Your SlideShare is downloading. ×
A história das escolas do pensamento em marketing
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Saving this for later?

Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime - even offline.

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

A história das escolas do pensamento em marketing

3,178
views

Published on

Published in: Business, News & Politics

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
3,178
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
72
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. A história das Escolas do Pensamento em Marketing
    Prof. Gustavo Motta
  • 2. O que são Escolas do Pensamento em Marketing?
    Corpo substancial de conhecimentos;
    Desenvolvida por acadêmicos;
    Descreve, ao menos um dos seguintes aspectos relacionados ao desempenho das atividades de marketing:
    O que?
    Como?
    Quem?
    Porque?
    Quando?
    Onde?
  • 3. Perspectiva Econômica Não-Interativa
    Escolas: Funcional, Commodity e Regional
  • 4. Escola Funcional
    Início do século XX
    Visão de estrutura – como executar as transações?
    interações entre fornecedores e consumidores.
    identificar, listar, e classificar as funções de marketing.
    Precursor: Shaw (1912) definiu as funções do marketing como sendo:
    divisão do risco;
    transporte de mercadorias;
    financiamento de operações;
    venda e recolhimento;
    classificação e reembarque
  • 5. Escola do Commodity (ou do Produto)
    Início do século XX
    Foco na distribuição de produtos
    Ênfase nos gerentes e não nos intermediários ou compradores
    A funcionalista se preocupa com os detalhes da transação – a do commodity, com a disponibilidade do produto.
  • 6. Escola Regional
    Estudo quantitativos
    Foco em ligar geograficamente/espacialmente compradores e vendedores
    Contribuições de Reilly (1931) e Converse (1949)
    formulação que explicava a atratividade relativa entre duas diferentes áreas de compra decidades vizinhas
    Os atuais estudos de geomarketing, se baseiam nessa escola
  • 7. Perspectiva Econômica Interativa
    Escolas: Institucional e Gerencial
  • 8. Escola Institucional
    Presença no séc. XX entre os anos de 1910 a 1970
    Foco no intermediário, com destaque na eficiência dos canais de marketing
  • 9. Escola Gerencial
    Foco central na prática dos executivos,
    Tradução das teorias já existentes como forma de melhorar a gestão de marketing nos negócios
    Borden (1950) abordou o conceito de marketing mix, posteriormente trabalhado por McCarthy (1960)
    4 P’s (Product, Price, Place, andPromotion)
    Pontos centrais dos estudos de marketing na academia e nos negócios
  • 10. Perspectiva Não-Econômica e Não-Interativa
    Escolas: Comportamento do Consumidor e Macromarketing
  • 11. Escola do Comportamento do Consumidor
    Década de 1950
    Foco em entender os motivos pelos quais os mercados se comportavam de determinada maneira, com foco nos consumidores
    Há pesquisas em serviços e compras industriais, mas sua ênfase é o consumo de produtos
  • 12. Escola do Macromarketing
    Década de 1960
    a partir de problemas de produção e a discussão do papel das empresas na sociedade
    Foco em estudar o papel e o impacto das atividades de marketing e instituições na sociedade e vice versa
    Precursores
    Holloway e Hancock (1964) e Fisk (1967)
    Escola rica em conceitos e pobre em suporte empírico
  • 13. Perspectiva Não-Econômica e Interativa
    Escolas: Sistëmica e de Trocas Sociais
  • 14. Escola Sistêmica
    Década de 1960
    Bertalanffy (1968)
    Boulding (1956)
    Forrester (1958)
    Kuhn (1963)
    Visão holística
    o todo é mais do que a soma das partes
    os departamentos devem interagir
    A organização interage com o meio ambiente, trocando informações
  • 15. Escola das Trocas Sociais
    Década 60-70
    Alderson e Martin (1965);
    Kotler (1972)
    McInnes (1964)
    Uma das escolas mais controversas do pensamento em marketing
    Ênfase em todas as trocas sociais, não somente as trocas econômicas
  • 16. Escola da História do Marketing
    Não vinculada às perspectivas econômica/não econômica ou interativa/não interativa
    Enfoca estudos sobre quando práticas e técnicas, conceitos e teorias foram adotados ou desenvolvidos