Aula 03 - Introdução aos Diagramas de Atividade

2,526 views
2,392 views

Published on

Introdução aos Diagramas de Atividade (UML) para a disciplina de Planeamento de Sistemas de Informação do Mestrado em Informação Empresarial da Escola Superior de Estudos Industriais e de Gestão do Instituto Politécnico do Porto.

Published in: Technology
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
2,526
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
112
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Aula 03 - Introdução aos Diagramas de Atividade

  1. 1. Introdu¸˜o aos Diagramas de Atividade ca Alberto Sim˜es o alberto.simoes@eu.ipp.pt Planeamento de Sistemas de Informa¸˜o ca Mestrado em Informa¸˜o Empresarial ca 2012/2013 Alberto Sim˜es o Introdu¸˜o aos Diagramas de Atividade ca 1/27
  2. 2. Diagramas de Atividade Os caso de uso mostram o que o sistema deve fazer; Os diagramas de atividade mostram como o fazer; Alberto Sim˜es o Introdu¸˜o aos Diagramas de Atividade ca 2/27
  3. 3. Diagramas de Atividade Os caso de uso mostram o que o sistema deve fazer; Os diagramas de atividade mostram como o fazer; Mostram atividades de alto n´ encadeadas que representam ıvel o processo a ocorrer no sistema; Alberto Sim˜es o Introdu¸˜o aos Diagramas de Atividade ca 2/27
  4. 4. Diagramas de Atividade Os caso de uso mostram o que o sistema deve fazer; Os diagramas de atividade mostram como o fazer; Mostram atividades de alto n´ encadeadas que representam ıvel o processo a ocorrer no sistema; S˜o especialmente bons a modelar regras de neg´cio; a o Alberto Sim˜es o Introdu¸˜o aos Diagramas de Atividade ca 2/27
  5. 5. Diagramas de Atividade Os caso de uso mostram o que o sistema deve fazer; Os diagramas de atividade mostram como o fazer; Mostram atividades de alto n´ encadeadas que representam ıvel o processo a ocorrer no sistema; S˜o especialmente bons a modelar regras de neg´cio; a o Os diagramas de atividade s˜o os diagramas UML mais a acess´ ıveis: usam s´ımbolos similares aos usados na nota¸˜o de fluxogramas; ca s˜o uteis para descrever processos para uma larga audiˆncia. a ´ e Alberto Sim˜es o Introdu¸˜o aos Diagramas de Atividade ca 2/27
  6. 6. Diagramas de AtividadeExemplo nodo inicial decisão Escolher opção Criar novo [autorizado] [não autorizado] utilizador Blogue arco Selecionar tipo Rejeitar Criar utilizador de utilizador Utilizador Introduzir detalhes Enviar e-mail com ação do utilizador detalhes utilizador Validar utilizador nodo junção final Alberto Sim˜es o Introdu¸˜o aos Diagramas de Atividade ca 3/27
  7. 7. Diagramas de AtividadeAtividades e A¸oes c˜ nome da quadro de atividade atividade Lavar Carro espuma enxaguar secar Ações A¸˜es s˜o passos ativos num processo (ou atividade); co a Uma a¸˜o pode ser um c´lculo, ou uma tarefa; ca a N˜o confundir atividade com a¸˜o, ao descrever um passo a ca num diagrama de atividade, mas n˜o s˜o a mesma coisa; a a A atividade ´ o processo a ser modelado; e Uma atividade pode ser colocada dentro de um quadro de atividade, juntamente com o nome da atividade; O quadro de atividade ´ opcional, e ´ util quando se pretende e e´ mostrar mais que uma atividade no mesmo diagrama; Alberto Sim˜es o Introdu¸˜o aos Diagramas de Atividade ca 4/27
  8. 8. Diagramas de AtividadeDecis˜es e Jun¸oes o c˜ arco de [autorizado] entrada arcos de saída guardas (condições) [não autorizado] As decis˜es s˜o usadas quando se precisa de executar uma o a sequˆncia de a¸˜es diferente dependendo de uma condi¸˜o; e co ca As decis˜es s˜o representadas como nodos em forma de o a losango, com um arco de entrada, e m´ltiplos arcos de sa´ u ıda; Cada ramo de sa´ deve ter uma condi¸˜o (um guarda) ıda ca escrito entre parˆntesis retos: estas condi¸˜es determinam e co qual a op¸˜o a seguir; ca Apenas um ramo ´ seguido num nodo de decis˜o; e a Alberto Sim˜es o Introdu¸˜o aos Diagramas de Atividade ca 5/27
