Your SlideShare is downloading. ×
Geppetto Comunicação - Romap Seguros
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Geppetto Comunicação - Romap Seguros

2,051
views

Published on

Projeto de final de curso Publicidade e Propaganda pela UNITRI.

Projeto de final de curso Publicidade e Propaganda pela UNITRI.

Published in: Education

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
2,051
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
75
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Apresentação
  • 2. Geppetto Comunicação Alessandra Peixoto Fábio Borges Flávio Ricardo Geraldo Tinoco Gustavo Patrício Janete Marques Juliana Resende
  • 3. Projeto desenvolvido no Centro Universitário do Triângulo – UNITRI para conclusão do curso de Comunicação Social com habilitação em Publicidade e Propaganda, 8º período noturno, 17ª turma. Orientado pela coordenadora do Projeto Experimental, professora Lenice Sivieri Varanda.
  • 4. Projeto exPerimentAl xVii turmA de PubliCidAde e ProPAGAndA unitri – Centro uniVersitário do triânGulo CoordenAdor do Curso Rangel Germano Barbosa CoordenAdorA do Projeto exPerimentAl Lenice Silveri Varanda Professores orientAdores Lenice Silveri Varanda – Planejamento Luiz Henrique Alves Borges – Produção Gráfica Leandro Cesário Borges – Criação Daniel Marques – RTVC Alunos Alessandra Peixoto Fábio Borges Flávio Ricardo Melo Geraldo Tinoco Gustavo Patrício Fonseca Janete Marques Juliana Resende Cliente Romap Seguros Uberlândia, 2007
  • 5. AGrAdeCimentos Agradecemos a Deus, que nos orientou para o melhor, e aos nossos pais, que se esforçaram tanto ou mais que nós para que fossemos profissionais qualificados e realizados. Agradecemos à Romap Seguros, seu proprietário e colaboradores, que abriram as portas da empresa e nos receberam bem. Agradecemos ainda aos vários profissionais e amigos que participaram e colaboraram para a realização desse trabalho, desde sua concepção até sua conclusão. São eles: Roberto Chacur, Batuki, A1 filmes, Eliel Quaresma, Marcos Vinícius Unitri, Marquinho Cinefilmes, Leandro S. Souza, Lucas Ainon, Luciana Barbosa, Carlos Peixoto, Weber Storti, Flávio Melo, Danilo Alves, DIFERi Comunicação de Impacto. Por fim, aos amigos, namorados, maridos, filhos e familiares que participaram direta ou indiretamente desse.
  • 6. ÍndiCe Briefing ..................................................................................................................................................... Mercado Global de Seguros ......................................................................................................................... Mercado Global Corretor ............................................................................................................................ Mercado Global Concorrente ....................................................................................................................... Mercado Específico .................................................................................................................................... Comparativo de Concorrência ...................................................................................................................... Pesquisa de Concorrência............................................................................................................................ Metodologia ...................................................................................................................................... Questionário ....................................................................................................................................... Gráficos ............................................................................................................................................. Análise .............................................................................................................................................. Conclusão .......................................................................................................................................... Pesquisa de Top of Mind ............................................................................................................................. Metodologia ...................................................................................................................................... Questionário ....................................................................................................................................... Gráficos ............................................................................................................................................. Análise .............................................................................................................................................. Cruzamentos ...................................................................................................................................... Análise dos cruzamentos ..................................................................................................................... Conclusão .......................................................................................................................................... Pesquisa de Público Interno ........................................................................................................................ Metodologia ...................................................................................................................................... Questionário ....................................................................................................................................... Gráficos ............................................................................................................................................. Análise .............................................................................................................................................. Cruzamentos ...................................................................................................................................... Análise dos cruzamentos ..................................................................................................................... Conclusão .......................................................................................................................................... Planejamento ............................................................................................................................................. Diagnóstico........................................................................................................................................ Matriz SWOT ..................................................................................................................................... Objetivos de Comunicação ...................................................................................................................
  • 7. Metas de Comunicação ....................................................................................................................... Estratégias de Comunicação ................................................................................................................ Posicionamento .................................................................................................................................. Orientação Criativa............................................................................................................................. Público-alvo ....................................................................................................................................... Arquétipos ......................................................................................................................................... Objetivos de Criação ........................................................................................................................... Metas de Criação ............................................................................................................................... Estratégias de Criação ........................................................................................................................ Objetivos de Mídia .............................................................................................................................. Estratégias de Mídia ........................................................................................................................... Criação...................................................................................................................................................... Revista .............................................................................................................................................. Outdoor ............................................................................................................................................. Jornal ................................................................................................................................................ Elevador ............................................................................................................................................ Megapainel ........................................................................................................................................ Frontlight de rua ................................................................................................................................ Frontlight de estacionamento .............................................................................................................. Cancela de estacionamento.................................................................................................................. Painel de aeroporto ............................................................................................................................ Carrinho de aeroporto ......................................................................................................................... Carrinho de supermercado ................................................................................................................... Carnê de clube ................................................................................................................................... Relógio de clube ................................................................................................................................. Adesivo de restaurante ........................................................................................................................ VT .................................................................................................................................................... Verba destinada à campanha ....................................................................................................................... Cronograma de campanha ........................................................................................................................... Tabelas de inserção de mídia ............................................................................................................... Sistema de Avaliação .................................................................................................................................. Anexos ......................................................................................................................................................
  • 8. Agência briefinG Cliente: Romap Seguros Geppetto Comunicação Alessandra Peixoto Fábio Borges Flávio Ricardo Geraldo Tinoco Gustavo Patrício Janete Marques Juliana Resende 06/09/2007
  • 9. ConCeito objetiVos Geppetto é um personagem de conto de fadas, um • Manter toda a equipe atualizada no que diz res- simpático velhinho criador e fabricante de brinquedos peito à criatividade, participando de eventos, pa- em madeira, que ficava sempre muito sozinho. Ele lestras, treinamentos. então constrói um boneco para lhe fazer companhia • Estar sempre atento às novidades em tecnologia, e, certo dia, uma fada fica com pena dele e dá vida à mídia, software e outras ferramentas que possam criação. O boneco, batizado de Pinóquio, se envolve proporcionar uma comunicação sempre ousada, em muitas confusões. Seu criador, no entanto, é diferenciada e atual. determinado e persistente, e quando Pinóquio se perde • Estimular a criatividade em todos os departa- ele vai atrás, chegando inclusive a ser engolido por mentos, dando abertura a idéias inusitadas e que uma baleia. Toda essa garra foi compensada quando contribuam para uma campanha de maior im- a criação aprende valiosas lições: ser leal, ético, pacto pela ousadia. verdadeiro. O que prevaleceu foi a paixão por aquilo • Incentivar o trabalho em equipe não só da criação, que ele criou. que convencionalmente trabalha em dupla, mas A agência se identifica com a paixão pela criação, também da mídia, do planejamento e do atendi- a determinação e a ética de Geppetto, e busca trabalhar mento, para que as idéias venham de todas as áreas em cima desses valores. e todas as suas potencialidades sejam exploradas. • Incitar em todos que trabalham na Geppetto a missão paixão pela comunicação. Criar novas soluções de comunicação de maneira Visão criativa, inovadora, inusitada, quebrando paradigmas e gerando resultados satisfatórios. Ser reconhecida nacionalmente como uma agência que preza pela ética, pela criatividade e pela inovação nos filosofiA trabalhos que realiza. A Geppetto Comunicação trabalha com a metAs criatividade em todas as áreas, desde o atendimento • Pelo menos duas vezes por semestre, membros até o acompanhamento dos resultados. É uma agência da equipe devem estar envolvidos nos principais apaixonada por criação, característica marcante eventos do país relacionados a comunicação. nas campanhas que faz. Tem como princípio a ética, • Ter uma política de atualização de softwares e fortemente presente em todos os trabalhos que ela hardware anual. realiza. • Buscar atualização em feiras e outros eventos Agência 10
  • 10. voltados para a tecnologia. • Realizar reuniões quinzenais para analisar e incenti- • Assinar 3 revistas/ jornais mensais relacionados var a sinergia da equipe e dos trabalhos realizados. ao mercado publicitário. • Criar um ambiente de convivência onde serão • Assinar mais um veículo de periodicidade maior realizados happy hours mensais para que a equi- que mensal. pe interaja, confraternize e troque idéias sobre • Investir 5% do faturamento da agência em comunicação e outros assuntos. meios de trazer informação e novidades à equipe (anuários, palestras, livros, etc). orGAnoGrAmA fluxoGrAmA Agência 11
  • 11. A loGomArCA A tipologia da marca foi inspirada na escrita que explora mais a tipologia, deixando a marca apenas utilizada na época da fábula Pinocchio, de onde saiu para ocasiões especiais, como por exemplo falta de o nome Geppetto. Uma fonte serifada e gótica, com espaço ou se não for exigida uma clara leitura do traços clássicos e um toque de modernidade, dado nome. Para assinatura de peças como outdoor, revista, pelas “falhas” propositais no corpo de cada letra. A panfletos, dentre outros, também se deve utilizar prioridade no uso da marca é para o nome completo, apenas a marca. Marca Logotipo A mArCA A marca da Geppetto Comunicação deve ser utilização da tipologia. A sua aplicação sobre cores utilizada, de preferência, em assinaturas de peças também segue as regras da tipologia, tendo 6 opções gráficas e/ou materiais que não necessitem a clara de aplicação. Deve-se sempre optar por aquela que exposição da marca, dando sempre prioridade à ofereça melhor leitura. Agência 12
  • 12. Buscando sempre obter a melhor legibilidade da m Buscando sempre obter a melhor legibilida ca, ca, foi criadauma área de segurança que que deve ser inva foi criada uma área de segurança não não deve s por por tros elementos. Para sese mediráreaárea de segura ou outros elementos. Para medir a a de segurança, d se u tilizar a a letra “O” da tipologia reduzida em 50%, a se utilizar letra “O” da tipologia reduzida em 5 como ilus trada na imagemao lado. como ilustrada na imagem ao lado. Uso da ma Uso da m Tamanho mínimo: 5 mm mm Tamanho mínimo: 5 gibilidade da mar- deve ser invadida segurança, deve- em 50%, assim Tamanho mínimo: 5 mm mm Tamanho mínimo: 5 marca Buscando sempre obter a melhor legibilidade da aplicada a tipologia ou 5mm do círculo quando marca, foi criada uma área de segurança que não deve utilizando apenas a marca. ser invadida por outros elementos. Para se medir a Mantendo uma identificação visual, a logomarca área de segurança, deve-se utilizar a letra “O” da tem uma tipologia básica para a composição de tipologia reduzida em 50%, assim como ilustrada na texto. Essa tipologia deve ser sempre utilizada para imagem Para que a logom arca tenha sempre um a boa leitura, ao lado. elaboração tanto de textos internos e apresentações obedecer sempre a seu t am anho tenha sempre uma que é Para que o logomarca mínimo de aplicação, boa como também em campanhas publicitárias. A fonte na de 5mm de altura do G quando aplicada a tipologia ou 5mm do círculo quando utilizando apen as o m arca.tamanho leitura, obedecer sempre a seu mínimo propriedade Bold deve ser utilizada para textos longos de aplicação, que é de 5mm de altura do G quando e a Black para títulos. tiPoloGiA básiCA Bell Gothic Std - Light bell Gothic std - black ABCDEFGHIJKLMNOPQRSTUV AbCdefGHijKlmnoPQrstuV WYZabcdefghaijklmnopqrstuvxw- WYZabcdefghaijklmnopqrstuvxw- yz0123456789!?#$%@()”~<>,.`’:; yz0123456789!?#$%@()”~<>,.`’:; Agência 13
  • 13. As cores da Geppetto Comunicação são o Laranja WEB para TV e Internet. e o Preto. Deve-se sempre dar preferência para a Em toda aplicação, deve-se ter o cuidado com a utilização dessas duas cores, sendo permitidas exceções boa leitura de toda a tipologia da logomarca. Sempre em casos que busquem economia em impressões que aplicada, o fundo deve contrastar de forma que a gráficas - preto ou branco. Em peças gráfica, quando leitura seja fácil e agradável. A marca oferece 8 tipos possível, utilizar sempre os Pantones ou Cromos, de aplicações com variações entre o preto, branco e mantendo assim uma padronização da marca. Caso laranja. Busque sempre a opção que melhor encaixar não seja possível, ter como configuração o CMYK dentro do seu trabalho, obedecendo a facilidade de informado logo abaixo para peças gráficas e o RGB e leitura. Cores CMYK: C=0 M=75 Y=100 K=0 / RGB: R=244 G=82 B=6 / WEB: #FF6633 / CROMOS: G6200 / PANTONE: 166C CmYK: C=0 M=0 Y=0 K=100 / rGb: R=255 G=255 B=255 / Web: #FFFFFF lArAnjA: A cor laranja é expansiva, construtiva Preto: O preto, nas sociedades ocidentais, e afirmativa. Reflete entusiasmo com vivacidade, traz geralmente significa morte, luto. Mas essa cor também boa saúde, vitalidade, criatividade e alegria, assim como representa modernidade, poder, sofisticação. Na confiança, coragem, animação, espontaneidade e atitude logomarca, ele oferece neutralidade e permite contraste positiva frente à vida. Comunicação, ludismo, movimento com o laranja sem “brigar”. e iniciativa geralmente são elementos dessa cor. Agência 14
  • 14. PAPelAriA Gustavo Patr cioFonseca Diretor de Cria gustavo@geppetto.com.br R. Johen Carneiro, 870 / 1102 Bairro Lídice. Uberlândia - Cep 38.400-072 (34) 3219-6108 r. johen Carneiro, 870 / 1102 bairro lídice. uberlândia - Cep 38.400-072 (34) 3219-6108 Agência 15
  • 15. r. johen Carneiro, 870 / 1102 bairro lídice. uberlândia - Cep 38.400-072 (34) 3219-6108 ões Agência 16
  • 16. briefing
  • 17. A emPresA cado que agora estava disposto a enfrentar. Histórico A princípio, ele se instalou temporariamente na AGF Seguros e depois alugou uma sala no Edifício Em 1983, Robson teve uma oportunidade de em- Executivo em Uberlândia. Começou seu próprio negó- prego na corretora TITA. Nesse período, prestou a pro- cio com apenas uma secretária, e logo depois se uniu va da SUSEP - Superintendência de Seguros Privados, a eles mais um corretor. Conforme a empresa crescia, e foi aprovado. os custos e as dificuldades aumentavam, porém Robson A SUSEP é um órgão do governo responsável pelo continuava acreditando na sua empresa. controle e fiscalização do mercado de seguros, previ- Por volta de 1994, com o crescimento da ROMAP, dência privada aberta, capitalização e resseguros. Sen- Rafael e Carla passaram a fazer parte da equipe. Os do assim, todo corretor de seguros deve ser credencia- novos colaboradores acrescentaram ao negócio suas do por este órgão. experiências profissionais e pessoais. Assim, o desen- Em 1988, Robson funda a ROMAP CORRETORA volvimento organizacional foi aprimorado e o processo DE SEGUROS LTDA, que seguia os modelos de funcio- de informação foi iniciado. namento da TITA, de onde saiu em 1990. A partir de A partir desse momento as perspectivas da empre- então, Robson procurou novas oportunidades no mer- sa aumentaram, junto com os desafios. Briefing 18
  • 18. Em 1995, o escritório da ROMAP mudou-se para der às necessidades de seus novos clientes. um local onde a estrutura, mais moderna, se adequava No ano seguinte, tornaram-se clientes Romap tam- mais às necessidades da empresa: na Avenida Rondon bém os segurados da Corretora PROVECTAN. Ainda Pacheco. O crescimento abrangeu a equipe: cinco novos foi criado o departamento de transporte e a empresa funcionários foram contratados. Com isso, os custos decidiu investir na reciclagem dos seus funcionários, mais uma vez aumentaram, assim como a responsabili- aumentando seu profissionalismo e garantindo domínio dade de cada um, mas Robson continuava acreditando. no ramo de seguros. Ainda esse ano a Romap conquis- Em 1997, o escritório ganhou mais uma amplia- ção, que foi importante para adequar a empresa à sua nova realidade. Foi possível, então, implantar um posto fixo de vistorias e ter um estacionamento para clientes. Nesta mesma época, a razão social da ROMAP mudou para Carlos Rafael ROMAP. No ano de 1998, o consultor Flávio Lino foi con- tratado para o departamento comercial. Junto com ele se integrou à empresa a carteira da corretora MAZA, na época empresa do grupo Zema. Isso proporcionou um aprendizado importantíssimo para os profissionais da Romap, além de novas parcerias, que viriam a aten- Briefing 19
  • 19. orGAnoGrAmA HOLDING ROMAP MKT – Marketing DAU – Diferenciais Auto ROBSON IMO – Imobiliário (Marcelo) COM – Comercial/RE (Tato) PDV – Pontos de Venda RAFAEL SIN - Sinistros RSE – Romap Serviço DOUGLAS TRA - Transporte CLEBER BEATRIZ BEN - Benefícios SPO – São Paulo LUIZ CARLOS CLEVER PTO – Patos de Minas Briefing 20
  • 20. tou as apólices coletivas da empresa Martins, grande estruturA atacadista da cidade de Uberlândia, com um número Razão Social expressivo de funcionários. Nova Romap Corretora de Seguros LTDA O ano 2000 veio trazendo grandes mudanças: a nova Romap passava por uma nova fase, assumindo Proprietários novos desafios e visando crescimento. Nesse período a Robson Martins Peixoto empresa já contava com vinte e nove pessoas, dispostas a trabalhar sob a nova filosofia que a empresa adotava. Nome Fantasia A partir dessa época, os corretores do departamento Romap Seguros comercial tornaram-se sócios acionistas, uma nova po- lítica de remuneração, baseada em resultados, foi im- Ramo de atuação plantada, e uma nova estrutura organizacional dividiu Corretagem de Seguros em geral. departamentos, cargos e delegou funções específicas A Romap é uma empresa voltada para a venda e admi- para cada colaborador. nistração de apólices de seguro para os mais variados riscos. Assim, a Romap encontrava estabilidade e evoluía. A empresa mantém hoje um quadro de 62 funcionários em A prova disso eram os indicadores de vendas, de co- todos os seus setores e passa por um processo de expansão missões, de novos seguros e renovações dos antigos. que elevará esse número para cerca de 70 colaboradores. Também crescia a participação das seguradoras, e a Atualmente a empresa está segmentada em depar- Romap passou a contar com parceiras como a Liberty tamentos de Riscos Diversos (auto, residência, empre- Paulista, a Sul América, a Vera Cruz e outras. sarial, náutico, aéreo, etc), Transporte de Cargas (aéreo, Com todo esse progresso, o que faltava era inves- terrestre e marítimo) e ainda um departamento de Be- timento tecnologia, como a implantação de Internet, nefícios (vida, saúde, previdência, odontológico), além acesso remoto em todas as estações e utilização de so- dos departamentos de sinistro, financeiro, administrati- fisticados softwares, além de uma nova cultura de co- vo, jurídico e despachante. mercialização baseada na ética e no respeito ao próxi- A Romap conta com uma gestão estrutural que mo, estabelecimento de metas, redefinição de tarefas e divide a empresa em áreas, cada qual desempenhan- responsabilidades, implantação de políticas de cargos, do uma função diferente, tendo certa autonomia. Es- salários e premiações por resultado. Esses fatores foram sas áreas giram em torno do Holding (uma central de buscados pela empresa e, com esforço e determinação, resultados), para onde todo o lucro é direcionado, e alcançados. depois redirecionado para as devidas áreas para o aba- Hoje, a empresa conta com a matriz, que está locali- timento das dívidas e para dar rotatividade às funções zada em Uberlândia, uma filial em Patos de Minas, uma de cada setor. na cidade de São Paulo, e existem planos para abrir uma A sede da empresa é composta de dois blocos com outra unidade da Romap em Uberaba ainda este ano. dois pavimentos, um térreo e estacionamento próprio. Briefing 21
