Unidade O2
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Like this? Share it with your network

Share

Unidade O2

on

  • 1,970 views

 

Statistics

Views

Total Views
1,970
Views on SlideShare
1,969
Embed Views
1

Actions

Likes
0
Downloads
22
Comments
0

1 Embed 1

http://etemac-1aredes.blogspot.com 1

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Unidade O2 Document Transcript

  • 1. UNIDADE 2 2 VERSÕES DOS SISTEMAS OPERACIONAIS DA MICROSOFT Vamos, neste momento, conhecer a família dos Sistemas Operacionais da Microsoft de uma forma mais detalhada. Apesar do fabricante estimular o uso dos seus sistemas mais novos que são Windows Vista e Windows 2008 Server, lembre-se que isso requer um investimento altíssimo e nem sempre as empresas e usuários estão dispostos a ficarem na “crista da onda” por um preço que nem sempre é atrativo. Você vai encontrar, em muitas empresas, versões do Windows 95, Windows 98, Windows ME e Windows NT. Pois são sistemas que ainda atendem a tarefas simples como ter um Caixa na Padaria, um Quiosque Multimídia ou um computador de consulta a livros de uma biblioteca. Para esses fins, nem sempre você precisa desembolsar entre R$ 500,00 e R$ 1.000,00, se um sistema que o usuário já tem atende. Um dos pontos que devemos prestar bastante atenção são os requisitos mínimos de instalação. Essa é uma questão crucial para o levantamento de hardware a ser adquirido. Por outro lado, você também deve ser capaz de indicar o sistema apropriado para um computador que também já tenha sido adquirido. Antes de começarmos a detalhar as famílias de Sistemas Operacionais da Microsoft, acompanhe a evolução dos requisitos de hardware, dos sistemas operacionais que a que a empresa não dá mais suporte. Esses são os requisitos mínimos especificados pelo fabricante, não quer dizer que sejam os ideais. 37
  • 2. WINDOWS 95: Processador 486DX2-66 ou Pentium 100, 16MB de memória e 150MB de disco. WINDOWS 98: Processador Pentium 133MHz, 32MB RAM e 500MB de disco. WINDOWS ME: Processador Pentium 200 ou 233MHz, 64MB RAM e 700MB de disco. WINDOWS Nt4: Processador Pentium 100 ou 133, 32MB RAM e 200MB de disco. SAIBA MAIS Windows ME: É a sigla para Windows Millennium Edition Windows NT: É a sigla para Windows Network Apesar Microsoft não estar mais dando suporte à Família Windows 2000 vamos detalhar esse sistema pela razão de muitas empresas ainda utilizarem em seus servidores e clientes. 2.1 Família Windows 2000 - Windows 2000 Professional (Cliente) - Windows 2000 Server (Servidor) - Windows 2000 Advanced Server (Servidor) - Windows 2000 Data Center Server (Servidor) Os requisitos de hardware mínimos para a instalação da Família 2000 são os seguintes: 38
  • 3. - 133 MHz ou mais, microprocessador Pentium (ou equivalente); - O Mínimo recomendado de memória RAM é 64 megabytes (MB); - A Versão 2000 Server suporta até 4 gigabytes (GB) de RAM; - HD com 2GB Livre; - Unidade de CD ou DVD. SAIBA MAIS A Diferença entre as diversas versões de uma família de sistemas operacionais pode estar em: - Quantidade de aplicativos; - Quantidade de processadores reconhecidos; - Quantidade de memória RAM que pode ser gerenciada. Veja, na família 2000, quais as principais diferenças entre as versões: Tabela 1 Fonte: Conteudista 39
  • 4. Já a família Windows XP, foi voltada única e exclusivamente para o mercado de computadores Desktop e Clientes de Redes, ou seja, voltado para o consumidor residencial que compra PC (Personal Computer) e Notebooks. 2.1.1 Família Windows XP - Windows XP Starter Edition - Windows XP Home Edition - Windows XP Professional - Windows XP Media Center - Windows XP 64 Bits - Windows XP Professional 64 Bits - Windows XP Tablet PC Edition Veja aqui os requisitos mínimos de que você precisa para usar o Windows XP: - PC com processador de 300 megahertz (MHz) ou mais de velocidade recomendado; mínimo de 233 MHz necessário (sistema de processador único ou duplo); família Intel Pentium/Celeron, família AMD K6/Athlon/Duron ou processador compatível recomendado; - 128 megabytes (MB) de RAM ou mais recomendados (mínimo suportado de 64 MB; pode limitar o desempenho de alguns recursos); - 1,5 gigabytes (GB) de espaço disponível em disco rígido; - Adaptador de vídeo e monitor super VGA (800 x 600) ou superior; - Unidade de CD-ROM ou DVD; Teclado e Microsoft Mouse ou dispositivo apontador compatível. 40
