresários da cidade, essa classe tão importante para o nosso município, trazendo a re- gionalização das compras públicas. Pa- rabenizo o governador Eduardo Cam- pos por isso e espero que a ação traga Governo Cliente chega a Serra Talhada Senai e Sesi lançam edital para o Inovação 2013 Interiorização das compras governamentais é o objetivo do programa lançado pelo Governo do Estado Capacitação Jornal do Sertão - Agosto de 2013 / Edição 90 mais desenvolvimento para o municí- pio e a região”, disse o prefeito. O aumento do índice de partici- pação das pequenas atividades nas compras públicas vai representar a injeção de R$ 400 milhões por ano no orçamento das microempresas, o equivalente a uma compra diária de R$ 2 milhões, afirmou o secretário de Trabalho, Qualificação e Empreende- dorismo do Estado, Antônio Carlos Maranhão. E stão abertas até o dia 30 de se- tembro as inscrições para a edição 2013 do Edital Senai Sesi de Inovação, que incentiva a inovação tecnológica e em saúde, segurança, qualidade de vida, educação e cultura, apoiando o desenvolvimento de produtos, proces- sos e serviços em indústrias de micro, pequeno, médio e grande portes. Os recursos destinados para o de- senvolvimento de projetos inovadores chegam a R$ 30,5 milhões. Desse to- tal, R$ 20 milhões são para projetos do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai); R$ 7,5 milhões para projetos do Serviço Social da Indústria (Sesi); e R$ 3 milhões em bolsas de pesquisa em Desenvolvimento Tecno- lógico e Industrial (DTI) do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científi- co e Tecnológico (CNPq). Pode concorrer qualquer proposta para produtos, processos e serviços e empresa do setor industrial, em parceria com os Departamentos Re- gionais do Senai, do Sesi, do Senai/ Cetiqt ou com o CNPq. O Edital de Inovação atenderá projetos que se- jam dos segmentos industriais, desde alimentos e bebidas, metalmecânica, plásticos e borracha, até química, pe- tróleo e gás, construção civil, têxtil, vestuário. Os departamentos regionais do Se- nai e do Sesi colocarão à disposição a infraestrutura de laboratórios e seus técnicos para o desenvolvimento dos projetos. Em Pernambuco, as empresas inte- ressadas podem procurar as unidades do Senai e do Sesi, entidades que in- tegram o Sistema FIEPE. Serão ava- liados o potencial inovador, o plano de negócio e a viabilidade econômica dos projetos inscritos. As inscrições devem ser feitas pela internet, no site oficial do edital (http://www.portal- daindustria.com.br/senai/iniciativas- -senai/programas/edital-de-inova- cao/2013/07/1,4913/edital-2013. html). Os vencedores serão conhecidos em 13 de dezembro.
  • 20 Divulgação Divulgação Divulgação Farmácia Pague Menos está entre os novos empreendimentos A Ambev iniciou suas atividades na cidade em junho desse ano Supermercado já está treinando os novos funcionários Jornal do Sertão - Agosto de 2013 / Edição 90 Negócios do em torno de 20 empregos diretos. “A gente fica feliz que com a continuidade dessa expan- são. Todos esses investimentos vêm fortalecer o desenvolvi- mento da região, gerar empre- gos, melhorar cada vez mais a competitividade e o acesso aos produtos de qualidade com preços mais competitivos”, co- locou o prefeito de Salgueiro, Marcones Sá. O presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas do município, João Gomes, completa o otimismo. “Esses empreendimentos alavancarão a economia local, com novos consumidores re- cém-empregados, aliado aos mi- lhares que virão de outros mu- nicípios circunvizinhos. Com a economia aquecida, vislumbra- mos novas oportunidades tanto por parte da iniciativa privada quanto das esferas governamen- tal”, apontou o líder lojista. P rincipal município do Sertão Central, Salguei- ro, vem dando saltos surpre- endentes no campo socioe- conômico. Investimentos dos setores público e privado vêm contribuindo para consolidar a região no cenário socioeco- nômico do interior do Nordes- te. De 2012 até o momento, grandes empreendedores es- tão investindo no município, proporcionando a abertura de novas oportunidades de em- pregos em diversos segmentos. Entre os empreendimentos recentes se destacam o centro de distribuição da Companhia de Bebidas das Américas (Am- bev), Supermercados Bonanza e Super Seleto, além da Far- mácia Pague Menos. A con- quista é sinônimo de geração de empregos e ajuda Salgueiro a se firmar como polo logístico no estado. O centro de distribuição da AmBev – com estrutura cons- truída numa área de 12 mil m², já iniciou