  • 21. Mercado(s) onde exerce atuação Produtos Uberlândia, Patos de Minas e São Paulo. O trabalho do corretor compreende a venda e a ad- Localização: ministração desses produtos, chamados apólice de seguro, Matriz Uberlândia: durante seu período de vigência. Além disso, o consultor Av. Rondon Pacheco, 4014 Cazeca Uberlândia – MG deve identificar em seu cliente a necessidade que o mesmo tem de contratar outros ramos de seguro. Abaixo estão Unidade Patos de Minas: listados todos com os quais a Romap trabalha. Av. Padre Almir Neves de Medeiros, 295 – Bairro Sobradinho. PessoA fÍsiCA Unidade São Paulo: Seguro de Automóvel Av. Paulista, 1471 Conj. 1504 - Jardim América. A Romap mantém parceria com as mais conceitu- adas seguradoras do mercado, o que a coloca entre as Missão maiores corretoras brasileiras. Priorizar o trabalho como bem maior, expressando Principais seguradoras de carro: Vera Cruz, AGF, o esforço conjunto e integrado da equipe ao atendimen- Alfa, Bradesco, HDI, ITAÚ, Liberty, Real, Sul Amé- to das necessidades dos nossos clientes internos e exter- rica. nos, com valorização continua dos nossos conceitos. Coberturas: Visão • Colisão Proporcionar tranqüilidade ao cliente, através de • Incêndio condição comercial que atenda sua necessidade no • Roubo e/ou Furto consumo de seguros. • Vidro Protegido • Assistência 24 horas Linha ou serviços • Carro Reserva Seguros privados • Responsabilidade civil e facultativa (para terceiros) Atividades de caráter comunitário de que participam • Seguro de acidente pessoal de passageiros A Romap oferece ajuda financeira mensal ao • Despesas Extraordinárias Hospital do Câncer. A empresa tem intenção de abrir, futuramente, um instituto ligado diretamente Seguro de Vida à empresa. Busca o selo de empresa ecologicamente Em conjunto com o seguro de vida Romap, há pla- correta. nos de assistência funerária e pessoal, um serviço ex- Briefing 22
  • 22. clusivo e diferenciado que garante total assistência em • Quebra de vidros, espelhos ou mármores viagens nacionais e internacionais, em casos de aciden- • Responsabilidade civil familiar te ou doença - são 24 horas de plantão para o cliente • Vendaval, furacão, ciclone, tornado, granizo e fumaça viajar seguro. • Despesas com mudança Coberturas: • Vida do segurado • Morte Natural • Despesas médico-hospitalares • Mort Acidental • Acidentes pessoais de empregados • Invalidez Permanente Total ou Parcial por Acidente • Invalidez Total e Permanente por Doença PreVidênCiA Vantagens: Planos com assistência 24 horas. • Não há necessidade de exames médicos Plano de Previdência Privada. Através de um aten- • Sem período de carência dimento personalizado, o cliente conhece as opções de • Pagamento da indenização rápido e simplificado investimento (são diversas formas de aplicação de seus • Flexibilidade para determinar a periodicidade do recursos) e escolhe aquela que se adapta ao seu Perfil pagamento do prêmio de Investidor. Seguro de Residência Vantagens: Através da Assistência 24 horas, o cliente aciona • Quanto antes você fizer o seu plano de Previdência serviços de chaveiros, encanadores, pintores, hospeda- Privada, menor será o valor de sua contribuição gem alternativa, guarda de domicílio, entre outros, e ain- mensal da solicita a indicação de profissionais para reforma da • Você escolhe quanto quer contribuir por mês, ou casa, compara preços de mão-de-obra, peças, etc. quanto quer receber na aposentadoria. Poupan- do esta quantia mensal, você consegue acumular Cobertura: fundos suficientes para garantir esta renda • Incêndio • Dedução das suas contribuições mensais da base • Queda de raio dentro da área coberta pelo seguro de cálculo de seu imposto de renda, de acordo • Explosão interna ou externa que afetem os obje- com a legislação em vigor tos segurados da área • Opção de resgate parcial ou total de seu fundo acu- • Roubo ou furto qualificado de bens mulado, em casos de emergência, a partir de 60 dias • Aluguel ou do 13º mês, de acordo com o plano contratado • Danos elétricos • Para garantir o padrão de vida de sua família • Despesas com recomposição de documentos na sua falta, você ainda pode optar por outros • Impacto de veículos terrestres e queda de aeronave benefícios além da renda de aposentadoria. Briefing 23
  • 23. sAúde • Incêndio • Outros Assistência 24 horas. Cobertura: Seguros de vida em Grupo • Consultas e exames pré-natal A Romap disponibiliza o plano de seguro de vida • Tratamentos fisioterápicos e ambulatoriais em grupo para oferecer aos profissionais as melhores • Parto opções de segurança no trabalho. • Cirurgias e internações • Remoções Cobertura Básica: • Cobertura imediata para urgências e emergências • Morte Natural • AIDS • Morte Acidental • Doenças infecto-contagiosas • Invalidez Permanente Total ou Parcial por Acidente • Doenças crônicas • Invalidez Total e Permanente por Doença • Todas as modalidades de transplantes e implantes • Complementação Salarial por licença médica. • Próteses e órteses • Doenças congênitas Coberturas adicionais: • Doenças mentais • IAC - Inclusão Automática do Cônjuge / morte • Doenças e lesões pré-existentes • IAF - Inclusão Automática dos Filhos / morte • Seguro de Menores. PessoA jurÍdiCA Seguros de Saúde em Grupo Seguro do Patrimônio da Empresa A Romap disponibiliza planos de Saúde em Grupo. A Romap dá condições para a aquisição de um seguro empresarial, com soluções desenvolvidas espe- Coberturas: cialmente para garantir a segurança da empresa, seja • Acidentes pessoais ela de pequeno ou médio porte. • Emergências e complicações no processo gestacional • Parto Coberturas: • Internações • Queda de raio dentro da área coberta pelo seguro • Consultas • Roubo ou furto qualificado de bens • Exames simples • Explosão interna ou externa que afetam os obje- • Assistência pré-natal tos segurados da área • Exames complexos • Danos elétricos • Terapias • Vendaval, furacão, ciclone, tornado, granizo e fumaça Briefing 24
  • 24. Seguros de Previdência em Grupo • Responsabilidade civil e facultativa (p/ terceiros) A Romap disponibiliza seguros de Previdência em • Seguro de acidente pessoal de passageiros Grupo para que a empresa possa dar uma garantia de • Incêndio qualidade de vida aos seus funcionários. Assim a em- • Despesas Extraordinárias presa escolhe a forma de pagamento, podendo cobrir • Outros todas as despesas, dividir os custos com os funcionários ou permitir que eles contratem o plano, sem encargos Seguro de Carga para sua empresa. A Romap Seguros conta com uma estrutura es- pecífica para garantir proteção, em qualquer parte do Vantagens: mundo, nos transportes rodoviários, ferroviários, aére- • Quanto antes você fizer o seu plano de Previdência Pri- os e marítimos. vada, menor será o valor de sua contribuição mensal. • Você escolhe quanto quer contribuir por mês, ou Seguro de transportes para quanto quer receber na aposentadoria. Poupan- todas as categorias: do esta quantia mensal, você consegue acumular • RR - Risco Rodoviário - Embarcadores fundos suficientes para garantir esta renda • RCTR-C e RCF-DC - Transportadores • Dedução das suas contribuições mensais da base • RCTA-C - Transporte Aéreo de cálculo de seu imposto de renda, de acordo • RCT-VI - Transporte Internacional com a legislação em vigor • Opção de resgate parcial ou total de seu fundo acu- obs: As apólices têm as melhores taxas do mercado, mulado, em casos de emergência, a partir de 60 dias inclusive com a isenção de franquia para casos de ou do 13º mês, de acordo com o plano contratado roubo, nas carteiras de RR e RCF-DC. • Para garantir o padrão de vida de sua família na sua falta, você ainda pode optar por outros São diversas opções de cobertura, seja para trans- benefícios além da renda de aposentadoria. portadores (garantindo responsabilidade civil) ou para proprietários de cargas (garantindo indenização por Autos e frotAs perdas ou danos, custo da mercadoria transportada, fre- Cobertura: te, lucros esperados, impostos, dentre outras despesas). • Colisão • Capotagem Coberturas: • Roubo e/ ou furto • Colisão • Vidro protegido • Capotagem • Assistência 24 horas • Roubo proveniente de assalto à mão armada • Carro Reserva • Desaparecimento de todo o carregamento do veículo Briefing 25
  • 25. • Extravio de volumes inteiros os preços e faz até três orçamentos diferentes (em se- • Roubo parcial guradoras distintas) para apresentar ao cliente. Esses • Amassamento orçamentos são elaborados de acordo com a necessidade • Operação de Carga e Descarga e o plano que for mais favorável ao cliente. O valor do • Incêndio serviço varia de acordo com o perfil do cliente, e é atra- • Abalroação vés desse perfil que a seguradora vai encaixar o preço • Naufrágio calculado em cima da probabilidade ao risco de sinistro. • Encalhe O preço das seguradoras é o mesmo para todas as • Outros corretoras, o que muda são as condições comerciais e comissão, quando chega ao consumidor final. Na Ro- Benefícios: map, é importante que os corretores e outros funcioná- • Banco de dados para consulta de motoristas rios sejam bem remunerados. Por isso, além da porcen- • Gerenciamento de risco personalizado com es- tagem, que vai de 10% a 15% sobre o valor do seguro, colta e rastreamento via satélite trabalha-se com a comissão por produtividade. • Assistência 24 horas no atendimento de sinistro O preço que chega ao consumidor final é muito em todo território nacional. parecido, seja ele da Romap ou de outra corretora. E a Romap busca cobrir outras ofertas, agregando ainda Os produtos mais vendidos são: seguro auto, trans- seus benefícios exclusivos, para conquistar o cliente. porte terrestre e benefícios (vida, saúde, odontológico e previdência privada). diferenCiAis PreÇo Com um dia-a-dia bastante dinâmico, a Romap preocupa-se em inovar tanto nos processos internos Preço no mercado como no atendimento ao cliente, incorporando benefí- O ramo de seguros tem uma taxa muito flexível de pre- cios aos produtos das seguradoras sem que isso impli- ço, que depende de variáveis como: inflação, bolsa, moeda, que em ônus para o cliente. perfil do cliente, tipo de serviço a ser prestado, dentre outras A empresa trabalha buscando viabilizar parcerias variáveis. Isso dificulta que a empresa tenha preços fixos em para oferecer a esses clientes benefícios junto a outras relação à unidade de cada um de seus serviços. empresas da cidade, como oficinas, montadoras, funila- rias, etc. Ela oferece: Restrições para se estabelecer o preço O critério do preço do serviço é lançado de acor- Super Cash do com um software no qual as seguradoras colocam O Super Cash é a moeda da Romap. Ele vale di- os preços de seus serviços. Assim, a corretora analisa nheiro vivo na renovação ou contratação de qualquer Briefing 26
  • 26. seguro. Assim, basta que o cliente Romap ligue para nhas de pneus novos, ressolados e remolds, peças seu consultor e indique quantas pessoas quiser. de suspensão, freio, escapamento e óleo de motor, Quando um indicado for até a Romap pela primei- exceto em produtos em promoção. ra vez e contratar um ou mais seguros de veículos au- • Serviço gratuito de leva e traz cliente. tomotores, o cliente ganha Super Cash, de acordo com a tabela a seguir: Cardoso Pneus • Cartão de benefícios Cardoso Pneus/ Romap: o Seguro Valor do Super CaSh cliente tem até 100% de desconto em serviços de Motocicletas R$ 30,00 alinhamento de direção e balanceamento de 04 Automóveis de Pas- (quatro) rodas, check-up gratuito de suspensão, seio e Pick-Ups Leves R$ 50,00 freios, escapamentos, lubrificantes, entre outros Pick-Ups Pesadas, itens. E ainda um cardápio de ofertas exclusivas Caminhões Leves R$ 100,00 para clientes Romap. Caminhões Pesados e Rebocadores R$ 200,00 AutoProtegido • Clientes Romap têm atendimento médico 24 ho- romAP CArd ras por dia prestado por UTIs móveis a todos os ocupantes do veículo segurado, caso se envolva O Romap Card é um cartão exclusivo e gratuito em algum acidente de trânsito, a mediar ante as concedido aos clientes Romap que possuem seguro de mais rigorosas emergências em qualquer local veículos (automóveis, caminhonete e camioneta), pro- da cidade de Uberlândia, com equipe de médicos, porcionado a estes inúmeras vantagens como estacio- paramédicos e enfermagem em salvar vidas. namento, alinhamento de direção, balanceamento, ins- • Em caso de necessidade, basta acionar o serviço peção veicular, check list, entre outros. de apoio 24 horas da Romap. PArCeiros: Unimotors • Os clientes ganham inspeção veicular com a ve- Pneus Planalto rificação dos seguintes itens: sistema elétrico e • Os clientes Romap têm check list gratuito nos ignição (alternador, bateria, cabos, velas e motor itens de suspensão, freio e escapamento, alinha- de partida), nível de emissão de poluentes, prin- mento de direção gratuito, regulagem de conver- cipalmente CO², sistemas eletrônicos, suspensão gência dianteira, exceto camber e caster. de freios, check list de 32 itens. • Balanceamento gratuito de 2 rodas • Av. João Naves de Ávila, 3835 – Uberlândia - • Desconto adicional de 3% sobre o preço das li- MG tel: 34 3219 8382. Briefing 27
  • 27. DPASCHOAL • Estacionamento 1: Rua Afonso Pena, 739 – Cen- • Clientes Romap ganham um pacote de benefícios tro - Uberlândia exclusivos DPASCHOAL • Estacionamento 2: Av. Floriano Peixoto, 269 – • 5% de desconto adicionais sobre o preço prati- Centro -Uberlândia cado na loja em toda linha de produto e serviços, • Estacionamento 3: AV. Cesário Alvim, 415 – exceto para produtos e serviços em promoção Centro -Uberlândia • Alinhamento gratuito dos faróis • Rodízio e calibragem dos pneus com nitrogênio AJJIL estacionamento LTDA • Inspeção veicular (você, junto aos técnicos da • Clientes Romap têm 1 hora de estacionamento DPASCHOAL, verificam as reais necessidades grátis. dos veículos). • Av. João Pinheiro, 316 – Centro – Uberlândia/MG • Av. Vasconcelos Costa, 1447 – Bairro Osvaldo – Uberlândia - MG – 34 3215 4100 e Av. Rondon Parebem Pacheco, 1670 – Bairro Vigilato Pereira. • Clientes ROMAP têm 1 hora de estacionamento gratuito. UDI Parking • Rua Goiás – Centro – Uberlândia. • Clientes Romap têm 1 hora de estacionamento gratuito. VIPCAR estacionamento • Estacionamento 1: Rua Olegário Maciel, • Cliente Romap tem 1 hora de estacionamento 468(Bradesco). gratuito. • Estacionamento 2: Rua Cel. Antônio Alves Perei- • Estacionamento 1: Av. Vasconcelos Costa, 269 – ra, 390(em frente ao fórum). Bairro Martins – Uberlândia – MG (garagem e • Estacionamento 3: Av. Afonso Pena, esquina com estacionamento – unidade ESAMC). Quintino Bocaiúva (Banco Safra). • Estacionamento 2: Rua Goiás, 50 – Centro – • Estacionamento 4: Av. João Pinheiro, 655 (Unimed). Uberlândia - MG (Garagem e estacionamento com • Estacionamento 5: Av. João Naves de Ávila, 30 manobrista – Unidade Hotel Matiz Ilha Bela) (ao lado do Banco Real). • Estacionamento 3: Av. Floriano Peixoto, 39 – • Estacionamento 6: Rua Machado de Assis, 385. Centro – Uberlândia - MG (Estacionamento com • Estacionamento 7: Pça. José Alves dos Santos manobrista Valet Park – London Pub) (aeroporto). • Estacionamento 4: Praça Rui Barbosa, 110 – Cen- tro – Uberlândia - MG (estacionamento com ma- CarPark nobrista Valet Park – Show de Bola Bar Café). • Clientes Romap têm 1 hora por dia de estaciona- Assim, durante todo o período de vigência do segu- mento gratuito. ro do seu veículo, o cliente poderá usufruir as vantagens Briefing 28
  • 28. imperdíveis em serviços, acessórios e muito mais que a sinistro, e que o número do Boletim de Ocorrência seja Romap prepara. informado à Romap. Assim, o cliente poderá retirar o veículo na locadora por esta indicada. O carro reserva o serViÇo de APoio 24 HorAs corresponde ao veículo estipulado na apólice do cliente. O benefício do Carro Reserva Imediato é valido Ele orienta o cliente Romap quanto aos procedi- para os sinistros que ocorrerem na cidade de Uberlân- mentos a serem adotados em caso de sinistro. dia - MG ou para aqueles ocorridos em outra localida- As orientações serão prestadas via telefone, em de, desde que o cliente opte pela retirada do veículo na qualquer localidade do Brasil, e no local do sinistro pelo locadora indicada pela Romap em Uberlândia - MG. nosso Atendente de Sinistro na distância de até 50 (cin- qüenta) quilômetros da cidade de Uberlândia - MG. o reembolso de frAnQuiA Carro reserva Roubo Consiste no pagamento da franquia, através de reembol- A Romap, através do benefício do CARRO RESER- so, pela Romap, quando o cliente que possui seguro de veículo VA ROUBO, oferece aos seus clientes, em caso de roubo de passageiro (automóvel nacional) se envolver em sinistro ou furto do veículo segurado (veículo de passeio, pick- com terceiro, onde reste caracterizada a culpa deste. ups leves e pesadas), as diárias de locação de um veícu- Para ter direito ao benefício, o cliente deverá possuir lo reserva pelo período de 30 (trinta) dias. seguro com franquia reduzida e os prejuízos apurados Para utilizar o serviço, o cliente deverá apresentar em seu veículo deverão ser superiores ao valor desta. à Romap o Boletim de Ocorrência e comunicar o sinis- O Reembolso de Franquia abrange os sinistros tro à companhia seguradora. ocorridos no Município de Uberlândia - MG e aqueles O benefício do Carro Reserva Roubo é válido para cujo cliente resida nesta cidade. os sinistros que ocorrerem em Uberlândia - MG, ou Para que a Romap efetue o reembolso da fran- para ocorridos em outra localidade desde que o cliente quia, o cliente deverá anuir aos termos e condições do opte pela retirada do veículo reserva nesta cidade. Instrumento Particular de Reembolso de Franquia, re- gistrado em 16.08.06, junto ao Cartório de Títulos e O Carro Reserva Imediato Documentos de Uberlândia - MG, sob o nº 1139074. É uma excelente ferramenta de auxílio para os clientes que necessitam de assistência rápida para lo- bônus-frAnQuiA romAP cação de veículos após um sinistro. Caso ocorra o sinistro, e este esteja garantido pelo O Bônus-Franquia Romap é uma iniciativa de ca- Seguro, o cliente receberá o carro reserva em no máxi- ráter promocional voltada aos clientes que tenham mo 6 (seis) horas. contratado seu seguro automotivo através da Romap É necessário que a seguradora seja comunicada do Seguros a partir de 1° de Dezembro de 2006. Briefing 29
  • 29. O benefício proporcionado por esse documento o merCAdo garante ao seu titular, limitada ao valor expresso no mesmo, a quitação parcial da franquia contratada em Faturamento sua apólice de seguro, em caso de sinistro que resulte O faturamento da empresa acompanhou uma linha em perda ou dano parcial do veículo segurado, para de ascensão nos últimos 3 anos. No ano de 2004, a reparos realizados exclusivamente na Curinga Fiat. empresa teve um crescimento de 36% (trinta e seis por cento) em comparação ao ano de 2003. Em 2005, CondiÇões GerAis: cresceu 22% (vinte e dois por cento) em relação ao • O benefício tem duração correspondente ao perí- ano de 2004, e em 2006 teve um crescimento de 2% odo de 01 (um) ano, conforme vigência da apóli- (dois por cento) em relação ao ano de 2005. ce, e abrange os seguros cuja franquia tenha sido Em 2006, o faturamento foi de 23 milhões de reais. contratada na modalidade “franquia reduzida”; Esse ano, a empresa deve fechar em 27 milhões, eviden- • O Bônus-Franquia Curinga Romap é válido so- ciando o crescimento a cada ano, que eles esperam manter. mente para seguros de automóveis (passageiros) Para 2008, a estimativa é de um crescimento de 11%. nacionais e pick-ups leves; • O benefício é intransferível, sendo válido somente Faturamento por ramo para o veículo consignado no valcher do bônus e Em 2006, enquanto os ramos de Benefícios, Trans- para uma única ocorrência de sinistro; porte e Outros Ramos obtiveram acréscimos, os ramos de • Os danos verificados no veículo segurado deverão Automóvel e Patrimonial tiveram perdas percentuais. estar cobertos pelo seguro contratado; • Ocorrendo a troca de veículo segurado, durante Lucro líquido o período de vigência da apólice, deverá o se- Em 2006, o lucro líquido da empresa alcançou R$ gurado comunicar a ROMAP Seguros para que 540 mil aproximadamente, crescimento de 94% (no- possa promover, caso o novo veículo se enquadre venta e quatro por cento) em relação ao ano de 2005. nas condições do benefício, a emissão do Bônus Esse desempenho foi resultado das ações voltadas às Franquia Curinga Romap substituto. reduções de custos e maior controle dos gastos. Para utilização do Bônus-Franquia Curinga Romap: A lucratividade também aumentou, saindo de 7% • Avisar a Romap e a Companhia Seguradora o (sete por cento) para 13% (treze por cento) em rela- sinistro ocorrido; ção ao faturamento bruto. • Os reparos no veículo segurado deverão ser au- torizados pela seguradora e devem atingir valor sHAre de merCAdo dA romAP mínimo de R$ 2.000,00 (dois mil reais); • Efetuar o pagamento da diferença da franquia à vista; Em Uberlândia, a estimativa é de que o share de Pontos positivos do serviço: mercado da Romap seja de 50% a 60%, considerado Briefing 30
  • 30. assim devido a informações informais do mercado e Camilo Corretora Seguros dados obtidos pelos corretores. Campos Júnior Corretora de Seguros & Repr. Comerciais Continental Minas Corretora Seguros Ltda Evolução do mercado da Romap Cordial Corretora Seguros Ltda O serviço de VGBL mantém crescimento robusto: Delaseg Corretora de Seguros Ltda 40% em relação ao 1º semestre de 2006. Porém o ramo Fideliza Corretora de Seguros Ltda Auto apresenta queda no volume de prêmios de 2,4% no Galdiano Corretora de Seguros Ltda 1º semestre de 2007, enquanto o mercado de Automóveis Joluc Corretora de Seguros Ltda novos no varejo permanece aquecido, com vendas 18,4% Lamounier Corretora Seguros & Repr. Ltda superiores em relação ao 1º Semestre 2006, o que sugere Ldn Administradora e Corretora de Seguros uma queda nos preços de seguro praticados no mercado. Marsh Corretora Seguros A projeção revisada do crescimento de prêmios de Medeiros Pena Corretora de Seguros seguros para 2007 é de 16,9%, por conta do excepcio- Millenium Corretora de Seguros nal desempenho do VGBL. Para 2008 e 2009, a expecta- Pamcary Corretagens Seguros Ltda(cargas) tiva é de 10,7% e 9,5% respectivamente, ou seja, 6,7% Paulo Luiz Lopes e 5,6% de crescimento real para os próximos dois anos. Polum Corretora de Seguros Ltda A relação de faturamento do mercado supervisio- Pró Seguros Corretora Seguros Ltda nado contra o PIB caiu cerca de 0,2% por conta da Renato Borges Gularte revisão dos dados históricos do PIB pelo IBGE. Essa re- RTW Assessoria e Contagem de Seguros Ltda lação fica então projetada em 3,0% do PIB de 2007 a Saúde Brasil Consultoria e Corretagem de Seguros Ltda 2009. O Índice Combinado cai dois pontos, para 97,9%, Sipoli Administradora e Corretora de Seguros Ltda com o ICA caindo cerca de um ponto, para 82,1%, por Solução Administradora Corretora Seguros Ltda conta do efeito da queda das taxas de juros. Tranquiliza Corretora Seguros Ltda O mercado de seguros no Brasil é um mercado am- Triângulo Corretora Seguros Ltda plo, virgem, com poucos investimentos. Enquanto em Tropical Corretora de Seguros países desenvolvidos ele representa 15% do PIB, aqui Uberseguros Corretora de Seguros a porcentagem é de 3% a 4% apenas, ficando atrás VG Serviços de Seguros ainda do Chile e da Argentina. Waine Corretora de Seguros Ltda Walseg Administradora e Corretora de Seguros Ltda Concorrentes da Romap em Uberlândia ACI - Administradora e Corretora Seguros Ltda Visão da Romap dos serviços concorrentes Acr Corretora de Seguros Nenhum das empresas acima se classifica como Águia Corretora de Seguros Ltda concorrente direto da Romap na visão do proprietário. Autovisa Corretora Seguros Ltda Existe a Romap e, depois dela, uma massa de outras Briefing 31
  • 31. empresas, que ganham clientes principalmente através móvel que será segurado. Diferentemente dos países de suas relações pessoais (família, amigos, etc.). Os desenvolvidos, onde os seguros da área chamada de contratos são feitos graças a essas relações, não por benefícios – vida, previdência, saúde, etc. – é mais im- causa de outros diferenciais. portante, é com o auto que começa a cultura do seguro Com esse critério, essas corretoras não conseguem no Brasil, inclusive em Uberlândia. manter seus clientes por muito tempo. A Romap vê como ponto negativo a falta de sustentabilidade dos O que o consumidor espera desse produto serviços prestados pelos concorrentes, pois os mesmos O consumidor espera ser bem atendido e bem assesso- vendem seguros com baixa porcentagem de bonifica- rado. Caso haja problemas, ele espera que eles sejam resol- ção, impossibilitando-o de investir em diferenciais que vidos com o maior conforto possível de sua parte. agreguem valores aos serviços, que geram uma satisfa- ção maior por parte dos clientes, e de manter os clien- Razões de compra do consumidor tes por muito tempo. As razões são geralmente racionais, e na maioria das vezes os clientes prezam mais pelo preço que pelos Política de vendas praticada pelos concorrentes (des- valores dos serviços. contos especiais, bonificações, prazos de pagamento, O consumidor compra para garantir segurança, confor- etc) to e tranqüilidade para si, sua família ou sua empresa. Os concorrentes, tentando aumentar a cartela de clientes, forçam a baixa de preços de seus serviços, Reação do consumidor em geralmente fazem seguros com apenas 10% de bonifi- relação ao preço do produto cação. Isso faz com que clientes interessados somente Geralmente, após o orçamento, 31% dos consumi- no preço e não nos valores agregados prestados pelos dores acham os preços altos em relação aos bens, 20% serviços das corretoras, sejam atraídos. fecham em outra operadora, 29% estavam apenas fa- zendo pesquisa de preço e outros 20% não fecham por o PúbliCo-AlVo outros motivos desconhecidos. Esses dados foram con- seguidos em cotações por tele-atendimento graças ao O público da Romap é extenso. Ela oferece, por processo criado pela empresa em 1006 que controla a exemplo, o seguro de auto, que uma mulher de 18 anos de qualidade das cotações. classe C consegue comprar, como o seguro de frota, que uma empresa de grande porte adquire. Até mesmo dentro Clientes importantes de um mesmo produto há grande variação de público. A Romap possui hoje mais de 12 mil clientes em O consumidor começa a ter consciência da impor- carteira. São 7.202 clientes para automóveis, 358 tância do seguro ao completar 18 anos, quando ele para patrimonial, 318 clientes de benefícios, 66 clien- passa a ser habilitado para dirigir e a ter um auto- tes de transportes e 220 clientes para outros ramos. Briefing 32