  9. 9. Diagramas de AtividadeDecis˜es e Jun¸oes o c˜ [nrPalavras = 0] Notificar notícia não pode ser vazia decisão [nrPalavras > 0 & nrPalavras <= 1000] Mostrar Guardar notícia estado [nrPalavras > 1000] Notificar notícia junção demasiado grande As condi¸˜es devem ser avaliadas como verdadeiras ou falsas: co [autorizado] Se a vari´vel autorizado for verdadeira, ent˜o seguir a a o arco indicado; [nrPalavras > 1000] Se a vari´vel nrPalavras ´ superior a 1000, a e ent˜o seguir o arco indicado; a Os ramos juntam-se num nodo de jun¸˜o, que marca o final do ca comportamento condicional iniciado no nodo de decis˜o; a Os nodos de jun¸˜o tamb´m s˜o representados como losangos, mas ca e a tˆm mais que um ramo de entrada, e apenas um ramo de sa´ e ıda. Alberto Sim˜es o Introdu¸˜o aos Diagramas de Atividade ca 6/27
  10. 10. Diagramas de AtividadeDecis˜es e Jun¸oes o c˜ Os diagramas de atividade s˜o a mais claros se os guardas nos [em stock] nodos de decis˜o forem a te s e o os qu po el m ív mutuamente exclusivos; m p is es ão a m pç : m Se um item estiver em stock e forao o O a IG um ER [esgotado] uma encomenda urgente, dois P guardas s˜o avaliados como a verdadeiros; [encomenda urgente] Qual o ramo seguido, de acordo com a especifica¸˜o do UML, est´ ca a fora do nosso controlo. Podemos resolver esta situa¸˜o ca complicada usando guardas mutuamente exclusivos. Alberto Sim˜es o Introdu¸˜o aos Diagramas de Atividade ca 7/27
  11. 11. Diagramas de AtividadeDecis˜es e Jun¸oes o c˜ [em stock e encomenda normal] [esgotado e encomenda normal] [esgotado e encomenda urgente] [em stock e encomenda urgente] Alberto Sim˜es o Introdu¸˜o aos Diagramas de Atividade ca 8/27
  12. 12. Diagramas de AtividadeDecis˜es e Jun¸oes o c˜ [encomenda normal] [em stock e encomenda normal] [esgotado] [esgotado e encomenda normal] [encomenda urgente] [encomenda normal] [esgotado e encomenda urgente] [em stock e encomenda urgente] [em stock] [encomenda urgente] Alberto Sim˜es o Introdu¸˜o aos Diagramas de Atividade ca 8/27
  13. 13. Diagramas de AtividadeExerc´ 1 ıcio Crie um diagrama de atividades baseado na seguinte narrativa: O departamento de compras faz a gest˜o de pedidos a realizados por outros departamentos da empresa. Um funcion´rio do departamento de compras recebe e a monitoriza um pedido desde que ´ solicitado at´ que e e chegue ` empresa. Para todos os pedidos abaixo de a 1500e, o funcion´rio preenche um formul´rio de a a encomenda, e envia-o para um vendedor aprovado. Pedidos acima dos 1500e tˆm de ser enviados ao e vendedor para que este envie or¸amentos. Quando os c or¸amentos retornam, o funcion´rio seleciona um destes c a or¸amentos, e preenche um formul´rio de encomenda, e c a envia-o para o vendedor. Alberto Sim˜es o Introdu¸˜o aos Diagramas de Atividade ca 9/27
  14. 14. Diagramas de AtividadesExerc´ 2 ıcio Tendo em conta o seu conhecimento sobre o funcionamento de um sistema multibanco, esquematize um diagrama de atividade que corresponda ao processo de levantamento de dinheiro. Tenha em aten¸˜o poss´ ca ıveis falhas do sistema, como sejam o c´digo errado, saldo insuficiente, dinheiro em caixa insuficiente, o etc. Alberto Sim˜es o Introdu¸˜o aos Diagramas de Atividade ca 10/27
