EDEN - Pps2 26 04 2007

523 views
437 views

Published on

Projecto EDEN

Published in: Travel, Business
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
523
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
3
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

EDEN - Pps2 26 04 2007

  1. 1. PROJECTO EDEN Endogenizar o Desenvolvimento de Energias Novas PPS2 Projecto Demonstração Reunião Global do PPS 2 26/04/2007 1
  2. 2. PROJECTO EDEN | PPS2 AGENDA REUNIÃO 1. Ponto de situação do PPS2 PARTE I 2. Deliverables a entregar em Junho no âmbito do PPS 2 3. Definição do papel dos restantes parceiros participantes nas PARTE II tarefas do PPS 2 4. Actividades a desenvolver 5. Marcação da próxima reunião geral do PPS 2
  3. 3. PROJECTO EDEN Endogenizar o Desenvolvimento de Energias Novas Reunião Global do PPS 2 PARTE I Ponto de situação do PPS2 Deliverables a entregar em Junho no âmbito do PPS 2 26/04/2007 3
  4. 4. PROJECTO EDEN | PPS2 PONTO DE SITUAÇÃO PPS2 – Objectivos Gerais • Promover um processo de transferência e endogeneização de tecnologias das entidades fabricantes para o consórcio, no que se refere ao projecto, instalação, operação e manutenção destas unidades, criando condições para que a esperada penetração das PC no mercado nacional se possa vir a efectuar com significativa participação da tecnologia, engenharia e indústria nacional (na concepção, projecto, instalação, operação e fornecimento de subsistemas). •O objectivo deste PPS é o de promover um processo de transferência de tecnologia, das entidades fabricantes para o consórcio, através do projecto, instalação, operação e manutenção duma Pilha de Combustível de alta temperatura no Porto; esta unidade deverá possuir uma potência de cerca de 10 kW (5kW), uma tecnologia baseada na operação a altas temperaturas, com potencial aproveitamento do calor gerado, e focar-se-á nas aplicações industriais.
  5. 5. PROJECTO EDEN | PPS2 PONTO DE SITUAÇÃO PPS2 – Objectivos Gerais Com este projecto de demonstração pretende-se adquirir um conhecimento prático efectivo das capacidades e limitações destas tecnologias em aplicações estacionárias de produção distribuída de energia, e sua adequação para utilizar o biogás proveniente de aterros para a produção de electricidade. Criação de um quadro de colaboração com os fornecedores seleccionados que viabilize a formação de técnicos das empresas do consórcio na concepção e projecto de sistemas, no conhecimento aprofundado das especificações técnicas e tecnológicas associadas às alternativas existentes.
  6. 6. PROJECTO EDEN | PPS2 PONTO DE SITUAÇÃO PPS2 – Projecto Demonstração – Introdução Energia Eléctrica • Introdução na rede • Utilização interna 5 kW Biogás proveniente da LIPOR Energia Térmica • AQS • Produção Vapor 4 kW Pilha Combustível SOFC (5 kW)
  7. 7. PROJECTO EDEN | PPS2 PONTO DE SITUAÇÃO PPS2 – Projecto Demonstração – Introdução Características técnicas das pilhas de combustível SOFC • Elevado potencial em termos eficiência para a geração de energia. Electrólito Oxido sólido • Reduzem significativamente a poluição do ar e a emissão Temperaturas de 600 – 1000 ºC operação de gases com efeito de estufa. Reformador Interno • Baixa degradação, que permite manter a eficiência Oxidante constante durante o seu tempo da vida útil. O2 / Ar • Elevada eficiência, mesmo operando a carga parcial. Eficiência (sem 45 – 60% cogeração) • Possibilidade de operar com vários tipos de combustível - Máxima eficiência 85% como metano, gás de carvão, biogás (gás rico em metano), Potencia máxima 220 kW hidrocarbonetos ou H2. Esta flexibilidade abre um largo espectro de aplicações e para o cliente. Utilização do calor Usado para produzido aquecimento de água ou para gerar vapor
  8. 8. PROJECTO EDEN | PPS2 PONTO DE SITUAÇÃO PPS2 – Projecto Demonstração – Introdução Células de Combustível Componente PEMFC PAFC MCFC SOFC Combustível Combustível Combustível Combustível H2 Nocivo Nocivo Combustível Combustível CO Inerte Inerte Combustível Combustível CH4 Nocivo Nocivo Nocivo Nocivo Enxofre Nocivo Nocivo Nocivo Nocivo Halogéneos
