workshop - Conheça o Fab Lab: Como criar um Fab Lab

0 views

Published on

Workshop at Garagem Fab Lab! 29 e 30 de junho de 2013
Resultados: durante o workshop, os participantes co-criaram dois diferentes modelos de Fab Lab.
O primeiro é um mix entre o modelo acadêmico e profissional com boas estratégias de como utilizar o laboratório pela primeira vez, se é alguém que não tem muita experiência com as máquinas de fabricação digital.
O segundo está relacionado a um modelo para crianças contando com atividades especiais e uma equipe de gurus e managers engajados no assunto. Ele também tem uma preocupação com a sustentabilidade.
Participantes do workshop: Leonardo Mottin, Manoela Rodrigues, Verônica Natividade e Gabriel Souza
Instrutora: Heloisa Neves
Thanks to Andrea Bandoni e Eduardo Lopes

Published in: Technology

workshop - Conheça o Fab Lab: Como criar um Fab Lab

  1. 1. conhecendo o fab LAB: como criar um fab lab
  2. 2. O GARAGEM FAB LAB O GARAGEM FAB LAB é um laboratório que segue os princípios da rede mundial Fab Lab, é aberto ao público em geral durante os Open Days e oferece workshops, cursos e palestras gratuitos e pagos. Queremos ser também um ponto de encontro dos fabers da rede mundial, recebendo pessoas do Brasil e de outros países e oferecendo-lhes espaço e apoio para realização de workshops ou mesmo conversas abertas. Temos também uma característica inédita de ser portátil: tanto trazemos para nosso espaço quem está interessado em aprender sobre fabricação digital, quanto vamos para onde houver a necessidade e o interesse em ingressar nessa revolução. Esta ideia surgiu para que possamos ativar um ponto importante da rede Fab Lab: ser um conector de pessoas e impulsionador de inovação aberta e social. Portanto, queremos ser um espaço onde makers se encontram com empresas, crianças com hackers, estudantes com profissionais, entusiastas com especialistas; buscando fazer a troca de conhecimentos realmente acontecer e gerar bons projetos. Estamos abertos a fazer parcerias com empresas, universidades, colégios e com designers para desenvolver workshops conjuntos, projetos e outras atividades que ainda nem pensamos. NOSSO KIT DE MÁQUINAS E ACESSÓRIOS FRESADORA DE PRECISÃO OtherMill IMPRESSORA 3D MakerBot Replicator 1 dual MakerBot Replicator 1 single Form 1 Leapfrog Creatr MakerBot Replicator 2x 20 Qubits Zprinter 650 CORTADORA DE VINIL - em processo de compra CORTADORA A LASER - em processo de compra FRESADORA GRANDE Pedro Terra Lab (open source machine) ACESSÓRIOS Eletrônica Makey Makey Bare Conductive Arduino 3Doodler Doodle 3d Kinect Leap Motion Lego