  15. 15. Diagramas de AtividadeConcorrˆncia e Considere o processo de montagem de um computador: 1 Preparar a caixa; 2 Preparar a placa m˜e;a 3 Instalar a placa m˜e; a 4 Instalar os discos; 5 Instalar placas de v´ ıdeo, som e rede. Suponha que todo este processo pode ser acelerado, preparando a caixa e a placa m˜e ao mesmo tempo. a Como modelar? Alberto Sim˜es o Introdu¸˜o aos Diagramas de Atividade ca 11/27
  16. 16. Diagramas de AtividadeConcorrˆncia e Considere o processo de montagem de um computador: Junção 1 Preparar a caixa; 2 Preparar a placa m˜e;a 3 Instalar a placa m˜e; a 4 Instalar os discos; Preparar Caixa 5 Instalar placas de v´ ıdeo, som e rede. Suponha que todo este processo pode ser acelerado, Preparar placa mãe preparando a caixa e a placa m˜e ao mesmo tempo. a Como modelar? Divisão Alberto Sim˜es o Introdu¸˜o aos Diagramas de Atividade ca 11/27
  17. 17. Diagramas de AtividadeConcorrˆncia e Preparar Caixa instalar instalar instalar placas placa mãe discos som,rede,video Preparar placa mãe Na divis˜o, o fluxo ´ dividido em dois ou mais fluxos a e simultˆneos, iniciando as suas tarefas ao mesmo tempo; a A jun¸˜o significa que todas as a¸˜es de entrada devem ca co terminar antes de o fluxo continuar; A nota¸˜o ´ semelhante para a divis˜o e a jun¸˜o, mas ´ f´cil ca e a ca e a reparar na diferen¸a, dado o n´mero de fluxos que entram ou c u saem. Alberto Sim˜es o Introdu¸˜o aos Diagramas de Atividade ca 12/27
  18. 18. Diagramas de AtividadesExerc´ 3 ıcio Esquematize um diagrama de atividades para o seguinte processo: Numa agˆncia de viagens o processo de reserva de um voo ´ realizado e e pelo funcion´rio, de acordo com as recomenda¸˜es do cliente. a co Pretende-se modelar o processo de reserva e compra de um bilhete via e-mail para clientes da agˆncia. e O funcion´rio recebe o pedido de propostas de voo, com informa¸˜o da a ca cidade de partida, destino, e datas desejadas. O funcion´rio responde a com um conjunto de poss´ ıveis voos e respetivos custos. O cliente escolhe um dos voos, ou indica que n˜o quer nenhum deles. Se a n˜o quiser nenhum deles o processo termina. Se indicar um voo, o a funcion´rio emite uma fatura para o cliente, enviando-a via email e, ao a mesmo tempo, faz um pedido de reserva dos bilhetes. Quando o cliente pagar, via Multibanco, o funcion´rio emite o recibo e, a ao mesmo tempo, faz o pedido de emiss˜o dos bilhetes eletr´nicos. a o Assim que a emiss˜o ´ confirmada, ´ enviado novo e-mail para o cliente a e e com o recibo e os bilhetes. Alberto Sim˜es o Introdu¸˜o aos Diagramas de Atividade ca 13/27
  19. 19. Diagramas de AtividadeInvocar Outras Atividades ` A medida que se adiciona detalhe ao diagrama de atividade, o diagrama pode tornar-se demasiado grande; Por outro lado, algumas sequˆncias de a¸˜es podem ocorrer e co mais que uma vez; Quando isto acontece, pode-se aumentar a legibilidade colocando detalhe de uma a¸˜o num diagrama separado; ca Indica-se que uma a¸˜o ´, na verdade, uma atividade definida ca e num outro diagrama, colocando o s´ımbolo . Alberto Sim˜es o Introdu¸˜o aos Diagramas de Atividade ca 14/27
  20. 20. Diagramas de AtividadeInvocar Outras Atividades Atividade pr´-definida e Preparar Placa Mãe Instalar Instalar CPU Memórias Alberto Sim˜es o Introdu¸˜o aos Diagramas de Atividade ca 15/27
  21. 21. Diagramas de AtividadeInvocar Outras Atividades Atividade pr´-definida e Preparar Placa Mãe Instalar Instalar CPU Memórias Atividade de alto n´ ıvel Preparar Caixa Instalar Instalar Instalar Placas Placa mãe Discos Som, Video, Rede ⋔ Preparar Placa mãe Alberto Sim˜es o Introdu¸˜o aos Diagramas de Atividade ca 15/27