  • 32. Dentre os mais importantes estão: Grupo Algar, Ao efetuar a compra do serviço, o cliente recebe um Universidade Federal de Uberlândia, Nacional Expres- material impresso com informações gerais sobre os demais so, Real Moto Peças, Maqnelson, Curinga/ Fiat, Autus/ serviços oferecidos pela empresa e benefícios. Com o ob- Chevrolet, Italac, Support, TV Integração, Praia Clu- jetivo de melhorar a relação entre a empresa e o cliente, a be, Produtos Erlan, Aliança Atacadista e Calu. ROMAP envia carta de aniversário aos clientes, mas relata que precisa melhorar os trabalhos de pós-venda. A imAGem e A ComuniCAÇão A empresa também presta atendimento na rua e acompanhamento pós-sinistro. Imagem da empresa no mercado onde atua Comunicação com o mercado: verba destinada A Romap é vista pelo mercado como corretora de A empresa investiu, no primeiro semestre de 2007, luxo, como empresa cujos valores de serviços são su- uma quantia de R$ 125.213,31 em comunicação. Esse periores aos do mercado. Isso se deve principalmente à valor está dividido entre as contas com comunicação estrutura do prédio onde a Romap está localizada. Não visual, patrocínios, mídia em revistas, veiculação de é comum uma corretora de seguros estar localizada na mídia, brindes, materiais gráficos, mídia em outdoors, avenida Rondon Pacheco, um dos metros quadrados mais despesa com agência, mídia em televisão, foto e VT. caros de Uberlândia, e investir em infra-estrutura física. A Romap Seguros tem mídias em lugares como Praia Clube, onde há comunicação interna de rádio e Canais de distribuição e comunicação banner, no Cajubá Country Club, onde os guarda-sóis do produto Romap têm a logomarca da empresa na estampa. A empresa A Romap ainda se utiliza de poucos canais para a também tem backlights no estacionamento do Cen- distribuição e a prospecção da sua carteira de cliente. ter Shopping. A maioria dos consumidores obtém os serviços através Na cidade de Uberlândia, a empresa acumula mí- do telefone (o tele-atendimento) ou por visitas agenda- dias em placa de endereço de rua, em um mega painel das à empresa. A Internet também é uma fonte, porém próximo ao Ilha do Sol e nos 14 estacionamentos onde com pouca força, pois ainda não é um canal de total o cliente poderá desfrutar de uma parada referente a confiança do público-alvo. uma hora tendo o Romap Card em mãos. Além disso, A Romap também tem parcerias de vendedoras há um totem na Avenida Nicomedes Alves dos Santos e de carro como Autus Uberlândia, Autus Monte Car- outro na Avenida do aeroporto de Uberlândia. melo (GM), Curinga Veículos (FIAT), Trivel (HONDA), Vitesse (CITRÖEN), Automobille (PEGEOUT), Ma- Critério para determinação da verba qnelson (MITSUBISCH), e através dessas parceiras A Romap adota uma política na qual R$ 10,00 os corretores da ROMAP oferecem seus serviços para da venda de qualquer seguro de auto se destinará à possíveis clientes. comunicação. Briefing 33
  • 33. Comunicação e concorrência Desses clientes que não renovam o seguro, 4% são por O mercado de seguros em Uberlândia não investe motivos alheios ao trabalho da Romap, como a queda em comunicação, o que facilita a lembrança da Romap do poder aquisitivo ou a venda do veículo. Para eliminar na hora de contratar uma corretora de seguros. as perdas que a empresa pode controlar, ela busca en- xergar os motivos pelos quais elas acontecem para que objetiVos sejam corrigidos e agregar benefícios ao seu produto. Curto prazo Aumento do faturamento A empresa, este ano, prevê um faturamento de Nova Unidade $27 milhões. Para 2008, a empresa pretende aumen- A Romap estará inaugurando em breve – final de tar esse valor em aproximadamente 11%, chegando 2007/ começo de 2008 – uma nova sede na cidade de ao valor de $30 milhões. Uberaba, o que não aconteceu antes devido à dificul- dade em encontrar uma pessoa da cidade que tivesse o Aumento de share perfil de gestão buscado pela empresa, que fosse ade- A empresa pretende alcançar uma meta de um au- quada e entendesse as particularidades do mercado e mento de 22% em relação ao ano anterior, de acordo da região. com seus dados de contabilidade e gestão internos. Renovação de clientes Médio prazo A empresa buscou proximidade com cliente novos, com o objetivo de aumentar a carteira de automóveis. Melhorias na distribuição (novos pontos de vendas, O índice de renovações de automóveis cresceu 7% outros canais, mais espaços nos canais atuais) (sete por cento) em relação ao mesmo período do ano Deve-se trabalhar em cima de inovação e perspec- de 2005, passando de 74% (setenta e quatro por cen- tivas de venda. Na comunicação, a intenção é diversi- to) para 79% (setenta e nove por cento) na Média de ficar a marca e divulgar os demais serviços além do Renovação Mensal. seguro de automóveis. De todos os seguros vendidos no ano de 2005, ape- Para alcançar essas melhorias, a empresa investe em nas 86% (oitenta e seis por cento) chegaram a ativos pessoas, em equipamento, tecnologia, marketing e serviços. para renovar. Dos 14% (quatorze por cento) restantes da carteira, 13% (treze por cento) foram cancelados Longo prazo durante a vigência e 1% (um por cento) foi cancelado por perda total. Sociedade Anônima (S/A) No geral, a empresa quer aumentar sua taxa de re- A empresa tem a intenção de se transformar numa novação, que é hoje de 80%, para 85%, ano que vem. S/A. Os funcionários que estão trabalhando há mui- Briefing 34
  • 34. tos anos na empresa devem ser valorizados, já que são mercado se adapte à qualidade imposta pela empresa. parte do que foi produzido e também são responsáveis Além disso, esse mercado ainda é muito incipien- pelo crescimento. Portanto, terão cotas na sociedade e te, tendo espaço para o crescimento da empresa. Os participação nos lucros que eles mesmos proporciona- seguros representam uma parcela muito pequena do ram à empresa. PIB nacional, logo existem inúmeras oportunidades. A empresa deve ficar atenta para aproveitá-las. Consultoria O proprietário Robson Martins Peixoto pretende aMeaÇaS garantir a perenidade da empresa. A tendência é que A Romap encara as dificuldades como uma pos- ele se desligue da Romap a longo prazo e passe a ser sibilidade de encontrar novas soluções. Ainda assim, apenas um consultor, assim que houver a certeza de percebe que o mercado oferece alguns obstáculos que que a empresa consiga “caminhar com as próprias devem ser superados. São eles: pernas”. Ele pretende delegar suas funções, o que já • Prostituição do mercado: os concorrentes se uti- vem acontecendo com os novos sócios responsáveis por lizam de preços cada vez menores, sacrificando setores diferentes. a comissão dos profissionais, para aumentar a cartela de clientes. oporTuNIdadeS • Cultura de aquisição de seguros ainda baixa: o As oportunidades que o mercado oferece à Romap é consumidor ainda se preocupa pouco com a sua a possibilidade de se sustentar o preço dos serviços, fa- própria segurança ou futuro. É comum fazer se- zendo com que o cliente veja os benefícios agregados aos guro de automóveis, mas nem tanto fazer de vida produtos. Isso deixa a marca mais forte e faz com que o ou previdência privada. Briefing 35
  • 35. mercado Global seguros
  • 36. merCAdo GlobAl de seGuros 1.2 Participação por Estado e Região participação, % Tamanho do Mercado de Seguros 2002 2006 O mercado de seguros é um negócio de US$3,4 Sudeste 72,273 67,786 trilhões em todo o mundo. Um estudo recente da São Paulo 52,216 47,699 Fundação Escola Nacional de Seguros do Brasil Rio de Janeiro 12,618 11,775 Minas Gerais 6,413 7,151 (Funenseg) mostra que esse mercado está crescendo Espírito Santo 1,026 1,162 mais rapidamente nas economias emergentes e prevê Sul 13,091 15,733 um crescimento anual de 2,5% da receita global total Rio Grande do Sul 5,274 6,558 nos próximos anos. Paraná 5,177 5,912 O faturamento do mercado de seguros privados no Santa Catarina 2,639 3,263 Brasil cresceu, de 2005 para 2006, 17%, e alcançou Nordeste 6,742 8,012 R$ 48,91 bilhões segundo a Superintendência de Bahia 2,366 2,612 Seguros Privados (SUSEP). De janeiro a outubro Pernambuco 1,716 1,995 de 2006, o faturamento subiu 13,4% em relação ao Ceará 0,976 1,374 mesmo período de 2005. Paraíba 0,357 0,421 O quadro acima analisa a participação (%) por estado Maranhão 0,317 0,470 e região no montante total de vendas de seguros no Brasil. Rio Grande do Norte 0,340 0,412 De 2002 para 2006 praticamente todas as regiões Piauí 0,173 0,224 tiveram um aumento na participação no percentual Alagoas 0,263 0,276 geral. Porém a participação do Sudeste foi a única Sergipe 0,234 0,228 que diminuiu, devido ao decréscimo dos estados Centro-Oeste 6,388 6,527 de São Paulo e Rio de Janeiro, que passaram de Goiás 1,323 1,784 52,216% para 47,699%, e 12,618% para 11,775%, Distrito Federal 3,655 2,975 respectivamente. Mato Grosso 0,641 0,915 Na região, Minas foi quem teve o maior crescimento. Mato Grosso do Sul 0,769 0,854 Sua participação passou de 6,413% para 7,151%, Norte 1,507 1,941 um aumento de 11,5% no total de vendas de seguros Pará 0,833 0,849 do mercado brasileiro. Amazonas 0,314 0,600 Rondônia 0,158 0,199 1.3 Participação no PIB Tocantins 0,090 0,137 Como se vê na tabela abaixo, a representação Acre 0,041 0,055 do mercado supervisionado em relação ao PIB deve Amapá 0,044 0,060 permanecer relativamente estável nos próximos anos. Roraima 0,027 0,041 Mercado Global Seguros 37
  • 37. É interessante notar que houve uma redução do PIB, revisados pela nova metodologia do IBGE, dos números do mercado em comparação com o tornando menor a relação de faturamento do mercado PIB por conta da mudança dos números históricos supervisionado contra PIB. tendênCiAs de merCAdo econômica e inflação baixa, especialmente na década de 1990. Mas esse crescimento também é apoiado Há muitas boas razões para a expansão do mercado pela desregulamentação, a maior abertura do mercado de seguros. Por exemplo, o seguro melhora e fortalece interno ao capital estrangeiro a partir de 1996, a os mercados internos de capital, aumenta as taxas adoção de padrões internacionais em 2003 e a abertura de poupança e investimento, ajuda a incrementar o de resseguros ao capital estrangeiro este ano, segundo potencial de crescimento do PIB e fornece informação os especialistas. sobre risco nas atividades de negócios. Nos últimos anos, o setor de seguros brasileiro Além disso, as tendências mundiais do mercado vem sofrendo uma série de transformações. Algumas mostram que as economias em crescimento necessitam delas podem ser visualizadas na abaixo. mais serviços de seguros, já que as famílias e as empresas Dentre estas mudanças, uma que se destaca é a são mais vulneráveis a riscos. A globalização gerou ampliação dos canais de distribuição de produtos que, tanto desafios quanto oportunidades para os mercados dependendo (ou não) de uma escolha apropriada, pode se tornarem mais competitivos e os consumidores mais ser um diferencial relevante no sucesso (ou não) de informados, exigentes e protegidos. uma companhia, com maiores ou menores resultados, Os investidores estrangeiros à procura de ambientes de maiores ou menores vantagens comparativas junto à negócios promissores na América Latina buscam países com concorrência ou um melhor ou pior atendimento, para mercados de seguros. Nesse campo, o Brasil desempenha um citar alguns fatores. papel proeminente, porque nos últimos anos seu mercado de Outra tendência de mercado é o crescimento seguros passou por um crescimento rápido. considerável do serviço de VGBL: 40% em relação ao 1º Aqui no Brasil, existe uma correlação positiva semestre de 2006. Porém o ramo Auto apresenta queda entre crescimento do mercado de seguros e estabilidade no volume de prêmios de 2,4% no 1º semestre de 2007, Mercado Global Seguros 38
  • 38. enquanto o mercado de Automóveis novos no varejo Seguro de Automóveis permanece aquecido, com vendas 18,4% superiores em Este seguro cobre perdas e danos ocorridos aos relação ao 1º Semestre 2006, o que sugere uma queda veículos terrestres automotores. nos preços de seguro praticados no mercado. Coberturas Básicas - Colisão, Incêndio e Roubo, que A projeção revisada do crescimento de prêmios de podem ser contratadas separadamente ou agrupadas seguros para 2007 é de 16,9%, por conta do excepcional (cobertura compreensiva). desempenho do VGBL. Para 2008 e 2009, a expectativa é de 10,7% e 9,5% respectivamente, ou seja, 6,7% e Seguro de Cascos Marítimos (Embarcações) 5,6% de crescimento real para os próximos dois anos. Este seguro cobre perdas e danos causados a A relação de faturamento do mercado supervisionado embarcações, de carga ou lazer, que atinjam o casco, contra o PIB caiu cerca de 0,2% por conta da revisão máquinas e equipamentos, estando as embarcações em dos dados históricos do PIB pelo IBGE. Essa relação fica operação, construção ou em reparos. então projetada em 3,0% do PIB de 2007 a 2009. O Índice Combinado cai dois pontos, para 97,9%, Seguro de Crédito à Exportação com o ICA caindo cerca de um ponto, para 82,1%, por Este seguro tem como finalidade garantir indenizações conta do efeito da queda das taxas de juros. ao exportador pelas perdas líquidas definitivas que venha a ter, em conseqüência da falta de recebimento do crédito Produto concedido aos seus clientes importadores do exterior. Tipos de Seguro oferecidos no Brasil Seguro de Fiança Locatícia Este seguro oferece garantia de cumprimento do Seguro de Acidentes Pessoais contrato de locação de imóveis, como pagamento de Este seguro oferece coberturas para danos aluguel e reparos devidos, dispensando os tradicionais decorrentes de acidente súbito, externo e involuntário Fiadores e Avalistas. sofrido pelo segurado, causando lesões físicas ou morte. Seguro Fidelidade Seguro Aeronáutico Este seguro tem por objetivo garantir o empregador Este seguro oferece cobertura para riscos por prejuízos que venha sofrer em conseqüência de do transporte aéreo. Abrange a aeronave e a roubo, furto, apropriação indébita ou quaisquer outros Responsabilidade Civil contra terceiros e Acidentes atos que provoquem danos a seu patrimônio. Pessoais, de que resultem morte, invalidez ou tratamento médico de passageiros e tripulantes. Garante também Seguro Garantia as indenizações por prejuízos, reembolsos de despesas Seguro anteriormente denominado Seguro e responsabilidades legais da aeronave. Garantia de Obrigações Contratuais (GOC). É Mercado Global Seguros 39
  • 39. um seguro utilizado por órgãos da administração Seguro Incêndio direta e indireta (federais, estaduais e municipais), Este seguro oferece cobertura básica para danos públicos e privados, que devem exigir garantias de causados por incêndios, queda de raios e explosão manutenção de oferta (em caso de concorrência) e causada por gás empregado. de fiel cumprimento dos contratos e também para as empresas privadas. Seguro de Lucros Cessantes Este seguro destina-se a pessoas jurídicas. Visa a Seguro Garantia de Adiantamento de Pagamento preservação do movimento de negócios do segurado, Garante o adiantamento de numerários liberados mantendo sua lucratividade e operacionalidade nos pelo contratante, sem a contrapartida imediata de mesmos níveis anteriores ao sinistro (paralização total fornecimentos, serviços e obras. ou parcial no movimento de negócios da empresa). Seguro Garantia de Concorrência Seguro Obrigatório de Automóveis (DPVAT) Cobre para o licitante os custos decorrentes da não Cobre danos físicos causados por automóvel assinatura do contrato pelo vencedor da Concorrência, ou por sua carga, a pessoas transportadas ou não, sua conseqüente anulação ou a chamada do segundo incluindo entre estes os proprietários e/ou motoristas colocado, garantindo o diferencial de preço. dos veículos. Garante Morte (indenização pecuniária ao beneficiário) Invalidez e Despesas com Assistência Seguro Garantia do Executante Médica Hospitalar. É o seguro que cobre a execução do contrato e do risco decorrente da substituição do contratado Seguro de Obrigações Contratuais inadimplente, por outro. É um seguro destinado aos órgãos públicos da administração direta e indireta (federais, estaduais Seguro Garantia de Perfeito Funcionamento e municipais)que por força de norma legal devem Garante o perfeito funcionamento do objeto do exigir garantias de manutenção de oferta (em caso de contrato, pelo prazo máximo de 24 meses, após sua concorrência) e de fiel cumprimento dos contratos e entrega ou entrada em operação. também para as empresas privadas. Seguro Global de Bancos Seguro de Renda ou Previdência Privada Este seguro cobre os prejuízos materiais sofridos É um seguro cujos planos são custeados em pelo segurado em seus valores e bens face aos riscos de sua maioria pelas empresas e seus funcionários, de roubo, furto qualificado, destruição ou perecimento de contribuição variável de acordo com os cálculos valores e bens por qualquer causa. atuariais e a política da empresa, podendo ser feito também individualmente, por pessoa física. Conforme Mercado Global Seguros 40
  • 40. seja a constituição da Sociedade, a Previdência cobrir danos materiais causados aos bens pela simples Privada pode ser Aberta ou Fechada. tentativa de roubo e furto qualificado. Seguro de Responsabilidade Civil Geral- RCG Seguro Saúde Este seguro garante ao segurado as despesas com Este seguro garante o reembolso de indenizações assistência médico-hospitalar. Pode ser feito por pessoa que o segurado venha a ser obrigado a pagar em física ou jurídica (em favor de pessoas físicas). As consequência de lesões corporais ou danos materiais, coberturas são variáveis de acordo com as necessidades por ele provocados involuntariamente (por omissão, de segurado, podendo abranger consultas de rotina, negligência ou imprudência) a terceiros ou a pessoas exames, internação hospitalar, tratamento e cirurgia, pelos quais possa responder civilmente. variando, conseqüentemente o custo do seguro. Seguro Riscos de Engenharia Seguro de Transportes Este seguro dá cobertura à vários riscos decorrentes (Aéreos, Terrestres e Marítimos) de falha de Engenharia nas suas diversas etapas. Este seguro é obrigatório para as empresas de Seguro Riscos Diversos transporte e embarcadores, pelo menos relativamente à Este seguro abrange várias modalidades e diversas cobertura de Responsabilidade Civil do Transportador e coberturas numa única apólice (Multiriscos), sendo do Embarcador. Cobre danos causados ao objeto segurado, que a sua grande característica é a de cobrir perdas e especialmente à carga transportada (mercadorias em geral, danos materiais contra acidentes decorrentes de causa mudanças domésticas, malotes, bagagem, mostruário, externa, exceto aqueles expressamente excluídos. remessa postal, etc.), por roubo, desaparecimento e danificação, com indenização por reembolso. Seguro Riscos de Petróleo Este seguro cobre bens e responsabilidade civil Seguro de Vida Individual relativos às atividades ligadas às operações de Cobre morte ou sobrevivência de um único prospecção, perfuração e produção de petróleo e/ou segurado (valendo também para casais ou sócios). A gás no mar e na terra. indenização é paga na forma de Capital ou Renda. São em geral planos de longa duração, ou mesmo por toda Seguro de Roubo a vida. Este seguro reembolsa o segurado pelos prejuízos que venha a sofrer em consequência de roubo de seus Seguro de Vida Ordinário bens mencionados na apólice e ocorridos no imóvel O segurado paga prêmios anuais ao segurador indicado como local do seguro. O seguro também pode enquanto viver. Mercado Global Seguros 41
  • 41. Seguro de Vida de Pagamentos Limitados CepS – Centro de estudos e pesquisas em Os prêmios são pagos apenas durante um período Seguros, Coppead/uFrJ, diz que quanto de tempo estipulado no contrato, findo o qual nada mais maior a renda per capta do país, menor tende será pago ao segurador até a morte do segurado quando, ser a elasticidade-renda do respectivo mercado então, seu beneficiário receberá a indenização devida. de seguros. Isto significa que os mercados emergentes, com elevado crescimento do pIB, Seguro de Vida Dotal Puro mas ainda com renda per capta pequena, são Os prêmios são pagos durante o período de tempo os mais promissores no tocante ao mercado de estipulado no contrato, e a indenização somente será seguros. devida ocorrendo a sobrevivência do segurado. assim, os países mais industrializados tendem a apresentar uma elasticidade-inflação mais elevada do Seguro de Vida dotal Misto que os países em desenvolvimento, com cultura mais (Combinação do Dotal Puro com Temporário de igual duração). complacente com a inflação. Conclui-se que a renda per A indenização será devida tanto nocaso de morte capita e a taxa de inflação tem impactos significativos do segurado durante o período estipulado, como no sobre os mercados de seguros. caso de sua sobrevivência. fontes Seguro de Vida anapp (http://www.anapp.com.br/) Este seguro garante ao beneficiário ou ao próprio Fenacor (http://www.fenacor.com.br/) segurado, um capital ou renda determinados no caso Fenaseg (http://www.fenaseg.gov.br/) de morte, ou no caso do segurado sobreviver a um Funenseg (http://faculdade.funenseg.org.br/) prazo convencionado. Sincor-Mg (http://www.sincormg.com.br/) Susep (http://www.susep.gov.br/) SAZONALIDADE rating (http://www.ratingdeseguros.com.br) Nesse mercado de Seguros não há sazonalidade, portal Fator Brasil porém um estudo em escala mundial no ramo de (http://www.revistafatorbrasil.com.br) seguros elaborado pelos Membros da equipe do IBge (http://www.ibge.gov.br) Mercado Global Seguros 42
  • 42. mercado Global Corretor
  • 43. merCAdo GlobAl Corretor No Brasil, nenhuma operação de seguro pode ser contratada sem que haja um Corretor de Seguro. As informações sobre as corretoras de seguros Veja no organograma abaixo a estrutura do brasileiras são mais restritas. Ou seja, a falta da mercado de seguros no Brasil: obrigatoriedade oficial na divulgação públicas dos dados • Ministério da Fazenda faz com que os números sejam obtidos de forma parcial. • CNSP Conselho Nacional de Seguros Privados • SUSEP Superintendência de Seguros Privados o ProfissionAl • IRB Instituto de Resseguros do Brasil • Companhias de Seguros O corretor de seguros é um profissional intermediário • Corretoras de Seguro que atua entre uma empresa seguradora e o segurado • Segurados (pessoas físicas e jurídicas) que pode ser uma pessoa ou uma empresa. Ele apresenta ao pretendente segurado as opções e condições de uma A suseP, Superintendência de Seguros Privados, apólice de seguros, ou seja, o Corretor de Seguros, seja é órgão regulamentador do Ministério da Fazenda. Ele Pessoa Natural ou Jurídica, é o profissional especializado autoriza e fiscaliza a atuação das companhias de seguro e o intermediário legalmente autorizado a promover e das corretoras de seguro. Nenhuma empresa poderá contratos de seguros entre as Sociedades Seguradoras, atuar no ramo de seguros sem a devida autorização Empresas de Previdência Aberta, Capitalização e as da SUSEP. pessoas naturais ou jurídicas de direito privado. o irb é o órgão ressegurador. As empresas O Corretor de Seguros não deve ser confundido seguradoras têm liberdade de agir até o seu Limite com o Agente Segurador, haja visto que não representa Técnico. O que exceder esse limite deve ser ressegurado. as Sociedades Seguradoras. Ao contrário, exerce sua (É o seguro do seguro). Este recebe, obrigatoriamente, atividade com autonomia, defendendo sempre os uma parte do seguro. interesses do segurado. A seGurAdorA é a empresa autorizada a praticar o seguro, isto é, garantir a indenização de estruturA do merCAdo um patrimônio em caso de sinistro previsto. Cada Corretor seguradora possui o seu Limite Técnico determinado em função do seu patrimônio. Somente as pessoas jurídicas devidamente autorizadas A CorretorA é a pessoa autorizada a realizar pelo Governo Brasileiro podem operar seguros no Brasil. a corretagem, isto é, analisar o risco, determinar as Entende-se como seguro qualquer modalidade de coberturas e as importâncias seguradas, elaborar a contrato entre partes em que uma das partes assume a proposta de seguros e de protocolar a proposta em responsabilidade de pagar uma indenização à outra, no uma seguradora. A Corretora de Seguros pode ser uma caso da ocorrência de um evento imprevisível. pessoa física ou jurídica. Mercado Global Corretor 44
  • 44. LIMITE TÉCNICO é até onde a seguradora pode em conflito de interesses, não teria como defender o bancar um seguro. O valor é calculado em função do seu cliente contra o seu patrão. O corretor funcionário Patrimônio Líquido que a seguradora oferece como público poderia trazer para a relação comercial o tráfico garantia das suas operações. Companhias com elevado de influência ou então, no caso da fiscalização, trocar Patrimônio têm condições de oferecer um elevado seguros por multas, como acontecia no passado. Limite Técnico. Quando houver algum acidente, assim que o Segurado tiver ciência da ocorrência do sinistro, resPonsAbilidAde e deverá comunicá-lo à Sociedade Seguradora, a fim obriGAÇões do Corretor que esta possa, de imediato, tomar as providências que julgar necessárias para minimizar as conseqüências O corretor tem como obrigação executar a do sinistro. O Segurado também deverá tomar mediação com a diligência e prudência que o negócio providências, tais como: comunicar à Delegacia de requer, prestando ao cliente, espontaneamente, todas Polícia; solicitar a feitura do Boletim de Ocorrência as informações sobre o andamento dos negócios. Deve e outros, orientando-se, sempre, com o seu Corretor ainda, sob pena de responder por perdas e danos, prestar de Seguros. ao cliente todos os esclarecimentos que estiverem ao A atividade exercida pelos Corretores de Seguros seu alcance acerca da segurança ou risco do negócio, não pode ser confundida com a dos Corretores das alterações de valores e do mais que possa influir de Imóveis. Um corretor de imóveis também é o nos resultados da incumbência. intermediário entre o vendedor e o comprador, mas Entre as suas atribuições, tem-se que o Corretor após a concretização da venda a sua tarefa termina, de Seguros deve angariar clientela, encaminhar já que não há mais nada para ele fazer com relação ao as propostas de seguro, assinando-as inclusive, negócio. O mesmo sucede com o corretor de valores: acompanhar a liquidação dos sinistros, enfim, encerrada a transação, encerra-se o seu trabalho. representar os interesses dos Segurados perante a Com o corretor de seguros isso não ocorre. Pelo Sociedade Seguradora, sempre de forma independente, contrário, em verdade, o seu trabalho começa depois pelo que será remunerado por este trabalho. da venda da apólice, já que, durante o seu período de Toda relação de intermediação de operações vigência, ele deve cuidar para que o segurado tenha o que envolvem a economia popular exige a total risco adequadamente coberto. independência do agente promotor, para que haja o Portanto, a responsabilidade do Corretor de Seguros equilíbrio nas relações comerciais sem qualquer força se inicia antes do próprio contrato, ou seja, ainda na de pressão. Assim, é vedado ao Corretor de Seguro fase pré-contratual, vigorando por toda a vigência da ser funcionário público e/ou empregado de empresa apólice e muitas vezes até depois, como nos casos de seguradora (artigo 17- Lei 4.594/64). Motivo esse, responsabilidade civil, que muitas vezes reclamados por no qual o corretor empregado do segurador, quando terceiros depois do término da vigência do contrato. Mercado Global Corretor 45