  3. 3. associação fab lab brasil Foto Diretoria Associação Fab Lab Brasil A Associação Fab Lab Brasil é uma organização sem fins lucrativos formada por pessoas de diferentes áreas, entusiastas da fabricação digital e do movimento Fab Lab. Não somos um laboratório físico, mas sim uma estrutura de apoio à criação de outros labs. Qualquer pessoa pode ser um membro e participar mais ativamente do processo, basta se associar e começar a participar. Nossos objetivos: * Disseminar o conceito da rede no Brasil através da publicação de informação aberta sobre o tema em português; * Auxiliar pessoas ou organizações que queiram abrir Fab Labs no país; * Realizar workshops temporários e palestras em diversas cidades, bem como cursos de capacitação. Nossos projetos - Fab Academy Brasil - Fab Lab Kids Brasil - Apoio à criação e desenvolvimento do Fab Lab SP - Apoio à criação do Garagem Fab Lab - Projeto Fab Teletransportation - Fab Labs Around The World - Fab Social Palestras realizadas pela Associação Fab Lab Brasil - MOB Conference 2011 - “Open Design e Fab Lab” - Fab Lab Toulouse Conference / França - Projeto Fab Teletransportation - Incor (Inst. do Coração) - “A Revolução da Fabricação Digital na área da Saúde” - Firjan / Rio de Janeiro - "Futuro da Indústria. Indústria do Futuro” - Rio Criativo - “Fab Labs no Rio de Janeiro”
  4. 4. NOVA FORMA DE CRIAÇÃO E PRODUÇÃO CONTEXTO HISTÓRICO 1ªREV. INDUSTRIAL Quando? Século XVII - XVIII Marco tecnológico invenção do tear mecânico Ação substituição da força muscular pela poder da máquina Sistema de trabalho manchesteriano Impacto aumento da qualidade e expectativa de vida / crescimento das cidades 2ªREV. INDUSTRIAL Quando? Século XVII - XIX Marco tecnológico Henry Ford domina a linha de montagem móvel e inaugura a era da produção em massa Ação susbtituição do poder da mente pelo poder da máquina Sistema de trabalho fordista Impacto separação entre o pensar e o fazer 3ªREV. INDUSTRIAL Quando? 1950 - now Marco tecnológico invenção do computador e internet Ação manufatura está se tornando digital Sistema de trabalho colaborativo, em rede (wiki) Impacto veremos a seguir! Sistema Ford http://www.telegraph.co.uk/finance/newsbysector/transport/ 8474691/Fords-best-loved-models.html?image=1 Sistema de Fiação http://www.grimshaworigin.org/ManchesterIndustrialCity.htm Sistema Digital http://www.wired.com/magazine/2010/02/storyboard-long-tail- of-stuff/
  5. 5. NOVA FORMA DE CRIAÇÃO E PRODUÇÃO DIFERENTES PANORAMAS Paul Atkinson. Fonte: In: ABEL, Bas van; EVERS, Lucas; KLASSEN, Roel e TROXLER Peter. Open Design Now: Why Design Cannot Remain Exclusive. Amsterdam: BIS publishers, 2011, page 29.
  6. 6. NOVA FORMA DE CRIAÇÃO E PRODUÇÃO DIFERENTES PANORAMAS Paul Atkinson. Fonte: In: ABEL, Bas van; EVERS, Lucas; KLASSEN, Roel e TROXLER Peter. Open Design Now: Why Design Cannot Remain Exclusive. Amsterdam: BIS publishers, 2011, page 29.
  7. 7. NOVA FORMA DE CRIAÇÃO E PRODUÇÃO DIFERENTES PANORAMAS Criativos designer prosumer Processos co-design open design equipes transdiciplinares conhecimento distribuído design for download Criação Paul Atkinson. Fonte: In: ABEL, Bas van; EVERS, Lucas; KLASSEN, Roel e TROXLER Peter. Open Design Now: Why Design Cannot Remain Exclusive. Amsterdam: BIS publishers, 2011, page 29.