  22. 22. Diagramas de AtividadesExerc´ 4 ıcio Esquematize o processo de pagamento de servi¸o ou compra c no multibanco. Tenha em aten¸˜o poss´ ca ıveis falhas do sistema. Tendo em conta o diagrama anterior e o realizado no exerc´ ıcio 2, analise como modularizar estes dois processos, colocando-os como diagramas independentes invocados por um diagrama de alto n´ ıvel. Alberto Sim˜es o Introdu¸˜o aos Diagramas de Atividade ca 16/27
  23. 23. Diagramas de AtividadeEventos Temporais Por vezes o tempo ´ um fator importante na atividade; e Alberto Sim˜es o Introdu¸˜o aos Diagramas de Atividade ca 17/27
  24. 24. Diagramas de AtividadeEventos Temporais Por vezes o tempo ´ um fator importante na atividade; e ´ poss´ modelar per´ E ıvel ıodos em espera; esperar 3 dias enviar enviar encomenda factura Alberto Sim˜es o Introdu¸˜o aos Diagramas de Atividade ca 17/27
  25. 25. Diagramas de AtividadeEventos Temporais Por vezes o tempo ´ um fator importante na atividade; e ´ poss´ modelar per´ E ıvel ıodos em espera; esperar 3 dias enviar enviar encomenda factura Ou processos que iniciam em intervalos regulares de tempo; todos os 2 segundos atualizar barra de progresso Alberto Sim˜es o Introdu¸˜o aos Diagramas de Atividade ca 17/27
  26. 26. Diagramas de AtividadesObjetos Nos diagramas de atividades ´ poss´ usar objetos; e ıvel Representam os dados a fluir ao longo da atividade; Um objeto representa algo que est´ dispon´ em a ıvel determinado ponto da atividade; Podem ser usados para mostrar que um objeto ´ criado, usado e ou modificado, por alguma das a¸˜es circundantes; co Alberto Sim˜es o Introdu¸˜o aos Diagramas de Atividade ca 18/27
  27. 27. Diagramas de AtividadesObjetos Nos diagramas de atividades ´ poss´ usar objetos; e ıvel Representam os dados a fluir ao longo da atividade; Um objeto representa algo que est´ dispon´ em a ıvel determinado ponto da atividade; Podem ser usados para mostrar que um objeto ´ criado, usado e ou modificado, por alguma das a¸˜es circundantes; co Receber Pedido Encomenda ⋔ Aprovar Submeter de Encomenda Pagamento Encomenda Objeto Alberto Sim˜es o Introdu¸˜o aos Diagramas de Atividade ca 18/27
  28. 28. Diagramas de AtividadesObjetos ´ E poss´ representar um objeto a mudar de estado ao longo de ıvel uma atividade. O estado do objeto ´ representado em parˆntesis retos. e e Alberto Sim˜es o Introdu¸˜o aos Diagramas de Atividade ca 19/27
  29. 29. Diagramas de AtividadesObjetos ´ E poss´ representar um objeto a mudar de estado ao longo de ıvel uma atividade. O estado do objeto ´ representado em parˆntesis retos. e e Receber Pedido Encomenda ⋔ Aprovar Encomenda Submeter de Encomenda [pendente] Pagamento [aprovada] Encomenda Alberto Sim˜es o Introdu¸˜o aos Diagramas de Atividade ca 19/27
  30. 30. Diagramas de AtividadesObjetos ´ E poss´ representar um objeto a mudar de estado ao longo de ıvel uma atividade. O estado do objeto ´ representado em parˆntesis retos. e e Receber Pedido Encomenda ⋔ Aprovar Encomenda Submeter de Encomenda [pendente] Pagamento [aprovada] Encomenda Para al´m de funcionar como entrada ou sa´ de a¸˜es, os objetos e ıda co tamb´m podem servir de entrada ou sa´ de uma atividade. e ıda A entrada ou sa´ de uma atividade s˜o desenhadas como objetos ıda a ligeiramente fora do limite do quadro da atividade. Alberto Sim˜es o Introdu¸˜o aos Diagramas de Atividade ca 19/27