  • 5. SAIBA MAIS A Sigla XP foi dada na época de desenvolvimento do Windows XP e quer dizer eXPerience (uma nova experiência em inglês). A Família XP teve uma versão voltada para computadores multimídia, para serem utilizados como quiosques multimídia ou em residências. Essa versão tem a função de substituir o DVD, o aparelho de som e a televisão. O nome dessa versão é Windows XP Media Center. Família do Windows XP Media Center - Windows XP Media Center Edition - Windows XP Media Center Edition 2003 - Windows XP Media Center Edition 2004 - Windows XP Media Center Edition 2005 Fonte: Conteudista Tela Principal do Media Center Note que é um sistema voltado totalmente para Música, TV e Fotos. 41
  • 6. Já a família do Windows 2003 foi totalmente voltada para o mercado de servidores. 2.1.2 Família Windows 2003 - Windows 2003 Web Edition - Windows 2003 Standard Edition - Windows 2003 Enterprise Edition - Windows 2003 Datacenter Edition Todas as versões para processadores de 32 e 64 bits. Veja agora os requisitos mínimos para cada versão da Família 2003: Web Edition: processador 133MHz e 128MB de RAM e 1,5GB livres de espaço em HD. Standard Edition : Processador 133MHz e 128MB de RAM e 1,5GB livres de espaço em HD. Enterprise Edition: Processador 133MHz e 512MB de RAM e 1,5GB livres de espaço em HD. DataCenter Edition : Processador 400MHz e 512MB de RAM e 1,5GB livres de espaço em HD. Veja, na família 2003, quais as principais diferenças entre as versões: Obs: Lembre-se de que as versões do Windows 2003 foram projetadas para processadores de 32 e 64 bits. 42
  • 7. Tabela 2 Fonte: Conteudista Logo após o lançamento da versão 2003 para servidores, a Microsoft voltou a produzir sistemas para Desktop. O Windows Vista chegou ao mercado prometendo revolucionar o uso do Desktop e de Notebooks, porém essa versão não agradou muito, pela quantidade exagerada de requisitos mínimos e também com grandes problemas de compatibilidade. A Microsoft promete resolver todos os problemas lançando a nova versão de Sistemas para Desktop que atualmente (Setembro 2009) é chamada de Windows Seven. 2.1.3 Família Windows Vista - Windows Vista Starter Edition - Windows Vista Home Basic - Windows Vista Home Premium - Windows Vista Business - Windows Vista Enterprise - Windows Vista Ultimate Requisitos Mínimos do Windows Vista: Tabela 3 Fonte: Conteudista 43
  • 8. E finalizando, a Microsoft, no ano de 2008, lançou sua nova família de Sistemas Operacionais, dessa vez contemplando apenas o mercado de servidores. 2.1.4 Família Windows 2008 Server: - Windows Server 2008 Standard - Windows Server 2008 Enterprise - Windows Server 2008 Datacenter - Windows Server 2008 Webserver - Windows Server 2008 para Processadores Itanium - Windows Server 2008 Standard sem Hyper-V - Windows Server 2008 Enterprise sem Hyper-V - Windows Server 2008 Datacenter sem Hyper-V FIQUE DE OLHO O Hyper-V permite que as organizações de TI reduzam custos, melhorem a utilização do servidor e criem uma infra-estrutura de TI mais dinâmica. Além disso, essa tecnologia fornece maior flexibilidade devido às capacidades dinâmicas, confiáveis e escalonáveis de plataforma, combinadas com um único conjunto de ferramentas integradas de gerenciamento para organizar recursos físicos e virtuais, permitindo, assim, a criação de um datacenter ágil e dinâmico e a obtenção de progressos por meio de sistemas dinâmicos de autogerenciamento. O Hyper-V é o Sistema de Virtualização da Microsoft que vem para concorrer com o Vmware, o líder do mercado. Os requisitos para a Família Windows 2008 são os seguintes: 44