suas atividades em junho, gerando 35 empregos diretos e cem terceirizados. Com investimento de mais de R$ 5 milhões, a unidade – vol- tada para a venda de cerveja, refrigerantes e outras bebidas, atende a região do Sertão Cen- tral e Pajeú. De acordo com o gerente comercial do grupo, Fernando Jorge Bueno Mazzarolo, antes de se instalar no Sertão, foi feito todo um planejamento estratégico com base nas de- mandas e no perfil mercado- lógico e geográfico. “A cidade que mais ofereceu infra-estru- tura foi Salgueiro, por estar bem posicionada e com me- lhor estrutura de crescimen- to. Estamos a um mês e meio de operação e as expectativas estão sendo atendidas dentro das expectativas de retorno, mas nossa meta é muito maior no sentido de dobrar o tama- nho do centro”, adiantou. Na linha de supermerca- dos, Salgueiro também será a próxima cidade a receber uma unidade do Bonanza, que está sendo instalado no Salgueiro Grandes empreendimentos aquecem a economia de Salgueiro Shopping. Nessa etapa inicial estão sendo gerados 80 novos empregos diretos, com funcio- nários em fase de treinamento. “Temos uma grande ex- pectativa com a chegada do Bonanza em Salgueiro que é uma cidade promissora e vive um momento importan- te em sua história diante das grandes obras que vêm sendo implementadas na região. O Bonanza chegará para contri- buir com o crescimento atual”, disse o presidente do Grupo, Djalma Farias Cintra. A cidade sertaneja também abre suas portas para receber uma unidade do Super Seleto, de origem cearense e que atua no segmento de atacado, pre- visto para ser inaugurado até setembro com investimentos da ordem de R$ 6 milhões. A expectativa é de que sejam ge- rados 130 empregos diretos. Outro grupo que aportou em Salgueiro foi o das far- mácias Pague Menos Dru- gstore. O empreendimento fica na Avenida Antônio An- gelim. Teve investimento em torno de R$ 1 milhão, geran-
  • 21 Eugênio realiza seu sonho trazendo shopping para Salgueiro Chilli Beans também tem um stand no novo empreendimento da cidade Negócios Jornal do Sertão - Agosto de 2013 / Edição 90 M aior destaque entre os novos em- preendimentos no Sertão, o Sal- gueiro Shopping chega à cidade com um investimento de R$ 13 milhões, preten- dendo dobrar esse valor até o início de 2014. O negócio tem como diferencial reunir num só lugar franquias do cená- rio nacional como Cacau Show, Broomer e Lojas Americanas. A sua inauguração está prevista para dezembro de 2013. De acordo com o diretor presidente do Shopping, Eugênio Muniz, 36 lo- jas já foram comercializadas, gerando mais de 200 empregos. “Desse total de Salgueiro se prepara para ganhar seu primeiro shopping Já na primeira etapa, a população terá contato com 44 lojas dos mais variados segmentos comerciais como Herrero, Dr. Romualdo Roriz, Cláu- dia Joalheria, Óticas Diniz, Chilli Be- ans, Grávida & Bebê, PinkBiju, Moda Mania, Hering. No ramo alimentício, marcam presença no shopping Wil- son Pizzas, Zeca’s, Café Expresso, Aero Shake, Bebelu Sanduíches, Bonaza Su- permercados. Serão 347 vagas de esta- cionamento. Para o diretor presidente do shop- ping, esse é um sonho que está se re- Com lojas nacionais e redes regionais, empreendimento já atrai mesmo antes de ser inaugurado Hering estará presente como opção de moda jovem Criançada terá ampla área de lazer para se divertir Bebelu é uma das franquias mais esperadas na área de alimentação lojas vendidas, apenas quatro são da- qui da cidade. Como nossa prioridade é trazer lojas nacionais, esse dado mos- tra que estamos tendo êxito no nosso projeto”, afirma Muniz. O Salgueiro Shopping será cons- truído em três etapas e contará com duas salas de cinema, que deverão ser edificadas já no segundo passo. Ainda aguarda do Governo de Pernambuco, a autorização para implantação do ‘Ex- presso Cidadão’. O local terá um am- biente climatizado e disponibilizará de três acessos para o público. HélidaEnes/Divulgação HélidaEnes/Divulgação HélidaEnes/DivulgaçãoDivulgação HélidaEnes/Divulgação HélidaEnes/Divulgação alizando. “Sou de uma família de co- merciantes, sempre fui lojista e cresci nessa área. Conheço a potencialidade que tem Salgueiro, principalmente por estar localizada onde se cruzam duas BRs, além de abastecermos todas as cidades circunvizinhas. Tenho esse so- nho, de trazer um shopping para minha cidade, desde os meus 15 anos. Hoje, aos 38, posso dizer que passei 23 anos estruturando-me, para que atendesse esse desejo que é também dos morado- res e visitantes do município”, comen- tou Eugênio Muniz.