  9. 9. PROJECTO EDEN | PPS2 PONTO DE SITUAÇÃO PPS2 – Projecto Demonstração – Introdução Biogás Elevados custos de investimento Adsorção em Fe2O3 Baixos custos de operação Remoção de H2S Adsorção em carvão Baixos custos de investimento Elevados custos de operação HC Halogenados Adsorção em carvão Arrefecimento a -2 ºC / adsorção em carvão Siloxano s Ajuste do nível de água Humidade MCFC Sólidos Filtro de partículas SOFC Reformação para CO+H2 SMR/POX/ATR/Reformação combinada Conversão de CO WGS (HT + LT) PAFC PSA Remoção do baixo PROX PEMFC nível de CO Purificação por membrana
  10. 10. PROJECTO EDEN | PPS2 PONTO DE SITUAÇÃO PPS2 – Projecto Demonstração – Introdução •Benefícios globais • Redução de emissão de poluentes e de gases de efeito de estufa (“Act global, think local”) •Benefícios para o consorcio • Aquisição de conhecimento prático efectivo das capacidades e limitações destas tecnologias • Conhecimentos adquiridos e resultados obtidos servirão de base para futuros projectos desenvolvimento nesta área especifica • Benefícios para a LIPOR • Afirmação da LIPOR como entidade referência na utilização de tecnologias limpas resultantes do aproveitamento dos resíduos sólidos produzidos na região • Utilização do Projecto para fins de divulgação de boas práticas ambientais • Utilização de um produto excedentário (Biogás) • Poupança nos consumos energéticos (com pouca expressão já que a potência a instalar será pequena) • Aumento do conhecimento da LIPOR sobre este tipo de tecnologias
  11. 11. PROJECTO EDEN | PPS2 PONTO DE SITUAÇÃO PPS 2 - Projectos de Demonstração Líder: INEGI Parceiros: EDP, EFACEC, EFACEC SE, INEGI, INETI, IST, LabElec, SRE Responsável do INEGI: José Luís Alexandre (co-adjuvado por F. Mota Torres) Nº horas Pessoal Técnico - PPS 2 Nº horas pessoal técnico (Total): EDP: 1879 horas 7% 11% EDP EFACEC: 697 horas 4% 14% EFACEC 1% EFACEC SE EFACEC SE: 250 horas INEGI 2% INEGI: 8 573 horas INETI IST INETI: 1 513 horas 9% Labelec SRE IST: 391 horas Labelec: 2 400 horas 52% SRE: 1 177 horas
  12. 12. PROJECTO EDEN | PPS2 PONTO DE SITUAÇÃO PPS2 – Projecto Demonstração – Actividades / Tarefas • Actividade B1 – Análise do estado da arte e pré-qualificação de fornecedores • Tarefa B1.1 – Análise da informação disponível • Tarefa B1.2 – Contactos com utilizadores e visitas a instalações de demonstração • Tarefa B1.3 – Contactos com instituições independentes de avaliação, licenciamento e normalização • Tarefa B1.4 – Análise comparativa das soluções existentes e pré-qualificação de fornecedores • Tarefa B1.5 – Lançamento de RFI “Request for Information” aos fornecedores pré-qualificados • Tarefa B1.6 – Análise de soluções possíveis para fornecimento de combustível para alimentação da PC • Tarefa B1.7 – Lançamento de RFI aos fornecedores de combustível para as PC pré-seleccionadas • Actividade B2 – Instalação de demonstração num aterro na zona norte do Pais • Tarefa B2.1 – Elaboração de especificações • Tarefa B2.2 – Selecção e contratação de fornecedores • Tarefa B2.3 – Projecto, instalação e ensaios • Tarefa B2.4 – Operação e manutenção • Actividade B3 – Avaliação de oportunidades e estratégias futuras • Tarefa B3.1 – Avaliação de oportunidades • Tarefa B3.2 – Incorporação de valor pela indústria nacional
  13. 13. PROJECTO EDEN | PPS2 PONTO DE SITUAÇÃO Cronograma Dezembro 2006: Entrega de relatórios de progresso referentes às tarefas: - B1.1 - B1.2 - B1.4 - B1.6 Tarefa B3.2: Incorporação de valor pela indústria Incorporaç indú nacional
  14. 14. PROJECTO EDEN | PPS2 PONTO DE SITUAÇÃO Cronograma Tarefa B3.2: Incorporação de valor pela indústria Incorporaç indú nacional
  15. 15. PROJECTO EDEN | PPS2 PONTO DE SITUAÇÃO PPS2 – Projecto Demonstração • Actividade B1 – Análise do estado da arte e pré-qualificação de fornecedores • Tarefa B1.1 – Análise da informação disponível Entrega de relatório de progresso em Janeiro de 2007: •Levantamento do Estado da arte – Pilhas de Combustível •Levantamento de informação acerca dos fornecedores de sistemas de pilhas de combustível dos diferentes tipos.