  8. 8. NOVA FORMA DE CRIAÇÃO E PRODUÇÃO DIFERENTES PANORAMAS Plataformas e Sistemas open software open hardware plataformas colaborativas versão beta apoio da comunidade Desenvolvimento Paul Atkinson. Fonte: In: ABEL, Bas van; EVERS, Lucas; KLASSEN, Roel e TROXLER Peter. Open Design Now: Why Design Cannot Remain Exclusive. Amsterdam: BIS publishers, 2011, page 29. Criativos designer prosumer Processos co-design open design equipes transdiciplinares conhecimento distribuído design for download Criação
  9. 9. NOVA FORMA DE CRIAÇÃO E PRODUÇÃO DIFERENTES PANORAMAS Ferramentas máquinas cnc (laser, fresadora, impressora 3D) arduino Locais de Produção Fab Lab Maker Space Hacker Space Plataformas Online de Fabricação Produção Distribuída Produção Paul Atkinson. Fonte: In: ABEL, Bas van; EVERS, Lucas; KLASSEN, Roel e TROXLER Peter. Open Design Now: Why Design Cannot Remain Exclusive. Amsterdam: BIS publishers, 2011, page 29. Plataformas e Sistemas open software open hardware plataformas colaborativas versão beta apoio da comunidade Desenvolvimento Criativos designer prosumer Processos co-design open design equipes transdiciplinares conhecimento distribuído design for download Criação
  10. 10. NOVA FORMA DE CRIAÇÃO E PRODUÇÃO NOVA ESTRUTURA E PROCESSSOS Fabien Eychenne and Arthur Schmitt. In: EYCHENNE, Fabien (2012). Refair: nouvelles pratiques, nouvelles fabriques. Retrieved January, 2013, from: http://www.reseaufing.org/pg/file/fabien/read/122362/territoires- dinnovation-premires-pistes FAB LAB REPAIR CAFE PRODUÇÃO P&D EMPRESA USUÁRIO OBJETO FECHADO PROTOTIPAGEM ONLINE MAKER SPACES PRODUÇÃO SOB DEMANDA SERVIÇO OBJETO ABERTO KIT CONHECIMENTO PLATAFORMA PESQUISA INCUBADORA START UP ACELERADORA MOTIVAÇÕES OPEN SOURCE OPEN HARDWARE VERSÃO BETA
  11. 11. NOVA FORMA DE CRIAÇÃO E PRODUÇÃO E A INDÚSTRIA TRADICIONAL? Paul Atkinson. Fonte: In: ABEL, Bas van; EVERS, Lucas; KLASSEN, Roel e TROXLER Peter. Open Design Now: Why Design Cannot Remain Exclusive. Amsterdam: BIS publishers, 2011, page 29. Mas ainda hoje temos diversas empresas que trabalham com tecnologia e/ou processos inspirados no segundo panorama mostrado!
  12. 12. NOVA FORMA DE CRIAÇÃO E PRODUÇÃO ALGUNS EXEMPLOS GE + MAKERS FORD + TECH SHOP RENAULT + FAB LAB´s "Uma das inspirações para a criação do projeto interno Fab Lab foi o tempo livre Google e Pixar. A idéia era trazer esta inspiração para a cultura Renault. Queremos que as pessoas tenham um pouco mais de tempo para explorar as coisas que não estão na sua missão diária.” Lomig Unger, Renault
  13. 13. NOVA FORMA DE CRIAÇÃO E PRODUÇÃO ALGUNS EXEMPLOS http://videos.airbus.com/video/94b511d91dcs.html AIRBUS + FAB LAB
  14. 14. FAB LAB EM POUCAS PALAVRAS FAB LAB NETWORK RECURSOS MATERIAIS RECURSOS HUMANOS APOIO GLOBAL APOIO LOCAL Iconografia: originais de Laura Pandelle. Traduzido para o português por Heloisa Neves. http://jokkofablab.wordpress.com/2012/03/07/ou-en-est-jokkofablab/#more-527
  15. 15. FAB LAB - O QUE É? Iconografia: originais de Laura Pandelle. Traduzido para o português por Heloisa Neves. http://jokkofablab.wordpress.com/2012/03/07/ou-en-est-jokkofablab/#more-527 Kit Básico Fab Lab Verificar inventário!
