Mapa da Violência

970 views

Published on

Prof. Guilherme Lemos

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
970
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
774
Actions
Shares
0
Downloads
2
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Mapa da Violência

  1. 1. A NOVA ONDA DE VIOLÊNCIA EM SÃO PAULO.A NOVA ONDA DE VIOLÊNCIA EM SÃO PAULO. EQUILÍBRIO PRECÁRIO:EQUILÍBRIO PRECÁRIO:
  2. 2. •ONU: •38.000 PESSOAS •VÍTIMAS DE ARMASVÍTIMAS DE ARMAS DE FOGO!DE FOGO!
  3. 3. HOMICÍDIOSHOMICÍDIOS
  4. 4. Arma de fogo = o vetor da violência O Problema das armas de fogo no Brasil:O Problema das armas de fogo no Brasil: Outras causas externas 44,0% Arma de Fogo 30,1% Acidente de Trânsito 25,9%
  5. 5. O Brasil é o país onde mais seO Brasil é o país onde mais se mata com arma de fogo.mata com arma de fogo. 38.000 mortos todos os anos!38.000 mortos todos os anos! ▪▪ A cada 15 minutos umA cada 15 minutos um brasileiro morre vítima debrasileiro morre vítima de arma de fogo.arma de fogo. O Brasil é o país onde mais seO Brasil é o país onde mais se mata com arma de fogo.mata com arma de fogo. 38.000 mortos todos os anos!38.000 mortos todos os anos! ▪▪ A cada 15 minutos umA cada 15 minutos um brasileiro morre vítima debrasileiro morre vítima de arma de fogo.arma de fogo. O Problema das armas de fogo no Brasil:O Problema das armas de fogo no Brasil:
  6. 6. O Problema das armas de fogo no Brasil:O Problema das armas de fogo no Brasil:
  7. 7. RIO DE JANEIRO COMBATE À VIOLÊNCIA URBANA!
  8. 8. SÃO PAULOSÃO PAULO
  9. 9. Jovens, as maiores vítimas das armas de fogo no Brasil:Jovens, as maiores vítimas das armas de fogo no Brasil: ▪ A taxa de mortes por arma de fogo no Brasil é de 21,8 por 100 mil habitantes. entre homens de 20 a 29 anos esta taxa é 5 vezes maior: 103,1 por 100 mil habitantes. ▪ A taxa de mortes por arma de fogo no Brasil é de 21,8 por 100 mil habitantes. entre homens de 20 a 29 anos esta taxa é 5 vezes maior: 103,1 por 100 mil habitantes.
  10. 10. O Estatuto do Desarmamento Nova lei sancionada em dezembro deNova lei sancionada em dezembro de 2003.2003. ▪ Proibiu o porte de armas. ▪ Aumentou a idade mínima (25 anos) e impôs regras para a compra. ▪ Previu a Campanha de Entrega Voluntária de Armas. ▪ Determinou o Referendo popular em outubro de 2005.
  11. 11. ▪ Só no Estado de São PauloSó no Estado de São Paulo, segundo a, segundo a Secretaria de Segurança Pública, entreSecretaria de Segurança Pública, entre 1993 e 2000, foram roubadas, furtadas ou1993 e 2000, foram roubadas, furtadas ou perdidasperdidas 100.146100.146 armas (14.306 por ano).armas (14.306 por ano). Ou seja: bandidos não compram armas emOu seja: bandidos não compram armas em lojas, mas são as armas compradas emlojas, mas são as armas compradas em lojas que vão parar nas mãos doslojas que vão parar nas mãos dos criminosos.criminosos. SÃO PAULOSÃO PAULO
  12. 12. ▪ Temos 6 indústrias de armas no Brasil. Destas, aTemos 6 indústrias de armas no Brasil. Destas, a Taurus +Taurus + RossiRossi (que pertencem ao mesmo grupo) e a(que pertencem ao mesmo grupo) e a CBCCBC (Cia(Cia Brasileira deBrasileira de Cartuchos) são as principais.Cartuchos) são as principais. ▪ Temos 6 indústrias de armas no Brasil. Destas, aTemos 6 indústrias de armas no Brasil. Destas, a Taurus +Taurus + RossiRossi (que pertencem ao mesmo grupo) e a(que pertencem ao mesmo grupo) e a CBCCBC (Cia(Cia Brasileira deBrasileira de Cartuchos) são as principais.Cartuchos) são as principais. Taurus %Taurus % CBC %CBC % 20032003 6565 4747 ExportaçãoExportação 1212 2626 Poder públicoPoder público 2323 2727 Mercado CivilMercado Civil Fonte: [1] DFP (Demonstrações Financeiras Padronizadas), IAN-CVM SÃO PAULOSÃO PAULO
  13. 13. A campanha de entrega voluntária de armas (que teve início em julho de 2004) já apresenta resultados muito interessantes: Resultados Em números absolutos, São Paulo foi o Estado que mais arrecadou: 113.066 armas! Essas armas estão deixando de ser usadas em conflitos interpessoais e também de ser roubadas em assaltos. ▪ Redução do número de armas furtadas no país: De 40 mil em 2003, para 15 mil em 2004.

×