Philips
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Philips

on

  • 1,521 views

Design Thinking - Case Philips

Design Thinking - Case Philips

Statistics

Views

Total Views
1,521
Views on SlideShare
1,514
Embed Views
7

Actions

Likes
1
Downloads
20
Comments
0

2 Embeds 7

http://www.slideshare.net 4
http://www.linkedin.com 3

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Philips Philips Presentation Transcript

    • Design Thinking Case Philips
    • 1891 a 1915 1915 a 1925 Fundada por Anton e Gerard Philips. Começou fabricando lâmpadas com filamento de carbono. Em 1910, com 2 mil funcionários, a Philips era a maior empregadora única da Holanda. Em 1918, a Philips apresentou um tubo médico de raio X. Começou a proteger suas inovações com patentes em áreas que iam de radiação de raio X a recepção de rádio.
    • 1925 a 1940 1940 a 1970 Em 1925, se envolveu nos primeiros experimentos com televisores e, em 1927, começou a produzir rádios. Em 1932, vendeu 1 milhão de unidades e se tornou líder mundial na produção de rádios. Em 1939, quando lançou o primeiro barbeador elétrico, a empresa empregava 45 mil pessoas em todo o mundo. A empresa fez grandes contribuições para o desenvolvimento de gravação, transmissão e reprodução de imagens de televisão. Em 1963, introduziu o cassete compacto de áudio. Em 1965, produziu seus primeiros circuitos integrados.
    • 1970 a 1980 1980 a 1990 Invenção do disco óptico LaserVision, do Compact Disc e de sistemas de telecomunicação ópticos. Em 1972, a empresa fundou a PolyGram, um selo de gravação de música de enorme sucesso. Em 1974, adquiriu a Magnavox e, em 1975, a Signetic, ambas nos Estados Unidos. Em 1983, a Philips criou um marco tecnológico: o Compact Disc. A empresa cresceu nos anos de 1980 por meio da aquisição da GTE Sylvania, concentrada em televisão, e da Westinghouse, empresa de lâmpadas.
    • 1990 a 2000 Século 21 A empresa conduziu um grande programa de reestruturação para voltar a ficar saudável, simplificando sua estrutura e reduzindo o número de áreas comerciais. Vendeu 300 milhões de barbeadores elétricos Philishave. Em 2004, a Philips revelou a nova promessa de “sense and simplicity” da sua marca. Respaldada por uma forte campanha de propaganda, a empresa confirmou sua dedicação em oferecer aos consumidores produtos que são avançados, fáceis de usar e criados para atender às suas necessidades.
    • Lá na década de 1920 sob a liderança do Louis Kalff, a Philips já sabia da importância de conhecer as necessidades de seus consumidores Louis Kalff was a pioneer of industrial design in the Netherlands in the first half of the 20th century. Having studied furniture making, sculpture, ceramics, advertising design and finally architecture he went to work for Philips in the advertising department in 1924
    • Em 1969 Knut Yran estabeleceu que deveria ser feito várias pesquisas e estudos antes do início do desenvolvimento de um produto. Knut Otto Yran (born June 18, 1920 in Oslo, died July 17, 1998 in Mallorca) was a Norwegian illustrator, designer and author. He was a leading practitioner in the Norwegian advertising and bokkunst in the 1950s and worked 15 years as chief designer for the electronics manufacturer Philips.
    • Robert Blaich revolucionou a Philips com sua visão, a decretar que o  design deve satisfazer os consumidores acima de tudo. Como diferencial competitivo ele integrou o design a tudo, do desenvolvimento e produção ao marketing.  Dr. Robert Ian Blaich was born in 1930 in New York. He studied architecture at Syracuse University. Author of “Product Design and Corporate Strategy“? and “New and notable Product Design“?, Robert Blaich was awarded a Doctor of Fine Arts (Honoris Causa) in 1990 by Syracuse University.
    • Now, since 1991 under the leadership of Stefano Marzano, we’ve implemented a clear approach known as High Design: a human-focused, multi-disciplinary and research-based design approach that allows the seamless integration of design into the business creation process. By broadening our perspective to include disciplines like anthropology, psychology and sociology,  Stefano Marzano is CEO and Chief Creative Director, Philips Design, the international in- house design group at Philips responsible for all design work within the company. Both Stefano Marzano and Philips Design are widely recognized as being in the forefront of the design profession. In 2005, Business Week (USA) named Stefano Marzano one the four global ‘Best Leaders of 2005’ for Innovation
    • 1990 Guerra do Golfo
    •  
    •  
    • É a iniciativa de transformar a imagem de fábrica de eletrônicos em uma empresa liderada pelo design, orientada a saúde, estilo de vida e tecnologia, com produtos fáceis de usar e criados para atender as necessidades do consumidor. Assim se formou o simplicity board,  especialistas contratados para trazer uma nova perspectiva a empresa. São eles:  - Sara Berman  - John Maeda  - Gary Chang  - Dr. Peggy J. Fritzsche . A empresa deu ao grupo liberdade total para tomar decisões e influenciar diretamente no desenvolvimento dos produtos. Sense and simplicity
    • "Design is a political act. Every time we design a product we are making a statement about the direction the world will move in. We therefore have to continually ask ourselves: is the product we are designing relevant?" (Stefano Marzano)
    • http://www.businessweek.com/innovate/content/oct2005/id20051025_243657.htm http://www.design.philips.com/philips/sites/philipsdesign/about/design/aboutus/designheritage/index.page http://www.philips.com.br/about/company/history/ourheritage/index.page http://www.nytimes.com/1992/02/28/business/the-media-business-a-striking-turnaround-for-philips.html?pagewanted=1