Implantação do Sistema
  de Gestão Ambiental
   (SGA) na Unisinos

    Cláudio Senna Venzke
    Auditor Interno do SGA/Uni...
Histórico ambiental do SGA na
              Unisinos
 Em 1996, um grupo de funcionários da
  Unisinos reuniu-se para estu...
Histórico ambiental do SGA na
              Unisinos
 Aprovado em 1997, o projeto Verde Câmpus
  objetivou:

 direcionar...
Histórico ambiental do SGA na
              Unisinos
 O primeiro projeto lançado foi a coleta
  seletiva de papel. Inicio...
Histórico ambiental do SGA na
              Unisinos
 Uma nova etapa começou em 2002 com a
  aprovação do projeto de busc...
Linha de tempo



                                       2005
 1997       2003          2004         Nova       2008
 Verd...
Oportunidades

 Crescimento das preocupações ambientais
 Ser referência em Gestão Ambiental, como a
  primeira Universid...
Desafios

 Ser a primeira Universidade certificada na
  América Latina
 Transferir os conceitos para a comunidade
Pontos fortes da Unisinos

 Histórico ambiental
 Corpo técnico capacitado
 Apoio da Reitoria para o projeto
Pontos críticos da Unisinos

 Área física extensa (90,55 hectares )
 Diversidade de atividades
 Número de pessoas envol...
Implantação do SGA relacionados
   aos objetivos estratégicos da
             Unisinos
 Ser universidade reconhecida pela...
Contribuição da ISO 14001 Unisinos para
  a comunidade acadêmica e entorno
 O SGA Unisinos pretende não apenas melhorar o...
O SGA como gerador de valor para
    a comunidade acadêmica



                                                Geração
   ...
O que é a ISO 14001
 É uma ferramenta criada para auxiliar
  empresas a identificar, priorizar e gerenciar
  seus riscos ...
Itens NBR ISO 14001:2004




                                                  4.6 Análise pela
                          ...
Escopo
Câmpus da UNISINOS, aplicando-se ao ensino
      de graduação e de pós-graduação,
 programas e projetos de extensão...
Política Ambiental da Unisinos
               (aprovada em 01/04/2004)
      No escopo do movimento Unicidade, a
    Unive...
3 pilares da Política Ambiental

Prevenção
da poluição


                         Melhoria
                         Contí...
PREVENÇÃO DA POLUIÇÃO

 Minimização de recursos e medidas de controle:
    Uso eficiente dos insumos:


                ...
Política Ambiental da Unisinos
   Prevenção da poluição

                    Gerenciamento de compra, produtos menos
    ...
Política Ambiental da Unisinos

 Atendimento à legislação vigente:

LIRA - Lista                      Federal;
Interna d...
Política Ambiental da Unisinos

                   Política Ambiental



Análise pela                            Planejame...
Planejamento

  P01: PROCEDIMENTO DE IDENTIFICAÇÃO E
   AVALIAÇÃO DE ASPECTOS E IMPACTOS
    AMBIENTAIS E ESTABELECIMENTO ...
Aspecto Ambiental               Impacto Ambiental
ATIVIDADES

        PRODUTOS
                       SERVIÇOS
           ...
   Impacto Ambiental


                        
Aspecto e Impacto Ambiental

                ASPECTO            IMPACTO
ATIVIDADE:
               AMBIENTAL:         AMBIE...
Planilha de Aspectos e Impactos Ambientais

 ASPECTO C ONSUMO DE ÁGUA            ABRANG.   C LA.   SEV.   TEMP.   FREQ.   ...
Planejamento

OBJETIVOS E METAS
Programas de Gestão Ambiental
            para 2008

 PGA 1: Controle de Derrames e Vazamentos /
  Prevenção de Acidentes...
PGA 1- Controle de Derrames e Vazamentos/
    1-
   Prevenção de Acidentes Ambientais

 Formação de Brigada de emergência...
PGA2 - Gerenciamento de Resíduos e
               Efluentes


 Monitorar a coleta seletiva de resíduos
  sólidos doméstic...
Resíduos Sólidos coletados pela Cooperesíduos no câmpus da Unisinos em
                   Material (kg)          2007
    ...
Resíduos Sólidos Domésticos - Recicláveis 2007           Lata de Alumínio
                                                ...
14000


                                12000
Papel Vendido Anualmente (kg)




                                10000


  ...
Lâmpadas fluorescentes coletadas na Unisinos e destinadas à
                       reciclagem

                           ...
Resíduos Classe I coletados na Unisinos e enviados para destinação final

                                         Resíduo...
PGA 3 - Gerenciamento do Consumo de
             Água e Energia

Este PGA Atende aos Aspectos Ambientais:
 consumo de águ...
Implantação

P02: PROCEDIMENTO DE ELABORAÇÃO,
          APROVAÇÃO E
     CONTROLE DE DOCUMENTOS
Internet: ACESSO GERAL
www.unisinos.br/sga
P02 Controle de Documentos
 Intranet: Acesso Restrito
                    Funcionários e Professores Unisinos




       ...
P02 Controle de Documentos
 Intranet: Acesso Restrito
                        Alunos, Estagiários e Bolsistas