  • 9. Tabela 4 Fonte: Conteudista 2.2 Sistema de Atualização e Correções da Microsoft Programas e sistemas operacionais estão em constante desenvolvimento, seja para incorporar novos recursos ou para corrigir problemas e brechas de segurança. A Microsoft agregou aos seus produtos o Windows Update: um sistema de correção On-line, via Internet, para atualizar seus produtos. 2.2.1 Windows Update O Windows Update é um serviço de atualização dos sistemas operacionais da Microsoft (a partir do Windows 98) responsável por 45
  • 10. atualizar o sistema. A cada mês, a Microsoft lança um "pacote" de atualizações, que pode consistir em correções de bugs, falhas de segurança e outras melhorias. Entretanto, se houver uma falha de segurança muito crítica, a correção é expedida o mais brevemente possível. Geralmente a Microsoft libera atualizações todas as terças- feiras. O Windows Update verifica a versão de seus produtos da Microsoft. Se houver uma versão mais antiga que a atual, é "liberada" no site uma atualização. Assim, o usuário pode atualizar somente os produtos de que necessita. No Windows Update também é possível transferir produtos em fase beta, bastando, para isso, que o usuário ative essa opção. Para o acesso ao Windows Update, é necessário o sistema operacional Windows 98 ou mais atual, e o navegador Internet Explorer a partir da versão 6. Com essa última limitação, o WindizUpdate disponibilizou uma alternativa para quem utiliza outros navegadores, como o Opera e o Firefox. Windows Update: Principal produto da Microsoft de atualizações de produtos. Fonte: Conteudista 46
  • 11. Outro método de atualização que a empresa usa para manter seus produtos é o Service Pack. 2.2.2 Service Pack Service Pack (em tradução literal: pacote de serviços) é a denominação para um pacote de correções para determinado programa ou sistema operacional quando o número de correções (chamadas tecnicamente em inglês de updates e hotfixes) recentes torna-se muito grande. Em outras palavras, é um método mais fácil e prático de corrigir dezenas de problemas e vulnerabilidades de segurança em um programa ou sistema operacional. Um Service Pack também pode adicionar novas funcionalidades em um software, como é o caso do Service Pack 2 do Windows XP que incorpora um novo Firewall ao Windows XP. Os Services Packs são disponibilizados gratuitamente pelo fabricante, e disponibilizados para download. Os mais famosos Service Pack são os da plataforma de sistemas operacionais da Microsoft. A nomenclatura é seguida de um número que identifica a versão do Service Pack. Por exemplo: o Windows XP possui 3 versões de Service Pack, sendo o SP3 do Windows XP provavelmente o último pacote de serviços desse sistema operacional. O Windows Vista já possui o Sp2. Não há um certo limite para os Services Packs serem lançados, um exemplo disso é o Windows NT 4.0, que encerrou seu ciclo de vida no Service Pack número 6. O Windows Vista já possui o SP1 e o SP2. A Família Windows 2008 até o presente momento (Setembro 2009) também já era contemplada pelo SP1 e SP2. 47
  • 12. FIQUE DE OLHO Para saber que versão de Service Pack está instalado no Windows, basta clicar com o botão direito do mouse em Meu Computador e checar na tela que aparece, ou ainda combinar as teclas Winkey (tecla que tem a bandeira do Windows) + Pause/Break Tela que apresenta as informações sobre o SP instalado. Fonte: Conteudista SAIBA MAIS As atualizações de softwares também são chamadas de patch (remendo em inglês). 48