  • Corrida chama a atenção para a importância do jumento Cultura A 10ª Corrida do Jumento que aconteceu este mês no distrito de Fazenda Nova, em Serra Talhada, vem se consolidando a cada ano e hoje reúne cerca de 10 mil pessoas no evento. Organizada pela popula- ção local, mas idealizada e coordenada pelo vereador e presidente da Câmara Municipal, José Raimundo (PTB), a festa também conta com uma programação variada, shows e uma área destinada à valorização da gastronomia regional. O objetivo da Corrida do Jumento não é somente a competição. É também mostrar a importância do animal para o dia a dia do homem do Sertão. “Hoje, todos os nossos agricultores têm um jumento para a sua vida diária. Então, ao invés de estarmos com os jumentos soltos nas BRs, causando acidentes e sendo mortos, como ocorre muito ultimamente, queremos incentivar a preservação e o cuidado com o jegue, que faz parte e é essencial da nossa vida aqui no campo”, revelou o vereador. Conforme José Raimundo, a intenção da festa é alertar para a preservação da espécie. “Não queremos o jumento no meio da pista e sim ajudando o homem do campo, como sempre fez”, ressaltou o idealizador do evento. A corrida surgiu em 2003 quando amigos se reuni- ram e um deles, chamado de Elias, tinha um jumento corredor. Num sábado à tarde, os amigos resolveram colocar o animal para correr e marcaram uma corrida para uma semana depois. Nesse dia, várias pessoas da região participaram com seus jumentos e foi assim que a festa começou. No segundo ano, a competição já tinha tomado dimensão com 20 jumentos competindo e hoje, a participação é de uma média de 50 animais. A com- petição ocorre sempre no mês de agosto, tendo início às 9h. Como são inscritos muitos jumentos, há uma fase classificatória, onde ficam apenas 10 para a final, que acontece às 15h30. A festa acontece apenas em um dia, mas de acordo com José Raimundo, há uma possibilidade de ser ampliada. “Estamos estudando a realização da Corrida em dois dias”, acrescentou. Estrutura Os visitantes também contam com um amplo es- paço para barracas de comidas típicas como a gali- nha, bode, mungunzá, arroz vermelho, baião de dois, as comidas de milho e ainda com três atrações musi- cais, das quais duas locais. A comunidade se envolve muito com o evento, que é sem fins lucrativos. O envolvimento é que vem consolidando a festa ao longo desses 10 anos e isso é motivo de muita comemoração para Raimundo. “A comunidade espera ansiosamente pela próxima corrida, porque é um evento que também contribui com a renda da população. Nós pegamos exatamente esse período de escassez de chuva, quando o homem não tem como manter as suas atividades, e a festa dá um incremento”, afirma o vereador José Raimundo. 22 Jornal do Sertão - Agosto de 2013 / Edição 90 Raimundo reuniu na competição, festa, tradição e preservação No começo era apenas 10 animais, hoje a disputa costuma reunir 50 jumentos HélidaEnes/Divulgação HélidaEnes/Divulgação O prefeito de Serra, Luciano Duque, esteve prestigiando mais uma edição da Corrida Evento reúne mais de 10 mil pessoas HélidaEnes/Divulgação HélidaEnes/Divulgação Corredores ficam eufóricos para conquistarem o primeiro lugar Os pais do organizador da corrida também marcaram presença no evento HélidaEnes/DivulgaçãoEmanuelVictor/Divulgação HélidaEnes/Divulgação Prefeito Luciano Duque entregou o troféu ao vencedor, o corredor Souza, da Malhada do Juá Público espera ansioso pelo início da corrida HélidaEnes/Divulgação
  • 24 U m professor de física da cidade de Petrolândia, no Sertão de Itaparica, aderiu a uma nova técnica para chamar a atenção dos alunos para a aula. Docente na Escola Maria Cavalcanti Nunes, Ro- berto Oliveira recorreu à tecnologia in- centivando os alunos a usar softwares de design 3D para aprender a matéria. Segundo o professor, o projeto faz com que os estudantes aprendam física A 8ª Super Mix, evento que ajuda a fomentar os negócios de micro e pequenas empresas e aproxima os di- versos elos de uma mesma cadeia pro- dutiva, aconteceu em julho, no Centro de Convenções de Pernambuco com a presença de vários expositores que apresentaram produtos e serviços ao mercado, fortaleceram relacionamen- tos comerciais, prospectaram novos clientes e negócios, fortaleceram suas marcas e divulgaram lançamentos. Além disso, a Super Mix transformou- -se em um amplo centro de qualifica- ção profissional, oferecendo palestras, workshops e minicursos aos partici- pantes. O evento reuniu indústrias, ataca- distas, distribuidores e varejistas de Pernambuco e estados vizinhos, além de provedores de serviços, máquinas, equipamentos e tecnologias para su- permercados, panificadores e empre- sas do food service. Os visitantes assis- tiram palestras e participaram de ofi- cinas com abordagens em marketing, controles financeiros, licitações, gestão de pessoas, mídias sociais no varejo, comunicação social nas empresas e prática do pós-venda, numa parceria entre o Sebrae-PE e o Senac-PE. “A Super Mix cumpre o papel de le- var conhecimento ao empresário e pro- fissional do atacado e do varejo de vizi- nhança, segmento que vem crescendo e atraindo cada vez mais o consumidor”, declarou o presidente da Aspa, Douglas Cintra. O presidente da Apes, Edivaldo Guilherme dos Santos, frisou a união entre as duas entidades. “Estamos na oitava edição da Super Mix e o sucesso deste evento deve-se muito à parceria entre as duas associações”, acrescentou. A feira é uma realização da Asso- ciação Pernambucana de Atacadistas e Distribuidores (Aspa), em parceria com a Associação Pernambucana de Supermercados (Apes). de uma forma mais divertida e com ele- mentos conhecidos, como quem costu- ma jogar games, por exemplo. “Muitos já estavam acostumados com jogos digitais, como o The Sims”, explicou o professor. Através da nova técnica usada pelo professor de física, 120 alunos foram desafiados a construir edificações da própria cidade utilizando softwares. Os programas utilizados pelos alunos fo- ram o Google Sketchup, para modela- gem 3D, e o Aumentaty, para apresen- tação dos trabalhos através da técnica de realidade aumentada. Para desenvolverem os trabalhos, os alunos utilizaram os tablets que recebe- ram do programa Aluno Conectado, do governo estadual. “Os estudantes tive- ram mais facilidade para compreender Jornal do Sertão - Agosto de 2013 / Edição 90 Douglas Cintra, Presidente da Aspa e Edivaldo Guilherme, Presidente da Apes HélidaEnes/Divulgação HélidaEnes/Divulgação Negócios Educação Professor se alia à tecnologia para facilitar o ensino de física em Petrolândia Super Mix qualificou setor em mais uma edição da feira conceitos de mecânica e resistência de materiais e aplicação da física na cons- trução civil”, afirmou Roberto. O resultado dos projetos elabo- rados pelos estudantes resultou no I Workshop em Modelagem 3D, re- alizado no último dia 31 de julho, no Centro Cultural de Petrolândia. No evento, os jovens puderam apresentar seus trabalhos.
