Raizes do design editorial
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Like this? Share it with your network

Share

Raizes do design editorial

on

  • 3,732 views

 

Statistics

Views

Total Views
3,732
Views on SlideShare
3,699
Embed Views
33

Actions

Likes
1
Downloads
170
Comments
0

1 Embed 33

http://www.slideshare.net 33

Accessibility

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Raizes do design editorial Presentation Transcript

  • 1. Raízes do Design Editorial Allen Hulburt: Layout, o design da página impressa
  • 2. Design e Artes Gráficas
    • O estilo do séc XX, o design moderno, é uma complexa fecundação cruzada de influências e movimentos artísticos.
    • Sua progressão não foi linear.
    • A fonte mais comumente apontada como geradora do movimento moderno das artes é o Cubismo: minimizar a 3ª dimensão e ressaltar os contornos das formas geométricas.
  • 3. Les Demoiselles d’Avignon Pablo Picasso, 1907. MOMA, NY
  • 4. Georges Braque, Homenagem à Bach, 1912
  • 5. Cusbismo
    • No abandono da ilusão tridimensional há o estabelecimento do design como principal elemento do processo criativo.
    • É o design da disposição dos elementos que cria a forma da imagem.
  • 6.  
  • 7.  
  • 8. Prelúdio: Art Noveau
    • Surgiu na Europa, entre 1890 e 1910.
    • Essencialmente decorativo, voltado ao design e à arquitetura, influenciou também o universo das artes plásticas.
    • Pintores mais estreitamente relacionados com o estilo, Toulouse-Lautrec , Pierre Bonnard e Gustav Klimt, por exemplo, criaram cartazes e objetos de decoração.
  • 9. Prelúdio: Art Noveau
    • A Art Noveau é importante para o design editorial por causa do estilo que fixa para a página impressa; por sua influência na criação de formatos de letras e de marcas comerciais; por sua criação e desenvolvimento de posteres.
    • Litografia colorida: impressão direta na pedra com as cores escolhidas pelo artista.
  • 10. Arquitetura: Frank Lloyd Wright
    • Planos em balanço, para criar linhas contínuas, equilibradas em um plano assimétrico próximo do equilíbrio perfeito.
    • Referências para o design editorial em planos.
  • 11. Frank Loyd Wright, Robie House, 1909. Chicago.
  • 12. Frank Loyd Wright, Fallingwater house, 1936. Pensilvânia.
  • 13. Futurismo
    • Pontos de vista em movimento para revelar uma ação dinâmica em imagens sobrepostas.
    • Estética adequada à era da máquina – referências da fotografia.
  • 14. MARCEL DUCHAMP Nu descendant un escalier nº 2, 1912-6 FUTURISMO
  • 15. E Mcknight Kauffer FUTURISMO
  • 16. Dadaísmo
    • Queda da estrutura da representação racional.
    • Colocar objetos comuns no mundo da arte.
    • Reforçou a ideia cubista do uso da letra em si mesma como forma visual.
    • Despertar par ao chocante e o surpreendente.
  • 17. Marius de Zayas (1909) FUTURISMO
  • 18. MARCEL DUCHAMP Roda de bicicleta, 1913 ready-made, madeira e metal altura 126 cm Nova York, Sidney Janis Gallery
  • 19. 1931
  • 20. Surrealismo
    • Adota como tema o simbolismo , as justaposições do inconsciente.
    • Teorias freudianas.
    • Os pintores surrealistas criam novas técnicas que foram aproveitadas nas artes aplicadas.
    • Influência decisiva no contemporâneo, ao considerar a mente na construção das mensagens visuais.
  • 21. Max ERNST - "Men Shall Know Nothing of This" - 'Les Hommes n'en sauront rien' (1923) - Oil on canvas 803 x 638 mm frame: 970 x 806 x 62 mm The TATE Collection, London (UK)
  • 22. O Chateau dos Pireneus René Magritte
  • 23. Design russo
    • Suprematismo: pintura composta por elementos absolutos fundamentais.
    • Construtivismo: procura da simplicidade nas formas geométricas – rótulo aplicado a quase todos os trabalhos de estética russa.
    • Combinar palavras e imagens numa experiência simultânea, tanto na página impressa quanto no filme.
  • 24. Aleksander Rodchenko
  • 25. Aleksander Rodchenko. Poster de O encouraçado Potemkin (1905)
  • 26. KAZIMIR MALEVITCH
  • 27.  
  • 28. El Lissitky
    • Estudou com Marc Chagall, deteve-se na arquitetura do material impresso, dando ênfase à coesão e conexão dos elementos gráficos, preocupando-se com o todo.
    • Estudos de tipografia e de fotografia.
  • 29.
    • E l Lissitzky é considerado um dos principais nomes da arte gráfica exposta no Construtivismo Russo.
    • Acreditava que era necessário propor novos modos de utilização para tipografia, não modificando apenas o desenho das letras, mas seu comportamento visual impresso e o vínculo com a Revolução Russa.
    • O Construtivismo é um movimento de arte abstrata que se manifesta pouco antes da Revolução Russa de 1917.
    • Os Construtivistas pretendiam fazer da arte, uma investigação autônoma e cientifica, indagando das propriedades abstratas da superfície pictórica, da construção, da linha e da cor.
  • 30. El Lissitzky - Construtivismo
  • 31.  
  • 32.  
  • 33. Alexey Brodovich
  • 34.
    • Imigrante russo, trabalhou em Paris e nos Estados Unidos.
    • Alexey Brodovich foi um dos primeiros diretores de arte da história das revistas: Harper’s Baazar.
    • Desenvolveu layouts que uniam as formas da fotografia ao desenho da página.
    • Começou a desenvolver o conceito de produção de fotografia.
    • Trabalhou com Richard Avedon.
  • 35. Alexey Brodovich
  • 36.  
  • 37.  
  • 38.  
  • 39.  
  • 40. De Stijl
    • Tradução: O Estilo, grupo formado por artistas europeus que se interessavam por estudos de artes aplicadas.
    • Piet Mondrian foi um dos líderes.
    • Notória divisão do espaço, contrastando as divisões com linhas negras, tensão e equilíbrio, uso criativo das formas e cores básicas.
  • 41. De Stijl
    • Theo Van Doesburg, designer, entendeu que a crescente necessidade de aprimoramento do design visual de impressos advinha do cinema e da fotografia.
    • Trabalhou com móveis e impressos, além de quadros e pinturas.
  • 42.  
  • 43. Piet Mondrian
  • 44. Theo van Doesburg
  • 45. Bauhaus
    • Escola criada em Weimar, Alemanha, em 1919, por Walter Gropius.
    • Formar artistas dedicados às belas artes e, principalmente, às artes aplicadas.
    • Desenvolvimento de experiências em tipografia e design gráfico.
  • 46. Bauhaus
    • Professores: Paul Klee, Wassily Kandinsky.
    • Klee: estudo das cores e de uma visão onírica.
    • Kandinsky: Elementos primordiais da mensagem visual.
    • Lászlo Nagy: novas técnicas do período.
    • Josef Albers: avançada e complexa teoria da cor.
    • Herbert Bayer: eliminação da letra maiúscula.
  • 47. Rose Garden e Heroic Roses , Paul Klee
  • 48. Wassily Kandinsky (1866-1944) Transverse Line, 1923
  • 49. László Moholy-Nagy The Large Railway Picture Funkturm (radio tower) Berlin, 1926
  • 50.  
  • 51. Catálogo de produtos da Bauhaus, desenhado por Herbert Bayer