  • 13. 2.2.3 O que é o Windows Server Update Services (WSUS)? O WSUS (anteriormente chamado de Windows Update Services) é um componente de atualização do Windows Server e oferece uma maneira rápida e eficiente para ajudá-lo a proteger e ficar protegido. O WSUS representa um passo importante em direção à distribuição essencial de softwares e infra-estrutura de gerenciamento de atualizações no Windows. O WSUS possui tanto um componente do servidor quanto um do cliente. O WSUS é um servidor de Windows Update que pode ser instalado sobre versões do Windows (2000, 2003 ou 2008) que servem para atualizar as máquinas de uma rede local, tornando mais rápido o processo de atualização de toda uma rede sem a necessidade que todas as máquinas busquem as atualizações na Internet, e sim no servidor que está na própria rede. Note que há um servidor na rede local que baixa todas as atualizações da própria Microsoft. Ele informa às estações da rede local que todos os updates que elas precisam estão disponíveis nesta máquina. Com esse tipo de servidor, as máquinas ficam atualizadas com a supervisão direta do administrador de redes (já que o WSUS exibe relatórios diários) e, além disso, há uma economia de banda de internet, pois a atualização é obtida apenas uma vez. Fonte: Conteudista 49
  • 14. SAIBA MAIS O WSUS é uma atualização de um produto denominado SUS (Microsoft Software Update Service). 2.3 Quais sistemas de Arquivos são suportados pelos sistemas da Microsoft? Sistema de arquivos é a forma de organização de dados em algum meio de armazenamento de dados em massa freqüentemente feito em discos magnéticos (HD ou Disco Rígido). Sabendo interpretar o sistema de arquivos de um determinado disco, o sistema operacional pode decodificar os dados armazenados e lê-los ou gravá-los. Fazendo analogias, tal organização assemelha-se a uma biblioteca escolar. O bibliotecário organiza os livros conforme o seu gosto, cuja busca, convenientemente, procura deixar mais fácil, sem ocupar muitas prateleiras e assegurando a sua integridade. Ainda, certamente, organiza os livros segundo suas características (assunto, censura, etc.). Depois de organizados, ou durante a organização, o bibliotecário cria uma lista com todos os livros da biblioteca, com seus assuntos, localizações e códigos. Aplicando a analogia à informática, o sistema operacional seria o bibliotecário da "biblioteca de dados" do computador, o disco de armazenamento. Exatamente igual à organização de uma biblioteca, o sistema operacional guarda os dados nos espaços vazios do disco e ainda criando uma lista com a posição desse dado, chamada de MFT (Master File Table, Tabela de Arquivos Mestre ou FAT – File Allocation Table). Sabendo a posição do arquivo a ser aberto/gravado, o sistema operacional solicita a leitura desta, decodifica/codifica e realiza a abertura/gravação do dado. 50
  • 15. Um sistema de arquivo é assim: uma forma de criar uma estrutura lógica de acesso a dados numa partição. Sendo assim, também é importante referir que nunca poderá ter dois ou mais tipos de sistemas de ficheiros (formatos) numa mesma partição. O MBR (Master Boot Record) é um sistema de arquivos de dados interligado com a BIOS cuja importância é o reconhecimento do sistema de arquivos instalados no HD, como também a inicialização de sistemas operacionais. A Microsoft reconhece os seguintes sistemas de arquivos: FAT12 – Utilizado em disquetes. FAT16 – Utilizado em Hds. Reconhece HDs até 2GB FAT32 – Utilizados em Hds. Reconhece HDs até 2TeraByte (Teoricamente), não sendo mais recomendável para HDS maiores que 4GB. NTFS – Utilizado em HDs. Reconhece HDs até 256 TeraByte (Teoricamente) e suporta manipular um arquivo de 16HexaByte (Teoricamente); UDF – Universal Disk Format, utilizados em DVDs e CD-ROMs ISO9660 – Utilizado em DVDs e CD-ROMs SAIBA MAIS FAT – File Alocation Table (Tabela de Alocação de Arquivos). São sistemas de arquivos que devem ser evitados, pois tem limitações severas. Atualmente é utilizados em PenDrives e em HDs pequenos (abaixo de 80GB). De preferência, procure sempre utilizar o NTFS. NTFS – New Technology File System (Nova tecnologia de Sistema de Arquivos) é o sistema de arquivos padrão para o Windows NT e seus derivados: Windows 2000, XP, Vista, 2003 e 2008. Sem dúvida, o sistema mais seguro e íntegro da Microsoft. Já passou por diversas modificações. Atualmente encontra-se na versão 6.0 (Setembro 2009). 51