  • 25 Quem amamenta tem menor risco de Alzheimer Estudo identifica mutações que dão origem a câncer M ães que amamentam seus filhos têm um ris- co menor de desenvolver Al- zheimer, segundo um estudo recém-publicado pela Univer- sidade de Cambridge, na Grã- -Bretanha. A pesquisa também indicou a possibilidade de haver uma ligação mais ampla entre os dois fatores, já que amamen- tar pode atrasar o declínio da condição cognitiva da mulher. Estudos anteriores já mostravam que a amamenta- ção reduzia o risco de a mãe desenvolver outras doenças, C ientistas anunciaram o que dizem ser um novo marco na pesquisa do câncer, após identificarem 21 muta- ções que estariam por trás da maioria dos tumores. O estu- do, que foi divulgado na revista Nature, afirma que estas modi- ficações do código genético são responsáveis por 97% dos 30 tipos mais comuns de câncer. Algumas das causas, como o hábito de fumar, já são conheci- das, mas mais da metade delas ainda são um mistério. Durante o período de uma vida, células desenvolvem uma série de mu- tações que podem vir a trans- formá-las em tumores letais que crescem incontrolavelmente. mas esse é o mais indicativo no que diz respeito a transtor- nos cognitivos. O estudo mos- tra que alguns efeitos biológi- cos da amamentação podem ser os responsáveis pela redu- ção do risco de se desenvolver a doença. Os pesquisadores estabe- leceram três comparações hi- potéticas, entre mulheres que amamentaram e outras que não amamentaram ou ama- mentaram menos, e verifica- ram reduções potenciais de até 64% no risco de as primeiras Origens do câncer A equipe internacional de pesquisadores estava procuran- do as causas das mutações como parte da maior análise já feita sobre o genoma do câncer. As causas mais conhecidas de mu- danças no DNA, como a superex- posição aos raios UV e o hábito de fumar, aumentam as chances de desenvolver a doença. Mas cada uma delas dei- xa também uma marca única – uma espécie de assinatura desenvolverem Alzheimer em relação às segundas. Eles advertem, porém, que não é possível quantificar com exatidão a redução potencial do risco de Alzheimer, por con- ta do grande número de variá- veis envolvidas – como tempo – que mostra se foi o fumo ou a radiação UV, por exemplo, o responsável pela mutação. Os pesquisadores, lidera- dos pelo Instituto Sanger, do Reino Unido, procuraram por mais exemplos destas “assi- naturas” em 7.042 amostras tiradas dos 30 tipos mais co- muns de câncer. Eles desco- briram que 21 marcas dife- rentes eram responsáveis por 97% das mutações que causa- vam os tumores. de amamentação, histórico de saúde da mulher, número de gravidezes e casos de Alzhei- mer na família, entre outras. Segundo uma das teorias levantadas pelos pesquisado- res de Cambridge, amamen- tar priva o corpo do hormônio progesterona, para compensar os altos níveis de protesgerona produzido durante a gravidez. A progesterona é conheci- da por dessensibilizar os re- ceptores de estrogênios no cé- rebro – e o estrogênio tem um papel importante na proteção “Estou muito animado. Es- ses padrões, essas assinaturas, estão escondidos no genoma do câncer e nos dizem o que está realmente causando o cân- cer em primeiro lugar – é uma compreensão muito importan- te”, disse Sir Mike Stratton, diretor do Instituto Sanger, à BBC. Outras marcas encon- tradas no genoma do câncer estavam relacionadas com o processo de envelhecimento e com o sistema imunológico do corpo. As células respondem a infecções virais ativando uma classe de enzimas que modifi- cam os vírus até que eles não funcionem mais. “Acreditamos que quando ela (a célula) faz isso, há efei- tos colaterais – seu próprio genoma se modifica também e ela fica muito mais propensa a se tornar uma célula cancerí- gena, já que tem uma série de mutações – é uma espada de dois gumes”, diz Stratton. No entanto, doze dessas marcas genéticas encontradas no genoma do câncer ainda es- tão sem explicação. FONTE: BBC Brasil Divulgação Jornal do Sertão - Agosto de 2013 / Edição 90 CIÊNCIA do cérebro contra o Alzheimer. Outra teoria se baseia no fato de que amamentar amplia a tolerância da mulher à glicose, restaurando sua tolerância à in- sulina após a gravidez, um perí- odo em que há uma redução na- tural da resistência à insulina. E o Mal de Alzheimer é ca- racterizado justamente pela resistência à insulina no ceré- bro (e consequentemente à in- tolerância à glicose), tanto que o mal de Alzheimer algumas vezes é chamado de diabetes tipo 3. FONTE: BBC Brasil
  • 26 A Festa de Setembro de Serra Talhada-PE, como é popularmente conhecida no município, evento em homenagem à padroeira da cidade, Nossa Senhora da Penha, já tem programação oficial. A festa, tradicional no município, acontecerá de 29 de agosto a 8 de setembro. A expectativa é atrair cerca de 300 mil pessoas nos onze dias em que é realizada. As homenagens a Nossa Senhora da Penha acontece desde 1790. Este ano a festa homenageia a maestrina Rosa Pau Ferro e os shows acontece- rão em dois polos: o da Lagoa, onde se apresentam as bandas nacionais e regionais e o Cultural, na Praça Sérgio Magalhães, com atrações culturais e religiosas. Além dos shows, haverá mostra de cinema, encontro de escritores e apresen- tações teatrais. Festa de Setembro deve atrair 300 mil pessoas Anatel pode antecipar metas para