  16. 16. PROJECTO EDEN | PPS2 PONTO DE SITUAÇÃO PPS2 – Projecto Demonstração • Actividade B1 – Análise do estado da arte e pré-qualificação de fornecedores • Tarefa B1.1 – Análise da informação disponível • Astris, Energi Inc. (Canadá) www.astris.ca • EFOY (Alemanha) www.smartfuelcell.de • H2 Industrial (Dinamarca) www.h2industrial.com • ElectroChem, Inc. (EUA) www.fuelcell.com • Toshiba International Fuel www.toshiba.co.jp/product/fc/fce/ Cells, Inc. (Japão) • Plug Power(EUA – Holanda) www.plugpower.com • Nuvera (EUA – Itália) www.nuvera.com • Fuel Cell Energy (EUA) www.fce.com • ZTEC Corporation (EUA) www.ztekcorp.com • BALLARD (Canadá) www.ballard.com
  17. 17. PROJECTO EDEN | PPS2 PONTO DE SITUAÇÃO PPS2 – Projecto Demonstração • Actividade B1 – Análise do estado da arte e pré-qualificação de fornecedores • Tarefa B1.1 – Análise da informação disponível • H2 Economy (Arménia) www.h2economy.com • Ceramic Fuel Cells Limited www.cfcl.com.au (Austrália) • DELPHI (EUA) www.delphi.com • HT Ceramix (Suiça) www.htceramix.ch • Axane (França) www.axane.fr • Fuji Electric Company, Ltd. www.fujielectric.co.jp/eng/ (Japão) • Acumentrics (EUA) www.acumentrics.com • UTC Power (EUA) www.utcpower.com • Siemens (Alemanha) www.powergeneration.siemens.com
  18. 18. PROJECTO EDEN | PPS2 PONTO DE SITUAÇÃO PPS2 – Projecto Demonstração er • Actividade B1 – Análise do estado da arte e pré-qualificação de fornecedores p Pa rk • Tarefa B1.2 – Contactos com utilizadores e visitas a instalações de demonstração Wo Entrega de relatório de progresso em Janeiro de 2007: • Levantamento de informação acerca de projectos de demonstração com utilização do biogás como combustível. • Projectos de demonstração com alimentação de biogás a células de combustível tipo MCFC. • Projectos de demonstração com alimentação de biogás a células de combustível tipo PEMFC. • Projecto de demonstração do Instituto de Engenharia Agricola (ATB), Potsdam, Alemanha. • Projecto instalado numa fazenda de Minnesota usando biogás proveniente de estrume bovino. • Projectos de demonstração com alimentação de biogás a células de combustível tipo SOFC. • Projecto de demonstração BioSOFC – Programa Life - Espanha • Projectos de demonstração com alimentação de biogás a células de combustível tipo PAFC. • Projecto de demonstração situado em Penrose, Califórnia • Descrição do sistema de pré-tratamento de biogás e resultados obtidos
  19. 19. PROJECTO EDEN | PPS2 PONTO DE SITUAÇÃO PPS2 – Projecto Demonstração • Projecto de demonstração BioSOFC – Programa Life - Espanha • Reunião com os promotores para troca de informações. Visita in loco • Visita à instalação piloto de limpeza do biogás. • Visita ao local de instalação da pilha combustível. Pilha de combustível SOFC Biofiltro para biogás
  20. 20. PROJECTO EDEN | PPS2 PONTO DE SITUAÇÃO PPS2 – Projecto Demonstração • Actividade B1 – Análise do estado da arte e pré-qualificação de fornecedores • Tarefa B1.3 – Contactos com instituições independentes de avaliação, licenciamento e normalização Até ao presente foi efectuada a seguinte sub-tarefa: • Contactos com a DGE
  21. 21. PROJECTO EDEN | PPS2 PONTO DE SITUAÇÃO PPS2 – Projecto Demonstração Actividade B1 – Análise do estado da arte e pré-qualificação de fornecedores Tarefa B1.4 – Análise comparativa das soluções existentes e pré-qualificação de fornecedores Tarefa B1.5 – Lançamento de RFI “Request for Information” aos fornecedores pré-qualificados 1 KW System 5 KW System 5 KW System Potência Eléctrica DC– 4kW Potência Eléctrica DC– 3,5 kW Potência Eléctrica DC– 1,24 kW AC - 3.3kW AC – 3 kW AC – 1 kW Potência Térmica - 2.7kW Potência Térmica - 3 kW Potência Térmica – até 500 W Eficiência - Eléctrica 50% Eficiência - Eléctrica 38% Eficiência - Eléctrica 34% Total 70% Total 69% Total 70%