       ...
P02 Controle de Documentos




CÓPIAS CONTROLADAS:
  Setores que não tem
     acesso à internet
 Nova página do SGA Unisinos - Intranet: Acesso Restrito
                           Acesso fornecedores




             ...
P02 Controle de Documentos
Responsáveis por setores: acesse pelo menos 1 vez por semana – para ficar atualizado com
possív...
P04: PROCEDIMENTO DE
PREPARAÇÃO E RESPOSTA À
       EMERGÊNCIAS
DISQUE
EMERGÊNCIA




             Ramal 234
P04 Preparação e Atendimento a Emergências
                                      Imprima e afixe em local visível
P07: PROCEDIMENTO DE
          COMUNICAÇÃO
 OBJETIVO:
   Definir a sistemática e os mecanismos para: (a)
    divulgação ...
Site na Internet: http://www.unisinos.br/sga/
                          Preenchimento– SGA Unisinos
( ) Interna ( ) Extern...
P11 Competência, Treinamento e Conscientização
6.1 Abordagem Geral da Identificação de Necessidades de Treinamento e da De...
P11 Competência, Treinamento e Conscientização
6.2 Identificação de Necessidades Específicas de Treinamento por Função e/o...
P11 Competência, Treinamento e
             Conscientização

Avaliação de Desempenho de Funcionários da
  unisinos
 Os re...
Instruções Operacionais
IO 1 Geração de Resíduos – Resíduos Sólidos Domésticos;
IO 2 Uso e Geração de Resíduos – Papel;
IO...
Instruções Operacionais
IO 13 Interrupção de Fornecimento de Energia Elétrica Pela
      Concessionária Aes Sul (Utilizaçã...
IO 1: GERAÇÃO DE RESÍDUOS – RESÍDUOS
          SÓLIDOS DOMÉSTICOS
Esta IO atende ao seguinte ASPECTO AMBIENTAL:
    geraç...
Geração de Resíduos – Resíduos Sólidos
        INICIO                      Domésticos         GERADOR

                   ...
IO 1: GERAÇÃO DE RESÍDUOS – RESÍDUOS
          SÓLIDOS DOMÉSTICOS
Notas Gerais:
 Embalagens de vidro, principalmente as q...
IO 1: GERAÇÃO DE RESÍDUOS – RESÍDUOS
           SÓLIDOS DOMÉSTICOS

Notas Gerais:
 Em alguns laboratórios, durante aulas ...
IO 2: USO E GERAÇÃO DE RESÍDUOS -
                   PAPEL
Esta IO atende aos seguintes ASPECTOS AMBIENTAIS:
    uso de p...
INICIO
                             GERADOR                                         Uso e Geração de Resíduos - Papel
    ...
IO 3: GERAÇÃO DE RESÍDUOS -
  LÂMPADAS FLUORESCENTES E/OU DE
          VAPOR DE MERCÚRIO
Esta IO atende ao seguinte ASPECT...
INICIO
                                                                                                             Geraçã...
IO 5: USO E GERAÇÃO DE RESÍDUOS -
 CARTUCHOS (Impressoras e Copiadoras)

Esta IO atende aos seguintes ASPECTOS AMBIENTAIS:...
Uso e Geração de Resíduos - Cartuchos
                                       (Impressoras e Copiadoras)



      Uso e Ger...
IO 10: USO E GERAÇÃO DE RESÍDUOS – PILHAS, BATERIAS,
   FILMES FOTOGRÁFICOS, FITAS DE VÍDEO, CARIMBOS COM
TINTA, CANETA PA...
(*) Setores que
recebem estes resíduos
para descarte:

•Biblioteca;
•Complexo Desportivo
•Instituto Humanitas;
•Postos de ...
RESUMO DE COMO TRATAMOS O MEIO
                  AMBIENTE:
 Copo plástico sujo de café?
Lixeira com saco vermelho: PLÁSTI...
EMERGÊNCIAS AMBIENTAIS:

 Em caso de incêndio?
Acionar 234 e alarme de incêndio se houver
 Vazamento de gás ou derrame d...
SGA – Sistema de Gestão Ambiental
 Coordenadora:
    Luciana Paulo Gomes
 Secretária:
    Susi
 Ramal: 5060
 Endereç...
CAEMP - XII SEMANA ACADÊMICA DOS CURSOS DE ENG MECANICA E DE PRODUÇÃO - 29/10/08
CAEMP - XII SEMANA ACADÊMICA DOS CURSOS DE ENG MECANICA E DE PRODUÇÃO - 29/10/08
CAEMP - XII SEMANA ACADÊMICA DOS CURSOS DE ENG MECANICA E DE PRODUÇÃO - 29/10/08
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

CAEMP - XII SEMANA ACADÊMICA DOS CURSOS DE ENG MECANICA E DE PRODUÇÃO - 29/10/08

1,784 views

Published on

Palestra proferida pelo Prof. Claudio - 29/10/08

Published in: Technology, Business
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
1,784
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
9
Actions
Shares
0
Downloads
51
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