  16. 16. FAB LAB - O QUE É? Rede Mundial Fab Lab mais de 150 laboratórios de fabricação digital Fab Lab no Mundo. Fonte: Google Maps http://goo.gl/maps/NdIHe
  17. 17. FAB LAB: UMA MARCA? O processo para poder usar o nome Fab Lab é, primeiramente, seguir a Fab Charter. Depois disto, contatar a associação nacional correspondente ou diretamente o CBA e pedir que o nome do laboratório seja agregado à lista. Deve-se afixar a Fab Charter ao laboratório a fim de que todos os usuários tenham acesso a ela e a respeitem. As fundações e associações nacionais também veem contribuindo com este papel, auxiliando no entendimento e na realização de atividades que cumpram estes princípios, junto aos laboratórios. Benefícios abertura total e não correspondência com uma franquia Malefícios o fato do Fab Lab não ser uma “marca registrada” também tem provocado um segundo efeito: alguns laboratórios que não compartilham os princípios de abertura, inovação social e democratização da tecnologia, sendo considerados somente um laboratório de prototipagem estão usando o nome Fab Lab por uma questão de publicidade ou mesmo por falta de conhecimento, pensando assim pertencer a rede. No entanto, esta é uma falsa agregação a rede. O Fab Lab é um logo e não uma marca registrada! Mas, para você poder utilizá-lo, precisa seguir a Fab Charter e seus princípios
  18. 18. FAB LAB - O QUE É? Fab Charter. Traduzida e adaptada por Heloisa Neves. In:http://fab.cba.mit.edu/about/charter/ O que é um Fab Lab? Fab Labs são uma rede global de laboratórios locais, permitindo a invenção, fornecendo acesso a ferramentas de fabricação digital. O que contém um Fab Lab? Fab Labs compartilham um inventário de máquinas e componentes em evolução que auxilia na capacidade básica de fazer (quase) qualquer coisa, permitindo também o compartilhamento de projetos desenvolvidos ali pelas pessoas. O que fornece a rede Fab Lab? Assistência operacional, educacional, técnica, financeira e logística, além do que está disponível dentro dos laboratório. Quem pode usar um Fab Lab? Fab Labs estão disponíveis como um recurso da comunidade, oferecendo acesso livre para os indivíduos, bem como o acesso programado para programas específicos. Quais são as suas responsabilidades? segurança: não ferir as pessoas ou danar as máquinas operações: ajudar com a limpeza, manutenção e melhoria do laboratório conhecimento: contribuir para a documentação e instrução Quem é o dono das invenções realizadas dentro do Fab Lab? Projetos e processos desenvolvidos no Fab Lab podem ser protegidos e vendidos. O inventor escolhe a maneira como seu projeto irá ser realizado. Mas, a documentação do projeto contendo os processos e técnicas envolvidos deve permanecer disponível para que os outros usuários possam aprender com ele. Como as empresas podem utilizar um Fab Lab? As atividades comerciais podem ser prototipadas e incubadas em um Fab Lab, mas não deve entrar em conflito com outros usos. Elas devem crescer além do laboratório e devem beneficiar os inventores, os próprios laboratórios que lhes deram suporte e as redes que contribuíram para o seu sucesso. Fab Charter
  19. 19. FAB LAB - PROCESSOS Carta Os Fab Labs seguem a Carta de Princípios dos Fab Labs. Esta carta deve ser publicada em algum lugar da página web do Fab Lab e afixada no espaço. Rede de Fab Lab Você deve participar ativamente da rede de Fab Labs, não permanecendo isolado, e fazer parte de uma comunidade de compartilhamento de conhecimento. A vídeo-conferência é uma das ferramentas para entrar em contato com outros Fab Labs, assim como participar dos encontros anuais, colaborar e realizar parcerias através de workshops, projetos, concursos com outros Fab Labs. Muito Importante - por Sherry Lassiter Abertura Primeiro ponto e o mais importante, a abertura do Fab Lab ao público é essencial. Um Fab Lab tem como objetivo democratizar o acesso às ferramentas e máquinas para permitir a invenção e as expressões pessoais. O Fab Lab deve ser aberto ao público gratuitamente ou em troca de serviços (animação, formação, palestras, workshops etc) ao menos uma parte da semana. Este é um ponto verdadeiramente essencial. Máquinas e Processos Os Fab Labs devem compartilhar ferramentas e processos comuns. Ser apenas um laboratório de prototipagem ou uma impressora 3D não são equivalentes a um Fab Lab. Os laboratórios compartilham o conhecimento, o saber, os arquivos, documentação e colaboram com os outros Fab Labs nacional e internacionalmente. Se um Fab Lab fabrica alguma objeto em Boston e envia os arquivos e documentação necessária, você deve poder reproduzir este projeto facilmente em qualquer outro laboratório do mundo. O projeto deve ser passível de reprodução tanto nos Fab Labs franceses quanto nos Fab Labs de Gana, África do Sul ou Amsterdam.