  • 45. Assim, cabe ao corretor, depois da emissão da a alguns corretores, foi-se estabelecido um percentual apólice, a obrigação de acompanhá-la para mantê-la mínimo de 10% como comissão. atualizada no que tange a valores e coberturas. Isto é, cabe ao corretor de seguros aconselhar ao segurado Preços as alterações necessárias, que são feitas através de O valor da corretagem está embutido no preço do documentos específicos – os endossos – para permitir que seguro. Assim sendo, o seguro com a participação ou o risco continue coberto mesmo depois de modificado. não do corretor será o mesmo, e o corretor ganhará em cima das comissões de vendas, que variam de difiCuldAdes no merCAdo acordo com cada ramo, podendo a comissão alcançar até 40% do prêmio líquido. O corretor responde No Brasil existem mais de 65 mil corretoras de seguros. administrativamente, penalmente e civilmente por atos Estas estão distribuídas por todo território nacional. que possam prejudicar os segurados, por imperícia, • Elas são o único canal de vendas autorizadas a negligência ou dolo. comercializar seguros e são os representantes dos segurados junto às seguradoras. tAmAnHo do merCAdo • Muitos corretores reclamam das seguradoras nos seguintes aspectos: Corretores de Seguros por Região • Dificuldade de cadastramento junto às seguradoras; O mercado das corretoras de seguros no Brasil • Concorrência desleal; faturou, em 2004, o montante de R$ 4,5 bilhões. • Avaliação do potencial, sinistralidade e composi- O Brasil conta com um montante de 65.167 ção de carteira (mix) do corretor para análise de corretores espalhados por todo território, e a maioria condições comerciais; se concentra na região Sudeste devido à localização das grandes metrópoles brasileiras como São Paulo, Rio de Custo dos serviços. Janeiro e Belo Horizonte, onde o nível de corretores é Os corretores – pessoas físicas – estão enfrentando expressante diante das outras regiões. grandes problemas no mercado. Um deles é a tendência Existem no Sudeste cerca de 51.766 corretores de concentração em empresas de corretagem, visando de seguros (gráfico 1), sendo que Pessoas Físicas há principalmente redução de custos (ganhos de escala). 19.058 em todos os ramos de seguro e 15.934 em Também sofrem com a presença de grandes e poderosas vida (gráfico 2). Pessoas Jurídicas são um montante corretoras multinacionais. de 11.640 em todos os ramos e 5.134 em vida. Em As comissões de corretagem e redução de prêmios segundo lugar vem a região Sul, que compreende os estão cada vez menores, seja por queda na taxação dos estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do riscos ou até mesmo pela concorrência. Com o intuito Sul. Nesse grande pólo turístico, econômico e cultural, de evitar concorrências desleais e gerar desvantagem habita um montante de 13.208 corretores de seguros, Mercado Global Corretor 46
  • 46. sendo 8.316 em pessoas físicas e 4.892 em pessoa Nordeste, com 8.758, outro forte pólo turístico, jurídica. Logo após vêm as outras regiões como o Centro-Oeste, com 4.599, e Norte, com 2.143. Regiões (Gráfico 1) Pessoa Física (Gráfico 2) Mercado Global Corretor 47
  • 47. Pessoa Jurídica (Gráfico 3) serviço de AUTO s/ DPVAT, 13% ao serviço de vida em No mercado brasileiro de corretores de Seguros, grupo, 11% ao seguro patrimonial, 8% com o serviço 38% das vendas correspondem ao serviço VGBL (Vida de DPVAT, 6% ao demais serviços, 3% ao transportes Gerador de Benefício Livre), 23% corresponde ao e 3% em relação a Acidentes Pessoais e, para finalizar, MerCado aTIVo por eSTado Mercado Global Corretor 48
  • 48. 1% corresponde aos serviços de Vida Individual. e expansão no Brasil, diante do forte aumento das Em relação ao ano passado, a mudança vendas de ações e títulos dos últimos anos. significativa é o aumento da participação do VGBL de Os bancos também estão se expandindo para novas 26% para 32% e a redução de Auto de 29% para áreas, como investimento no mercado imobiliário, 23% do mercado. trading e gestão de recursos, em função da queda Surpreendentemente, os prêmios do ramo Auto dos juros, da expansão mais rápida da economia e da decresceram 2,4% no acumulado do ano, contra um melhora na classificação dos títulos de dívida pública, aumento de cerca de 18,4% nas vendas unitárias de que estão próximos do grau de investimento. automóveis no varejo (segundo a FENABRAVE), o que pode ser um indicativo de redução de preço dos seguros. influênCiA externAs Na análise regional, o que se constata é que São Paulo é o estado com o maior número de Ambiente Político-Legal corretores de seguros na ativa, um total de 25.773, Existe uma lei, a Lei 4.594/64 que regulamenta dos quais cerca de 41% se dedicam ao ramo vida a profissão de Corretor de Seguros, Capitalização e individual. Esse número fica abaixo, portanto, da Previdência Privada, que tem como objetivo central só média nacional para o mesmo ramo, que é de 55%. permitir que a intermediação de seguros seja feita por A situação no estado do Rio de Janeiro é um pouco pessoas com conhecimento da legislação que rege os melhor, cerca de 40% dos 9.892 corretores do Estado contratos de seguros e ter total dedicação à profissão, se dedicam ao ramo vida individual. além de absoluta independência. Em Minas Gerais, terceiro Estado em termos de Segundo a Lei, o interessado na obtenção do título número de corretores com cerca de 8,22%, sendo a o requererá ao Departamento Nacional de Seguros terceira maior do Brasil. Existem 5.356 corretoras Privados e Capitalização, indicando o ramo de seguro a dedicadas à venda de seguros e cerca de 42% desses que se pretenda dedicar, provando documentalmente: profissionais se dedicam ao ramo vida individual. a) ser brasileiro ou estrangeiro com residência per- manente; tendênCiAs b) estar quite com o serviço militar, quando se tra- tar de brasileiro ou naturalizado; Capital e Tendências Mercadológicas c) não haver sido condenado por crimes a que se Os mercados de capitais brasileiros, que quase referem as Seções II, III e IV do Capítulo VI do entraram em colapso cinco anos atrás, antes da eleição Título I; os Capítulos I, II, III, IV, V, VI e VII do do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, vêm crescendo Título II; o Capítulo V do Título VI; Capítulos I, a níveis recordes, atraindo um número crescente de II e III do Título VIII; os Capítulos I, II, III e bancos interessados em aproveitar o momento positivo. IV do Título X e o Capítulo I do Título XI, parte As corretoras passam por uma onda de contratações especial do Código Penal; Mercado Global Corretor 49
  • 49. d) não ser falido; predisposição a querer alguma vantagem adicional, não e) ter habilitação técnico-profissional referente aos necessariamente de forma ilícita, criando a imagem ramos requeridos. de que a seguradora não lhe atendeu conforme sua Assim, para o exercício da profissão de corretor expectativa. A cultura não voltada à prevenção pode de seguros, seja Pessoa Natural ou Pessoa Jurídica, explicar o pouco reconhecimento e valor dado ao setor há necessidade da prévia obtenção da Carteira e do de seguros. Título de Habilitação Profissional, os quais serão Alguns possíveis elementos formadores dessa concedido pela Superintendência de Seguros Privados “cultura de não prevenção” do povo brasileiro são: SUSEP, nos termos da lei e o devido ao registro o histórico econômico inflacionário; a luta pela desse profissional no Sindicato dos Corretores de sobrevivência (nas classes menos favorecidas); os Seguros - SINCOR, Federação Nacional do Corretor fundamentos da religião católica - “o futuro a Deus de Seguros e Capitalização - Fenacor e SUSEP. pertence” - e a escassez de programas escolares que Além disso devem haver concluído curso técnico tratem mais diretamente de questões relacionadas profissional de seguros, oficial ou reconhecido, cuja à qualidade de vida, embora algumas escolas já se responsabilidade está a cargo da FUNENSEG - preocupem com a cidadania, incluindo em sua prática Fundação Escola Nacional de Seguros. (artigo 2º, de ensino simulações como “dia de eleição”. Nesses 3º, 4º - Lei 4.594/64). termos, o próprio mercado de seguros promove projetos Essa Carteira de Habilitação do Corretor tende de educação em seguros direcionados a estudantes, a selecionar os profissionais corretores, credenciando valendo citar o Programa Cultura do Seguro - os qualificados e preparados para atender ao mercado “Educar para Proteger”, promovido pelo Sindicato corretor de seguros. Esse fator dificulta a entrada das Seguradoras, Previdência e Capitalização e de concorrentes no mercado e coloca profissionais pelo Sindicato dos Corretores de Seguros, ambos do qualificados para intermediar a relação entre as Estado de São Paulo. Ao falarem de cultura brasileira seguradoras e os segurados. em geral existe um contraponto com as culturas dos países ditos de primeiro mundo e vêem a cultura e o Ambiente Cultural reconhecimento do seguro como algo relacionado ao A cultura do imediatismo, ou seja, o interesse grau de desenvolvimento econômico e social das nações. da população pelos resultados de curto prazo, talvez Consideram compreensíveis que, diante situação atual explique a melhor imagem dos bancos, se comparada da classe média brasileira, cada vez mais espremida a das seguradoras. Já a cultura de “levar vantagem para a base da pirâmide, que a educação para a em tudo” e do “jeitinho” brasileiro, em algumas prevenção acabe sendo procrastinada para quando a situações, faz com que o cliente, mesmo tendo recebido sociedade tiver melhores condições de vida. Prevenção da seguradora o que foi adquirido e estabelecido no passa, então, a ser vista pela população como “um contrato de seguro, não se sinta satisfeito, pois tem a artigo de luxo”. Mercado Global Corretor 50
  • 50. Ambiente Tecnológico pedido de seguradoras americanas revela o seguinte: O crescimento do mercado brasileiro tem atraído “Seguradoras de produtos massificados estão usando a atenção dos grupos seguradores e várias destas a Internet para vender seguros, evitando o canal de empresas oferecem a venda de seguros diretamente corretores, e diminuindo custos.” (publicação do sítio a clientes finais através de seus sites na Web. O www.seguros.com.br). consumidor já pode realizar o cálculo do custo do Os espaços abertos para os corretores nos sites seguro desejado e até realizar a compra pela Internet. das seguradoras sinalizam uma oportunidade para o Este processo resulta em mudanças no mercado de desenvolvimento de serviços (agências) de auxílio e seguros e existe receio, por parte das seguradoras, em venda de seguros ao usuário final, que automatizam a fragilizar a relação com os corretores de seguros, que tarefa de aconselhamento do corretor. Ao automatizar são hoje o seu principal canal de vendas. o processo da simulação de cálculos, estes serviços Neste sentido, o discurso atual das seguradoras oferecerão, com total neutralidade, comparações parece apropriado. Procurando mostrar ao corretor que multi-critério simultaneamente para diversas sua atuação continuará importante (agregando valor seguradoras. ao processo) e sua comissão de vendas preservada, A implementação de serviços de seguros, a a maioria delas já definiu em seus próprios sites um exemplo de outros serviços de comércio eletrônico, espaço próprio, protegido por senha, onde os corretores representa demandas tradicionais do desenvolvimento podem fazer orçamentos, simulações e submissões de serviços na Web como protocolos, projeto gráfico e de propostas usando informações técnicas de difícil o suporte a processamento de transações. Para todos compreensão para o leigo. estes casos já há soluções tecnológicas que atendem Porém, um recente estudo realizado pela empresa satisfatoriamente e são a base de todos os sistemas de consultorias Data Monitor (datamonitor.com) a comerciais existentes. Mercado Global Corretor 51
  • 51. mercado Global Concorrente
  • 52. merCAdo ConCorrente dias milhares de cliente, se torna um canal de venda GlobAl poderoso. Podemos dizer que isto não ocorre nas corretoras de seguros, visto que muitos corretores vão Em relação ao Mercado de Concorrentes Globais de até os seus clientes ou resolvem por e-mail ou telefone Corretores de Seguros, há muitas poucas informações suas negociações. sobre a amplitude comercial, pois este é um mercado Outra desvantagem das corretoras em relação no qual os dados dos corretores se chocam com os aos bancos é que estes têm uma comunicação muito dados das seguradoras, ambos se complementam. intensiva. Por serem maiores e por ter maior poder Sendo assim, a maioria das pesquisas que são econômico, suas campanhas são feitas o ano todo, e elaboradas pelos órgãos competentes nessa área são muitas das suas ações são voltadas para a venda de respectivamente sobre seguros e as seguradoras, e são seguros. Com isto, os clientes das agências bancárias nessas pesquisas que o corretor se informa para ter têm, a todo o momento, informações e acesso aos tipos uma projeção de mercado. e vantagens de seguros. Os bancos são as próprias seguradoras, são eles 1.1 - Tamanho do mercado que determinam os preços dos seguros. Dentro destes bancos, existe um profissional que se chama Atuários, 1.1.2 - Bancos seguradores x responsável por calcular o valor dos seguros baseado Corretores de Seguros nas estatísticas e riscos dos sinistros. O mercado de vendas de seguros é um mercado As barreiras de entrada nesse setor são altas, extenso, pois se pode efetuar a venda dos serviços visto que além da prova de credenciamento ao SUSEP, de seguros através de empresas corretores, que são que exige um ano de curso intensivo, o corretor de os elos entre a seguradora e o cliente, ou através da seguros precisa conquistar um bom relacionamento própria seguradora, em casos de ser um banco como, e a confiança de seus clientes e das seguradoras com por exemplo, o ITAÚ e o Bradesco. Assim, muitas as quais vai trabalhar. O investimento é baixo, pois vezes, a própria fornecedora de um corretor poderá ser o profissional pode exercer a função até mesmo em um concorrente em potencial, ampliando ainda mais o sua residência, atuando como elo de ligação entre as tamanho do mercado de vendas de seguros privados. seguradoras e os segurados. Quanto às barreiras de As negociações de seguros, há dez anos atrás, eram saída, estas são baixas, e a responsabilidade sobre as feitas 80% em bancos e 20% em corretoras. Hoje o apólices de seguros é da seguradora. E se o corretor quadro está invertido: somente 20% das negociações decidir sair do setor, pode vender ou transferir suas ocorrem em bancos e 80% em corretoras. apólices para outra empresa. Os bancos possuem uma série de vantagens no Há, porém, algumas vantagem do corretor de aspecto distribuição. Eles estão distribuídos por todo seguros sobre o gerente do banco que devem ser o Brasil. A agência bancária, por receber todos os ressaltadas para o consumidor desse produto no Mercado Global Concorrente 53
  • 53. momento de escolher onde comprar. O corretor de atividade, armada ou desarmada, necessita ter compe- seguros é um profissional especializado na área tência técnica e habilitação legal, comprovada através e irá trabalhar para o benefício no segurado, ao de documentos como: contrário do gerente, que trabalha para o banco e tem CertifiCAdo de seGurAnÇA – emitido pelo conhecimentos sobre aquele setor. Veja o comparativo Departamento de Polícia Federal, certificando que a no quadro abaixo: empresa foi fiscalizada e está em condições técnicas de prestar serviços. Corretor de Seguro x Gerente de Banco AutoriZAÇão de funCionAmento – emi- O Corretor é O gerente é profissional tida pelo Ministério da Justiça, com publicação no Profissional de Seguros de Banco D.O.U. (Diário Oficial da União), permitindo que a em- Trabalha para o presa possa atuar nesse segmento econômico. Trabalha para o banco segurado Esse não é um concorrente tão expressivo como É um técnico Não é técnico no os bancos, mas não deixa de ser um empecilho que especializado assunto pode abaixar a margem de cartela de clientes de uma Fonte: www.nevescorretora.com.br corretora de seguros. 1.1.3 – Empresas de Segurança x 1.1.4 – Corretores de destaque: Corretores de Seguros As informações sobre as corretoras de seguros bra- Outro setor de serviço que não deixa de ser um sileiras são mais restritas. Ou seja, a falta da obriga- concorrente dos corretores de seguro são as empre- toriedade oficial na divulgação públicas dos dados faz sas de segurança. Estas prestam serviços de vigilância com que os números sejam obtidos de forma parcial. residencial, comercial e empresarial, escolta de car- Fazendo uma análise dos corretores no Brasil, se- gas, transporte e/ou pessoa física, etc. Desse modo, ao gundo a FENACOR (Federação Nacional dos Correto- prestar seus serviços de segurança aos consumidores, res de Seguros Privados), o país conta com um montan- os mesmos se sentem seguros e não sentem a necessi- te de 65.167 corretores ativos, entre esses estão corre- dades de comprar uma apólice para sua casa, empresa tores registrados em pessoas jurídica e pessoa física. ou transporte. E um dado de 2003 mostra, em termos de cor- Essas empresas de segurança também se- retoras internacionais atuantes no Brasil, que existem guem um rígido sistema de regularização, onde todo vários exemplos de sucesso, conforme mencionado na o serviço de vigilância/segurança, seja ele prestado em tabela 1, com algumas características gerais destas Indústrias, Comércio, Residências, Condomínios, Even- companhias. Isso nos mostra quanto expansivo é o tos, etc., deve ser efetuado por uma empresa regula- mercado de corretores. rizada e apta tecnicamente a atuar na atividade. Pois Já no Brasil, que engloba um montante de mais de uma empresa de segurança privada, para exercer sua 60.000 corretores de seguros, na tabela 2, temos os da- Mercado Global Concorrente 54
  • 54. Tabela 1 – Amostra - Corretoras Internacionais Tabela 2 – Corretoras de Seguros Bancárias - Dados 2003 - R$ milhões dos individuais de algumas corretoras que se destacam. Os números desta amostra específica mostram Sobretudo essas empresas estão ligadas ao setor bancá- que, de um modo geral, as margens de rentabilidade rio, onde a quantidade de informações contábeis é maior. deste tipo de companhia são excelentes. Este fato é Mercado Global Concorrente 55
  • 55. similar ao ocorrido com as empresas seguradoras com respectivamente acréscimos no valor de seu prêmio. a mesma origem de capital. 3.1 – Tecnologia A tecnologia é outra ferramenta indispensável para a 2.1 - Tendências: produtividade, pois ela facilita o fluxo de informação den- O mercado de corretagem é um mercado que, em tro da empresa e entre a empresa, cliente e fornecedor. As relação ao número de corretores, sofre um decréscimo, empresas que já têm implantadas ferramentas tecnológi- pois segundo o FENACOR, houve uma queda de 14% cas fora de obsolescência têm muito a ganhar. dos corretores ativos no período entre 31/12/2005 a Uma tecnologia muito utilizada pelas corretoras são 31/12/2006. Por mais que esse seja um mercado que ofe- softwares especializados em banco de dados. É através rece alta rentabilidade para as empresas (um consumo desses que a empresas vão quantificar o numero de clien- crescente de serviços de seguros, principalmente ligados tes, quem são, quais produtos consomem e como se por- à vida), muitos corretores fecham por causa da cartela de tam diante tais serviços. Um exemplo é o software COL clientes que estão migrando para grandes corretores, que (Corretora On-line) que, segundo a empresa Sistemas oferecem valores agregados aos serviços. Seguros (http://www.corretor-online.com.br/col.asp), é o Assim, nesse momento, está ocorrendo uma procura mais recente e moderno sistema de gerenciamento para cada vez maior pelos diferenciais que as corretoras po- corretoras de seguros. Este software foi desenvolvido dem oferecer para facilitar a vida do consumidor, e essa com o que existe de mais moderno em tecnologia e foi nova mudança, apesar de lenta, faz com que muitas cor- criado a partir da experiência adquirida em todos os seus retoras de pequeno porte não sobrevivam às mudanças antecessores. Este sistema contou com a participação de impostas pelo mercado. 10 grandes corretoras do mercado, que foram utilizadas como modelo para sua análise e desenvolvimento. 2.1.1 – Diferenciais de Mercado: Outro exemplo de software fornecido pela mesma Como há no mercado uma mudança crescente de ati- empresa é MultiProdutos que é desenvolvido com o tude por parte dos consumidores, muitos corretores lançam objetivo de criar, manter, adaptar-se e integrar-se a to- diferenciais ligados aos seguros. Como por exemplo, ao se- dos os produtos de seguro existentes no mercado, seja guro de automóvel, as corretoras costumam correr atrás de através de parametrizações, ou através do acionamento parcerias com outras empresas para manutenções, limpe- de mecanismos externos fornecidos por Seguradoras, zas, troca grátis de equipamentos, etc. Em relação a Sinis- permitindo multicalcular e comparar produtos, preços e tro (acidentes), muitas empresas fazem um reembolso de serviços, além de automatizar centrais de atendimento franquia, o qual agiliza o processo de reintegração veicular, e pontos de venda. e algumas empresas até oferecem o carro reserva. Por todo o país, as grandes corretoras se utilizam des- Esses diferenciais dão destaque aos corretores, ge- sas tecnologias por entender que são uma maneira de agili- ram um aumento em sua cartela de cliente propiciando zar seu atendimento e aumentar a eficácia de seus serviços. Mercado Global Concorrente 56
  • 56. mercado específico
  • 57. merCAdo esPeCÍfiCo para conquistar consumidores. Isso pode significar uma estagnação no ciclo de vida das empresas. Tamanho do mercado Segundo a FENACOR (Federação Nacional Investimentos, tecnologia e comunicação dos Corretores de Seguros), Uberlândia conta com As empresas investem muito em atendimento, 83 corretoras de seguros ativas. O faturamento nas aspecto percebido pelos proprietários das empresas vendas de seguros, na cidade, chega a uma média de como marcante e responsável pela boa imagem da R$ 176.800.000,00 anuais (cento e setenta e seis corretora no município. Em segundo lugar, vêm os milhões e oitocentos mil reais). investimentos em pessoal, salientando a importância E de acordo Pesquisa de Concorrentes Específicos das relações pessoais no mercado, fator esse responsável aplicada, a maioria das empresas (78%) tem um faturamento pela contratação de apólices em grande número das inferior a R$ 1.000.000,00 (um milhão) anual, o restante empresas do setor. se divide entre R$ 1.000.000,01 a R$ 20.000.000,01, Por esse mesmo motivo, investir em comunicação valor dividido quase que igualmente a cada mês. não é um hábito, já que apenas metade das empresas Essas corretoras estão, em sua maioria, há costuma anunciar, com pouca ou nenhuma regularidade. aproximadamente 4 anos no mercado. Uma pequena Preferem acreditar no boca-a-boca e na rede de parcela, no entanto, está atuando há mais de 15 anos. relacionamentos dos seus corretores. Em Uberlândia, as corretoras são empresas de pequeno O investimento em tecnologia é ainda mais baixo: porte, com até 10 funcionários. apenas 2% das corretoras trabalha com softwares específicos. Tendências Segundo as pesquisa junto as corretoras da cidade, Produtos e Benefícios sabe-se que o mercado corretor de Uberlândia tende a As seguradoras da cidade de Uberlândia possuem um crescimento no faturamento bruto de seguros em um mix de produto básico. Todas oferecem mais de um torno de 5% em relação ao ano de 2006. tipo de seguro e atuam no segmento de automóveis e O crescimento do setor é alavancado principalmente de vida. A grande maioria possui ainda seguros para pela estabilidade financeira e pela crescente violência residência, autos e frotas de empresas, vida em grupo urbana, além dos fatores naturais, como as chuvas dos e previdência privada. últimos anos, que deixam a população em alerta. O Como campeão de vendas está o seguro de auto, desejo de manter seus bens e estar tranqüilo levaria, seguido pelo seguro de residência, de vida e de auto e então, ao aumento do faturamento do setor. frota para empresas. No entanto, a concorrência não apresenta Como principais benefícios a serem oferecidos ao investimentos significativos prospecção de clientes, cliente, as concorrentes da Romap Seguros apresentam contando com o bom relacionamento dos seus corretores os programas de relacionamento, as parcerias com Mercado Específico 58
  • 58. concessionárias e oficinas mecânicas e os programas A razão de compra desse público é o desejo de de fidelidade. segurança e de tranqüilidade em qualquer situação, e a escolha da empresa é motivada pelos benefícios O consumidor e seus hábitos e diferenciais que ela oferece, seguido pelo bom A cidade de Uberlândia possui 608.369 habitantes, atendimento. Em primeiro lugar, adquirem seguro de de acordo com estimativa do IBGE no ano de 2007. auto, seguido pelo seguro de residência e, em terceiro Com idade entre 18 e 60 anos, potenciais consumidores lugar, o seguro de vida. de seguros, são 303.996 pessoas. Nesse número estão incluídas classes de A a E. Cinco por cento da população Influências pertence à classe A, 19% à classe B, 40% à classe C, As empresas de Uberlândia seguem a tendência 34% à classe D e 2% à classe E. Seguindo o cálculo, nacional, no que tange à influência dos aspectos o mercado potencial de consumidores de seguros de culturais: os seguros de bens são os principais produtos Uberlândia é composto por 297.916 indivíduos. vendidos, enquanto aqueles chamados de benefícios Os consumidores dos concorrentes deste mercado (vida, saúde e previdência privada) ficam em segundo são em sua maioria do sexo masculino, e estão situados plano. O inverso dessa situação é observado em países de na Classe B (45%); Classe C (30%); Classe A (13%) primeiro mundo, onde a preocupação com o bem estar é e Classe D (13%). A maioria desta clientela (68%) maior do que a preocupação com as propriedades. está na faixa etária de 36 a 45 anos. Mercado Específico 59