CAEMP - XII SEMANA ACADÊMICA DOS CURSOS DE ENG MECANICA E DE PRODUÇÃO - 29/10/08

  1. 1. Implantação do Sistema de Gestão Ambiental (SGA) na Unisinos Cláudio Senna Venzke Auditor Interno do SGA/Unisinos Coordenador do Curso de Gestão Ambiental da Unisinos
  2. 2. Histórico ambiental do SGA na Unisinos  Em 1996, um grupo de funcionários da Unisinos reuniu-se para estudar ações operacionais ligadas às questões ambientais, discutir questões como coleta de lixo, consumo de água, áreas verdes etc. À medida que os temas eram levantados, percebia-se a necessidade de incorporar à equipe professores e pesquisadores capazes de contribuir com análises técnicas. Começava assim projeto Verde Câmpus.
  3. 3. Histórico ambiental do SGA na Unisinos  Aprovado em 1997, o projeto Verde Câmpus objetivou:  direcionar ações ambientais na Unisinos visando a preservação, melhoria e recuperação da qualidade ambiental;  assegurar condições de desenvolvimento sócio- econômico, segurança do trabalho, proteção da vida e qualidade ambiental;  operacionalizar tarefas técnicas referentes ao meio ambiente sob o enfoque da sustentabilidade;  implantar o Sistema de Gestão Ambiental na Unisinos.
  4. 4. Histórico ambiental do SGA na Unisinos  O primeiro projeto lançado foi a coleta seletiva de papel. Iniciou-se então o trabalho junto à Diretoria do Câmpus, com o Verde Câmpus prestando consultoria às suas ações. Em pouco tempo, as atividades da equipe passaram a envolver praticamente todas as rotinas de gestão ambiental realizadas na Unisinos.
  5. 5. Histórico ambiental do SGA na Unisinos  Uma nova etapa começou em 2002 com a aprovação do projeto de busca da certificação ambiental do câmpus. A assinatura da portaria e da resolução pela reitoria do projeto ISO 14001 no ano seguinte deu início às atividades de implantação do Sistema de Gestão Ambiental (SGA) na Unisinos.
  6. 6. Linha de tempo 2005 1997 2003 2004 Nova 2008 Verde Implantação Certificação versão Manutenção Campus SGA ISO 14001 da constante!!! norma
  7. 7. Oportunidades  Crescimento das preocupações ambientais  Ser referência em Gestão Ambiental, como a primeira Universidade certificada pela norma ISO 14001  Gerar e transferir conhecimento para a comunidade por meio de cursos na área ambiental.
  8. 8. Desafios  Ser a primeira Universidade certificada na América Latina  Transferir os conceitos para a comunidade
  9. 9. Pontos fortes da Unisinos  Histórico ambiental  Corpo técnico capacitado  Apoio da Reitoria para o projeto
  10. 10. Pontos críticos da Unisinos  Área física extensa (90,55 hectares )  Diversidade de atividades  Número de pessoas envolvidas (cerca de 30 mil)
  11. 11. Implantação do SGA relacionados aos objetivos estratégicos da Unisinos  Ser universidade reconhecida pela excelência acadêmica;  Desenvolver pessoas que façam diferença na sociedade por meio da formação integral;  Promover o desenvolvimento regional com responsabilidade socioambiental.
  12. 12. Contribuição da ISO 14001 Unisinos para a comunidade acadêmica e entorno  O SGA Unisinos pretende não apenas melhorar o que já existe, mas inovar, criar, refletir e pensar em novas soluções que levem à sustentabilidade.  Gestão ambiental do câmpus e sala de aula: tornar o câmpus o grande laboratório ou área experimental dos cursos e pesquisas da Unisinos.  Desenvolvimento regional: escolha dos parceiros e repasse da metodologia desenvolvida.  Credibilidade - confiança: conseguida ao trabalhar a conscientização da comunidade acadêmica, ao atender à legislação ambiental, ao promover o crescimento sem agressão à natureza, e promovendo, dessa maneira, a melhoria contínua do desempenho ambiental e ainda prevenindo a poluição.
  13. 13. O SGA como gerador de valor para a comunidade acadêmica Geração de valor Fonte: Stuart L. Hart & Mark B. Milstein. Creating sustainable value.
  14. 14. O que é a ISO 14001  É uma ferramenta criada para auxiliar empresas a identificar, priorizar e gerenciar seus riscos ambientais como parte de suas práticas usuais.  As Normas dizem O QUÊ uma organização deve fazer para gerenciar seus aspectos ambientais, mas não impõem COMO fazê-lo.
  15. 15. Itens NBR ISO 14001:2004 4.6 Análise pela Alta 4.2 Política administração Ambiental 4.1 requisitos 4.5 Verificação gerais 4.4 Implantação 4.3 Planejamento e operação