Internet 3G e 4G A cessar a internet através de um celular ou smartphone é algo que vem se popularizando cada vez mais rápido. O que nem todos sa- bem é que já passamos por tecnolo- gias 1G, 2G, 2.5G, e 2.75G. Mas o que significa cada G na evolução da telefonia móvel? O G vem da palavra Geração e significa um novo padrão, uma evolução tec- nológica para aumentar a capacida- de e velocidade da rede para suprir a demanda do mercado. Mas vamos às boas notícias: a Anatel disse nesta segunda-feira, dia 19, que pode antecipar a entrega dos serviços 3G e 4G no Brasil. A meta para o 3G, hoje definida para 2017, pode ser encurtada em até dois anos, enquanto a do 4G, de 2019, pode ser antecipada em um ano. Isso significa um avanço muito grande na quali- dade da telefonia móvel de voz e alta velocidade na transmissão de dados, sendo possível transferir até 1 Gbps, restrita a países mais desenvolvidos, como o Japão, por exemplo. Ainda há muito a ser feito pela banda larga móvel no Brasil, mas isso não tira o entusiasmo de divul- gar uma boa notícia no mundo da tecnologia. Jornal do Sertão - Agosto de 2013 / Edição 90 Cultura Pólo da Lagoa Dia 03.09.2013 • Garota Safada • Léa Emanuelle Dia 04.09.2013 • Toca do Vale • Léo Magalhães Dia 05.09.2013 • Coleguinhas • Limão com Mel • Banda Vizzu Dia 06.09.2013 • Forró das Estrelas • Fábio e Nando • Gabriel Diniz Dia 07.09.2013 • Musa • Marina Elali • Bené do Arroxa • Kennedy Brasil e Daniel São Paulo Pólo Cultural (Praça Sérgio Magalhães) Dia 29.08.2013 • Banda Anjos de Resgate Dia 30.08.2013 • Banda D.Gritos e Convidados • Banda Kaêra Dia 31.08.2013 • Txai Cia. De Danças (CE), com espetáculo Vida de Negro • Seu José e Cabroeira Dia 01.09.2013 • Txai Cia. De Danças (CE) com o espetáculo Alma Nordestina • Assisão Dia 02.09.2013 • Grupo Cangaceiros de Solidão • Cia. Máscaras de Teatro de Bone- cos, com o espetáculo: Fabulário Dia 03.09.2013 • Maracatu Nação Império • Cia. Máscaras de Teatro de Bonecos, com o espetáculo: Mamulengada Dia 04.09.2013 • Apresentação dos Núcleos do Mo- vimento Cultura Viva: Frevo, Ci- randa, Caboclinho, Samba de Coco, Xaxado, Reisado e Percussão. • Show recital com Henrique Bran- dão e grupo xaxado e Poesia Dia 05.09.2013 • Grupo de Xaxado Cabras de Lampião • Balé Popular do Recife • Roberta Aureliano e a Fulo do Maracujá Dia 06.09.2013 • Cia. De Danças Filhos do Sol • Balé Cultural de Afogados da Ingazeira • Cia. de Danças do SESC Petrolina com o espetáculo: Fuá na Casa de Zé Mane • Banda Vozes do Campo Dia 07.09.2013 • Orquestra Sanfônica de Carnaíba • Cia. de Danças do Sesc de Petrolina com o espetáculo: Eu Vim da Ilha Dia 08.09.2013 • Show com Padre Luizinho Programação Alberto Ursulino albertoursulino@visatecnologia.com
  • 27 D urante cinco dias, entre 5 e 10 de agosto, o muni- cípio de Triunfo, no sertão de Pernambuco, se transformou na capital do cinema nacional com 40 produções de todo o Brasil. Em sua 6ª edição, o festival classificou o filme per- nambucano “Eles voltam”, de Marcelo Lordello, como o me- lhor longa inscrito. Nesta edi- ção, foram 157 filmes inscritos. O longa que ficou em pri- meiro lugar na competição conta a história de Cris e seu irmão mais velho Peu, deixa- dos na beira de uma estrada pelos próprios pais, como cas- tigo por brigarem constante- mente durante uma viagem à praia. No meio do nada e longe de tudo, os irmãos questionam se o melhor é ficar ali e esperar o retorno de seus pais ou sair em busca de alguma maneira de voltar para casa. Festival de Cinema de Triunfo premia longa pernambucano Sétima arte atraiu público de todos os segmentos ao festival Divulgação Cultura Jornal do Sertão - Agosto de 2013 / Edição 90 Marcelo Lordello é deta- lhista e cuidadoso ao extre- mo, em determinadas ocasi- ões. Para ele, cada cena pre- cisa se conectar com a ideia central do filme sem sobras, arestas ou lacunas. E isso já vem sendo notado por dire- tores, produtores e realizado- res em todo o País. Fernanda Chicolet, diretora do curta “Animador”, procurou Mar- celo para dizer que apreciava o modo como ele usava os ar- gumentos, cortava e unia os quadros “sem deixar faltar nem esgarçar”. O festival esse ano esteve cheio de novidades, a come- çar pela presença de mais de 900 alunos de escolas públicas da cidade prestigiando as ses- sões, fruto de um trabalho de mobilização junto às unidades de ensino do município. Nes- ta edição, o festival também promoveu a forma- ção de 80 alunos, em quatro oficinas. Ou- tra novidade é que foi anunciada a cria- ção de um cineclube, que funcionará se- manalmente no Cine Teatro Guarany, que abriga as mostras competitivas do fes- tival. Já existe em Triunfo o cineclube Caretas, criado na segunda edição do evento, e que vem fazendo exibições itinerantes pela ci- dade. Além do Cine Teatro, o festival ainda conta com mos- tras de rua – o projeto Cinema na Estrada – em bairros mais distantes, distritos e comuni- dades quilombolas da cidade de Triunfo. A mostra, que é uma reali- zação do Governo do Estado, através da Secretaria de Cul- tura (Secult-PE) e da Funda- ção do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe) em parceria com a Prefeitura de Triunfo, esse ano homenageou Jomard Muniz de Brito escritor, per- former, professor da UFPE e um dos mais representativos cineastas do Ciclo do Super 8 no Recife.