  31. 31. Diagramas de AtividadesObjetos ´ E poss´ representar um objeto a mudar de estado ao longo de ıvel uma atividade. O estado do objeto ´ representado em parˆntesis retos. e e Receber Pedido Encomenda ⋔ Aprovar Encomenda Submeter de Encomenda [pendente] Pagamento [aprovada] Encomenda Para al´m de funcionar como entrada ou sa´ de a¸˜es, os objetos e ıda co tamb´m podem servir de entrada ou sa´ de uma atividade. e ıda A entrada ou sa´ de uma atividade s˜o desenhadas como objetos ıda a ligeiramente fora do limite do quadro da atividade. Aprovar Pagamento Autorizar Atualizar Calcular Encomenda Cartão de Estado Encomenda Total Crédito Encomenda Alberto Sim˜es o Introdu¸˜o aos Diagramas de Atividade ca 19/27
  32. 32. Diagramas de AtividadesEnvio e Rece¸˜o de Sinais ca As atividades podem envolver intera¸˜es com pessoas, co sistemas ou processos externos; Por exemplo: ao autorizar um pagamento por cart˜o de cr´dito, ´ necess´rio a e e a verificar o cart˜o, interagindo com o servi¸o de aprova¸˜o, a c ca disponibilizado pela companhia do cart˜o de cr´dito; a e Nos diagramas de atividade, os sinais representam intera¸˜es co com participantes externos. Alberto Sim˜es o Introdu¸˜o aos Diagramas de Atividade ca 20/27
  33. 33. Diagramas de AtividadesEnvio e Rece¸˜o de Sinais ca As atividades podem envolver intera¸˜es com pessoas, co sistemas ou processos externos; Por exemplo: ao autorizar um pagamento por cart˜o de cr´dito, ´ necess´rio a e e a verificar o cart˜o, interagindo com o servi¸o de aprova¸˜o, a c ca disponibilizado pela companhia do cart˜o de cr´dito; a e Nos diagramas de atividade, os sinais representam intera¸˜es co com participantes externos. Enviar Receber Sinal Sinal Calcular Enviar Pedido para aprovação Receber Atualizar Total do Cartão de Crédito Resposta Estado Encomenda Alberto Sim˜es o Introdu¸˜o aos Diagramas de Atividade ca 20/27
  34. 34. Diagramas de AtividadesEnvio e Rece¸˜o de Sinais ca Receber um Sinal tem o efeito de acordar a a¸˜o; ca O recetor do sinal saber´ como reagir ao sinal, e espera que a esse sinal chegue, sem saber exatamente quando; Alberto Sim˜es o Introdu¸˜o aos Diagramas de Atividade ca 21/27
  35. 35. Diagramas de AtividadesEnvio e Rece¸˜o de Sinais ca Receber um Sinal tem o efeito de acordar a a¸˜o; ca O recetor do sinal saber´ como reagir ao sinal, e espera que a esse sinal chegue, sem saber exatamente quando; Enviar um Sinal tem apenas o efeito de enviar um sinal ou mensagem para um participante externo, que saber´ como a reagir. No entanto, esse comportamento n˜o ´ modelado no diagrama a e de atividades. Alberto Sim˜es o Introdu¸˜o aos Diagramas de Atividade ca 21/27
  36. 36. Diagramas de AtividadesEnvio e Rece¸˜o de Sinais ca Receber um Sinal tem o efeito de acordar a a¸˜o; ca O recetor do sinal saber´ como reagir ao sinal, e espera que a esse sinal chegue, sem saber exatamente quando; Enviar um Sinal tem apenas o efeito de enviar um sinal ou mensagem para um participante externo, que saber´ como a reagir. No entanto, esse comportamento n˜o ´ modelado no diagrama a e de atividades. Os sinais s˜o ass´ a ıncronos: a atividade n˜o espera por uma resposta depois de enviar um a sinal: simplesmente move-se imediatamente para a pr´xima o a¸˜o; ca ao receber um sinal, a atividade espera por uma resposta, e s´ o avan¸a quando a recebe; c Alberto Sim˜es o Introdu¸˜o aos Diagramas de Atividade ca 21/27
  37. 37. Diagramas de AtividadesEnvio e Rece¸˜o de Sinais ca ´ E poss´ usar a rece¸˜o de um sinal no in´ do fluxo de um ıvel ca ıcio diagrama; Significa que quando a atividade est´ ativa, esse nodo aguarda a por um sinal; Assim que o sinal ´ recebido, a atividade inicia; e Alberto Sim˜es o Introdu¸˜o aos Diagramas de Atividade ca 22/27