  • 16. Para saber que Sistema de Arquivo está sendo utilizado no seu HD ou Pendrive, basta clicar com o botão direito sobre a unidade no Windows Explorer e escolher propriedades. Fonte: Conteudista 2.3.1 Partição Partição é uma divisão de um disco rígido. Cada partição pode conter um sistema de arquivos diferente. Consequentemente, vários sistemas operacionais podem ser instalados na mesma unidade de disco. Ou pode-se particionar um disco com vários sistemas de arquivos diferentes para poder instalar vários sistemas operacionais diferentes. Partição vem da palavra partir, ou seja, dividir o disco para abrigar o sistema de arquivos. 52
  • 17. Para visualizar a situação de partições do seu HD, Clique com o Botão Direito em Meu Computador / Gerenciar / Armazenamento e Clique em Gerenciador de Discos. Veja na figura abaixo o resultado dessa tela: Note que há um HD denominado de Disco 0 que tem 3 partições. Veja que a unidade C: está como NTFS Veja que também existe uma unidade G: que está como FAT32. Esta unidade é um PenDrive. Nesta tela é possível criar e apagar partições de um disco. Mas muita atenção: Criar ou apagar partições implica em perda total dos dados dessa partição, pois esse gerenciador do Windows só realiza particionamento destrutivo, ou seja, aquele que não preserva dos dados da unidade. Fonte: Conteudista 53
  • 18. SAIBA MAIS Para realizar particionamento não destrutivo, é necessário utilizar softwares de terceiros. O mais conhecido deste ramo é o Partition Magic, onde é possível aumentar diminuir, criar e excluir partições sem perda de dados. Tela de gerencia de discos do Partition Magic Fonte: Conteudista 54
  • 19. SAIBA MAIS A operação de criar um sistema de arquivo em uma partição é chamada de formatação (que vem da palavra dar forma). Nos sistemas da Microsoft, cada partição é identificada por uma letra seguida de dois pontos. Exemplo: C: D: ... Z: FIQUE DE OLHO Para instalar o Windows, é necessário escolher o sistema de arquivos correto. Atualmente para versões acima de Windows NT deve-se escolher o sistema de arquivos NTFS. Veja nas figuras abaixo de alguns esquemas de particionamento. O mais comum é de usar todo o HD com um sistema de arquivo só com o Windows instalado nele. Esquema mais utilizado de particionamento. Note que a partição foi formatada com o sistema de arquivos FAT32 Fonte: Conteudista 55
  • 20. Abaixo, veja o mesmo exemplo. Mas, dessa vez, o usuário escolheu utilizar o sistema de arquivos NTFS. Fonte: Conteudista No exemplo abaixo, o usuário utiliza mais de um Sistema operacional e preferiu particionar o HD em várias partes e abrigar cada um dos sistemas em uma partição distinta. Fonte: Conteudista 56
  • 21. Porém, é possível colocar mais de um Sistema Operacional da Microsoft na mesma partição. Veja o exemplo abaixo. Fonte: Conteudista Finalizando, é possível colocar vários sistemas operacionais diferentes no mesmo HD. A maneira mais correta é utilizar as partições distintas e sistemas de arquivos que cada sistema trabalha. Veja no exemplo abaixo que na mesma partição foi colocado 3 Sistemas da Microsoft e ainda foram instalado mais 3 Linux, cada um utilizando um sistema de arquivo diferente. Fonte: Conteudista 57
  • 22. 2.3.2 Gerenciadores de Boot Quando instalamos diversos sistemas operacionais em um mesmo computador, um gerenciador de Boot é instalado. A função de um gerenciador de boot é permitir que o usuário escolha em que sistema operacional a máquina deverá ser ligada. No Windows o mais comum até a versão 2003 é o NTLDR, no mundo Linux existem dois: o LILO (Linux Loader) e o GRUB (GRand Unified Bootloader). 2.3.3 NTLDR Abreviatura de New Technology Loader (ou Carregador de Nova Tecnologia) é um componente do sistema operacional Windows responsável pela carga do sistema operacional (comumente chamado de bootloader). Está presente nas versões da família Windows NT incluindo Windows XP e Windows Server 2003. Em geral, é executado a partir de uma partição primária no disco rígido, mas também pode ser iniciado a partir de outras mídias usadas como disco de boot. Esse carregador requer que os seguintes arquivos estejam presentes no disco: - Ntldr - Boot.ini - Bootfont.bin - NTDetect.com No Windows Vista e no Windows Server 2008 foi substituído pelo Windows Boot Manager, representado pelo arquivo winload.exe. 58