  22. 22. PPS2 – Projecto Demonstração • Actividade B1 – Análise do estado da arte e pré-qualificação de fornecedores • Tarefa B1.6 – Análise de soluções possíveis para fornecimento de combustível para alimentação da PC Entrega de relatório de progresso em Janeiro de 2007: • Levantamento de informação acerca dos tipos de combustíveis usados para alimentação de células de combustível • Levantamento de informação acerca dos tipos de combustíveis usados para alimentação de células de combustível tipo SOFC • Utilização do gás de aterro como combustível
  23. 23. PROJECTO EDEN | PPS2 Estado Evolutivo PPS2 – Projecto Demonstração • Actividade B1 – Análise do estado da arte e pré-qualificação de fornecedores • Tarefa B1.7 – Lançamento de RFI aos fornecedores de combustível para as PC pré-seleccionadas • Contactos com a LIPOR com vista a acordar condições para instalação da pilha de combustível num dos aterros sanitários da zona do grande Porto • Contactos para definição do local para instalação da pilha, utilização do calor/electricidade proveniente da pilha.
  24. 24. Relatórios a entregar JUNHO 2007 Entrega de relatórios finais referentes às tarefas: - B1.1 - B2.1 - B1.2 - B2.2 - B1.3 - B1.4 - B1.5 - B1.6 - B1.7 Entrega de relatórios de progresso referentes às tarefas: -B3.1 -B3.2
  25. 25. PROJECTO EDEN | PPS2 RELATÓRIOS DE PROGRESSO – DELIVERABLES JUNHO 2007 METODOLOGIA DE TRABALHO • Os relatórios de progresso e finais a entregar em Junho de 2007 terão como base os relatórios preliminares entregues em Janeiro 2007 (caso existam) ou versões preliminares dos relatórios a entregar executados pelos coordenadores das tarefas. • Ficam os coordenadores das tarefas incumbidos de requerer, recolher e organizar as contribuições de cada co-promotor para a execução dos relatórios.
  26. 26. PROJECTO EDEN | PPS2 PAPEL DOS CO-PROMOTORES NAS ACTIVIDADES / TAREFAS Para além do apoio de todos os co-promotores na execução dos deliverables (coordenado pelos responsáveis das tarefas) têm os co-promotores o seguinte papel no PPS 2: • EFACEC: - • EFACEC SE: - Apoio ao trabalho laboratorial (Automação) • INEGI: - Coordenação geral do PPS 5 e coordenação de tarefas • INETI: - Coordenação das tarefas E • IST: - Coordenação das tarefas E • Labelec: • SRE: - Coordenação da tarefas E
  27. 27. PROJECTO EDEN Endogenizar o Desenvolvimento de Energias Novas PARTE II Actividades a desenvolver Definição do papel dos restantes parceiros participantes nas tarefas do PPS 2 27
  28. 28. Distribuição de tarefas • B1.1 – Líder : INEGI – Contribuições – Todos os participantes – Objectivos: UpDate do 1º relatório (deadline: final de Julho/07) • B1.2 – Líder: INEGI – Contribuições – Todos os participantes – Objectivos: • Continuação de visitas – arranque da instalação de demonstração em SP • Update do 1º relatório (deadline: final de Julho/07)
  29. 29. Distribuição de tarefas • B1.3 – Líder: EDP – Contribuições – EFACEC, INETI e SRE – Objectivos: Questões de licenciamento • Informação eléctrica (especificações técnicas) do sistemas (EFACEC + EDP) • Análise química do gás de aterro (biogás)(INETI + SRE) • Autorização à DGGE para instalação e condução do sistema (EDP+ SRE) – Relatórios:
  30. 30. Distribuição de tarefas • B1.4 – líder: INEGI – Contribuições – Todos – Objectivos: • Concluir a definição do fornecedor – Estado: 90% – Relatórios: final (actualização do já enviado) Julho de 2007
  31. 31. Distribuição de tarefas • B1.5 – líder: INEGI – Contribuições – Todos – Objectivos: • Pedido de informação aos fornecedores seleccionados – Estado: 50% (foram efectuados contactos com fornecedores e esperamos respostas) – Relatórios: Final – Julho 2007