  • 59. Comparativo de Concorrência
  • 60. ComPArAtiVo de ConCorrênCiA Corretora e Bradesco Seguros, estando essa no comparativo de concorrência devido a uma De acordo com pesquisa realizada pelo grupo, disfunção na percepção do consumidor, que as principais concorrentes da Romap Seguros na não soube diferenciar uma corretora de uma cidade de Uberlândia são: UAI Brasil, Tranqüiliza seguradora. Segue um quadro comparativo entre as duas corretoras e a Romap Seguros: AsPeCtos romAP seGuros trAnQüiliZA CorretorA uAi brAsil Tempo de Mercado 19 anos 17 anos 15 anos Número de 62 10 30 funcionários Menos de R$ 1.000.000, Faturamento anual R$ 23.000.000,00 R$ 12.000.000,00 00 Clientes – Classe AeB BeC AeB social Clientes – Idade De 31 a 40 anos De 26 a 30 anos De 41 a 45 anos Característica forte Benefícios Preço Atendimento Sim, durante o ano Comunicação Sim, raramente Sim, de ano em ano todo Auto, Vida, Residência, Saúde, Previdência Auto, Vida, Privada, Saúde em Residência, Saúde, grupo, Previdência Previdência Privada, em grupo, Vida em Auto, Vida, Residência, Odontológico, Saúde grupo, Auto e frota para Saúde, Saúde em em grupo, Previdência Produtos empresas, Patrimônio grupo, Previdência em em grupo, Vida em da empresa, Carga, grupo, Auto e frota para grupo, Auto e frota Transportes e tem empresas, Vida em grupo. para empresas, condições de criar Patrimônio da seguros de acordo empresa. com a necessidade do cliente. Auto, Vida e Auto, Residência, Auto e Auto, Residência, Auto Principais produtos Residência. frota para empresas. e frota para empresas. Comparativo de Concorrência 61
  • 61. trAnQüiliZA CorretorA uAi brAsil: de seGuros: A UAI Brasil atua a quinze anos no mercado. Atua no mercado corretor desde 1990, Não possui filial. Possui um total de 30 corretores portanto há dezessete anos. Não possui filial. que atendem aproximadamente 7.200 clientes, Conta com dez corretores que atendem seus que contabilizam 8.400 apólices de seguro de clientes à medida que são prospectados. automóveis e 200 apólices de vida. Possui aproximadamente 4.000 clientes, que Aempresa não planeja suas ações publicitárias contabilizam 45 apólices de vida, 3.000 de nem campanhas, e a peça que desenvolve é automóveis e cinco apólices de seguros de o calendário de folhinha uma vez ao ano. O transporte (carga). produto que a UAI Brasil trabalha é oferecido e A corretora não trabalha com nenhuma desenvolvido pelas seguradoras, semelhante ou agência de comunicação e desenvolve às vezes até o mesmo que a ROMAP oferece. calendários uma vez ao ano, diretamente com O preço também é definido pela seguradora, as gráficas, e brindes quatro vezes ao ano, que sendo que a corretora define o preço final, são negociados diretamente com o fornecedor. considerando a variação de comissão que ela Já fez também comerciais em TV, mas devido ao pode por sobre a venda, que é de 5% a 25% e baixo retorno não anunciou mais nessa mídia. que define o valor final da apólice. A empresa preza pelo bom atendimento, pois acredita na eficácia da comunicação “boca-a- brAdesCo seGuros: boca”. Possui um site, voltado para atender seus clientes ou público consumidor em geral, permite A empresa entrou no comparativo pelo fato acessar orçamentos on line, detalhar os seguros de a população desconhecer a diferença entre que comercializa, além de disponibilizar links seguradora e corretora. Essa confusão pode para acesso aos sites de órgãos governamentais facilitar o comércio para bancos que agem de má ligados ao mercado segurador. fé, o que não é o casso do Bradesco. O banco O produto que a Tranqüiliza trabalha é contrata funcionários devidamente licenciados oferecido e desenvolvido pelas seguradoras, para serem corretores pelos órgãos de fiscalização, semelhante ou às vezes até o mesmo que a que trabalham dentro do banco negociando Romap oferece.O preço também é definido pela seguros. Os corretores são autorizados. seguradora, sendo que a corretora define o preço Isso torna o banco um concorrente em final, considerando a variação de comissão que potencial, pois o número de pessoas que ela pode por sobre a venda, que é de 5% a 25% freqüentam a instituição diariamente é grande, e que define o valor final da apólice. facilitando a abordagem e o fluxo de informação Comparativo de Concorrência 62
  • 62. entre cliente e vendedor de seguros. O mesmo a divulgação de seus serviços. Isso aumenta não ocorre nas corretoras, onde a maioria das a visibilidade do banco como um fornecedor e visitas é agendada. vendedor do serviço de seguros. Mesmo tendo Outro fator que beneficia os bancos é a forte grande foco na sua comunicação, uma corretora comunicação, já que ele dispõe de verba para não alcança a mesma visibilidade do banco. Comparativo de Concorrência 63
  • 63. Pesquisa de Concorrência
  • 64. metodoloGiA recem aos seus clientes PesQuisA de ConCorrênCiA • Identificar o público alvo das empresas concor- rentes, seu perfil e seus hábitos de consumo Definição do problema: • Descobrir se a empresa trabalha com automati- A Romap Seguros não tem informações de quem zação e tecnologia são seus principais concorrentes diretos. A empresa • Identificar quais são os produtos mais vendidos está em primeiro lugar, e em seguida vêm várias outras pela corretora corretoras numa massa amorfa, sem definição de lugares e de lembrança na mente do consumidor. Tipo de pesquisa: Em Uberlândia existem mais de 80 corretoras Pesquisa de concorrência de seguro – pessoas jurídicas – em atividade, e sobre eles não se tem informação de funcionamento, do que Método de pesquisa: oferecem ao cliente e de como conquistam seu público. Pesquisa quantitativa A fim de elaborar uma boa campanha, precisamos desses dados, de forma a encontrar a melhor solução Método de coleta de dados: para a comunicação da Romap. Inquérito pessoal através de questionário semi- estruturado Objetivo primário: Buscar informações sobre as empresas concorrentes Universo da pesquisa: da Romap Seguros na cidade de Uberlândia. Corretoras de seguros de uberlândia Objetivos secundários: Quantidade de entrevistas: • Identificar o tamanho das empresas, incluindo o 40 tempo de mercado e a quantidade de funcionários • Identificar as tendências dessas empresas, in- Amostragem: cluindo seu faturamento 40 empresas listadas no catálogo telefônico de • Identificar os diferenciais que as empresas ofe- uberlândia, que concorrem com a romap seguros. Pesquisa de Concorrência 65
  • 65. Questionário: ( ) mais de 15 anos Empresa: Endereço: Telefone: 5. O faturamento bruto anual da empresa no ano 1. A empresa possui banco de dados dos clientes? passado esteve entre: ( ) Sim ( ) Não ( ) menos de R$ 1.000.000,00 ( ) de R$ 1.000.000,00 a R$ 5.000.000,00 2. Você acredita que a sua empresa é percebida pelo ( ) de R$ 5.000.000,00 a R$ 10.000.000,00 mercado como: ( ) de R$ 10.000.000,00 a R$ 15.000.000,00 ( ) Uma empresa com atendimento qualificado ( ) de R$ 15.000.000,00 a R$ 20.000.000,00 ( ) Uma empresa com qualidade na prestação ( ) acima de R$ 20.000.000,00 dos serviços ( ) Uma empresa que oferece mais benefícios ao 6. Qual o faturamento da empresa nos meses de: cliente Junho ( ) Uma empresa que oferece preços baixos ( ) menos de R$ 80.000,00 ( ) Outro. Qual? _________________________ ( ) de R$ 80.000,00 a R$ 400.000,00 ( ) de R$ 400.000,00 a R$ 800.000,00 3. Qual é a característica mais marcante da sua em- ( ) de R$ 800.000,00 a R$ 1.250.000,00 presa no mercado? ( ) de R$ 1.250.000,00 a R$ 1.600.000,00 ( ) Atendimento ( ) acima de R$ 1.600.000,00 ( ) Benefícios Julho ( ) Preço ( ) menos de R$ 80.000,00 ( ) Rapidez no socorro ( ) de R$ 80.000,00 a R$ 400.000,00 ( ) Serviços extra prestados ao cliente ( ) de R$ 400.000,00 a R$ 800.000,00 ( ) Outro. Qual? _________________________ ( ) de R$ 800.000,00 a R$ 1.250.000,00 ( ) de R$ 1.250.000,00 a R$ 1.600.000,00 4. Há quanto tempo a empresa está no mercado? ( ) acima de R$ 1.600.000,00 ( ) até 6 meses ( ) Agosto de 6 meses a 1 ano ( ) menos de R$ 80.000,00 ( ) de 1 a 2 anos ( ) ( ) de R$ 80.000,00 a R$ 400.000,00 de 2 a 4 anos ( ) de R$ 400.000,00 a R$ 800.000,00 ( ) de 4 a 6 anos ( ) ( ) de R$ 800.000,00 a R$ 1.250.000,00 de 6 a 8 anos ( ) de R$ 1.250.000,00 a R$ 1.600.000,00 ( ) de 8 a 10 anos ( ) ( ) acima de R$ 1.600.000,00 de 10 a 15 anos Pesquisa de Concorrência 66
  • 66. 7. Quantos funcionários existem na empresa? Benefícios ( ) até 10 ( ) de 10 a ( ) Preço ( ) Rapi- 20 dez no socorro ( ) de 20 a 30 ( ) ( ) Serviços extra prestados de 30 a 40 ao cliente ( ) de 40 a 50 ( ) ( ) Outro. Qual? acima de 50 ______________________ 8. Você faz campanhas publicitárias? ( ) Sim ( ) Não 12. em que a sua empresa mais investe? ( ) Comunicação ( ) 9. Com que freqüência você anuncia? Pessoal ( ) Todo mês ( ) ( ) Tecnologia ( ) de 2 em 2 meses Atendimento ( ) de 3 em 3 meses ( ) ( ) Estrutura física de 6 em 6 meses ( ) Outro. Qual? ( ) de ano em ano ( ) ______________________ sem regularidade ( ) raramente 13. Sua empresa utiliza tecnologia (softwares, equi- determinada pamentos) específica para o ramo de seguros? ( ) Sim ( ) Não 10. Qual a mídia mais utilizada na comunicação da Se sim, qual: _________________________ sua empresa? 14. Quais diferenciais sua empresa oferece para os ( ) Tevê ( ) Rádio clientes? ( ) Internet ( ) Mala- ( ) Estacionamento grátis direta ( ) Parceria com concessio- ( ) Revista ( ) Jornal nárias ( ) Outdoor ( ) Panfle- ( ) Parceria com oficinas me- tos cânicas ( ) Outro. Qual? ( ) Programa de relaciona- _____________________ mento ( ) Programa de fidelidade 11. Que característica/ produto da sua empresa você ( ) Outro. Qual? destaca na sua comunicação? ________________________ ( ) Atendimento ( ) Pesquisa de Concorrência 67
  • 67. 15. a maioria dos seus clientes pertence à classe: ______________________ ( ) A ( ) B ( ) C ( ) D 19. Quais são os mais vendidos? (Marque três op- ções) 16. a maioria dos seus clientes é do sexo: ( ) Seguro de automóvel ( ) Feminino ( ) Mascu- ( ) Seguro de auto e frotas lino para empresas ( ) Seguro de vida 17. Qual a faixa etária da maioria dos seus consumidores? ( ) Seguro de vida em grupo ( ) de 18 a 25 anos ( ) ( ) Seguro de residência de 26 a 30 anos ( ) Seguro de saúde ( ) de 31 a 35 anos ( ) ( ) Seguro de saúde em gru- de 36 a 40 anos po ( ) de 41 a 45 anos ( ) ( ) Previdência privada de 46 a 50 anos ( ) Previdência em grupo ( ) acima de 51 anos ( ) Plano odontológico ( ) Seguro de patrimônio da 18. Quais dos seguros abaixo são oferecidos na sua empresa corretora? ( ) Outros. Quais? ( ) Seguro de automóvel ______________________ ( ) Seguro de auto e frotas para empresas ( ) Seguro de vida ( ) Seguro de vida em grupo ( ) Seguro de residência ( ) Seguro de saúde ( ) Seguro de saúde em gru- po ( ) Previdência privada ( ) Previdência em grupo ( ) Plano odontológico ( ) Seguro de patrimônio da empresa ( ) Outros. Quais? Pesquisa de Concorrência 68
  • 68. TaBulaÇÃo - peSQuISa CoNCorreNTe s? 2.Como sua empresa é percebida pelo mercado? 1.A empesa possui banco de dados de cliente • 100% das empresas possuem banco de dados. sim 100% 0% 25% 50% 75% 100% Porcentagem Outro Uma empresa que oferece preços baixos 22,5% Uma empresa que oferece mais benefícios aos clientes Uma empresa com qualidade na prestação de serviços 22,5% Uma empresa com atendimento qualificado 55,0% 10,0% 20,0% 30,0% 40,0% 50,0% Porcentagem • 55% tem a empresa percebida como “uma em- • e 22,5% como “uma empresa que oferece preços presa com atendimento diferenciado”; mais baixos”. • 22,5% como “uma empresa com qualidade na prestação de serviços”; Pesquisa de Concorrência 69
  • 69. • 55% tem como característica mais marcante no mercado o atendimento; • 22,5% o preço; • 10% serviços extras prestados ao cliente; • 7,5% rapidez no socorro; • e 5% benefícios. 33% 4.Há quanto tempo está no mercado? mais de 15 anos • 33% das empresas entrevistadas de 10 a 15 anos 23% estão no mercado há mais de 15 anos; de 8 a 10 anos 13% • 25% tem de 4 a 6 anos de mercado; de 6 a 8 anos • 23% de 10 a 15 anos; • 13% de 8 a 10 anos; de 4 a 6 anos 25% • 5% de 1 a 2 anos; de 2 a 4 anos • e 3% de 6 meses a 1 ano. de 1 a 2 anos 5% de 6 meses a 1 ano 3% até 6 meses 0% 10% 20% 30% Porcentagem Pesquisa de Concorrência 70
  • 70. 5.O faturamento bruto anual da empresa no ano passado? acima de R$ 20.000.000,00 de 15.000.000,01 a R$ 20.000,00 3% de R$ 10.000.000,01 a R$ 15.000.000,00 5% de R$ 5.000.000,01 a R$ 10.000.000,00 5% de R$ 1.000.000,01 a R$ 5.000.000,00 10% menos de R$ 1.000.000,00 78% 0% 25% 50% 75% Porcentagem • 78% das empresas tiveram um faturamento bru- • 5% de R$ 10.000.000,01 a R$ 15.000.000,00; to anual em 2006 de menos de R$ 1.000.000,00; • 3% mais de 15.000.000,01 a R$ • 10% de R$ 1.000.000,01 a R$ 5.000.000,00; 20.000.000,00; • 5% de R$ 5.000.000,01 a R$ 10.000.000,00; • e 0% acima de 20.000.000,00. acima de R$ 20.000.000,00 6.Qual faturamento em junho? de 15.000.000,01 a R$ 20.000,00 de R$ 10.000.000,01 a R$ 15.000.000,00 5% de R$ 5.000.000,01 a R$ 10.000.000,00 5% de R$ 1.000.000,01 a R$ 5.000.000,00 20% menos de R$ 1.000.000,00 70% 0% 20% 40% 60% Porcentagem • Em Junho de 2007, 70% das empresas tiveram • 5% de R$ 5.000.000,01 a R$ 10.000.000,00; um faturamento de menos de R$ 1.000.000,00; • e 5% de R$ 10.000.000,01 a R$ 15.000.000,00 • 20% de R$ 1.000.000,01 a R$ 5.000.000,00; Pesquisa de Concorrência 71
  • 71. acima de R$ 20.000.000,00 7.Qual o faturamento em julho? de 15.000.000,01 a R$ 20.000,00 de R$ 10.000.000,01 a R$ 15.000.000,00 2,5% de R$ 5.000.000,01 a R$ 10.000.000,00 2,5% de R$ 1.000.000,01 a R$ 5.000.000,00 20,0% menos de R$ 1.000.000,00 75,0% 0,0% 25,0% 50,0% 75,0% Porcentagem • Em Julho de 2007, 75% das empresas tiveram um • 2,5% de R$ 5.000.000,01 a R$ 10.000.000,00; faturamento de menos de R$ 1.000.000,00; • e 2,5% de R$ 10.000.000,01 a R$ 15.000.000,00 • 20% de R$ 1.000.000,01 a R$ 5.000.000,00; acima de R$ 20.000.000,00 8.Qual faturamento em agosto? de 15.000.000,01 a R$ 20.000,00 de R$ 10.000.000,01 a R$ 15.000.000,00 5,0% de R$ 5.000.000,01 a R$ 10.000.000,00 2,5% de R$ 1.000.000,01 a R$ 5.000.000,00 20,0% menos de R$ 1.000.000,00 72,5% 0,0% 25,0% 50,0% 75,0% Porcentagem • Em Agosto de 2007, 72,5% das empresas tiveram um • 5% de R$ 10.000.000,01 a R$ 15.000.000,00; faturamento de menos de R$ 1.000.000,00; • e 2,5% de R$ 5.000.000,01 a R$ 10.000.000,00 • 20% de R$ 1.000.000,01 a R$ 5.000.000,00; Pesquisa de Concorrência 72
  • 72. • 85% tem mais de 10 funcionários; • 10% de 30 a 40 funcionários; • e 5% de 10 a 20 funcionários. 10.Faz companhas publicitárias? não 50% • 50% fazem campanha publicitária; • 50% não fazem. sim 50% 10% 20% 30% 40% 50% Porcentagem Pesquisa de Concorrência 73
  • 73. 11.Com que frequência você anuncia? Não anuncia 50,0% raramente 2,5% sem regularidade determinada 7,5% de ano em ano 20,0% de 6 em 6 meses 7,5% de 3 em 3 meses 2,5% de 2 em 2 meses 5,0% Todo mês 5,0% 10,0% 20,0% 30,0% 40,0% 50,0% Porcentagem • 50% não anuncia (conforme questão anterior); • 5% de 2 em 2 meses; • 20% anunciam de ano em ano; • 5% todo mês; • 7,5% sem regularidade determinada; • 2,5% de 3 em 3 meses; • 7,5% de 6 em 6 meses; • e 2,5% raramente. 12.Qual mídia utilizada na comunicação da empresa? Outro 7,5% Panfletos 7,5% Outdoor 2,5% Jornal 2,5% Revista 2,5% Mala-direta 12,5% Internet 2,5% Rádio 2,5% Não anuncia ou não respondeu 52,5% Tevê 7,5% 10,0% 20,0% 30,0% 40,0% 50,0% Porcentagem • 52,5% não anunciam ou optaram por não res- • 7,5% panfletos; ponder a questão; • 7,5% outros não mencionados; • 12,5% utilizam a mala direta; • 2,5% para cada uma das mídias a seguir: inter- • 7,5% tevê; net, rádio, revista, jornal e outdoor. Pesquisa de Concorrência 74
  • 74. • 45% optou por não responder; • 37,5% ressaltam na comunicação o atendimento; • 5% rapidez no socorro; • 5% preço; • 2,5% benefícios; • 2,5% serviços extras; • e 2,5% outras características. • 50% investe mais em atendimento; 14.Em que sua empresa mais investe? Outro • 27,5% no pessoal; • 17,5% em tecnologia Estrutura Física 5,0% • e 5% em estrutura física. Atendimento 50,0% Tecnologia 17,5% Pessoal 27,5% Comunicação 10,0% 20,0% 30,0% 40,0% 50,0% Porcentagem Pesquisa de Concorrência 75
  • 75. 15.A empresa utiliza tecnologia específica para ramo? • 95% não utilizam tecnologia especifica para o ramo; • e 5% utilizam. não 95% sim 5% 0% 25% 50% 75% Porcentagem 16.Quais diferenciais oferece para clientes? Não respondeu 7,5% Outro 2,5% Programa de fidelidade 12,5% Programa de relacionamento 55,0% Parceria com oficinas mecânicas 12,5% Parceria com concessionárias 10,0% 10,0% 20,0% 30,0% 40,0% 50,0% Porcentagem • 55% possui programa de relacionamento como • 10% parceria com concessionárias; diferencial oferecido para os clientes; • 7,5% não respondeu; • 12,5% programa de fidelidade; • 2,5% outros diferenciais. • 12,5% parceria com oficina mecânica; Pesquisa de Concorrência 76
  • 76. 17.A maioria dos seus clientes pertence à classe? • 45% tem como maioria dos clientes pertencentes a classe B; D 12,5% • 30% classe C; • 12,5% classe A e também; • e 12,5% classe D. C 30,0% B 45,0% A 12,5% 10,0% 20,0% 30,0% 40,0% Porcentagem 18.A maioria dos seus clientes são do sexo? • 100% das empresas tem como maioria dos clientes pessoas do sexo masculino. Masculino 100% Feminino 0% 25% 50% 75% 100% Porcentagem Pesquisa de Concorrência 77
  • 77. 19.Qual a faixa etária da maioria dos consumidores? • A faixa etária dos clientes que prevalece é de 46 a 50 anos 2,5% de 36 a 40 com 50% das respostas; • 17,5% tem como maioria de 26 a 30 de 41 a 45 anos 17,5% anos; • 17,5% de 41 a 45 anos; • 7,5% de 31 a 35 anos; de 36 a 40 anos 50,0% • 5% de 18 a 25 anos; • e 2,5% de 46 a 50 anos. de 31 a 35 anos 7,5% de 26 a 30 anos 17,5% de 18 a 25 anos 5,0% 10,0% 20,0% 30,0% 40,0% 50,0% Porcentagem • 100% das empresas oferecem seguro de automó- • 67,5% previdência privada; veis e seguro de vida; • 62,5% saúde em grupo; • 92,5% oferecem seguro de residência; • 55% previdência em grupo; • 90% auto e frotas para empresa; • 52,5% seguro de saúde; • 70% seguro de vida em grupo; • e 17,% plano odontológico. • 67,5% patrimônio da empresa; Pesquisa de Concorrência 78
  • 78. 21.Seguros mais vendidos Previdência Privada 5,0% Saúde 5,0% Residência 82,6% Vida em grupo 2,5% Vida 52,5% Auto e frotas para 42,5% empresa Automóvel 100,0% 0,0% 20,0% 40,0% 60,0% 80,0% 100,0% 120,0% • 100% das corretoras que responderam o questio- • 42,5% auto e frotas para empresa; nário tem como um dos seguros mais vendidos o • 5% previdência privada; de automóvel; • 5% seguro de saúde; • 82,6% seguro de residência; • e 2,5% seguro de vida em grupo. • 52,5% seguro de vida; Pesquisa de Concorrência 79
  • 79. Análise - PesQuisA Buscando confirmar essa informação, questiona- de ConCorrênCiA mos qual seria a característica da empresa que seria percebida de forma mais marcante pelo mercado, e a A pesquisa foi realizada com as 40 empresas lis- resposta consolidou a pergunta anterior: os mesmos tadas no catálogo telefônico de Uberlândia, que con- 55% responderam que tal característica seria o aten- correm direta e indiretamente com o nosso cliente. O dimento, ficando desta vez o preço em segundo lugar propósito foi de identificar o tamanho das corretoras, com 22,5% e outros serviços extras prestados ao incluindo o tempo de mercado e a quantidade de fun- cliente pontuaram 10%. cionários, as tendências dessas empresas, perceber os Ao indagarmos em que a empresa mais investe, diferenciais que as empresas oferecem aos seus clien- novamente a opção atendimento foi a mais marcada, tes e também qual o perfil e hábitos dos mesmos. Ain- com 50% das respostas obtidas, seguida do investi- da procurou descobrir se a empresa trabalha com au- mento em pessoal, com 28%. Isso leva a crer que, tomatização/tecnologia e quais são os produtos mais do ponto de vista dos concorrentes do nosso cliente, vendidos pela corretora. o atendimento tem um lugar de destaque no processo Após a tabulação dos resultados obtidos, a primei- de vendas. ra constatação a que chegamos foi que todas, sem exce- Um exemplo disso é que a quase totalidade das ção, possuem bancos de dados dos clientes. empresas entrevistadas (95%) não possui um softwa- No que diz respeito ao tempo de constituição das re específico e nem investe em tecnologia específica empresas, 79% estão há mais de 04 anos no mercado para o ramo, ou seja, não considera isso uma priorida- de seguros, e destas, 33% possuem mais de 15 anos de de para os negócios. atuação no ramo. A informação obtida referente ao faturamento das Com relação ao número de funcionários, 85% empresas ficou assim compilada: 78% dos concorrentes das empresas têm um número de empregados me- tiveram em 2006 um faturamento bruto anual inferior a nor do que 10 pessoas, o que, num primeiro mo- R$ 1.000.000,00, enquanto uma minoria de 8% obteve mento, leva a crer que são empresas de pequeno um faturamento bruto anual no ano passado entre R$ porte. Um número bem menor (10%) possui mais 10.000.000.01 e R$ 20.000.000,00. Com relação ao de 30 funcionários. faturamento nos meses de junho a agosto do mesmo ano, Ao serem inquiridas sobre como a empresa é per- pudemos observar que não há alterações nos faturamen- cebida pelo mercado, os entrevistados apontaram em tos mensais, que se mantêm de forma equivalente. primeiro lugar (55%) que a imagem é de uma empresa As corretoras de seguro também foram indagadas com atendimento diferenciado. As opções “empresa a respeito dos seus hábitos enquanto anunciante. Do com qualidade na prestação de serviços” e “empresa universo dos entrevistados, constatamos que 50% têm que oferece preços mais baixos”, empataram, obtendo o hábito de fazer campanhas publicitárias, enquanto os 22,5% das respostas. outros 50% apostam suas fichas na tradicional propa- Pesquisa de Concorrência 80
  • 80. ganda “boca-a-boca”, na rede de relacionamentos de clientela foram, em ordem decrescente: Classe B seus corretores e na fidelização dos clientes pelo bom (45%); Classe C (30%); Classe A (13%) e Classe D atendimento. (13%). A maioria desta clientela (68%) está na faixa Da quantidade de empresas que anunciam, 20% etária de 36 a 45 anos. realizam comunicação de ano em ano, 8% em um pe- Como diferencial a ser ofertado a esse público, as ríodo de 6 em 6 meses e outros 8% sem uma regula- empresas pesquisadas têm em 1º lugar, um programa ridade definida. de relacionamento (55%), seguido de parcerias com Os veículos utilizados também são bem diversifi- concessionárias e oficinas mecânicas, que juntas so- cados e aparentemente aleatórios. Constatamos que a mam 23% das respostas, e um programa de fidelidade, maioria das empresas que anunciam (27,6%) busca responsável por 13% das respostas fornecidas. comunicar-se com o público alvo por meio da mala-di- Por fim, quanto ao mix de seguros ofertado reta. Em seguida, com 17% das respostas, empataram pelas empresas, foi detectado que todas oferecem as mídias panfletos e anúncios em tevê. A mídia im- mais de um tipo de seguro. A totalidade atua no pressa (jornais e revistas) e os outdoors tiveram 6,4% segmento de seguros para automóveis e de vida, e das respostas obtidas. a grande maioria possui ainda seguros para resi- Também em relação ao conteúdo dos anúncios, per- dência, autos e frotas de empresas, vida em grupo e cebe-se a preocupação das empresas concorrentes em previdência privada. reforçar o bom atendimento como um diferencial. Das Dos seguros disponibilizados pelas corretoras en- empresas que responderam, 38% afirmaram que esta é trevistadas, o de automóveis é o campeão de vendas, a característica que é destacada na comunicação. sendo apontado como tal por 100% dos pesquisa- Obtivemos ainda a informação de que a maioria dos. Em seqüência temos o seguro para residências dos clientes das corretoras de seguro entrevistadas é (82,6%), o seguro de vida (52,5%) e o seguro para do sexo masculino. As classes a que pertencem essa autos e frotas de empresa, com 42,5%. Pesquisa de Concorrência 81
  • 81. ConClusão geralmente uma vez ao ano, usando principalmente a PesQuisA de ConCorrênCiA mala direta. Seu foco é no atendimento, percebido pelo público como diferencial dessas empresas, de acordo A maioria das empresas que concorrem com a com seus proprietários. Romap na cidade de Uberlândia está há mais de 4 anos Outro diferencial oferecido são os programas de no mercado. Uma pequena parcela, no entanto, já atua relacionamento, que existem para manter os clientes a mais de 15 anos. informados e em contato com a corretora. Algumas Grande parte do total de corretoras é composta ainda fazem parcerias que beneficiam seu cliente, com por empresas de pequeno porte, com menos de 10 estacionamentos e oficinas mecânicas, ação que foca funcionários. Seu faturamento, por ano, é inferior a principalmente no seguro de auto. um milhão de reais, distribuídos de maneira uniforme O mix de produtos oferecido pela concorrência não ao longo dos meses, comprovando o fato de não haver é muito variado e inclui, além de automóveis, o seguro sazonalidade nesse mercado. de residência e de vida, sendo que estes mesmos tipos de Os clientes dessas empresas são homens, com idade seguros são os mais vendidos entre as concorrentes. entre 36 e 45 anos, pertencentes à classe B. Ficaram Algumas empresas ainda trabalham com pessoa sabendo da empresa que contrataram principalmente jurídica, oferecendo seguro de frota. Para vender esses através do boca-a-boca e por terem conhecidos ou produtos, apenas 5% lança mão de softwares e tecnologias parentes trabalhando na corretora. específicas para o ramo, estando seus investimentos Apenas metade das empresas anuncia na mídia, voltados para o atendimento e para o pessoal. Pesquisa de Concorrência 82
  • 82. Pesquisa to p o f m i n d