  16. 16. Escopo Câmpus da UNISINOS, aplicando-se ao ensino de graduação e de pós-graduação, programas e projetos de extensão, pesquisas básicas e aplicadas, além de atividades de apoio e complementares.
  17. 17. Política Ambiental da Unisinos (aprovada em 01/04/2004) No escopo do movimento Unicidade, a Universidade do Vale do Rio dos Sinos, ao promover e defender a vida, mantém o compromisso de agir em prol da prevenção da poluição e da conservação do meio ambiente, atendendo à legislação vigente e outros requisitos aplicáveis, proporcionando a melhoria contínua do Sistema de Gestão Ambiental para o desenvolvimento sustentável de seu câmpus e oportunizando a geração e a transferência de conhecimentos e tecnologias para a comunidade.
  18. 18. 3 pilares da Política Ambiental Prevenção da poluição Melhoria Contínua Atendimento à legislação
  19. 19. PREVENÇÃO DA POLUIÇÃO  Minimização de recursos e medidas de controle:  Uso eficiente dos insumos: Energia Água Produtos químicos
  20. 20. Política Ambiental da Unisinos  Prevenção da poluição Gerenciamento de compra, produtos menos poluentes, menos embalagens, embalagens retornáveis, ... Gerenciamento de contratações: parceiros, prestadores de serviços, ..... Minimização de Reuso dentro do sistema: reutilização de recursos e álcool, lavagem de pincel, ... Medidas de controle Reciclagem e/ou reuso de resíduos: papel de escritório, óleo vegetal usado, plástico, metal, papelão,... Tratamento de efluentes: ETE Tratamento e disposição final de resíduos: lâmpadas, produtos químicos...
  21. 21. Política Ambiental da Unisinos  Atendimento à legislação vigente: LIRA - Lista Federal; Interna de LEGISLAÇÃO AMBIENTAL Estadual; Requisitos Aplicáveis Municipal.
  22. 22. Política Ambiental da Unisinos Política Ambiental Análise pela Planejamento Administração MELHORIA CONTÍNUA Verificação Implementação e operação
  23. 23. Planejamento P01: PROCEDIMENTO DE IDENTIFICAÇÃO E AVALIAÇÃO DE ASPECTOS E IMPACTOS AMBIENTAIS E ESTABELECIMENTO DE OBJETIVOS E METAS E PROGRAMA DE GESTÃO AMBIENTAL.
  24. 24. Aspecto Ambiental Impacto Ambiental ATIVIDADES PRODUTOS SERVIÇOS  Qualquer modificação do meio ambiente, adversa ou benéfica, Elemento das que resulte, no todo ou em parte, dos Aspectos atividades, Ambientais da produtos ou serviços Unisinos. da Unisinos que podem interagir com o meio ambiente. 
  25. 25.  Impacto Ambiental 
  26. 26. Aspecto e Impacto Ambiental ASPECTO IMPACTO ATIVIDADE: AMBIENTAL: AMBIENTAL: ENSINO, GERAÇÃO DE  CONTAMINAÇÃO PESQUISA E RESÍDUOS - CANETA DO SOLO; EXTENSÃO PARA QUADRO  OCUPAÇÃO DE BRANCO E PINCEL ATERROS ATÔMICO
  27. 27. Planilha de Aspectos e Impactos Ambientais  ASPECTO C ONSUMO DE ÁGUA  ABRANG.   C LA.   SEV.   TEMP.   FREQ.   I/C    OC UPAC .   SIT.   IMP.  SIG.      IMPACTO IA07 - USO DE REC URSOS NATURAIS NÃO - RENOVÁVEIS OU ESC ASSOS 4  A  4  PR  4  C  N  0  12  SIM   ASPECTO C ONSUMO DE ENERGIA ELÉTRIC A  ABRANG.   C LA.   SEV.   TEMP.   FREQ.   I/C    OC UPAC .   SIT.   IMP.  SIG.      IMPACTO IA07 - USO DE REC URSOS NATURAIS NÃO - RENOVÁVEIS OU ESC ASSOS 4  A  4  PR  4  C  N  0  12  SIM   ASPECTO GERAÇ ÃO DE RESÍDUOS - RESÍDUOS SÓLIDOS DOMÉSTIC OS  ABRANG.   C LA.   SEV.   TEMP.   FREQ.   I/C    OC UPAC .   SIT.   IMP.  SIG.      IMPACTO IA02 - C ONTAMINAÇ ÃO DO SOLO 3  A  2  PR  4  C  N  0       IMPACTO IA13 - OC UPAÇ ÃO DE ATERROS (SANITÁRIO OU INDUSTRIAL) 3  A  2  PR  4  C  N  0  9  SIM   ASPECTO VAZAMENTO/ DERRAME DE PRODUTO QUÍMIC O  ABRANG.   C LA.   SEV.   TEMP.   FREQ.   I/C    OC UPAC .   SIT.   IMP.  SIG.      IMPACTO IA01 - C ONTAMINAÇ ÃO HÍDRIC A 2  A  2  PR  1  C  S  10       IMPACTO IA02 - C ONTAMINAÇ ÃO DO SOLO 2  A  2  PR  1  C  S  10       IMPACTO IA03 - ALTERAÇ ÃO DA QUALIDADE DO AR 2  A  2  PR  1  C  S  10       IMPACTO IA04 - RISC O À SAÚDE 1  A  2  PR  1  C  S  10  15  SIM 
  28. 28. Planejamento OBJETIVOS E METAS
  29. 29. Programas de Gestão Ambiental para 2008  PGA 1: Controle de Derrames e Vazamentos / Prevenção de Acidentes Ambientais  PGA 2: Gerenciamento de Resíduos e Efluentes  PGA 3: Consumo de Água e Energia
  30. 30. PGA 1- Controle de Derrames e Vazamentos/ 1- Prevenção de Acidentes Ambientais  Formação de Brigada de emergência;  Inspeções em salas de reagentes e centrais de gás;  Adequações de salas de inflamáveis:  Luminárias blindadas;  Valas de contenção.  Fichas de Segurança dos produtos químicos.