  • 23. Note o NTLoader no momento da inicialização do computador, questionando o usuário em que sistema o computador deverá operar. Fonte: Conteudista Já nessa imagem o gerenciador de boot é o GRUB, do Linux. Fonte: Conteudista 59
  • 24. Quando o computador é ligado, o POST (Power-on Self Test), um pequeno programa gravado em um chip de memória ROM na placa-mãe, que tem a função de “dar a partida”, tentará inicializar o sistema operacional. Independentemente de qual sistema de arquivos se esteja usando, o primeiro setor do disco rígido será reservado para armazenar informações sobre a localização do sistema operacional, que permitem ao BIOS "achá-lo" e iniciar seu carregamento. No setor de boot é registrado onde o sistema operacional está instalado, com qual sistema de arquivos o disco foi formatado e quais arquivos devem ser lidos para inicializar o computador. Os gerenciadores de boot podem ficar em duas áreas do HD: MBR ou Setor de Boot. O MBR – (Máster Boot Record) Primeiro setor do HD que é lido de um HD. Tem apenas 512 bytes de tamanho. É comum em computadores que tem Windows e Linux instalados terem dois Gerenciadores de Boot. O GRUB geralmente fica na MBR e aparece primeiro. O NTLDR fica no setor de boot e aparece logo após o GRUB. 60
  • 25. RESUMO A Microsoft Corporation é a maior fabricante de software do mundo. A Microsoft produz sistemas operacionais para todo tipo de dispositivos. A Microsoft produz Sistemas Operacionais para Desktops e Servidores. Para instalar um Sistema Operacional, é necessário antes fazer o levantamento de requisitos mínimos de hardware. A Microsoft mantém seus Sistemas Operacionais atualizados através do serviço Windows Update. Para quem não deseja usar o Windows Update através do Internet Explorer deve utilizar a alternativa WindizUpdate Service Pack (em tradução literal: pacote de serviços) é a denominação para um pacote de correções para determinado programa ou sistema operacional quando o número de correções (chamadas tecnicamente em inglês de updates e hotfixes) recentes torna-se muito grande. Um Service Pack pode acrescentar novas características ao Sistema Operacional. O WSUS é um Sistema de atualização utilizando servidores locais em uma rede. Sistema de arquivos é a forma de organização de dados em algum meio de armazenamento de dados em massa freqüentemente feito em discos magnéticos (HD ou Disco Rígido). Os principais sistemas de arquivos suportados pelo Windows são: FAT32, NTFS e ISO9660. Partição é a divisão do disco rígido. Cada partição pode conter um sistema de arquivos diferente. Formatação é a operação que cria um sistema de arquivo em uma partição. A função de um gerenciador de boot é permitir que o usuário escolha em que sistema operacional a máquina deverá ser ligada. O Gerenciador de Boot da Microsoft é o NTLDR GRUB e LILO são gerenciadores de Boot do Linux . 61
  • 26. BIBLIOGRAFIA FÓRUM do Baboo. O mais completo fórum de informática e tecnologia do Brasil. Disponivel em: <http://www.babooforum.com.br/forum/index.php?showtopic=31646 2>. Acesso em: 10 out. 2009. Guia do Hadware.net. Windows Vista: Análise e Requisitos Mínimos. Disponível em: < h t t p : / / w w w. g u i a d o h a r d w a r e . n e t / c o m u n i d a d e / r e q u i s i t o s - windows/294977/>. Acesso em: 10 out. 2009 MICROSOFT Ajuda e Suporte. Ciclo de Vida do Suporte da Microsoft. Disponível em: <http://support.microsoft.com/lifecycle/>. Acesso em: 10 out. 2009. MICROSOFT TechNet. Centro de Gerenciamento de Atualizações. O que é uma Atualização? Disponivel em: < h t t p : / / t e c h n e t . m i c r o s o f t . c o m / p t - br/updatemanagement/bb245736.aspx>. Acesso em: 10 out. 2009. __ _ _ _ _ _ _ _ _ _ . Segurança no TechCenter. Disponivel em: <http://technet.microsoft.com/pt-br/security/dd458780.aspx>. Acesso em: 10 out. 2009. MICROSOFT. Disponível em: <http://www.microsoft.com>. Acesso em 10 out. 2009. 62