  • 83. metodoloGiA • Identificar o que o público considera importante PesQuisA toP of mind numa empresa de corretagem de seguros Definição do problema: Tipo de pesquisa: A Romap Seguros é uma empresa bastante Pesquisa de Top of Mind e público alvo, incluindo mídia. conhecida em Uberlândia, que está à frente das outras corretoras da cidade e da região, fato que necessita de Método de pesquisa: confirmação e de um dado mais recente. Pesquisa quantitativa A Romap não tem informações sobre mídia e outras preferências do seu público-alvo, fazendo com Método de coleta de dados: que ela distribua a comunicação que não é feita por Inquérito pessoal através de questionário semi- agência de maneira pouco eficiente. estruturado A pesquisa de Top of Mind vem indicar o nível de lembrança que a população de Uberlândia tem da Universo da pesquisa: Romap Seguros hoje e qual a melhor forma de atingir Toda a população de Uberlândia, dividida por locais: essa população a fim de aumentar a lembrança e a • Pratik Center - Terminal Central preferência pela empresa. • Center Shopping • Praia Clube Objetivo primário: • Praça Tubal Vilela Identificar qual é a corretora mais lembrada • Condomínio horizontal – Villagio da Colina pela população no setor de seguros da cidade de • Unitri – Centro Universitário do Triângulo Uberlândia. Quantidade de entrevistas: Objetivos secundários: 350 entrevistas • Investigar hábitos, preferências, motivação e ra- zão de compra do público alvo Amostragem: • Investigar os hábitos de mídia do público-alvo, Homens e mulheres de todas as classes sociais, incluindo meios e veículos de preferência com idade acima de 18 anos. Pesquisa Top of Mind 84
  • 84. Questionário: 6. Qual é o seu tipo de filme preferido? ( ) Ação ( ) Comédia 1. Sexo ( ) Ficção ( ) Terror ( ) Feminino ( ) Romance ( ) Suspense ( ) Masculino ( ) Outro. Qual? _____________________ 2. Idade 7. Você lê jornal? ( ) de 18 a 25 anos ( ) de 26 a 30 anos ( ) Sim ( ) Não ( ) de 31 a 35 anos ( ) de 36 a 40 anos Se sim, responda a próxima pergunta. ( ) de 41 a 45 anos ( ) de 46 a 50 anos Se não, passe para a questão 9. ( ) acima de 51 anos 8. Qual jornal você lê? 3. Qual a sua renda familiar mensal? ( ) Jornal Correio ( ) Gazeta de Uberlândia ( ) até R$ 1.200,00 ( ) Folha de S. Paulo ( ) O Estado de São Paulo ( ) de R$ 1.200,00 a R$ 3.000,00 ( ) Estado de Minas ( ) de R$ 3.000,00 a R$ 4.000,00 ( ) Outro. Qual? ___________________________ ( ) de R$ 4.000,00 a R$ 5.000,00 ( ) de R$ 5.000,00 a R$ 6.000,00 9. Qual canal de televisão você costuma assistir? ( ) de R$ 6.000,00 a R$ 10.000,00 ( ) Globo ( ) Record ( ) de R$ 10.000,00 a R$ 15.000,00 ( ) SBT ( ) Band ( ) de R$ 15.000,00 a R$ 20.000,00 ( ) Canal da gente ( ) Tevê fechada ( ) Outro. Qual? ___________________________ 4. O que você costuma fazer nas horas vagas? ( ) Ler ( ) Cinema 10. Qual é seu tipo de programa preferido? ( ) Ir ao clube ( ) Sair para dançar ( ) Novelas ( ) Jornalístico ( ) Ir ao teatro ( ) Ver televisão ( ) Musicais ( ) Variedades ( ) Ir a bares ( ) Esportivos ( ) Outro. Qual? ___________________________ 5. Qual é o assunto que mais te chama atenção na tevê? ( ) Jornalístico ( ) Artístico 11. Qual revista você costuma ler? ( ) Feminino ( ) Vida de artistas ( ) Dystak’s ( ) Cult ( ) Político ( ) Esportivo ( ) Mercado ( ) Negócios ( ) Economia ( ) Corpo Magazine ( ) Outro. Qual? _____________________ ( ) Outro. Qual? ___________________________ Pesquisa Top of Mind 85
  • 85. 12. Qual a rádio que você mais escuta? 16. Qual/is seguro(s) você tem? (Se necessário, mar- ( ) Rádio Oi ( ) Venenosa FM que mais de uma opção) ( ) Cultura FM ( ) Transamérica FM ( ) Seguro de automóvel ( ) Paranaíba FM ( ) Seguro de vida ( ) Outro. Qual? ___________________________ ( ) Seguro de residência ( ) Seguro de saúde 13. Qual é o meio de comunicação que mais lhe chama ( ) Previdência privada atenção? ( ) Plano odontológico ( ) Tevê ( ) Rádio ( ) Nenhum ( ) Internet ( ) Mala-direta ( ) Outro. Qual? ____________________ ( ) Revista ( ) Jornal ( ) Outdoor ( ) Panfletos 17. O que te levou/levaria a adquirir um seguro? ( ) Outro. Qual? ___________________________ ( ) Garantia de segurança em qualquer ocasião ( ) Corro muitos riscos 14. Qual o primeiro nome de corretora de seguros que ( ) Deixar um patrimônio para a família lhe vem à mente? ( ) Ficar tranqüilo mesmo em situações de risco ( ) Outro. Qual? ____________________ 15. O que é mais importante numa empresa de seguros? ( ) Tradição ( ) Qualidade ( ) Atendimento ( ) Preço ( ) Indicação ( ) Benefícios e diferenciais ( ) Outro. Qual? ___________________________ Pesquisa Top of Mind 86
  • 86. TaBulaÇÃo - peSQuISa Top oF MINd • 55% dos entrevistados são do sexo masculino; • e 45% são do sexo feminino. Feminino 45% 1.Sexo Masculino 55% 10% 20% 30% 40% 50% Porcentagem acima de 51 anos 3% • Dos entrevistados 36% têm entre 18 e 25 anos; de 46 a 50 anos 5% • 20% entre 26 e 30 anos; • 18% entre 31 e 35 anos; de 41 a 45 anos 9% • 9% entre 36 e 40 anos e também 9% entre 41 e 2.Idade de 36 a 40 anos 9% 45 anos; de 31 a 35 anos 18% • 5% entre 46 e 50 anos; de 26 a 30 anos 20% • e 3% tem acima de 51 anos. de 18 a 25 anos 36% 0% 10% 20% 30% Porcentagem • 34% tem renda de R$ 1.200,01 a R$ 3.000,00; acima de R$ 15.000,00 3% 3.Qual a sua renda Familiar mensal? • 24% até R$ 1.200,00, 12% de R$ 3.000,01 a R$ 4.000,00; de R$ 10.000,01 a R$ 15.000,00 3% • 9% de R$ 6.000,01 a R$ 10.000,00; de R$ 6.000,01 a R$ 10.000,00 9% • 8% de R$ 4.000,01 a R$ 5.000,00; de R$ 5.000,01 a R$ 6.000,00 5% • 5% de R$ 5.000,01 a R$ 6.000,00; de R$ 4.000,01 a R$ 5.000,00 8% • 3% de R$ 10.000,01 a R$ 15.000,00; de R$ 3.000,01 a R$ 4.000,00 13% • e 3% acima de R$ 15.000,01. de R$ 1.200,01 a R$ 3.000,00 34% Até R$ 1.200,00 24% 0% 10% 20% 30% Porcentagem Pesquisa Top of Mind 87
  • 87. 4.O que costuma a fazer nas horas vagas? • Nas horas vagas, 24% dos entrevistados vêem televisão; Ir a bares 19% • 20% lêem; Ver televisão 24% • 19% vão a bares; Ir ao teatro 2% • 16% vão ao cinema; Sair para Dançar 8% • 11% freqüentam o clube; Ir ao clube 11% • 8% saem para jantar; • 2% vão ao teatro; Cinema 16% Ler 20% 0% 5% 10% 15% 20% Porcentagem 5.Assunto que mais chama a atenção na TV? Outro 2,3% • 46,6% dos entrevistados responderam que o assun- Economia 3,7% to que mais chama atenção na TV é o jornalístico; Esportivo 11,7% • 15,1% responderam artístico; Político 5,4% • 11,7% esportivo; Vida de artistas 4,6% • 10,6% feminino; Feminino 10,6% • 5,4% político; Artístico 15,1% • 4,6% vida de artistas; Jornalístico 46,6% • 3,7% econômico; 10,0% 20,0% 30,0% 40,0% • e 2,3% responderam outros. Porcentagem Outro 2,6% • 28,9% preferem filmes de ação; 6.Qual é o tipo de filme preferido? Suspense 13,1% • 26,6% filmes de comédia; Romance 14,6% • 14,6% romance; • 13,1% suspense; terror 4,0% • 10,3% ficção; Ficção 10,3% • 4% terror; Comédia 26,6% • e 2,6% responderam outros. ação 28,9% 0,0% 10,0% 20,0% 30,0% Porcentagem Pesquisa Top of Mind 88
  • 88. • 64% lêem algum jornal; • e 36% não lêem jornal. não 36% 7.Você lê jornal? sim 64% 0% 20% 40% 60% Porcentagem • 37% lêem o jornal Correio; Não lê Jornal 36% • 36% não responderam, pois não lêem jornal; Outro 1% 8.Qual jornal você lê? • 15% lêem a Folha de São Paulo; Estado de Minas 5% • 5% Estado de Minas; O Estado de São Paulo 2% • 3% Gazeta Uberlândia; Folha de São Paulo 15% • 2% O Estado de São Paulo; Gazeta Uberlândia 3% • e 1% optou por outros. Jornal Correio 37% 0% 10% 20% 30% Porcentagem 9.Qual canal de televisão costuma a assistir? • 65% assistem Globo; Globo 65% • 17% tevê fechada; Tevê Fechada 17% • 11% Record; Record 11% • 4% SBT; SBT 4% • 2% Band; Band 2% • 1% Canal da Gente. Canal da gente 1% outro 0% 0% 20% 40% 60% Porcentagem Pesquisa Top of Mind 89
  • 89. • 32% dos entrevistados preferem programas jornalísticos; 10.Qual o tipo de programa preferido? Outro 2% • 29% programas de variedades; Esportivos 12% • 17% novelas; • 12% esportivos; Variedades 29% • 8% musicais; Musicais 8% • e 2% preferem outros tipos. Jornalístico 32% Novelas 17% 0% 10% 20% 30% Porcentagem • 35% costumam ler outras revistas (não mencio- Outro 35% nadas na questão); 11.Qual revista costuma a ler? Corpo Magazine 7% • 19% lêem Cult; • 15% Negócios; Negócios 15% • 13% Dystak’s; Mercado 11% • 11% Mercado; • e 7% Corpo Magazine. Cult 19% Dystak´s 13% 0% 10% 20% 30% Porcentagem • 53,1% lêem Veja; Veja 53,1% • 11,2% Exame; Exame 11,2% • 9,2% Época; Época 9,2% • 6,1% outras; Outras Revistas Outro 6,1% • 6,1% Super Interessante; SuperInteressante 6,1% • 4,1% Claudia; Claudia 4,1% • 4,1% Piauí; Piauí 4,1% • 3,1% Caras e Você S/A. Caras 3,1% Você S/A 3,1% 10,0% 20,0% 30,0% 40,0% 50,0% Porcentagem Pesquisa Top of Mind 90
  • 90. Outro 5,4% • Dos entrevistados, 32,9% escutam Rádio OI; 12.Qual rádio escuta mais? • 22,9% Cultura FM; Paranaíba FM 15,4% • 17,1% Transamérica FM; Transamérica FM 17,1% • 15,4% Paranaíba FM; Cultura FM 22,9% • 6,3% Venenosa FM; • e 5,4% outras estações de rádio. Venenosa FM 6,3% Rádio Oi 32,9% na mente? meio de comunicação que mais chama atenção? 0,0% 10,0% 20,0% 30,0% Porcentagem na mente? meio mais chama atenção mais chama atenção? Tevê 35% Revista 19% • O meio de comunicação que mais chama atenção Tevê 35% dos entrevistados é tevê, com 35%; Jornal 14% Revista 19% • depois revista, com 19%; Internet 12% • 14% jornal; que lhe vem comunicação que de comunicação que ? Jornal 14% Outdoor 9% • 12% internet; Internet 12% Rádio 8% Tevê 35% • 9% outdoor; Outdoor 9% Mala-Direta 3% • 8% radio; Revista 19% Rádio 8% • e 3% mala-Direta. 13.Qual o 0% 10% 20% 30% Jornal 14% Mala-Direta 3% Porcentagem 14.Qual primeiro nome delhe vem ra de seguros o meio de 13.Qual o Internet 12% 0% 10% 20% 30% 14.Qual primeiro nome de corretora de seguros que lhe vem Porcentagem Outdoor 9% Não sabe 16,0% Rádio 8% HDI 2,0% • 32,6% recordaram da Romap; UAI Brasil3% 1,7% Mala-Direta Não sabe 16,0% BB Seguros 2,0% 10% • 16% não recordaram de nenhuma; 0% HDI 2,0% 20% 30% 13.Qual Porto Seguro UAI Brasil 5,7% 1,7% Porcentagem • 16% Bradesco Seguros; correto na mente? Sul América BB Seguros 6,3% 2,0% • 15,7% Outros; Tranquiliza 2,0% Porto Seguro 5,7% • 6,3% Sul América; Outros 15,7% Sul América 6,3% • 5,7% Porto Seguro; Bradesco Seguros 16,0% Tranquiliza 2,0% 16,0% • 2% Tranqüiliza; Romap sabe Não 32,6% Outros 15,7% • 2% Banco do Brasil Seguros; iro nome de corretora de seguros que HDI 0,0% 2,0% 10,0% 20,0% 30,0% Bradesco Seguros 16,0% UAI Brasil 1,7% Porcentagem • 2% HDI; Romap 32,6% BB Seguros 0,0% 2,0% 10,0% 20,0% 30,0% • 1,7% UAI Brasil. Porto Seguro 5,7% Porcentagem Sul América 6,3% Tranquiliza 2,0% Outros 15,7% Pesquisa Top of Mind 91 Bradesco Seguros 16,0% Romap 32,6%
  • 91. 15.Importante numa empresa de seguros? Outro 1% • 34% responderam que o mais impor- tante numa empresas de seguros são os Indicação 2% Benefícios e Diferenciais; Benefícios e diferenciais 34% • em seguida, com 26%, Qualidade; Preço 9% • 17% Atendimento; • 11% Tradição; Atendimento 17% • 9% Preço; Qualidade 26% • 2% Indicação; • e 1% outros Tradição 11% 0% 10% 20% 30% Porcentagem 16. Quais seguros têm? • 50,4% tem seguro de automóvel; Plano odontológico 3,7% • 40,9% tem seguro de vida; Nenhum 20,9% • 27,5% possui seguro de saúde; • 20,9% não tem nenhum tipo de seguro; Previdência Privada 9,7% • 16% seguro de residência; Saúde 27,5% • 9,7% tem previdência privada; Residência 16,0% • e 3,7% tem plano odontológico. Vida 40,9% Automóvel 50,4% 0,0% 10,0% 20,0% 30,0% 40,0% 50,0% 60,0% • O que levou a maioria dos entrevis- 17.O que te levou a adquirir um seguro? Outro 0,9% tados a adquirir seguros foi a “Ga- rantia de segurança em qualquer Ficar tranquilo em situações de risco 32,6% situação”, com 57,4%; • depois “Ficar tranqüilo mesmo em Deixa patrimônio para família 6,6% situações de risco”, com 32,6%; • 6,6% “Deixar patrimônio para família”; Corro muitos riscos 2,6% • 2,6% “Corro muitos riscos”; Garantia de segurança em qualquer ocasião 57,4% • e 0,9% outros. 10,0% 20,0% 30,0% 40,0% 50,0% Porcentagem Pesquisa Top of Mind 92
  • 92. Análise Com relação ao assunto que mais chama a PesQuisA de toP of mind atenção na TV, o segmento jornalístico ficou com a preferência de quase metade dos entrevistados Foram aplicados 350 questionários em pontos es- (47%), seguido pelos segmentos de variedades e tratégicos de Uberlândia, como: esportivo que, juntos, somaram 27% das preferên- • Pratik Center - Terminal Central cias dos que participaram da pesquisa. No tocante • Center Shopping ao canal televisivo mais assistido, a maioria assina- • Praia Clube lou a Rede Globo, que obteve 65% das respostas. • Praça Tubal Vilela Com relação ao tipo de filme preferido, as op- • Condomínio horizontal – Villagio da Colina ções obtiveram porcentagem equilibrada de votos, • Unitri – Centro Universitário do Triângulo ficando à frente os de ação, com 29%, e os de A pesquisa teve o objetivo de identificar qual é a comédia, com 27%. corretora de maior lembrança no ramo de seguros da Tratando da mídia impressa, quando pergunta- cidade de Uberlândia, além de investigar hábitos, pre- dos sobre o hábito da leitura de jornal, 64% dos en- ferências, meios e veículos de comunicação de prefe- trevistados informaram que possuem o hábito de ler rência do consumidor de seguros. Do universo total de um ou mais jornais. Desta quantidade, aproximada- questionários aplicados, 55% foram respondidos por mente 60% lêem o Jornal Correio de Uberlândia. homens e 45% por mulheres. Em relação às revistas mais lidas, o questio- Em relação à faixa etária, 74% dos entrevis- nário acabou dividido em 02 perguntas, sendo na tados estão compreendidos entre 18 e 35 anos. Já primeira relacionadas apenas revistas de circu- concernente ao poder de compra, 71% dos que res- lação local e/ou regional, e na segunda pergunta ponderam ao questionário enquadram-se na faixa de abriu-se para as demais revistas de circulação re- até R$ 4.000,00 de renda familiar mensal. gional e/ou nacional. Os meios de comunicação que mais chamam As revistas locais mais lidas são, na ordem, a atenção dos entrevistados é a televisão, que ob- Cult (19%), Negócios (15%) e Dystaks (13%). teve o percentual de 35 pontos, seguida pela mí- Já a liderança do ranking das revistas mais lidas, dia impressa, somando-se jornais e revistas, que englobando as de circulação nacional, ficou com a conseguiu 33% das respostas. A Internet obteve revista Veja, que obteve 53,1% das respostas. 12% das respostas. Também procuramos identificar, na pesqui- A televisão ainda é o hobby da maioria dos sa aplicada, quais seriam as rádios mais ouvidas entrevistados, com 23% das respostas. 20% in- pelos nossos entrevistados. Nesse quesito, cons- formaram que lêem (jornais, revistas, livros,...), tatou-se que a Rádio Oi (33%) e a Cultura FM e 19% informaram que, em suas horas de lazer, (23%) são as duas mais ouvidas, somando mais costumam freqüentar bares. da metade das respostas. Pesquisa Top of Mind 93
  • 93. A parte final do questionário foi reservada à numa empresa de seguros os benefícios e dife- corretora de seguros mais lembrada e sobre a im- renciais oferecidos por ela, além da qualidade do portância que os entrevistados atribuem ao segu- produto e do atendimento, em seguida. ro e os seus critérios de escolha. Com relação ao(s) seguro(s) que os entrevista- Foi constatado que ainda existe uma grande dos possuíam, podendo anotar mais de 01 opção, confusão entre corretoras de seguros e segurado- os mais adquiridos são, em seqüência: automóvel ras. Ainda assim, a Romap foi a corretora mais (50,4%); Vida (40,9%) e Saúde (27,5%). lembrada, com 32,6% das respostas; lembrando Por fim, respondendo sobre o que os levou ou que essa questão foi uma questão aberta, onde levaria a adquirir um seguro, a maioria dos entre- não havia alternativas para serem marcadas. vistados respondeu que foi a garantia de seguran- Pela pesquisa, também constatamos que os ça em qualquer situação, ficando essa opção com entrevistados consideram como mais importante 57% das respostas obtidas. Pesquisa Top of Mind 94
  • 94. CruZAmentos toP of mind As pessoas do sexo masculino lembraram da: • 37,5% Romap • 13,5% não sabe • 12,7% das respostas ficaram divididas entre várias outras corretoras e seguradoras *sendo que nenhuma somava mais de 1 ponto percentual • 10,4% Bradesco Seguros • 6,8% Porto Seguros • 5,7% Sul América • 3,1% Banco do Brasil Seguros • 1,6% HDI • 1,6% Tranqüiliza • 1,6% UAI Brasil Pesquisa Top of Mind 95
  • 95. Idade de 18 a 25 anos: *sendo que nenhuma somava mais de 1 ponto percentual • 26,2% Romap • 4,3% Porto Seguros • 23% não sabe • 2,9% Sul América • 18,12% das respostas ficaram divididas entre várias outras corretoras e seguradoras Idade de 31 a 35 anos: *sendo que nenhuma somava mais de 1 ponto percentual • 35,5% Romap • 13,5% Bradesco Seguros • 19,4% das respostas ficaram divididas entre vá- • 6,3% Porto Seguros rias outras corretoras e seguradoras • 4% Sul América *sendo que nenhuma somava mais de 1 ponto percentual • 4% Banco do Brasil Seguros • 16,1% Bradesco Seguros • 2,4% HDI • 11,3% não sabe • 2,4% UAI Brasil • 8,1% Porto Seguros • 4,8% Sul América Idade de 26 a 30 anos: • 4,8% Tranquiliza • 35,7% Romap • 22,9% não sabe Idade de 36 a 40 anos: • 21,4% Bradesco Seguros • 34,4% Romap • 12,8% das respostas ficaram divididas entre vá- • 18,6% das respostas ficaram divididas entre vá- rias outras corretoras e seguradoras rias outras corretoras e seguradoras Pesquisa Top of Mind 96
  • 96. *sendo que nenhuma somava mais de 1 ponto percentual • 36,8% Romap • 15,6% Bradesco Seguros • 26,3% das respostas ficaram divididas entre vá- • 12,5% Sul América rias outras corretoras e seguradoras • 6,3% não sabe *sendo que nenhuma somava mais de 1 ponto percentual • 6,3% Porto Seguros • 10,5% Porto Seguros • 6,3% Banco do Brasil Seguros • 10,5% Tranqüiliza • 5,3% Bradesco Seguros Idade de 41 a 45 anos: • 5,3% HDI • 36,7% Romap • 5,3% UAI Brasil • 23,3% Bradesco Seguros • 23,3% Sul América Acima de 51 anos: • 6,8% das respostas ficaram divididas entre vá- • 45,5% Romap rias outras corretoras e seguradoras • 18,2% não sabe *sendo que nenhuma somava mais de 1 ponto percentual • 9,1% Bradesco Seguros • 3,3% HDI • 9,1% Sul América • 3,3% Tranqüiliza • 9,1% Tranqüiliza • 3,3% UAI Brasil • 9% das respostas ficaram divididas entre várias outras corretoras e seguradoras Idade de 46 a 50 anos: *sendo que nenhuma somava mais de 1 ponto percentual Pesquisa Top of Mind 97
  • 97. Até r$ 1.200,00: • 8,5% Sul América • 28,9% não sabe • 6,4% Tranqüiliza • 26,5% Bradesco Seguros • 2,1% Porto Seguros • 12% Romap • 11% das respostas ficaram divididas entre vá- De R$ 4.000,01 a R$ 5.000,00: rias outras corretoras e seguradoras • 34,5% Romap *sendo que nenhuma somava mais de 1 ponto percentual • 20,8% das respostas ficaram divididas entre • 7,2% Banco do Brasil Seguros várias outras corretoras e seguradoras *sendo que • 6% Porto Seguro nenhuma somava mais de 1 ponto percentual • 3,6% Sul América • 10,3% não sabe • 2,4% UAI Brasil • 10,3% Bradesco Seguros • 1,2% HDI • 6,9% Porto Seguros • 1,2% Tranquiliza • 6,9% Sul América • 6,9% UAI Brasil De R$ 1.200,01 a R$ 3.000,00: • 3,4% Tranquiliza • 33,9% Romap • 20,3% das respostas ficaram divididas entre vá- De R$ 5.000,01 a R$ 6.000,00: rias outras corretoras e seguradoras • 38,9% Romap *sendo que nenhuma somava mais de 1 ponto percentual • 16,7% Bradesco Seguros • 14,4% Bradesco Seguros • 16,7% Porto Seguros • 12,7% não sabe • 11,1% não sabe • 6,8% Sul América • 11% das respostas ficaram divididas entre vá- • 5,9% Porto Seguros rias outras corretoras e seguradoras • 3,4% HDI *sendo que nenhuma somava mais de 1 ponto percentual • 1,7% Tranqüiliza • 5,6% Banco do Brasil Seguros • 0,8% UAI Brasil De R$ 6.000,01 a R$ 10.000,00: De R$ 3.000,01 a R$ 4.000,00: • 40,6% Romap • 46,8% Romap • 15,7% das respostas ficaram divididas entre vá- • 12,8% não sabe rias outras corretoras e seguradoras • 12,8% das respostas ficaram divididas entre vá- *sendo que nenhuma somava mais de 1 ponto percentual rias outras corretoras e seguradoras • 15,6% Sul América *sendo que nenhuma somava mais de 1 ponto percentual • 12,5% Bradesco Seguros • 10,6% Bradesco Seguros • 6,3% Porto Seguros Pesquisa Top of Mind 98
  • 98. • 3,1% não sabe outras corretoras e seguradoras • 3,1% HDi *sendo que nenhuma somava mais de 1 ponto percentual • 3,1% UAI Brasil De R$ 15.000,01 a R$ 20.000,00: • 58,3% Romap De R$ 10.000,01 a R$ 15.000,00: • 16,7% Bradesco Seguros • 45,5% Romap • 16,7% das respostas ficaram divididas entre vá- • 36,4% não sabe rias outras corretoras e seguradoras • 9,1% HDI *sendo que nenhuma somava mais de 1 ponto percentual • 9% das respostas ficaram divididas entre várias • 8,3% não sabe Gráfico de barras 40 13.Qual o meio de comunicação que mais chama atenção? Tevê Rádio Internet 30 Mala-Direta Revista Jornal Quantidade Outdoor 20 10 0 Até R$ de R$ de R$ de R$ de R$ de R$ de R$ acima de 1.200,00 1.200,01 a 3.000,01 a 4.000,01 a 5.000,01 a 6.000,01 a 10.000,01 a R$ R$ 3.000,00 R$ 4.000,00 R$ 5.000,00 R$ 6.000,00 R$ R$ 15.000,00 10.000,00 15.000,00 3.Qual a sua renda Familiar mensal? Até R$ 1.200,00: De R$ 1.200,01 a R$ 3.000,00: • 43,4% televisão • 30,5% televisão • 20,5% Internet • 20,3% revistas • 13,3% revistas • 18,6% jornal • 8,4% jornal • 11% Internet • 7,2% radio • 11% outdoor • 3,6% mala-direta • 5,9% radio • 3,6% outdoor • 2,5% mala-direta Pesquisa Top of Mind 99
  • 99. De R$ 3.000,01 a R$ 4.000,00: • 5,6% radio • 38,3% televisão • 5,6% jornal • 21,3% revistas • 14,9% outdoor De R$ 6.000,01 a R$ 10.000,00: • 12,8% radio • 28,1% televisão • 6,4% jornal • 25% revistas • 4,3% Internet • 18,8% jornal • 2,1% mala-direta • 12,5% Internet • 12,5% outdoor De R$ 4.000,01 a R$ 5.000,00: • 3,1% mala-direta • 24,1% televisão • 17,2% radio De R$ 10.000,01 a R$ 15.000,00: • 17,2% jornal • 45,5% televisão • 13,8% Internet • 27,3% jornal • 10,3% revistas • 18,2% revistas • 10,3% outdoor • 9,1% radio • 6,9% mala-direta De R$ 15.000,01 a R$ 20.000,00: De R$ 5.000,01 a R$ 6.000,00: • 25% televisão • 25% revistas • 44,4% televisão • 16,7% radio • 22,2% revistas • 16,7% jornal • 11,1% Internet • 8,3% Internet • 11,1% outdoor • 8,3% outdoor Pesquisa Top of Mind 100
  • 100. Gráfico de barras 30 4.O que costuma a fazer nas horas vagas? Ler Cinema Ir ao clube Sair para Dançar 20 Ir ao teatro Ver televisão Recuento Ir a bares 10 0 Até R$ de R$ 1.200 de R$ de R$ de R$ de R$ de R$ de R$ 1.200,00 a R$ 3.000,00 a 4.000,00 a 5.000,00 a 6.000,00 a 10.000,00 a 15.000,00 a 3.000,00 R$ 4.000,00 R$ 5.000,00 R$ 6.000,00 R$ R$ R$ 10.000,00 15.000,00 20.000,00 3.Qual a sua renda Familiar mensal? Até R$ 1.200,00: De R$ 3.000,01 a R$ 4.000,00: • 27,7% assistem televisão • 25,6% vão a bares • 18,1% lêem • 23,3% assistem televisão • 16,9% vão ao clube • 18,6% vão ao cinema • 14,5% saem para dançar • 16,3% lêem • 13,3% vão ao cinema • 14% vão ao clube • 7,2% vão a bares • 2,3% saem para dançar • 1,2% vão ao teatro • 1,2% outros De R$ 4.000,01 a R$ 5.000,00: • 37,9% lêem De R$ 1.200,01 a R$ 3.000,00: • 20,7% vão ao clube • 24,6% assistem televisão • 17,2% vão a bares • 21,2% vão a bares • 13,8% assistem televisão • 19,5% vão ao cinema • 6,9% vão ao cinema • 14,4% lêem • 3,4% saem para dançar • 10,2% saem para dançar • 8% outros De R$ 5.000,01 a R$ 6.000,00: • 5,9% vão ao clube • 33,3% assistem televisão • 3,4% vão ao teatro • 22,2% vão a bares Pesquisa Top of Mind 101
  • 101. • 16,7% lêem De R$ 10.000,01 a R$ 15.000,00: • 11,1% vão ao clube • 36,4% vão a bares • 11,1% saem para dançar • 27,3% assistem televisão • 5,6% vão ao cinema • 18,2% vão ao cinema • 9,1% lêem De R$ 6.000,01 a R$ 10.000,00: • 9,1% vão ao clube • 31,3% lêem • 21,9% vão ao cinema De R$ 15.000,01 a R$ 20.000,00: • 18,8% vão a bares • 41,7% lêem • 15,6% assistem televisão • 25% vão a bares • 9,4% vão ao clube • 16,7% assistem televisão • 3,1% vão ao teatro • 8,3% vão ao cinema • 8,3% vão ao teatro Gráfico de barras 40 10.Qual o tipo de programa preferido? Novelas Jornalístico Musicais 30 Variedades Esportivos Outro Recuento 20 10 0 Até R$ de R$ 1.200 de R$ de R$ de R$ de R$ de R$ de R$ 1.200,00 a R$ 3.000,00 a 4.000,00 a 5.000,00 a 6.000,00 a 10.000,00 a 15.000,00 a 3.000,00 R$ 4.000,00 R$ 5.000,00 R$ 6.000,00 R$ R$ R$ 10.000,00 15.000,00 20.000,00 3.Qual a sua renda Familiar mensal? Até R$ 1.200,00: De R$ 1.200,01 a R$ 3.000,00: • 37,3% programa de variedades • 32,2% jornalístico • 22,9% jornalístico • 28% variedades • 19,3% novelas • 16,9% novelas • 12% esportivos • 11,9% esportivos • 7,2% musicais • 9,3% musicais • 1,2% outros • 1,7% outros Pesquisa Top of Mind 102
  • 102. De R$ 3.000,01 a R$ 4.000,00: De R$ 6.000,01 a R$ 10.000,00: • 30,2% jornalístico • 46,9% jornalístico • 27,9% variedades • 25% variedades • 23,3% novelas • 9,4% novelas • 16,3% esportivos • 9,4% musicais • 2,3% musicais • 6,3% esportivos • 3,1% outros De R$ 4.000,01 a R$ 5.000,00: • 48,3% jornalístico De R$ 10.000,01 a R$ 15.000,00: • 31% variedades • 36,4% variedades • 10,3% musicais • 27,3% jornalístico • 6,9% novelas • 18,2% musicais • 3,4% outros • 18,2% esportivos De R$ 5.000,01 a R$ 6.000,00: De R$ 15.000,01 a R$ 20.000,00: • 33,3% jornalístico • 33,3% novelas • 27,8% novelas • 25% jornalístico • 22,2% esportivos • 16,7% musicais • 5,6% musicais • 16,7% esportivos • 5,6% variedades v8,3% variedades • 5,6% outros AnAlise CruZAmentos dos entrevistados tanto do sexo masculino, com 37,5% PesQuisA de toP of mind do total, quanto do sexo feminino com 26,6%. Notou- se também que a muitas das pessoas não lembravam Na pesquisa Top of mind foram efetuados alguns de nenhuma corretora no momento da entrevista, no cruzamentos a fim de conseguir levantar as informações caso dos homens 13,5% e das mulheres 19%. E outras necessárias para sanar os objetivos propostos na confundiam corretoras com seguradoras. metodologia da pesquisa elaborada. No cruzamento com os entrevistados do sexo O primeiro cruzamento foi entre a questão 1 (sexo masculino Bradesco Seguros, Porto Seguros, Sul do entrevistado) e questão 14 (“Qual primeiro nome de América, Banco do Brasil Seguros e HDI Seguros corretora de seguros que lhe vem a mente?”). Como já ficaram respectivamente com 10,4%, 6,8%, 5,7%, esperado a Romap ficou em primeiro lugar na lembrança 3,1% e 1,6%. Com as pessoas do sexo feminino Pesquisa Top of Mind 103