  31. 31. PGA2 - Gerenciamento de Resíduos e Efluentes  Monitorar a coleta seletiva de resíduos sólidos domésticos e resíduos sólidos Classe I;  Cumprimento dos parâmetros de lançamento de efluentes especificados na LO (Licença de Operação)
  32. 32. Resíduos Sólidos coletados pela Cooperesíduos no câmpus da Unisinos em Material (kg) 2007 2007 Lata de Alumínio 7.848 Lata de Ferro 5.990 Tetrapak 5.036 Plástico Duro Branco 5.266 Plástico Mole 39.059 Plástico Duro Colorido 3.778 Plástico PP (copos água mineral) 5.282 Plástico PET (garrafas refrigerante) 10.772 Geração Plástico PS (copinhos água e café) 8.684 média de Papelão Papel Toalha 24.981 38.683 RSD na Papel Branco 23.456 Unisinos: Papel Jornal Papel Misto 3.967 26.053 43t/mês Cartuchos 10 Vidro de Conserva 71 Vidro de Nescafé 41 TOTAL RECICLÁVEIS 2007 208.976 Restos de alimentos + Contaminante Biológico 308.930 TOTAL COLETADO 2007 517.906 Cartuchos (unid.) 98 Vidro de Conserva (unid.) 202 Vidro de Nescafé (unid.) 102
  33. 33. Resíduos Sólidos Domésticos - Recicláveis 2007 Lata de Alumínio Lata de Ferro Tetrapak Plástico Duro Branco Plástico Mole Plástico Duro Colorido Plástico PP (copos água mineral) Plástico PET (garrafas refrigerante) 3% Plástico PS (copinhos água e café) Papelão 0% 4% Papel Toalha 2% 3% 2% 19% Papel Branco Papel Jornal 11% Papel Misto Cartuchos Vidro de Conserva Vidro de Nescafé 2% 19% 5% 3% 12% 4%
  34. 34. 14000 12000 Papel Vendido Anualmente (kg) 10000 8000 Total Mensal 2003 Total Mensal 6000 2004 Total Mensal 2005 4000 Total Mensal 2006 2000 Total Mensal 2007 0 JAN FEV MAR ABR MAI JUN JUL AGO SET OUT NOV DEZ
  35. 35. Lâmpadas fluorescentes coletadas na Unisinos e destinadas à reciclagem Lâmpadas Fluorescentes 2003-2007 8000 7000 Quantidades recicladas (unid.) 6000 5000 4000 3000 2000 1000 0 Resultado Anual 2003 2004 2005 2006 2007
  36. 36. Resíduos Classe I coletados na Unisinos e enviados para destinação final Resíduos Sólidos Classe I 1999-2007 6000 Quantidades descartadas (kg) 5000 4000 3000 2000 1000 0 Resultado anual 1999 2000 2003 2004 2005 2006 2007
  37. 37. PGA 3 - Gerenciamento do Consumo de Água e Energia Este PGA Atende aos Aspectos Ambientais:  consumo de água;  consumo de energia elétrica Objetivos:  Elaborar projetos e identificar oportunidades de redução do consumo de água e de energia consumo de energia elétrica
  38. 38. Implantação P02: PROCEDIMENTO DE ELABORAÇÃO, APROVAÇÃO E CONTROLE DE DOCUMENTOS
  39. 39. Internet: ACESSO GERAL www.unisinos.br/sga
  40. 40. P02 Controle de Documentos  Intranet: Acesso Restrito Funcionários e Professores Unisinos SGA
  41. 41. P02 Controle de Documentos  Intranet: Acesso Restrito Alunos, Estagiários e Bolsistas Repositório Digital
  42. 42. P02 Controle de Documentos CÓPIAS CONTROLADAS: Setores que não tem acesso à internet
  43. 43.  Nova página do SGA Unisinos - Intranet: Acesso Restrito Acesso fornecedores SGA FORNECEDORES
  44. 44. P02 Controle de Documentos Responsáveis por setores: acesse pelo menos 1 vez por semana – para ficar atualizado com possíveis alterações em documentos
  45. 45. P04: PROCEDIMENTO DE PREPARAÇÃO E RESPOSTA À EMERGÊNCIAS
  46. 46. DISQUE EMERGÊNCIA Ramal 234
  47. 47. P04 Preparação e Atendimento a Emergências Imprima e afixe em local visível
  48. 48. P07: PROCEDIMENTO DE COMUNICAÇÃO  OBJETIVO:  Definir a sistemática e os mecanismos para: (a) divulgação e comunicação interna dos requisitos do Sistema de Gestão Ambiental da Unisinos entre os diversos níveis e funções e (b) recebimento, registro, análise e resposta à comunicação externa das partes interessadas.
  49. 49. Site na Internet: http://www.unisinos.br/sga/ Preenchimento– SGA Unisinos ( ) Interna ( ) Externa Data:____/____/____ Nº da Comunicação:_________________ P07 Procedimento de Tipo de Comunicação ( ) Divulgação ( ) Comunicado Legal ( ) Reclamação ( ) Ocorrência Ambiental ( )Outros_________ Comunicação Forma de Comunicação: F26: Comunicação ( )Telefone ( ) Carta ( ) E-mail ( ) Formulário ( ) Página do SGA Ambiental Nome da Parte Interessada :______________________________________________________________ Entidade:____________________________________________________Cargo:_____________________ Endereço :____________________________________________________________________________ Telefone:_________________________Fax:___________________Email: ______________________ ___ Descrição: ____________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________ Sga@unisinos.br __________________________________________________________________ ____________________ ____________________________________________________________________________________ Ramal: 5060 Observações: ____________________________________________________________________________________ _______________________________________________ _______________________________________ Recebido por :______________________________ argo: ________ __ Data: ___/___/___ C Encaminhado para:_________________________Cargo:___________ Data: ___/___/___ Preenchimento– SGA Unisinos: Dados da Res posta à Parte Interessada: ( ) Resposta Imediata e Disponível ( ) Resposta Requer Análise/Investigação ( ) Abertura de RAC Prazo para Resposta em Caso de Necessidade de Análise/Investigação: ___/___/___ Motivo da Necessidade de Análise/Inves tigação: _____________________________________________________________________________________ _____________________________________________________________________________________ ___________________________________________________________ ____________________________ Autorizado por ______________________Cargo: _____________ Data: ____/____/____ :
  50. 50. P11 Competência, Treinamento e Conscientização 6.1 Abordagem Geral da Identificação de Necessidades de Treinamento e da Descrição de Cargo  Todos os funcionários e fornecedores que executam atividades dentro do câmpus da Unisinos, em todos os níveis e funções, devem ter consciência:  Importância da conformidade com a Política Ambiental da Unisinos, procedimentos, IOs e demais requisitos aplicáveis do SGA  Aspectos e impactos ambientais significativos vinculados a suas atividades, e dos benefícios resultantes de um desempenho pessoal melhorado e seus efeitos no meio ambiente  Suas funções e responsabilidades para manter a conformidade com a Política Ambiental, procedimentos, IOs e demais requisitos do SGA, inclusive aqueles associados à preparação e atendimento a emergências
  51. 51. P11 Competência, Treinamento e Conscientização 6.2 Identificação de Necessidades Específicas de Treinamento por Função e/ou Atividade  Os responsáveis pelos setores e pelas empresas que executam funções e/ou atividades dentro do câmpus devem identificar as necessidades de treinamento aplicáveis aos seus funcionários, bolsistas e estagiários, de acordo com as atividades ambientais que os mesmos executam, e coordenar a execução dos mesmos.  O SGA é responsável pelo planejamento semestral de treinamentos para os responsáveis pelos setores conforme F39 - Matriz de Treinamento  Todos os novos funcionários devem receber treinamento ambiental geral e específico adequado antes de iniciar a execução de suas atividades de rotina, o que ocorrerá, primeiramente, através do Treinamento de Integração realizado e coordenado pelo RH e, posteriormente, através de todos os treinamentos específicos para cada atividade.
  52. 52. P11 Competência, Treinamento e Conscientização Avaliação de Desempenho de Funcionários da unisinos  Os responsáveis pelos setores serão avaliados anualmente através das auditorias internas;  Os demais funcionários serão avaliados pela mesma ferramenta utilizada no modelo de “Gestão de Pessoas por Competências”, implantado em 2006/2 para o Eixo de Carreira Apoio.
  53. 53. Instruções Operacionais IO 1 Geração de Resíduos – Resíduos Sólidos Domésticos; IO 2 Uso e Geração de Resíduos – Papel; IO 3 Geração de Resíduos - Lâmpadas Fluorescentes e/ou de Vapor de Mercúrio; IO 4 Geração de Resíduos – Pedaços de Metal, Cavaco e Aciaria; IO 5 Uso e Geração de Resíduos - Cartuchos (Impressoras e Copiadoras); IO 6 Geração de Resíduos – Entulho; IO 7 Uso, Geração e Transferência de Resíduos – Óleos Vegetais; IO 8 Geração de Resíduos – Transformadores; IO9 Gerenciamento de Fornecedores; IO 10 Uso e Geração de Resíduos – Pilhas, Baterias, Filmes Fotográficos, Fitas de Vídeo, Carimbos com Tinta, Caneta para Quadro Branco e para Retroprojetor e Pincel Atômico; IO 11 Manutenção preventiva e corretiva de equipamentos; IO 12 Geração de Resíduos - Resíduos Sólidos Classe I;