  • P ara atender às necessidades dos donos de bares e restaurantes, a Tambaú Alimentos lançou o Molho para Pizza, Molho de Tomate Tradi- cional e Extrato de Tomate em emba- lagens Stand up Pouch de 2 Kg, indi- cados para o preparo de massas, tortas e carnes, podendo ser utilizado como recheios, molhos especiais, além de co- berturas com alto rendimento, propor- cionando excelente sabor e aparência. Agregando qualidade em grande quantidade, os molhos são práticos de usar e seguro no manuseio. Todos fazem parte da linha Food Service, que a em- presa vem investindo por enxergar que é um mercado em constante crescimento. Fornecida pela empresa Inapel, a embalagem é composta de PET, Alu- mínio e Polietileno (PE), a impressão é feita em rotogravura e o design foi cria- do pela agência Mais Packing. I niciando suas atividades há cerca de 16 anos, sob o nome Gama Re- presentações, contando com o apoio do amigo e grande empresário da ci- dade de Serra Talhada João Duque de Sousa, Francisca Gama, proprietária da Gama, tinha diante de si grandes desafios, entre eles, lidar com as difi- culdades financeiras, atender de for- ma pioneira a demandas que até então deixavam a desejar, e ainda criar uma empresa sólida, que transmitisse con- fiança ao cliente. Formalizada em 2002, já com o nome Gama Seguros, a empresa mos- trou um modelo de gestão diferenciado e hoje se consolida no mercado, res- peitando seus clientes, primando pela qualidade e rapidez nos atendimentos. Referência em Pernambuco, expan- diu-se recentemente para o Ceará, em Juazeiro do Norte, região do Cariri, am- pliando sua visibilidade no mercado, mas já atendendo a clientes em todo o país. Preparar-se para lidar com todas as incertezas realmente não é fácil, A partir do dia 17 de setembro, agri- cultores de Petrolina receberão a primeira parcela do Garantia Safra na Caixa Econômica Federal. O programa visa reduzir as perdas na safra 2013 de agricultores familiares que residem em comunidades atingidas pela estiagem ou pelo excesso de chuvas. Cada agricultor terá direito a R$ 1.680 divididos em seis parcelas men- sais. Para aderir ao programa, as famí- lias devem morar em municípios onde foram detectadas perdas de, pelo me- nos, 50% da produção de algodão, ar- roz, feijão, mandioca ou milho. Segundo a assessoria de comunica- ção da prefeitura, 4 mil famílias serão beneficiadas nesta etapa. O valor do benefício e a quantidade de agriculto- res contemplados pelo programa são definidos anualmente durante a reu- Atomatados Tambaú em embalagens de 2 kg Gama Seguros inaugura loja no Ceará Agricultores de Petrolina receberão o Garantia Safra a partir de setembro mas busca-se sempre oferecer o que há de melhor para não só parecer, mas transmitir real segurança e tran- quilidade, apoio nas horas difíceis e toda a credibilidade que só a Gama Seguros oferece. Pode confiar, é mais seguro. nião do Comitê Gestor do Garantia Sa- fra, vinculado ao Ministério de Desen- volvimento Agrário (MDA). A iniciativa atendeu 3.107 famílias do interior do município em 2012. O valor total liberado pelo programa no ano passado foi de R$ 5.219.760. Em janeiro de 2013, 181 famílias ficaram fora da folha de pagamento por proble- mas cadastrais, mas receberão agora as seis parcelas no valor de R$ 140. Divulgação Divulgação Divulgação Jornal do Sertão - Agosto de 2013 / Edição 90 Informe 28 Agricultura
  • 29 S egue aberta até 12 de se- tembro uma exposição literária que está homenage- ando o poeta Mario Quintana. A mostra acontece no Sesc Ler em Buíque, no Agreste per- nambucano. Estão expostos no Salão Paroquial da cida- de fatos importantes da vida do escritor e sua obra. O lo- cal está aberto para visitação de segunda à sexta, das 8h às 11h, das 14h às 17h e das 19h às 22h. O agendamento de grupos e escolas pode ser feito pelo telefone (87) 3855.2230. A entrada é gratuita. O município de Araripina, no Sertão do Araripe, aderiu ao Programa ‘Mais Cul- tura nas Escolas’, parceria do Governo Federal com as pre- feituras municipais. A ação, firmada entre os Ministérios da Cultura (MinC) e da Educação (MEC), tem por finalidade estimular experiên- cias culturais e artísticas nas comunidades locais e o proje- to pedagógico de escolas pú- blicas do Ensino Médio Inova- dor 2012 e no Programa ‘Mais Educação’. Ao todo, 42 escolas aderiram ao programa. As escolas podem construir Planos de Atividade Cultu- ral para serem desenvolvidos durante seis meses, dentro Mario Quintana é tema de exposição em Buíque Araripina adere ao Mais Cultura nas Escolas Mario de Miranda Quin- tana nasceu em Alegrete (RS) em 1906, e morreu em Porto Alegre (RS), aos 87 anos, em 1994. Ele foi poeta, tradutor e jornalista. Considerado o “po- eta das coisas simples”, Mario Quintana teve um estilo mar- cado pela ironia, pela profun- didade e pela perfeição técni- ca. Traduziu mais de 130 obras da literatura universal e foi jornalista por quase toda a sua vida, tendo trabalhado como colunista de cultura por mais de 20 anos no Jornal Correio do Povo. ou fora da escola. Os