  38. 38. Diagramas de AtividadesEnvio e Rece¸˜o de Sinais ca ´ E poss´ usar a rece¸˜o de um sinal no in´ do fluxo de um ıvel ca ıcio diagrama; Significa que quando a atividade est´ ativa, esse nodo aguarda a por um sinal; Assim que o sinal ´ recebido, a atividade inicia; e Receber Processar Despachar Encomenda Encomenda Encomenda Alberto Sim˜es o Introdu¸˜o aos Diagramas de Atividade ca 22/27
  39. 39. Diagrama de AtividadesExerc´ ıcio Considere novamente uma agˆncia de viagens, e o processo de e marca¸˜o de um hotel. ca O cliente dirige-se ` agˆncia de viagens e indica onde pretende o a e hotel. A funcion´ria da agˆncia apresenta um conjunto de a e alternativas que o cliente deve validar. Se o cliente escolher uma dessas alternativas, ´ feito o pedido ao hotel para a reserva do e quarto. Assim que o hotel confirma a reserva, o cliente faz o pagamento, e ´ emitido um voucher com informa¸˜o da reserva, bem como o e ca recibo respetivo. O hotel pode indicar que o quarto j´ n˜o est´ dispon´ a a a ıvel, e nesse caso a funcion´ria do hotel apresente um novo conjunto de a alternativas ao cliente. Alberto Sim˜es o Introdu¸˜o aos Diagramas de Atividade ca 23/27
  40. 40. Diagrama de AtividadesPistas Uma atividade pode envolver v´rios participantes diferentes, a como diferentes grupos ou papeis numa organiza¸˜o; ca Por exemplo: Uma atividade de processamento de uma encomenda necessita do departamento financeiro (para cobrar ao cliente) e do departamento de expedi¸˜o (para o envio); ca Um processo de suporte t´cnico pode necessitar de v´rios e a n´ ıveis de suporte, como o call-center, suporte t´cnico, etc. e O uso de pistas mostra quais os participantes respons´veis por a cada a¸˜es; co Alberto Sim˜es o Introdu¸˜o aos Diagramas de Atividade ca 24/27
  41. 41. Diagrama de AtividadesPistas [problema Informar Call Center Anotar conhecido] Terminar Cliente Queixa Chamada Solução [else] [existe Suporte Técnico alternativa] Informar Investigar Cliente Problema Alternativa [else] [urgente] Adicionar Investigar Informar à BD de Severidade Cliente falhas críticas Engenharia Adicionar [else] à BD de solicitações Alberto Sim˜es o Introdu¸˜o aos Diagramas de Atividade ca 25/27
  42. 42. Diagrama de AtividadesExerc´ ıcios O processo de inscri¸˜o num gin´sio ´ descrito do seguinte modo: ca a e O sujeito interessado submete um formul´rio, juntamente com o a pagamento de uma taxa de inscri¸˜o. ca Posteriormente ´ realizado um exame m´dico, resultando num e e relat´rio m´dico que ser´ devidamente arquivado. Se a avalia¸˜o o e a ca do exame ´ positiva, segue-se uma avalia¸˜o f´ e ca ısico-motora por um personal trainer, e ´ elaborado um programa personalizado de e treino. Se a avalia¸˜o do exame m´dico for negativa, o relat´rio m´dico ´ ca e o e e entregue ao indiv´ ıduo, e a inscri¸˜o anulada. ca O processo de inscri¸˜o no gin´sio conclui ao ser estabelecido o ca a valor da respetiva mensalidade, de acordo com o programa de treino definido. Alberto Sim˜es o Introdu¸˜o aos Diagramas de Atividade ca 26/27
  43. 43. Diagramas de AtividadesConsidera¸oes Finais c˜ Esta apresenta¸˜o introduz cerca de 80% da nota¸˜o habitual ca ca usada em diagramas de atividade; Quando um diagrama n˜o cabe numa p´gina, usam-se a a conectores, pequenos c´ ırculos, com um n´mero inscrito, que u correspondem aos pontos de liga¸˜o; ca Acima de tudo, o UML ´ uma linguagem extens´ e ıvel: para al´m da nota¸˜o base, os seus utilizadores s˜o convidados a e ca a introduzir outros detalhes que possam ser relevantes; Alberto Sim˜es o Introdu¸˜o aos Diagramas de Atividade ca 27/27

×