  54. 54. Instruções Operacionais IO 13 Interrupção de Fornecimento de Energia Elétrica Pela Concessionária Aes Sul (Utilização dos Grupos Geradores) IO 14 Manuseio e Estocagem de Produtos Químicos IO 15 Uso e Estocagem de Combustíveis e Inflamáveis IO 16 Uso e Estocagem de Gases IO 17 Geração de Efluentes - Produtos Químicos e/ou Biológicos IO 18 Geração de Efluentes – Limpeza de Pincéis IO 19 Operação da ETE Unisinos IO 20 Operação em Capelas Comuns IO 21 Gerenciamento de Fumaça Preta de Fontes Fixas e Veículos Movidos a Diesel
  55. 55. IO 1: GERAÇÃO DE RESÍDUOS – RESÍDUOS SÓLIDOS DOMÉSTICOS Esta IO atende ao seguinte ASPECTO AMBIENTAL:  geração de resíduos – resíduos sólidos domésticos. OBJETIVO:  Definir a sistemática para o gerenciamento de resíduos - domésticos no Câmpus da Unisinos
  56. 56. Geração de Resíduos – Resíduos Sólidos INICIO Domésticos GERADOR N N S N N É Giz? É resto de alimento? É metal? É plástico? É Inerte? N S S S S Depositar na Depositar em recipiente Depositar em recipiente caixinha do Depositar em saco de lixo Depositar em recipiente devidamente identificado: devidamente identificado: quadro marrom e em recipiente devidamente identificado: METAL PLÁSTICO GR devidamente identificado OUTROS GR GR GR GR Coleta na sala de aula LIMP Depositar em recipiente Depositar em N devidamente identificado: Coleta e destino final saco de lixo Pode ser OUTROS EC preto reaproveitado? GR GR S Rotulagem do resíduo Preencher F2, F3 e EC Nota Fiscal EC Coleta e encaminhamento para CR EC FIM Encaminhamento para doação SGA Responsabilidades: GR = Gerador do Resíduo EC = Empresa Cadastrada SGA = sistema de Gestão Ambiental LIMP = Setor de Higiene e Conservação
  57. 57. IO 1: GERAÇÃO DE RESÍDUOS – RESÍDUOS SÓLIDOS DOMÉSTICOS Notas Gerais:  Embalagens de vidro, principalmente as quebradas, deverão ser acondicionadas em papel e descartadas nos acondicionadores cinza – “outros”. Sugerimos que os vidros gerados em Laboratórios sejam encaminhado ao setor de Vidraria, via unisinos@dalkia.com.br;  Para os “coffee-breaks”, o setor que fornece o serviço é responsável também pelo descarte dos resíduos gerados. Nestes locais deverá ter minimamente uma lixeira de “plástico” e uma de “restos de alimentos”.
  58. 58. IO 1: GERAÇÃO DE RESÍDUOS – RESÍDUOS SÓLIDOS DOMÉSTICOS Notas Gerais:  Em alguns laboratórios, durante aulas práticas, o professor poderá utilizar outros acondicionadores para ilustrar como é feita a segregação dos resíduos em outros locais. Exemplo: hospitais. Para uso interno, proceder o descarte conforme esta IO.  Animais mortos no câmpus (morte natural) deverão ser descartados em sacos marrons, juntamente com os restos de alimentos.
  59. 59. IO 2: USO E GERAÇÃO DE RESÍDUOS - PAPEL Esta IO atende aos seguintes ASPECTOS AMBIENTAIS:  uso de papel  geração de resíduos – papel. OBJETIVO:  Definir a sistemática para o gerenciamento do uso e da geração de resíduos – papel, no Câmpus da Unisinos.
  60. 60. INICIO GERADOR Uso e Geração de Resíduos - Papel Identificação do papel N N N de escritório É Papel Toalha? É Papel Higiênico? É Papelão? US S S S Dispor em recipiente Coleta, desmonte e N Dispor em recipiente É papel branco? com saco cinza transporte da com saco preto GR embalagem GR LIMP S Coleta e transporte do saco plástico até o Reuso S Permite container Dispor no container US reuso? LIMP LIMP N Depositar em recipiente identificado Recolhimento diário Depositar em recipiente identificado como: OUTROS PAPÉIS EC como: PAPEL BRANCO GR GR Disposição final e/ou tratamento Coleta e encaminhamento para CR EC EC Preencher “entrada” no F1 para acondicionamento temporário Preencher F2, F3 e Nota Fiscal EC EC Segregação, picotagem, enfardamento e armazenamento em local adequado na CR EC Preencher “saída” no F1 para destinação final S Atingiu a capacidade de N EC armazenamento temporário para destinação final? Enviar cópia da NF para o SGA Responsabilidades: EC EC = Empresa Cadastrada GR = Gerador do Resíduo SGA = Sistema de Gestão Ambiental LIMP = Setor de Higiene e Conservação FIM US = Usuário
  61. 61. IO 3: GERAÇÃO DE RESÍDUOS - LÂMPADAS FLUORESCENTES E/OU DE VAPOR DE MERCÚRIO Esta IO atende ao seguinte ASPECTO AMBIENTAL:  geração de resíduos - lâmpadas fluorescentes e/ou de vapor de mercúrio OBJETIVO:  Definir a sistemática para o gerenciamento da geração de resíduos – lâmpadas fluorescentes e/ou de vapor de mercúrio no Câmpus da Unisinos;