  • 103. as mesmas seguradoras apareceram ficando com R$ 3.000,01 a R$ 4.000,00 os maiores percentuais respectivamente 22,8%, 4,4%, 7%, 0,6% e 2,5%. de respostas foram da Romap, Bradesco e “não sabe” As outras corretoras, as quais são concorrentes com respectivamente 33,9%, 14,4% e 12,7%, e diretas da Romap, que apareceram nas respostas 46,8%, 10,6% e 12,8%. ficaram com um percentual muito baixo na lembrança De R$ 4.000,01 até R$ 5.000,00 Romap (34,5%), junto aos entrevistados se comparado ao da Romap. empatados Bradesco Seguros e “não sabe” com 10,3% Tranqüiliza com 1,6% (homens) e 2,5% (mulheres), e cada. Com renda entra R$ 5.000,01 e R$ 6.000,00 UAI Brasil com 1,6% (homens) e 1,9% (mulheres) em primeiro lugar no recall fico a Romap novamente Outro cruzamento realizado foi da questão 2 (faixa com um percentual um pouco mais elevado que no etária) com a questão 14. Em todas as faixas etárias a resultado anterior, 38,9%, e outro empate agora entre corretora mais lembrada foi a Romap. duas seguradoras, Bradesco Seguros e Porto Seguros, De 18 a 25 anos Romap ficou com 26,2%, 23% não ambas com 16,7% do total. souberam responder e em seguida veio Bradesco Seguros E entre os entrevistados com a renda mais alta, com 13,5%. Entre 26 e 30 anos 35,7% lembraram da acima de R$ 6.000,01 a Romap foi a mais lembrada Romap, 22,9% não lembraram de nenhuma e 21,4% do com 48,15%, praticamente a metade das respostas. Bradesco Seguros. Na faixa etária seguinte, entre 31 e Cruzamos a questão 3 (renda familiar) com a 35, Romap com 35,5%, Bradesco Seguros com 16,1% questão 13 (Qual o meio de comunicação que mais e não souberam com 11,3%. Entrevistados de 36 a 40 chama atenção?) para verificarmos qual meio de anos responderam mais a Romap com 34,4%, depois comunicação mais adequado para campanhas nas pré- Bradesco Seguros e Sul América com respectivamente determinadas rendas. 15,6% e 12,5%. De 41 a 45 anos a Romap teve 36,7% Com renda até R$ 1.200,00 o que chama mais das respostas totais, e Bradesco Seguros empatou atenção é a televisão (43,4%), depois Internet com Sul América em segundo lugar com 23,3% cada. (20,5%) e revista (13,3%). Entre R$ 1.200,01 até Os respondentes entre 46 e 50 anos lembraram em R$ 3.000,00 novamente a preferência é pela televisão primeiro da Romap (36,8%), Porto Seguros (10,5%) (30,5%), no entanto, com respostas mais equilibradas, e Tranquiliza com o mesmo percentual da anterior. E revista (20,3%) e jornal (18,6%). finalmente, acima de 51 anos, aonde 45,5% lembraram De R$ 3.000,01 até R$ 4.000,00 televisão com da Romap e 18,2% não lembraram de nenhuma. 38,3% e revistas com 21,3%, e em terceiro vem o O terceiro cruzamento realizado para detectar outdoor com 14,9%. qual o perfil do publico que lembra da Romap, foi entre A diferença percentual entre televisão e os outros meios a questão 3 (renda familiar) e a questão 14. diminui. Televisão (24,1%) e em seguida revista (17,2%) Na faixa etária mais baixa (até R$1.200,00) e jornal (17,2%) entre os entrevistados com renda de R$ 28,9% não responderam, 26,5% Bradesco Seguros, e 4.000,01 até R$ 5.000,00. Com renda de R$ 5.000,01 12% Romap. De R$ 1.200,01 até R$ 3.000,00 e de até R$ 6.000,00 novamente em primeiro aparece a Pesquisa Top of Mind 104
  • 104. televisão com quase metade do total de respostas, 44,4%, 23,3% e 18,6%. De R$ 4.000,01 e R$ 5.000,00, lêem e na segunda posição revista com 22,2%. (37,9%), vão ao clube (20,7%) e vão a bares (17,2%). Entrevistados cujo renda familiar fica entre De R$ 5.000,01 até R$ 6.000,00 33,3% assistem R$ 6.000,01 até R$ 10.000,00 ficaram divididos televisão, 22,2% vão a bares e 16,7% lêem. Já na entre televisão e revista, sendo que estas ficaram renda seguinte (de R$ 6.000,01 até R$ 10.000,00) a respectivamente com 28,1% e 25% dos itens preferência é por ler nas horas vagas com 31,3% do assinalados, e em terceiro lugar com 18,8% o jornal. total, 21,9% vão ao cinema e 18,8% vão a bares. De R$ 10.000,01 até R$ 15.000,00 assinalaram Com rendimentos de R$ 10.000,01 até R$ mais televisão com 45,5% do total, depois jornal com 15.000,00 o maior percentual (36,4%) vão a bares, 27,3% e revista com 18,2%. E acima de R$ 15.000,01 (27,3%) assistem televisão e (18,2%) vão ao cinema. responderam televisão (25%), revista (25%), radio Do total de entrevistados, com renda de R$ 15.000,01 (16,7%) e jornal (16,7%). até R$ 20.000,00, 41,7% lêem nas horas vagas, 25% O quinto cruzamento foi entre a questão 3 com a vão a bares e 16,7% assistem televisão. questão 4 (“O que costuma fazer nas horas vagas?”). Por fim foram cruzadas as questões 3 e questão 10, Nas rendas mais baixas a maioria assistem televisão que perguntava qual tipo de programa predileto. Em em horas vagas. Até R$ 1.200,00 responderam: praticamente todas as faixas de renda, menos até R$ assistem televisão (27,7%) e 18,1% lêem, já os 1.200,00 e de R$ 15.000,01 até R$ 20.000,00, que a entrevistados com renda entre R$ 1.200,01 e R$ opção “programas jornalísticos” não foi a com maior 3.000,00 assinalaram: assistem televisão (24,6%), numero de respostas, porém ficou em segundo lugar na vão a bares (21,2%) e vão ao cinema (19,5%). escolha e com um percentual considerado alto: 22,9% Renda variável entre R$ 3.000,01 e R$ 4.000,00 e 25% respectivamente. Outro tipo de programa que tem como primeira opção “ir a bares” com 25,6%, depois foi bastante assinalado ficando como segunda opção “assistir televisão” e “ir ao cinema” com respectivamente varias vezes foram os de variedades. Pesquisa Top of Mind 105
  • 105. ConClusão jornalístico, em primeiro lugar, e de variedade e PesQuisA de toP of mind esportivo em seguida. Quanto a filmes, os mais assistidos são os de ação e comédia. Na cidade de Uberlândia, constatou-se que a Depois da televisão, foram citados como expressivos corretora de seguros mais lembrada, independente de pelo público-alvo a revista e o outdoor. Na parte de sexo, idade ou renda, é a Romap. Outras foram citadas, revista, foram destacadas a Cult, regionalmente, e a com pouca relevância, e notou-se ainda uma confusão Veja, de circulação nacional. Ainda tratando de mídia entre corretoras e seguradoras. impressa, o jornal é um meio importante, tendo o Correio, O público-alvo da Romap que respondeu à pesquisa de Uberlândia, como veículo mais lido. Os entrevistados foi expressivo nesse resultado. Homens (37,5%), com também foram questionados sobre rádio, ficando a Oi idade entre 31 e 45 anos (aproximadamente 35,5%) FM em primeiro lugar e a Cultura FM em segundo. e renda entre 3 e 6 mil reais (aproximadamente 40%) A respeito da compra de seguros, foi detectado posicionaram a corretora como Top of Mind. que o principal motivo que leva ou levaria o público Esse público tem hábitos variados de lazer, a escolher uma empresa para adquirir seu seguro ficando bastante equivalentes as opções “ir a bares”, são os diferenciais e benefícios que a empresa “ler”, “ir ao cinema” e “ver televisão”. Esse meio oferece, seguidos pela qualidade do produto e o bom de comunicação, inclusive, foi considerado o mais atendimento. Aqueles entrevistados que possuem chamativo para campanhas. seguros têm apólices de automóveis, em sua maioria, A emissora de tevê mais assistida é a Rede Globo, de vida e de saúde, e os adquiriram principalmente e os programas de preferência são os de conteúdo para ter garantia de segurança em qualquer situação. Pesquisa Top of Mind 106
  • 106. Pesquisa de Público interno
  • 107. metodoloGiA • Identificar quem são os influenciadores e os de- PesQuisA de PúbliCo interno cisores da compra; • Investigar os hábitos de mídia dos clientes, in- Definição do problema: cluindo meios e veículos de preferência; A Romap Seguros tem poucas informações a • Medir o grau de satisfação do cliente Romap. respeito do perfil dos seus clientes, julgando por isso que seu público interno não pertence a um nicho específico. Tipo de pesquisa: Para localizá-lo melhor num segmento e conhecer suas Pesquisa de público interno preferências, hábitos e tendências, faz-se necessário realizar uma pesquisa junto ao cliente da corretora. Método de pesquisa: Dessa forma, será possível desenvolver uma Pesquisa quantitativa campanha de comunicação que obtenha os resultados desejados. Método de coleta de dados: Inquérito pessoal através de questionário semi- Objetivo primário: estruturado Identificar o perfil dos clientes da Romap Seguros. Universo da pesquisa: Todos os clientes da Romap Seguros. De acordo Objetivos secundários: com o banco de dados da corretora, são 12 mil clientes, • Identificar no público interno da Romap o sexo, incluindo pessoas físicas e pessoas jurídicas. idade, grau de escolaridade e renda familiar; • Investigar hábitos, preferências, motivação e ra- Quantidade de entrevistas: zão de compra dos clientes; 70, entre pessoas físicas clientes da corretora. Pesquisa de Público Interno 108
  • 108. QueSTIoNárIo: 5. o que você costuma fazer nas horas vagas? 1. Sexo ( ) Ler ( ) Cinema ( ) Feminino ( ) Masculino ( ) Ir ao clube ( ) Sair para dançar ( ) Ir ao teatro ( ) Ver televisão 2. Idade ( ) Ir a bares ( ) de 18 a 25 anos ( ) de 26 a 30 anos ( ) de 31 a 35 anos ( ) de 36 a 40 anos 6. Qual é o assunto que mais te chama atenção na ( ) de 41 a 45 anos ( ) de 46 a 50 anos tevê? ( ) acima de 51 anos ( ) Jornalístico ( ) Artístico ( ) Feminino ( ) Vida de artistas 3. Qual é o seu grau de escolaridade? ( ) Político ( ) Esportivo ( ) 1º grau incompleto ( ) Economia ( ) 1º grau completo ( ) Outro. Qual? ___________________________ ( ) 2º grau incompleto ( ) 2º grau completo 7. Qual é o seu tipo de filme preferido? ( ) superior incompleto – parado ( ) Ação ( ) Comédia ( ) superior incompleto – cursando ( ) Ficção ( ) Terror ( ) superior completo ( ) Romance ( ) Suspense ( ) especialização – cursando ( ) Outro. Qual? ___________________________ ( ) especialização completa ( ) mestrado – cursando 8. Você lê jornal? ( ) mestrado completo ( ) Sim ( ) Não ( ) doutorado – cursando Se sim, responda a próxima pergunta. ( ) doutorado completo Se não, passe para a questão 10. 4. Qual a sua renda familiar mensal? 9. Qual jornal você lê? ( ) até R$ 1.200,00 ( ) Jornal Correio ( ) Gazeta de Uberlândia ( ) de R$ 1.200,01 a R$ 3.000,00 ( ) Folha de S. Paulo ( ) O Estado de São Paulo ( ) de R$ 3.000,01 a R$ 4.000,00 ( ) Estado de Minas ( ) Outro. Qual? _______ ( ) de R$ 4.000,01 a R$ 5.000,00 ( ) de R$ 5.000,01 a R$ 6.000,00 10. Qual canal de televisão você costuma assistir? ( ) de R$ 6.000,01 a R$ 10.000,00 ( ) Globo ( ) Record ( ) SBT ( ) de R$ 10.000,01 a R$ 15.000,00 ( ) Band ( ) Canal da gente ( ) Tevê fechada ( ) acima de R$ 15.000,00 ( ) Outro. Qual? ___________________________ Pesquisa de Público Interno 109
  • 109. 11 Qual é seu tipo de programa preferido? ( ) Novelas ( ) Jornalístico ( ) Benefícios e diferenciais ( ) Indicação ( ) Musicais ( ) Variedades ( ) Outro. Qual? ___________________________ ( ) Esportivos ( ) Outro. Qual? ___________________________ 17. Qual/is os produtos você adquiriu na romap? (Se necessário, marque mais de uma opção) 12. Qual revista você costuma ler? ( ) Seguro de automóvel ( ) Dystak’s ( ) Cult ( ) Mercado ( ) Seguro de vida ( ) Negócios ( ) Corpo Magazine ( ) Seguro de residência ( ) Outro. Qual? ___________________________ ( ) Seguro de saúde ( ) Previdência privada 13. Qual a rádio que você mais escuta? ( ) Plano odontológico ( ) Rádio Oi ( ) Venenosa FM ( ) Outro. Qual? ____________________ ( ) Cultura FM ( ) Transamérica FM ( ) Paranaíba FM 18. É a primeira vez que você comprou seguro na romap? ( ) Outro. Qual? ____________________ ( ) Sim ( ) Não Se não, quantas vezes você já renovou seu seguro? 14. Qual é o meio de comunicação que mais lhe cha- ( ) 1 vez ( ) 2 a 3 vezes ma atenção? ( ) 4 a 5 vezes ( ) mais de 5 vezes ( ) Tevê ( ) Rádio ( ) Internet ( ) Mala-direta 19. o que te levou a adquirir um seguro? ( ) Revista ( ) Jornal ( ) Garantia de segurança em qualquer ocasião ( ) Outdoor ( ) Panfletos ( ) Corro muitos riscos ( ) Outro. Qual? ___________________________ ( ) Deixar um patrimônio para a família ( ) Ficar tranqüilo mesmo em situações de risco 15. Como você ficou sabendo da romap Seguros? ( ) Outro. Qual? ____________________ ( ) Propaganda (outdoors, televisão, placas de endereço) 20. Quem são os influenciadores da compra? ( ) Mala direta ( ) Ninguém ( ) Esposa ( ) Indicação de outro cliente Romap ( ) Marido ( ) Filhos ( ) Tem amigos/ parentes trabalhando lá ( ) Amigos ( ) Corretores ( ) Outro. Qual? ____________________ ( ) Outro. Qual? ___________________ 16. por que você comprou seguros na romap Seguros? ( ) Tradição ( ) Qualidade 21. Quem decide a compra? ( ) Atendimento ( ) Preço ( ) Homem ( ) Mulher Pesquisa de Público Interno 110
  • 110. TABULAÇÃO – PESQUISA DE PÚBLICO INTERNO • 60% são do sexo masculino; • e 40% do sexo feminino. Masculino 60% 1.Sexo Feminino 40% 0% 20% 40% 60% Porcentagem acima de 51 anos 20% • 24% tem de 31 a 35 anos; de 46 a 50 anos 9% • 21% de 36 a 40 anos; • 20% acima dos 51 anos; • 11% de 18 a 25 anos; de 41 a 45 anos 4% • 10% de 26 a 30 anos; • 9% de 46 a 50 anos; 2.Idade • e 4% de 41 a 45 anos. de 36 a 40 anos 21% de 31 a 35 anos 24% de 26 a 30 anos 10% de 18 a 25 anos 11% 5% 10% 15% 20% 25% Porcentagem Pesquisa de Público Interno 111
  • 111. especialização completa 7% especialização - cursando 9% 3.Grau de escolaridade? superior completo 50% superior incompleto cursando 7% superior incompleto - parado 7% 2° grau completo 13% 2° grau incompleto 3% mestrado completo 4% 10% 20% 30% 40% 50% Porcentagem • 50% tem superior completo; • 7% superior incompleto cursando; • 13% tem o segundo grau completo; • 7% especialização completa; • 9% cursando especialização; • 4% mestrado completo; • 7% superior incompleto parado; • 3% segundo grau incompleto. acima de 20.000,00 4,3% 4.Qual sua renda familiar mensal? de R$ 15.000,01 a R$ 20.000,00 7,1% de R$ 10.000,01 a R$ 15.000,00 17,1% de R$ 6.000,01 a R$ 10.000,00 20,0% de R$ 5.000,01 a R$ 6.000,00 11,4% de R$ 4.000,01 a R$ 5.000,00 17,1% de R$ 3.000,00 a R$ 4.000,00 22,9% 0,0% 5,0% 10,0% 15,0% 20,0% Porcentagem • 22,9% tem renda de R$ 3.000,01 a • 17,1% de R$ 10.000,01 a R$ 15.000,00; R$ 4.000,00; • 11,4% de R$ 5.000,01 a R$ 6.000,00; • 20% de R$ 6.000,01 a R$ 10.000,00; • 7,1% de R$ 15.000,01 a R$ 20.000,00; • 17,1% de R$ 4.000,01 a R$ 5.000,00; • e 4,3% acima de R$ 20.000,01. Pesquisa de Público Interno 112
  • 112. • 40% dos entrevistados assistem televisão; • 14% vão ao cinema; • 17% vão a bares; • 10% vão ao clube; • 17% lêem; • e 1% sai para dançar. 6.Assunto que mais chama a atenção na TV? Outro Economia 3% Esportivo 24% Político 9% Vida de artístas 7% Feminino 6% Artístico 10% Jornalístico 41% 10% 20% 30% 40% Porcentagem • 41% dos entrevistados responderam que o assunto • 9% político; que mais chama atenção na televisão é jornalístico; • 7% vida de artistas; • 24% esportivo; • 6% feminino; • 10% artístico; • e 3% economia. Pesquisa de Público Interno 113
  • 113. Outro 6% 7.Tipo de filme preferido? Suspense 11% Romance 10% Terror 7% Ficção 6% Comédia 29% Ação 31% 0% 10% 20% 30% Porcentagem • 31% preferem filme de ação; • 7% de terror; • 29% de comédia; • 6% de ficção; • 11% de suspense; • e 6% preferem outros tipos. • 10% de romance; Não 30% 8.Lê Jornal? Sim 70% 0% 20% 40% 60% Porcentagem • 70% lêem jornal; • e 30% não lêem jornal. Pesquisa de Público Interno 114
  • 114. não lê jornal 30% Outros 1% 9.Qual jornal? Estado de Minas 6% O Estado de São Paulo 4% Folha de São Paulo 10% Gazeta de Uberlândia 3% Jornal Correio 46% 10% 20% 30% 40% Porcentagem • 46% lêem Jornal Correio; • 4% O Estado de São Paulo; • 30% não lêem nenhum jornal; • 3% Gazeta de Uberlândia; • 10% lêem Folha de São Paulo; • e 1% outros não mencionados anteriormente. • 6% Estado de Minas; outro Tevê Fechada 16% 10.Qual canal de TV? Canal da gente 3% Band 7% SBT 4% Record 7% Globo 63% 0% 20% 40% 60% Porcentagem • O canal mais assistido pelos entrevistados é a Glo- • 7% Band; bo, com 63%; • 4% SBT; • 16% assistem tevê fechada; • e 3% Canal da Gente. • 7% Record; Pesquisa de Público Interno 115
  • 115. 11.Qual tipo de programa preferido? Outro Esportivos 20% Variedades 24% Musicais Jornalístico 43% Novelas 13% 10% 20% 30% 40% Porcentagem • 43% preferem programas jornalísticos; • 20% esportivos; • 24% variedades; • e 13% novelas. Outro 36% 12.Qual revista costuma ler? Corpo Magazine 1% Negócios 7% Mercado 16% Cult 31% Dystak´s 9% 0% 10% 20% 30% Porcentagem • 36% costumam ler outras revistas não menciona- • 9% Dystak’s; das na pesquisa; • 7% Negócios; • 31% lêem Cult; • e 1% Corpo Magazine. • 16% Mercado; Pesquisa de Público Interno 116
  • 116. • 64% lêem Veja; • 4% Espírita; • 16% Época; • 4% Quatro rodas; • 8% Boa forma; • 4% Info. Outro 3% 13.Qual rádio costuma ler? Paranaíba FM 13% Transamérica FM 26% Cultura FM 31% Venenosa FM 4% Rádio Oi 23% 0% 10% 20% 30% Porcentagem • 31% dos entrevistados costumam ouvir Cultura • 13% Paranaíba FM; FM; • 4% Venenosa FM; • 26% Transamérica FM; • e 3% outra estação de rádio. • 23% Rádio OI; Pesquisa de Público Interno 117
  • 117. 14.Qual meio de comunicação mais chama atenção? Outdoor 9% Jornal 9% Revista 7% Mala-Direta 1% Internet 13% Tevê 61% 0% 20% 40% 60% Porcentagem • 61% são mais atraídos pelo meio de comunicação • 9% Jornal; TV; • 7% revista; • 13% pela Internet; • e 1% mala direta. • 9% outdoor; 15.Como ficou sabendo da Romp Seguros? Outro 1% Tem amigos/parentes trabalhando lá 24% Indicação de outro cliente Romap 49% Mala Direta 6% Propaganda (outdoors, televisão, placas de endereço) 20% 10% 20% 30% 40% 50% Porcentagem • 49% dos entrevistados ficaram sabendo da Ro- • 20% através de propaganda; map através de outros clientes da corretora; • 6% por mala direta; • 24% por possuírem amigos/parentes que traba- • e 1% por outras formas. lham na Romap; Pesquisa de Público Interno 118
  • 118. • 26% dos entrevistados compraram seguros da • 19% pela qualidade; Romap pelos benefícios e diferenciais; • 13% pela tradição; • 20% pelo atendimento; • e 4% pelo preço. • 19% pela indicação; • 97,2% já adquiriram seguro de automóvel na Ro- • 14,3% seguro de vida; map; • 4,3% seguro de saúde; • 24,3% seguro de residência; • e 2,9% previdência privada. Pesquisa de Público Interno 119
  • 119. 18.Primeira vez que adquiriu produtos Romap? não 54% sim 46% 10% 20% 30% 40% 50% Porcentagem • 54% já tinham adquirido produtos da Romap anteriormente; • e para 46% foi a primeira vez. • 46% é a primeira vez que tem seguro da Romap; • 6% renovaram 1 vez; • 26% já renovaram mais de 5 vezes; • e 4% de 4 a 5 vezes. • 19% de 2 a 3 vezes; Pesquisa de Público Interno 120
  • 120. 19.O que levou a adquirir o seguro? Outro Ficar tranquilo em situações de risco 26% Deixa patrimônio para família 1% Corro muitos riscos 13% Garantia de segurança em qualquer ocasião 60% 0% 20% 40% 60% Porcentagem • 60% adquiriram seguro por garantia de seguran- • 13% por correr muitos riscos; ça em qualquer ocasião; • e 1% para deixar patrimônio para a família. • 26% por ficar tranqüilo em situações de risco; 20.Quem são os influênciadores da compra? • 46% dos entrevistados não tiveram influen- outro 10% ciadores de compra; • 23% foram influenciados por amigos; corretores 4% • 10% pela esposa; • 10% por outros não mencionados; • 4% por corretores; amigos 23% • 4% pelo marido; • e 3% pelos filhos. filhos 3% marido 4% esposa 10% ninguém 46% 10% 20% 30% 40% Porcentagem Pesquisa de Público Interno 121
  • 121. • 77% responderam que as compras são decididas pelo homem; • e 23% pela mulher. 21.Quem decide a compra? Mulher 23% Homem 77% 0% 25% 50% 75% Porcentagem Pesquisa de Público Interno 122
  • 122. Análise – PesQuisA políticos, simultaneamente com 10% e 9%. de PúbliCo interno Quanto ao tipo de filme predileto, assistido tanto pela TV quanto pelo Cinema, a maioria ficou com os Para a aplicação deste questionário, selecionamos, filmes de ação, que pontuou 31% das opiniões, seguido de forma aleatória, 70 clientes ativos constantes do dos filmes de comédia, com 29%. banco de dados do nosso cliente. Da parcela que afirmou serem leitores (as); De posse dessa lista, entramos em contato com os 70% informaram que lêem jornais. Desse percentu- mesmos e aplicamos o questionário, para podermos al, quase a metade (46%) prestigiam o jornal Cor- traçar um perfil do cliente Romap, incluindo aí hábitos reio de Uberlândia. de lazer e de mídia, seus motivos de compra, especi- Já no que concerne à parcela que é leitora de revis- ficamente no caso de seguros, e o grau de satisfação tas, tal qual na aplicação aberta, delimitamos as mar- com a corretora. cas das mesmas às revistas de circulação local e/ou Deste universo selecionado, verificamos que a maio- regional, e obtivemos os seguintes resultados: a revista ria dos clientes entrevistados (45%) encontra-se na fai- Cult tem a preferência dos entrevistados, com 31%, xa etária de 31 a 40 anos e outra grande parte (20%) seguida das revistas Mercado (16%) e Dystak’s (9%). está acima de 51 anos, e são do sexo masculino (70%). Ao abrirmos o leque de opções para as revistas com Com relação ao grau de instrução, 60% dos en- circulação nacional, novamente tivemos a Revista Veja trevistados possuem superior completo. A respeito da na liderança, com 64% das opiniões. renda familiar mensal informada na entrevista, mais Fechando a primeira parte da pesquisa, indagamos da metade dos entrevistados (51,4%) possui faixa en- qual seria o meio de comunicação que mais chamaria tre R$ 3.000,00 e R$ 6.000,00. E uma fatia razoável a atenção dos entrevistados. A imensa maioria (61%) (37,1%) está inserta na faixa de renda familiar men- apontou a televisão como o meio que mais chama a sal entre R$ 6.000,01 e R$ 15.000,00. atenção, e para nossa surpresa, apenas 13% apontou a No que diz respeito aos hábitos dos clientes entre- internet como sendo uma mídia atrativa. vistados, 40% têm como principal atividade nas horas As estações de rádio mais ouvidas pelos clientes vagas assistir programas televisivos; 17% costumam que responderam o questionário são: (31%) Cultura ler (jornais e/ou revistas); outros 17% freqüentam ba- FM, (26%) Transamérica FM e (23%) Radio Oi. res e 14% utilizam as horas vagas para ir ao cinema. Porém, a despeito de todas as informações acima, Detalhando a informação dos entrevistados que in- tivemos outra surpresa: ao responderem como ficaram formaram assistir TV em suas horas vagas, a incontestá- sabendo da Romap, os entrevistados informaram que to- vel maioria (63%) assiste aos programas exibidos pela maram conhecimento da mesma ou por indicação de um Rede Globo. No tocante aos assuntos que mais atraem amigo (49%), ou porque têm amigos/parentes que traba- a atenção desses clientes na programação televisiva, so- lham na empresa. Todavia, a propaganda tem uma alta bressaem-se os jornalísticos, com 41%, e os esportivos e contribuição, pontuando 20% das respostas coletadas. Pesquisa de Público Interno 123
  • 123. Os produtos adquiridos pelos clientes entrevistados quiridos produtos do nosso cliente. Desse percentual, uma também se coadunam com os informados na pesquisa parcela significativa (26%) apontou que já renovaram aberta: 97,2% adquiriu seguro de automóvel; 24,3% por mais de 05 vezes o seguro com a corretora, o que adquiriram também um seguro residencial e outros indicia uma relação de fidelidade à marca. Outros 19% 14,3% adquiriram de vida. informaram que já renovaram o seguro de 02 a 03 vezes. A compra dos seguros acima foi motivada, primei- Quanto aos motivos que levaram os entrevistados ramente, pelos benefícios e diferenciais oferecidos por a adquirem seguro, 60% assinalaram que esse foi a nosso cliente (26%), seguidos do bom atendimento garantia de segurança em qualquer situação. (20%) e da qualidade do produto ofertado (19%). Finalmente, 77% dos entrevistados responderam Já a análise que propõe mensurar a fidelidade do que a decisão final da aquisição do seguro recai sobre cliente Romap nos questionários aplicados nos trouxe a o homem. Tal decisão, porém, pode ser influenciada por informação de que 54% dos entrevistados já haviam ad- amigos (23%) e esposa (10%). Pesquisa de Público Interno 124
  • 124. CruZAmentos - PesQuisA de PúbliCo interno Gráfico de barras 12 14.Qual meio de comunicação mais chama atenção? Tevê Internet 10 Mala-Direta Revista Jornal Outdoor 8 Quantidade 6 4 2 0 de 18 a 25 de 26 a 30 de 31 a 35 de 36 a 40 de 41 a 45 de 46 a 50 acima de 51 anos anos anos anos anos anos anos 2.Idade idade de 18 a 25 anos: idade de 36 a 40 anos: 14,3% revista 50% internet 73,3% televisão 7,1% jornal 25% televisão 13,3% revista 12,5% revista 6,7% internet idade de 18 a 25 anos: 12,5% jornal 6,7% outdoor 50% vêem televisão 25% vão ao cinema idade de 26 a 30 anos: idade de 41 a 45 anos: 12,5% lêem 71,4% televisão 66,7% televisão 12,5% vão a bares 14,3% internet 33,3% mala-direta 14,3% outdoor idade de 26 a 30 anos: idade de 46 a 50 anos: 28,6% vão ao cinema idade de 31 a 35 anos: 50% jornal 28,6% vão ao clube 58,8% televisão 33,3% televisão 14,3% saem para dançar 17,6% outdoor 16,7% internet 14,3% assistem televisão 11,8% internet 14,3% vão a bares 11,8% jornal Acima de 51 anos: 78,6% televisão idade de 31 a 35 anos: Pesquisa de Público Interno 125
  • 125. 52,9% assistem televisão 13,3% vão ao cinema 33,3% vão a bares 17,6% vão a bares 6,7% vão ao clube 16,7% vão ao clube 11,8% lêem 16,7% assistem televisão 11,8% vão ao cinema idade de 41 a 45 anos: 5,9% vão ao clube 33,3% lêem Acima de 51 anos: 33,3% vão ao cinema 57,1% assistem televisão idade de 36 a 40 anos: 33,3% vão ao clube 21,4% lêem 33,3% assistem televisão 7,1% vão ao cinema 26,7% vão a bares idade de 46 a 50 anos: 7,1% vão ao clube 20% lêem 33,3% lêem 7,1% vão a bares Análise dos CruZAmentos dA nas horas vagas (52,9%), e a segunda preferência, com PesQuisA de PúbliCo interno 17,6% das respostas dos mesmos, é de ir a bares. Já os que correspondem à faixa etária entre 36 e Na pesquisa realizada com o público interno, ou 40 anos tiveram as respostas mais divididas. 33,3% seja, clientes da Romap, cruzamos a questão 2, que assistem televisão, 26,7% vão a bares e 20% lêem perguntava a idade do entrevistado, com a questão 5, nas horas vagas. a qual confirmava o que o respondente costuma fa- Por fim, os que têm idade acima de 51 anos fica- zer nas horas vagas. Outro cruzamento fundamental ram divididos entre assistir televisão, com 57,1%, e para levantar informações pertinentes é o da questão ler com 21,4% 2 com a questão 14, que confirmava junto aos entre- vistados qual o meio de comunicação mais lhes cha- Cruzamento da questão 2 com a questão 14: ma atenção. Estes cruzamentos tiveram como objeti- 58,8% dos entrevistados entre 31 e 35 anos res- vo descobrir a preferência de hobbies e comunicação ponderam que o meio que mais chama atenção é a te- dos clientes da corretora. levisão, logo em seguida , com 17,6%, o outdoor, e um Em ambos, focaremos nos resultados obtidos do empate de 11,8% para Internet e jornal. No próximo cruzamento realizado com os clientes de 31 a 35 anos intervalo de faixa etária, entra 36 e 40 anos, televisão (24% do total dos entrevistados), de 36 a 40 anos continuou sendo a maioria, com 73,3%, e em segundo, (21% do total), e acima de 51 anos (20% do total), com 13,3%, a revista. pelo simples fato de estes comporem mais da metade Os clientes com idade acima de 51 anos também dos clientes da Romap. afirmaram ser mais atraídos pela televisão como meio de comunicação, só que dessa vez com um percentual ainda Cruzamento da questão 2 com a questão 5: mais expressivo (78,6%). Numa segunda colocação veio Os clientes de 31 a 35 anos preferem ver televisão revista, com 14,3%, e depois jornal com, 7,1%. Pesquisa de Público Interno 126