  32. 32. Distribuição de tarefas • B1.6 – líder: INEGI – Contribuições – Todos – Objectivos: • Definições de tipos de combustível para o sistema • Informação sobre sistemas de limpeza de biogás – Filtros de carvão activado – Bio-filtros + carvão activado – Osmose (membranas) – outros – Estado: 75% – Relatórios: Actualização do relatório de Janeiro com base na informação recolhida sobre os sistemas de limpeza do biogás: Julho de 2007
  33. 33. Distribuição de tarefas • B1.7 – líder: INEGI – Contribuições – Todos • Directamente associado ao B1.6 – Objectivos: • Já foram efectuados contactos com a LIPOR para a instalação do sistema (espera-se resposta do conselho de administração) • Elaboração de proposta para condições de utilização/exploração do sistema e contribuição da LIPOR no processo na sua globalidade – Estado: 40% – Relatórios: (final – B1.6+B.17 em Julho de 2007)
  34. 34. Diagrama do Processo (B2)
  35. 35. Diagrama do Processo (B2) Gases Necessidade de Produtos da reacção análise P Construção do ED EC AC filtro EF I IN E G Consumo a ctric Directo a Elé i g E ne r Filtro Combustivel SOFC Ar En er gi a Té refrigeração Limpeza rm Sistema de ic Grau de humidade a Fluxo Tratamento e gestão do ar a admitir GI NE I GI NE I
  36. 36. Diagrama do Processo (B2) EC EF D P AC E
  37. 37. Diagrama do Processo (B2) Manutenção e operação Rotinas de operação eléctrica: EFACEC + EDP + Labelec Rotinas de operação térmica: INEGI Procedimentos de segurança – INEGI + EFACEC + EDP P.Manutenção – INEGI + EFACEC + EDP Paragem e arranque da instalação – INEGI + EFACEC + EDP
  38. 38. Distribuição de tarefas • B2.1 – líder: INEGI – Contribuições – Todos (ver diagrama) – Objectivos: Elaboração de Especificações – Estado: 20% – Relatórios: Final Julho de 2007
  39. 39. Distribuição de tarefas • B2.2 – líder: INEGI – Contribuições – Todos (ver diagrama) – Objectivos: Selecção e contratação de fornecedores • Pilha de combustível • Sistema de limpeza do gás (gás de aterro) • Sistema de instrumentação e controlo (ao processo) • Sistema de controlo de gestão e potência eléctrica – Estado: 20% – Relatórios: Final Julho de 2007
  40. 40. Distribuição de tarefas • B2.3 – líder: INEGI – Contribuições – Todos (ver diagrama) – Objectivos: Projecto de instalação e ensaio • Infra-estruturas para instalação da pilha de combustível • Possibilidade de elaboração do sistema de limpeza do gás de aterro (ainda não confirmado – INEGI) • Integração de todos os subsistemas • Arranque e procedimentos da instalação – Estado: a iniciar no 2º S – Relatórios: Final, Dezembro de 2007
  41. 41. Distribuição de tarefas • B2.4 – líder: INEGI – Contribuições – Todos (ver diagrama) – Objectivos: Operação e Manutenção • Elaboração de métodos e procedimentos de arranque • Procedimentos de segurança e manuseamento da instalação • Elaboração de – Rotinas de manutenção – Rotinas de operação • Registo e análise da dados em tempo real para controlo – Estado: a iniciar no 1º S de 2008 – Relatórios: Final, Julho de 2008
  42. 42. Distribuição de tarefas (B3) • B3.1 – líder: SRE – Contribuições – IST – Objectivos: Avaliação de oportunidades • Estudos de mercado e penetração da tecnologia, etc. • Impactos social – novas tecnologias emergentes e efeitos ecológicos, etc. • Impactos económicos – Benefícios fiscais – Taxas ecológicas – Estudos de viabilidade económica – etc – Estado: ?? – Relatórios: progresso em Julho 2007
  43. 43. Distribuição de tarefas • B3.2 – líder: SRE – Contribuições – IST – Objectivos: Incorporação de valor pela indústria nacional • Estudo do tecido empresarial que adapta, ou pode adaptar, a este tipo de tecnologias – Levantamento de potenciais subsistemas envolvidos : subdivisão de componentes - estudos tendo em vista a sua penetração no tecido empresarial PT – Estado: ?? – Relatórios: progresso em Julho 2007
  44. 44. PROJECTO EDEN | PPS2 2ª REUNIÃO GLOBAL DO PPS 2 Data da 2ª reunião:

×