  62. 62. INICIO Geração de Resíduos – Lâmpadas GERADOR Emissão de 0S para conserto/remoção de luminária. Fluorescentes e/ou de Vapor de RS Mercúrio Descarte correto: R$0,45/lâmpada Efetuar remoção de Trata-se de N R$2,56/kg lâmpada quebrada S substituição da lâmpadas e luminária lâmpada? EC Problema N S Lâmpada queimada? S Substituir lâmpada com reator? EC S N Lâmpadas danificadas? N Houve quebra Substituir reator Resolver o problema de lâmpada ? EC EC N S Descartar de Acordo: Acondicionamento Acondicionamento e encaminhamento IO 8 GR – da lâmpada queimada Recolher em recipiente, para o almoxarifado Transformadores na embalagem original identificado EC EC EC EC Rotulagem do resíduo EC FIM FIM Coleta e encaminhamento para CR EC Responsabilidades: Descartar de acordo com: RS = Responsável pelo Setor IO12 GR – Resíduos Sólidos EC = Empresa Cadastrada Classe I CR = Central de Resíduos EC
  63. 63. IO 5: USO E GERAÇÃO DE RESÍDUOS - CARTUCHOS (Impressoras e Copiadoras) Esta IO atende aos seguintes ASPECTOS AMBIENTAIS:  uso de cartuchos (Impressoras e copiadoras)  geração de resíduos - cartuchos (impressoras e copiadoras). OBJETIVO:  Definir a sistemática para o gerenciamento do uso e geração de resíduos - cartuchos (impressoras e copiadoras) no Câmpus da Unisinos;
  64. 64. Uso e Geração de Resíduos - Cartuchos (Impressoras e Copiadoras) Uso e Geração de Resíduos – Cartuchos (Impressoras e Copiadoras) INICIO 1870 S Solicitação de cartuchos Ligar para HELP DESK para impressoras ou copiadoras É setor Unisinos? RS RS N Enviar solicitação de cartuchos para EC HELP DESK S Pode ser recarregado? Contatar empresa de N Fazer a entrega e recarga de cartuchos instalação do cartucho para impressoras para o setor requisitante FORNEC/EC Descartar conforme EC IO 12 – Geração de Resíduos Sólidos Classe I EC /FORNEC Receber cartuchos para recarga Recolher a embalagem EC3 vazia EC/EC3 FIM Comprovante/NF de Entrega de cartuchos para recarga FORNEC/EC3 Responsabilidades: RS = Responsável pelo setor EC= Empresa Cadastrada Receber o cartucho EC3 = Empresa cadastrada pelo EC para recolhimento recarregado e tratamento dos resíduos. EC3 FORNEC = Fornecedor Dentro do Câmpus
  65. 65. IO 10: USO E GERAÇÃO DE RESÍDUOS – PILHAS, BATERIAS, FILMES FOTOGRÁFICOS, FITAS DE VÍDEO, CARIMBOS COM TINTA, CANETA PARA QUADRO BRANCO E RETROPROJETOR E PINCEL ATÔMICO Esta IO atende aos seguintes ASPECTOS AMBIENTAIS:  Uso de pilhas e baterias;  Geração de resíduos - pilhas e baterias  Uso de canetas para quadro branco, retroprojetor e pincel atômico;  Geração de resíduos - canetas para quadro branco, retroprojetor e pincel atômico;  Uso de carimbos com tinta;  Geração de resíduos - carimbos com tinta OBJETIVO:  Definir a sistemática para o gerenciamento do uso e geração de resíduos - pilhas, baterias, filmes fotográficos, fitas de vídeo, carimbos com tinta, caneta para quadro branco e retroprojetor e pincel atômico no Câmpus da Unisinos;
  66. 66. (*) Setores que recebem estes resíduos para descarte: •Biblioteca; •Complexo Desportivo •Instituto Humanitas; •Postos de Atendimento; •Prédio da Física; •Reitoria; •UNITEC e Suprimentos.
  67. 67. RESUMO DE COMO TRATAMOS O MEIO AMBIENTE:  Copo plástico sujo de café? Lixeira com saco vermelho: PLÁSTICO  Papel de escritório impresso? Caixa Azul: PAPEL BRANCO  Pó do café passado? Lixeira com saco marrom: RESTOS DE ALIMENTOS  Pincel atômico? Na lixeira de Pilhas, Baterias, Filmes Fotográficos, Fitas de Vídeo, Carimbos com Tinta, Caneta para Quadro Branco e Pincel Atômico  Copos de Isopor? Lixeira com saco cinza: OUTROS  Papel toalha? Lixeira com saco cinza: OUTROS  Papelão? Desmontagem e disposição em local adequado para coleta pela equipe da limpeza
  68. 68. EMERGÊNCIAS AMBIENTAIS:  Em caso de incêndio? Acionar 234 e alarme de incêndio se houver  Vazamento de gás ou derrame de produto químico? Acionar 234  Desperdício de água? Peixe morto no lago? Enviar F26: Comunicação Ambiental para sga@unisinos.br
  69. 69. SGA – Sistema de Gestão Ambiental  Coordenadora:  Luciana Paulo Gomes  Secretária:  Susi  Ramal: 5060  Endereço Eletrônico:  sga@unisinos.br  Localização:  Orgão de Assessoramento da Reitoria  Centro Comunitário, 20 andar, entrada pela Reitoria.

×