  20. 20. FAB LAB - O QUE É? COMO OS PROCESSOS SÃO COLOCADOS EM PRÁTICA? ● Através de uma estrutura viva fornecida por Fab Managers e Gurus responsáveis pela gestão do espaço e sua ocupação, recepção e apoio aos usuários e impulso a colaboração entre eles. ● Pela comunidade que dê vida e personalidade ao espaço, criando projetos, práticas, know-how, habilidades, etc. ● Na prática e ética da experimentação tentativa/erro, do cruzamento mútuo entre projetos e habilidades, do compartilhamento de informações e resultados. ● Na ausência de hierarquia entre profissionais e amadores e entre projetos de alta dimensão tecnológica/ teórica e os práticos/experimentais; sendo esta horizontalidade marcada sempre pelo conhecer através dos pares. Iconografia: originais de Laura Pandelle. Traduzido para o português por Heloisa Neves. http://jokkofablab.wordpress.com/2012/03/07/ou-en-est-jokkofablab/#more-527 Texto: Fabien Eychenne. TRaduzido por Heloisa Neves. Processos
  21. 21. FAB LAB - O QUE É? Iconografia: originais de Laura Pandelle. Traduzido para o português por Heloisa Neves. http://jokkofablab.wordpress.com/2012/03/07/ou-en-est-jokkofablab/#more-527 Resumindo: O Fab Lab é mais do que um kit de máquinas digitais, é uma plataforma aberta de projetos e processos
  22. 22. FAB LAB - O QUE É? http://video.mit.edu/watch/fablabnetworkand-industry-13820/ Resumindo: O Fab Lab é mais do que um kit de máquinas digitais, é uma plataforma aberta de projetos e processos 2:20m
  23. 23. FAB LAB ACADÊMICO O objetivo dos Fab Labs acadêmicos é de desenvolver uma cultura de aprendizagem através da prática, de permitir aos estudantes realizar projetos “colocando a mão na massa”, mas também organizando um espaço transdisciplinar e aberto ao exterior. Estes Fab Labs são criados por universidades, instituições de ensino superior e às vezes por agências nacionais de inovação. FAB LAB PROFISSIONAL Mesmo respeitando a carta de abertura, o Fab Lab profissional se dirige principalmente seus serviços a um público de empresas, inovadores, startups, colocando à frente as possibilidades de prototipagem rápida, de conselho, locação de máquinas, de formação e de serviços personalizados acompanhados de uma abordagem de inovação. FAB LAB SOCIAL Sob o rótulo de Fab Lab Social estão os Fab Labs abertos realmente a todos, em lugares bastante acessíveis e cuja finalidade é dar acesso às máquinas digitais, às praticas e à cultura da fabricação digital. Estes lugares estão voltados para vetores de emancipação. Este é o caso da maioria dos Fab Labs dos países do sul como Afeganistão (fablab.af), Kenya (fablab.uonbi.ke), Ghana, etc. Alguns fab labs de países do norte oferecem um modelo hibrido, é o caso do Fab Lab de Amsterdam (fablab.waag.org), da Noruega, do projeto DHub em Barcelona. FAB LAB - MODELOS
  24. 24. FAB LAB - PROCESSOS Iconografia: originais de Laura Pandelle. Traduzido para o português por Heloisa Neves. http://jokkofablab.wordpress.com/2012/03/07/ou-en-est-jokkofablab/#more-527 Eixos Estruturantes EIXO 3 - INOVAÇÃO SOCIAL Espaços entendidos enquanto estruturas públicas e abertas à comunidade, conectando-se: às universidades atravès de programas de extensão, ao governo através de criação de fab labs públicos, às empresas através de projetos de responsabilidade social EIXO 1: ACESSO E FORMAÇÃO Acesso às máquinas Open Days Formação (cursos, workshops, Fab Academy) EIXO 2 - APOIO E CONEXÃO Apoio ao desenvolvimento de projetos, processos e conexão entre: Designers - Makers - Hackers - Profissionais - Empresas
