A Importância da Consulta Oftalmológica
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Like this? Share it with your network

Share

A Importância da Consulta Oftalmológica

  • 6,045 views
Uploaded on

 

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
6,045
On Slideshare
6,030
From Embeds
15
Number of Embeds
2

Actions

Shares
Downloads
18
Comments
0
Likes
0

Embeds 15

http://www.hiop.com.br 13
http://www.linkedin.com 2

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. A importância da consulta oftalmológica D e forma geral, a visão é o sentido mais valorizado pelas pessoas. Em uma socie- dade cheia de apelos visuais, em que o contato com o mundo se faz inicialmente por meio dos olhos – seja presencialmente ou alcançando distâncias enormes, que nos chegam por meio da internet – é fácil entender isso. Ficar cego é apontado pelas pes- soas como um dos maiores me- dos. Se outrora a cegueira era uma fatalidade, hoje, na maioria dos casos, ela pode ser evitada graças aos avanços científicos e tecnológicos da Oftalmologia – a especialidade médica que se dedica aos cuidados com a visão. Este folheto, que você tem em mãos, foi elaborado para que você possa conhecer um pouco mais sobre sua visão, e sobre a importância de manter seus o- lhos sob os cuidados de um médi- co, que dedicou pelo menos nove anos de sua formação – entre os seis anos da faculdade de Me- dicina e os três da especialização – para cuidar dos seus olhos: seu Oftalmologista.2
  • 2. Conhecendo o olho humanoNossos olhos são formados por estruturas bem pequenas e delicadasNa sua parte anterior, temos a córnea, que é um tecido transparente que reco-bre a porção colorida dos olhos (denominada íris).Pupila é o nome dado ao orifício da íris (conhecida como “menina dos olhos”).O cristalino é uma lente natural que possuímos dentro dos nossos olhos, situa-do atrás da íris.Banhando estas estruturas, há um líquido denominado humor aquoso.A porção posterior do olho é constituída basicamente pela retina, que é umtecido que abriga as células responsáveis pela visão e o nervo óptico, que con-duz as informações visuais para serem interpretadas no cérebro.Esta porção posterior é preenchida por outro líquido, gelatinoso, chamado hu-mor vítreo.O tecido branco que envolve todo o globo ocular é chamado esclera. Retina Humor AquosoCórnea Cristalino Pupila Nervo Óptico Esclera Humor Vítreo 3
  • 3. Quando olhamos na direção de algum objeto, a imagem atravessa a córnea e chega à íris, que regula a quantidade de luz recebida por meio da pupila. Passada a pupila, a imagem chega ao cristalino e é focada sobre a retina. Na retina, mais de cem milhões de células transformam as ondas luminosas em impulsos elétricos, que são decodificados pelo cérebro. As pequenas dimensões dos olhos – e de toda a estrutura responsável pela visão – são inversamente proporcionais à sua complexidade. Uma série de problemas e doenças, que afetam não só os olhos como todo o corpo, pode interferir em nosso contato com o mundo por meio da visão. O Oftalmologista, antes de se especializar nos cuidados com os olhos, cursou Medicina. Por isso, é o único profissional da saúde capacitado a identificar se as causas de uma queixa comum, como a visão embaçada, estão em uma presbiopia (vista cansada), ou em uma doença sistêmica, como o diabetes.4
  • 4. Erros de RefraçãoOs defeitos visuais mais conhecidos são:miopia, hipermetropia, astigmatismo e presbiopia.Quem tem miopia vê as imagensembaçadas (principalmente o queestá longe), porque seu globo ocu-lar é maior que o normal e as ima-gens são formadas antes da retina.Quem tem hipermetropia tambémvê as imagens desfocalizadas, mas,neste caso, porque seus olhos sãomenores que o normal e as imagenssão formadas atrás da retina, e nãosobre ela como seria o normal.Quem tem astigmatismo apresentaum defeito na curvatura da córnea, oque gera uma imagem distorcida.A presbiopia, também conheci-da como “vista cansada”, é umdefeito visual que surge como envelhecimento e causadificuldade para a visão deperto (leitura, trabalhosmanuais, etc.).Todos estes defeitos visuais são facilmente corrigidos com lentes (óculos oulentes de contato) ou em alguns casos com cirurgias. Mas, para estabelecerqual a melhor solução para cada paciente, é fundamental a avaliação crite-riosa do médico oftalmologista. 5
  • 5. Cuidados com a saúde ocular ao longo da vida Em cada fase da vida, os cuidados com a saúde ocular e o atendimento por um médico oftalmologista são importantes como forma de proteger a visão. Rubéola e toxoplasmose O Teste do Olhinho é O bebê que lacrimejar podem causar cegueira capaz de detectar, entre muito, tiver mancha e problemas outros problemas, branca na menina dos neurológicos na criança. catarata congênita, olhos, olhos glaucoma congênito e anormalmente retinoblastoma. grandes, ou ainda que não suportem claridade, deve ser levado ao oftalmologista. A visão se desenvolve Com o início da vida Durante a até por volta dos cinco escolar, também é adolescência e a anos de idade. Por isso, possível perceber a puberdade, com é muito importante presença de frequência são que problemas de visão problemas refrativos diagnosticados os sejam tratados o que podem problemas refrativos quanto antes. prejudicar o (miopia, astigmatismo aprendizado. e hipermetropia).6
  • 6. Queixas, como Os sintomas do Aproximadamente 85%sensação de vista glaucoma costumam das cataratas sãocansada, coceira nos aparecer em fase classificadas comoolhos, dificuldade para avançada. Se a doença senis, com maiorfocalizar imagens e não for tratada, pode incidência nalacrimejamento, levar à cegueira. Por população acima de 50 isso, o exame anos.são as mais comuns oftalmológico anual,em adultos que preventivo,procuram o é fundamental paraatendimento detecção e tratamentooftalmológico. precoce.As pessoas, que têm A DMRI causa baixadiabetes, apresentam visão centralum risco de perder a dificultandovisão 25 vezes maior principalmente ado que as demais. leitura. Os danosPara manter a visão, à visão central sãodiabéticos devem irreversíveis, mas apassar rotineiramente detecção precoce epor uma consulta os cuidados podemoftalmológica. ajudar a controlar alguns dos efeitos da doença. 7
  • 7. Seus olhos em boas mãos O Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO) é a principal entidade que reúne e representa os oftalmologistas bra- sileiros. Zela pela qualidade na formação dos residentes em Oftalmologia, avalia nacionalmente aqueles que terão o seu Título de Espe- cialista, estimula o aprimoramento técni- co, científico e ético, que faz da Oftalmo- logia brasileira uma das mais avançadas internacionalmente. Ainda, como nesta publicação que lhe oferecemos, o CBO está preocupado com a saúde ocular de nossa população, conscientizando e pro- movendo a prevenção. Para conhecer mais sobre o Conselho Brasileiro de Oftalmologia e sobre cuida- dos com a visão, acesse: www.cbo.com.br www.cbo.com.br Rua Casa do Ator, 1.117 - Cj. 21 São Paulo - SP - CEP: 04546-004 Fone: 55 11 3266-4000 Fax: 55 11 3171-09538