projetos devem ser compatíveis com o PPP da escola ou com o proje- to pedagógico de um ou mais professores. O Programa Mais Cultura nas Escolas quer incentivar esse cruzamento para subli- nhar a fundamental contri- buição que as artes e a cultura podem dar para tornar os pro- cessos de aprendizado mais efetivos, mais criativos, e mais proveitosos. Para se tornar viável na prática o Mais Cultura nas Es- colas deve ser feito um Plano de Atividade Cultural em cola- boração com os professores e com a escola, observando de que modo os saberes dos ar- Obra do poeta chega ao município para torná-la ainda mais conhecida Divulgação Divulgação Cultura Jornal do Sertão - Agosto de 2013 / Edição 90 tistas e mestres das culturas tradicionais. Por exemplo, podem aju- dar a estimular e melhorar as práticas de ensino e o aprendi- zado nas escolas públicas bra- sileiras. Os projetos contemplados receberão entre R$ 20 mil e R$ 22 mil, calculados confor- me o número de alunos ma- triculados na escola, para ser gasto também na contratação de serviços culturais necessá- rios para as atividades peda- gógicas e artísticas. Os recursos são do Pro- grama ‘Dinheiro na Escola’ (PDDE) e Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).
  • 30 ACA treina associados através de curso de Oratória Congressos da CACB e FACEP juntos em Porto de Galinhas/PE ACA realiza bazar beneficente Aboa comunicação constrói a ima- gem de cada pessoa, a de seus cola- boradores e também a de sua empresa. Ela encanta e faz a diferença. Por isso é importante aprimorá-la e isso pode ser feito através de técnicas e da prá- tica intensiva de oratória focando o aprimoramento pessoal. Pensando nisso, a Associação Comercial de Arcoverde (ACA) rea- lizou nesse mês de agosto um curso de Oratória para aperfeiçoamento dos seus associados e também para os não associados. O curso foi ministrado por Ana Lú- cia Rique, psicóloga, psicoterapeuta Transpessoal, consultora do SEBRAE/ SENAC e palestrante nacional. No cur- so ela abordou a comunicação global, a importância da respiração, variáveis básicas no uso da técnica de respira- ção, como se apresentar e os tipos de apresentação (pessoal, produto/servi- ço/área de trabalho/aula). Histórias de pessoas com boa formação específica, mas com problemas de comuni- cação, são antigas e verda- deiras. Com efeito, há muitos profissionais que são bons em suas áreas, mas precisam de uma melhor comunicação. Para isso é que existe a orató- ria, técnica que ensina a falar em públi- co, apresentar ideias, ter confiança na própria apresentação, a postura para falar em público, como gesticular com propriedade, falar de improviso, etc. E sse ano, o 23º Congresso da Con- federação das Associações Comer- ciais e Empresariais do Brasil (CACB) e o 14º Congresso das Associações Co- merciais e Empresariais de Pernam- buco acontecerão juntos em Porto de Galinhas (PE), nos dias 12 e 13 de se- tembro, no hotel Summerville Beach Resort. Anualmente, o evento reúne em- preendedores de todo o Brasil, com o objetivo de reforçar as discussões de interesse do empresariado e consolidar uma opinião e agenda para o setor. A inscrição, que inclui material, coquetel de abertura e almoços nos dois dias, está no valor de R$ 300 até 31/08. Após essa data aumenta para R$ 330. A abertura oficial do evento será no dia 12, às 19h. Mas antes haverá o 11º Encontro Nacional do Empreendedor, o 9º Workshop de Mediação e Arbitra- gem CBMAE e o 10º Encontro Nacio- nal das Mulheres Empresárias. Haverá também apresentação de cases. No segundo dia, 13, acontecerão palestras e apresentação de painéis. Entres os palestrantes, estarão Gui- lherme Afif Domingos – Ministro de Estado Chefe da Secretaria da Micro e Pequena Empresa da Presidência da República; José Paulo Dornelles Cairo- li – Presidente da CACB; entre outros da Bolívia, Peru, Colômbia e Portugal. A programação completa encontra-se no site CACB - www.cacb.org.br. E m setembro, nos dias 5 e 6, a Associação Comercial de Arcoverde (ACA) estará realizan- do um Bazar Beneficente para ajudar quem mora no Abrigo dos Idosos. As roupas e os acessórios serão comercializados com pre- ços a partir de R$ 2. As vendas acontecerão no 1º andar da ACA. Jornal do Sertão - Agosto de 2013 / Edição 90 Linhas de crédito para mototaxistas E m agosto, a Prefeitura de Arco- verde, através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, firmou parceria com a Agência de Fomento do Estado de Pernambuco – AGEFEPE, vi- sando estimular a inovação, a moderni- zação e o aumento da competitividade dos moto taxistas de Arcoverde. O processo será realizado atra- vés de financiamentos, por meio do Programa Moto Legal, que é um pro- grama de crédito destinado a finan- ciar equipamentos de acordo com as exigências do Conselho Nacional de Trânsito. Essa iniciativa não beneficiará ape- nas mototaxistas, mas sim o público em geral. Nesse mês de agosto, uma equipe de agentes da AGEFEPE visitou feiras como a do bairro de São Miguel e o Cecora, atendendo ao público e pres- tando esclarecimentos.