  25. 25. Em sentido horário, a partir da esqueda: Open Day no Fab Lab Berlin, Fab Academy, Fab Lab Utrecht, Fab Lab Amsterdam Fab Lab e usuários em geral Acesso às máquinas, Open Days e Formação EIXO 1: ACESSO E FORMAÇÃO FAB LAB - PROCESSOS
  26. 26. Fab Lab e Criativos World Tour Jens Dyvik - Open Chair e Open Table EIXO 2: APOIO E CONEXÃO FAB LAB - PROCESSOS http://www.dyvikdesign.com/site/research/fablab
  27. 27. EIXO 2: APOIO E CONEXÃO Fab Lab e Criativos World Tour Jens Dyvik - Open Chair e Open Table FAB LAB - PROCESSOS http://www.dyvikdesign.com/site/research/fablab
  28. 28. Fab Lab e Makers Projeto Machine That Make Machines EIXO 2: APOIO E CONEXÃO FAB LAB - PROCESSOS http://video.mit.edu/watch/fablabnetworkand-industry-13820/
  29. 29. EIXO 2: APOIO E CONEXÃO BENEFÍCIO CENTRAL DA COLABORAÇÃO Inovar de forma diferente, em um mundo mais aberto, buscando idéias, energias e habilidades onde eles estão (incluindo exterior, incluindo a base para a empresa), promovendo os cruzamentos, misturando e experimentando mais rapidamente possível. Fab Lab e Empresas TRÊS DIFERENTES MODELOS OBJETIVOS CONDIÇÕES E ACESSO CONDIÇÕES DE REALIZAÇÃO VANTAGENS / DESVANTAGENS FAB LAB INTERNO (Caso Renault) Mobilização de inteligência interna e energias da empresa Descompartimentação Plataforma para atender “clientes” internos O mais aberto possível “in- house” Acesso regrado ao exterior Acessibilidade para o maior número possível de funcionários Rédea livre para inovar de maneiras diferentes Organizar encontros de negócios Poucos problemas de sigilo Amplitude considerável de ação Falta de visão externa nas idéias FAB LAB COOPERATIVO (Caso SEB) Trabalhar melhor com seu "ecossistema" (fornecedores, parceiros técnicos, laboratórios) Buscar competências novas, complementares Prioridade para os parceiros do dispositivo Multiplicar o cruzamento dos ecossistemas Acessibilidade Massa crítica (em termos de atendimento e troca) Confiança Apoiar projetos colaborativos Desenvolvimento de uma cultura comum, carreiras, projetos Trabalho Comunitário Risco de "reprodução" e alta seletividade em habilidades FAB LAB EXTERNO COLABORAÇÃO COM FAB LABS EXISTENTES (Caso Ford) Quebrar barreiras, abrir as portas da empresa aos novos modelos de inovação Desenvolver trilhas e novas idéias Conhecer novos talentos Por definição, muito aberto (a empresa tem muito pouco controle, exceto, possivelmente, no tempo gasto por seus funcionários) Levar a sério a experiência pessoal de pessoas que vão utilizar os Fab Labs Incentivar os projetos e iniciativas Desenvolvimento de uma forte experiência para o pessoal da empresa Exposição a novas idéias Não há produção de "propriedade intelectual" Resultados antecipados pequenos FAB LAB - PROCESSOS Tabela Comparativa e Conteúdo: Fabien Eychenne. Tradução: Heloisa Neves.
  30. 30. Fab Lab e Inovação Social Fab City Barcelona - Fab Social Guarulhos - Fab Kids Brasil EIXO 3: INOVAÇÃO SOCIAL FAB LAB - PROCESSOS FAB SOCIAL GUARULHOS + FAB KIDS BRASIL http://telecidadanias.blogspot.com.br/2013/02/comecam-as-oficinas-do-fab-cidadania.html http://co-anchormplexitys.com/english/44-fabbing-cities- barcelona-fab-city/#.UZ2GcSugmNE
  31. 31. instrtutora Heloisa Neves heloisaneves@fablabbrasil.org heloisaneves.com www.facebook.com/garagemfablab heloisa@garagemlab.com www.fablabbrasil.org info@fablabbrasil.org

×