  • 126. ConClusão pela primeira vez, sendo que grande parte desses já PesQuisA de PúbliCo interno renovaram sua apólice mais de cinco vezes. A decisão de compra fica por conta do homem, que pode ser A maioria dos clientes da Romap é do sexo influenciado pelos amigos e pela esposa. masculino, com idade entre 31 e 40 anos, pertencente Ficaram sabendo da Romap por indicação dos às classes A e B de Uberlândia, com ensino superior amigos, por conhecerem alguém que trabalha na completo e que, nas horas vagas, assiste televisão, lêem, empresa ou pela propaganda que a empresa faz com freqüentam bares e restaurantes e ainda vai ao cinema, freqüência. tendo preferência por filmes de ação e comédia. Na mídia, o que mais lhes chama atenção é a Compraram seguros de auto, seguro residencial e televisão – assistem principalmente à Rede Globo e seguro de vida, tendo como razão de compra o desejo de se interessam por jornalismo, esportes e política. São estarem seguros em qualquer situação. Sua compra foi ainda leitores de jornal, como o Correio, de Uberlândia, motivada pelos diferenciais e benefícios que a Romap e de revistas, sendo a Cult, local, e a Veja, nacional, as oferece, como parcerias, programas de relacionamento, principais. Em menor quantidade, usam a Internet e bônus e outros. alguns ainda ouvem rádio, dando preferência à Cultura Mais da metade dos clientes não está comprando FM, à Transamérica FM e à rádio Oi. Pesquisa de Público Interno 127
  • 127. Planejamento
  • 128. diAGnóstiCo • Mix de produtos variado, que se adequam à ne- cessidade do cliente; Pontos fortes e Oportunidades • Alto interesse no seguro de auto, que gera opor- • Nome forte na cidade, 1º lugar de top of mind; tunidade de venda de outros produtos. • Imagem favorável no mercado de Uberlândia, in- clusive dos seus corretores; Pontos fracos e Ameaças • Investimento em tecnologia, agilizando os pro- • Falta de esclarecimento no fato de ser uma corretora; cessos internos e o atendimento aos clientes; • Posicionamento pouco claro enquanto empresa • Grande número de benefícios e diferenciais; corretora de seguros; • Investimentos freqüentes em comunicação, re- • Falta de alinhamento na comunicação da empresa. sultando mais destaque no mercado; mAtriZ sWot forças fraquezas • Nome forte na cidade; • Falta de esclarecimento no fato de ser uma corretora; • Imagem favorável no mercado de Uberlândia, in- • Posicionamento pouco claro enquanto empresa correto- clusive dos seus corretores; ra de seguros; • Investimento em tecnologia; • Falta de alinhamento na comunicação da empresa. • Grande número de benefícios e diferenciais; • Investimentos freqüentes em comunicação; • Qualidade no atendimento; • Mix de produtos variado, que se adequam à neces- sidade do cliente. oportunidades Ameaças • Alto interesse no seguro de auto, que gera oportu- • Confusão do mercado quanto ao que são corretoras e o nidade de venda de outros produtos; que são seguradoras; • Concorrência menos preparada, com estrutura me- • A cultura não voltada à prevenção, que explica o pouco nor e menos diferenciais pra oferecer. reconhecimento e valor dado ao setor de seguros. Planejamento 129
  • 129. objetiVos de ComuniCAÇão orientAÇão CriAtiVA • Manter o Top of Mind da marca; Transmitir a idéia de que a Romap é uma empresa • Posicionar a marca como corretora de seguros, que oferece a tranqüilidade que seu cliente deseja esclarecendo a diferença entre corretora e se- e que está sempre à disposição, a qualquer hora, guradora; para atender a qualquer eventualidade que o seguro cubra. Serão utilizados elementos de apelo racional metAs de ComuniCAÇão e emocional. Os aspectos racionais ficam por conta da descrição Posicionar a Romap como corretora na cidade de dos produtos e benefícios, enquanto os emocionais Uberlândia no período de um ano; ficam no apelo à sensação de tranqüilidade tanto para o segurado quanto para sua família, bens e futuro. estrAtéGiAs de ComuniCAÇão PúbliCo AlVo Realizar uma campanha institucional de posicionamento da Romap como corretora de seguros, O público da Romap Seguros é composto mostrando os produtos que ela oferece para a pessoa preferencialmente de homens, com idade entre 31 e 40 física e os diferenciais dos produtos. Paralelo a isso, anos, das classes A e B. Têm curso superior completo, alinhar a comunicação que já está na mídia com a gostam de ler e se interessam por jornalismo, esportes campanha que a Geppetto está criando. e política. Nas horas vagas, assistem televisão e freqüentam bares e restaurantes. São homens que PosiCionAmento possuem bens e propriedades, que se preocupam com qualidade e querem sentir-se seguros em qualquer A Romap é a maior corretora de seguros da cidade situação. Os decisores são também os compradores, de Uberlândia e possui, além de uma grande variedade por vezes influenciados pelos amigos ou esposa. de produtos, um grande número de diferenciais e Os seguros mais procurados por esse público são, benefícios. A empresa ainda oferece atendimento na ordem, de auto, de residência e de vida. Os fatores personalizado, com corretores qualificados. que mais os influenciam na hora da compra são os Por isso, ela deve ser percebida no mercado diferenciais e benefícios oferecidos pela empresa e o como uma empresa que leva tranqüilidade aos bom atendimento. Ainda são sensíveis às suas relações seus clientes, graças ao acompanhamento próximo pessoas, já que muitos compram por indicação de do corretor junto ao segurado, à adequação do amigos ou por conhecerem pessoas que trabalham seguro às suas necessidades e às vantagens que ela na empresa. O preço não é um fator importante para oferece. decidir a compra. Planejamento 130
  • 130. Esse público é atingido, principalmente, por beleza no vestir, no falar e em respeitar o outro. Conhecer mídias como a tevê, os impressos (jornal e revista) e e respeitar a história de cada lugar, os personagens e o outdoor. os conflitos de cada época. Com maturidade e cultura, fazer do viver uma arte. Aprecia o valor de tratar as ArQuétiPos pessoas com cortesia e os humildes com distinção. O Equilíbrio Estético cria o clima de naturalidade Instinto de posse e respeitabilidade, propício para estabelecer um Desperta o desejo de adquirir e manter pessoas e relacionamento de cooperação, deixando de lado a coisas sob seus cuidados. Nesse arquétipo a matéria é o competitividade. Os impulsos são equilibrados com caminho mais perto da realização e o melhor caminho a razão. é a fortuna. Tem como maior valor a abundância e gosta de lidar com dinheiro, patrimônio e bens. Nos objetiVos de CriAÇão relacionamentos, há a procura da segurança e da estabilidade do amigo fiel. Sabe admirar a beleza da • Modernizar a marca e manter alta a sua lem- vida farta, tranqüila e afetuosa e a companheira leal brança, deixando clara a função de corretagem e disponível. de seguros da empresa; • Desenvolver um material que deixe claro quais Racional são os produtos e benefícios da empresa e como É a atitude cartesiana diante a realidade, a eles atendem aos desejos e necessidades do pú- aguçada capacidade de análise, a lógica pura a blico-alvo; serviço do homem, a busca de uma realidade limpa, • Trabalhar o conceito de tranqüilidade e agrega- organizada, com uma estrutura que permita um lo à marca; padrão de vida elevado e estável. Nesse arquétipo, as • Manter algumas mídias que o cliente já utiliza, pessoas têm a necessidade de classificar e medir tudo alinhando com a nova campanha. com parâmetros matemáticos. O Racional busca a definição de símbolos de status: o respeito às classes, metAs de CriAÇão o melhor carro, a melhor casa, os equipamentos de ultima geração tecnológica, o alto padrão de • Atingir o público-alvo da campanha em um ano. rendimentos. estrAtéGiAs de CriAÇão Equilíbrio Estético Esse estado de espírito é traduzido pela classe e Trocar na marca a palavra “seguros” por elegância. O refinamento leva ao gosto apurado e a “corretora de seguros”, deixando claro o ramo de ambientes agradáveis e equilibrados. Ter gentileza e atuação da empresa. Planejamento 131
  • 131. Partindo do conceito de tranqüilidade do cliente e Os painéis, tanto backlights como frontlights, disponibilidade da empresa, utilizar várias chamadas tem grande visibilidade, assim como o outdoor, com que deixem a comunicação atrativa e a mensagem a vantagem de ficarem mais tempo sendo veiculados clara. Deve ser usado um slogan que transmita essa e serem iluminados, ganhando ainda mais destaque. idéia, que é “Tranqüilidade sempre à mão”. Serão feitos um backlight no aeroporto de Uberlândia, As peças ainda devem usar de interatividade frontlights no estacionamento subterrâneo do shopping para chamar mais atenção do público e reforçar a e serão mantidos os frontlights que a Romap já utiliza, lembrança do nome. Os elementos gráficos devem que estão um próximo ao aeroporto e um na Avenida remeter à marca, principalmente através das cores, e o Nicomedes Alves dos Santos, próximo ao DMAE. visual deve ser clean. Revista objetiVos de mÍdiA Serão utilizadas a revista Cult, apontada como a mais lida da cidade em pesquisa realizada pela Atingir homens de classes A e B, de idade entre 31 Geppetto Comunicação e que atinge as classes A e B, e 40 anos, que tenham bens que possam ser segurados. e na revista Praiana, que vai para todos os sócios do O plano será local, atingindo a cidade de Uberlândia por Praia Clube, público compatível com o da corretora. Os completo, com maior concentração nas áreas nobres. anúncios serão de página inteira. estrAtéGiAs de mÍdiA Jornal De acordo com pesquisa realizada pela Geppetto, Megapainel o público da Romap tem hábito de ler jornal. O veículo O megapainel é uma mídia já contratada pela escolhido, apontado na pesquisa como o mais lido, é o empresa. Bem localizado, na Avenida Rondon Correio de Uberlândia. Serão veiculados um anúncio de Pacheco, tem alta visibilidade e força. Será utilizado meia página em um dia e rodapés por outros 15 dias, no para transmitir mensagem institucional, com o caderno Cidade, o mais lido pelo público da campanha. posicionamento e conceito da campanha. VT Outdoors e Painéis A tevê foi escolhida por ser uma mídia de massa que O outdoor é uma mídia que geralmente funciona permite grande área de cobertura e alcance, atingindo como apoio. Em Uberlândia, no entanto, é mídia um número considerável de pessoas. Além disso, foi principal, pela quantidade de pessoas que atinge e apontado como o meio de comunicação de mais chama pela menor expressividade das outras mídias locais. As atenção do público da Romap. Os comerciais serão placas serão colocadas em pontos nobres da cidade, veiculados na Tevê Integração, da Rede Globo, o canal por onde circula o público da Romap. aberto de maior audiência segundo pesquisas e o de Planejamento 132
  • 132. preferência do público da corretora, e na Fox, canal Carrinho de supermercado de tevê fechada. São duas versões de VTs, ambas com O carrinho de supermercado terá adesivo com mensagem informações institucionais e de produtos e serviços, institucional. Os supermercados escolhidos foram DeVille, separados nos dois vídeos. Extra e Bretas da Rondon Pacheco, com grande fluxo de pessoas e freqüentados pelo público da Romap. Mídias alternativas Mídia de clube As mídias alternativas chamam atenção por Serão veiculados anúncios da Romap nos dois serem criativas, inusitadas e estarem em lugares não maiores clubes da cidade: Cajubá e Praia Clube. No convencionais. Serão usadas as opções a seguir: primeiro, serão feitos painel de relógio, adesivo de restaurante e o carnê de pagamento da mensalidade Elevador do clube. No segundo será veiculado anúncio no Serão adesivadas as portas externas dos carnê. Ambos são freqüentados pelo público-alvo elevadores do Center Shopping. O local tem grande da Romap. fluxo de pessoas que são público da Romap, principalmente nos andares em que haverá veiculação Folheto (primeiro andar do estacionamento e primeiro piso O folheto é uma peça explicativa, que leva todos os de lojas). produtos e serviços anunciados durante a campanha, além de um texto institucional que apóia o conceito Cancela do shopping criado. Ele será deixado em concessionárias, Todas as cancelas de estacionamento do Center Shopping garagens e imobiliárias para divulgar, no momento serão utilizadas como mídia para divulgar mensagem da compra de bens que podem ser segurados, o que a institucional, fazendo a manutenção da campanha com o Romap oferece. Também serão deixados na própria fortalecimento da marca e do posicionamento. Romap. Planejamento 133
  • 133. justificativa logomarca
  • 134. Antiga Antiga Nova Nova A logomarca da Romap Seguros passou por ganhou um fio para ficar mais grossa. Dessa forma, uma modernização. A primeira modificação, mais ela passa a ganhar mais peso. O “R” foi aumentado, notável, foi a troca da palavra “seguros” para mantendo a característica da fonte original. O triângulo “corretora de seguros”, que se fez necessária devido que acompanha essa letra também foi aumentado, e o à confusão percebida no mercado entre empresas de seu ângulo foi acompanhado pelas letras “A” e “P” corretagem e seguradoras. Os nomes de seguradoras do nome. A disposição da palavra facilitou a leitura geralmente são acompanhados da palavra seguros, e evitou conflito, como havia antes, com a palavra portanto foi preciso deixar mais claro que tipo de “seguros”, que tinha tanto peso quanto a marca. empresa é a Romap. Por último, houve mudança na cor: o laranja A fonte da logomarca também foi modificada, anterior foi trocado por um mais vivo, com 15% a para uma mais condensada e com mais padronização. mais de mais magenta, que chama mais atenção e A nova fonte é a Trebuchet MS Bold Italic, que ainda cansa menos a vista. Criação 135
  • 135. Criação
  • 136. PAPelAriA CArtão de VisitA PAPel CArtA Criação 137
  • 137. PAPelAriA enVeloPe Criação 138
  • 138. enVeloPe sACo Criação 139
  • 139. PlotAGem doblo romAP CArd Criação 140
  • 140. lonA de estACionAmento AdesiVo de GuiCHê de estACionAmento Criação 141
  • 141. site ANTIGO NOVO Criação 142
  • 142. PeÇAs outdoors Criação 143
  • 143. outdoors Criação 144
  • 144. outdoors Criação 145
  • 145. PáGinA de reVistA www.romap.com.br Criação 146
  • 146. PáGinA de reVistA www.romap.com.br Criação 147
  • 147. PáGinA de reVistA www.romap.com.br Criação 148
  • 148. PáGinA de reVistA www.romap.com.br Criação 149
  • 149. PáGinA de reVistA www.romap.com.br Criação 150
  • 150. PáGinA de reVistA www.romap.com.br Criação 151
  • 151. PáGinA de reVistA www.romap.com.br Criação 152
  • 152. PáGinA de reVistA seQüênCiAl Criação 153
  • 153. rodAPé de jornAl Criação 154
  • 154. meiA PáGinA de jornAl Criação 155
  • 155. CintA de jornAl Criação 156
  • 156. PortA de eleVAdor Criação 157
  • 157. PortA de eleVAdor Criação 158
  • 158. PortA de eleVAdor Criação 159
  • 159. meGA PAinel Criação 160
  • 160. front liGHt Criação 161
  • 161. front liGHt sHoPPinG Criação 162
  • 162. CAnCelA sHoPPinG Criação 163
  • 163. disPlAY desembArQue de AeroPorto CArrinHo de AeroPorto Criação 164
  • 164. CArrinHo de suPermerCAdo Criação 165
  • 165. CArnê PrAiA/CAjubá Criação 166
  • 166. relóGio CAjubá restAurAnte CAjubá Criação 167
  • 167. folder frente folder miolo Criação 168
  • 168. Vt roteiro Áudio Imagem entra trilha: Musica calma, remete tranqüilidade. loc off (Voz Masculina Tranquilia): Imagem em foco na palavra Tranqüilidade Tranqüilidade, uma palavra que tem vários Caneta passa grifando e câmera abre significados. Caneta desenha a silhueta de um avião. Pra você, é poder viajar sossegado (avião), é sair de casa com a certeza de que tudo vai estar no seu Caneta desenha a silhueta de uma casa. devido lugar quando você voltar (casa), é deixar Lettering: Seguro residencial seu carro em boas mãos (carro), ter alguém 24 Caneta desenha a silhueta de um carro. horas à sua disposição quando você precisar (24 Lettering: Seguro Auto h), para garantir que seus bens estejam seguros Caneta desenha 24h. (cadeado). Para a Romap, tranqüilidade é saber Caneta desenha um cadeado. que podemos (atendimento especial) fazer tudo isso por você e mais (mais). Romap Corretora de Caneta desenha um mais. Seguros, tranqüilidade sempre à mão. (assinatura) Lettering: Mais vantagens Entra: Tranqüilidade Sempre à mão. Entra packshot (caneta) assinando Criação 169
  • 169. Vt roteiro loc off (Voz Masculina Tranquilia): entra trilha: Musica calma, remete tranqüilidade. Tranqüilidade, uma palavra que tem vários Imagem em foco na palavra Tranqüilidade significados. Caneta passa grifando e câmera abre A gente sabe o que é tranqüilidade pra você. É viver a Caneta desenha um batimento cardíaco. vida por completo, com conforto e sem medo. É saber que as pessoas que você ama estão bem, felizes e com Caneta desenha a silueta coração. saúde. É ter a certeza de que seu futuro é promissor, Lettering: Seguro de vida e de que quando chegar a hora de colocar os pés pra Caneta desenha a silueta de uma mão fazendo “jóia”. cima e descansar você pode ficar relaxado porque sua Caneta desenha silhueta de dois pés. qualidade de vida está garantida. Por saber disso, a Lettering: Previdência Privada Romap faz de tudo pra que você esteja sempre seguro, Caneta desenha um cadeado. aproveitando cada momento. E isso é tranqüilidade Caneta silhueta de um rosto sorrindo para nós. Romap Corretora de Seguros, tranqüilidade Lettering: Qualidade de vida sempre à mão. Entra: Tranqüilidade Sempre à mão. Entra packshot (caneta) assinando Criação 170
  • 170. Verba destinada de campanha
  • 171. VerbA destinAdA à CAmPAnHA (c/ cronograma de pagamento com data de vencimento) A Romap pretende investir R$ 170 mil em comunicação no ano de 2008. O pagamento da campanha fica programado dessa forma: Agência 172
  • 172. Planejamento de mídia
  • 173. PlAnejAmento de mÍdiA Planejamento de Mídia Plano Geral Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Total 1s 2s 3s 4s 1s 2s 3s 4s 1s 2s 3s 4s 1s 2s 3s 4s 1s 2s 3s 4s 1s 2s 3s 4s 1s 2s 3s 4s 1s 2s 3s 4s 1s 2s 3s 4s 1s 2s 3s 4s 1s 2s 3s 4s MEGAPAINEL 12.125,00 OUTDOOR 4.850,00 TV 17.378,37 REVISTA 15.549,78 JN CORREIO 6.270,08 Carrinho Superm. 2.619,00 Cajuba Ades. Rest. 500,00 Cajuba relogio pis 1.200,00 Cajuba carnê 800,00 Shop Front 2.000,00 Shop Porta 8.000,00 Shop Cancela 1.500,00 Aer. Display Desemb 6.790,00 Aerop. Carrinho 6.790,00 Praia Carnê 3.500,00 FRONTLIGHTs' 19.206,00 Total 109.078,23 Planejamento de Mídia 174
  • 174. fox FOX TV Fevereiro inser Valores cidade programa Descrição formato 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 quant unitário desc. subtt subtt c/ desc líquido hon. final Uberlândia Dexter inserção 30'' 1 1 70,00 0,00% 70,00 70,00 56,00 11,90 67,90 Uberlândia Cinefox 23h 30'' 0 70,00 0,00% - - - - - Uberlândia FX Cine 18h 30'' 1 1 70,00 0,00% 70,00 70,00 56,00 11,90 67,90 FX Cine 20h 1 1 2 70,00 0,00% 140,00 140,00 112,00 23,80 135,80 FX Cine 22h 1 1 70,00 0,00% 70,00 70,00 56,00 11,90 67,90 FX Cine 23h 1 1 2 70,00 0,00% 140,00 140,00 112,00 23,80 135,80 TOTAL 475,30 reVistA REVISTA REVISTA inser Valores cidade veículo formato FEV MAR ABR MAI JUN JUL quant unitário desc. subtt subtt c/ desc líquido hon. final Uberlândia Cult 1 pagina 2 1 1 1 1 1 7 1.245,10 0,00% 8.715,70 8.715,70 6.972,56 1.481,67 8.454,23 Uberlândia Praiana 1 página 2 1 1 1 1 1 7 1.045,00 0,00% 7.315,00 7.315,00 5.852,00 1.243,55 7.095,55 Encarte 1 1 800,00 0,00% 800,00 800,00 640,00 136,00 Uberlândia Veja 776,00 4500 TOTAL 15.549,78 Planejamento de Mídia 175
  • 175. sHoPPinG SHOPPING SHOPPING Fevereiro Março Abril inser Valores cidade veículo formato 1 SEM 2 SEM 3 SEM 4 SEM 1 SEM 2 SEM 3 SEM 4 SEM 1 SEM 2 SEM 3 SEM 4 SEM quant unitário desc. subtt subtt c/ desc líquido hon. final Jornal 1 3.500,00 0,00% 3.500,00 3.500,00 2.800,00 595,00 Uberlândia cinta 1 3.395,00 Correio Jornal 1 2.964,00 0,00% 2.964,00 2.964,00 2.371,20 503,88 Uberlândia anúncio cor1/2 pg 1 2.875,08 Correio Jornal anúncio cor 1/4 3 1.482,00 0,00% 4.446,00 4.446,00 3.556,80 755,82 Uberlândia 1 1 1 4.312,62 Correio pg Jornal 2 1.500,00 0,00% 3.000,00 3.000,00 2.400,00 510,00 Uberlândia patrocínio Cidade 2.910,00 Correio TOTAL 6.270,08 mÍdiA AlternAtiVA MIDIA ALTERNATIVA Fev Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro veículos mídia formato 3 4 1 2 3 4 1 2 3 4 1 2 3 4 1 2 3 4 1 2 3 4 1 2 3 4 1 2 3 4 1 2 3 4 1 2 3 4 1 2 3 4 final Carrinho de 1 1 1 Result 2.619,00 superm. Adesivo 1 1 Cajubá 485,00 restaurante Cajubá Carnê 1 1.746,00 Praia Carnê 1 3.395,00 Aeroporto Carrinhos não 30 30 2.444,40 Aeroporto Display Des. 1 1 6.790,00 TOTAL 17.479,40 Planejamento de Mídia 176
  • 176. front-liGHt AVenidAs FRONT-LIGHT inser Valores cidade veículo formato fev março abril maio junho julho agosto set out nov dez quant unitário desc. subtt subtt c/ desc líquido hon. final Uberlândia Fronts 7 x 3,5 m 2 2 2 2 2 2 2 2 2 2 2 22 900,00 0,00% 19.800,00 19.800,00 15.840,00 3.366,00 19.206,00 TOTAL 19.206,00 Planejamento de Mídia 177
  • 177. orçamento
  • 178. relAÇão de Custos Serviços Valor Serviços Item Fornecedor Qtde descrição honorários Total Internos unitário de terc de terceiros produção de 20 placas simples em policromia 20 R$ 250,00 R$ 5.000,00 R$ 750,00 R$ 6.598,00 Outdoor total, 9 x 3m R$ 848,00 produção de lona 20 x 5m e produção de caneta 1 R$ 8.000,00 R$ 8.000,00 R$ 1.200,00 R$ 10.048,00 MegaPainel em 3D, incluso instalação e iluminação R$ 848,00 2 produção de 2 VT's de 30" em cartela R$ 2.000,00 R$ 4.000,00 R$ 600,00 R$ 7.273,32 VT R$ 2.673,32 1 produção de 07 fotos R$ 10.000,00 R$ 10.000,00 R$ 1.500,00 R$ 12.064,48 Fotos R$ 564,48 criação de anúncio de revista e adaptação de 6 1 R$ - R$ - R$ - R$ 1.970,75 Revista 1 pagina layouts R$ 1.970,75 criação de anúncio de jornal 1/2 página e 1 R$ 970,00 R$ 970,00 R$ 145,50 R$ 1.751,50 Jornal 1/2 pagina produção de 2500 cintas R$ 636,00 3 montagem de anúncio 1/4 página R$ - R$ - R$ - R$ 408,31 Jornal 1/8 pagina R$ 408,31 Carrinho 1 R$ 2.880,00 R$ 2.880,00 R$ 432,00 R$ 3.404,86 Supermercado custo de adaptação de layout R$ 92,86 Relógio Piscina 1 R$ 112,50 R$ 112,50 R$ 16,88 R$ 426,18 Cajubá custo de criação de layout para relógio R$ 296,80 1 R$ - R$ - R$ - R$ 120,84 Cajubá Carnê custo de adaptação de layout R$ 120,84 1 criação e produção de lona 5 x 3,5 m R$ 1.200,00 R$ 1.200,00 R$ 180,00 R$ 2.228,00 FrontLight shopping R$ 848,00 7 painel R$ 800,00 R$ 5.600,00 R$ 840,00 R$ 7.864,64 Porta de Elev Shop. R$ 1.424,64 6 R$ 630,00 R$ 3.780,00 R$ 567,00 R$ 4.855,80 Cancela Shop. custo de adaptação e produção de placa externa R$ 508,80 1 R$ 301,00 R$ 301,00 R$ 45,15 R$ 1.194,15 Painel Desemb. Aerop. custo de criação de layout para backlight 5 x 1,8m R$ 848,00 2 R$ 2.400,00 R$ 4.800,00 R$ 720,00 Back-light estacion. custo de produção de lona 12 x 2m R$ 848,00 1 R$ - R$ - R$ - Praia carnê custo de adaptação de layout R$ - 2 R$ 1.386,00 R$ 2.772,00 R$ 415,80 R$ 3.187,80 Front rua custo de produção de lona 7 x 3,5 m R$ - 1 R$ 1.200,00 R$ 1.200,00 R$ 180,00 Plotagem Doblo adesivação de carro R$ 848,00 Folder p concession 1 R$ 1.750,00 R$ 1.750,00 R$ 262,50 R$ 3.038,58 produção de 10 mil flyers para acao em bares R$ 1.026,08 Canetinha 5.000 aquisicao de canetinhas para divulgacao R$ 2,00 R$ 10.000,00 R$ 1.500,00 R$ 11.809,52 R$ 309,52 R$ - R$ - R$ - obs.: r$ 7.948,86 r$ 27.970,00 r$ 4.195,50 Total r$ 78.244,73 Orçamento 179
  • 179. resumo de Custo totAis Custos de Criação Serviço de terceiros Honorários Mídia Comissão TOTAL R$ 15.120,40 R$ 62.365,50 R$ 9.354,83 R$ 109.078,23 R$ 18.543,30 R$ 214.462,26 Orçamento 180
  • 180. sistema de Avaliação
  • 181. sistemA de AVAliAÇão e 40 anos, classes A e B) na cidade de Uberlândia. O objetivo é saber se o posicionamento da corretora Para conhecer os resultados da campanha, está claro, eliminando a confusão entre essa e as será realizada uma pesquisa quantitativa junto ao seguradoras, e se foi mantido o primeiro lugar no público-alvo da Romap (homens, com idade entre 31 Top of Mind. Sistema de Avaliação 182
  • 182. referência bibliograficas
  • 183. MARTINS, José. A Natureza Emocional da Marca. São Paulo. Negócio Editora. 1999. RANKING DE SEGUROS. Disponível em: http://www. ratingdeseguros.com.br. Acesso em 2 de setembro de CORRETORAS DE SEGUROS NO BRASIL. Dispo- 2007. nível em: http://www.corretoresdeseguros.com.br/ new/index.php . Acesso em 30 de agosto de 2007. SINDICATO DOS CORRETORES DE SEGUROS DE MINAS GERAIS. Disponível em: http://www.sincor- mg.com.br/ . Acesso em 2 de setembro de 2007. FEDERAÇÃO DOS SEGUROS PRIVADOS E DE CA- PITALIZAÇÃO: Disponível em: http://www.fenaseg. org.br/main.asp. Acesso em 2 de setembro de 2007. SUPERINTENDENCIA DOS SEGUROS PRIVADOS. Disponível em: FEDERAÇÃO NACIONAL DE PREVIDÊNCIA PRI- http://www.susep.gov.br/principal.asp. Acesso em 31 VADA E VIDA. Disponível em: http://www.fenapre- de agosto de 2007. vi.org.br/site/Default.aspx. Acesso em 4 de setem- bro de 2007. Anapp (http://www.anapp.com.br/) Fenacor (http://www.fenacor.com.br/) FEDERAÇÃO NACIONAL DOS CORRETORES DE Fenaseg (http://www.fenaseg.gov.br/) SEGUROS. Disponível em: http://www.fenacor.com. Funenseg (http://faculdade.funenseg.org.br/) br/ . Acesso em 1 de setembro de 2007. Sincor-MG (http://www.sincormg.com.br/) Susep (http://www.susep.gov.br/) Rating (http://www.ratingdeseguros.com.br) FUNDAÇÃO INSTITUTO DE PESQUISAS ECONÔ- MICAS. Disponível em: http://www.fipe.org.br/web/ Portal Fator Brasil (http://www.revistafatorbrasil. index.asp. Acesso em 27 de setembro de 2007. com.br) INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ES- IBGE (http://www.ibge.gov.br) TATÍSTICA. Disponível em: http://www.ibge.gov.br. Acesso em 22 de setembro de 2007. www.ratingdeseguros.com.br PORTAL FATOR BRASIL. Disponível em: http://www. www.seguros.inf.br revistafatorbrasil.com.br. Acesso em 3 de setembro www.segs.com.br de 2007. www.anspnet.org.br Anéxos 184
  • 184. www.susep.gov.br www.sincor.org.br www.fenacor.com.br www.sincormg.com www.irb-brasilre.com.br www.fenaseg.com.br www.revistasegurototal.com.br www.sincorsp.org.br Anéxos 185
  • 185. Anexos
  • 186. Anéxos 187