  • 31 E o centenário de Luiz Gonzaga continua em alta. Agora foi São Paulo que abriu no dia 20 de julho, indo até 15 de setembro, no Museu da Oca, no Parque Ibirapuera, a exposição “O imaginário do Rei - Visões sobre o Universo de Luiz Gonzaga”, que reúne o trabalho de 63 artistas e 162 peças alusivas à trajetória de Luiz Gonzaga, além de fotografias raras, livros, CDs e quatro filmes. Antes de chegar à capital paulista, o rico acervo foi visto por mais de 350 mil pessoas ao passar por seis capitais: Recife, Salvador, Fortaleza, João Pes- soa, Brasília e Rio de Janeiro. A mostra tem como curador Bené Fonteles. Ele afirma que quem visitar a exposição J unio Silva é sertanejo de Sertânia, cidade do Sertão do Moxotó em Pernambuco, mas reside em Rondonópolis, no Mato Grosso, há 10 anos. Quando jovem, trabalhava como letreiro de paredes e fa- chadas. Há três anos começou a pintar telas e diz que a inspi- ração veio do lugar onde vive. Mas tanta inspiração e simpa- tia por onde mora atualmente não significa que ele esqueceu a sua terra natal. São Paulo sedia exposição em homenagem ao Rei do Baião Artista sertanejo de PE expõe em Mato Grosso poderá conhecer as diversas fases da vida artística do Rei do Baião. “Gonzaga criou um arquétipo para os seus shows ao longo da carreira, indo do estilo mais adequado para tocar um tango até o modelo em roupas caracte- rísticas do nordeste, reverenciando a sua terra natal, Exu, no Sertão do esta- do de Pernambuco”, disse Fonteles. No Museu da Oca, estão em expo- sição trabalhos em xilogravura e es- culturas de autores como os cearenses Francisco de Almeida, João Pedro do Juazeiro, Francorli & Carmem, José Lourenço, Arievaldo Viana e Cícero Lourenço e Liara Leite. Da Paraíba, es- tão obras do gravador José Altino. Do Juazeiro do Norte, as esculturas em “Meu sonho é po- der expor na cidade onde nasci”, diz Ju- nio. Nas 20 obras que está expondo, o artista usa a técnica de óleo sobre tela, re- trata vários temas e diz que não se pren- de apenas a um estilo ou assunto. Ele vai da arte sacra ao nu ar- tístico, passando pela natureza morta e ani- Exposição e homenagens continuam celebrando o centenário de Gonzagão Artista de Sertânia se inspirou na beleza do lugar para enveredar no caminho das artes plásticas Divulgação Divulgação Cultura Jornal do Sertão - Agosto de 2013 / Edição 90 madeira de Cícero Arraes e DIN. Tam- bém podem ser ad- miradas as criações do estilista mineiro Ronaldo Fraga e de Seu Expedito Seleiro, de Nova Olinda, ar- tista que produzia as roupas de couro de Gonzagão. Fonteles diz que conviveu com Luiz Gonzaga, especial- mente no ano de 1971 e que recebeu dele vários objetos repre- sentativos de sua atuação como compo- sitor, cantor e músico. A mostra é feita mais, especialmente cavalos. Segundo Junio, a tela que obteve mais destaque na seleção de obras foi a “Falta d’água”. Ela partici- pou de uma coletânea promovida pela Bienal de São Paulo e foi sele- cionada para integrar o museu itinerante que passou por Ron- donópolis, em julho. Falando sobre o início da sua carreira nas artes plás- ticas, o artista diz que toda inspiração veio da natureza invejável de Mato Grosso. “Minha vontade de pintar surgiu quando conheci o Mato Grosso. Nas viagens que fazia presenciava uma beleza natural, cada uma mais bonita que outra e aí decidi expressar de alguma forma essa exuberância”, disse Junio. por meio da Fundação Athos Bulcão e pelo Museu da Cidade e da Secretaria de Cultura do Município de São Paulo.
  • no Lançado em março de 2006,com periodicidade mensal,o Jornal do Sertão é o único veículo de comunicação em mí- dia impressa do interior de Pernambuco que alcança os principais municípios do Sertão do Estado. Possui uma tiragem comprovada de 10 mil exemplares, que atinge cerca de 6 leitores por exemplar, o que resulta em um público estimado de 48 mil leitores (autoridades municipais, estaduais, federais, empresários, profissionais liberais, estudantes e formado- res de opinião).Além disso, por ter uma periodicidade mensal, sua vida útil supera em muito a dos jornais diários. Valorize seu investimento.Anúncie em um veículo que valoriza à sua marca. no 81. 99748312 facebook.com/Jornaldosertao jornaldosertaope@jornaldosertaope.com.br AnuncieAnuncie